SlideShare uma empresa Scribd logo
AMBIENTES DE APRENDIZAGEM
PERSUASIVOS
ALEX SANDRO GOMES, CIN UFPE
HTTP://CCTE.CIN.UFPE.BR
#WEAREOPENREDU
AGENDA
• I. JUSTIFICATIVA
• II. DESIGN PERSUASIVO
• III. AMBIENTES DE APRENDIZAGEM PERSUASIVOS
• A. AMADEUS | LEARNING MANAGEMENT SYSTEM
• B. OPENREDU | SOCIAL LEARNING
• C. YOUUBI | UBIQUITOUS LEARNING
PARTE I.
JUSTIFICATIVA
A ORIGEM DO PROBLEMA
KÖNIGLICH PREUßISCHE ARMEE
O imperador alemão Guilherme II revistando suas tropas prussianas, por Carl Röchling.
DIÁLOGO, ESTRUTURA E AUTONOMIA
SILVA, JOÃO CARLOS SEDRAZ ET AL. ANÁLISE DO ENGAJAMENTO DE ESTUDANTES COM BASE NA DISTÂNCIA
TRANSACIONAL A PARTIR DA MINERAÇÃO DE DADOS EDUCACIONAIS. RENOTE, V. 14, N. 1.
COMPETÊNCIAS NÃO-
COGNITIVAS
AUTORREGULAÇÃO DO APRENDIZADO
CORREGULAÇÃO DO APRENDIZADO
DE SOUZA, Heitor Gurgulino et al. Reflections on the
Future of Global Higher Education WAAS Conference
Report. Cadum, v. 2, n. 1, p. 62, 2013.
4ª REVOLUÇÃO INDUSTRIAL
https://www.weforum.org/focus/the-fourth-industrial-revolution
COMPETÊNCIAS
PARA O SÉCULO
XXI
APEC’2008 EDUCATION REFORM
SYMPOSIUM IN XI'AN, CHINA, DEFINE THE
21 (21CC) 21ST CENTURY SKILLS AND
COMPETENCES FOR NEW MILLENNIUM
LEARNERS IN OECD COUNTRIES:
• SELF-REGULATION OF LEARNING
• LEARNING AS ACTIVE CONSTRUCTION
OF KNOWLEDGE
• COLLABORATIVE LEARNING
www.apec.org
L.O.U.CO, PORTO DIGITAL, PE
METODOLOGIAS
ATIVAS
BRUNO, SANDRA; MUNOZ, GREGORY.
EDUCATION AND INTERACTIVISM: LEVELS
OF INTERACTION INFLUENCING LEARNING
PROCESSES. NEW IDEAS IN PSYCHOLOGY,
V. 28, N. 3, P. 365-379, 2010.
METODOLOGIAS
ATIVAS
ANDERSON, T. TOWARD A
THEORY OF ONLINE LEARNING.
THEORY AND PRACTICE OF ONLINE
LEARNING. CANADÁ: ATHABASCA
UNIVERSITY, 2004. DISPONÍVEL EM:
<CDE.ATHABASCAU.CA/ONLINE_BOO
K/> ACESSO EM: MAIO 2016
PARTE II.
DESIGN PERSUASIVO
PERSUASIVE DESIGN
INFLUENCE POSITIVELY HUMAN BEHAVIOR
PERSUASIVE DESIGN |
EXAMPLE: SPORT
INFLUENCE POSITIVELY HUMAN BEHAVIOR
http://www.fitbit.com/flex
PERSUASIVE DESIGN |
EXAMPLE: HEALTH
THE NEW UP APP USES YOUR
COMPATIBLE PHONE OR SMART WATCH TO
TRACK YOUR MOVEMENT, LETS YOU LOG
FOOD AND SLEEP, THEN SHOWS YOU
HOW TO MAKE SIMPLE ADJUSTMENTS
THAT, OVER TIME, ADD UP TO A WHOLE
NEW YOU.
https://jawbone.com/up/app
USER MENTAL MODEL
PAYNE, STEPHEN J. USERS' MENTAL
MODELS: THE VERY IDEAS. HCI
MODELS, THEORIES, AND
FRAMEWORKS: TOWARD A
MULTIDISCIPLINARY SCIENCE, P. 135-
156, 2003.
“This analytic orientation
inspires four key shifts in
our approach to HCI4D
efforts: generative models
of culture, development
a historical program,
uneven economic
and cultural
epistemologies.”
IRANI, Lilly et al. Postcolonial computing: a lens on design and development.
In: Proceedings of the SIGCHI conference on human factors in computing systems.
ACM, 2010. p. 1311-1320.
PARTE III.A
AMBIENTES PERSUASIVOS DE APRENDIZAGEM
LEARNING MANAGEMENT SYSTEM | AMADEUS
LMS |AMADEUS
• HTTPS://SOFTWAREPUBLICO.GOV.BR/SOCIAL/AMADEUS
• HTTPS://GITHUB.COM/AMADEUSPROJECT [CÓDIGO]
• HTTPS://AMADEUSLMS.UNIVASF.EDU.BR [EM USO]
• SOFTWARE PÚBLICO BRASILEIRO (IN Nº 4 PRESIDÊNCIA)
• CÓDIGO ABERTO E LIVRE (GPL 2)
• PROPÓSITO SEMELHANTE AO DO MOODLE
• DESENVOLVIMENTO COORDENADO POR DOCENTES DA
UFPE E UNIVASF
• EVOLUÇÃO CONTÍNUA COM O APOIO DE ESTUDANTES DA
UFPE E UNIVASF
A autorregulação da aprendizagem é a capacidade de os sujeitos definir
e atingir metas de aprendizagem de forma autônoma
Autorregulaçã
da
Aprendizagem
Gestão do Tempo
Estabelecimento de
metas
Estruturação do
Ambiente
Estratégia para
realização de tarefas
Busca por ajuda
Autoavaliação
MELO FILHO, I. J.; GOMES, ALEX SANDRO; CARVALHO, R. S. ACOMPANHAMENTO FORMATIVO NO E-LEARNING
VIABILIZADOS PELA INTEGRAÇÃO ENTRE LEARNING MANAGEMENT SYSTEMS E PERSONAL LEARNING ENVIRONMENTS.
IN: ANAIS DO DESAFIE-III WORKSHOP DE DESAFIOS DA COMPUTAÇÃO APLICADA À EDUCAÇÃO-
DESAFIE2014-. BRASÍLIA: SBC-SOCIEDADE BRASILEIRA DE COMPUTAÇÃO. 2014. P. 607-617.
•DE MELO FILHO, IVANILDO JOSÉ; GOMES,
ALEX SANDRO; KORHONEN, ANNE-MARIA.
EXPLORING POSSIBILITIES FOR TEACHERS
ACCOMPANY LEARNERS FORMATIVELY IN
VOCATIONAL EDUCATION AND TRAINING
(VET): DEVELOPING A SERVICE BETWEEN
EDUCATIONAL CONTEXTS LMS AND PLE. IN:
CSCL2015 - 11TH INTERNATIONAL
CONFERENCE ON COMPUTER SUPPORTED
COLLABORATIVE LEARNING - TUTORIAL ON
CSCL IN VOCATIONAL EDUCATION AND
TRAINING: THE CURRENT CRITICAL STATE AND
FUTURE PROSPECTS, AT GOTHENBURG -
SWEDEN
CADMO
FERRAMENTA COMPUTACIONAL PARA
REGULAÇÃO SOCIAL DO DISCENTE
CARVALHO, Rosângela Saraiva;
MELO FILHO, Ivanildo J.; GOMES,
Alex Sandro. Dificuldades no
Acompanhamento do Discente na
Modalidade Blended Learning:
Proposta de uma Ferramenta
Computacional para Auxiliar o
Docente. Conferencias LACLO, v.
5, n. 1, 2015.
EDUCATIONAL DATA MINING | EDM
SILVA, RICARDO ET AL. MINERAÇÃO DE DADOS EDUCACIONAIS NA ANÁLISE DAS INTERAÇÕES DOS ALUNOS EM UM
AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM. IN: ANAIS DO SIMPÓSIO BRASILEIRO DE INFORMÁTICA NA EDUCAÇÃO. 2015.
P. 1197.
EDM | DISTÂNCIA TRANSACIONAL
RAMOS, JORGE LUIS CAVALCANTI ET AL. ANALISANDO FATORES QUE AFETAM O DESEMPENHO DE ESTUDANTES
INICIANTES EM UM CURSO A DISTÂNCIA. IN: ANAIS DO SIMPÓSIO BRASILEIRO DE INFORMÁTICA NA EDUCAÇÃO. 2014.
P. 99.
EDM | MODELOS PREDITIVOS DE EVASÃO
RAMOS, JORGE LUIS CAVALCANTI ET AL. ANALISANDO FATORES QUE AFETAM O DESEMPENHO DE ESTUDANTES
INICIANTES EM UM CURSO A DISTÂNCIA. IN: BRAZILIAN SYMPOSIUM ON COMPUTERS IN EDUCATION (SIMPÓSIO
BRASILEIRO DE INFORMÁTICA NA EDUCAÇÃO-SBIE). 2014. P. 99.
PARTE III.B
REDES SOCIAIS EDUCATIVAS – OPENREDU
SOCIAL LEARNING
REDE SOCIAL
EDUCATIVA OPENREDU
INVESTIMENTO: R$ 1.600.00,00
INÍCIO: 2010
CAPACIDADE 700.000 (35.000)
LICENÇA: GPL 2
COORDENAÇÃO: UFPE
DIFERENCIAIS DO OPENREDU EM RELAÇÃO A LMS
• SIMPLICIDADE DE USO E DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES
• ARQUITETURA DE INFORMAÇÃO QUE FACILITA A ORGANIZAÇÃO DE MATERIAIS DIGITAIS
• ADOÇÃO DE GÊNERO DIGITAL QUE ELIMINA PROBLEMAS DE COMUNICAÇÃO DE FÓRUNS
• PERMITE O ACOMPANHAMENTO DA APRENDIZAGEM POR MEIO DE VISUALIZAÇÕES
• POSSUI FERRAMENTAS PARA AVALIAÇÃO CONTINUADA E FORMATIVA
• POSSUI UMA API BIDIRECIONAL PARA IMPORTAÇÃO E EXPORTAÇÃO DE DADOS GERENCIAIS
• POSSUI UM REPOSITÓRIO DE OBJETOS DE APRENDIZAGEM INTEGRADO
SIMPLICIDADE DE USO
E DE FORMAÇÃO DE
PROFESSORES
JOÃO, MATTAR. FÓRUNS DE DISCUSSÃO
EM EDUCAÇÃO À DISTÂNCIA: MOODLE,
FACEBOOK E REDU. TECNOLOGIA
EDUCACIONAL, P. 6-17, 2013.IEEE
RODRIGUES, RODRIGO LINS ET AL.
DISCOVERY ENGAGEMENT PATTERNS
MOOCS THROUGH CLUSTER
ANALYSIS. IEEE LATIN AMERICA
TRANSACTIONS, V. 14, N. 9, P. 4129-
4135, 2016.
ARQUITETURA DE
INFORMAÇÃO QUE
FACILITA A
ORGANIZAÇÃO DE
MATERIAIS DIGITAIS
ADOÇÃO DE GÊNERO
DIGITAL QUE ELIMINA
PROBLEMAS DE
COMUNICAÇÃO DE
FÓRUNS
GOMES, ALEX SANDRO; ROLIM, ANA
LUIZA; SOUZA, FLÁVIA VELOSO COSTA.
PLATAFORMA SOCIAL EDUCACIONAL
NAS NUVENS: VANTAGENS DO USO E
COLABORAÇAO. 18° CIAED
CONGRESSO INTERNACIONAL ABED DE
EAD, AT SÃO LUIZ, MA, 2012.
PERMITE O
ACOMPANHAMENTO DA
APRENDIZAGEM POR
MEIO DE VISUALIZAÇÕES
NOVA JÚNIOR, HENRIQUE DE AGUIAR
SÁ VILA. VISUALIZAÇÃO DE INFORMAÇÃO
COMO FERRAMENTA DE AUXÍLIO NA
AVALIAÇÃO FORMATIVA EM EDUCAÇÃO A
DISTÂNCIA. 2010. 96 F. DISSERTAÇÃO
(MESTRADO) - CURSO DE PÓS-
GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DA
COMPUTAÇÃO UFPE, CENTRO DE
INFORMÁTICA, UNIVERSIDADE FEDERAL DE
PERNAMBUCO, RECIFE, 2010. DISPONÍVEL
EM:
<HTTP://REPOSITORIO.UFPE.BR/HANDLE/1
23456789/2407>. ACESSO EM: 19 SET.
2017.
POSSUI FERRAMENTAS
PARA AVALIAÇÃO
CONTINUADA E
FORMATIVA
POSSUI UMA API
BIDIRECIONAL PARA
IMPORTAÇÃO E
EXPORTAÇÃO DE DADOS
GERENCIAIS
IMPORTAÇÃO E EXPORTAÇÃO DE DADOS
HTTP://DEVELOPERS.OPENREDU.ORG/
POSSUI UM REPOSITÓRIO
DE OBJETOS DE
APRENDIZAGEM
INTEGRADO
SANTANA, BIANCA; ROSSINI, CAROLINA;
PRETTO, NELSON DE LUCA. RECURSOS
EDUCACIONAIS ABERTOS. PRÁTICAS
COLABORATIVAS E POLÍTICAS PÚBLICAS. SÃO
PAULO/SALVADOR: CASA DA CULTURA DIGITAL
E EDUFBA. DISPONÍVEL EM: HTTP://WWW.
LIVROREA. NET. BR/LIVRO/LIVROREA-1EDICAO-
MAI2012. PDF.[GOOGLE SCHOLAR], 2012.
LICENÇA GPL 2
#WEAREOPENREDU
•HTTP://OPENREDU.ORG [OFICIAL]
•HTTP://FORUM.OPENREDU.ORG
•HTTP://HELP.OPENREDU.ORG
•HTTP://DEVELOPERS.OPENREDU.ORG
CORREGULAÇÃO
ROLIM, ANA LUIZA ET AL. DESIGN DE UM ARTEFATO SOCIAL PARA AVALIAÇÃO FORMADORA. REVISTA DE
INFORMÁTICA APLICADA, V. 10, N. 1, 2014.
CORREGULAÇÃO
ROLIM, ANA LUIZA ET AL. DESIGN DE UM ARTEFATO SOCIAL PARA AVALIAÇÃO FORMADORA. REVISTA DE
INFORMÁTICA APLICADA, V. 10, N. 1, 2014.
http://mooc.educacao.pe.gov.br
2015~2017 |
TRANSFERÊNCIA DE
TECNOLOGIA
2015~2017 |
TRANSFERÊNCIA DE
TECNOLOGIA
Público alvo Quantidade
Alunos do 9º ano do ensino fundamental 5.500
Alunos do 3º ano do ensino médio 11.000
Total de alunos 16.500
Gestores e adjuntos 194
Educadores de apoio e apoio pedagógico 90
Professores técnicos de português e de matemática 12
Professores de reforço de português e de matemática 32
Professores regulares de português e de matemática 1200
2015~2017 |
TRANSFERÊNCIA DE
TECNOLOGIA
http://openredu.org
PARTE III.C
AMBIENTES VISTUAL DE APRENDIZADO UBÍQUO
UBIQUITOUS LEARNING
APRENDIZADO
SIGNIFICATIVO UBÍQUO
DE SOUSA MONTEIRO, BRUNO;
GOMES, ALEX SANDRO; NETO,
FRANCISCO MILTON MENDES. YOUUBI:
OPEN SOFTWARE FOR UBIQUITOUS
LEARNING. COMPUTERS IN HUMAN
BEHAVIOR, V. 55, P. 1145-1164, 2016.
U-LEARNING REFERENCE ARCHITECTURE
DE SOUSA MONTEIRO, BRUNO; GOMES, ALEX SANDRO; NETO, FRANCISCO MILTON MENDES.
YOUUBI: OPEN SOFTWARE FOR UBIQUITOUS LEARNING. COMPUTERS IN HUMAN BEHAVIOR, 2014.
GEOLOCALIZAÇÃO
ESTILO DE INTERAÇÃO BASEADO EM
SENSORES
DESAFIOS
DESAFIOS SÃO SUGERIDOS NOS LOCAIS
NOS QUAIS O CONTEÚDO ESTÁ
RELACIONADO COM O CONTEXTO
RECOMENDAÇÃO
INTELIGÊNCIA
ARTIFICIAL
• PESSOAS
• CONTEÚDOS
• DESAFIOS
• GRUPOS
55
COMUNICAÇÃO
ARTICULAÇÃO ENTRE PARTICIPANTES DE
UM GRUPO
GAMIFICAÇÃO
MECÂNICAS DE GAMIFICAÇÃO PARA
PROMOVER ENGAJAMENTO
UBIQUITOUS LEARNING DATA ANALYSIS
BRITO, JOSILENE ALMEIDA ET AL. MEANINGFUL LEARNING IN U-LEARNING ENVIRONMENTS: AN EXPERIENCE IN VOCATIONAL EDUCATION.
IN: CONFERENCE ON SMART LEARNING ECOSYSTEMS AND REGIONAL DEVELOPMENT. SPRINGER, CHAM, 2017. P. 31-38.
SECOND WEEK
SECOND WEEK
FORTH WEEK
¡GRACIAS!
THANK YOU!
OBRIGADO
HTTP://CCTE.CIN.UFPE.BR

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Ambientes de aprendizagem persuasivos

Um breve estudo sobre ensino à distância ead
Um breve estudo sobre ensino à distância   eadUm breve estudo sobre ensino à distância   ead
Um breve estudo sobre ensino à distância ead
tcelribeiro
 
Ambientes de aprendizagem persuasivos
Ambientes de aprendizagem persuasivosAmbientes de aprendizagem persuasivos
Ambientes de aprendizagem persuasivos
UFPE
 
A TI como agente transformador das experiências de aprendizagem nas universi...
A TI como agente transformador das experiências de aprendizagem nas universi...A TI como agente transformador das experiências de aprendizagem nas universi...
A TI como agente transformador das experiências de aprendizagem nas universi...
UFPE
 
Aula Magna de Design de Experiências de Aprendizagem Acontece na Univali
Aula Magna de Design de Experiências de Aprendizagem Acontece na UnivaliAula Magna de Design de Experiências de Aprendizagem Acontece na Univali
Aula Magna de Design de Experiências de Aprendizagem Acontece na Univali
UFPE
 
Uso das tecnologias moveis na educação superior
Uso das tecnologias moveis na educação superiorUso das tecnologias moveis na educação superior
Uso das tecnologias moveis na educação superior
Secretaria de Educação de Goiás
 
Code o ensino de linguagens de programação educativas como ferramentas de e...
Code   o ensino de linguagens de programação educativas como ferramentas de e...Code   o ensino de linguagens de programação educativas como ferramentas de e...
Code o ensino de linguagens de programação educativas como ferramentas de e...
Francisco Eudes Almeida
 
Ea d apresentação
Ea d apresentaçãoEa d apresentação
Ea d apresentação
Andréa Thees
 
Midias na educação
Midias na educaçãoMidias na educação
Midias na educação
Ivanderson da Silva
 
Análise dos Dados E.E.M. Macário Borba
Análise dos Dados E.E.M. Macário BorbaAnálise dos Dados E.E.M. Macário Borba
Análise dos Dados E.E.M. Macário Borba
jana_ramos
 
Formacaoprofessoresinformaticaeducativa
FormacaoprofessoresinformaticaeducativaFormacaoprofessoresinformaticaeducativa
Formacaoprofessoresinformaticaeducativa
Cesar Martins
 
Experiências de aprendizagem aberta, flexível e a distância para a 4ª revoluç...
Experiências de aprendizagem aberta, flexível e a distância para a 4ª revoluç...Experiências de aprendizagem aberta, flexível e a distância para a 4ª revoluç...
Experiências de aprendizagem aberta, flexível e a distância para a 4ª revoluç...
UFPE
 
PráTica PedagóGica E MíDias Digitais
PráTica PedagóGica E MíDias DigitaisPráTica PedagóGica E MíDias Digitais
PráTica PedagóGica E MíDias Digitais
LILIANE OLIVEIRA
 
Ntics usodenovastecnologiasnoensinoadistancia-110717082518-phpapp02
Ntics usodenovastecnologiasnoensinoadistancia-110717082518-phpapp02Ntics usodenovastecnologiasnoensinoadistancia-110717082518-phpapp02
Ntics usodenovastecnologiasnoensinoadistancia-110717082518-phpapp02
Silmar Pereira
 
Ntics uso de novas tecnologias no ensino a distancia
Ntics   uso de novas tecnologias no ensino a distanciaNtics   uso de novas tecnologias no ensino a distancia
Ntics uso de novas tecnologias no ensino a distancia
robertolima
 
Reunião docentes
Reunião docentesReunião docentes
Reunião docentes
Literacia_Digital
 
Identificação de Fatores Facilitadores da Utilização de Recursos Educativos D...
Identificação de Fatores Facilitadores da Utilização de Recursos Educativos D...Identificação de Fatores Facilitadores da Utilização de Recursos Educativos D...
Identificação de Fatores Facilitadores da Utilização de Recursos Educativos D...
Cornélia Castro
 
Apresentação Monografia UEMA.pptx
Apresentação Monografia UEMA.pptxApresentação Monografia UEMA.pptx
Apresentação Monografia UEMA.pptx
JooLinhares9
 
Tecnologias educação visual
Tecnologias educação visualTecnologias educação visual
Tecnologias educação visual
Agrupamento Elias Garcia Sobreda
 
Lousa Digital: Perspectivas Pedagógicas
Lousa Digital: Perspectivas PedagógicasLousa Digital: Perspectivas Pedagógicas
Lousa Digital: Perspectivas Pedagógicas
Secretaria de Educação do Estado de São Paulo
 
Tecnologias de Informação e Comunicação na Educação - Prof.Ms.Vicente Willians
Tecnologias de Informação e Comunicação na Educação - Prof.Ms.Vicente WilliansTecnologias de Informação e Comunicação na Educação - Prof.Ms.Vicente Willians
Tecnologias de Informação e Comunicação na Educação - Prof.Ms.Vicente Willians
vicente nunes
 

Semelhante a Ambientes de aprendizagem persuasivos (20)

Um breve estudo sobre ensino à distância ead
Um breve estudo sobre ensino à distância   eadUm breve estudo sobre ensino à distância   ead
Um breve estudo sobre ensino à distância ead
 
Ambientes de aprendizagem persuasivos
Ambientes de aprendizagem persuasivosAmbientes de aprendizagem persuasivos
Ambientes de aprendizagem persuasivos
 
A TI como agente transformador das experiências de aprendizagem nas universi...
A TI como agente transformador das experiências de aprendizagem nas universi...A TI como agente transformador das experiências de aprendizagem nas universi...
A TI como agente transformador das experiências de aprendizagem nas universi...
 
Aula Magna de Design de Experiências de Aprendizagem Acontece na Univali
Aula Magna de Design de Experiências de Aprendizagem Acontece na UnivaliAula Magna de Design de Experiências de Aprendizagem Acontece na Univali
Aula Magna de Design de Experiências de Aprendizagem Acontece na Univali
 
Uso das tecnologias moveis na educação superior
Uso das tecnologias moveis na educação superiorUso das tecnologias moveis na educação superior
Uso das tecnologias moveis na educação superior
 
Code o ensino de linguagens de programação educativas como ferramentas de e...
Code   o ensino de linguagens de programação educativas como ferramentas de e...Code   o ensino de linguagens de programação educativas como ferramentas de e...
Code o ensino de linguagens de programação educativas como ferramentas de e...
 
Ea d apresentação
Ea d apresentaçãoEa d apresentação
Ea d apresentação
 
Midias na educação
Midias na educaçãoMidias na educação
Midias na educação
 
Análise dos Dados E.E.M. Macário Borba
Análise dos Dados E.E.M. Macário BorbaAnálise dos Dados E.E.M. Macário Borba
Análise dos Dados E.E.M. Macário Borba
 
Formacaoprofessoresinformaticaeducativa
FormacaoprofessoresinformaticaeducativaFormacaoprofessoresinformaticaeducativa
Formacaoprofessoresinformaticaeducativa
 
Experiências de aprendizagem aberta, flexível e a distância para a 4ª revoluç...
Experiências de aprendizagem aberta, flexível e a distância para a 4ª revoluç...Experiências de aprendizagem aberta, flexível e a distância para a 4ª revoluç...
Experiências de aprendizagem aberta, flexível e a distância para a 4ª revoluç...
 
PráTica PedagóGica E MíDias Digitais
PráTica PedagóGica E MíDias DigitaisPráTica PedagóGica E MíDias Digitais
PráTica PedagóGica E MíDias Digitais
 
Ntics usodenovastecnologiasnoensinoadistancia-110717082518-phpapp02
Ntics usodenovastecnologiasnoensinoadistancia-110717082518-phpapp02Ntics usodenovastecnologiasnoensinoadistancia-110717082518-phpapp02
Ntics usodenovastecnologiasnoensinoadistancia-110717082518-phpapp02
 
Ntics uso de novas tecnologias no ensino a distancia
Ntics   uso de novas tecnologias no ensino a distanciaNtics   uso de novas tecnologias no ensino a distancia
Ntics uso de novas tecnologias no ensino a distancia
 
Reunião docentes
Reunião docentesReunião docentes
Reunião docentes
 
Identificação de Fatores Facilitadores da Utilização de Recursos Educativos D...
Identificação de Fatores Facilitadores da Utilização de Recursos Educativos D...Identificação de Fatores Facilitadores da Utilização de Recursos Educativos D...
Identificação de Fatores Facilitadores da Utilização de Recursos Educativos D...
 
Apresentação Monografia UEMA.pptx
Apresentação Monografia UEMA.pptxApresentação Monografia UEMA.pptx
Apresentação Monografia UEMA.pptx
 
Tecnologias educação visual
Tecnologias educação visualTecnologias educação visual
Tecnologias educação visual
 
Lousa Digital: Perspectivas Pedagógicas
Lousa Digital: Perspectivas PedagógicasLousa Digital: Perspectivas Pedagógicas
Lousa Digital: Perspectivas Pedagógicas
 
Tecnologias de Informação e Comunicação na Educação - Prof.Ms.Vicente Willians
Tecnologias de Informação e Comunicação na Educação - Prof.Ms.Vicente WilliansTecnologias de Informação e Comunicação na Educação - Prof.Ms.Vicente Willians
Tecnologias de Informação e Comunicação na Educação - Prof.Ms.Vicente Willians
 

Mais de UFPE

Metodologias ativas, híbridas e criativas em tempos de pandemia
Metodologias ativas, híbridas e criativas em tempos de pandemiaMetodologias ativas, híbridas e criativas em tempos de pandemia
Metodologias ativas, híbridas e criativas em tempos de pandemia
UFPE
 
"RECONSTRUINDO" A FORMAÇÃO DE PROFESSORES DA EDUCAÇÃO INFANTIL E DOS ANOS INI...
"RECONSTRUINDO" A FORMAÇÃO DE PROFESSORES DA EDUCAÇÃO INFANTIL E DOS ANOS INI..."RECONSTRUINDO" A FORMAÇÃO DE PROFESSORES DA EDUCAÇÃO INFANTIL E DOS ANOS INI...
"RECONSTRUINDO" A FORMAÇÃO DE PROFESSORES DA EDUCAÇÃO INFANTIL E DOS ANOS INI...
UFPE
 
Ensino remoto: quinze anos em quinze dias?
Ensino remoto: quinze anos em quinze dias?Ensino remoto: quinze anos em quinze dias?
Ensino remoto: quinze anos em quinze dias?
UFPE
 
Revolução 4.0 na educação - potencialidades e desafios
Revolução 4.0 na educação - potencialidades e desafiosRevolução 4.0 na educação - potencialidades e desafios
Revolução 4.0 na educação - potencialidades e desafios
UFPE
 
De moderno e contemporâneo da Informática na Educação no Brasil: abordagens s...
De moderno e contemporâneo da Informática na Educação no Brasil: abordagens s...De moderno e contemporâneo da Informática na Educação no Brasil: abordagens s...
De moderno e contemporâneo da Informática na Educação no Brasil: abordagens s...
UFPE
 
Juntos pelo saber
Juntos pelo saberJuntos pelo saber
Juntos pelo saber
UFPE
 
2018 2019 Rotary Club Recife Encanta Moça projects + board of directors fr
2018 2019 Rotary Club Recife Encanta Moça projects + board of directors fr2018 2019 Rotary Club Recife Encanta Moça projects + board of directors fr
2018 2019 Rotary Club Recife Encanta Moça projects + board of directors fr
UFPE
 
Environnements d'apprentissage persuasifs
Environnements d'apprentissage persuasifsEnvironnements d'apprentissage persuasifs
Environnements d'apprentissage persuasifs
UFPE
 
Lessons planning instrumental genesis: between teachers’ instrument systems a...
Lessons planning instrumental genesis: between teachers’ instrument systems a...Lessons planning instrumental genesis: between teachers’ instrument systems a...
Lessons planning instrumental genesis: between teachers’ instrument systems a...
UFPE
 
Projeto Estante Aberta
Projeto Estante AbertaProjeto Estante Aberta
Projeto Estante Aberta
UFPE
 
Posse do Conselho Diretor Rotary Club Encanta Moça 2018-2019
Posse do Conselho Diretor Rotary Club Encanta Moça 2018-2019Posse do Conselho Diretor Rotary Club Encanta Moça 2018-2019
Posse do Conselho Diretor Rotary Club Encanta Moça 2018-2019
UFPE
 
A evolução do modelo atual de educação: Formação de professores e tecnologias...
A evolução do modelo atual de educação: Formação de professores e tecnologias...A evolução do modelo atual de educação: Formação de professores e tecnologias...
A evolução do modelo atual de educação: Formação de professores e tecnologias...
UFPE
 
O futuro da educação e a importância de universidades e escolas mais empr...
O futuro da educação  e a importância de universidades e escolas mais empr...O futuro da educação  e a importância de universidades e escolas mais empr...
O futuro da educação e a importância de universidades e escolas mais empr...
UFPE
 
Meaningful learning in u learning environments- an experience in vocational e...
Meaningful learning in u learning environments- an experience in vocational e...Meaningful learning in u learning environments- an experience in vocational e...
Meaningful learning in u learning environments- an experience in vocational e...
UFPE
 
Smart, seamless and lifelong learning environments
Smart, seamless and lifelong learning environmentsSmart, seamless and lifelong learning environments
Smart, seamless and lifelong learning environments
UFPE
 
Raciocínios de engenharia e de design para a inovação em uma era pós-colonial
Raciocínios de engenharia e de design para a inovação em uma era pós-colonialRaciocínios de engenharia e de design para a inovação em uma era pós-colonial
Raciocínios de engenharia e de design para a inovação em uma era pós-colonial
UFPE
 
Processos inovadores que facilitam a aprendizagem
Processos inovadores que facilitam a aprendizagemProcessos inovadores que facilitam a aprendizagem
Processos inovadores que facilitam a aprendizagem
UFPE
 
Objetos de aprendizagem do ‘desenho’ ao ‘mercado’... uma trajetória
Objetos de aprendizagem do ‘desenho’ ao ‘mercado’... uma trajetória Objetos de aprendizagem do ‘desenho’ ao ‘mercado’... uma trajetória
Objetos de aprendizagem do ‘desenho’ ao ‘mercado’... uma trajetória
UFPE
 
Youubi tech spin
Youubi tech spinYouubi tech spin
Youubi tech spin
UFPE
 
Novas tecnologias e a educação - Parte 2 2
Novas tecnologias e a educação - Parte 2 2Novas tecnologias e a educação - Parte 2 2
Novas tecnologias e a educação - Parte 2 2
UFPE
 

Mais de UFPE (20)

Metodologias ativas, híbridas e criativas em tempos de pandemia
Metodologias ativas, híbridas e criativas em tempos de pandemiaMetodologias ativas, híbridas e criativas em tempos de pandemia
Metodologias ativas, híbridas e criativas em tempos de pandemia
 
"RECONSTRUINDO" A FORMAÇÃO DE PROFESSORES DA EDUCAÇÃO INFANTIL E DOS ANOS INI...
"RECONSTRUINDO" A FORMAÇÃO DE PROFESSORES DA EDUCAÇÃO INFANTIL E DOS ANOS INI..."RECONSTRUINDO" A FORMAÇÃO DE PROFESSORES DA EDUCAÇÃO INFANTIL E DOS ANOS INI...
"RECONSTRUINDO" A FORMAÇÃO DE PROFESSORES DA EDUCAÇÃO INFANTIL E DOS ANOS INI...
 
Ensino remoto: quinze anos em quinze dias?
Ensino remoto: quinze anos em quinze dias?Ensino remoto: quinze anos em quinze dias?
Ensino remoto: quinze anos em quinze dias?
 
Revolução 4.0 na educação - potencialidades e desafios
Revolução 4.0 na educação - potencialidades e desafiosRevolução 4.0 na educação - potencialidades e desafios
Revolução 4.0 na educação - potencialidades e desafios
 
De moderno e contemporâneo da Informática na Educação no Brasil: abordagens s...
De moderno e contemporâneo da Informática na Educação no Brasil: abordagens s...De moderno e contemporâneo da Informática na Educação no Brasil: abordagens s...
De moderno e contemporâneo da Informática na Educação no Brasil: abordagens s...
 
Juntos pelo saber
Juntos pelo saberJuntos pelo saber
Juntos pelo saber
 
2018 2019 Rotary Club Recife Encanta Moça projects + board of directors fr
2018 2019 Rotary Club Recife Encanta Moça projects + board of directors fr2018 2019 Rotary Club Recife Encanta Moça projects + board of directors fr
2018 2019 Rotary Club Recife Encanta Moça projects + board of directors fr
 
Environnements d'apprentissage persuasifs
Environnements d'apprentissage persuasifsEnvironnements d'apprentissage persuasifs
Environnements d'apprentissage persuasifs
 
Lessons planning instrumental genesis: between teachers’ instrument systems a...
Lessons planning instrumental genesis: between teachers’ instrument systems a...Lessons planning instrumental genesis: between teachers’ instrument systems a...
Lessons planning instrumental genesis: between teachers’ instrument systems a...
 
Projeto Estante Aberta
Projeto Estante AbertaProjeto Estante Aberta
Projeto Estante Aberta
 
Posse do Conselho Diretor Rotary Club Encanta Moça 2018-2019
Posse do Conselho Diretor Rotary Club Encanta Moça 2018-2019Posse do Conselho Diretor Rotary Club Encanta Moça 2018-2019
Posse do Conselho Diretor Rotary Club Encanta Moça 2018-2019
 
A evolução do modelo atual de educação: Formação de professores e tecnologias...
A evolução do modelo atual de educação: Formação de professores e tecnologias...A evolução do modelo atual de educação: Formação de professores e tecnologias...
A evolução do modelo atual de educação: Formação de professores e tecnologias...
 
O futuro da educação e a importância de universidades e escolas mais empr...
O futuro da educação  e a importância de universidades e escolas mais empr...O futuro da educação  e a importância de universidades e escolas mais empr...
O futuro da educação e a importância de universidades e escolas mais empr...
 
Meaningful learning in u learning environments- an experience in vocational e...
Meaningful learning in u learning environments- an experience in vocational e...Meaningful learning in u learning environments- an experience in vocational e...
Meaningful learning in u learning environments- an experience in vocational e...
 
Smart, seamless and lifelong learning environments
Smart, seamless and lifelong learning environmentsSmart, seamless and lifelong learning environments
Smart, seamless and lifelong learning environments
 
Raciocínios de engenharia e de design para a inovação em uma era pós-colonial
Raciocínios de engenharia e de design para a inovação em uma era pós-colonialRaciocínios de engenharia e de design para a inovação em uma era pós-colonial
Raciocínios de engenharia e de design para a inovação em uma era pós-colonial
 
Processos inovadores que facilitam a aprendizagem
Processos inovadores que facilitam a aprendizagemProcessos inovadores que facilitam a aprendizagem
Processos inovadores que facilitam a aprendizagem
 
Objetos de aprendizagem do ‘desenho’ ao ‘mercado’... uma trajetória
Objetos de aprendizagem do ‘desenho’ ao ‘mercado’... uma trajetória Objetos de aprendizagem do ‘desenho’ ao ‘mercado’... uma trajetória
Objetos de aprendizagem do ‘desenho’ ao ‘mercado’... uma trajetória
 
Youubi tech spin
Youubi tech spinYouubi tech spin
Youubi tech spin
 
Novas tecnologias e a educação - Parte 2 2
Novas tecnologias e a educação - Parte 2 2Novas tecnologias e a educação - Parte 2 2
Novas tecnologias e a educação - Parte 2 2
 

Último

Trabalho de Geografia industrialização.pdf
Trabalho de Geografia industrialização.pdfTrabalho de Geografia industrialização.pdf
Trabalho de Geografia industrialização.pdf
erico paulo rocha guedes
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
AurelianoFerreirades2
 
Tudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptx
Tudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptxTudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptx
Tudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptx
IACEMCASA
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
joseanesouza36
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
fernandacosta37763
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Zenir Carmen Bez Trombeta
 
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
Gênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9ºGênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9º
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
sjcelsorocha
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
eaiprofpolly
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
Manuais Formação
 
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
ANDRÉA FERREIRA
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
DouglasMoraes54
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
HisrelBlog
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Mary Alvarenga
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
fagnerlopes11
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
lveiga112
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
DECIOMAURINARAMOS
 
slides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentarslides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentar
JoeteCarvalho
 

Último (20)

Trabalho de Geografia industrialização.pdf
Trabalho de Geografia industrialização.pdfTrabalho de Geografia industrialização.pdf
Trabalho de Geografia industrialização.pdf
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
 
Tudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptx
Tudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptxTudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptx
Tudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptx
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
 
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
Gênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9ºGênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9º
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
 
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
 
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
 
slides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentarslides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentar
 

Ambientes de aprendizagem persuasivos

  • 1. AMBIENTES DE APRENDIZAGEM PERSUASIVOS ALEX SANDRO GOMES, CIN UFPE HTTP://CCTE.CIN.UFPE.BR #WEAREOPENREDU
  • 2. AGENDA • I. JUSTIFICATIVA • II. DESIGN PERSUASIVO • III. AMBIENTES DE APRENDIZAGEM PERSUASIVOS • A. AMADEUS | LEARNING MANAGEMENT SYSTEM • B. OPENREDU | SOCIAL LEARNING • C. YOUUBI | UBIQUITOUS LEARNING
  • 4. KÖNIGLICH PREUßISCHE ARMEE O imperador alemão Guilherme II revistando suas tropas prussianas, por Carl Röchling.
  • 5.
  • 6. DIÁLOGO, ESTRUTURA E AUTONOMIA SILVA, JOÃO CARLOS SEDRAZ ET AL. ANÁLISE DO ENGAJAMENTO DE ESTUDANTES COM BASE NA DISTÂNCIA TRANSACIONAL A PARTIR DA MINERAÇÃO DE DADOS EDUCACIONAIS. RENOTE, V. 14, N. 1.
  • 7. COMPETÊNCIAS NÃO- COGNITIVAS AUTORREGULAÇÃO DO APRENDIZADO CORREGULAÇÃO DO APRENDIZADO DE SOUZA, Heitor Gurgulino et al. Reflections on the Future of Global Higher Education WAAS Conference Report. Cadum, v. 2, n. 1, p. 62, 2013.
  • 9. COMPETÊNCIAS PARA O SÉCULO XXI APEC’2008 EDUCATION REFORM SYMPOSIUM IN XI'AN, CHINA, DEFINE THE 21 (21CC) 21ST CENTURY SKILLS AND COMPETENCES FOR NEW MILLENNIUM LEARNERS IN OECD COUNTRIES: • SELF-REGULATION OF LEARNING • LEARNING AS ACTIVE CONSTRUCTION OF KNOWLEDGE • COLLABORATIVE LEARNING www.apec.org
  • 10.
  • 12. METODOLOGIAS ATIVAS BRUNO, SANDRA; MUNOZ, GREGORY. EDUCATION AND INTERACTIVISM: LEVELS OF INTERACTION INFLUENCING LEARNING PROCESSES. NEW IDEAS IN PSYCHOLOGY, V. 28, N. 3, P. 365-379, 2010.
  • 13. METODOLOGIAS ATIVAS ANDERSON, T. TOWARD A THEORY OF ONLINE LEARNING. THEORY AND PRACTICE OF ONLINE LEARNING. CANADÁ: ATHABASCA UNIVERSITY, 2004. DISPONÍVEL EM: <CDE.ATHABASCAU.CA/ONLINE_BOO K/> ACESSO EM: MAIO 2016
  • 16. PERSUASIVE DESIGN | EXAMPLE: SPORT INFLUENCE POSITIVELY HUMAN BEHAVIOR http://www.fitbit.com/flex
  • 17. PERSUASIVE DESIGN | EXAMPLE: HEALTH THE NEW UP APP USES YOUR COMPATIBLE PHONE OR SMART WATCH TO TRACK YOUR MOVEMENT, LETS YOU LOG FOOD AND SLEEP, THEN SHOWS YOU HOW TO MAKE SIMPLE ADJUSTMENTS THAT, OVER TIME, ADD UP TO A WHOLE NEW YOU. https://jawbone.com/up/app
  • 18. USER MENTAL MODEL PAYNE, STEPHEN J. USERS' MENTAL MODELS: THE VERY IDEAS. HCI MODELS, THEORIES, AND FRAMEWORKS: TOWARD A MULTIDISCIPLINARY SCIENCE, P. 135- 156, 2003.
  • 19. “This analytic orientation inspires four key shifts in our approach to HCI4D efforts: generative models of culture, development a historical program, uneven economic and cultural epistemologies.” IRANI, Lilly et al. Postcolonial computing: a lens on design and development. In: Proceedings of the SIGCHI conference on human factors in computing systems. ACM, 2010. p. 1311-1320.
  • 20. PARTE III.A AMBIENTES PERSUASIVOS DE APRENDIZAGEM LEARNING MANAGEMENT SYSTEM | AMADEUS
  • 21. LMS |AMADEUS • HTTPS://SOFTWAREPUBLICO.GOV.BR/SOCIAL/AMADEUS • HTTPS://GITHUB.COM/AMADEUSPROJECT [CÓDIGO] • HTTPS://AMADEUSLMS.UNIVASF.EDU.BR [EM USO] • SOFTWARE PÚBLICO BRASILEIRO (IN Nº 4 PRESIDÊNCIA) • CÓDIGO ABERTO E LIVRE (GPL 2) • PROPÓSITO SEMELHANTE AO DO MOODLE • DESENVOLVIMENTO COORDENADO POR DOCENTES DA UFPE E UNIVASF • EVOLUÇÃO CONTÍNUA COM O APOIO DE ESTUDANTES DA UFPE E UNIVASF
  • 22. A autorregulação da aprendizagem é a capacidade de os sujeitos definir e atingir metas de aprendizagem de forma autônoma Autorregulaçã da Aprendizagem Gestão do Tempo Estabelecimento de metas Estruturação do Ambiente Estratégia para realização de tarefas Busca por ajuda Autoavaliação
  • 23.
  • 24.
  • 25.
  • 26. MELO FILHO, I. J.; GOMES, ALEX SANDRO; CARVALHO, R. S. ACOMPANHAMENTO FORMATIVO NO E-LEARNING VIABILIZADOS PELA INTEGRAÇÃO ENTRE LEARNING MANAGEMENT SYSTEMS E PERSONAL LEARNING ENVIRONMENTS. IN: ANAIS DO DESAFIE-III WORKSHOP DE DESAFIOS DA COMPUTAÇÃO APLICADA À EDUCAÇÃO- DESAFIE2014-. BRASÍLIA: SBC-SOCIEDADE BRASILEIRA DE COMPUTAÇÃO. 2014. P. 607-617.
  • 27. •DE MELO FILHO, IVANILDO JOSÉ; GOMES, ALEX SANDRO; KORHONEN, ANNE-MARIA. EXPLORING POSSIBILITIES FOR TEACHERS ACCOMPANY LEARNERS FORMATIVELY IN VOCATIONAL EDUCATION AND TRAINING (VET): DEVELOPING A SERVICE BETWEEN EDUCATIONAL CONTEXTS LMS AND PLE. IN: CSCL2015 - 11TH INTERNATIONAL CONFERENCE ON COMPUTER SUPPORTED COLLABORATIVE LEARNING - TUTORIAL ON CSCL IN VOCATIONAL EDUCATION AND TRAINING: THE CURRENT CRITICAL STATE AND FUTURE PROSPECTS, AT GOTHENBURG - SWEDEN
  • 28. CADMO FERRAMENTA COMPUTACIONAL PARA REGULAÇÃO SOCIAL DO DISCENTE CARVALHO, Rosângela Saraiva; MELO FILHO, Ivanildo J.; GOMES, Alex Sandro. Dificuldades no Acompanhamento do Discente na Modalidade Blended Learning: Proposta de uma Ferramenta Computacional para Auxiliar o Docente. Conferencias LACLO, v. 5, n. 1, 2015.
  • 29. EDUCATIONAL DATA MINING | EDM SILVA, RICARDO ET AL. MINERAÇÃO DE DADOS EDUCACIONAIS NA ANÁLISE DAS INTERAÇÕES DOS ALUNOS EM UM AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM. IN: ANAIS DO SIMPÓSIO BRASILEIRO DE INFORMÁTICA NA EDUCAÇÃO. 2015. P. 1197.
  • 30. EDM | DISTÂNCIA TRANSACIONAL RAMOS, JORGE LUIS CAVALCANTI ET AL. ANALISANDO FATORES QUE AFETAM O DESEMPENHO DE ESTUDANTES INICIANTES EM UM CURSO A DISTÂNCIA. IN: ANAIS DO SIMPÓSIO BRASILEIRO DE INFORMÁTICA NA EDUCAÇÃO. 2014. P. 99.
  • 31. EDM | MODELOS PREDITIVOS DE EVASÃO RAMOS, JORGE LUIS CAVALCANTI ET AL. ANALISANDO FATORES QUE AFETAM O DESEMPENHO DE ESTUDANTES INICIANTES EM UM CURSO A DISTÂNCIA. IN: BRAZILIAN SYMPOSIUM ON COMPUTERS IN EDUCATION (SIMPÓSIO BRASILEIRO DE INFORMÁTICA NA EDUCAÇÃO-SBIE). 2014. P. 99.
  • 32. PARTE III.B REDES SOCIAIS EDUCATIVAS – OPENREDU SOCIAL LEARNING
  • 33. REDE SOCIAL EDUCATIVA OPENREDU INVESTIMENTO: R$ 1.600.00,00 INÍCIO: 2010 CAPACIDADE 700.000 (35.000) LICENÇA: GPL 2 COORDENAÇÃO: UFPE
  • 34. DIFERENCIAIS DO OPENREDU EM RELAÇÃO A LMS • SIMPLICIDADE DE USO E DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES • ARQUITETURA DE INFORMAÇÃO QUE FACILITA A ORGANIZAÇÃO DE MATERIAIS DIGITAIS • ADOÇÃO DE GÊNERO DIGITAL QUE ELIMINA PROBLEMAS DE COMUNICAÇÃO DE FÓRUNS • PERMITE O ACOMPANHAMENTO DA APRENDIZAGEM POR MEIO DE VISUALIZAÇÕES • POSSUI FERRAMENTAS PARA AVALIAÇÃO CONTINUADA E FORMATIVA • POSSUI UMA API BIDIRECIONAL PARA IMPORTAÇÃO E EXPORTAÇÃO DE DADOS GERENCIAIS • POSSUI UM REPOSITÓRIO DE OBJETOS DE APRENDIZAGEM INTEGRADO
  • 35. SIMPLICIDADE DE USO E DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES JOÃO, MATTAR. FÓRUNS DE DISCUSSÃO EM EDUCAÇÃO À DISTÂNCIA: MOODLE, FACEBOOK E REDU. TECNOLOGIA EDUCACIONAL, P. 6-17, 2013.IEEE RODRIGUES, RODRIGO LINS ET AL. DISCOVERY ENGAGEMENT PATTERNS MOOCS THROUGH CLUSTER ANALYSIS. IEEE LATIN AMERICA TRANSACTIONS, V. 14, N. 9, P. 4129- 4135, 2016.
  • 36. ARQUITETURA DE INFORMAÇÃO QUE FACILITA A ORGANIZAÇÃO DE MATERIAIS DIGITAIS
  • 37. ADOÇÃO DE GÊNERO DIGITAL QUE ELIMINA PROBLEMAS DE COMUNICAÇÃO DE FÓRUNS GOMES, ALEX SANDRO; ROLIM, ANA LUIZA; SOUZA, FLÁVIA VELOSO COSTA. PLATAFORMA SOCIAL EDUCACIONAL NAS NUVENS: VANTAGENS DO USO E COLABORAÇAO. 18° CIAED CONGRESSO INTERNACIONAL ABED DE EAD, AT SÃO LUIZ, MA, 2012.
  • 38. PERMITE O ACOMPANHAMENTO DA APRENDIZAGEM POR MEIO DE VISUALIZAÇÕES NOVA JÚNIOR, HENRIQUE DE AGUIAR SÁ VILA. VISUALIZAÇÃO DE INFORMAÇÃO COMO FERRAMENTA DE AUXÍLIO NA AVALIAÇÃO FORMATIVA EM EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA. 2010. 96 F. DISSERTAÇÃO (MESTRADO) - CURSO DE PÓS- GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO UFPE, CENTRO DE INFORMÁTICA, UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO, RECIFE, 2010. DISPONÍVEL EM: <HTTP://REPOSITORIO.UFPE.BR/HANDLE/1 23456789/2407>. ACESSO EM: 19 SET. 2017.
  • 40. POSSUI UMA API BIDIRECIONAL PARA IMPORTAÇÃO E EXPORTAÇÃO DE DADOS GERENCIAIS IMPORTAÇÃO E EXPORTAÇÃO DE DADOS HTTP://DEVELOPERS.OPENREDU.ORG/
  • 41. POSSUI UM REPOSITÓRIO DE OBJETOS DE APRENDIZAGEM INTEGRADO SANTANA, BIANCA; ROSSINI, CAROLINA; PRETTO, NELSON DE LUCA. RECURSOS EDUCACIONAIS ABERTOS. PRÁTICAS COLABORATIVAS E POLÍTICAS PÚBLICAS. SÃO PAULO/SALVADOR: CASA DA CULTURA DIGITAL E EDUFBA. DISPONÍVEL EM: HTTP://WWW. LIVROREA. NET. BR/LIVRO/LIVROREA-1EDICAO- MAI2012. PDF.[GOOGLE SCHOLAR], 2012.
  • 42. LICENÇA GPL 2 #WEAREOPENREDU •HTTP://OPENREDU.ORG [OFICIAL] •HTTP://FORUM.OPENREDU.ORG •HTTP://HELP.OPENREDU.ORG •HTTP://DEVELOPERS.OPENREDU.ORG
  • 43. CORREGULAÇÃO ROLIM, ANA LUIZA ET AL. DESIGN DE UM ARTEFATO SOCIAL PARA AVALIAÇÃO FORMADORA. REVISTA DE INFORMÁTICA APLICADA, V. 10, N. 1, 2014.
  • 44. CORREGULAÇÃO ROLIM, ANA LUIZA ET AL. DESIGN DE UM ARTEFATO SOCIAL PARA AVALIAÇÃO FORMADORA. REVISTA DE INFORMÁTICA APLICADA, V. 10, N. 1, 2014.
  • 47. Público alvo Quantidade Alunos do 9º ano do ensino fundamental 5.500 Alunos do 3º ano do ensino médio 11.000 Total de alunos 16.500 Gestores e adjuntos 194 Educadores de apoio e apoio pedagógico 90 Professores técnicos de português e de matemática 12 Professores de reforço de português e de matemática 32 Professores regulares de português e de matemática 1200 2015~2017 | TRANSFERÊNCIA DE TECNOLOGIA
  • 48.
  • 50. PARTE III.C AMBIENTES VISTUAL DE APRENDIZADO UBÍQUO UBIQUITOUS LEARNING
  • 51. APRENDIZADO SIGNIFICATIVO UBÍQUO DE SOUSA MONTEIRO, BRUNO; GOMES, ALEX SANDRO; NETO, FRANCISCO MILTON MENDES. YOUUBI: OPEN SOFTWARE FOR UBIQUITOUS LEARNING. COMPUTERS IN HUMAN BEHAVIOR, V. 55, P. 1145-1164, 2016.
  • 52. U-LEARNING REFERENCE ARCHITECTURE DE SOUSA MONTEIRO, BRUNO; GOMES, ALEX SANDRO; NETO, FRANCISCO MILTON MENDES. YOUUBI: OPEN SOFTWARE FOR UBIQUITOUS LEARNING. COMPUTERS IN HUMAN BEHAVIOR, 2014.
  • 54. DESAFIOS DESAFIOS SÃO SUGERIDOS NOS LOCAIS NOS QUAIS O CONTEÚDO ESTÁ RELACIONADO COM O CONTEXTO
  • 57. GAMIFICAÇÃO MECÂNICAS DE GAMIFICAÇÃO PARA PROMOVER ENGAJAMENTO
  • 58. UBIQUITOUS LEARNING DATA ANALYSIS BRITO, JOSILENE ALMEIDA ET AL. MEANINGFUL LEARNING IN U-LEARNING ENVIRONMENTS: AN EXPERIENCE IN VOCATIONAL EDUCATION. IN: CONFERENCE ON SMART LEARNING ECOSYSTEMS AND REGIONAL DEVELOPMENT. SPRINGER, CHAM, 2017. P. 31-38.

Notas do Editor

  1. Dados EAD Brasil e mundo proporção
  2. https://pt.wikipedia.org/wiki/Exército_prussiano
  3. É muito complexo ser um bom professor Teorias de aprendizagem Mediação Cultura Conteúdos Prazos Didática Didática da EAD
  4. Maior DT, eles exercem (ou necessitam de) mais autonomia. Alunos mais autônomos tendem a ficar mais confortáveis com menos diálogo, recebendo instruções através de materiais de cursos mais estruturados.
  5. Fonte: http://webinsider.com.br/2016/12/12/evolucao-da-educacao-distancia-no-brasil/ http://cadmusjournal.org/node/347
  6. http://hrd.apec.org/index.php/ http://apec.org/Press/Speeches/2008/0115_cn_ednetserminarambcapunay.aspx http://www.apec.org/Meeting-Papers/Leaders-Declarations/2008/2008_aelm.aspx
  7. http://projetodraft.com/chico-saboya-e-o-porto-digital-no-recife-tudo-que-voce-precisa-saber-sobre-o-polo-tecnologico/
  8. É muito complexo ser um bom professor Teorias de aprendizagem Mediação Cultura Conteúdos Prazos Didática Didática da EAD
  9. Estamos falando de proposição de valor. O bom design nasce da tríade: Desejabilidade, Praticabilidade e Viabilidade.
  10. Com a finalidade de auxiliar na melhor compreensao das interaçoes dos aprendizes em lugares diferentes, olhando paisagens diferentes, consumindo conteudo real no lugar aonde ele esta, criou-se um modelo gráfico de visualizaçao representativos das interaçoes em criar tipo de atividade(desafios e postagens), cometar postagens, criar e responder desafios em forma de Quiz de acordo com o conteudo produzido num intervalo de tempo. No modelo foram representados o autor, local criado, o conteudo produzido, o tipo de atividade, a classificaçao com base na analise do conteudo e as tentativas de respostas aos desafios
  11. Total de 28 aprendizes interagiram em 14 postagens criadas com um total de 122 comentários válidos sobre o tema de urbanização. E 8 desafios válidos (4) criados pelo professor e (4) criados pelos aprendizes.