SlideShare uma empresa Scribd logo
Curso Atendente de Farmácia
Aulão Sobre Atendente de Farmácia
Enfa: Jade Albuquerque
O que é Atendimento?
● É a disponibilidade para receber os clientes em empresas,
estabelecimentos ou instituições, visando o esclarecimento
de suas dúvidas; realizar vendas; marcar consultas ou
reuniões.
● É o contato direto com o cliente.
● É uma ação prioritária, promotora de bem-estar.
● É uma ação humanizada de tratamento igualitário.
● Resolução dos problemas e necessidades atendidas.
Qual a Finalidade do Atendimento?
● Ouvir o próximo;
● Compreender suas queixas;
● Avaliar as queixas;
● Informar e orientar com segurança;
● Respeitar o cliente independente de raça, cor,
sexo,escolaridade, condição financeira…
Postura do Atendente de Farmácia
POSTURA DE ATENDIMENTO, está mais relacionado
com o funcionário em si, com as suas atitudes e o seu
modo de agir com os clientes. Portanto, está ligado às
condições individuais.
● Olhar para o cliente sem intimidá-lo.
● Sorrir para o cliente.
● Saudá-lo.
● Escutar as queixas.
● Esclarecer dúvidas.
● Organizar o local de trabalho mantendo agilidade.
● Ser Cauteloso e evitar termos ou gírias.
● Manter tom de voz equilibrado.
● Sempre manter a ética profissional.
● Estado de espírito positivo.
Apresentação do Atendente
● Vestir-se adequadamente.
● Usar uniforme que lhe for indicado.
● Manter sempre uma boa higienização.
Quem é o atendente de farmácia?
● São pessoas muito importantes para a imagem do
estabelecimento em que trabalham.
● É a pessoa responsável pelo atendimento ao público.
● Supervisionado pelo profissional farmacêutico.
● É orientador sobre o uso correto de medicamentos,
cosméticos e outros produtos.
Atribuições do Atendente de Farmácia
● Auxiliar no processo de produção, controle, dispensação,
manipulação, produção, controle de qualidade e
distribuição de medicamentos, cosméticos e produtos para
a saúde.
● Ter conhecimento sobre as substâncias encontradas
atualmente no mercado farmacêutico.
● Recepcionar os clientes
● Organizar e agilizar o fluxo do atendimento.
● Ser crítico e ter segurança quanto a utilização das drogas.
A farmácia
● Local para armazenamento de fármacos.
● É de responsabilidade do profissional farmacêutico e da
equipe que a compõe.
● Possui um responsável técnico.
● Dispensação e atendimento privativo de unidade
hospitalar ou de qualquer outra equivalente de assistência
médica;
A Drogaria
● Estabelecimento de dispensação e comércio de drogas,
medicamentos, insumos farmacêuticos e correlatos em
suas embalagens originais.
O Que Devemos Saber
● Nome do responsável técnico, número de inscrição e sigla
do Conselho Regional de Farmácia do seu Estado;
● Numero do registro no Ministério da Saúde, conforme
publicação do Diário Oficial da União;
● Data de validade – esse prazo deve ser no mínimo de um
ano para uma maior rotatividade dos produtos;
● Numero do lote a que a unidade pertence;
O Que Devemos Saber
● Composição dos produtos farmacêuticos;
● Peso, volume liquido ou quantidade se for o caso;
● Finalidade, uso e aplicação;
● Precauções, cuidados especiais.
Organização de Uma Farmácia
Para organizar uma farmácia ou drogaria existem alguns
critérios que tornam mais eficiente e prático o trabalho do
atendente. Toda farmácia trabalha com milhares de
remédios, que envolvem diferentes fabricantes e diversas
apresentações, o que torna fundamental a organização de
prateleiras e gavetas para facilitar a procura de cada
remédio. Para isto, existem formas padronizadas para
melhor organizar uma farmácia. Ela começa pela
separação dos medicamentos e outros produtos de acordo
com o laboratório, a ordem alfabética do medicamento e o
grupo ou seção em que ele se enquadra, obedecendo à
forma de apresentação e o uso do medicamento.
Secções de Organização
● Seção ou grupo de comprimidos, drágeas, cápsulas,
pastilhas e pílulas.
● Seção ou grupo de ampolas injetáveis e orais.
● Seção ou grupo de medicamentos líquidos, em suspensão,
as geléias, os elixires, sprays, gotas, xaropes.
● Seção de cremes, pomadas, ungüentos, supositórios,
óvulos, bastões, inaladores, pós, granulados e calicidas.
● Seção ou grupo de envelopes de comprimidos ou pós que
vêm em embalagens múltiplas e que podem ser
comercializados de forma avulsa. Estes produtos são
usualmente guardados em gavetas e na parte externa delas
coloca-se uma etiqueta que identifica o produto.
● Seção ou grupo de medicamentos que têm venda
controlada, como psicotrópicos e entorpecentes.
(Geralmente ficam no final da farmácia)
● Produtos de perfumaria, higiene e limpeza, acessórios
médicos e odontológicos também possuem prateleiras
próprias.
✔ Também podem ser organizados por ordem alfabética, fica
a critério do atendente.
Agora que já entendemos os conceitos e funções e
conhecemos o ambiente de trabalho, vamos conhecer
agora os MEDICAMENTOS!
O Que São os Medicamentos?
● A ideia de remédio está associada a todo e
qualquer tipo de cuidado utilizado para curar
ou aliviar doenças, sintomas, desconforto e
mal-estar. Já os medicamentos são
substâncias ou preparações elaboradas em
farmácias (medicamentos manipulados) ou
indústrias (medicamentos industriais), que
devem seguir as determinações legais de
segurança, eficácia e qualidade.
Denominações
Podem ter três denominações:
1. Nome Comercial
2. Nome Químico
3. Nome Genérico
Conheça o Mercado de Trabalho para o
atendente de farmácia!
Locais de atuação
● Estabelecimentos comerciais de fármacos (Farmácias e
Drogarias).
● Atenção Primária à Saúde (CSF’s)
● Atenção Secundária à Saúde
● Atenção Terciária à Saúde
● Distribuidoras
● Indústrias Farmacêutica e de Cosméticos.
● Administração farmacêutica.
● Farmácias Populares.
Piso Salarial
● Média no Brasil de R$ 948,00 por mês.
Podendo chegar à R$ 2105,10.
Carga Horária de Trabalho
● Geralmente a carga horária do atendente de farmácia
varia de 36 à 44 horas semanais.
Toda conquista começa com a decisão de
tentar.
Obrigada!

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

2 aula de farmacologia
2 aula de farmacologia2 aula de farmacologia
2 aula de farmacologia
marigrace23
 
09 atendente de farmácia (organização de uma farmácia)
09   atendente de farmácia (organização de uma farmácia)09   atendente de farmácia (organização de uma farmácia)
09 atendente de farmácia (organização de uma farmácia)
Elizeu Ferro
 
Atendente de Farmácia - Leis & Drogarias
Atendente de Farmácia -   Leis & DrogariasAtendente de Farmácia -   Leis & Drogarias
Atendente de Farmácia - Leis & Drogarias
Luis Antonio Cezar Junior
 
Noções de farmacologia
Noções de farmacologiaNoções de farmacologia
Noções de farmacologia
Sheilla Sandes
 
Conceitos em Farmácia
Conceitos em FarmáciaConceitos em Farmácia
Conceitos em Farmácia
Wellington Silva
 
Atendente de Farmácia - rdc 44
Atendente de Farmácia - rdc 44Atendente de Farmácia - rdc 44
Atendente de Farmácia - rdc 44
Luis Antonio Cezar Junior
 
Atendente de Farmácia - interações medicamentosas
Atendente de Farmácia - interações medicamentosasAtendente de Farmácia - interações medicamentosas
Atendente de Farmácia - interações medicamentosas
Luis Antonio Cezar Junior
 
Noções de legislação farmacêutica
Noções de legislação farmacêuticaNoções de legislação farmacêutica
Noções de legislação farmacêutica
Leonardo Souza
 
Atendente de Farmácia - Origem e evolução da farmácia
Atendente de Farmácia - Origem e evolução da farmáciaAtendente de Farmácia - Origem e evolução da farmácia
Atendente de Farmácia - Origem e evolução da farmácia
Luis Antonio Cezar Junior
 
Medicamentos
MedicamentosMedicamentos
Medicamentos
Leonardo Souza
 
Introdução a farmacologia (tec. enfermagem)
Introdução a farmacologia (tec. enfermagem)Introdução a farmacologia (tec. enfermagem)
Introdução a farmacologia (tec. enfermagem)
Renato Santos
 
Aula 04 farmacologia - prof. clara mota
Aula 04   farmacologia - prof. clara motaAula 04   farmacologia - prof. clara mota
Aula 04 farmacologia - prof. clara mota
Clara Mota Brum
 
Farmacologia para enfermagem
Farmacologia para enfermagemFarmacologia para enfermagem
Farmacologia para enfermagem
Ana Hollanders
 
10 atendente de farmácia (dispensação de farmacia)
10   atendente de farmácia (dispensação de farmacia)10   atendente de farmácia (dispensação de farmacia)
10 atendente de farmácia (dispensação de farmacia)
Elizeu Ferro
 
Aula 1 legislação aplicada a farmácia
Aula 1 legislação aplicada a farmáciaAula 1 legislação aplicada a farmácia
Aula 1 legislação aplicada a farmácia
Patrícia Lopes
 
Curso atendente de farmácias e drogarias22
 Curso atendente de farmácias e drogarias22 Curso atendente de farmácias e drogarias22
Curso atendente de farmácias e drogarias22
WM Treinamentos Cursos e Palestras Ltda
 
Introdução à Farmacologia
Introdução à FarmacologiaIntrodução à Farmacologia
Introdução à Farmacologia
Maria Silene Silva
 
Farmacologia e definicões
Farmacologia e definicõesFarmacologia e definicões
Farmacologia e definicões
Paulo Henrique Campos Vilhena
 
Uso racional de medicamentos
Uso racional de medicamentosUso racional de medicamentos
Uso racional de medicamentos
Pedro Azevedo
 
Aula 01 farmacologia prof. clara mota
Aula 01   farmacologia prof. clara motaAula 01   farmacologia prof. clara mota
Aula 01 farmacologia prof. clara mota
Clara Mota Brum
 

Mais procurados (20)

2 aula de farmacologia
2 aula de farmacologia2 aula de farmacologia
2 aula de farmacologia
 
09 atendente de farmácia (organização de uma farmácia)
09   atendente de farmácia (organização de uma farmácia)09   atendente de farmácia (organização de uma farmácia)
09 atendente de farmácia (organização de uma farmácia)
 
Atendente de Farmácia - Leis & Drogarias
Atendente de Farmácia -   Leis & DrogariasAtendente de Farmácia -   Leis & Drogarias
Atendente de Farmácia - Leis & Drogarias
 
Noções de farmacologia
Noções de farmacologiaNoções de farmacologia
Noções de farmacologia
 
Conceitos em Farmácia
Conceitos em FarmáciaConceitos em Farmácia
Conceitos em Farmácia
 
Atendente de Farmácia - rdc 44
Atendente de Farmácia - rdc 44Atendente de Farmácia - rdc 44
Atendente de Farmácia - rdc 44
 
Atendente de Farmácia - interações medicamentosas
Atendente de Farmácia - interações medicamentosasAtendente de Farmácia - interações medicamentosas
Atendente de Farmácia - interações medicamentosas
 
Noções de legislação farmacêutica
Noções de legislação farmacêuticaNoções de legislação farmacêutica
Noções de legislação farmacêutica
 
Atendente de Farmácia - Origem e evolução da farmácia
Atendente de Farmácia - Origem e evolução da farmáciaAtendente de Farmácia - Origem e evolução da farmácia
Atendente de Farmácia - Origem e evolução da farmácia
 
Medicamentos
MedicamentosMedicamentos
Medicamentos
 
Introdução a farmacologia (tec. enfermagem)
Introdução a farmacologia (tec. enfermagem)Introdução a farmacologia (tec. enfermagem)
Introdução a farmacologia (tec. enfermagem)
 
Aula 04 farmacologia - prof. clara mota
Aula 04   farmacologia - prof. clara motaAula 04   farmacologia - prof. clara mota
Aula 04 farmacologia - prof. clara mota
 
Farmacologia para enfermagem
Farmacologia para enfermagemFarmacologia para enfermagem
Farmacologia para enfermagem
 
10 atendente de farmácia (dispensação de farmacia)
10   atendente de farmácia (dispensação de farmacia)10   atendente de farmácia (dispensação de farmacia)
10 atendente de farmácia (dispensação de farmacia)
 
Aula 1 legislação aplicada a farmácia
Aula 1 legislação aplicada a farmáciaAula 1 legislação aplicada a farmácia
Aula 1 legislação aplicada a farmácia
 
Curso atendente de farmácias e drogarias22
 Curso atendente de farmácias e drogarias22 Curso atendente de farmácias e drogarias22
Curso atendente de farmácias e drogarias22
 
Introdução à Farmacologia
Introdução à FarmacologiaIntrodução à Farmacologia
Introdução à Farmacologia
 
Farmacologia e definicões
Farmacologia e definicõesFarmacologia e definicões
Farmacologia e definicões
 
Uso racional de medicamentos
Uso racional de medicamentosUso racional de medicamentos
Uso racional de medicamentos
 
Aula 01 farmacologia prof. clara mota
Aula 01   farmacologia prof. clara motaAula 01   farmacologia prof. clara mota
Aula 01 farmacologia prof. clara mota
 

Semelhante a Atendente de Farmácia

Aula 01 de At.Far. 17.06.23.pptx
Aula 01 de At.Far. 17.06.23.pptxAula 01 de At.Far. 17.06.23.pptx
Aula 01 de At.Far. 17.06.23.pptx
Fernando Naize
 
Curso balconista farmacia
Curso balconista farmaciaCurso balconista farmacia
Curso balconista farmacia
FranciscoPaiva31
 
Competencia%202.1
Competencia%202.1Competencia%202.1
Competencia%202.1
Adivair Gabriel da Silva
 
PES 2.0 Dispensação de Medicamentos e Formas Farmacêuticas
PES 2.0 Dispensação de Medicamentos e Formas FarmacêuticasPES 2.0 Dispensação de Medicamentos e Formas Farmacêuticas
PES 2.0 Dispensação de Medicamentos e Formas Farmacêuticas
Farmacêutico Digital
 
Aula 1 - Introdução a profissão atendente de farmácia.pdf
Aula 1 - Introdução a profissão atendente de farmácia.pdfAula 1 - Introdução a profissão atendente de farmácia.pdf
Aula 1 - Introdução a profissão atendente de farmácia.pdf
DeyseCaroliniAlmeida
 
APOSTILA-ATENDENTE-DE-FARMÁCIA.pdf
APOSTILA-ATENDENTE-DE-FARMÁCIA.pdfAPOSTILA-ATENDENTE-DE-FARMÁCIA.pdf
APOSTILA-ATENDENTE-DE-FARMÁCIA.pdf
cris464417
 
FARMACIA.pptx
FARMACIA.pptxFARMACIA.pptx
FARMACIA.pptx
DayannaCarolina7
 
Balconista de farmacia_sp__32296 (1)
Balconista de farmacia_sp__32296 (1)Balconista de farmacia_sp__32296 (1)
Balconista de farmacia_sp__32296 (1)
Beth Vitoria
 
Curso de Balconista de farmacia
Curso de Balconista de farmaciaCurso de Balconista de farmacia
Curso de Balconista de farmacia
Canal Maktub
 
Lo1 treinamento 250718
Lo1 treinamento 250718Lo1 treinamento 250718
Lo1 treinamento 250718
Fabiana Nepomuceno
 
2572008184802manual medicamentos injetaveis
2572008184802manual medicamentos injetaveis2572008184802manual medicamentos injetaveis
2572008184802manual medicamentos injetaveis
karol_ribeiro
 
2572008184802manual medicamentos injetaveis
2572008184802manual medicamentos injetaveis2572008184802manual medicamentos injetaveis
2572008184802manual medicamentos injetaveis
karol_ribeiro
 
Revista Prescrita Medicamentos
Revista Prescrita MedicamentosRevista Prescrita Medicamentos
Revista Prescrita Medicamentos
Marcus 061211
 
Balconista de farmacia
Balconista de farmaciaBalconista de farmacia
Balconista de farmacia
FARLEY SANTOS
 
Livro_administracao_de_medicamentos.pdf
Livro_administracao_de_medicamentos.pdfLivro_administracao_de_medicamentos.pdf
Livro_administracao_de_medicamentos.pdf
Denise Bacelar Soares
 
fracionamento.pdffqfqfqqvfavvdvaefefqefava
fracionamento.pdffqfqfqqvfavvdvaefefqefavafracionamento.pdffqfqfqqvfavvdvaefefqefava
fracionamento.pdffqfqfqqvfavvdvaefefqefava
Naidilene Aguilar
 
IAMSPE - Manual: "Remédios - Cuidados e orientações"
IAMSPE - Manual: "Remédios - Cuidados e orientações"IAMSPE - Manual: "Remédios - Cuidados e orientações"
IAMSPE - Manual: "Remédios - Cuidados e orientações"
Sylvio Micelli
 
Clínica de Recuperação em Campinas.pdf
Clínica de Recuperação em Campinas.pdfClínica de Recuperação em Campinas.pdf
Clínica de Recuperação em Campinas.pdf
fOTÓGRAFO DE cASAMENTO sAMPA
 
Clínica de RecuperaCAo em Santo AndrE – SP.pdf
Clínica de RecuperaCAo em Santo AndrE – SP.pdfClínica de RecuperaCAo em Santo AndrE – SP.pdf
Clínica de RecuperaCAo em Santo AndrE – SP.pdf
fOTÓGRAFO DE cASAMENTO sAMPA
 
medicamentos.pdf
medicamentos.pdfmedicamentos.pdf
medicamentos.pdf
ssuser7a01aa
 

Semelhante a Atendente de Farmácia (20)

Aula 01 de At.Far. 17.06.23.pptx
Aula 01 de At.Far. 17.06.23.pptxAula 01 de At.Far. 17.06.23.pptx
Aula 01 de At.Far. 17.06.23.pptx
 
Curso balconista farmacia
Curso balconista farmaciaCurso balconista farmacia
Curso balconista farmacia
 
Competencia%202.1
Competencia%202.1Competencia%202.1
Competencia%202.1
 
PES 2.0 Dispensação de Medicamentos e Formas Farmacêuticas
PES 2.0 Dispensação de Medicamentos e Formas FarmacêuticasPES 2.0 Dispensação de Medicamentos e Formas Farmacêuticas
PES 2.0 Dispensação de Medicamentos e Formas Farmacêuticas
 
Aula 1 - Introdução a profissão atendente de farmácia.pdf
Aula 1 - Introdução a profissão atendente de farmácia.pdfAula 1 - Introdução a profissão atendente de farmácia.pdf
Aula 1 - Introdução a profissão atendente de farmácia.pdf
 
APOSTILA-ATENDENTE-DE-FARMÁCIA.pdf
APOSTILA-ATENDENTE-DE-FARMÁCIA.pdfAPOSTILA-ATENDENTE-DE-FARMÁCIA.pdf
APOSTILA-ATENDENTE-DE-FARMÁCIA.pdf
 
FARMACIA.pptx
FARMACIA.pptxFARMACIA.pptx
FARMACIA.pptx
 
Balconista de farmacia_sp__32296 (1)
Balconista de farmacia_sp__32296 (1)Balconista de farmacia_sp__32296 (1)
Balconista de farmacia_sp__32296 (1)
 
Curso de Balconista de farmacia
Curso de Balconista de farmaciaCurso de Balconista de farmacia
Curso de Balconista de farmacia
 
Lo1 treinamento 250718
Lo1 treinamento 250718Lo1 treinamento 250718
Lo1 treinamento 250718
 
2572008184802manual medicamentos injetaveis
2572008184802manual medicamentos injetaveis2572008184802manual medicamentos injetaveis
2572008184802manual medicamentos injetaveis
 
2572008184802manual medicamentos injetaveis
2572008184802manual medicamentos injetaveis2572008184802manual medicamentos injetaveis
2572008184802manual medicamentos injetaveis
 
Revista Prescrita Medicamentos
Revista Prescrita MedicamentosRevista Prescrita Medicamentos
Revista Prescrita Medicamentos
 
Balconista de farmacia
Balconista de farmaciaBalconista de farmacia
Balconista de farmacia
 
Livro_administracao_de_medicamentos.pdf
Livro_administracao_de_medicamentos.pdfLivro_administracao_de_medicamentos.pdf
Livro_administracao_de_medicamentos.pdf
 
fracionamento.pdffqfqfqqvfavvdvaefefqefava
fracionamento.pdffqfqfqqvfavvdvaefefqefavafracionamento.pdffqfqfqqvfavvdvaefefqefava
fracionamento.pdffqfqfqqvfavvdvaefefqefava
 
IAMSPE - Manual: "Remédios - Cuidados e orientações"
IAMSPE - Manual: "Remédios - Cuidados e orientações"IAMSPE - Manual: "Remédios - Cuidados e orientações"
IAMSPE - Manual: "Remédios - Cuidados e orientações"
 
Clínica de Recuperação em Campinas.pdf
Clínica de Recuperação em Campinas.pdfClínica de Recuperação em Campinas.pdf
Clínica de Recuperação em Campinas.pdf
 
Clínica de RecuperaCAo em Santo AndrE – SP.pdf
Clínica de RecuperaCAo em Santo AndrE – SP.pdfClínica de RecuperaCAo em Santo AndrE – SP.pdf
Clínica de RecuperaCAo em Santo AndrE – SP.pdf
 
medicamentos.pdf
medicamentos.pdfmedicamentos.pdf
medicamentos.pdf
 

Atendente de Farmácia

  • 1. Curso Atendente de Farmácia Aulão Sobre Atendente de Farmácia Enfa: Jade Albuquerque
  • 2. O que é Atendimento? ● É a disponibilidade para receber os clientes em empresas, estabelecimentos ou instituições, visando o esclarecimento de suas dúvidas; realizar vendas; marcar consultas ou reuniões. ● É o contato direto com o cliente. ● É uma ação prioritária, promotora de bem-estar. ● É uma ação humanizada de tratamento igualitário. ● Resolução dos problemas e necessidades atendidas.
  • 3. Qual a Finalidade do Atendimento? ● Ouvir o próximo; ● Compreender suas queixas; ● Avaliar as queixas; ● Informar e orientar com segurança; ● Respeitar o cliente independente de raça, cor, sexo,escolaridade, condição financeira…
  • 4. Postura do Atendente de Farmácia POSTURA DE ATENDIMENTO, está mais relacionado com o funcionário em si, com as suas atitudes e o seu modo de agir com os clientes. Portanto, está ligado às condições individuais. ● Olhar para o cliente sem intimidá-lo. ● Sorrir para o cliente. ● Saudá-lo. ● Escutar as queixas. ● Esclarecer dúvidas.
  • 5. ● Organizar o local de trabalho mantendo agilidade. ● Ser Cauteloso e evitar termos ou gírias. ● Manter tom de voz equilibrado. ● Sempre manter a ética profissional. ● Estado de espírito positivo.
  • 6. Apresentação do Atendente ● Vestir-se adequadamente. ● Usar uniforme que lhe for indicado. ● Manter sempre uma boa higienização.
  • 7. Quem é o atendente de farmácia? ● São pessoas muito importantes para a imagem do estabelecimento em que trabalham. ● É a pessoa responsável pelo atendimento ao público. ● Supervisionado pelo profissional farmacêutico. ● É orientador sobre o uso correto de medicamentos, cosméticos e outros produtos.
  • 8. Atribuições do Atendente de Farmácia ● Auxiliar no processo de produção, controle, dispensação, manipulação, produção, controle de qualidade e distribuição de medicamentos, cosméticos e produtos para a saúde. ● Ter conhecimento sobre as substâncias encontradas atualmente no mercado farmacêutico. ● Recepcionar os clientes ● Organizar e agilizar o fluxo do atendimento. ● Ser crítico e ter segurança quanto a utilização das drogas.
  • 9. A farmácia ● Local para armazenamento de fármacos. ● É de responsabilidade do profissional farmacêutico e da equipe que a compõe. ● Possui um responsável técnico. ● Dispensação e atendimento privativo de unidade hospitalar ou de qualquer outra equivalente de assistência médica;
  • 10. A Drogaria ● Estabelecimento de dispensação e comércio de drogas, medicamentos, insumos farmacêuticos e correlatos em suas embalagens originais.
  • 11. O Que Devemos Saber ● Nome do responsável técnico, número de inscrição e sigla do Conselho Regional de Farmácia do seu Estado; ● Numero do registro no Ministério da Saúde, conforme publicação do Diário Oficial da União; ● Data de validade – esse prazo deve ser no mínimo de um ano para uma maior rotatividade dos produtos; ● Numero do lote a que a unidade pertence;
  • 12. O Que Devemos Saber ● Composição dos produtos farmacêuticos; ● Peso, volume liquido ou quantidade se for o caso; ● Finalidade, uso e aplicação; ● Precauções, cuidados especiais.
  • 13. Organização de Uma Farmácia Para organizar uma farmácia ou drogaria existem alguns critérios que tornam mais eficiente e prático o trabalho do atendente. Toda farmácia trabalha com milhares de remédios, que envolvem diferentes fabricantes e diversas apresentações, o que torna fundamental a organização de prateleiras e gavetas para facilitar a procura de cada remédio. Para isto, existem formas padronizadas para melhor organizar uma farmácia. Ela começa pela separação dos medicamentos e outros produtos de acordo com o laboratório, a ordem alfabética do medicamento e o grupo ou seção em que ele se enquadra, obedecendo à forma de apresentação e o uso do medicamento.
  • 14. Secções de Organização ● Seção ou grupo de comprimidos, drágeas, cápsulas, pastilhas e pílulas. ● Seção ou grupo de ampolas injetáveis e orais. ● Seção ou grupo de medicamentos líquidos, em suspensão, as geléias, os elixires, sprays, gotas, xaropes. ● Seção de cremes, pomadas, ungüentos, supositórios, óvulos, bastões, inaladores, pós, granulados e calicidas. ● Seção ou grupo de envelopes de comprimidos ou pós que vêm em embalagens múltiplas e que podem ser comercializados de forma avulsa. Estes produtos são usualmente guardados em gavetas e na parte externa delas coloca-se uma etiqueta que identifica o produto.
  • 15. ● Seção ou grupo de medicamentos que têm venda controlada, como psicotrópicos e entorpecentes. (Geralmente ficam no final da farmácia) ● Produtos de perfumaria, higiene e limpeza, acessórios médicos e odontológicos também possuem prateleiras próprias. ✔ Também podem ser organizados por ordem alfabética, fica a critério do atendente.
  • 16. Agora que já entendemos os conceitos e funções e conhecemos o ambiente de trabalho, vamos conhecer agora os MEDICAMENTOS!
  • 17. O Que São os Medicamentos? ● A ideia de remédio está associada a todo e qualquer tipo de cuidado utilizado para curar ou aliviar doenças, sintomas, desconforto e mal-estar. Já os medicamentos são substâncias ou preparações elaboradas em farmácias (medicamentos manipulados) ou indústrias (medicamentos industriais), que devem seguir as determinações legais de segurança, eficácia e qualidade.
  • 18. Denominações Podem ter três denominações: 1. Nome Comercial 2. Nome Químico 3. Nome Genérico
  • 19. Conheça o Mercado de Trabalho para o atendente de farmácia!
  • 20. Locais de atuação ● Estabelecimentos comerciais de fármacos (Farmácias e Drogarias). ● Atenção Primária à Saúde (CSF’s) ● Atenção Secundária à Saúde ● Atenção Terciária à Saúde ● Distribuidoras ● Indústrias Farmacêutica e de Cosméticos. ● Administração farmacêutica. ● Farmácias Populares.
  • 21. Piso Salarial ● Média no Brasil de R$ 948,00 por mês. Podendo chegar à R$ 2105,10.
  • 22. Carga Horária de Trabalho ● Geralmente a carga horária do atendente de farmácia varia de 36 à 44 horas semanais.
  • 23. Toda conquista começa com a decisão de tentar.