SlideShare uma empresa Scribd logo
Atitude Espírita
Centro Espírita Leocádio José Correa
112 anos
Eduardo Manoel Araujo
06.06.2018
"Reconhece-se o verdadeiro espírita
pela sua transformação moral e
pelos esforços que emprega
para domar suas inclinações más.“
Fonte: O Evangelho Segundo o Espíritismo – Allan Kardec – Capitulo XVII – item 4
Fonte: Dimensões da Verdade – Serenidade - Espírito Joanna de Angelis pelo médium Divaldo P. Franco
Educar-se para conhecer,
peregrinando pelos meandros da dor humana,
a fim de solucionar os milenários enigmas do espírito encarnado;
disciplinar-se com o objetivo de renovar as disposições íntimas,
no sentido da evolução espiritual;
instruir-se para vencer a sombra da ignorância
tendo em vista o impositivo da vitória sobre si mesmo,
são diretrizes desconsideradas por muitos que, todavia, possibilitam a felicidade
em termos mais duradouros.
Espírito
Perispírito
(Ego)
Corpo
Matéria
Ego
Matéria
O que
já somos
Espiritualmente
Conhecimento + Amorosidade >
Capacidade consciente
limitada de amar
SEMENTE DIVINA
Que somos em essência
Luz que posso ser
ESPIRITO
PERISPIRITO
EGO
CORPO
PULSÕES
Corpo
Emocional
Sombra Luz
↓Sombra ↑Luz
Ego
Evolução alcançada
Espírito puro
O que pensamos que somos
O que somos
O que podemos ser
O que
já somos
Espiritualmente
Conhecimento + Amorosidade >
Capacidade consciente
limitada de amar
SEMENTE DIVINA
Que somos em essência
Luz que posso ser
ESPIRITO
CORPO
PULSÕES
PERISPIRITO
Corpo
Emocional
Sombra Luz
EGO
↓Sombra ↑Luz
Ego
Evolução alcançada
Espírito puro
O que pensamos que somos
O que somos
O que podemos ser
Orgulho
&
Egoísmo
(Ego)
Humildade
&
Altruismo
(Espírito)
Amor
Potências da Alma
Leon Dennis
Consciência
Vontade
Livre Arbítrio
Pensamento
Amor
Vontade
Emmanuel
Fonte: Pensamento e Vida – Capitulo 2 - Vontade – Espírito Emmanuel pelo médium Francisco Candido Xavier
Atitude
Espírita
Deus
Amar a Deus sobre todas as coisas.
Não se pode servir a Deus e a mamon.
Como está o meu relacionamento com Deus?
Pedir?
Agradecer?
Agir no bem?
Fé e esperança?
Louvar?
Contemplar?
O que tenho a agradecer?
Vida?
Doutrina Espírita?
Beleza?
Existência?
Dor purificadora?
Harmonia?
Atitude
Espírita
Consigo
Fonte: Dimensões da Verdade – Labor intransferível – Espírito Joanna de Angelis pelo médium Divaldo P. Franco
Opera, com o auxílio divino,
a própria transformação para o bem e a virtude,
e, desde agora, experimenta a glória da ressurreição e da felicidade.
Como está a minha atitude comigo mesmo?
Eu me percebo e ajo enquanto espírito?
Eu tenho um processo claro de autodesenvolvimento?
A meditação faz parte da minha rotina?
Eu me observo no meu vibrar, no meu pensar, no meu querer,
no meu falar, no meu sentir e no meu agir?
O que isto me diz?
Que padrões de pensamento, de sentimento, de desejo e de atitude se repetem?
O que isto me diz em relação ao meu passado e ao meu perispírito?
Eu me aceito assim e amo o espírito que sou?
O que posso, quero e devo mudar?
O que e como estou fazendo para mudar?
Observar
Perceber
Conhecer
Aceitar
Amar
Refletir
Analisar
Inspirar
Propor
Transformar
Fonte: Dimensões da Verdade – Céu e Inferno - Espírito Joanna de Angelis pelo médium Divaldo P. Franco – citação de Kardec em Obras Póstumas
Quando me sobrevinha uma decepção, uma contrariedade qualquer,
eu me elevava pelo pensamento acima da Humanidade e
me colocava antecipadamente na região dos espíritos e
desse ponto culminante, donde divisava o da minha chegada,
as misérias da vida deslizavam por sobre mim sem me atingirem.
Tão habitual se me tornara este modo de proceder,
que os gritos dos maus jamais me perturbaram.
E diante da dor?
Auto-responsabilidade:
Estou onde me coloquei e passo pelo que tenho de passar para aprender
A energia que vibro e a paz que cultivo são minha responsabilidade
Fonte: Dimensões da Verdade – Cansaço- Espírito Joanna de Angelis pelo médium Divaldo P. Franco
O conceito que os outros fazem a teu respeito vale o que valorizas.
As dificuldades que te impõem obstaculam quanto supões.
O sarcasmo e a perseguição representam o que consideras.
A dor é o que deseja que valha.
Fonte: Dimensões da Verdade – Serenidade - Espírito Joanna de Angelis pelo médium Divaldo P. Franco
Serenidade com paz íntima é conquista do espírito,
independente das excentricidades do mundo das formas.
Atitude
Espírita
Compa-
nheira(o)
Fonte: Dimensões da Verdade – A sós com os outros – Espírito Joanna de Angelis pelo médium Divaldo P. Franco
O coração ao teu lado,
na vida diária,
é a sublime meta
da tua oportunidade no corpo
Amar o próximo como a si mesmo.
Fazer aos outros o que gostaria que nos fizessem eles.
Antes de orar se reconciliar com os outros.
Perdoar 70 vezes 7 vezes.
Atitude
Espírita Filhos
Nossos filhos são espíritos.
Como auxiliar um espírito na sua evolução?
Observação e orientação de tendências negativas.
Cultivo de virtudes, valores e talentos.
Doutrina espírita.
Autodesenvolvimento.
Exemplo.
Atitude
Espírita
Familia
Oração.
Culto do Lar.
Ambiente familiar.
Cultivo da paz e de boas vibrações
Família no Centro Espírita.
Atitude
Espírita
Centro
Espírita
Espíritas! amai-vos, este o primeiro ensinamento; instruí-vos, este o segundo.
Trabalho , solidariedade e tolerância
Fé, esperança e caridade
Centro Espírita
Estudo
Aprendizagem
e Educação
Moral e Espiritual
Paz
Oração
Introspecção
Meditação
Refazimento espiritual
Gratidão
Convivência Fraterna
Amorosidade
Apoio
União Familiar à
Luz do Espiritismo
Oportunidades de Serviço
e aprimoramento íntimo
pela prática do evangelho
Experiências
Atendimento Fraternal
Esclarecimento
Consolação
Passes
Água fluidificada
Desobsessão
Auxílio
Centro Espírita
Serviço
Conviver
Oportunidade de viver o
Amai-vos e Instruí-vos
Trabalho, Solidariedade e Tolêrancia
com
Fé, Esperança e Caridade
Usufruir
Pertencer
Oportunidade de Serviço
Exercício do amor e da caridade
Laços de amizade e união fraternal
Diálogo
Apreciar outras perspectivas, outros pontos de vista
Humildade de saber que pouco sabe
Aprender com o outro
Cooperação
Meu processo
pessoal de
autodesen-
volvimento ?
A reunião de pessoas cria laços, faz nascer amizades sinceras e legitimas, que nos
conduzem à união, ao desejo de estar perto, de somar com o outro e aprender com ele.
Centro Espírita – Tendências e Tendenciosidades – Cezar Braga Said
Oportunidade de Serviço
Requisitos:
Boa vontade
Afinidade
Preparo com conhecimento:
da casa (estrutura e objetivos)
do trabalho
da doutrina
Responsabilidade
Esforço para se melhorar (auto-educação)
Evolução
instituição
pessoal
Meu processo
pessoal de
autodesen-
volvimento ?
hábitos e
inclinações más
desenvolvimento
do potencial
Atitude
Espírita
Outros
Amar o próximo como a si mesmo.
Fazer aos outros o que gostaria que nos fizessem eles.
Perdoar para que Deus nos perdoe.
Antes de orar se reconciliar com os outros.
Perdoar 70 vezes 7 vezes.
Orar pelos que nos perseguem e caluniam.
Amar os inimigos.
Fonte: Dimensões da Verdade – Céu e Inferno - Espírito Joanna de Angelis pelo médium Divaldo P. Franco
O Missionário lionês desde o princípio da Codificação Espiritista,
elegeu a Caridade como a base sobre a qual
se levanta o edifício da felicidade e,
ao mesmo tempo consignou como normativas de segurança,
o Trabalho, a Solidariedade e a Tolerância,
numa admirável síntese dos ensinos evangélicos.
Fonte: Dimensões da Verdade – A sós com os outros – Espírito Joanna de Angelis pelo médium Divaldo P. Franco
Mata a solidão,
asfixiando-a nos tecidos leves da cordialidade
para com os outros.
Não creais que haja um abismo entre ti e os outros.
Se o ves ou o sentes, lança a ponte da afabilidade
e atapeta-a da doçura.
O amor que se enclausura não
amadurecerá em dádivas renovadoras.
Fonte: Dimensões da Verdade – A sós com os outros / Médiuns em tormento – Espírito Joanna de Angelis pelo médium Divaldo P. Franco
Pelo bem que faças,
lentamente sairá do pantanal do desequilíbrio
onde o passado te precipitou …
Compreenderás que o receber é efeito do dar,
tanto quanto o colher é o resultado do plantar.
Atitude
Espírita
Trabalho
Fonte: Dimensões da Verdade – Médiuns em tormento – Espírito Joanna de Angelis pelo médium Divaldo P. Franco
Elege a oração do trabalho como companheiro inseparável da tua
instrumentalização mediúnica, para que os tormentos naturais
não encontrem acesso a tua mente,
nem guarida no teu coração.
Espíritos em evolução
Ambiente
Energia
Virtudes, Valores e Talentos
Desafios e oportunidades
Propósito e significado pessoal e coletivo
Exemplo pessoal e organizacional
Atitude
EspíritaSociedade
Espíritos em evolução
Ambiente
Energia
Valores
Desafios e oportunidades
Propósito e significado pessoal e coletivo
Exemplo pessoal e civilizatório
Essa sociedade, à qual teremos pedido muito e dado pouco,
virá a ser outra vez “nossa” sociedade,
sociedade madrasta para seus filhos, egoístas e ingratos.
Seremos herdeiros da sociedade que não ajudamos a melhorar!
Fonte: O prolema do ser, do destino e da dor – XVIII Justiça e responsabilidade – O problema do mal – Leon Dennis
Atitude
Espírita
Criação
Percepção e compreensão das leis imutáveis.
Percepção do fluxo, ritmo e harmonia.
Contemplação da beleza.
Atitude de co-criador.
Atitude
Espírita
Espiritua
lidade
VINCULOS ESPIRITUAIS
DESTRUTIVOS
ENERGIA - FREQÜÊNCIA
PADRÃO VIBRATÓRIO
AMIGOS ESPIRITUAIS EVOLVIDOS
APOIANDO
POSSESSÃO
OBSESSÃO
SUBJUGAÇÃO
INTUIÇÃO
INSPIRAÇÃO
PERTURBAÇÃO
INFLUENCIAÇÃO
COMPANHIASESPIRITUAIS
ESPÍRITOS ZOMBETEIROS
ESPÍRITOS BRINCALHÕES
ESPÍRITOS MAUS
ESPÍRITOS SÉRIOS
ESPÍRITOS PUROS
ESPÍRITOS SÁBIOS
ENTUSIASMO
SENTIMENTO
ÓDIO
RANCOR
VINGANÇA
PERDÃO
COMPAIXÃO
MÁGOA
AMOR
Fonte: Eduardo Manoel Araujo – palestras em casas espíritas
Fonte: Dimensões da Verdade – Labor intransferível – Espírito Joanna de Angelis pelo médium Divaldo P. Franco
Os benfeitores espirituais, a quem dizes amar,
não poderão fazer por ti mais do que seja lícito receberes.
São eles amigos mais experientes e mais sábios é certo,
em função pedagógica de didática espiritual.
Amar os nossos inimigos.
Somos ferramentas de evolução uns dos outros.
Somos todos espíritos em evolução – crianças na infância espiritual.
Sem o algoz não conheço e nem desenvolvo a minha resiliência espiritual.
Oportunidade de exercício da humildade, do perdão e do amor.
Que tal uma conversa franca e amiga para ir harmonizando as relações?
Loucura? Não, atitude espírita!
Grato pela oportunidade
de refletir sobre
minha
Atitude Espírita!

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Doutrinação
DoutrinaçãoDoutrinação
Doutrinação
paikachambi
 
Toques de preto velho
Toques de preto velhoToques de preto velho
Toques de preto velho
aelaaruanda
 
Curso para doutrinadores
Curso para doutrinadoresCurso para doutrinadores
Curso para doutrinadores
Alencar Santana
 
Apostila obsessão lar rubataiana -2009 .doc - 11 doc
Apostila obsessão   lar rubataiana -2009 .doc - 11 docApostila obsessão   lar rubataiana -2009 .doc - 11 doc
Apostila obsessão lar rubataiana -2009 .doc - 11 doc
Instituto de Psicobiofísica Rama Schain
 
2013-02-10-Aula-Prática do Dialogador-Rosana De Rosa
2013-02-10-Aula-Prática do Dialogador-Rosana De Rosa2013-02-10-Aula-Prática do Dialogador-Rosana De Rosa
2013-02-10-Aula-Prática do Dialogador-Rosana De Rosa
Rosana De Rosa
 
Escutando sentimentos cap 03
Escutando sentimentos cap 03Escutando sentimentos cap 03
Escutando sentimentos cap 03
Leonardo Pereira
 
8ª Oficinas dos sentimentos
8ª Oficinas dos sentimentos 8ª Oficinas dos sentimentos
8ª Oficinas dos sentimentos
Leonardo Pereira
 
A ObsessãO E A DesobsessãO
A ObsessãO E A DesobsessãOA ObsessãO E A DesobsessãO
A ObsessãO E A DesobsessãO
Roque Souza
 
Encontro de Evangelizadores
Encontro de EvangelizadoresEncontro de Evangelizadores
Encontro de Evangelizadores
Cemei - Centro Educar Meimei
 
Escutando sentimentos cap 06
Escutando sentimentos cap 06Escutando sentimentos cap 06
Escutando sentimentos cap 06
Leonardo Pereira
 
Divaldo -atendimento_fraterno-manoel_p._miranda
Divaldo  -atendimento_fraterno-manoel_p._mirandaDivaldo  -atendimento_fraterno-manoel_p._miranda
Divaldo -atendimento_fraterno-manoel_p._miranda
zfrneves
 
42 fluidoterapia-preces
42 fluidoterapia-preces42 fluidoterapia-preces
42 fluidoterapia-preces
Antonio SSantos
 
Feec curso de doutrinação
Feec   curso de doutrinaçãoFeec   curso de doutrinação
Feec curso de doutrinação
Ricardo Di Napoli
 
Conhece-te a ti mesmo
Conhece-te a ti mesmoConhece-te a ti mesmo
Conhece-te a ti mesmo
Amanda Figueirêdo
 
Escutando sentimentos cap 04
Escutando sentimentos cap 04Escutando sentimentos cap 04
Escutando sentimentos cap 04
Leonardo Pereira
 
Desenvolvimento da autoconsciência 6
Desenvolvimento da autoconsciência 6Desenvolvimento da autoconsciência 6
Desenvolvimento da autoconsciência 6
Fatoze
 
64014763 saude-joao-nunes-maia-pelo-espirito-miramez
64014763 saude-joao-nunes-maia-pelo-espirito-miramez64014763 saude-joao-nunes-maia-pelo-espirito-miramez
64014763 saude-joao-nunes-maia-pelo-espirito-miramez
Instituto de Psicobiofísica Rama Schain
 
A palestra doutrinaria na casa espirita
A palestra doutrinaria na casa espiritaA palestra doutrinaria na casa espirita
A palestra doutrinaria na casa espirita
Carlos Alberto Freire De Souza
 
Desenvolvimento da autoconsciência 7
Desenvolvimento da autoconsciência 7Desenvolvimento da autoconsciência 7
Desenvolvimento da autoconsciência 7
Fatoze
 

Mais procurados (19)

Doutrinação
DoutrinaçãoDoutrinação
Doutrinação
 
Toques de preto velho
Toques de preto velhoToques de preto velho
Toques de preto velho
 
Curso para doutrinadores
Curso para doutrinadoresCurso para doutrinadores
Curso para doutrinadores
 
Apostila obsessão lar rubataiana -2009 .doc - 11 doc
Apostila obsessão   lar rubataiana -2009 .doc - 11 docApostila obsessão   lar rubataiana -2009 .doc - 11 doc
Apostila obsessão lar rubataiana -2009 .doc - 11 doc
 
2013-02-10-Aula-Prática do Dialogador-Rosana De Rosa
2013-02-10-Aula-Prática do Dialogador-Rosana De Rosa2013-02-10-Aula-Prática do Dialogador-Rosana De Rosa
2013-02-10-Aula-Prática do Dialogador-Rosana De Rosa
 
Escutando sentimentos cap 03
Escutando sentimentos cap 03Escutando sentimentos cap 03
Escutando sentimentos cap 03
 
8ª Oficinas dos sentimentos
8ª Oficinas dos sentimentos 8ª Oficinas dos sentimentos
8ª Oficinas dos sentimentos
 
A ObsessãO E A DesobsessãO
A ObsessãO E A DesobsessãOA ObsessãO E A DesobsessãO
A ObsessãO E A DesobsessãO
 
Encontro de Evangelizadores
Encontro de EvangelizadoresEncontro de Evangelizadores
Encontro de Evangelizadores
 
Escutando sentimentos cap 06
Escutando sentimentos cap 06Escutando sentimentos cap 06
Escutando sentimentos cap 06
 
Divaldo -atendimento_fraterno-manoel_p._miranda
Divaldo  -atendimento_fraterno-manoel_p._mirandaDivaldo  -atendimento_fraterno-manoel_p._miranda
Divaldo -atendimento_fraterno-manoel_p._miranda
 
42 fluidoterapia-preces
42 fluidoterapia-preces42 fluidoterapia-preces
42 fluidoterapia-preces
 
Feec curso de doutrinação
Feec   curso de doutrinaçãoFeec   curso de doutrinação
Feec curso de doutrinação
 
Conhece-te a ti mesmo
Conhece-te a ti mesmoConhece-te a ti mesmo
Conhece-te a ti mesmo
 
Escutando sentimentos cap 04
Escutando sentimentos cap 04Escutando sentimentos cap 04
Escutando sentimentos cap 04
 
Desenvolvimento da autoconsciência 6
Desenvolvimento da autoconsciência 6Desenvolvimento da autoconsciência 6
Desenvolvimento da autoconsciência 6
 
64014763 saude-joao-nunes-maia-pelo-espirito-miramez
64014763 saude-joao-nunes-maia-pelo-espirito-miramez64014763 saude-joao-nunes-maia-pelo-espirito-miramez
64014763 saude-joao-nunes-maia-pelo-espirito-miramez
 
A palestra doutrinaria na casa espirita
A palestra doutrinaria na casa espiritaA palestra doutrinaria na casa espirita
A palestra doutrinaria na casa espirita
 
Desenvolvimento da autoconsciência 7
Desenvolvimento da autoconsciência 7Desenvolvimento da autoconsciência 7
Desenvolvimento da autoconsciência 7
 

Semelhante a Atitude Espírita

curso básico de espiritismo 14
curso básico de espiritismo 14curso básico de espiritismo 14
curso básico de espiritismo 14
Roseli Lemes
 
A alegria de servir
A alegria de servirA alegria de servir
A alegria de servir
Eduardo Manoel Araujo
 
03 a jornada do espírito
03   a jornada do espírito03   a jornada do espírito
03 a jornada do espírito
Isaias Oliveira
 
Conheça o Espiritismo
Conheça o EspiritismoConheça o Espiritismo
Conheça o Espiritismo
Helio Cruz
 
Coem 2013 aula mediunidade e disciplina
Coem 2013   aula mediunidade e disciplinaCoem 2013   aula mediunidade e disciplina
Coem 2013 aula mediunidade e disciplina
KATIA MARIA FARAH V DA SILVA
 
Uma razao para viver (richard simonetti)
Uma razao para viver (richard simonetti)Uma razao para viver (richard simonetti)
Uma razao para viver (richard simonetti)
Helio Cruz
 
Brasilia módulo 1
Brasilia   módulo 1Brasilia   módulo 1
Brasilia módulo 1
Claudionor Pereira Sena .'.
 
Ser Espírita
Ser EspíritaSer Espírita
Patrícia Stanquevisch - Workshops
Patrícia Stanquevisch - WorkshopsPatrícia Stanquevisch - Workshops
Patrícia Stanquevisch - Workshops
Patrícia Stanquevisch
 
Desobsessao
DesobsessaoDesobsessao
Desobsessao
paikachambi
 
Entusiasmo e responsabilidade
Entusiasmo e responsabilidadeEntusiasmo e responsabilidade
Entusiasmo e responsabilidade
Helio Cruz
 
As bases do transformar se
As bases do transformar seAs bases do transformar se
As bases do transformar se
paikachambi
 
Jesus e a Alegria de Viver - Nazareno Feitosa v.6
Jesus e a Alegria de Viver - Nazareno Feitosa v.6Jesus e a Alegria de Viver - Nazareno Feitosa v.6
Jesus e a Alegria de Viver - Nazareno Feitosa v.6
Nazareno Feitosa
 
Arcanjos
ArcanjosArcanjos
Oraçoes
OraçoesOraçoes
Oraçoes
Eren Carla Reis
 
A Prece
A PreceA Prece
Boletim informativo junho 2013
Boletim informativo junho 2013Boletim informativo junho 2013
Boletim informativo junho 2013
fespiritacrista
 
Mereça ser feliz!
Mereça ser feliz!Mereça ser feliz!
Mereça ser feliz!
ARILMA TAVARES
 
Pureza
PurezaPureza
2013 cem - interrogar os espíritos - parte a - 13a aula
2013   cem - interrogar os espíritos - parte a -  13a aula2013   cem - interrogar os espíritos - parte a -  13a aula
2013 cem - interrogar os espíritos - parte a - 13a aula
Artomy Jado
 

Semelhante a Atitude Espírita (20)

curso básico de espiritismo 14
curso básico de espiritismo 14curso básico de espiritismo 14
curso básico de espiritismo 14
 
A alegria de servir
A alegria de servirA alegria de servir
A alegria de servir
 
03 a jornada do espírito
03   a jornada do espírito03   a jornada do espírito
03 a jornada do espírito
 
Conheça o Espiritismo
Conheça o EspiritismoConheça o Espiritismo
Conheça o Espiritismo
 
Coem 2013 aula mediunidade e disciplina
Coem 2013   aula mediunidade e disciplinaCoem 2013   aula mediunidade e disciplina
Coem 2013 aula mediunidade e disciplina
 
Uma razao para viver (richard simonetti)
Uma razao para viver (richard simonetti)Uma razao para viver (richard simonetti)
Uma razao para viver (richard simonetti)
 
Brasilia módulo 1
Brasilia   módulo 1Brasilia   módulo 1
Brasilia módulo 1
 
Ser Espírita
Ser EspíritaSer Espírita
Ser Espírita
 
Patrícia Stanquevisch - Workshops
Patrícia Stanquevisch - WorkshopsPatrícia Stanquevisch - Workshops
Patrícia Stanquevisch - Workshops
 
Desobsessao
DesobsessaoDesobsessao
Desobsessao
 
Entusiasmo e responsabilidade
Entusiasmo e responsabilidadeEntusiasmo e responsabilidade
Entusiasmo e responsabilidade
 
As bases do transformar se
As bases do transformar seAs bases do transformar se
As bases do transformar se
 
Jesus e a Alegria de Viver - Nazareno Feitosa v.6
Jesus e a Alegria de Viver - Nazareno Feitosa v.6Jesus e a Alegria de Viver - Nazareno Feitosa v.6
Jesus e a Alegria de Viver - Nazareno Feitosa v.6
 
Arcanjos
ArcanjosArcanjos
Arcanjos
 
Oraçoes
OraçoesOraçoes
Oraçoes
 
A Prece
A PreceA Prece
A Prece
 
Boletim informativo junho 2013
Boletim informativo junho 2013Boletim informativo junho 2013
Boletim informativo junho 2013
 
Mereça ser feliz!
Mereça ser feliz!Mereça ser feliz!
Mereça ser feliz!
 
Pureza
PurezaPureza
Pureza
 
2013 cem - interrogar os espíritos - parte a - 13a aula
2013   cem - interrogar os espíritos - parte a -  13a aula2013   cem - interrogar os espíritos - parte a -  13a aula
2013 cem - interrogar os espíritos - parte a - 13a aula
 

Mais de Eduardo Manoel Araujo

Queremos realmente evitar 80% das mortes por Covid19?
Queremos realmente evitar 80% das mortes por Covid19?Queremos realmente evitar 80% das mortes por Covid19?
Queremos realmente evitar 80% das mortes por Covid19?
Eduardo Manoel Araujo
 
O que mata hoje no brasil
O que mata hoje no brasilO que mata hoje no brasil
O que mata hoje no brasil
Eduardo Manoel Araujo
 
Eh possivel ser feliz na terra slideshare
Eh possivel ser feliz na terra    slideshareEh possivel ser feliz na terra    slideshare
Eh possivel ser feliz na terra slideshare
Eduardo Manoel Araujo
 
Ecologia integral enciclica do papa francisco
Ecologia integral   enciclica do papa franciscoEcologia integral   enciclica do papa francisco
Ecologia integral enciclica do papa francisco
Eduardo Manoel Araujo
 
Termo de referencia vivendo com jesus
Termo de referencia   vivendo com jesusTermo de referencia   vivendo com jesus
Termo de referencia vivendo com jesus
Eduardo Manoel Araujo
 
Teses da encíclica Laudato Si do Papa Francisco
Teses da encíclica Laudato Si do Papa FranciscoTeses da encíclica Laudato Si do Papa Francisco
Teses da encíclica Laudato Si do Papa Francisco
Eduardo Manoel Araujo
 
Extrato resumo da enciclica Laudato Si do Papa Francisco
Extrato resumo da enciclica Laudato Si do Papa FranciscoExtrato resumo da enciclica Laudato Si do Papa Francisco
Extrato resumo da enciclica Laudato Si do Papa Francisco
Eduardo Manoel Araujo
 
Conduta evangelica
Conduta evangelicaConduta evangelica
Conduta evangelica
Eduardo Manoel Araujo
 
Esperanca - sementeira de coragem no solo do espirito
Esperanca - sementeira de coragem no solo do espiritoEsperanca - sementeira de coragem no solo do espirito
Esperanca - sementeira de coragem no solo do espirito
Eduardo Manoel Araujo
 
Quadro comparativo dos espiritos em expiacao o ceu e o inferno - viii
Quadro comparativo dos espiritos em expiacao   o ceu e o inferno - viiiQuadro comparativo dos espiritos em expiacao   o ceu e o inferno - viii
Quadro comparativo dos espiritos em expiacao o ceu e o inferno - viii
Eduardo Manoel Araujo
 
O céu e o inferno - cap VIII - expiacoes terrestres
O céu e o inferno - cap VIII - expiacoes terrestresO céu e o inferno - cap VIII - expiacoes terrestres
O céu e o inferno - cap VIII - expiacoes terrestres
Eduardo Manoel Araujo
 
Dinâmica - capitulo VII de: O céu e o inferno
Dinâmica - capitulo VII  de: O céu e o infernoDinâmica - capitulo VII  de: O céu e o inferno
Dinâmica - capitulo VII de: O céu e o inferno
Eduardo Manoel Araujo
 
O Céu e o Inferno - capítulo VII - Código penal da vida futura 1 a 8
O Céu e o Inferno - capítulo VII - Código penal da vida futura 1 a 8O Céu e o Inferno - capítulo VII - Código penal da vida futura 1 a 8
O Céu e o Inferno - capítulo VII - Código penal da vida futura 1 a 8
Eduardo Manoel Araujo
 
Convite ao valor
Convite ao valorConvite ao valor
Convite ao valor
Eduardo Manoel Araujo
 
A carta magna da paz - Cap II - regiões de reequilíbrio na terra
A carta magna da paz - Cap II - regiões de reequilíbrio na terraA carta magna da paz - Cap II - regiões de reequilíbrio na terra
A carta magna da paz - Cap II - regiões de reequilíbrio na terra
Eduardo Manoel Araujo
 
Vivência com consciência espírita
Vivência com consciência espíritaVivência com consciência espírita
Vivência com consciência espírita
Eduardo Manoel Araujo
 
Bem aventurados os mansos
Bem aventurados os mansosBem aventurados os mansos
Bem aventurados os mansos
Eduardo Manoel Araujo
 
Nossos filhos
Nossos filhosNossos filhos
Nossos filhos
Eduardo Manoel Araujo
 
Orgulho e humildade
Orgulho e humildadeOrgulho e humildade
Orgulho e humildade
Eduardo Manoel Araujo
 
Caridade e amor ao próximo
Caridade e amor ao próximoCaridade e amor ao próximo
Caridade e amor ao próximo
Eduardo Manoel Araujo
 

Mais de Eduardo Manoel Araujo (20)

Queremos realmente evitar 80% das mortes por Covid19?
Queremos realmente evitar 80% das mortes por Covid19?Queremos realmente evitar 80% das mortes por Covid19?
Queremos realmente evitar 80% das mortes por Covid19?
 
O que mata hoje no brasil
O que mata hoje no brasilO que mata hoje no brasil
O que mata hoje no brasil
 
Eh possivel ser feliz na terra slideshare
Eh possivel ser feliz na terra    slideshareEh possivel ser feliz na terra    slideshare
Eh possivel ser feliz na terra slideshare
 
Ecologia integral enciclica do papa francisco
Ecologia integral   enciclica do papa franciscoEcologia integral   enciclica do papa francisco
Ecologia integral enciclica do papa francisco
 
Termo de referencia vivendo com jesus
Termo de referencia   vivendo com jesusTermo de referencia   vivendo com jesus
Termo de referencia vivendo com jesus
 
Teses da encíclica Laudato Si do Papa Francisco
Teses da encíclica Laudato Si do Papa FranciscoTeses da encíclica Laudato Si do Papa Francisco
Teses da encíclica Laudato Si do Papa Francisco
 
Extrato resumo da enciclica Laudato Si do Papa Francisco
Extrato resumo da enciclica Laudato Si do Papa FranciscoExtrato resumo da enciclica Laudato Si do Papa Francisco
Extrato resumo da enciclica Laudato Si do Papa Francisco
 
Conduta evangelica
Conduta evangelicaConduta evangelica
Conduta evangelica
 
Esperanca - sementeira de coragem no solo do espirito
Esperanca - sementeira de coragem no solo do espiritoEsperanca - sementeira de coragem no solo do espirito
Esperanca - sementeira de coragem no solo do espirito
 
Quadro comparativo dos espiritos em expiacao o ceu e o inferno - viii
Quadro comparativo dos espiritos em expiacao   o ceu e o inferno - viiiQuadro comparativo dos espiritos em expiacao   o ceu e o inferno - viii
Quadro comparativo dos espiritos em expiacao o ceu e o inferno - viii
 
O céu e o inferno - cap VIII - expiacoes terrestres
O céu e o inferno - cap VIII - expiacoes terrestresO céu e o inferno - cap VIII - expiacoes terrestres
O céu e o inferno - cap VIII - expiacoes terrestres
 
Dinâmica - capitulo VII de: O céu e o inferno
Dinâmica - capitulo VII  de: O céu e o infernoDinâmica - capitulo VII  de: O céu e o inferno
Dinâmica - capitulo VII de: O céu e o inferno
 
O Céu e o Inferno - capítulo VII - Código penal da vida futura 1 a 8
O Céu e o Inferno - capítulo VII - Código penal da vida futura 1 a 8O Céu e o Inferno - capítulo VII - Código penal da vida futura 1 a 8
O Céu e o Inferno - capítulo VII - Código penal da vida futura 1 a 8
 
Convite ao valor
Convite ao valorConvite ao valor
Convite ao valor
 
A carta magna da paz - Cap II - regiões de reequilíbrio na terra
A carta magna da paz - Cap II - regiões de reequilíbrio na terraA carta magna da paz - Cap II - regiões de reequilíbrio na terra
A carta magna da paz - Cap II - regiões de reequilíbrio na terra
 
Vivência com consciência espírita
Vivência com consciência espíritaVivência com consciência espírita
Vivência com consciência espírita
 
Bem aventurados os mansos
Bem aventurados os mansosBem aventurados os mansos
Bem aventurados os mansos
 
Nossos filhos
Nossos filhosNossos filhos
Nossos filhos
 
Orgulho e humildade
Orgulho e humildadeOrgulho e humildade
Orgulho e humildade
 
Caridade e amor ao próximo
Caridade e amor ao próximoCaridade e amor ao próximo
Caridade e amor ao próximo
 

Último

O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdfO-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
WELITONNOGUEIRA3
 
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptxLição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Celso Napoleon
 
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptxLição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Celso Napoleon
 
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Igreja Jesus é o Verbo
 
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptxA CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
JonasRibeiro61
 
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOSDIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
ESCRIBA DE CRISTO
 
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução AnimicaEscola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
AlessandroSanches8
 
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimentoHabacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
ayronleonardo
 
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
ESCRIBA DE CRISTO
 
CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
ESCRIBA DE CRISTO
 
JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
ESCRIBA DE CRISTO
 
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxasMalleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Lourhana
 
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
ESCRIBA DE CRISTO
 
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptxBíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Igreja Jesus é o Verbo
 
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
ESCRIBA DE CRISTO
 
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos AgricultoresOração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Nilson Almeida
 

Último (16)

O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdfO-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
 
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptxLição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
 
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptxLição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
 
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
 
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptxA CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
 
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOSDIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
 
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução AnimicaEscola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
 
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimentoHabacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
 
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
 
CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
 
JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
 
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxasMalleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
 
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
 
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptxBíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
 
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
 
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos AgricultoresOração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
 

Atitude Espírita

  • 1. Atitude Espírita Centro Espírita Leocádio José Correa 112 anos Eduardo Manoel Araujo 06.06.2018
  • 2. "Reconhece-se o verdadeiro espírita pela sua transformação moral e pelos esforços que emprega para domar suas inclinações más.“ Fonte: O Evangelho Segundo o Espíritismo – Allan Kardec – Capitulo XVII – item 4
  • 3. Fonte: Dimensões da Verdade – Serenidade - Espírito Joanna de Angelis pelo médium Divaldo P. Franco Educar-se para conhecer, peregrinando pelos meandros da dor humana, a fim de solucionar os milenários enigmas do espírito encarnado; disciplinar-se com o objetivo de renovar as disposições íntimas, no sentido da evolução espiritual; instruir-se para vencer a sombra da ignorância tendo em vista o impositivo da vitória sobre si mesmo, são diretrizes desconsideradas por muitos que, todavia, possibilitam a felicidade em termos mais duradouros.
  • 5. O que já somos Espiritualmente Conhecimento + Amorosidade > Capacidade consciente limitada de amar SEMENTE DIVINA Que somos em essência Luz que posso ser ESPIRITO PERISPIRITO EGO CORPO PULSÕES Corpo Emocional Sombra Luz ↓Sombra ↑Luz Ego Evolução alcançada Espírito puro O que pensamos que somos O que somos O que podemos ser
  • 6. O que já somos Espiritualmente Conhecimento + Amorosidade > Capacidade consciente limitada de amar SEMENTE DIVINA Que somos em essência Luz que posso ser ESPIRITO CORPO PULSÕES PERISPIRITO Corpo Emocional Sombra Luz EGO ↓Sombra ↑Luz Ego Evolução alcançada Espírito puro O que pensamos que somos O que somos O que podemos ser
  • 8. Potências da Alma Leon Dennis Consciência Vontade Livre Arbítrio Pensamento Amor
  • 9. Vontade Emmanuel Fonte: Pensamento e Vida – Capitulo 2 - Vontade – Espírito Emmanuel pelo médium Francisco Candido Xavier
  • 10.
  • 11.
  • 13. Amar a Deus sobre todas as coisas. Não se pode servir a Deus e a mamon.
  • 14. Como está o meu relacionamento com Deus? Pedir? Agradecer? Agir no bem? Fé e esperança? Louvar? Contemplar?
  • 15. O que tenho a agradecer? Vida? Doutrina Espírita? Beleza? Existência? Dor purificadora? Harmonia?
  • 17. Fonte: Dimensões da Verdade – Labor intransferível – Espírito Joanna de Angelis pelo médium Divaldo P. Franco Opera, com o auxílio divino, a própria transformação para o bem e a virtude, e, desde agora, experimenta a glória da ressurreição e da felicidade.
  • 18. Como está a minha atitude comigo mesmo? Eu me percebo e ajo enquanto espírito? Eu tenho um processo claro de autodesenvolvimento? A meditação faz parte da minha rotina? Eu me observo no meu vibrar, no meu pensar, no meu querer, no meu falar, no meu sentir e no meu agir? O que isto me diz? Que padrões de pensamento, de sentimento, de desejo e de atitude se repetem? O que isto me diz em relação ao meu passado e ao meu perispírito? Eu me aceito assim e amo o espírito que sou? O que posso, quero e devo mudar? O que e como estou fazendo para mudar?
  • 20. Fonte: Dimensões da Verdade – Céu e Inferno - Espírito Joanna de Angelis pelo médium Divaldo P. Franco – citação de Kardec em Obras Póstumas Quando me sobrevinha uma decepção, uma contrariedade qualquer, eu me elevava pelo pensamento acima da Humanidade e me colocava antecipadamente na região dos espíritos e desse ponto culminante, donde divisava o da minha chegada, as misérias da vida deslizavam por sobre mim sem me atingirem. Tão habitual se me tornara este modo de proceder, que os gritos dos maus jamais me perturbaram.
  • 21. E diante da dor?
  • 22. Auto-responsabilidade: Estou onde me coloquei e passo pelo que tenho de passar para aprender A energia que vibro e a paz que cultivo são minha responsabilidade
  • 23. Fonte: Dimensões da Verdade – Cansaço- Espírito Joanna de Angelis pelo médium Divaldo P. Franco O conceito que os outros fazem a teu respeito vale o que valorizas. As dificuldades que te impõem obstaculam quanto supões. O sarcasmo e a perseguição representam o que consideras. A dor é o que deseja que valha.
  • 24. Fonte: Dimensões da Verdade – Serenidade - Espírito Joanna de Angelis pelo médium Divaldo P. Franco Serenidade com paz íntima é conquista do espírito, independente das excentricidades do mundo das formas.
  • 26. Fonte: Dimensões da Verdade – A sós com os outros – Espírito Joanna de Angelis pelo médium Divaldo P. Franco O coração ao teu lado, na vida diária, é a sublime meta da tua oportunidade no corpo
  • 27. Amar o próximo como a si mesmo. Fazer aos outros o que gostaria que nos fizessem eles. Antes de orar se reconciliar com os outros. Perdoar 70 vezes 7 vezes.
  • 29. Nossos filhos são espíritos. Como auxiliar um espírito na sua evolução?
  • 30. Observação e orientação de tendências negativas. Cultivo de virtudes, valores e talentos. Doutrina espírita. Autodesenvolvimento. Exemplo.
  • 32. Oração. Culto do Lar. Ambiente familiar. Cultivo da paz e de boas vibrações Família no Centro Espírita.
  • 34. Espíritas! amai-vos, este o primeiro ensinamento; instruí-vos, este o segundo. Trabalho , solidariedade e tolerância Fé, esperança e caridade
  • 35. Centro Espírita Estudo Aprendizagem e Educação Moral e Espiritual Paz Oração Introspecção Meditação Refazimento espiritual Gratidão Convivência Fraterna Amorosidade Apoio União Familiar à Luz do Espiritismo Oportunidades de Serviço e aprimoramento íntimo pela prática do evangelho Experiências Atendimento Fraternal Esclarecimento Consolação Passes Água fluidificada Desobsessão
  • 36. Auxílio Centro Espírita Serviço Conviver Oportunidade de viver o Amai-vos e Instruí-vos Trabalho, Solidariedade e Tolêrancia com Fé, Esperança e Caridade Usufruir Pertencer
  • 37. Oportunidade de Serviço Exercício do amor e da caridade Laços de amizade e união fraternal Diálogo Apreciar outras perspectivas, outros pontos de vista Humildade de saber que pouco sabe Aprender com o outro Cooperação Meu processo pessoal de autodesen- volvimento ? A reunião de pessoas cria laços, faz nascer amizades sinceras e legitimas, que nos conduzem à união, ao desejo de estar perto, de somar com o outro e aprender com ele. Centro Espírita – Tendências e Tendenciosidades – Cezar Braga Said
  • 38. Oportunidade de Serviço Requisitos: Boa vontade Afinidade Preparo com conhecimento: da casa (estrutura e objetivos) do trabalho da doutrina Responsabilidade Esforço para se melhorar (auto-educação) Evolução instituição pessoal Meu processo pessoal de autodesen- volvimento ? hábitos e inclinações más desenvolvimento do potencial
  • 40. Amar o próximo como a si mesmo. Fazer aos outros o que gostaria que nos fizessem eles. Perdoar para que Deus nos perdoe. Antes de orar se reconciliar com os outros. Perdoar 70 vezes 7 vezes. Orar pelos que nos perseguem e caluniam. Amar os inimigos.
  • 41. Fonte: Dimensões da Verdade – Céu e Inferno - Espírito Joanna de Angelis pelo médium Divaldo P. Franco O Missionário lionês desde o princípio da Codificação Espiritista, elegeu a Caridade como a base sobre a qual se levanta o edifício da felicidade e, ao mesmo tempo consignou como normativas de segurança, o Trabalho, a Solidariedade e a Tolerância, numa admirável síntese dos ensinos evangélicos.
  • 42. Fonte: Dimensões da Verdade – A sós com os outros – Espírito Joanna de Angelis pelo médium Divaldo P. Franco Mata a solidão, asfixiando-a nos tecidos leves da cordialidade para com os outros. Não creais que haja um abismo entre ti e os outros. Se o ves ou o sentes, lança a ponte da afabilidade e atapeta-a da doçura. O amor que se enclausura não amadurecerá em dádivas renovadoras.
  • 43. Fonte: Dimensões da Verdade – A sós com os outros / Médiuns em tormento – Espírito Joanna de Angelis pelo médium Divaldo P. Franco Pelo bem que faças, lentamente sairá do pantanal do desequilíbrio onde o passado te precipitou … Compreenderás que o receber é efeito do dar, tanto quanto o colher é o resultado do plantar.
  • 45. Fonte: Dimensões da Verdade – Médiuns em tormento – Espírito Joanna de Angelis pelo médium Divaldo P. Franco Elege a oração do trabalho como companheiro inseparável da tua instrumentalização mediúnica, para que os tormentos naturais não encontrem acesso a tua mente, nem guarida no teu coração.
  • 46. Espíritos em evolução Ambiente Energia Virtudes, Valores e Talentos Desafios e oportunidades Propósito e significado pessoal e coletivo Exemplo pessoal e organizacional
  • 48. Espíritos em evolução Ambiente Energia Valores Desafios e oportunidades Propósito e significado pessoal e coletivo Exemplo pessoal e civilizatório
  • 49. Essa sociedade, à qual teremos pedido muito e dado pouco, virá a ser outra vez “nossa” sociedade, sociedade madrasta para seus filhos, egoístas e ingratos. Seremos herdeiros da sociedade que não ajudamos a melhorar! Fonte: O prolema do ser, do destino e da dor – XVIII Justiça e responsabilidade – O problema do mal – Leon Dennis
  • 51. Percepção e compreensão das leis imutáveis. Percepção do fluxo, ritmo e harmonia. Contemplação da beleza. Atitude de co-criador.
  • 53. VINCULOS ESPIRITUAIS DESTRUTIVOS ENERGIA - FREQÜÊNCIA PADRÃO VIBRATÓRIO AMIGOS ESPIRITUAIS EVOLVIDOS APOIANDO POSSESSÃO OBSESSÃO SUBJUGAÇÃO INTUIÇÃO INSPIRAÇÃO PERTURBAÇÃO INFLUENCIAÇÃO COMPANHIASESPIRITUAIS ESPÍRITOS ZOMBETEIROS ESPÍRITOS BRINCALHÕES ESPÍRITOS MAUS ESPÍRITOS SÉRIOS ESPÍRITOS PUROS ESPÍRITOS SÁBIOS ENTUSIASMO SENTIMENTO ÓDIO RANCOR VINGANÇA PERDÃO COMPAIXÃO MÁGOA AMOR Fonte: Eduardo Manoel Araujo – palestras em casas espíritas
  • 54. Fonte: Dimensões da Verdade – Labor intransferível – Espírito Joanna de Angelis pelo médium Divaldo P. Franco Os benfeitores espirituais, a quem dizes amar, não poderão fazer por ti mais do que seja lícito receberes. São eles amigos mais experientes e mais sábios é certo, em função pedagógica de didática espiritual.
  • 55. Amar os nossos inimigos. Somos ferramentas de evolução uns dos outros. Somos todos espíritos em evolução – crianças na infância espiritual. Sem o algoz não conheço e nem desenvolvo a minha resiliência espiritual. Oportunidade de exercício da humildade, do perdão e do amor. Que tal uma conversa franca e amiga para ir harmonizando as relações? Loucura? Não, atitude espírita!
  • 56. Grato pela oportunidade de refletir sobre minha Atitude Espírita!

Notas do Editor

  1. Potências da Alma segundo Leon Denis: Vontade, Consciência, Livre-arbítrio, Pensamento, Amor
  2. Quem acha que eu tenho que me conectar mais com o meu espírito? Quem é o eu? EGO Tenho é posse. O que o EGO pensa que possui, que é dono de algo externo que é um tal de ESPÍRITO. Assim como é dono de uma casa, de um carro … Se eu tenho uma casa, eu não sou a casa. Da mesma forma se eu tenho um espírito eu não sou um espírito. Eu EGO tenho de me ligar a uma coisa externa que eu possuo chamada ESPÍRITO. Esqueço que eu SOU o ESPÍRITO e que construi este EGO como minha identidade temporária para esta encarnação. E é neste constructo que tenho a possibilidade de afirmar o que já sou (vicios, tendências, virtudes, valores e talentos), adicionar coisas novas (virtudes, valores e talentos) e ir apagando vícios e tendencias negativas.
  3. Visão do espírito para o corpo. Que é o que o sentido quando planejamos a encarnação.
  4. Visão do corpo para o corpo. Que é o sentido que ocorre quando iniciamos uma nova encarnação devido ao esquecimento da identidade espiritual. Começamos a formar nosso Ego, começamos a nos encontrar com nossa sombra e nossa luz nas experiências e nos surpreendemos com nossas pulsões que não sabemos de onde procedem. Com o tempo vamos conhecendo nosso perispírito, sua sombra e sua luz e o potencial de nosso ser espiritual.
  5. A vida é um convite a humildade e ao altruismo, que são aspectos do amor. Convite a humildade – dimensão do macrocosmos, complexidade do microcosmos, somos apenas espíritos em evolução (crianças) Convite ao altruísmo – possibilidade de perceber outros aspectos da verdade e partilhar experiências na tentativa de alargar nossa visão e aumentar nossa compreensão.
  6. Potências da Alma segundo Leon Denis: Vontade, Consciência, Livre-arbítrio, Pensamento, Amor
  7. Potências da Alma segundo Leon Denis: Vontade, Consciência, Livre-arbítrio, Pensamento, Amor
  8. Louvar – Enaltecer, elogiar
  9. Potências da Alma segundo Leon Denis: Vontade, Consciência, Livre-arbítrio, Pensamento, Amor
  10. Potências da Alma segundo Leon Denis: Vontade, Consciência, Livre-arbítrio, Pensamento, Amor
  11. Potências da Alma segundo Leon Denis: Vontade, Consciência, Livre-arbítrio, Pensamento, Amor
  12. Potências da Alma segundo Leon Denis: Vontade, Consciência, Livre-arbítrio, Pensamento, Amor
  13. Potências da Alma segundo Leon Denis: Vontade, Consciência, Livre-arbítrio, Pensamento, Amor
  14. Potências da Alma segundo Leon Denis: Vontade, Consciência, Livre-arbítrio, Pensamento, Amor
  15. Potências da Alma segundo Leon Denis: Vontade, Consciência, Livre-arbítrio, Pensamento, Amor
  16. O que faço diante: Da dificuldade Da fala ofensiva, da calúnia Da notícia ruim, da fofoca
  17. Potências da Alma segundo Leon Denis: Vontade, Consciência, Livre-arbítrio, Pensamento, Amor
  18. Potências da Alma segundo Leon Denis: Vontade, Consciência, Livre-arbítrio, Pensamento, Amor
  19. Potências da Alma segundo Leon Denis: Vontade, Consciência, Livre-arbítrio, Pensamento, Amor
  20. Potências da Alma segundo Leon Denis: Vontade, Consciência, Livre-arbítrio, Pensamento, Amor
  21. Potências da Alma segundo Leon Denis: Vontade, Consciência, Livre-arbítrio, Pensamento, Amor
  22. Potências da Alma segundo Leon Denis: Vontade, Consciência, Livre-arbítrio, Pensamento, Amor
  23. Potências da Alma segundo Leon Denis: Vontade, Consciência, Livre-arbítrio, Pensamento, Amor
  24. Potências da Alma segundo Leon Denis: Vontade, Consciência, Livre-arbítrio, Pensamento, Amor
  25. Potências da Alma segundo Leon Denis: Vontade, Consciência, Livre-arbítrio, Pensamento, Amor
  26. Potências da Alma segundo Leon Denis: Vontade, Consciência, Livre-arbítrio, Pensamento, Amor
  27. Potências da Alma segundo Leon Denis: Vontade, Consciência, Livre-arbítrio, Pensamento, Amor
  28. Potências da Alma segundo Leon Denis: Vontade, Consciência, Livre-arbítrio, Pensamento, Amor
  29. Potências da Alma segundo Leon Denis: Vontade, Consciência, Livre-arbítrio, Pensamento, Amor
  30. Potências da Alma segundo Leon Denis: Vontade, Consciência, Livre-arbítrio, Pensamento, Amor
  31. Potências da Alma segundo Leon Denis: Vontade, Consciência, Livre-arbítrio, Pensamento, Amor
  32. Potências da Alma segundo Leon Denis: Vontade, Consciência, Livre-arbítrio, Pensamento, Amor
  33. Potências da Alma segundo Leon Denis: Vontade, Consciência, Livre-arbítrio, Pensamento, Amor
  34. Potências da Alma segundo Leon Denis: Vontade, Consciência, Livre-arbítrio, Pensamento, Amor
  35. Potências da Alma segundo Leon Denis: Vontade, Consciência, Livre-arbítrio, Pensamento, Amor
  36. Potências da Alma segundo Leon Denis: Vontade, Consciência, Livre-arbítrio, Pensamento, Amor
  37. Potências da Alma segundo Leon Denis: Vontade, Consciência, Livre-arbítrio, Pensamento, Amor
  38. Potências da Alma segundo Leon Denis: Vontade, Consciência, Livre-arbítrio, Pensamento, Amor
  39. Potências da Alma segundo Leon Denis: Vontade, Consciência, Livre-arbítrio, Pensamento, Amor
  40. Potências da Alma segundo Leon Denis: Vontade, Consciência, Livre-arbítrio, Pensamento, Amor
  41. Potências da Alma segundo Leon Denis: Vontade, Consciência, Livre-arbítrio, Pensamento, Amor
  42. Potências da Alma segundo Leon Denis: Vontade, Consciência, Livre-arbítrio, Pensamento, Amor
  43. Potências da Alma segundo Leon Denis: Vontade, Consciência, Livre-arbítrio, Pensamento, Amor
  44. Potências da Alma segundo Leon Denis: Vontade, Consciência, Livre-arbítrio, Pensamento, Amor
  45. Potências da Alma segundo Leon Denis: Vontade, Consciência, Livre-arbítrio, Pensamento, Amor