SlideShare uma empresa Scribd logo
TITULO:A IMPORTÂNCIA DO DESIGNER INSTRUCIONAL NO
ENSINO A DISTÂNCIA
Aluno: Alexandre Evangelista de Assis Matrícula nº 108464
Orientador: Profª. Maria Aparecida de Oliveira Brandão
Curso: Gestão da Educação Pública
Turma do Ano de 2017
Data da apresentação: 29/06/2019
I - INTRODUÇÃO
1. Problema de Pesquisa: Mostrar o uso do design instrucional como uma
possibilidade real a fim de solucionar a demanda de ações educacionais
2. Objetivo Geral: Refletir a respeito da atuação do designer instrucional para Ead
objetivando o aprendizado do aluno
3. Objetivos Específicos: Analisar que um projeto instrucional bem desenvolvido torna-se um fundamento
essencial para a Educação à distância, os ambientes virtuais de aprendizagem e as tecnologias, os quais
proporcionam uma educação de qualidade democratizada.
Mostrar o enorme potencial dessa ferramenta a fim de atender à necessidade educacional do aluno de ensino a
distância, com flexibilidade de tempo, dinâmico e materiais didáticos vastos por conta da internet, favorecendo
assim a autonomia e o desenvolvimento do aprendizado.
4. Justificativa: Com as mudanças no âmbito educacional e do desenvolvimento da telecomunicação,
através das redes sem fio e dos dispositivos móveis, novas experiências estão sendo inseridas na educação,
constituindo outras formas de comunicação e, consequentemente, formas de aprendizagem e da aplicabilidade
do conteúdo.
II- REFERENCIAL TEÓRICO
1. De acordo com Bernardo (2009), atualmente é crescente o número de instituições e empresas que
desenvolvem programas de treinamento de recursos humanos, através da Educação a Distância. As
universidades à distância têm incorporado, em seu desenvolvimento histórico, as novas tecnologias de
informática e de telecomunicação.
2. De acordo com Alves (2011), A Educação a Distância pode ser considerada a mais democrática das
modalidades de educação, pois se utilizando de tecnologias de informação e comunicação transpõe obstáculos
à conquista do conhecimento.
3. Conforme Chaquimé (2013), o papel do Designer Instrucional o qual tem atribuições da aplicabilidade foi
desenvolvido através do Design Instrucional que é fundamental para o curso em Educação à Distância. Diante
do ensino contemporâneo e as novas metodologias de ensino aprendizagem está atrelado à equipe
multidisciplinar usando os recursos tecnológicos para a comunicação e aplicabilidade do ensino-aprendizagem
do ensino a distância.
4. Carzola e Ramos (2012), destacam a importância do designer instrucional definindo em todas as etapas do
planejamento, o sistema de gerenciamento do processo ensino e aprendizagem, as tecnologias, a
infraestrutura, as diferentes mídias e ferramentas, objetivando oportunizar aos aprendentes, em seus vários
estilos de aprendizagem, caminhos variados para assimilar os conteúdos propostos.
III- METODOLOGIA
Este artigo originou-se por meio de pesquisa bibliográfica e documental, Buscou-se
analisar qual a importância do DI como uma ferramenta essencial no
desenvolvimento do ensino a distância. Foram coletados dados pela internet e
livros por meio de revisão de literatura.
O estudo baseou-se na pesquisa qualitativa, bibliográfica e documental
objetivando a exploração do tema e mostrando que esses profissionais são uma
ótima ferramenta no ensino a distância, e eu cada vez mais possam ser utilizados
na busca por uma educação de melhor qualidade em nosso país.
O processo de aprendizagem não depende apenas do professor como era pregado
antigamente. Hoje, para aprender é necessário algo mais, sendo necessário que se
tenha o interesse estimulado, caso contrário dificilmente alguma metodologia irá
fazer com que se aprenda. É neste sentido que faz-se relevante a atuação do
Design Instrucional na educação on-line para a construção do saber. (ANTUNES,
2001)
IV- PESQUISA REALIZADA
Para a realização deste artigo utilizando a revisão da literatura, foi
considerado um período de abrangência de dez anos, objetivando o estudo
do papel do designer instrucional no ensino a distância no Brasil. Foram
definidas algumas etapas iniciais a fim de estruturar o trabalho e direcionar
os estudos e elaboração da pesquisa. A pesquisa foi iniciada em 03/01/2019
e encerrada em 25/04/2019.
O parâmetro empregado a fim de uma análise dos conteúdos para se
alcançar resultados, bem como as considerações finais foram pré-definidos
e estabelecidos através da pertinência do tema no contexto atual da
Educação a Distância no Brasil, contribuindo com conceitos, ideias, opiniões
e reflexões de autores diversos.
V- ANÁLISE DOS RESULTADOS
Verificou-se que atualmente a nossa sociedade aponta novos modelos e mudanças, às quais refletem as
influências das novas tecnologias no nosso dia a dia, atendendo carências diversas, assim como gerando
outras, e na educação não é diferente, é preciso de investimento no ensino e na aprendizagem de maneira
mais dinâmica, com interatividade e tornando-a mais atrativas para os alunos.
O trabalho do designer instrucional busca um constante desenvolvimento do processo de ensino e
aprendizagem, bem como materiais didáticos formulados.
 Analisando-se como satisfatório o resultado de todo material analisado, de diversos autores, e tendo
como suporte no aluno que precisará ter a sua disposição materiais impressos interativos, com
comunicação e que favorece a construção do conhecimento, foi possível observar neste sistema, a
importância do Designer Instrucional ao apresentar uma alternativa excepcional a fim da democratização
do ensino por meio de educação com qualidade.
 Conhecer o contexto de instrução e os aprendizes envolvidos viabiliza a produção de tais objetivos, que
são fundamentais para a avaliação do desempenho dos alunos e do instrutor além da avaliação da
organização do curso e da seleção de materiais.
 A cada desafio encontrado, os alunos são lançados num processo de busca de novas informações, por
meio de debates e leituras, visando à solução e superação do mesmo. Esse contínuo processo, que envolve
tanto os alunos quanto o cliente e professores, faz com que ocorra uma contínua troca de ideias que
facilitam os ajustes necessários durante a construção da proposta de DI a ser apresentada.
VI- ANÁLISE DOS RESULTADOS E AVALIAÇÃO DA EXPERIÊNCIA
Enquanto professor e elaborador do curso acima descrito, posso afirmar que não basta criar
cursos ou soluções instrucionais sem parâmetros ou critérios. Ser capaz de redigir objetivos
claros, realistas e mensuráveis é uma das principais competências para qualquer profissional
que pretende trabalhar com DI. Conhecer o contexto de instrução e os aprendizes envolvidos
viabiliza a produção de tais objetivos, que são fundamentais para a avaliação do desempenho
dos alunos e do instrutor além da avaliação da organização do curso e da seleção de
materiais.
Sendo assim, por todo exposto a escolha adequada do designer instrucional pode e dever ser
compreendido como essencial para que um curso EAD obtenha o sucesso, atuando da
maneira correta, obedecendo todos os pressupostos implicados, garantindo um ótimo diálogo
entre os membros da equipe multidisciplinar, desta forma, é possível prever problemas
prováveis e retificando no decorrer do curso.
VII- CONSIDERAÇÕES FINAIS
Neste artigo foi observada a importância do designer instrucional como possibilidade real a fim de atender a
demanda nas ações educativas bem elaboradas e amparadas nas metodologias, modelos e organização no
planejamento, bem como a toda uma série de recursos tecnológicos de comunicação e informação acessíveis.
Durante o desenvolvimento do artigo foi possível compreender, de que, uma vez que o curso possua um
formato bem elaborado e plataformas de diálogos adequados, o DI promoverá a busca da autonomia dos
discentes e contextualizando-os.
A experiência dos envolvidos no desenvolvimento do aprendizado nos auxilia a compreender que é viável a
aplicação de um design instrucional de forma contextualizada. Uma vez que, cada passo e instrumentos de
ensino, assim como os conteúdos abordados estarão dentro de um projeto completo o qual será definido
expressamente estruturado em uma assistência tecnológica aplicado com inteligência e dinâmica.
O Ead é modalidade educacional real e flexível, possui custos mais acessíveis e se enquadra de acordo com a
disponibilidade de tempo do cursista, um formato com maior dinamismo e materiais didáticos com amplitude
gigantesca por meio da web, que possibilita uma infinidade de conteúdos, oportuniza uma interação com
diversos sujeitos e regiões diferentes, o que favorece a autonomia e o desenvolvimento da aprendizagem.
De que maneira a sua experiência profissional confirmam ou
refuta as teorias e os estudos anteriores?
E quais as implicações deste trabalho para o seu órgão?
De que forma o estudo contribui para a gestão pública? Quais
limitações estão presentes?
O que pode ser melhorado e ampliado a partir das
limitações?
VIII – AGRADECIMENTOS
A Deus por ter mе dado saúde е força pаrа superar as dificuldades.
Ao Programa de Pós-graduação Lato Sensu (especialização) em Gestão da
Educação Pública da UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO – UNIFESP, em
parceria com o Programa UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL - UAB,
instituído pelo Ministério da Educação/MEC, no âmbito do Programa 1061 –
Brasil Escolarizado, ação 8426 – Formação Inicial e Continuada a Distância
com a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
(CAPES).
A minha família, pelo amor, incentivo е apoio incondicional.
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS (principais)
 ALVES, L. Educação a distância: conceitos e história no Brasil e no mundo. 2011
http://www.abed.org.br/revistacientifica/Revista_PDF_Doc/2011/Artigo_07.pdf.
 BERNARDO, V. Educação à distância: fundamentos. Universidade Federal de São
Paulo UNIFESP.2003.Disponível
em:<http://www.seduc.mt.gov.br/Documents/EducacaoaDistancia.pdf>.
 ANTUNES, C. As inteligências múltiplas e seus estímulos. 7,ed. Campinas, SP. Papirus, 2001.
 CASTILHO, R. Ensino a distância: interatividade e método. São Paulo: Atlas, 2011.
CHAQUIME, L. P.; FIGUEIREDO, A. P. S. O papel do designer instrucional na elaboração de
cursos de educação a distância: exercitando conhecimentos e relatando a experiência. In:
CONGRESSO BRASILEIRO DE ENSINO SUPERIOR A DISTÂNCIA, 10. Belém, 2013.
PAIXÃO, A.L.P.; CAZOLA, I.M.; RAMOS, K.S.L. A Importância Do Design Instrucional Nos
Cursos Virtuais Para Formação Continuada Dos Profissionais Da Educação: Um Estudo De
Caso. Salvador, 2012. Disponível em <http://www.abed.org.br/congresso2012/anais/334f.pdf.
OBRIGADO PELA ATENÇÃO DE TODOS!

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Apresentacao UNIFESP Alexandre Assis_Matricula 108464.pptx

Primeira Aula
Primeira AulaPrimeira Aula
Primeira Aula
referenciais
 
EAD - Aula 1
EAD - Aula 1EAD - Aula 1
EAD - Aula 1
referenciais
 
Apresentação - Prof. José Lucas Pedreira Bueno, Dr.
Apresentação - Prof. José Lucas Pedreira Bueno, Dr.Apresentação - Prof. José Lucas Pedreira Bueno, Dr.
Apresentação - Prof. José Lucas Pedreira Bueno, Dr.
valmirsouto
 
Apresentação - Prof. José Lucas Pedreira Bueno, Dr.
Apresentação - Prof. José Lucas Pedreira Bueno, Dr.Apresentação - Prof. José Lucas Pedreira Bueno, Dr.
Apresentação - Prof. José Lucas Pedreira Bueno, Dr.
valmirsouto
 
Apresentação - Prof. Dr. José Lucas Pedreira
Apresentação - Prof. Dr. José Lucas PedreiraApresentação - Prof. Dr. José Lucas Pedreira
Apresentação - Prof. Dr. José Lucas Pedreira
valmirsouto
 
Apresentação - Prof. José Lucas Pedreira Bueno, Dr.
Apresentação - Prof. José Lucas Pedreira Bueno, Dr.Apresentação - Prof. José Lucas Pedreira Bueno, Dr.
Apresentação - Prof. José Lucas Pedreira Bueno, Dr.
valmirsouto
 
Apresentação - Prof. José Lucas Pedreira Bueno, Dr.
Apresentação - Prof. José Lucas Pedreira Bueno, Dr.Apresentação - Prof. José Lucas Pedreira Bueno, Dr.
Apresentação - Prof. José Lucas Pedreira Bueno, Dr.
valmirsouto
 
EAD - Aula 1
EAD - Aula 1EAD - Aula 1
EAD - Aula 1
referenciais
 
Design instrucional em educação infantil inovação ou necessidade
Design instrucional em educação infantil   inovação ou necessidadeDesign instrucional em educação infantil   inovação ou necessidade
Design instrucional em educação infantil inovação ou necessidade
Angela Santos
 
Curso Elaboração de Projetos
Curso Elaboração de ProjetosCurso Elaboração de Projetos
Curso Elaboração de Projetos
anilzabrasil
 
Curso Elaboração de Projetos
Curso Elaboração de ProjetosCurso Elaboração de Projetos
Curso Elaboração de Projetos
anilzabrasil
 
O PROFESSOR-AUTOR E O USO DE RECURSOS EDUCACIONAIS ABERTOS
O PROFESSOR-AUTOR E O USO DE RECURSOS EDUCACIONAIS ABERTOSO PROFESSOR-AUTOR E O USO DE RECURSOS EDUCACIONAIS ABERTOS
O PROFESSOR-AUTOR E O USO DE RECURSOS EDUCACIONAIS ABERTOS
Joyce Fettermann
 
Socialização ava na_escola_pública
Socialização ava na_escola_públicaSocialização ava na_escola_pública
Socialização ava na_escola_pública
Amorim Albert
 
Artigo/ensaio, Internet e inclusão: otimismos exacerbados e lucidez pedagógica
 Artigo/ensaio,  Internet e inclusão: otimismos exacerbados e lucidez pedagógica Artigo/ensaio,  Internet e inclusão: otimismos exacerbados e lucidez pedagógica
Artigo/ensaio, Internet e inclusão: otimismos exacerbados e lucidez pedagógica
Alan Ciriaco
 
Ufjf dia15 acoes
Ufjf dia15 acoesUfjf dia15 acoes
Ufjf dia15 acoes
Elisabeth Dudziak
 
Relatório formação-plataforma moodle-1
Relatório formação-plataforma moodle-1Relatório formação-plataforma moodle-1
Relatório formação-plataforma moodle-1
fatimaneves28
 
Design didático construindo um caminhar desvelando parcerias
Design didático construindo um caminhar desvelando parceriasDesign didático construindo um caminhar desvelando parcerias
Design didático construindo um caminhar desvelando parcerias
juroanny
 
WebQuest
WebQuestWebQuest
WebQuest
Rayannebatista
 
WebQuest
WebQuestWebQuest
WebQuest
Rayannebatista
 
Referenciaisde ead
Referenciaisde eadReferenciaisde ead
Referenciaisde ead
Augusta Ferreira
 

Semelhante a Apresentacao UNIFESP Alexandre Assis_Matricula 108464.pptx (20)

Primeira Aula
Primeira AulaPrimeira Aula
Primeira Aula
 
EAD - Aula 1
EAD - Aula 1EAD - Aula 1
EAD - Aula 1
 
Apresentação - Prof. José Lucas Pedreira Bueno, Dr.
Apresentação - Prof. José Lucas Pedreira Bueno, Dr.Apresentação - Prof. José Lucas Pedreira Bueno, Dr.
Apresentação - Prof. José Lucas Pedreira Bueno, Dr.
 
Apresentação - Prof. José Lucas Pedreira Bueno, Dr.
Apresentação - Prof. José Lucas Pedreira Bueno, Dr.Apresentação - Prof. José Lucas Pedreira Bueno, Dr.
Apresentação - Prof. José Lucas Pedreira Bueno, Dr.
 
Apresentação - Prof. Dr. José Lucas Pedreira
Apresentação - Prof. Dr. José Lucas PedreiraApresentação - Prof. Dr. José Lucas Pedreira
Apresentação - Prof. Dr. José Lucas Pedreira
 
Apresentação - Prof. José Lucas Pedreira Bueno, Dr.
Apresentação - Prof. José Lucas Pedreira Bueno, Dr.Apresentação - Prof. José Lucas Pedreira Bueno, Dr.
Apresentação - Prof. José Lucas Pedreira Bueno, Dr.
 
Apresentação - Prof. José Lucas Pedreira Bueno, Dr.
Apresentação - Prof. José Lucas Pedreira Bueno, Dr.Apresentação - Prof. José Lucas Pedreira Bueno, Dr.
Apresentação - Prof. José Lucas Pedreira Bueno, Dr.
 
EAD - Aula 1
EAD - Aula 1EAD - Aula 1
EAD - Aula 1
 
Design instrucional em educação infantil inovação ou necessidade
Design instrucional em educação infantil   inovação ou necessidadeDesign instrucional em educação infantil   inovação ou necessidade
Design instrucional em educação infantil inovação ou necessidade
 
Curso Elaboração de Projetos
Curso Elaboração de ProjetosCurso Elaboração de Projetos
Curso Elaboração de Projetos
 
Curso Elaboração de Projetos
Curso Elaboração de ProjetosCurso Elaboração de Projetos
Curso Elaboração de Projetos
 
O PROFESSOR-AUTOR E O USO DE RECURSOS EDUCACIONAIS ABERTOS
O PROFESSOR-AUTOR E O USO DE RECURSOS EDUCACIONAIS ABERTOSO PROFESSOR-AUTOR E O USO DE RECURSOS EDUCACIONAIS ABERTOS
O PROFESSOR-AUTOR E O USO DE RECURSOS EDUCACIONAIS ABERTOS
 
Socialização ava na_escola_pública
Socialização ava na_escola_públicaSocialização ava na_escola_pública
Socialização ava na_escola_pública
 
Artigo/ensaio, Internet e inclusão: otimismos exacerbados e lucidez pedagógica
 Artigo/ensaio,  Internet e inclusão: otimismos exacerbados e lucidez pedagógica Artigo/ensaio,  Internet e inclusão: otimismos exacerbados e lucidez pedagógica
Artigo/ensaio, Internet e inclusão: otimismos exacerbados e lucidez pedagógica
 
Ufjf dia15 acoes
Ufjf dia15 acoesUfjf dia15 acoes
Ufjf dia15 acoes
 
Relatório formação-plataforma moodle-1
Relatório formação-plataforma moodle-1Relatório formação-plataforma moodle-1
Relatório formação-plataforma moodle-1
 
Design didático construindo um caminhar desvelando parcerias
Design didático construindo um caminhar desvelando parceriasDesign didático construindo um caminhar desvelando parcerias
Design didático construindo um caminhar desvelando parcerias
 
WebQuest
WebQuestWebQuest
WebQuest
 
WebQuest
WebQuestWebQuest
WebQuest
 
Referenciaisde ead
Referenciaisde eadReferenciaisde ead
Referenciaisde ead
 

Último

Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
DECIOMAURINARAMOS
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
MarceloMonteiro213738
 
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptxAula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
edivirgesribeiro1
 
slides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentarslides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentar
JoeteCarvalho
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
AmiltonAparecido1
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
MateusTavares54
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
AurelianoFerreirades2
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
LILIANPRESTESSCUDELE
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
wagnermorais28
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
profesfrancleite
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
eaiprofpolly
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
TomasSousa7
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
mamaeieby
 
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdflivro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
cmeioctaciliabetesch
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
lveiga112
 
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.pptLeis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
PatriciaZanoli
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
TomasSousa7
 
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vidakarl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
KleginaldoPaz2
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
SILVIAREGINANAZARECA
 

Último (20)

Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
 
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptxAula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
 
slides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentarslides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentar
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
 
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdflivro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
 
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.pptLeis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
 
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vidakarl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
 

Apresentacao UNIFESP Alexandre Assis_Matricula 108464.pptx

  • 1. TITULO:A IMPORTÂNCIA DO DESIGNER INSTRUCIONAL NO ENSINO A DISTÂNCIA Aluno: Alexandre Evangelista de Assis Matrícula nº 108464 Orientador: Profª. Maria Aparecida de Oliveira Brandão Curso: Gestão da Educação Pública Turma do Ano de 2017 Data da apresentação: 29/06/2019
  • 2. I - INTRODUÇÃO 1. Problema de Pesquisa: Mostrar o uso do design instrucional como uma possibilidade real a fim de solucionar a demanda de ações educacionais 2. Objetivo Geral: Refletir a respeito da atuação do designer instrucional para Ead objetivando o aprendizado do aluno 3. Objetivos Específicos: Analisar que um projeto instrucional bem desenvolvido torna-se um fundamento essencial para a Educação à distância, os ambientes virtuais de aprendizagem e as tecnologias, os quais proporcionam uma educação de qualidade democratizada. Mostrar o enorme potencial dessa ferramenta a fim de atender à necessidade educacional do aluno de ensino a distância, com flexibilidade de tempo, dinâmico e materiais didáticos vastos por conta da internet, favorecendo assim a autonomia e o desenvolvimento do aprendizado. 4. Justificativa: Com as mudanças no âmbito educacional e do desenvolvimento da telecomunicação, através das redes sem fio e dos dispositivos móveis, novas experiências estão sendo inseridas na educação, constituindo outras formas de comunicação e, consequentemente, formas de aprendizagem e da aplicabilidade do conteúdo.
  • 3. II- REFERENCIAL TEÓRICO 1. De acordo com Bernardo (2009), atualmente é crescente o número de instituições e empresas que desenvolvem programas de treinamento de recursos humanos, através da Educação a Distância. As universidades à distância têm incorporado, em seu desenvolvimento histórico, as novas tecnologias de informática e de telecomunicação. 2. De acordo com Alves (2011), A Educação a Distância pode ser considerada a mais democrática das modalidades de educação, pois se utilizando de tecnologias de informação e comunicação transpõe obstáculos à conquista do conhecimento. 3. Conforme Chaquimé (2013), o papel do Designer Instrucional o qual tem atribuições da aplicabilidade foi desenvolvido através do Design Instrucional que é fundamental para o curso em Educação à Distância. Diante do ensino contemporâneo e as novas metodologias de ensino aprendizagem está atrelado à equipe multidisciplinar usando os recursos tecnológicos para a comunicação e aplicabilidade do ensino-aprendizagem do ensino a distância. 4. Carzola e Ramos (2012), destacam a importância do designer instrucional definindo em todas as etapas do planejamento, o sistema de gerenciamento do processo ensino e aprendizagem, as tecnologias, a infraestrutura, as diferentes mídias e ferramentas, objetivando oportunizar aos aprendentes, em seus vários estilos de aprendizagem, caminhos variados para assimilar os conteúdos propostos.
  • 4. III- METODOLOGIA Este artigo originou-se por meio de pesquisa bibliográfica e documental, Buscou-se analisar qual a importância do DI como uma ferramenta essencial no desenvolvimento do ensino a distância. Foram coletados dados pela internet e livros por meio de revisão de literatura. O estudo baseou-se na pesquisa qualitativa, bibliográfica e documental objetivando a exploração do tema e mostrando que esses profissionais são uma ótima ferramenta no ensino a distância, e eu cada vez mais possam ser utilizados na busca por uma educação de melhor qualidade em nosso país. O processo de aprendizagem não depende apenas do professor como era pregado antigamente. Hoje, para aprender é necessário algo mais, sendo necessário que se tenha o interesse estimulado, caso contrário dificilmente alguma metodologia irá fazer com que se aprenda. É neste sentido que faz-se relevante a atuação do Design Instrucional na educação on-line para a construção do saber. (ANTUNES, 2001)
  • 5. IV- PESQUISA REALIZADA Para a realização deste artigo utilizando a revisão da literatura, foi considerado um período de abrangência de dez anos, objetivando o estudo do papel do designer instrucional no ensino a distância no Brasil. Foram definidas algumas etapas iniciais a fim de estruturar o trabalho e direcionar os estudos e elaboração da pesquisa. A pesquisa foi iniciada em 03/01/2019 e encerrada em 25/04/2019. O parâmetro empregado a fim de uma análise dos conteúdos para se alcançar resultados, bem como as considerações finais foram pré-definidos e estabelecidos através da pertinência do tema no contexto atual da Educação a Distância no Brasil, contribuindo com conceitos, ideias, opiniões e reflexões de autores diversos.
  • 6. V- ANÁLISE DOS RESULTADOS Verificou-se que atualmente a nossa sociedade aponta novos modelos e mudanças, às quais refletem as influências das novas tecnologias no nosso dia a dia, atendendo carências diversas, assim como gerando outras, e na educação não é diferente, é preciso de investimento no ensino e na aprendizagem de maneira mais dinâmica, com interatividade e tornando-a mais atrativas para os alunos. O trabalho do designer instrucional busca um constante desenvolvimento do processo de ensino e aprendizagem, bem como materiais didáticos formulados.  Analisando-se como satisfatório o resultado de todo material analisado, de diversos autores, e tendo como suporte no aluno que precisará ter a sua disposição materiais impressos interativos, com comunicação e que favorece a construção do conhecimento, foi possível observar neste sistema, a importância do Designer Instrucional ao apresentar uma alternativa excepcional a fim da democratização do ensino por meio de educação com qualidade.  Conhecer o contexto de instrução e os aprendizes envolvidos viabiliza a produção de tais objetivos, que são fundamentais para a avaliação do desempenho dos alunos e do instrutor além da avaliação da organização do curso e da seleção de materiais.  A cada desafio encontrado, os alunos são lançados num processo de busca de novas informações, por meio de debates e leituras, visando à solução e superação do mesmo. Esse contínuo processo, que envolve tanto os alunos quanto o cliente e professores, faz com que ocorra uma contínua troca de ideias que facilitam os ajustes necessários durante a construção da proposta de DI a ser apresentada.
  • 7. VI- ANÁLISE DOS RESULTADOS E AVALIAÇÃO DA EXPERIÊNCIA Enquanto professor e elaborador do curso acima descrito, posso afirmar que não basta criar cursos ou soluções instrucionais sem parâmetros ou critérios. Ser capaz de redigir objetivos claros, realistas e mensuráveis é uma das principais competências para qualquer profissional que pretende trabalhar com DI. Conhecer o contexto de instrução e os aprendizes envolvidos viabiliza a produção de tais objetivos, que são fundamentais para a avaliação do desempenho dos alunos e do instrutor além da avaliação da organização do curso e da seleção de materiais. Sendo assim, por todo exposto a escolha adequada do designer instrucional pode e dever ser compreendido como essencial para que um curso EAD obtenha o sucesso, atuando da maneira correta, obedecendo todos os pressupostos implicados, garantindo um ótimo diálogo entre os membros da equipe multidisciplinar, desta forma, é possível prever problemas prováveis e retificando no decorrer do curso.
  • 8. VII- CONSIDERAÇÕES FINAIS Neste artigo foi observada a importância do designer instrucional como possibilidade real a fim de atender a demanda nas ações educativas bem elaboradas e amparadas nas metodologias, modelos e organização no planejamento, bem como a toda uma série de recursos tecnológicos de comunicação e informação acessíveis. Durante o desenvolvimento do artigo foi possível compreender, de que, uma vez que o curso possua um formato bem elaborado e plataformas de diálogos adequados, o DI promoverá a busca da autonomia dos discentes e contextualizando-os. A experiência dos envolvidos no desenvolvimento do aprendizado nos auxilia a compreender que é viável a aplicação de um design instrucional de forma contextualizada. Uma vez que, cada passo e instrumentos de ensino, assim como os conteúdos abordados estarão dentro de um projeto completo o qual será definido expressamente estruturado em uma assistência tecnológica aplicado com inteligência e dinâmica. O Ead é modalidade educacional real e flexível, possui custos mais acessíveis e se enquadra de acordo com a disponibilidade de tempo do cursista, um formato com maior dinamismo e materiais didáticos com amplitude gigantesca por meio da web, que possibilita uma infinidade de conteúdos, oportuniza uma interação com diversos sujeitos e regiões diferentes, o que favorece a autonomia e o desenvolvimento da aprendizagem.
  • 9. De que maneira a sua experiência profissional confirmam ou refuta as teorias e os estudos anteriores? E quais as implicações deste trabalho para o seu órgão? De que forma o estudo contribui para a gestão pública? Quais limitações estão presentes? O que pode ser melhorado e ampliado a partir das limitações?
  • 10. VIII – AGRADECIMENTOS A Deus por ter mе dado saúde е força pаrа superar as dificuldades. Ao Programa de Pós-graduação Lato Sensu (especialização) em Gestão da Educação Pública da UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO – UNIFESP, em parceria com o Programa UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL - UAB, instituído pelo Ministério da Educação/MEC, no âmbito do Programa 1061 – Brasil Escolarizado, ação 8426 – Formação Inicial e Continuada a Distância com a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES). A minha família, pelo amor, incentivo е apoio incondicional.
  • 11. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS (principais)  ALVES, L. Educação a distância: conceitos e história no Brasil e no mundo. 2011 http://www.abed.org.br/revistacientifica/Revista_PDF_Doc/2011/Artigo_07.pdf.  BERNARDO, V. Educação à distância: fundamentos. Universidade Federal de São Paulo UNIFESP.2003.Disponível em:<http://www.seduc.mt.gov.br/Documents/EducacaoaDistancia.pdf>.  ANTUNES, C. As inteligências múltiplas e seus estímulos. 7,ed. Campinas, SP. Papirus, 2001.  CASTILHO, R. Ensino a distância: interatividade e método. São Paulo: Atlas, 2011.
  • 12. CHAQUIME, L. P.; FIGUEIREDO, A. P. S. O papel do designer instrucional na elaboração de cursos de educação a distância: exercitando conhecimentos e relatando a experiência. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ENSINO SUPERIOR A DISTÂNCIA, 10. Belém, 2013. PAIXÃO, A.L.P.; CAZOLA, I.M.; RAMOS, K.S.L. A Importância Do Design Instrucional Nos Cursos Virtuais Para Formação Continuada Dos Profissionais Da Educação: Um Estudo De Caso. Salvador, 2012. Disponível em <http://www.abed.org.br/congresso2012/anais/334f.pdf.

Notas do Editor

  1. Preencher os espaços PONTILHADOS ............... ELABORAR NO MÁXIMO 15 (QUINZE) TELAS. ENVIAR A APRESENTAÇÃO PARA O ORIENTADOR PARA REVISÃO ANTES DA APRESENTAÇÃO OFICIAL PARA REVISÃO. COLOCAR TÓPICOS – CUIDADO! TEXTOS LONGOS SÃO PREJUDICIAIS E SUA LEITURA FAZ A APRESENTAÇÃO FICAR CANSATIVA! Tempo: MÁXIMO 15 MINUTOS PARA APRESENTAÇÃO. SUCESSO!
  2. Você deve ser objetivo na sua explicação utilizando-se de tópicos.
  3. Selecionar no mínimo 03 e no máximo 05 autores ou fontes de pesquisa principais que tratam do seu PROBLEMA DE PESQUISA (COLOCAR A CITAÇÃO E O NOME DO AUTOR, DATA, DE ACORDO COM O ARTIGO). Na apresentação justificar explicando a importância das ideias destes autores para a elaboração de seu artigo.
  4. Descrever a estratégia de pesquisa utilizada (citar os autores que referenciam a metodologia de pesquisa que você adotou. Apresentar as principais fontes de pesquisa utilizadas no seu artigo e a data inicial e final que foi realizada (em TÓPICOS).
  5. Descrever como realizou sua pesquisa.
  6. Apresentar as principais análises de resultados de sua pesquisa, no mínimo 3 e no máximo 5.(COLOCAR EM TÓPICOS PARA EXPLICAÇÕES).
  7. Quais foram os resultados alcançados? Se possível coloque os dados em gráficos ou resultados em tabelas – para facilitar a visualização e o entendimento de quem assiste. Avaliação da Experiência Discuta os resultados obtidos, isto é, faça críticas e considerações; descreva as divergências entre os artigos selecionados; faça reflexões utilizando a literatura, mediante citações referenciadas. Compare os resultados dos artigos selecionados entre eles e encontre pontos de concordância e divergência entre os autores Lembre-se: todas as afirmações devem ser referenciadas. (COLOCAR EM TÓPICOS). c) Descrevas os principais resultados de sua pesquisa (questionários; entrevistas; etc.)
  8. Apresentar as considerações finais do artigo – quais foram os resultados alcançados com a pesquisa? Quais as sugestões de melhoria? Quais as limitações da pesquisa? Reúna as ideias principais abordadas no texto. Utilize frases claras, simples e concisas para responder ao objetivo proposto. Isto é, deve ser fundamentada nos resultados, contendo deduções lógicas que correspondam ao(s) objetivo(s) do tema proposto. IMPORTENTE: não deve constar citações ou referência de outras obras, apenas responda aos objetivos de forma breve. Dicas a seguir. o De que maneira a sua experiência profissional confirmam ou refuta as teorias e os estudos anteriores? o E quais as implicações deste trabalho para o seu órgão? o De que forma o estudo contribui para a gestão pública? Quais limitações estão presentes? o O que pode ser melhorado e ampliado a partir das limitações? (COLOCAR SEMPRE EM TÓPICOS).
  9. IMPORTANTE - Formato padrão de Agradecimento – Favor manter.
  10. Selecionar no mínimo 05 e no máximo 07 referências que interferiram no seu trabalho (principais autores que tiveram influência no seu artigo).
  11. Agradeça a todos pela atenção dispensada. E aguarde para que possam fazer as perguntas sobre o artigo. Fique tranquilo e encare as perguntas como contribuições para o artigo! Receba todas as sugestões e se possível anote. Seja cordial pois teremos tempo para melhorar o artigo. NÃO INTERROMPA QUANDO A BANCA ESTIVER PERGUNTANDO – SEMPRE FIXE SUAS RESPOSTAS COM AJUDA DOS DOS ARGUMENTOS DE SEU ORIENTADOR QUE ACOMPANHOU TODO O ANDAMENTO DO ARTIGO – O TRABALHO DE PARCERIA É FUNDAMENTAL! O objetivo da banca é contribuir para melhorarmos nosso trabalho ok? SUCESSO!