SlideShare uma empresa Scribd logo
O Fanzine como ferramenta de
comunicação dentro do curso de
Jornalismo da UFT
Liana Vidigal ROCHA
Ana Carolina Costa dos ANJOS
Jeferson Lima BARBOSA
Patrícia STRÖHER
Grupo de Pesquisa Jornalismo e Multimídia
Universidade Federal do Tocantins
1
INTRODUÇÃO
• O curso de Comunicação Social/Jornalismo foi criado no ano
de 1996, na UNITINS.
• Com o surgimento da universidade federal, em 2002, o curso
de Jornalismo passou para o domínio da UFT.
• Desde então, os alunos tiveram a tarefa de elaborar produtos
jornalísticos, o que fez com que alguns se interessassem pela
divulgação de informações além do espaço determinado pelo
curso.
• A mídia que mais se adequou às necessidades dos alunos foi o
fanzine. Motivos: maior liberdade editorial e baixo custo de
produção e distribuição.
2
CONTEXTO HISTÓRICO
• O formato de produção fanzine foi apresentado aos acadêmicos
através de cursos e oficinas desenvolvidos em encontros e
seminários de Comunicação realizados fora do Estado e sem
vínculos com a universidade.
• A produção de fanzine teve início na UFT em 2004, por meio da
publicação do Paralelopípedo que contou com seis edições
esporádicas, idealizadas por Thiago Ramos e Antonio Fabrício
Barbosa.
• O segundo fanzine foi o PaPaPiPaPaPa que teve uma edição
única, em 2007, e envolveu os acadêmicos Sóstenes Reis, Gabi
Glória de Castro, Vanessa Leão e Ana Keyla Gomes Franco.
• No ano de 2008, surge o fanzine Aperitivos, criado pelos
acadêmicos Tácio Pimenta e Thiago Ramos França.
3
FANZINE – DO CONCEITO À PRODUÇÃO
• Fanzine = fanatic + magazine (revista do fã)
• Características:
- caráter alternativo
- publicação amadora;
- pequena tiragem;
- impresso de forma artesanal;
- baixo custo de produção;
- liberdade editorial;
- livre da preocupação do lucro.
4
FANZINE – DO CONCEITO À PRODUÇÃO
• Décadas de 30 e 40 surgem os primeiros fanzines nos→
EUA (ficção científica);
• Década de 1940 Russ Chauvenet cria o termo fanzine;→
• Década de 1970 surgem os fanzines punks e feministas;→
• Década de 1980 A França inaugura a primeira→
fanzinoteca;
BRASIL
• Edson Rontani é considerado o pioneiro por ter publicado,
em 1965, Ficção, um boletim sobre ficção científica;
• Anos de 1980 fanzine ganha força com o rock nacional;→
• Anos de 1990 crise econômica afeta a produção→
brasileira;
5
PROPOSTA DO ARTIGO
• Este artigo propõe-se a analisar o conteúdo da
produção de fanzines do curso de Comunicação
Social/Jornalismo, da Universidade Federal do
Tocantins, no período entre 2004 e 2008.
• São eles:
- Paralelopípedo (2004),
- PaPaPiPaPaPa (2007)
- Aperitivos (2008).
6
Paralelopípedo
• Estilo que agrega uma linguagem pessoal e idiossincrática;
• Linguagem poética que transita entre os tipos formal e
informal;
• O poema como forma predominante de expressão de ideias;
• Texto jornalístico como fonte de informação (curiosa);
• Identificação com o conteúdo;
• Linguagem visual também idiossincrática;
• Ilustrações como forma de complementar o conteúdo;
• Desenhos e textos manuscritos sem auxílio de computadores
ou máquinas de escrever;
• Produto artesanal.
7
Papapí-papapá
• Linguagem descontraída, irônica e informal;
• Diversificação de elementos textuais e visuais;
• Crônica, poesia e nota jornalística = estilos de texto mais
recorrentes;
• Misto de temas fictícios e reais do cotidiano;
• Ilustração auxilia na compreensão do conteúdo;
• Os desenhos foram feitos à mão livre;
• Fotografia: função bem definida (ausência);
• História em quadrinhos: ironia e crítica ;
• Texto datilografado e poucas vezes manuscrito;
• Valorização dos elementos visuais.
8
Aperitivos
• Caráter personalizado e estilizado;
• Imagem como informação principal;
• Textos curtos baseados poemas e aforismos;
• Variação temática: drama, amor, política e experiência
pessoal;
• Ligação entre texto e imagem;
• Utilização da sátira;
• Diálogos descompromissados acerca de assuntos
cotidianos;
• Linearidade do conteúdo;
9
CONSIDERAÇÕES FINAIS
• Temas recorrentes: cotidiano, amor e experiências pessoais;
• Recursos diferenciados: ora com tecnologia, ora manuscrito;
• Linguagem coloquial;
• Estilos textuais diversos: do poema ao texto jornalístico;
• Reprodução de conteúdo jornalístico;
• Elementos visuais diversificados: fotografia, ilustração, história
em quadrinhos;
• Textos irônicos, com humor e crítica.
• Os fanzines expressaram ideias, opiniões e sentimentos
pessoais, refletindo, em parte, o perfil do aluno da UFT, que pode
ser descrito como criativo, crítico e bem-humorado.
10

Mais conteúdo relacionado

Destaque

Fanzine
FanzineFanzine
Fanzine
FanzineFanzine
Fanzine
guest924bb5c
 
Fanzines de papel em pdf
Fanzines de papel em pdfFanzines de papel em pdf
Fanzines de papel em pdf
Ramizvirtual
 
Fazine
FazineFazine
Fazine
Mafe Ortiz
 
U N A F I S U R A E N L A M U R A L L A ( Fanzine Carcelario Nª2 Enero ...
U N A  F I S U R A  E N  L A  M U R A L L A ( Fanzine Carcelario  Nª2  Enero ...U N A  F I S U R A  E N  L A  M U R A L L A ( Fanzine Carcelario  Nª2  Enero ...
U N A F I S U R A E N L A M U R A L L A ( Fanzine Carcelario Nª2 Enero ...
canitacartonera
 
Mala Vida 0
Mala Vida 0Mala Vida 0
Mala Vida 0
frentecultural
 
Fanzine no. 1 pdf
Fanzine no. 1 pdfFanzine no. 1 pdf
Fanzine no. 1 pdf
Noosfera GRC
 
Fanzine
FanzineFanzine
Fanzine
Aleja Coneja
 
fanzines: paisagens, memórias e sujeitos
fanzines: paisagens, memórias e sujeitosfanzines: paisagens, memórias e sujeitos
fanzines: paisagens, memórias e sujeitos
Yu Amaral
 

Destaque (9)

Fanzine
FanzineFanzine
Fanzine
 
Fanzine
FanzineFanzine
Fanzine
 
Fanzines de papel em pdf
Fanzines de papel em pdfFanzines de papel em pdf
Fanzines de papel em pdf
 
Fazine
FazineFazine
Fazine
 
U N A F I S U R A E N L A M U R A L L A ( Fanzine Carcelario Nª2 Enero ...
U N A  F I S U R A  E N  L A  M U R A L L A ( Fanzine Carcelario  Nª2  Enero ...U N A  F I S U R A  E N  L A  M U R A L L A ( Fanzine Carcelario  Nª2  Enero ...
U N A F I S U R A E N L A M U R A L L A ( Fanzine Carcelario Nª2 Enero ...
 
Mala Vida 0
Mala Vida 0Mala Vida 0
Mala Vida 0
 
Fanzine no. 1 pdf
Fanzine no. 1 pdfFanzine no. 1 pdf
Fanzine no. 1 pdf
 
Fanzine
FanzineFanzine
Fanzine
 
fanzines: paisagens, memórias e sujeitos
fanzines: paisagens, memórias e sujeitosfanzines: paisagens, memórias e sujeitos
fanzines: paisagens, memórias e sujeitos
 

Semelhante a O Fanzine como ferramenta de comunicação dentro do curso de Jornalismo da UFT

Produção de fazine
Produção de fazineProdução de fazine
Produção de fazine
Cesar Martins
 
Zine da Duca
Zine da DucaZine da Duca
Zine da Duca
aghipertexto
 
Jornais e revistas( trabalho do paulo da terra)
Jornais e revistas( trabalho do paulo da terra)Jornais e revistas( trabalho do paulo da terra)
Jornais e revistas( trabalho do paulo da terra)
ivanilton21
 
Revista piaui
Revista piauiRevista piaui
Revista piaui
Olivia Tornelli
 
Revista piauí (Projeto de Graduação)
Revista piauí (Projeto de Graduação)Revista piauí (Projeto de Graduação)
Revista piauí (Projeto de Graduação)
brenocite
 
Aula Jornalismo Empreendedor 2015
Aula Jornalismo Empreendedor 2015Aula Jornalismo Empreendedor 2015
Aula Jornalismo Empreendedor 2015
Renato Delmanto
 
Maria de lourdes motter
Maria de lourdes motterMaria de lourdes motter
Maria de lourdes motter
Isabel Santos
 
Novo jornalismo
Novo jornalismoNovo jornalismo
Novo jornalismo
JGOMES1973
 
Maria de lourdes motter
Maria de lourdes motterMaria de lourdes motter
Maria de lourdes motter
Isabel Santos
 
O uso do jornal em sala de aula
O uso do jornal em sala de aulaO uso do jornal em sala de aula
O uso do jornal em sala de aula
Antônio Francisco
 
75607348 magalhaes-edgard-fanzine
75607348 magalhaes-edgard-fanzine75607348 magalhaes-edgard-fanzine
75607348 magalhaes-edgard-fanzine
Instituto de Psicobiofísica Rama Schain
 
Festival 2018 - Imprensa e Terceiro Setor
Festival 2018 - Imprensa e Terceiro SetorFestival 2018 - Imprensa e Terceiro Setor
Festival 2018 - Imprensa e Terceiro Setor
ABCR
 
Como fazer um jornalw
Como fazer um jornalwComo fazer um jornalw
Como fazer um jornalw
BispoAlberto
 
O jornal como ferramenta pedagogica 1ppt
O jornal como ferramenta pedagogica 1pptO jornal como ferramenta pedagogica 1ppt
O jornal como ferramenta pedagogica 1ppt
Thaisa Bueno
 
Texto jornalístico
Texto jornalísticoTexto jornalístico
Texto jornalístico
Lurdes Augusto
 
Hábitos de leitura
Hábitos de leituraHábitos de leitura
Hábitos de leitura
JTMctitus
 
Celestin frenet
Celestin frenetCelestin frenet
Celestin frenet
Tamiris Morroni
 
Entrose - revista
Entrose - revistaEntrose - revista
Entrose - revista
Luan Faria
 
Lucieny m3ativ3
Lucieny m3ativ3Lucieny m3ativ3
Lucieny m3ativ3
Lucienyfelix
 
Aula sobre Fanzine - Slides.pdf
Aula sobre Fanzine - Slides.pdfAula sobre Fanzine - Slides.pdf
Aula sobre Fanzine - Slides.pdf
TaiFilosofa
 

Semelhante a O Fanzine como ferramenta de comunicação dentro do curso de Jornalismo da UFT (20)

Produção de fazine
Produção de fazineProdução de fazine
Produção de fazine
 
Zine da Duca
Zine da DucaZine da Duca
Zine da Duca
 
Jornais e revistas( trabalho do paulo da terra)
Jornais e revistas( trabalho do paulo da terra)Jornais e revistas( trabalho do paulo da terra)
Jornais e revistas( trabalho do paulo da terra)
 
Revista piaui
Revista piauiRevista piaui
Revista piaui
 
Revista piauí (Projeto de Graduação)
Revista piauí (Projeto de Graduação)Revista piauí (Projeto de Graduação)
Revista piauí (Projeto de Graduação)
 
Aula Jornalismo Empreendedor 2015
Aula Jornalismo Empreendedor 2015Aula Jornalismo Empreendedor 2015
Aula Jornalismo Empreendedor 2015
 
Maria de lourdes motter
Maria de lourdes motterMaria de lourdes motter
Maria de lourdes motter
 
Novo jornalismo
Novo jornalismoNovo jornalismo
Novo jornalismo
 
Maria de lourdes motter
Maria de lourdes motterMaria de lourdes motter
Maria de lourdes motter
 
O uso do jornal em sala de aula
O uso do jornal em sala de aulaO uso do jornal em sala de aula
O uso do jornal em sala de aula
 
75607348 magalhaes-edgard-fanzine
75607348 magalhaes-edgard-fanzine75607348 magalhaes-edgard-fanzine
75607348 magalhaes-edgard-fanzine
 
Festival 2018 - Imprensa e Terceiro Setor
Festival 2018 - Imprensa e Terceiro SetorFestival 2018 - Imprensa e Terceiro Setor
Festival 2018 - Imprensa e Terceiro Setor
 
Como fazer um jornalw
Como fazer um jornalwComo fazer um jornalw
Como fazer um jornalw
 
O jornal como ferramenta pedagogica 1ppt
O jornal como ferramenta pedagogica 1pptO jornal como ferramenta pedagogica 1ppt
O jornal como ferramenta pedagogica 1ppt
 
Texto jornalístico
Texto jornalísticoTexto jornalístico
Texto jornalístico
 
Hábitos de leitura
Hábitos de leituraHábitos de leitura
Hábitos de leitura
 
Celestin frenet
Celestin frenetCelestin frenet
Celestin frenet
 
Entrose - revista
Entrose - revistaEntrose - revista
Entrose - revista
 
Lucieny m3ativ3
Lucieny m3ativ3Lucieny m3ativ3
Lucieny m3ativ3
 
Aula sobre Fanzine - Slides.pdf
Aula sobre Fanzine - Slides.pdfAula sobre Fanzine - Slides.pdf
Aula sobre Fanzine - Slides.pdf
 

Mais de Fundação Universidade Federal do Tocantins

XIV Congresso Internacional Ibercom 2015
XIV Congresso Internacional Ibercom 2015XIV Congresso Internacional Ibercom 2015
XIV Congresso Internacional Ibercom 2015
Fundação Universidade Federal do Tocantins
 
Intercom2015
Intercom2015Intercom2015
2015.1 jornalismo online
2015.1   jornalismo online2015.1   jornalismo online
Liana vidigal mobilidade
Liana vidigal   mobilidadeLiana vidigal   mobilidade
Mídia, Jornalismo e Juventude no Brasil: algumas considerações
Mídia, Jornalismo e Juventude no Brasil: algumas consideraçõesMídia, Jornalismo e Juventude no Brasil: algumas considerações
Mídia, Jornalismo e Juventude no Brasil: algumas considerações
Fundação Universidade Federal do Tocantins
 
Quarenta anos de TV Cultura - 1969 a 2009
Quarenta anos de TV Cultura - 1969 a 2009Quarenta anos de TV Cultura - 1969 a 2009
Quarenta anos de TV Cultura - 1969 a 2009
Fundação Universidade Federal do Tocantins
 
Contribuição do Jornalismo Online para o Pacqto
Contribuição do Jornalismo Online para o PacqtoContribuição do Jornalismo Online para o Pacqto
Contribuição do Jornalismo Online para o Pacqto
Fundação Universidade Federal do Tocantins
 
Gêneros jornalísticos no meio online - estudo de caso do T1 Notícias
Gêneros jornalísticos no meio online - estudo de caso do T1 NotíciasGêneros jornalísticos no meio online - estudo de caso do T1 Notícias
Gêneros jornalísticos no meio online - estudo de caso do T1 Notícias
Fundação Universidade Federal do Tocantins
 
Infografia no jornalismo 2012-1
Infografia no jornalismo   2012-1Infografia no jornalismo   2012-1
Infografia no jornalismo 2012-1
Fundação Universidade Federal do Tocantins
 
Jornalismo online
Jornalismo onlineJornalismo online
A narrativa multimídia no meio online liana vidigal rocha
A narrativa multimídia no meio online   liana vidigal rochaA narrativa multimídia no meio online   liana vidigal rocha
A narrativa multimídia no meio online liana vidigal rocha
Fundação Universidade Federal do Tocantins
 
Jornalismo e mídias sociais
Jornalismo e mídias sociaisJornalismo e mídias sociais
Jornalismo e mídias sociais
Fundação Universidade Federal do Tocantins
 
Jornalismo online
Jornalismo onlineJornalismo online
Oligopólios da Comunicação na Amazônia - Tocantins
Oligopólios da Comunicação na Amazônia - TocantinsOligopólios da Comunicação na Amazônia - Tocantins
Oligopólios da Comunicação na Amazônia - Tocantins
Fundação Universidade Federal do Tocantins
 
Mudanças no fazer jornalístico online?
Mudanças no fazer jornalístico online?Mudanças no fazer jornalístico online?
Mudanças no fazer jornalístico online?
Fundação Universidade Federal do Tocantins
 
Apresentação Intercom 2011
Apresentação Intercom 2011Apresentação Intercom 2011
Apresentação Intercom 2011
Fundação Universidade Federal do Tocantins
 
Características do jornalismo online em sites de telejonais brasileiros um ...
Características do jornalismo online em sites de telejonais brasileiros   um ...Características do jornalismo online em sites de telejonais brasileiros   um ...
Características do jornalismo online em sites de telejonais brasileiros um ...
Fundação Universidade Federal do Tocantins
 
Apresentação infográfico
Apresentação infográficoApresentação infográfico

Mais de Fundação Universidade Federal do Tocantins (18)

XIV Congresso Internacional Ibercom 2015
XIV Congresso Internacional Ibercom 2015XIV Congresso Internacional Ibercom 2015
XIV Congresso Internacional Ibercom 2015
 
Intercom2015
Intercom2015Intercom2015
Intercom2015
 
2015.1 jornalismo online
2015.1   jornalismo online2015.1   jornalismo online
2015.1 jornalismo online
 
Liana vidigal mobilidade
Liana vidigal   mobilidadeLiana vidigal   mobilidade
Liana vidigal mobilidade
 
Mídia, Jornalismo e Juventude no Brasil: algumas considerações
Mídia, Jornalismo e Juventude no Brasil: algumas consideraçõesMídia, Jornalismo e Juventude no Brasil: algumas considerações
Mídia, Jornalismo e Juventude no Brasil: algumas considerações
 
Quarenta anos de TV Cultura - 1969 a 2009
Quarenta anos de TV Cultura - 1969 a 2009Quarenta anos de TV Cultura - 1969 a 2009
Quarenta anos de TV Cultura - 1969 a 2009
 
Contribuição do Jornalismo Online para o Pacqto
Contribuição do Jornalismo Online para o PacqtoContribuição do Jornalismo Online para o Pacqto
Contribuição do Jornalismo Online para o Pacqto
 
Gêneros jornalísticos no meio online - estudo de caso do T1 Notícias
Gêneros jornalísticos no meio online - estudo de caso do T1 NotíciasGêneros jornalísticos no meio online - estudo de caso do T1 Notícias
Gêneros jornalísticos no meio online - estudo de caso do T1 Notícias
 
Infografia no jornalismo 2012-1
Infografia no jornalismo   2012-1Infografia no jornalismo   2012-1
Infografia no jornalismo 2012-1
 
Jornalismo online
Jornalismo onlineJornalismo online
Jornalismo online
 
A narrativa multimídia no meio online liana vidigal rocha
A narrativa multimídia no meio online   liana vidigal rochaA narrativa multimídia no meio online   liana vidigal rocha
A narrativa multimídia no meio online liana vidigal rocha
 
Jornalismo e mídias sociais
Jornalismo e mídias sociaisJornalismo e mídias sociais
Jornalismo e mídias sociais
 
Jornalismo online
Jornalismo onlineJornalismo online
Jornalismo online
 
Oligopólios da Comunicação na Amazônia - Tocantins
Oligopólios da Comunicação na Amazônia - TocantinsOligopólios da Comunicação na Amazônia - Tocantins
Oligopólios da Comunicação na Amazônia - Tocantins
 
Mudanças no fazer jornalístico online?
Mudanças no fazer jornalístico online?Mudanças no fazer jornalístico online?
Mudanças no fazer jornalístico online?
 
Apresentação Intercom 2011
Apresentação Intercom 2011Apresentação Intercom 2011
Apresentação Intercom 2011
 
Características do jornalismo online em sites de telejonais brasileiros um ...
Características do jornalismo online em sites de telejonais brasileiros   um ...Características do jornalismo online em sites de telejonais brasileiros   um ...
Características do jornalismo online em sites de telejonais brasileiros um ...
 
Apresentação infográfico
Apresentação infográficoApresentação infográfico
Apresentação infográfico
 

O Fanzine como ferramenta de comunicação dentro do curso de Jornalismo da UFT

  • 1. O Fanzine como ferramenta de comunicação dentro do curso de Jornalismo da UFT Liana Vidigal ROCHA Ana Carolina Costa dos ANJOS Jeferson Lima BARBOSA Patrícia STRÖHER Grupo de Pesquisa Jornalismo e Multimídia Universidade Federal do Tocantins 1
  • 2. INTRODUÇÃO • O curso de Comunicação Social/Jornalismo foi criado no ano de 1996, na UNITINS. • Com o surgimento da universidade federal, em 2002, o curso de Jornalismo passou para o domínio da UFT. • Desde então, os alunos tiveram a tarefa de elaborar produtos jornalísticos, o que fez com que alguns se interessassem pela divulgação de informações além do espaço determinado pelo curso. • A mídia que mais se adequou às necessidades dos alunos foi o fanzine. Motivos: maior liberdade editorial e baixo custo de produção e distribuição. 2
  • 3. CONTEXTO HISTÓRICO • O formato de produção fanzine foi apresentado aos acadêmicos através de cursos e oficinas desenvolvidos em encontros e seminários de Comunicação realizados fora do Estado e sem vínculos com a universidade. • A produção de fanzine teve início na UFT em 2004, por meio da publicação do Paralelopípedo que contou com seis edições esporádicas, idealizadas por Thiago Ramos e Antonio Fabrício Barbosa. • O segundo fanzine foi o PaPaPiPaPaPa que teve uma edição única, em 2007, e envolveu os acadêmicos Sóstenes Reis, Gabi Glória de Castro, Vanessa Leão e Ana Keyla Gomes Franco. • No ano de 2008, surge o fanzine Aperitivos, criado pelos acadêmicos Tácio Pimenta e Thiago Ramos França. 3
  • 4. FANZINE – DO CONCEITO À PRODUÇÃO • Fanzine = fanatic + magazine (revista do fã) • Características: - caráter alternativo - publicação amadora; - pequena tiragem; - impresso de forma artesanal; - baixo custo de produção; - liberdade editorial; - livre da preocupação do lucro. 4
  • 5. FANZINE – DO CONCEITO À PRODUÇÃO • Décadas de 30 e 40 surgem os primeiros fanzines nos→ EUA (ficção científica); • Década de 1940 Russ Chauvenet cria o termo fanzine;→ • Década de 1970 surgem os fanzines punks e feministas;→ • Década de 1980 A França inaugura a primeira→ fanzinoteca; BRASIL • Edson Rontani é considerado o pioneiro por ter publicado, em 1965, Ficção, um boletim sobre ficção científica; • Anos de 1980 fanzine ganha força com o rock nacional;→ • Anos de 1990 crise econômica afeta a produção→ brasileira; 5
  • 6. PROPOSTA DO ARTIGO • Este artigo propõe-se a analisar o conteúdo da produção de fanzines do curso de Comunicação Social/Jornalismo, da Universidade Federal do Tocantins, no período entre 2004 e 2008. • São eles: - Paralelopípedo (2004), - PaPaPiPaPaPa (2007) - Aperitivos (2008). 6
  • 7. Paralelopípedo • Estilo que agrega uma linguagem pessoal e idiossincrática; • Linguagem poética que transita entre os tipos formal e informal; • O poema como forma predominante de expressão de ideias; • Texto jornalístico como fonte de informação (curiosa); • Identificação com o conteúdo; • Linguagem visual também idiossincrática; • Ilustrações como forma de complementar o conteúdo; • Desenhos e textos manuscritos sem auxílio de computadores ou máquinas de escrever; • Produto artesanal. 7
  • 8. Papapí-papapá • Linguagem descontraída, irônica e informal; • Diversificação de elementos textuais e visuais; • Crônica, poesia e nota jornalística = estilos de texto mais recorrentes; • Misto de temas fictícios e reais do cotidiano; • Ilustração auxilia na compreensão do conteúdo; • Os desenhos foram feitos à mão livre; • Fotografia: função bem definida (ausência); • História em quadrinhos: ironia e crítica ; • Texto datilografado e poucas vezes manuscrito; • Valorização dos elementos visuais. 8
  • 9. Aperitivos • Caráter personalizado e estilizado; • Imagem como informação principal; • Textos curtos baseados poemas e aforismos; • Variação temática: drama, amor, política e experiência pessoal; • Ligação entre texto e imagem; • Utilização da sátira; • Diálogos descompromissados acerca de assuntos cotidianos; • Linearidade do conteúdo; 9
  • 10. CONSIDERAÇÕES FINAIS • Temas recorrentes: cotidiano, amor e experiências pessoais; • Recursos diferenciados: ora com tecnologia, ora manuscrito; • Linguagem coloquial; • Estilos textuais diversos: do poema ao texto jornalístico; • Reprodução de conteúdo jornalístico; • Elementos visuais diversificados: fotografia, ilustração, história em quadrinhos; • Textos irônicos, com humor e crítica. • Os fanzines expressaram ideias, opiniões e sentimentos pessoais, refletindo, em parte, o perfil do aluno da UFT, que pode ser descrito como criativo, crítico e bem-humorado. 10