SlideShare uma empresa Scribd logo
CODE: O ensino de linguagens de programação
educativas como ferramentas de
ensino/aprendizagem
Ricardo Fidelis Dantas [UEPB]
Francisco Eudes Almeida da Costa [UEPB]
5º Simpósio Hipertexto e Tecnologias na Educação e 1º Colóquio Internacional de Educação com Tecnologias
Aprendizagem móvel dentro e fora da escola

UFPE.Recife/PE
Novembro/2013
INTRODUÇÃO
As novas tecnologias permitem que as pessoas acompanhem a
informação de forma rápida e se inserir no contexto da modernidade.
Apesar de timidamente, ainda, estão sendo incorporadas também na
educação, às escolas estão passando por um processo de informatização.

5º Simpósio Hipertexto e Tecnologias na Educação e 1º Colóquio Internacional de Educação com Tecnologias
Aprendizagem móvel dentro e fora da escola

1

UFPE.Recife/PE
Novembro/2013
INTRODUÇÃO
“As novas tecnologias têm um papel ativo e co-estruturante das
formas do aprender e do conhecer. Há nisso, por um lado, uma incrível
multiplicação de chances cognitivas, que convém não desperdiçar, mas
aproveitar ao máximo.” (ASSMANN, 2000, p.8).

5º Simpósio Hipertexto e Tecnologias na Educação e 1º Colóquio Internacional de Educação com Tecnologias
Aprendizagem móvel dentro e fora da escola

2

UFPE.Recife/PE
Novembro/2013
OBJETIVO
Compreender quais as contribuições do ensino de linguagem de
programação no contexto educacional, a partir de um estudo sobre o
projeto

CODE,

plataforma

desenvolvida

para

integrar

alunos

e

professores no processo de ensino-aprendizagem de programação.

5º Simpósio Hipertexto e Tecnologias na Educação e 1º Colóquio Internacional de Educação com Tecnologias
Aprendizagem móvel dentro e fora da escola

3

UFPE.Recife/PE
Novembro/2013
METODOLOGIA
● Estudo bibliográfico, relacionando as ideias dos autores trabalhados
a cerca das características do projeto CODE.

5º Simpósio Hipertexto e Tecnologias na Educação e 1º Colóquio Internacional de Educação com Tecnologias
Aprendizagem móvel dentro e fora da escola

4

UFPE.Recife/PE
Novembro/2013
O COMPUTADOR NA SOCIEDADE DA INFORMAÇÃO
● Os computadores tem adquirido cada vez mais papel fundamental no
processo de ensino-aprendizagem.
● “Hoje, a utilização de computadores na Educação é muito mais
diversificada, interessante e desafiadora, do que simplesmente a de
transmitir informação ao aprendiz. O computador pode ser também
utilizado para enriquecer ambientes de aprendizagem e auxiliar o
aprendiz no processo de construção do seu conhecimento.”
(VALENTE, 1999, p. 11).

5º Simpósio Hipertexto e Tecnologias na Educação e 1º Colóquio Internacional de Educação com Tecnologias
Aprendizagem móvel dentro e fora da escola

5

UFPE.Recife/PE
Novembro/2013
O COMPUTADOR NA SOCIEDADE DA INFORMAÇÃO
“Quando

o

computador

transmite

informação para o aluno, o computador
assume o papel de máquina de ensinar, e a
abordagem

pedagógica

é

a

instrução

auxiliada por ele” (VALENTE, 1999a, p.12).
Ilustração: Google Imagens
Fonte: http://goo.gl/EEP77Q. Acessado em:
Novembro de 2013.

5º Simpósio Hipertexto e Tecnologias na Educação e 1º Colóquio Internacional de Educação com Tecnologias
Aprendizagem móvel dentro e fora da escola

6

UFPE.Recife/PE
Novembro/2013
CONTRIBUIÇÕES DO ENSINO DE PROGRAMAÇÃO PARA
A APRENDIZAGEM

● Quando falamos em linguagens de programação as pessoas imaginam
algo complicado, técnico que exige muito conhecimento para
realizar e que só pessoas ligadas as áreas da Computação são
capazes de dominar e entender.

5º Simpósio Hipertexto e Tecnologias na Educação e 1º Colóquio Internacional de Educação com Tecnologias
Aprendizagem móvel dentro e fora da escola

7

UFPE.Recife/PE
Novembro/2013
CONTRIBUIÇÕES DO ENSINO DE PROGRAMAÇÃO PARA
A APRENDIZAGEM
“Quando pensamos especificamente em
programação, acreditamos que o seu
uso tem grande destaque como
ferramenta educacional, pois por
intermédio da resolução de problemas
via
uma
linguagem
de
programação, tem-se descrição do
processo utilizado pelo aluno para
resolver uma tarefa. ” (BARANAUSKAS
et al, 1999, p. 53).
5º Simpósio Hipertexto e Tecnologias na Educação e 1º Colóquio Internacional de Educação com Tecnologias
Aprendizagem móvel dentro e fora da escola

Ilustração: Google Imagens
Fonte: http://goo.gl/eDW7W8. Acessado em:
Novembro de 2013.

8

UFPE.Recife/PE
Novembro/2013
CONTRIBUIÇÕES DO ENSINO DE PROGRAMAÇÃO PARA
A APRENDIZAGEM
● Possibilita na construção do conhecimento uma vez que segue o
processo de descrição, execução, reflexão, depuração, descrição;
● O aprendiz tem a oportunidade de enxergar o produto do seu próprio
pensamento;

5º Simpósio Hipertexto e Tecnologias na Educação e 1º Colóquio Internacional de Educação com Tecnologias
Aprendizagem móvel dentro e fora da escola

9

UFPE.Recife/PE
Novembro/2013
CONTRIBUIÇÕES DO ENSINO DE PROGRAMAÇÃO PARA
A APRENDIZAGEM
“Processo de ensino e aprendizagem de programação é crucial não
apenas porque programar é uma „habilidade prática‟, mas também
porque processo é meio pelo qual é formado conhecimento efetivo e
conceitual em um esquema bem definido.” (FARIA, 2010 apud
AHARONI, 2000).

5º Simpósio Hipertexto e Tecnologias na Educação e 1º Colóquio Internacional de Educação com Tecnologias
Aprendizagem móvel dentro e fora da escola

10

UFPE.Recife/PE
Novembro/2013
O PROJETO CODE
“Code.org é um Projeto sem fins
lucrativos dedicado à crescente
educação
de
ciência
da
computação, tornando-a disponível
em mais escolas, e aumentar a
participação de mulheres e minorias
de estudantes. A visão é que todos os
alunos em todas as escolas devem ter
a
oportunidade
de
aprender
programação de computador.”

Ilustração: PrintScreen

Fonte: code.org. Acessado em: Agosto de 2013.

Fonte: code.org/about. Acessado em: Agosto de 2013.

5º Simpósio Hipertexto e Tecnologias na Educação e 1º Colóquio Internacional de Educação com Tecnologias
Aprendizagem móvel dentro e fora da escola

11

UFPE.Recife/PE
Novembro/2013
O PROJETO CODE
Universidades
Americanas

❖ Stanford
❖ Harvard
❖ Indiana

Outras
Plataformas

❖
❖
❖
❖
❖

Alice
CodeCademy
CodeHS
KhamAcademy
SCRATCH

5º Simpósio Hipertexto e Tecnologias na Educação e 1º Colóquio Internacional de Educação com Tecnologias
Aprendizagem móvel dentro e fora da escola

Empresas

❖
❖
❖
❖
❖

Facebook
Microsoft
Apple
Dropbox
Google

Você

❖
❖
❖
❖

Alunos
Professores
Escolas
Grupos

12

UFPE.Recife/PE
Novembro/2013
Ilustração: Khan Academy

Fonte: code.org. Acessado em: Agosto de 2013.

5º Simpósio Hipertexto e Tecnologias na Educação e 1º Colóquio Internacional de Educação com Tecnologias
Aprendizagem móvel dentro e fora da escola

13

UFPE.Recife/PE
Novembro/2013
Ilustração: CodeHS
Fonte: code.org. Acessado em: Agosto de 2013.

5º Simpósio Hipertexto e Tecnologias na Educação e 1º Colóquio Internacional de Educação com Tecnologias
Aprendizagem móvel dentro e fora da escola

14

UFPE.Recife/PE
Novembro/2013
Ilustração: Lightbox
Fonte:http://light-bot.com/. Acessado em:
Novembro de 2013.
5º Simpósio Hipertexto e Tecnologias na Educação e 1º Colóquio Internacional de Educação com Tecnologias
Aprendizagem móvel dentro e fora da escola

15

UFPE.Recife/PE
Novembro/2013
Ilustração: Scratch
Fonte:http://goo.gl/6QUb0b. Acessado em:
Novembro de 2013.
5º Simpósio Hipertexto e Tecnologias na Educação e 1º Colóquio Internacional de Educação com Tecnologias
Aprendizagem móvel dentro e fora da escola

16

UFPE.Recife/PE
Novembro/2013
CONSIDERAÇÕES FINAIS
• Essa característica da plataforma relacioná-se com a ideia de
construcionismo de Papert (1986), quando diz que o aluno constrói

um conhecimento mais sólido quando ele está construindo algo de
seu interesse e ao mesmo tempo visualiza o resultado do seu
trabalho como por exemplo, um programa de computador.

5º Simpósio Hipertexto e Tecnologias na Educação e 1º Colóquio Internacional de Educação com Tecnologias
Aprendizagem móvel dentro e fora da escola

17

UFPE.Recife/PE
Novembro/2013
CONSIDERAÇÕES FINAIS

•

Identificamos a proposta das ferramentas ofertadas na plataforma
CODE e observamos que suas abordagens são fundamentais na
construção do conhecimento, desenvolvendo habilidades através do
aprendizado das linguagens de programação educativas.

5º Simpósio Hipertexto e Tecnologias na Educação e 1º Colóquio Internacional de Educação com Tecnologias
Aprendizagem móvel dentro e fora da escola

18

UFPE.Recife/PE
Novembro/2013
REFERÊNCIAS
ASSMANN, Hugo. A metamorfose do aprender na sociedade da
informação.Ci.Inf. [online]. 2000, vol.29, n.2, pp. 07-15. ISSN 0100-1965.
BARANAUSKAS, C. et al. Uma taxonomia para Ambientes de Aprendizado
Baseados no Computador. In: VALENTE, J. A. O computador na
sociedade do conhecimento. Campinas, SP: UNICAMP/NIED, 1999, p. 4568.

FARIA, Eustáquio São José de. Método trifásico de ensino-aprendizagem
baseado na taxionomia de objetivos educacionais de Bloom: uma
aplicação no ensino de programação de computadores. 2010. 296 f. Tese
(Doutorado)-Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2010.
Disponível em : <http://penelope.dr.ufu.br/handle/123456789/371>.
Acesso em: 13 jun. 2013.
5º Simpósio Hipertexto e Tecnologias na Educação e 1º Colóquio Internacional de Educação com Tecnologias
Aprendizagem móvel dentro e fora da escola

19

UFPE.Recife/PE
Novembro/2013
REFERÊNCIAS
MELO, Jorge Nazareno Batista. Uma proposta de ensino e
aprendizagem de programação linear no Ensino Médio. 2012. 296 f.
Dissertação (Mestrado)- Universidade Federal do Rio Grande do Sul.
Instituto de Matemática. Programa de Pós-Graduação em Ensino de
Matemática,
2012
Disponível
em:
<
http://www.lume.ufrgs.br/handle/10183/61731>. Acesso em: 13 jun. 2013.

PAPERT, Seymour. Logo: computadores e educação. São Paulo:
Brasiliense, 1986.
VALENTE, J. A. Informática na Educação no Brasil: análise e
contextualização histórica. In VALENTE, J. A. (Org.) O computador na
sociedade do conhecimento. Campinas, SP: UNICAMP/NIED, 1999a – p.
11-28.
5º Simpósio Hipertexto e Tecnologias na Educação e 1º Colóquio Internacional de Educação com Tecnologias
Aprendizagem móvel dentro e fora da escola

20

UFPE.Recife/PE
Novembro/2013
REFERÊNCIAS
______. Mudanças na sociedade, mudança na educação: o fazer e o
compreender. In VALENTE, J. A. (Org.) O computador na sociedade do
conhecimento. Campinas, SP: UNICAMP/NIED, 1999b – p. 31-43.
______. Análise dos diferentes tipos de softwares usados na educação. In
VALENTE, J. A. (Org.) O computador na sociedade do conhecimento.
Campinas, SP: UNICAMP/NIED, 1999c – p. 71-85.

5º Simpósio Hipertexto e Tecnologias na Educação e 1º Colóquio Internacional de Educação com Tecnologias
Aprendizagem móvel dentro e fora da escola

21

UFPE.Recife/PE
Novembro/2013

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

O uso das novas Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC) por professores...
O uso das novas Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC) por professores...O uso das novas Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC) por professores...
O uso das novas Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC) por professores...
Angelo Branco
 
Tecnologias na educação
Tecnologias na educaçãoTecnologias na educação
Tecnologias na educação
glaumali
 
HISTÓRIA DA INFORMÁTICA EDUCATIVA DO NTE MUNICIPAL DE FORTALEZA
HISTÓRIA DA INFORMÁTICA EDUCATIVA DO NTE MUNICIPAL DE FORTALEZAHISTÓRIA DA INFORMÁTICA EDUCATIVA DO NTE MUNICIPAL DE FORTALEZA
HISTÓRIA DA INFORMÁTICA EDUCATIVA DO NTE MUNICIPAL DE FORTALEZA
Sueudo Rodrigues
 
Educacao e novas_tecnologias_um repensar
Educacao e novas_tecnologias_um repensarEducacao e novas_tecnologias_um repensar
Educacao e novas_tecnologias_um repensar
Glaucia Brito
 
Info Educacao
Info EducacaoInfo Educacao
Info Educacao
Pesquisa
 
Apresentaçãosimposio2013
Apresentaçãosimposio2013Apresentaçãosimposio2013
Apresentaçãosimposio2013
Socorro Braga
 
Apostila de Tecnologia de Educação
Apostila de Tecnologia de EducaçãoApostila de Tecnologia de Educação
Apostila de Tecnologia de Educação
Prefeitura Municipal de Araçariguama
 
TECNOLOGIA EDUCACIONAL
TECNOLOGIA EDUCACIONALTECNOLOGIA EDUCACIONAL
TECNOLOGIA EDUCACIONAL
liarosamoura
 
As novas tecnologias aplicadas à educação
As novas tecnologias aplicadas à educaçãoAs novas tecnologias aplicadas à educação
As novas tecnologias aplicadas à educação
georginalopes
 
Informática Educativa e atuação do Pedagogo
Informática Educativa e atuação do PedagogoInformática Educativa e atuação do Pedagogo
Informática Educativa e atuação do Pedagogo
Dennys Leite Maia
 
Tecnologia aplicada a educação
Tecnologia aplicada a educaçãoTecnologia aplicada a educação
Tecnologia aplicada a educação
lillianmello
 
Tecnologias aplicadas a educação
Tecnologias aplicadas a educaçãoTecnologias aplicadas a educação
Tecnologias aplicadas a educação
marlene350
 
Tecnologia educacional
Tecnologia educacionalTecnologia educacional
Tecnologia educacional
Milene Silva de Souza
 
Informática slides ótimo
Informática  slides ótimoInformática  slides ótimo
Informática slides ótimo
adrianagranzotto
 
Paulo Freire Tecnologia
Paulo Freire TecnologiaPaulo Freire Tecnologia
Paulo Freire Tecnologia
Mauricio
 
Sobradinho - Luciano Machado
Sobradinho - Luciano MachadoSobradinho - Luciano Machado
Sobradinho - Luciano Machado
CursoTICs
 
Internet na educação: novas tecnologias e velha pedagogia?
Internet na educação: novas tecnologias e velha pedagogia?Internet na educação: novas tecnologias e velha pedagogia?
Internet na educação: novas tecnologias e velha pedagogia?
Katia Tavares
 
Apresentação sobre informática e educação
Apresentação sobre informática e educaçãoApresentação sobre informática e educação
Apresentação sobre informática e educação
lais_ribeiro03
 
Informática aplicada a educação
Informática aplicada a educaçãoInformática aplicada a educação
Informática aplicada a educação
Naysa Taboada
 
Módulo 15 informática aplicada educação
Módulo 15   informática aplicada educaçãoMódulo 15   informática aplicada educação
Módulo 15 informática aplicada educação
Vilma Ferraz Jóta Novaes
 

Mais procurados (20)

O uso das novas Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC) por professores...
O uso das novas Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC) por professores...O uso das novas Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC) por professores...
O uso das novas Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC) por professores...
 
Tecnologias na educação
Tecnologias na educaçãoTecnologias na educação
Tecnologias na educação
 
HISTÓRIA DA INFORMÁTICA EDUCATIVA DO NTE MUNICIPAL DE FORTALEZA
HISTÓRIA DA INFORMÁTICA EDUCATIVA DO NTE MUNICIPAL DE FORTALEZAHISTÓRIA DA INFORMÁTICA EDUCATIVA DO NTE MUNICIPAL DE FORTALEZA
HISTÓRIA DA INFORMÁTICA EDUCATIVA DO NTE MUNICIPAL DE FORTALEZA
 
Educacao e novas_tecnologias_um repensar
Educacao e novas_tecnologias_um repensarEducacao e novas_tecnologias_um repensar
Educacao e novas_tecnologias_um repensar
 
Info Educacao
Info EducacaoInfo Educacao
Info Educacao
 
Apresentaçãosimposio2013
Apresentaçãosimposio2013Apresentaçãosimposio2013
Apresentaçãosimposio2013
 
Apostila de Tecnologia de Educação
Apostila de Tecnologia de EducaçãoApostila de Tecnologia de Educação
Apostila de Tecnologia de Educação
 
TECNOLOGIA EDUCACIONAL
TECNOLOGIA EDUCACIONALTECNOLOGIA EDUCACIONAL
TECNOLOGIA EDUCACIONAL
 
As novas tecnologias aplicadas à educação
As novas tecnologias aplicadas à educaçãoAs novas tecnologias aplicadas à educação
As novas tecnologias aplicadas à educação
 
Informática Educativa e atuação do Pedagogo
Informática Educativa e atuação do PedagogoInformática Educativa e atuação do Pedagogo
Informática Educativa e atuação do Pedagogo
 
Tecnologia aplicada a educação
Tecnologia aplicada a educaçãoTecnologia aplicada a educação
Tecnologia aplicada a educação
 
Tecnologias aplicadas a educação
Tecnologias aplicadas a educaçãoTecnologias aplicadas a educação
Tecnologias aplicadas a educação
 
Tecnologia educacional
Tecnologia educacionalTecnologia educacional
Tecnologia educacional
 
Informática slides ótimo
Informática  slides ótimoInformática  slides ótimo
Informática slides ótimo
 
Paulo Freire Tecnologia
Paulo Freire TecnologiaPaulo Freire Tecnologia
Paulo Freire Tecnologia
 
Sobradinho - Luciano Machado
Sobradinho - Luciano MachadoSobradinho - Luciano Machado
Sobradinho - Luciano Machado
 
Internet na educação: novas tecnologias e velha pedagogia?
Internet na educação: novas tecnologias e velha pedagogia?Internet na educação: novas tecnologias e velha pedagogia?
Internet na educação: novas tecnologias e velha pedagogia?
 
Apresentação sobre informática e educação
Apresentação sobre informática e educaçãoApresentação sobre informática e educação
Apresentação sobre informática e educação
 
Informática aplicada a educação
Informática aplicada a educaçãoInformática aplicada a educação
Informática aplicada a educação
 
Módulo 15 informática aplicada educação
Módulo 15   informática aplicada educaçãoMódulo 15   informática aplicada educação
Módulo 15 informática aplicada educação
 

Destaque

Modelo de Artigo Científico
Modelo de Artigo CientíficoModelo de Artigo Científico
Modelo de Artigo Científico
Instituto Consciência GO
 
Modelo de artigo científico básico - com normas ABNT
Modelo de artigo científico básico - com normas ABNTModelo de artigo científico básico - com normas ABNT
Modelo de artigo científico básico - com normas ABNT
Rosineia Oliveira dos Santos
 
estrutura-de-um-paper
estrutura-de-um-paperestrutura-de-um-paper
estrutura-de-um-paper
maiamoni
 
Modelo do paper uniasselvi
Modelo do paper uniasselviModelo do paper uniasselvi
Modelo do paper uniasselvi
Elisabete Oliveira
 
Exemplo de um artigo cientifico ( modelo paper)
Exemplo de um artigo cientifico ( modelo paper)Exemplo de um artigo cientifico ( modelo paper)
Exemplo de um artigo cientifico ( modelo paper)
Cleidilene Lima
 
Modelo formatação artigo científico
Modelo formatação artigo científicoModelo formatação artigo científico
Modelo formatação artigo científico
Marcos Azevedo
 
19 elaboração da metodologia
19 elaboração da metodologia19 elaboração da metodologia
19 elaboração da metodologia
Joao Balbi
 

Destaque (7)

Modelo de Artigo Científico
Modelo de Artigo CientíficoModelo de Artigo Científico
Modelo de Artigo Científico
 
Modelo de artigo científico básico - com normas ABNT
Modelo de artigo científico básico - com normas ABNTModelo de artigo científico básico - com normas ABNT
Modelo de artigo científico básico - com normas ABNT
 
estrutura-de-um-paper
estrutura-de-um-paperestrutura-de-um-paper
estrutura-de-um-paper
 
Modelo do paper uniasselvi
Modelo do paper uniasselviModelo do paper uniasselvi
Modelo do paper uniasselvi
 
Exemplo de um artigo cientifico ( modelo paper)
Exemplo de um artigo cientifico ( modelo paper)Exemplo de um artigo cientifico ( modelo paper)
Exemplo de um artigo cientifico ( modelo paper)
 
Modelo formatação artigo científico
Modelo formatação artigo científicoModelo formatação artigo científico
Modelo formatação artigo científico
 
19 elaboração da metodologia
19 elaboração da metodologia19 elaboração da metodologia
19 elaboração da metodologia
 

Semelhante a Code o ensino de linguagens de programação educativas como ferramentas de ensino-aprendizagem

Mídia Educação Novos desafios da informação na aprendizagem
Mídia Educação Novos desafios da informação na aprendizagemMídia Educação Novos desafios da informação na aprendizagem
Mídia Educação Novos desafios da informação na aprendizagem
Simpósio Hipertexto
 
O facebook como nova face de leitura e de escrita que tem a escola a ver com ...
O facebook como nova face de leitura e de escrita que tem a escola a ver com ...O facebook como nova face de leitura e de escrita que tem a escola a ver com ...
O facebook como nova face de leitura e de escrita que tem a escola a ver com ...
maar santanna
 
O facebook como nova face de leitura e de escrita que tem a escola a ver com ...
O facebook como nova face de leitura e de escrita que tem a escola a ver com ...O facebook como nova face de leitura e de escrita que tem a escola a ver com ...
O facebook como nova face de leitura e de escrita que tem a escola a ver com ...
maar santanna
 
Simposio hipertexto2013 apresentação
Simposio hipertexto2013 apresentaçãoSimposio hipertexto2013 apresentação
Simposio hipertexto2013 apresentação
Adriana Barros
 
Comunicação individual
Comunicação individual Comunicação individual
Comunicação individual
Luiz Antônio
 
Mobile learning e educação a distância limites e possibilidades
Mobile learning e educação a distância limites e possibilidadesMobile learning e educação a distância limites e possibilidades
Mobile learning e educação a distância limites e possibilidades
Angelo Branco
 
A Escola na Cibercultura: caracterização do Nativo e do Imigrante Digital na ...
A Escola na Cibercultura: caracterização do Nativo e do Imigrante Digital na ...A Escola na Cibercultura: caracterização do Nativo e do Imigrante Digital na ...
A Escola na Cibercultura: caracterização do Nativo e do Imigrante Digital na ...
Pablo Roberto
 
O USO DE APLICATIVOS EDUCACIONAIS DENTRO E FORA DA SALA DE AULA
O USO DE APLICATIVOS EDUCACIONAIS DENTRO E FORA DA SALA DE AULAO USO DE APLICATIVOS EDUCACIONAIS DENTRO E FORA DA SALA DE AULA
O USO DE APLICATIVOS EDUCACIONAIS DENTRO E FORA DA SALA DE AULA
Sylvana Karla
 
Apresentação Lanylldo Araujo - Software Avalia
Apresentação Lanylldo Araujo - Software AvaliaApresentação Lanylldo Araujo - Software Avalia
Apresentação Lanylldo Araujo - Software Avalia
Lanylldo Araujo
 
Blog "Ideias e ideais" - Simpósio Hipertexto - Cristina van Opstal
Blog "Ideias e ideais" - Simpósio Hipertexto - Cristina van Opstal Blog "Ideias e ideais" - Simpósio Hipertexto - Cristina van Opstal
Blog "Ideias e ideais" - Simpósio Hipertexto - Cristina van Opstal
Cristina Van Opstal
 
LETRAMENTO DIGITAL: A PRÁTICA DE LEITURA E DE ESCRITA MEDIADA PELO BLOG
LETRAMENTO DIGITAL: A PRÁTICA DE LEITURA E DE ESCRITA MEDIADA PELO BLOGLETRAMENTO DIGITAL: A PRÁTICA DE LEITURA E DE ESCRITA MEDIADA PELO BLOG
LETRAMENTO DIGITAL: A PRÁTICA DE LEITURA E DE ESCRITA MEDIADA PELO BLOG
Flávia Sirino de Oliveira
 
Ouvir para ver: o audiolivro e a inclusão da leitura digital
Ouvir para ver: o audiolivro e a inclusão da leitura digitalOuvir para ver: o audiolivro e a inclusão da leitura digital
Ouvir para ver: o audiolivro e a inclusão da leitura digital
Simpósio Hipertexto
 
Celular: uma tecnologia em favor do ensino da Arte Contemporânea
Celular: uma tecnologia em favor do ensino da Arte ContemporâneaCelular: uma tecnologia em favor do ensino da Arte Contemporânea
Celular: uma tecnologia em favor do ensino da Arte Contemporânea
Vanessa Carvalho
 
Celular: uma tecnologia em favor do ensino da Arte Contemporânea
Celular: uma tecnologia em favor do ensino da Arte ContemporâneaCelular: uma tecnologia em favor do ensino da Arte Contemporânea
Celular: uma tecnologia em favor do ensino da Arte Contemporânea
Vanessa Carvalho
 
Apresentação Simpósio Hipertexto 2013 Erivan Jr
Apresentação Simpósio Hipertexto 2013 Erivan JrApresentação Simpósio Hipertexto 2013 Erivan Jr
Apresentação Simpósio Hipertexto 2013 Erivan Jr
Erivan Júnior
 
Dr douglas oliveira
Dr douglas oliveiraDr douglas oliveira
Dr douglas oliveira
douglasfariadeoliveira
 
Parte01 tecnologias e educação
Parte01  tecnologias e educaçãoParte01  tecnologias e educação
Parte01 tecnologias e educação
simone_srs
 
DEVICES COMO FERRAMENTAS DE APRENDIZAGEM
DEVICES COMO FERRAMENTAS DE APRENDIZAGEMDEVICES COMO FERRAMENTAS DE APRENDIZAGEM
DEVICES COMO FERRAMENTAS DE APRENDIZAGEM
Pedro Magalhaes
 
O iPad na aprendizagem
O iPad na aprendizagemO iPad na aprendizagem
Apresentação JEALAV 2016_dalcim_hoyos_vieira
Apresentação JEALAV 2016_dalcim_hoyos_vieiraApresentação JEALAV 2016_dalcim_hoyos_vieira
Apresentação JEALAV 2016_dalcim_hoyos_vieira
Maria Glalcy Fequetia Dalcim
 

Semelhante a Code o ensino de linguagens de programação educativas como ferramentas de ensino-aprendizagem (20)

Mídia Educação Novos desafios da informação na aprendizagem
Mídia Educação Novos desafios da informação na aprendizagemMídia Educação Novos desafios da informação na aprendizagem
Mídia Educação Novos desafios da informação na aprendizagem
 
O facebook como nova face de leitura e de escrita que tem a escola a ver com ...
O facebook como nova face de leitura e de escrita que tem a escola a ver com ...O facebook como nova face de leitura e de escrita que tem a escola a ver com ...
O facebook como nova face de leitura e de escrita que tem a escola a ver com ...
 
O facebook como nova face de leitura e de escrita que tem a escola a ver com ...
O facebook como nova face de leitura e de escrita que tem a escola a ver com ...O facebook como nova face de leitura e de escrita que tem a escola a ver com ...
O facebook como nova face de leitura e de escrita que tem a escola a ver com ...
 
Simposio hipertexto2013 apresentação
Simposio hipertexto2013 apresentaçãoSimposio hipertexto2013 apresentação
Simposio hipertexto2013 apresentação
 
Comunicação individual
Comunicação individual Comunicação individual
Comunicação individual
 
Mobile learning e educação a distância limites e possibilidades
Mobile learning e educação a distância limites e possibilidadesMobile learning e educação a distância limites e possibilidades
Mobile learning e educação a distância limites e possibilidades
 
A Escola na Cibercultura: caracterização do Nativo e do Imigrante Digital na ...
A Escola na Cibercultura: caracterização do Nativo e do Imigrante Digital na ...A Escola na Cibercultura: caracterização do Nativo e do Imigrante Digital na ...
A Escola na Cibercultura: caracterização do Nativo e do Imigrante Digital na ...
 
O USO DE APLICATIVOS EDUCACIONAIS DENTRO E FORA DA SALA DE AULA
O USO DE APLICATIVOS EDUCACIONAIS DENTRO E FORA DA SALA DE AULAO USO DE APLICATIVOS EDUCACIONAIS DENTRO E FORA DA SALA DE AULA
O USO DE APLICATIVOS EDUCACIONAIS DENTRO E FORA DA SALA DE AULA
 
Apresentação Lanylldo Araujo - Software Avalia
Apresentação Lanylldo Araujo - Software AvaliaApresentação Lanylldo Araujo - Software Avalia
Apresentação Lanylldo Araujo - Software Avalia
 
Blog "Ideias e ideais" - Simpósio Hipertexto - Cristina van Opstal
Blog "Ideias e ideais" - Simpósio Hipertexto - Cristina van Opstal Blog "Ideias e ideais" - Simpósio Hipertexto - Cristina van Opstal
Blog "Ideias e ideais" - Simpósio Hipertexto - Cristina van Opstal
 
LETRAMENTO DIGITAL: A PRÁTICA DE LEITURA E DE ESCRITA MEDIADA PELO BLOG
LETRAMENTO DIGITAL: A PRÁTICA DE LEITURA E DE ESCRITA MEDIADA PELO BLOGLETRAMENTO DIGITAL: A PRÁTICA DE LEITURA E DE ESCRITA MEDIADA PELO BLOG
LETRAMENTO DIGITAL: A PRÁTICA DE LEITURA E DE ESCRITA MEDIADA PELO BLOG
 
Ouvir para ver: o audiolivro e a inclusão da leitura digital
Ouvir para ver: o audiolivro e a inclusão da leitura digitalOuvir para ver: o audiolivro e a inclusão da leitura digital
Ouvir para ver: o audiolivro e a inclusão da leitura digital
 
Celular: uma tecnologia em favor do ensino da Arte Contemporânea
Celular: uma tecnologia em favor do ensino da Arte ContemporâneaCelular: uma tecnologia em favor do ensino da Arte Contemporânea
Celular: uma tecnologia em favor do ensino da Arte Contemporânea
 
Celular: uma tecnologia em favor do ensino da Arte Contemporânea
Celular: uma tecnologia em favor do ensino da Arte ContemporâneaCelular: uma tecnologia em favor do ensino da Arte Contemporânea
Celular: uma tecnologia em favor do ensino da Arte Contemporânea
 
Apresentação Simpósio Hipertexto 2013 Erivan Jr
Apresentação Simpósio Hipertexto 2013 Erivan JrApresentação Simpósio Hipertexto 2013 Erivan Jr
Apresentação Simpósio Hipertexto 2013 Erivan Jr
 
Dr douglas oliveira
Dr douglas oliveiraDr douglas oliveira
Dr douglas oliveira
 
Parte01 tecnologias e educação
Parte01  tecnologias e educaçãoParte01  tecnologias e educação
Parte01 tecnologias e educação
 
DEVICES COMO FERRAMENTAS DE APRENDIZAGEM
DEVICES COMO FERRAMENTAS DE APRENDIZAGEMDEVICES COMO FERRAMENTAS DE APRENDIZAGEM
DEVICES COMO FERRAMENTAS DE APRENDIZAGEM
 
O iPad na aprendizagem
O iPad na aprendizagemO iPad na aprendizagem
O iPad na aprendizagem
 
Apresentação JEALAV 2016_dalcim_hoyos_vieira
Apresentação JEALAV 2016_dalcim_hoyos_vieiraApresentação JEALAV 2016_dalcim_hoyos_vieira
Apresentação JEALAV 2016_dalcim_hoyos_vieira
 

Code o ensino de linguagens de programação educativas como ferramentas de ensino-aprendizagem

  • 1. CODE: O ensino de linguagens de programação educativas como ferramentas de ensino/aprendizagem Ricardo Fidelis Dantas [UEPB] Francisco Eudes Almeida da Costa [UEPB] 5º Simpósio Hipertexto e Tecnologias na Educação e 1º Colóquio Internacional de Educação com Tecnologias Aprendizagem móvel dentro e fora da escola UFPE.Recife/PE Novembro/2013
  • 2. INTRODUÇÃO As novas tecnologias permitem que as pessoas acompanhem a informação de forma rápida e se inserir no contexto da modernidade. Apesar de timidamente, ainda, estão sendo incorporadas também na educação, às escolas estão passando por um processo de informatização. 5º Simpósio Hipertexto e Tecnologias na Educação e 1º Colóquio Internacional de Educação com Tecnologias Aprendizagem móvel dentro e fora da escola 1 UFPE.Recife/PE Novembro/2013
  • 3. INTRODUÇÃO “As novas tecnologias têm um papel ativo e co-estruturante das formas do aprender e do conhecer. Há nisso, por um lado, uma incrível multiplicação de chances cognitivas, que convém não desperdiçar, mas aproveitar ao máximo.” (ASSMANN, 2000, p.8). 5º Simpósio Hipertexto e Tecnologias na Educação e 1º Colóquio Internacional de Educação com Tecnologias Aprendizagem móvel dentro e fora da escola 2 UFPE.Recife/PE Novembro/2013
  • 4. OBJETIVO Compreender quais as contribuições do ensino de linguagem de programação no contexto educacional, a partir de um estudo sobre o projeto CODE, plataforma desenvolvida para integrar alunos e professores no processo de ensino-aprendizagem de programação. 5º Simpósio Hipertexto e Tecnologias na Educação e 1º Colóquio Internacional de Educação com Tecnologias Aprendizagem móvel dentro e fora da escola 3 UFPE.Recife/PE Novembro/2013
  • 5. METODOLOGIA ● Estudo bibliográfico, relacionando as ideias dos autores trabalhados a cerca das características do projeto CODE. 5º Simpósio Hipertexto e Tecnologias na Educação e 1º Colóquio Internacional de Educação com Tecnologias Aprendizagem móvel dentro e fora da escola 4 UFPE.Recife/PE Novembro/2013
  • 6. O COMPUTADOR NA SOCIEDADE DA INFORMAÇÃO ● Os computadores tem adquirido cada vez mais papel fundamental no processo de ensino-aprendizagem. ● “Hoje, a utilização de computadores na Educação é muito mais diversificada, interessante e desafiadora, do que simplesmente a de transmitir informação ao aprendiz. O computador pode ser também utilizado para enriquecer ambientes de aprendizagem e auxiliar o aprendiz no processo de construção do seu conhecimento.” (VALENTE, 1999, p. 11). 5º Simpósio Hipertexto e Tecnologias na Educação e 1º Colóquio Internacional de Educação com Tecnologias Aprendizagem móvel dentro e fora da escola 5 UFPE.Recife/PE Novembro/2013
  • 7. O COMPUTADOR NA SOCIEDADE DA INFORMAÇÃO “Quando o computador transmite informação para o aluno, o computador assume o papel de máquina de ensinar, e a abordagem pedagógica é a instrução auxiliada por ele” (VALENTE, 1999a, p.12). Ilustração: Google Imagens Fonte: http://goo.gl/EEP77Q. Acessado em: Novembro de 2013. 5º Simpósio Hipertexto e Tecnologias na Educação e 1º Colóquio Internacional de Educação com Tecnologias Aprendizagem móvel dentro e fora da escola 6 UFPE.Recife/PE Novembro/2013
  • 8. CONTRIBUIÇÕES DO ENSINO DE PROGRAMAÇÃO PARA A APRENDIZAGEM ● Quando falamos em linguagens de programação as pessoas imaginam algo complicado, técnico que exige muito conhecimento para realizar e que só pessoas ligadas as áreas da Computação são capazes de dominar e entender. 5º Simpósio Hipertexto e Tecnologias na Educação e 1º Colóquio Internacional de Educação com Tecnologias Aprendizagem móvel dentro e fora da escola 7 UFPE.Recife/PE Novembro/2013
  • 9. CONTRIBUIÇÕES DO ENSINO DE PROGRAMAÇÃO PARA A APRENDIZAGEM “Quando pensamos especificamente em programação, acreditamos que o seu uso tem grande destaque como ferramenta educacional, pois por intermédio da resolução de problemas via uma linguagem de programação, tem-se descrição do processo utilizado pelo aluno para resolver uma tarefa. ” (BARANAUSKAS et al, 1999, p. 53). 5º Simpósio Hipertexto e Tecnologias na Educação e 1º Colóquio Internacional de Educação com Tecnologias Aprendizagem móvel dentro e fora da escola Ilustração: Google Imagens Fonte: http://goo.gl/eDW7W8. Acessado em: Novembro de 2013. 8 UFPE.Recife/PE Novembro/2013
  • 10. CONTRIBUIÇÕES DO ENSINO DE PROGRAMAÇÃO PARA A APRENDIZAGEM ● Possibilita na construção do conhecimento uma vez que segue o processo de descrição, execução, reflexão, depuração, descrição; ● O aprendiz tem a oportunidade de enxergar o produto do seu próprio pensamento; 5º Simpósio Hipertexto e Tecnologias na Educação e 1º Colóquio Internacional de Educação com Tecnologias Aprendizagem móvel dentro e fora da escola 9 UFPE.Recife/PE Novembro/2013
  • 11. CONTRIBUIÇÕES DO ENSINO DE PROGRAMAÇÃO PARA A APRENDIZAGEM “Processo de ensino e aprendizagem de programação é crucial não apenas porque programar é uma „habilidade prática‟, mas também porque processo é meio pelo qual é formado conhecimento efetivo e conceitual em um esquema bem definido.” (FARIA, 2010 apud AHARONI, 2000). 5º Simpósio Hipertexto e Tecnologias na Educação e 1º Colóquio Internacional de Educação com Tecnologias Aprendizagem móvel dentro e fora da escola 10 UFPE.Recife/PE Novembro/2013
  • 12. O PROJETO CODE “Code.org é um Projeto sem fins lucrativos dedicado à crescente educação de ciência da computação, tornando-a disponível em mais escolas, e aumentar a participação de mulheres e minorias de estudantes. A visão é que todos os alunos em todas as escolas devem ter a oportunidade de aprender programação de computador.” Ilustração: PrintScreen Fonte: code.org. Acessado em: Agosto de 2013. Fonte: code.org/about. Acessado em: Agosto de 2013. 5º Simpósio Hipertexto e Tecnologias na Educação e 1º Colóquio Internacional de Educação com Tecnologias Aprendizagem móvel dentro e fora da escola 11 UFPE.Recife/PE Novembro/2013
  • 13. O PROJETO CODE Universidades Americanas ❖ Stanford ❖ Harvard ❖ Indiana Outras Plataformas ❖ ❖ ❖ ❖ ❖ Alice CodeCademy CodeHS KhamAcademy SCRATCH 5º Simpósio Hipertexto e Tecnologias na Educação e 1º Colóquio Internacional de Educação com Tecnologias Aprendizagem móvel dentro e fora da escola Empresas ❖ ❖ ❖ ❖ ❖ Facebook Microsoft Apple Dropbox Google Você ❖ ❖ ❖ ❖ Alunos Professores Escolas Grupos 12 UFPE.Recife/PE Novembro/2013
  • 14. Ilustração: Khan Academy Fonte: code.org. Acessado em: Agosto de 2013. 5º Simpósio Hipertexto e Tecnologias na Educação e 1º Colóquio Internacional de Educação com Tecnologias Aprendizagem móvel dentro e fora da escola 13 UFPE.Recife/PE Novembro/2013
  • 15. Ilustração: CodeHS Fonte: code.org. Acessado em: Agosto de 2013. 5º Simpósio Hipertexto e Tecnologias na Educação e 1º Colóquio Internacional de Educação com Tecnologias Aprendizagem móvel dentro e fora da escola 14 UFPE.Recife/PE Novembro/2013
  • 16. Ilustração: Lightbox Fonte:http://light-bot.com/. Acessado em: Novembro de 2013. 5º Simpósio Hipertexto e Tecnologias na Educação e 1º Colóquio Internacional de Educação com Tecnologias Aprendizagem móvel dentro e fora da escola 15 UFPE.Recife/PE Novembro/2013
  • 17. Ilustração: Scratch Fonte:http://goo.gl/6QUb0b. Acessado em: Novembro de 2013. 5º Simpósio Hipertexto e Tecnologias na Educação e 1º Colóquio Internacional de Educação com Tecnologias Aprendizagem móvel dentro e fora da escola 16 UFPE.Recife/PE Novembro/2013
  • 18. CONSIDERAÇÕES FINAIS • Essa característica da plataforma relacioná-se com a ideia de construcionismo de Papert (1986), quando diz que o aluno constrói um conhecimento mais sólido quando ele está construindo algo de seu interesse e ao mesmo tempo visualiza o resultado do seu trabalho como por exemplo, um programa de computador. 5º Simpósio Hipertexto e Tecnologias na Educação e 1º Colóquio Internacional de Educação com Tecnologias Aprendizagem móvel dentro e fora da escola 17 UFPE.Recife/PE Novembro/2013
  • 19. CONSIDERAÇÕES FINAIS • Identificamos a proposta das ferramentas ofertadas na plataforma CODE e observamos que suas abordagens são fundamentais na construção do conhecimento, desenvolvendo habilidades através do aprendizado das linguagens de programação educativas. 5º Simpósio Hipertexto e Tecnologias na Educação e 1º Colóquio Internacional de Educação com Tecnologias Aprendizagem móvel dentro e fora da escola 18 UFPE.Recife/PE Novembro/2013
  • 20. REFERÊNCIAS ASSMANN, Hugo. A metamorfose do aprender na sociedade da informação.Ci.Inf. [online]. 2000, vol.29, n.2, pp. 07-15. ISSN 0100-1965. BARANAUSKAS, C. et al. Uma taxonomia para Ambientes de Aprendizado Baseados no Computador. In: VALENTE, J. A. O computador na sociedade do conhecimento. Campinas, SP: UNICAMP/NIED, 1999, p. 4568. FARIA, Eustáquio São José de. Método trifásico de ensino-aprendizagem baseado na taxionomia de objetivos educacionais de Bloom: uma aplicação no ensino de programação de computadores. 2010. 296 f. Tese (Doutorado)-Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2010. Disponível em : <http://penelope.dr.ufu.br/handle/123456789/371>. Acesso em: 13 jun. 2013. 5º Simpósio Hipertexto e Tecnologias na Educação e 1º Colóquio Internacional de Educação com Tecnologias Aprendizagem móvel dentro e fora da escola 19 UFPE.Recife/PE Novembro/2013
  • 21. REFERÊNCIAS MELO, Jorge Nazareno Batista. Uma proposta de ensino e aprendizagem de programação linear no Ensino Médio. 2012. 296 f. Dissertação (Mestrado)- Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Matemática. Programa de Pós-Graduação em Ensino de Matemática, 2012 Disponível em: < http://www.lume.ufrgs.br/handle/10183/61731>. Acesso em: 13 jun. 2013. PAPERT, Seymour. Logo: computadores e educação. São Paulo: Brasiliense, 1986. VALENTE, J. A. Informática na Educação no Brasil: análise e contextualização histórica. In VALENTE, J. A. (Org.) O computador na sociedade do conhecimento. Campinas, SP: UNICAMP/NIED, 1999a – p. 11-28. 5º Simpósio Hipertexto e Tecnologias na Educação e 1º Colóquio Internacional de Educação com Tecnologias Aprendizagem móvel dentro e fora da escola 20 UFPE.Recife/PE Novembro/2013
  • 22. REFERÊNCIAS ______. Mudanças na sociedade, mudança na educação: o fazer e o compreender. In VALENTE, J. A. (Org.) O computador na sociedade do conhecimento. Campinas, SP: UNICAMP/NIED, 1999b – p. 31-43. ______. Análise dos diferentes tipos de softwares usados na educação. In VALENTE, J. A. (Org.) O computador na sociedade do conhecimento. Campinas, SP: UNICAMP/NIED, 1999c – p. 71-85. 5º Simpósio Hipertexto e Tecnologias na Educação e 1º Colóquio Internacional de Educação com Tecnologias Aprendizagem móvel dentro e fora da escola 21 UFPE.Recife/PE Novembro/2013