SlideShare uma empresa Scribd logo
O Frade
Clique para editar o estilo do subtítulo mestre




Auto da Barca do Inferno


03-03-2009
A Personagem...
    O Frade, ao longo da sua participação na

    obra, permite-nos juntar um conjunto de
    ideias que permite caracterizá-lo:

        Auto-caracteriza-se como “cortesão” (frequentava a
    •
        corte), o que entra em contradição com a sua
        classe;
        Sabe dançar “Tordilhão”;
    •
        Sabe praticar esgrima;
    •
        Alegre;
    •
        Não respeita os votos de castidade (tem uma moça,
    •
        a Florença);
        Convencido de que por ser membro do clero (fez
    •
        acordo com Deus) tem direito a ir para o Paraíso.
        Personagem tipo, que representa o clero (costumes,
    •
        hábitos, etc)




03-03-2009
Símbolos Cénicos & Percurso Cénico
    Os símbolos que caracterizam o comportamento do Frade

    são:

             Hábito de Frade – mostra a sua religião;
         •
             Escudo;
         •
                          Equipamento de esgrima (apenas os
             Capacete;
         •
                          nobres praticam esgrima) , logo é
             Espada;
         •
                          um falso frade;
             Moça – mostra a falta de castidade do grupo
         •
             religioso;


         Ø Percurso Cénico – Barca do Inferno < Barca da
             Glória < Barca do Inferno;


03-03-2009
Argumentos

                                     Acusação
     Defesa

                                     q
             O facto de ser frade;
     q                                    Era mundano (dado
                                         aos prazeres do
                                         mundo);
             Fez um acordo com
     q
             Deus, logo tem de ir
             para o Paraíso;             Desrespeitou os votos
                                     q
                                         de castidade e de
                                         pobreza;
             Reza muito;
     q


             Fez o que todos os
     q


03-03-2009
Guião de Leitura

    “ O Clero, classe muito numerosa, estava presente em todos os sectores da sociedade

    portuguesa, desde a corte até às mais escondidas aldeias das províncias. A maior parte dos
    seus membros acusava uma singular relaxação de costumes. Acontecia que muitos deles
    seguiam a carreira eclesiática sem vocação, pela necessidade ou pela vontade dos pais. Era
    um meio de se livrarem das obrigaçãoes militares e terem a vida assegurada, pois os
    conventos possuíam os seus bens materiais próprios. Daí a desconformidade entre os ideais
    e os actos, pois em vez de viverem uma vida de pobreza, de humildade, de oração, buscam
    antes os prazeres da vida, são espadachins, blasfemam, têm mulheres e filhos, ambicionam
    honras e cargos, bebem e até se dedicam à astrologia. Muitos abandonam a clausura para
    viverem na corte, deixam crescer a tonsura ; outros suspiram continuamente por bispatos.”




     03-03-2009
Clique no             Resposta:
          1- A partir deste
         excerto, antecipa
         ícone para
           o destino final         O destino que Gil
                               
         adicionarGil
            dado por uma           Vicente dá ao frade
                                   é a condenação.
         imagem Frade
         Vicente ao
             – absolvição ou
              condenação?




03-03-2009
Clique no             Resposta:
                 3.
           I. Assinala as
         ícone para
          passagens onde           As passagens que
                               
         adicionar uma             mostram que o frade é
          estão explícitas         cortesão são: o início do
         imagem as
          ou implícitas            texto, aquando ele trás
                                   consigo o equipamento
             características       de esgrima::
             que fazem do
                frade um           Um bronquel, uma
                               
              “cortesão”.          espada e um caso;
                                   Quando ele decide
                               
                                   demonstrar as suas
                                   habilidades de esgrima
                                   perante o Diabo: verso
                                   425 ao verso 455.


03-03-2009
Cliqueverso 383 e
                         no         Resposta:
                      3.
           II. Relê o
         íconeque forma esta
                      para
         explica de
         resposta do Frade aponta       Gil Vicente critica o
                                    
         adicionarVicente   uma
          para uma generalização        clero, já que diz que
         da crítica que Gil             todos os elementos
         imagempretende fazer.          religiosos do convento,
                                        possuiam uma dama, o
                                        que era um acto
                                        completamente errado
                                        em relação aos
                                        princípios da Igreja.
                                        Esta não era uma
                                    
                                        situação isolada,




03-03-2009
Clique no               Resposta:
                  3.
           III. “Nom ficou
         ícone para
          isso n’avença”             Significa que ele não
                                 
         adicionar uma               estava à espera de ir
                                     para o Inferno
         imagem
         A que contrato se           porque de acordo
             referirá o Frade?       com o “contrato”
                                     que ele fez com
                                     Deus ao entrar para
                                     o clero, este deveria
                                     ir para o Paraíso.




03-03-2009
Clique no           Resposta:
                 3.
         ícone parade
          IV. Que tipo
           cómico é mais         O cómico presente nos
                             
         adicionar uma           versos em que o Frade
            evidente nos         ensina ao Diabo
         imagem que o
         versos em               esgrima, pode ser
                                 considerado um cómico
         Frade ensina ao         de carácter, mas
         Diabo as técnicas       também de situaçaõ,
           de esgrima?           porque para além do
                                 frade mostrar-se
                                 convencido de que era




03-03-2009
Clique no           Resposta:
                  3.
            V. Justifica o
         ícone do Anjo e
                   para
         silêncio                O silêncio do Anjo é a
                             
         adicionar uma           sentença final do Frade.
          a intervenção do       É aqui que também o
         imagem
           Parvo (versos         Parvo ajuda a traçar o
                                 destino dele. O frade
             465-466)?           acaba por se aperceber
                                  que o facto de ele se
                                 fazer acompanhar da
                                 Moça, é suficiente para
                                 este perceber que
                                 nunca terá entrada no




03-03-2009
Clique3.no               Resposta:
         ícone Comofacto
              VI. para
         interpretas o                Enquanto que o Pajem
                                  
         adicionar uma                é apenas um elemento
           de Florença, ao            caracterizador do
         imagem do
             contrário                Fidalgo, símbolo da
                                      principal vítima da
              “Pajem” da cena         opressão da nobreza, a
             do Fidalgo, entrar       moça, ao apresentar-se
             também na barca          como símbolo de uma
                                      vida cheia de pecados,
                do Inferno?           a vida do Frade, é
                                      também ela culpada e




03-03-2009
Fim

    Trabalho realizado por: Pedro Namora,

    José Carlos, Adriano Vale e Carlos
    Alberto,
    03-03-2009

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Cena Fidalgo
Cena FidalgoCena Fidalgo
Cena Fidalgo
Fernanda Soares
 
Auto da barca do inferno: Frade
Auto da barca do inferno: FradeAuto da barca do inferno: Frade
Auto da barca do inferno: Frade
David Caçador
 
Auto da barca do inferno, cena VI-O Frade
Auto da barca do inferno, cena VI-O FradeAuto da barca do inferno, cena VI-O Frade
Auto da barca do inferno, cena VI-O Frade
Beatriz Campos
 
Abi analise em ppt
Abi analise em pptAbi analise em ppt
Abi analise em ppt
paulaoliveiraoliveir2
 
Auto barca do inferno t martins
Auto barca do inferno t martinsAuto barca do inferno t martins
Auto barca do inferno t martins
Ana Tavares
 
Auto da-barca-do-inferno-analise-cenas
Auto da-barca-do-inferno-analise-cenasAuto da-barca-do-inferno-analise-cenas
Auto da-barca-do-inferno-analise-cenas
Claudia Lazarini
 
Auto da barca_do_inferno_O_Sapateiro_ppt
Auto da barca_do_inferno_O_Sapateiro_pptAuto da barca_do_inferno_O_Sapateiro_ppt
Auto da barca_do_inferno_O_Sapateiro_ppt
sin3stesia
 
Sapateiro Auto Da Barca Do Inferno
Sapateiro Auto Da Barca Do InfernoSapateiro Auto Da Barca Do Inferno
Sapateiro Auto Da Barca Do Inferno
Saraegli
 
Auto da barca do inferno
Auto da barca do infernoAuto da barca do inferno
Auto da barca do inferno
Vanda Marques
 
Auto da barca do inferno
Auto da barca do infernoAuto da barca do inferno
Auto da barca do inferno
Fred Spark
 
Auto_Barca_Inferno_Alcoviteira
Auto_Barca_Inferno_AlcoviteiraAuto_Barca_Inferno_Alcoviteira
Auto_Barca_Inferno_Alcoviteira
sin3stesia
 
Auto da-barca-do-inferno
Auto da-barca-do-inferno Auto da-barca-do-inferno
Auto da-barca-do-inferno
Diógenes Zigar
 
Auto da barca do inferno análise global
Auto da barca do inferno  análise globalAuto da barca do inferno  análise global
Auto da barca do inferno análise global
Carla Scala
 
Auto+da+barca+do+inferno power point (4)
Auto+da+barca+do+inferno power point (4)Auto+da+barca+do+inferno power point (4)
Auto+da+barca+do+inferno power point (4)
DavidMonteiro65
 
Auto da-barca-do-inferno-argumentos-de-acusao-e-de-defesa
Auto da-barca-do-inferno-argumentos-de-acusao-e-de-defesaAuto da-barca-do-inferno-argumentos-de-acusao-e-de-defesa
Auto da-barca-do-inferno-argumentos-de-acusao-e-de-defesa
FJDOliveira
 
D9 abi 108_c4_parvo
D9 abi 108_c4_parvoD9 abi 108_c4_parvo
D9 abi 108_c4_parvo
miguelribeiro
 
Cena do fidalgo_-_questionario
Cena do fidalgo_-_questionarioCena do fidalgo_-_questionario
Cena do fidalgo_-_questionario
Maria Gonçalves
 
Auto da barca do inferno
Auto da barca do infernoAuto da barca do inferno
Auto da barca do inferno
claudiagandra
 
O fidalgo
O fidalgoO fidalgo
O fidalgo
annapasilva
 
D9 abi 113_c5_sapateiro
D9 abi 113_c5_sapateiroD9 abi 113_c5_sapateiro
D9 abi 113_c5_sapateiro
miguelribeiro
 

Mais procurados (20)

Cena Fidalgo
Cena FidalgoCena Fidalgo
Cena Fidalgo
 
Auto da barca do inferno: Frade
Auto da barca do inferno: FradeAuto da barca do inferno: Frade
Auto da barca do inferno: Frade
 
Auto da barca do inferno, cena VI-O Frade
Auto da barca do inferno, cena VI-O FradeAuto da barca do inferno, cena VI-O Frade
Auto da barca do inferno, cena VI-O Frade
 
Abi analise em ppt
Abi analise em pptAbi analise em ppt
Abi analise em ppt
 
Auto barca do inferno t martins
Auto barca do inferno t martinsAuto barca do inferno t martins
Auto barca do inferno t martins
 
Auto da-barca-do-inferno-analise-cenas
Auto da-barca-do-inferno-analise-cenasAuto da-barca-do-inferno-analise-cenas
Auto da-barca-do-inferno-analise-cenas
 
Auto da barca_do_inferno_O_Sapateiro_ppt
Auto da barca_do_inferno_O_Sapateiro_pptAuto da barca_do_inferno_O_Sapateiro_ppt
Auto da barca_do_inferno_O_Sapateiro_ppt
 
Sapateiro Auto Da Barca Do Inferno
Sapateiro Auto Da Barca Do InfernoSapateiro Auto Da Barca Do Inferno
Sapateiro Auto Da Barca Do Inferno
 
Auto da barca do inferno
Auto da barca do infernoAuto da barca do inferno
Auto da barca do inferno
 
Auto da barca do inferno
Auto da barca do infernoAuto da barca do inferno
Auto da barca do inferno
 
Auto_Barca_Inferno_Alcoviteira
Auto_Barca_Inferno_AlcoviteiraAuto_Barca_Inferno_Alcoviteira
Auto_Barca_Inferno_Alcoviteira
 
Auto da-barca-do-inferno
Auto da-barca-do-inferno Auto da-barca-do-inferno
Auto da-barca-do-inferno
 
Auto da barca do inferno análise global
Auto da barca do inferno  análise globalAuto da barca do inferno  análise global
Auto da barca do inferno análise global
 
Auto+da+barca+do+inferno power point (4)
Auto+da+barca+do+inferno power point (4)Auto+da+barca+do+inferno power point (4)
Auto+da+barca+do+inferno power point (4)
 
Auto da-barca-do-inferno-argumentos-de-acusao-e-de-defesa
Auto da-barca-do-inferno-argumentos-de-acusao-e-de-defesaAuto da-barca-do-inferno-argumentos-de-acusao-e-de-defesa
Auto da-barca-do-inferno-argumentos-de-acusao-e-de-defesa
 
D9 abi 108_c4_parvo
D9 abi 108_c4_parvoD9 abi 108_c4_parvo
D9 abi 108_c4_parvo
 
Cena do fidalgo_-_questionario
Cena do fidalgo_-_questionarioCena do fidalgo_-_questionario
Cena do fidalgo_-_questionario
 
Auto da barca do inferno
Auto da barca do infernoAuto da barca do inferno
Auto da barca do inferno
 
O fidalgo
O fidalgoO fidalgo
O fidalgo
 
D9 abi 113_c5_sapateiro
D9 abi 113_c5_sapateiroD9 abi 113_c5_sapateiro
D9 abi 113_c5_sapateiro
 

Último

Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Centro Jacques Delors
 
Copia de cartilla de portugués 1 2024.pdf
Copia de cartilla de portugués 1 2024.pdfCopia de cartilla de portugués 1 2024.pdf
Copia de cartilla de portugués 1 2024.pdf
davidreyes364666
 
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdfConcurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
TathyLopes1
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Mary Alvarenga
 
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
MatheusSousa716350
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
beatrizsilva525654
 
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica BasicaExercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
ElinarioCosta
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Zenir Carmen Bez Trombeta
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
DouglasMoraes54
 
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidadeAula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
AlessandraRibas7
 
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdfAula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
vitorreissouzasilva
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdfPrimeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Maurício Bratz
 
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junhoATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
Crisnaiara
 
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
AdrianoMontagna1
 
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdfUFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
Manuais Formação
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
Eró Cunha
 
formação - 2º ano São José da Tapera ...
formação - 2º ano São José da Tapera ...formação - 2º ano São José da Tapera ...
formação - 2º ano São José da Tapera ...
JakiraCosta
 
Loteria - Adição, subtração, multiplicação e divisão.
Loteria - Adição,  subtração,  multiplicação e divisão.Loteria - Adição,  subtração,  multiplicação e divisão.
Loteria - Adição, subtração, multiplicação e divisão.
Mary Alvarenga
 

Último (20)

Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
 
Copia de cartilla de portugués 1 2024.pdf
Copia de cartilla de portugués 1 2024.pdfCopia de cartilla de portugués 1 2024.pdf
Copia de cartilla de portugués 1 2024.pdf
 
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdfConcurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
 
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
 
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica BasicaExercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
 
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidadeAula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
 
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdfAula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
 
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdfPrimeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
 
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junhoATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
 
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
 
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdfUFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
 
formação - 2º ano São José da Tapera ...
formação - 2º ano São José da Tapera ...formação - 2º ano São José da Tapera ...
formação - 2º ano São José da Tapera ...
 
Loteria - Adição, subtração, multiplicação e divisão.
Loteria - Adição,  subtração,  multiplicação e divisão.Loteria - Adição,  subtração,  multiplicação e divisão.
Loteria - Adição, subtração, multiplicação e divisão.
 

Auto da barca do inferno

  • 1. O Frade Clique para editar o estilo do subtítulo mestre Auto da Barca do Inferno 03-03-2009
  • 2. A Personagem... O Frade, ao longo da sua participação na  obra, permite-nos juntar um conjunto de ideias que permite caracterizá-lo: Auto-caracteriza-se como “cortesão” (frequentava a • corte), o que entra em contradição com a sua classe; Sabe dançar “Tordilhão”; • Sabe praticar esgrima; • Alegre; • Não respeita os votos de castidade (tem uma moça, • a Florença); Convencido de que por ser membro do clero (fez • acordo com Deus) tem direito a ir para o Paraíso. Personagem tipo, que representa o clero (costumes, • hábitos, etc) 03-03-2009
  • 3. Símbolos Cénicos & Percurso Cénico Os símbolos que caracterizam o comportamento do Frade  são: Hábito de Frade – mostra a sua religião; • Escudo; • Equipamento de esgrima (apenas os Capacete; • nobres praticam esgrima) , logo é Espada; • um falso frade; Moça – mostra a falta de castidade do grupo • religioso; Ø Percurso Cénico – Barca do Inferno < Barca da Glória < Barca do Inferno; 03-03-2009
  • 4. Argumentos Acusação Defesa q O facto de ser frade; q Era mundano (dado aos prazeres do mundo); Fez um acordo com q Deus, logo tem de ir para o Paraíso; Desrespeitou os votos q de castidade e de pobreza; Reza muito; q Fez o que todos os q 03-03-2009
  • 5. Guião de Leitura “ O Clero, classe muito numerosa, estava presente em todos os sectores da sociedade  portuguesa, desde a corte até às mais escondidas aldeias das províncias. A maior parte dos seus membros acusava uma singular relaxação de costumes. Acontecia que muitos deles seguiam a carreira eclesiática sem vocação, pela necessidade ou pela vontade dos pais. Era um meio de se livrarem das obrigaçãoes militares e terem a vida assegurada, pois os conventos possuíam os seus bens materiais próprios. Daí a desconformidade entre os ideais e os actos, pois em vez de viverem uma vida de pobreza, de humildade, de oração, buscam antes os prazeres da vida, são espadachins, blasfemam, têm mulheres e filhos, ambicionam honras e cargos, bebem e até se dedicam à astrologia. Muitos abandonam a clausura para viverem na corte, deixam crescer a tonsura ; outros suspiram continuamente por bispatos.” 03-03-2009
  • 6. Clique no Resposta: 1- A partir deste excerto, antecipa ícone para o destino final O destino que Gil  adicionarGil dado por uma Vicente dá ao frade é a condenação. imagem Frade Vicente ao – absolvição ou condenação? 03-03-2009
  • 7. Clique no Resposta: 3. I. Assinala as ícone para passagens onde As passagens que  adicionar uma mostram que o frade é estão explícitas cortesão são: o início do imagem as ou implícitas texto, aquando ele trás consigo o equipamento características de esgrima:: que fazem do frade um Um bronquel, uma  “cortesão”. espada e um caso; Quando ele decide  demonstrar as suas habilidades de esgrima perante o Diabo: verso 425 ao verso 455. 03-03-2009
  • 8. Cliqueverso 383 e no Resposta: 3. II. Relê o íconeque forma esta para explica de resposta do Frade aponta Gil Vicente critica o  adicionarVicente uma para uma generalização clero, já que diz que da crítica que Gil todos os elementos imagempretende fazer. religiosos do convento, possuiam uma dama, o que era um acto completamente errado em relação aos princípios da Igreja. Esta não era uma  situação isolada, 03-03-2009
  • 9. Clique no Resposta: 3. III. “Nom ficou ícone para isso n’avença” Significa que ele não  adicionar uma estava à espera de ir para o Inferno imagem A que contrato se porque de acordo referirá o Frade? com o “contrato” que ele fez com Deus ao entrar para o clero, este deveria ir para o Paraíso. 03-03-2009
  • 10. Clique no Resposta: 3. ícone parade IV. Que tipo cómico é mais O cómico presente nos  adicionar uma versos em que o Frade evidente nos ensina ao Diabo imagem que o versos em esgrima, pode ser considerado um cómico Frade ensina ao de carácter, mas Diabo as técnicas também de situaçaõ, de esgrima? porque para além do frade mostrar-se convencido de que era 03-03-2009
  • 11. Clique no Resposta: 3. V. Justifica o ícone do Anjo e para silêncio O silêncio do Anjo é a  adicionar uma sentença final do Frade. a intervenção do É aqui que também o imagem Parvo (versos Parvo ajuda a traçar o destino dele. O frade 465-466)? acaba por se aperceber que o facto de ele se fazer acompanhar da Moça, é suficiente para este perceber que nunca terá entrada no 03-03-2009
  • 12. Clique3.no Resposta: ícone Comofacto VI. para interpretas o Enquanto que o Pajem  adicionar uma é apenas um elemento de Florença, ao caracterizador do imagem do contrário Fidalgo, símbolo da principal vítima da “Pajem” da cena opressão da nobreza, a do Fidalgo, entrar moça, ao apresentar-se também na barca como símbolo de uma vida cheia de pecados, do Inferno? a vida do Frade, é também ela culpada e 03-03-2009
  • 13. Fim Trabalho realizado por: Pedro Namora,  José Carlos, Adriano Vale e Carlos Alberto, 03-03-2009