SlideShare uma empresa Scribd logo
Mídia, Jornalismo e Juventude no Brasil:
algumas considerações
Valmir Araújo
Liana Vidigal Rocha
Universidade Federal do Tocantins
Apresentação
• O trabalho consiste em discutir o papel social dos meios
de comunicação enquanto agente mobilizador da
sociedade.
• Para ilustrar a pesquisa, buscou-se relacionar mídia e
juventude, a partir das questões apresentadas, tendo em
vista o cenário brasileiro representado pelo veículo revista.
• Objeto de análise: capas da revista Veja das edições
publicadas entre os anos de 2011 e 2013.
Sobre a Juventude
• Segundo MARGULIS y URRESTI (2008, p.15), juventude
pode ser conceituada como “um estado, uma condição social,
uma etapa da vida”. Conceito que vai além de uma
classificação etária.
• A juventude engloba uma série de especificidades e
dificuldades, impostas a esta parcela da população pela
própria sociedade, com o destaque para a autonomia
financeira.
• No Brasil, é considerado jovem todo o cidadão entre 15 e 29
anos, conforme aponta o Estatuto da Juventude, aprovado
pelo Congresso Federal.
Especificidades
• Pensar as especificidades dos jovens para ter acesso ao
trabalho, à educação, ao esporte e lazer é pensar a juventude
de forma geral que necessita deste olhar plural, atento às
necessidades particulares dos diversos grupos que a
compõem.
• A juventude é uma minoria diferenciada, numa comparação
com as demais minorias (Ex: negros, mulheres, gays,
cidadãos do meio rural ou das periferias).
• Ela permeia todos esses grupos, inclusive aqueles que não
fazem parte de nenhum grupo de minoria social, mas que
compartilham das necessidades gerais da juventude.
Sobre a Mídia
• A Mídia possui uma relação de deveres com a sociedade e
por isso não pode ignorar o senso de coletividade em suas
decisões, caso contrário as matérias serão pautadas de
acordo com a necessidade do profissional/veículo.
• Para Scoralick (2009, p.11), a mídia colabora para formar
mentalidades, valores, narrar a realidade, interferindo
diretamente na construção de identidades.
• A mídia possui capacidade de contribuir com a
compreensão relacionada à importância da participação
dos jovens brasileiro nos diversos canais de comunicação.
Jornalismo no Brasil
• O Jornalismo é responsável por informar, mas é fundamental
que seus profissionais busquem, constantemente, trabalhar
conforme os preceitos da profissão.
• Além de informação, outro importante papel do jornalismo é
sua atuação no sentido de contribuir para com a harmonia nas
relações da sociedade, auxiliando nas discussões sobre os
mais diversos assuntos.
• O público tem o direito de ser informado, ainda que a
informação prejudique determinados interesses, seja
financeiro, político ou ideológico.
Procedimentos Metodológicos
I. Leitura e elaboração da fundamentação teórica;
II. Escolha do objeto;
III. Definição do corpus para a análise;
IV. Coleta dos dados;
V. Definição das categorias de análise;
VI. Análise do material coletado e cruzamento das informações;
VII. Interpretação e elaboração de tabelas demonstrativas.
Análise
• Entre os anos de 2011 e 2013, a revista Veja publicou 155
números entre edições especiais e semanais.
Veja Edições
Publicadas
Referência ao
jovem/juventude
Porcentagem
2011 51 11 21,56%
2012 52 09 17,30%
2013 52 10 19,23%
Total 155 30 19,35%
Assuntos relacionados com o jovem
Edição
Temas
2011 2012 2013 Total
Tecnologia 01 04 - 05
Pol. Públicas - 01 01 02
Social 05 02 05 12
Política - - 01 01
Economia 01 - 01 02
Educação 03 01 - 04
Cultura - 01 - 01
Meio Ambiente - - - -
Esporte 01 - 02 03
Considerações
• Apesar da presença, ainda que tímida nas capas da revista
selecionada, as demandas do jovem não são
necessariamente exploradas em sua totalidade a fim de
gerar pautas que promovam a discussão/desenvolvimento
desta minoria.
• No Brasil, há uma forte ligação dos grandes veículos com
setores conservadores, o que dificulta a inserção de políticas
públicas que beneficiem essa parcela da população.
No entanto...
• É possível considerar a importância
(ainda que potencial) do papel da
mídia no desenvolvimento e
engajamento dos jovens nas
questões que envolveram as
transformações sociais do país no
último ano, como nas
manifestações de junho de 2013
(quando foi publicada uma edição
especial) ou na participação e
consumo de tecnologia por parte
desta geração.
Obrigado!
lividigal@uol.com.br
valmir.ptu@gmail.com

Mais conteúdo relacionado

Destaque

O processo de educação na fé PJ
O processo de educação na fé PJO processo de educação na fé PJ
O processo de educação na fé PJ
Manoel Nerys de Almeida
 
Documento 85 Da Cnbb - Evangelização da Juventude
Documento 85 Da Cnbb - Evangelização da JuventudeDocumento 85 Da Cnbb - Evangelização da Juventude
Documento 85 Da Cnbb - Evangelização da Juventude
Marciel de Oliveira Rocha
 
Juventude e participação política no século xxi
Juventude e participação política no século xxiJuventude e participação política no século xxi
Juventude e participação política no século xxi
Jonas Araújo
 
História da pj
História da pjHistória da pj
História da pj
Ernado Fatene
 
Roteiro Circuito da Juventude 2016
Roteiro Circuito da Juventude 2016Roteiro Circuito da Juventude 2016
Roteiro Circuito da Juventude 2016
Alexsandro Menezes da Silva
 
Documento 85 - Sintese 1
Documento 85 - Sintese 1Documento 85 - Sintese 1
Documento 85 - Sintese 1
LEANDRO DE SOUZA RAMOS
 
Evangelizacao Da Juventude
Evangelizacao Da JuventudeEvangelizacao Da Juventude
Evangelizacao Da Juventude
Marciel de Oliveira Rocha
 
Libanio e a juventude (Tendencias e sugestões pastorais)
Libanio e a juventude (Tendencias e sugestões pastorais)Libanio e a juventude (Tendencias e sugestões pastorais)
Libanio e a juventude (Tendencias e sugestões pastorais)
Afonso Murad (FAJE)
 
How to Become a Thought Leader in Your Niche
How to Become a Thought Leader in Your NicheHow to Become a Thought Leader in Your Niche
How to Become a Thought Leader in Your Niche
Leslie Samuel
 

Destaque (9)

O processo de educação na fé PJ
O processo de educação na fé PJO processo de educação na fé PJ
O processo de educação na fé PJ
 
Documento 85 Da Cnbb - Evangelização da Juventude
Documento 85 Da Cnbb - Evangelização da JuventudeDocumento 85 Da Cnbb - Evangelização da Juventude
Documento 85 Da Cnbb - Evangelização da Juventude
 
Juventude e participação política no século xxi
Juventude e participação política no século xxiJuventude e participação política no século xxi
Juventude e participação política no século xxi
 
História da pj
História da pjHistória da pj
História da pj
 
Roteiro Circuito da Juventude 2016
Roteiro Circuito da Juventude 2016Roteiro Circuito da Juventude 2016
Roteiro Circuito da Juventude 2016
 
Documento 85 - Sintese 1
Documento 85 - Sintese 1Documento 85 - Sintese 1
Documento 85 - Sintese 1
 
Evangelizacao Da Juventude
Evangelizacao Da JuventudeEvangelizacao Da Juventude
Evangelizacao Da Juventude
 
Libanio e a juventude (Tendencias e sugestões pastorais)
Libanio e a juventude (Tendencias e sugestões pastorais)Libanio e a juventude (Tendencias e sugestões pastorais)
Libanio e a juventude (Tendencias e sugestões pastorais)
 
How to Become a Thought Leader in Your Niche
How to Become a Thought Leader in Your NicheHow to Become a Thought Leader in Your Niche
How to Become a Thought Leader in Your Niche
 

Semelhante a Mídia, Jornalismo e Juventude no Brasil: algumas considerações

Apresentação 2 power point
Apresentação 2  power pointApresentação 2  power point
Apresentação 2 power point
-
 
Seminario juventude
Seminario juventudeSeminario juventude
Seminario juventude
Ricardo Gonçalves
 
Políticas Públicas de Juventude
Políticas Públicas de JuventudePolíticas Públicas de Juventude
Políticas Públicas de Juventude
jeffersonseliga
 
Apresentação Políticas Públicas de Juventude - Profª Katia Moura
Apresentação Políticas Públicas de Juventude - Profª Katia MouraApresentação Políticas Públicas de Juventude - Profª Katia Moura
Apresentação Políticas Públicas de Juventude - Profª Katia Moura
Grupo Educação, Mídias e Comunidade Surda
 
Ppt projetos sociais aspectos basicos) ufc 2102 ultim versão
Ppt projetos sociais aspectos basicos) ufc 2102 ultim versãoPpt projetos sociais aspectos basicos) ufc 2102 ultim versão
Ppt projetos sociais aspectos basicos) ufc 2102 ultim versão
Magali Kleber
 
A contribuição do serviço social na formação e qualificação dos jovens salvad...
A contribuição do serviço social na formação e qualificação dos jovens salvad...A contribuição do serviço social na formação e qualificação dos jovens salvad...
A contribuição do serviço social na formação e qualificação dos jovens salvad...
Pricrisostomo
 
Midia e deficiencia
Midia e deficienciaMidia e deficiencia
Midia e deficiencia
Eduardo Prado
 
BARROS, Maria Helena T. C. Disseminação da informação para o desenvolvimento ...
BARROS, Maria Helena T. C. Disseminação da informação para o desenvolvimento ...BARROS, Maria Helena T. C. Disseminação da informação para o desenvolvimento ...
BARROS, Maria Helena T. C. Disseminação da informação para o desenvolvimento ...
Carolina Cândido
 
Educomunicação para a cidadania juvenil fernando coelho da silva
Educomunicação para a cidadania juvenil   fernando coelho da silvaEducomunicação para a cidadania juvenil   fernando coelho da silva
Educomunicação para a cidadania juvenil fernando coelho da silva
Luara Schamó
 
Artigo 02
Artigo 02Artigo 02
Artigo 02
Rosi Whindson
 
Artigo 02
Artigo 02Artigo 02
Artigo 02
Rosi Whindson
 
A juventude e o futuro
A juventude e o futuroA juventude e o futuro
A juventude e o futuro
Paulo Mesquita
 
Conselhos de juventude espaço de participação juvenil
Conselhos de juventude espaço de participação juvenilConselhos de juventude espaço de participação juvenil
Conselhos de juventude espaço de participação juvenil
Adrielle Saldanha
 
As Redes Sociais e Ação Política Partidária no Brasil: Propaganda ou Notícia ...
As Redes Sociais e Ação Política Partidária no Brasil: Propaganda ou Notícia ...As Redes Sociais e Ação Política Partidária no Brasil: Propaganda ou Notícia ...
As Redes Sociais e Ação Política Partidária no Brasil: Propaganda ou Notícia ...
Daniel Caldas
 
MESA REDONDA 2019 1ª e 2ª discussão.pptx
MESA REDONDA 2019 1ª e 2ª discussão.pptxMESA REDONDA 2019 1ª e 2ª discussão.pptx
MESA REDONDA 2019 1ª e 2ª discussão.pptx
JUCIVANDEARAUJOJUCIV
 
Newsletter SocioAmbientar 2014/1
Newsletter SocioAmbientar 2014/1Newsletter SocioAmbientar 2014/1
Newsletter SocioAmbientar 2014/1
Aghata Gonsalves
 
Protagonismo
ProtagonismoProtagonismo
Protagonismo
Colégio Parthenon
 
A sociedade da informação e o novo paradigma de construção de aprendizagens s...
A sociedade da informação e o novo paradigma de construção de aprendizagens s...A sociedade da informação e o novo paradigma de construção de aprendizagens s...
A sociedade da informação e o novo paradigma de construção de aprendizagens s...
Happy family
 
Compacto relatorio estagio
Compacto relatorio estagioCompacto relatorio estagio
Compacto relatorio estagio
Andressa Gomes
 
Jornal Jovem F5 - 2a. Edição/2013
Jornal Jovem F5 - 2a. Edição/2013Jornal Jovem F5 - 2a. Edição/2013
Jornal Jovem F5 - 2a. Edição/2013
Vocação
 

Semelhante a Mídia, Jornalismo e Juventude no Brasil: algumas considerações (20)

Apresentação 2 power point
Apresentação 2  power pointApresentação 2  power point
Apresentação 2 power point
 
Seminario juventude
Seminario juventudeSeminario juventude
Seminario juventude
 
Políticas Públicas de Juventude
Políticas Públicas de JuventudePolíticas Públicas de Juventude
Políticas Públicas de Juventude
 
Apresentação Políticas Públicas de Juventude - Profª Katia Moura
Apresentação Políticas Públicas de Juventude - Profª Katia MouraApresentação Políticas Públicas de Juventude - Profª Katia Moura
Apresentação Políticas Públicas de Juventude - Profª Katia Moura
 
Ppt projetos sociais aspectos basicos) ufc 2102 ultim versão
Ppt projetos sociais aspectos basicos) ufc 2102 ultim versãoPpt projetos sociais aspectos basicos) ufc 2102 ultim versão
Ppt projetos sociais aspectos basicos) ufc 2102 ultim versão
 
A contribuição do serviço social na formação e qualificação dos jovens salvad...
A contribuição do serviço social na formação e qualificação dos jovens salvad...A contribuição do serviço social na formação e qualificação dos jovens salvad...
A contribuição do serviço social na formação e qualificação dos jovens salvad...
 
Midia e deficiencia
Midia e deficienciaMidia e deficiencia
Midia e deficiencia
 
BARROS, Maria Helena T. C. Disseminação da informação para o desenvolvimento ...
BARROS, Maria Helena T. C. Disseminação da informação para o desenvolvimento ...BARROS, Maria Helena T. C. Disseminação da informação para o desenvolvimento ...
BARROS, Maria Helena T. C. Disseminação da informação para o desenvolvimento ...
 
Educomunicação para a cidadania juvenil fernando coelho da silva
Educomunicação para a cidadania juvenil   fernando coelho da silvaEducomunicação para a cidadania juvenil   fernando coelho da silva
Educomunicação para a cidadania juvenil fernando coelho da silva
 
Artigo 02
Artigo 02Artigo 02
Artigo 02
 
Artigo 02
Artigo 02Artigo 02
Artigo 02
 
A juventude e o futuro
A juventude e o futuroA juventude e o futuro
A juventude e o futuro
 
Conselhos de juventude espaço de participação juvenil
Conselhos de juventude espaço de participação juvenilConselhos de juventude espaço de participação juvenil
Conselhos de juventude espaço de participação juvenil
 
As Redes Sociais e Ação Política Partidária no Brasil: Propaganda ou Notícia ...
As Redes Sociais e Ação Política Partidária no Brasil: Propaganda ou Notícia ...As Redes Sociais e Ação Política Partidária no Brasil: Propaganda ou Notícia ...
As Redes Sociais e Ação Política Partidária no Brasil: Propaganda ou Notícia ...
 
MESA REDONDA 2019 1ª e 2ª discussão.pptx
MESA REDONDA 2019 1ª e 2ª discussão.pptxMESA REDONDA 2019 1ª e 2ª discussão.pptx
MESA REDONDA 2019 1ª e 2ª discussão.pptx
 
Newsletter SocioAmbientar 2014/1
Newsletter SocioAmbientar 2014/1Newsletter SocioAmbientar 2014/1
Newsletter SocioAmbientar 2014/1
 
Protagonismo
ProtagonismoProtagonismo
Protagonismo
 
A sociedade da informação e o novo paradigma de construção de aprendizagens s...
A sociedade da informação e o novo paradigma de construção de aprendizagens s...A sociedade da informação e o novo paradigma de construção de aprendizagens s...
A sociedade da informação e o novo paradigma de construção de aprendizagens s...
 
Compacto relatorio estagio
Compacto relatorio estagioCompacto relatorio estagio
Compacto relatorio estagio
 
Jornal Jovem F5 - 2a. Edição/2013
Jornal Jovem F5 - 2a. Edição/2013Jornal Jovem F5 - 2a. Edição/2013
Jornal Jovem F5 - 2a. Edição/2013
 

Mais de Fundação Universidade Federal do Tocantins

XIV Congresso Internacional Ibercom 2015
XIV Congresso Internacional Ibercom 2015XIV Congresso Internacional Ibercom 2015
XIV Congresso Internacional Ibercom 2015
Fundação Universidade Federal do Tocantins
 
Intercom2015
Intercom2015Intercom2015
2015.1 jornalismo online
2015.1   jornalismo online2015.1   jornalismo online
Liana vidigal mobilidade
Liana vidigal   mobilidadeLiana vidigal   mobilidade
Quarenta anos de TV Cultura - 1969 a 2009
Quarenta anos de TV Cultura - 1969 a 2009Quarenta anos de TV Cultura - 1969 a 2009
Quarenta anos de TV Cultura - 1969 a 2009
Fundação Universidade Federal do Tocantins
 
O Fanzine como ferramenta de comunicação dentro do curso de Jornalismo da UFT
O Fanzine como ferramenta de comunicação dentro do curso de Jornalismo da UFTO Fanzine como ferramenta de comunicação dentro do curso de Jornalismo da UFT
O Fanzine como ferramenta de comunicação dentro do curso de Jornalismo da UFT
Fundação Universidade Federal do Tocantins
 
Contribuição do Jornalismo Online para o Pacqto
Contribuição do Jornalismo Online para o PacqtoContribuição do Jornalismo Online para o Pacqto
Contribuição do Jornalismo Online para o Pacqto
Fundação Universidade Federal do Tocantins
 
Gêneros jornalísticos no meio online - estudo de caso do T1 Notícias
Gêneros jornalísticos no meio online - estudo de caso do T1 NotíciasGêneros jornalísticos no meio online - estudo de caso do T1 Notícias
Gêneros jornalísticos no meio online - estudo de caso do T1 Notícias
Fundação Universidade Federal do Tocantins
 
Infografia no jornalismo 2012-1
Infografia no jornalismo   2012-1Infografia no jornalismo   2012-1
Infografia no jornalismo 2012-1
Fundação Universidade Federal do Tocantins
 
Jornalismo online
Jornalismo onlineJornalismo online
A narrativa multimídia no meio online liana vidigal rocha
A narrativa multimídia no meio online   liana vidigal rochaA narrativa multimídia no meio online   liana vidigal rocha
A narrativa multimídia no meio online liana vidigal rocha
Fundação Universidade Federal do Tocantins
 
Jornalismo e mídias sociais
Jornalismo e mídias sociaisJornalismo e mídias sociais
Jornalismo e mídias sociais
Fundação Universidade Federal do Tocantins
 
Jornalismo online
Jornalismo onlineJornalismo online
Oligopólios da Comunicação na Amazônia - Tocantins
Oligopólios da Comunicação na Amazônia - TocantinsOligopólios da Comunicação na Amazônia - Tocantins
Oligopólios da Comunicação na Amazônia - Tocantins
Fundação Universidade Federal do Tocantins
 
Mudanças no fazer jornalístico online?
Mudanças no fazer jornalístico online?Mudanças no fazer jornalístico online?
Mudanças no fazer jornalístico online?
Fundação Universidade Federal do Tocantins
 
Apresentação Intercom 2011
Apresentação Intercom 2011Apresentação Intercom 2011
Apresentação Intercom 2011
Fundação Universidade Federal do Tocantins
 
Características do jornalismo online em sites de telejonais brasileiros um ...
Características do jornalismo online em sites de telejonais brasileiros   um ...Características do jornalismo online em sites de telejonais brasileiros   um ...
Características do jornalismo online em sites de telejonais brasileiros um ...
Fundação Universidade Federal do Tocantins
 
Apresentação infográfico
Apresentação infográficoApresentação infográfico

Mais de Fundação Universidade Federal do Tocantins (18)

XIV Congresso Internacional Ibercom 2015
XIV Congresso Internacional Ibercom 2015XIV Congresso Internacional Ibercom 2015
XIV Congresso Internacional Ibercom 2015
 
Intercom2015
Intercom2015Intercom2015
Intercom2015
 
2015.1 jornalismo online
2015.1   jornalismo online2015.1   jornalismo online
2015.1 jornalismo online
 
Liana vidigal mobilidade
Liana vidigal   mobilidadeLiana vidigal   mobilidade
Liana vidigal mobilidade
 
Quarenta anos de TV Cultura - 1969 a 2009
Quarenta anos de TV Cultura - 1969 a 2009Quarenta anos de TV Cultura - 1969 a 2009
Quarenta anos de TV Cultura - 1969 a 2009
 
O Fanzine como ferramenta de comunicação dentro do curso de Jornalismo da UFT
O Fanzine como ferramenta de comunicação dentro do curso de Jornalismo da UFTO Fanzine como ferramenta de comunicação dentro do curso de Jornalismo da UFT
O Fanzine como ferramenta de comunicação dentro do curso de Jornalismo da UFT
 
Contribuição do Jornalismo Online para o Pacqto
Contribuição do Jornalismo Online para o PacqtoContribuição do Jornalismo Online para o Pacqto
Contribuição do Jornalismo Online para o Pacqto
 
Gêneros jornalísticos no meio online - estudo de caso do T1 Notícias
Gêneros jornalísticos no meio online - estudo de caso do T1 NotíciasGêneros jornalísticos no meio online - estudo de caso do T1 Notícias
Gêneros jornalísticos no meio online - estudo de caso do T1 Notícias
 
Infografia no jornalismo 2012-1
Infografia no jornalismo   2012-1Infografia no jornalismo   2012-1
Infografia no jornalismo 2012-1
 
Jornalismo online
Jornalismo onlineJornalismo online
Jornalismo online
 
A narrativa multimídia no meio online liana vidigal rocha
A narrativa multimídia no meio online   liana vidigal rochaA narrativa multimídia no meio online   liana vidigal rocha
A narrativa multimídia no meio online liana vidigal rocha
 
Jornalismo e mídias sociais
Jornalismo e mídias sociaisJornalismo e mídias sociais
Jornalismo e mídias sociais
 
Jornalismo online
Jornalismo onlineJornalismo online
Jornalismo online
 
Oligopólios da Comunicação na Amazônia - Tocantins
Oligopólios da Comunicação na Amazônia - TocantinsOligopólios da Comunicação na Amazônia - Tocantins
Oligopólios da Comunicação na Amazônia - Tocantins
 
Mudanças no fazer jornalístico online?
Mudanças no fazer jornalístico online?Mudanças no fazer jornalístico online?
Mudanças no fazer jornalístico online?
 
Apresentação Intercom 2011
Apresentação Intercom 2011Apresentação Intercom 2011
Apresentação Intercom 2011
 
Características do jornalismo online em sites de telejonais brasileiros um ...
Características do jornalismo online em sites de telejonais brasileiros   um ...Características do jornalismo online em sites de telejonais brasileiros   um ...
Características do jornalismo online em sites de telejonais brasileiros um ...
 
Apresentação infográfico
Apresentação infográficoApresentação infográfico
Apresentação infográfico
 

Último

Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Mary Alvarenga
 
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
antonio carlos
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
felipescherner
 
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdfCALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CristviaFerreira
 
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdfPainel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
marcos oliveira
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
marcos oliveira
 
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptxLicao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
jetroescola
 
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdfTrabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
marcos oliveira
 
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Registros da 8ª edição da FECINTEC - AFV
Registros da 8ª edição da FECINTEC - AFVRegistros da 8ª edição da FECINTEC - AFV
Registros da 8ª edição da FECINTEC - AFV
Yan Kayk da Cruz Ferreira
 
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Mary Alvarenga
 
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdfApostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
pattyhsilva271204
 
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da químicaTEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
VictorEmanoel37
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
shirleisousa9166
 
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!
Mary Alvarenga
 
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
mozalgebrista
 
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdfGuia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
FLAVIOROBERTOGOUVEA
 

Último (20)

RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
 
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
 
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
 
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdfCALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
 
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdfPainel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
 
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptxLicao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
 
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdfTrabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
 
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
 
Registros da 8ª edição da FECINTEC - AFV
Registros da 8ª edição da FECINTEC - AFVRegistros da 8ª edição da FECINTEC - AFV
Registros da 8ª edição da FECINTEC - AFV
 
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
 
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdfApostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
 
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da químicaTEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
 
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
 
Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!
 
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
 
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
 
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdfGuia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
 

Mídia, Jornalismo e Juventude no Brasil: algumas considerações

  • 1. Mídia, Jornalismo e Juventude no Brasil: algumas considerações Valmir Araújo Liana Vidigal Rocha Universidade Federal do Tocantins
  • 2. Apresentação • O trabalho consiste em discutir o papel social dos meios de comunicação enquanto agente mobilizador da sociedade. • Para ilustrar a pesquisa, buscou-se relacionar mídia e juventude, a partir das questões apresentadas, tendo em vista o cenário brasileiro representado pelo veículo revista. • Objeto de análise: capas da revista Veja das edições publicadas entre os anos de 2011 e 2013.
  • 3. Sobre a Juventude • Segundo MARGULIS y URRESTI (2008, p.15), juventude pode ser conceituada como “um estado, uma condição social, uma etapa da vida”. Conceito que vai além de uma classificação etária. • A juventude engloba uma série de especificidades e dificuldades, impostas a esta parcela da população pela própria sociedade, com o destaque para a autonomia financeira. • No Brasil, é considerado jovem todo o cidadão entre 15 e 29 anos, conforme aponta o Estatuto da Juventude, aprovado pelo Congresso Federal.
  • 4. Especificidades • Pensar as especificidades dos jovens para ter acesso ao trabalho, à educação, ao esporte e lazer é pensar a juventude de forma geral que necessita deste olhar plural, atento às necessidades particulares dos diversos grupos que a compõem. • A juventude é uma minoria diferenciada, numa comparação com as demais minorias (Ex: negros, mulheres, gays, cidadãos do meio rural ou das periferias). • Ela permeia todos esses grupos, inclusive aqueles que não fazem parte de nenhum grupo de minoria social, mas que compartilham das necessidades gerais da juventude.
  • 5. Sobre a Mídia • A Mídia possui uma relação de deveres com a sociedade e por isso não pode ignorar o senso de coletividade em suas decisões, caso contrário as matérias serão pautadas de acordo com a necessidade do profissional/veículo. • Para Scoralick (2009, p.11), a mídia colabora para formar mentalidades, valores, narrar a realidade, interferindo diretamente na construção de identidades. • A mídia possui capacidade de contribuir com a compreensão relacionada à importância da participação dos jovens brasileiro nos diversos canais de comunicação.
  • 6. Jornalismo no Brasil • O Jornalismo é responsável por informar, mas é fundamental que seus profissionais busquem, constantemente, trabalhar conforme os preceitos da profissão. • Além de informação, outro importante papel do jornalismo é sua atuação no sentido de contribuir para com a harmonia nas relações da sociedade, auxiliando nas discussões sobre os mais diversos assuntos. • O público tem o direito de ser informado, ainda que a informação prejudique determinados interesses, seja financeiro, político ou ideológico.
  • 7. Procedimentos Metodológicos I. Leitura e elaboração da fundamentação teórica; II. Escolha do objeto; III. Definição do corpus para a análise; IV. Coleta dos dados; V. Definição das categorias de análise; VI. Análise do material coletado e cruzamento das informações; VII. Interpretação e elaboração de tabelas demonstrativas.
  • 8. Análise • Entre os anos de 2011 e 2013, a revista Veja publicou 155 números entre edições especiais e semanais. Veja Edições Publicadas Referência ao jovem/juventude Porcentagem 2011 51 11 21,56% 2012 52 09 17,30% 2013 52 10 19,23% Total 155 30 19,35%
  • 9. Assuntos relacionados com o jovem Edição Temas 2011 2012 2013 Total Tecnologia 01 04 - 05 Pol. Públicas - 01 01 02 Social 05 02 05 12 Política - - 01 01 Economia 01 - 01 02 Educação 03 01 - 04 Cultura - 01 - 01 Meio Ambiente - - - - Esporte 01 - 02 03
  • 10. Considerações • Apesar da presença, ainda que tímida nas capas da revista selecionada, as demandas do jovem não são necessariamente exploradas em sua totalidade a fim de gerar pautas que promovam a discussão/desenvolvimento desta minoria. • No Brasil, há uma forte ligação dos grandes veículos com setores conservadores, o que dificulta a inserção de políticas públicas que beneficiem essa parcela da população.
  • 11. No entanto... • É possível considerar a importância (ainda que potencial) do papel da mídia no desenvolvimento e engajamento dos jovens nas questões que envolveram as transformações sociais do país no último ano, como nas manifestações de junho de 2013 (quando foi publicada uma edição especial) ou na participação e consumo de tecnologia por parte desta geração.