SlideShare uma empresa Scribd logo
Newton e o heliocentrismo  Alunas : Carla, Geovana, Frankielly e Carolaine  Professora : Netícia Mattos  Disciplina : Ciências  Série : 9° A  E.E Dr José Manoel Fontanilas Fragelli
Isaac Newton
Físico, Matemático e Astrônomo, Isaac Newton foi um grande personagem na história da Ciência. Nascido na Inglaterra, no ano de 1643, o filósofo natural deixou importantíssimas contribuições para física, matemática, filosofia, astronomia, alquimia, astrologia, cabala, magia e teologia.
Para Newton, todos esses campos do saber poderiam ajudar nos estudos dos fenômenos naturais. Suas descobertas mais importantes foram: a decomposição da luz, o princípio da gravitação universal e os três princípios da mecânica conhecido como as leis de Newton. 
E também criou o cálculo infinitesimal. Foi em 1666, que suas descobertas mais importantes foram feitas e, interrogado sobre como as conseguia, respondeu: Para descobrir todos os fenômenos que deseja, basta ao sábio três coisas: Pensar, pensar, pensar.
Heliocentrismo
É a teoria a respeito do sistema cosmológico, segundo a qual a Terra e os demais planetas giram em torno do  Sol . Newton formulou as leis do movimento que leva seu nome (  a lei de Newton  ) e, assim, criou a teoria que serviu de quadro de investigação física para 200 anos.
Muitos cientistas e engenheiros continuam a usá-lo para este dia. Por  meio de três leis do movimento e a lei universal da gravidade,  Newton foi capaz de explicar todos os movimentos dos planetas conhecidos,  e muitos fenômenos na Terra.
  Lei de Newton da gravitação estados  que a cada dois objetos no universo se atraem de acordo com sua massa (a quantidade de sua matéria - uma quantidade similar ao peso).  Por exemplo: A força que faz com que uma maçã cair para a terra é a mesma força que faz com que a Lua "cair" em direção à terra. É por isso que se move sobre a terra em um círculo, em vez de fugir -lo em uma linha reta. A mesma força faz com que a terra e o resto do os planetas giram em torno do sol.
 
 
Fim . . .

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Karl Popper e o Falsificacionismo
Karl Popper e o FalsificacionismoKarl Popper e o Falsificacionismo
Karl Popper e o Falsificacionismo
guestbdb4ab6
 
Conhecimento Científico - Popper
Conhecimento Científico - PopperConhecimento Científico - Popper
Conhecimento Científico - Popper
Jorge Barbosa
 
A Revolução Científica
A Revolução CientíficaA Revolução Científica
A Revolução Científica
Rui Neto
 
Escola Pitagórica
Escola PitagóricaEscola Pitagórica
Escola Pitagórica
Luís Rita
 
Introdução à Astronomia
Introdução à AstronomiaIntrodução à Astronomia
Introdução à Astronomia
Colégio Espaço Aberto
 
Química 9º ano
Química 9º anoQuímica 9º ano
Química 9º ano
tomasquintais
 
Espaco tempo
Espaco tempoEspaco tempo
Espaco tempo
aleistercrow
 
Aula Física (9° Ano - Ciências) Magnetismo & Radiação
Aula Física (9° Ano - Ciências) Magnetismo & RadiaçãoAula Física (9° Ano - Ciências) Magnetismo & Radiação
Aula Física (9° Ano - Ciências) Magnetismo & Radiação
Ronaldo Santana
 
Teoria racionalista de Descartes
Teoria racionalista de DescartesTeoria racionalista de Descartes
Teoria racionalista de Descartes
Elisabete Silva
 
O big bang
O big bangO big bang
O big bang
Rildo Borges
 
Dúvida metódica
Dúvida metódicaDúvida metódica
Dúvida metódica
Ozhier
 
Isaac Newton
Isaac NewtonIsaac Newton
Isaac Newton
Gui Souza A
 
Óptica da visão
Óptica da visãoÓptica da visão
Óptica da visão
Marco Antonio Sanches
 
Marie Curie
Marie CurieMarie Curie
Modelos Geocêntrico e Heliocêntrico - Mª Madalena Baptista 7G
Modelos Geocêntrico e Heliocêntrico - Mª Madalena Baptista 7GModelos Geocêntrico e Heliocêntrico - Mª Madalena Baptista 7G
Modelos Geocêntrico e Heliocêntrico - Mª Madalena Baptista 7G
turma7g
 
Ciência e senso comum (1).ppt
Ciência e senso comum (1).pptCiência e senso comum (1).ppt
Ciência e senso comum (1).ppt
Alex Silva
 
Aula 1: O Atomismo Grego
Aula 1: O Atomismo GregoAula 1: O Atomismo Grego
Aula 1: O Atomismo Grego
Newton Silva
 
Epistemologia
EpistemologiaEpistemologia
Óptica introdução
Óptica introduçãoÓptica introdução
Óptica introdução
O mundo da FÍSICA
 
Isaac newton 1
Isaac newton 1Isaac newton 1
Isaac newton 1
Bruce Colombi
 

Mais procurados (20)

Karl Popper e o Falsificacionismo
Karl Popper e o FalsificacionismoKarl Popper e o Falsificacionismo
Karl Popper e o Falsificacionismo
 
Conhecimento Científico - Popper
Conhecimento Científico - PopperConhecimento Científico - Popper
Conhecimento Científico - Popper
 
A Revolução Científica
A Revolução CientíficaA Revolução Científica
A Revolução Científica
 
Escola Pitagórica
Escola PitagóricaEscola Pitagórica
Escola Pitagórica
 
Introdução à Astronomia
Introdução à AstronomiaIntrodução à Astronomia
Introdução à Astronomia
 
Química 9º ano
Química 9º anoQuímica 9º ano
Química 9º ano
 
Espaco tempo
Espaco tempoEspaco tempo
Espaco tempo
 
Aula Física (9° Ano - Ciências) Magnetismo & Radiação
Aula Física (9° Ano - Ciências) Magnetismo & RadiaçãoAula Física (9° Ano - Ciências) Magnetismo & Radiação
Aula Física (9° Ano - Ciências) Magnetismo & Radiação
 
Teoria racionalista de Descartes
Teoria racionalista de DescartesTeoria racionalista de Descartes
Teoria racionalista de Descartes
 
O big bang
O big bangO big bang
O big bang
 
Dúvida metódica
Dúvida metódicaDúvida metódica
Dúvida metódica
 
Isaac Newton
Isaac NewtonIsaac Newton
Isaac Newton
 
Óptica da visão
Óptica da visãoÓptica da visão
Óptica da visão
 
Marie Curie
Marie CurieMarie Curie
Marie Curie
 
Modelos Geocêntrico e Heliocêntrico - Mª Madalena Baptista 7G
Modelos Geocêntrico e Heliocêntrico - Mª Madalena Baptista 7GModelos Geocêntrico e Heliocêntrico - Mª Madalena Baptista 7G
Modelos Geocêntrico e Heliocêntrico - Mª Madalena Baptista 7G
 
Ciência e senso comum (1).ppt
Ciência e senso comum (1).pptCiência e senso comum (1).ppt
Ciência e senso comum (1).ppt
 
Aula 1: O Atomismo Grego
Aula 1: O Atomismo GregoAula 1: O Atomismo Grego
Aula 1: O Atomismo Grego
 
Epistemologia
EpistemologiaEpistemologia
Epistemologia
 
Óptica introdução
Óptica introduçãoÓptica introdução
Óptica introdução
 
Isaac newton 1
Isaac newton 1Isaac newton 1
Isaac newton 1
 

Semelhante a Newton e o heliocentrismo

Lei da gravitação de Newton.ppt
Lei da gravitação de Newton.pptLei da gravitação de Newton.ppt
Lei da gravitação de Newton.ppt
RodolfoFUT9
 
biografiaisaacnewton-130920130528-phpapp01 (1).pdf
biografiaisaacnewton-130920130528-phpapp01 (1).pdfbiografiaisaacnewton-130920130528-phpapp01 (1).pdf
biografiaisaacnewton-130920130528-phpapp01 (1).pdf
ACDUARDO
 
Isaac newton
Isaac newtonIsaac newton
Isaac newton
nonoano
 
Biografia - Isaac Newton
Biografia - Isaac NewtonBiografia - Isaac Newton
Biografia - Isaac Newton
Chriptus Sobrenome
 
Trabalho de física Isaac Newton
Trabalho de física  Isaac NewtonTrabalho de física  Isaac Newton
Trabalho de física Isaac Newton
Moraes99
 
ISAAC NEWTON SLIDE.pptx
ISAAC NEWTON SLIDE.pptxISAAC NEWTON SLIDE.pptx
ISAAC NEWTON SLIDE.pptx
deivid silva
 
Trabalho
TrabalhoTrabalho
Trabalho
guest3322cf1
 
Trabalho
TrabalhoTrabalho
Trabalho
guest3322cf1
 
Trabalho
TrabalhoTrabalho
Trabalho
guest3322cf1
 
Historia da ciência - Inércia
Historia da ciência - InérciaHistoria da ciência - Inércia
Historia da ciência - Inércia
Alexandre Abdalla
 
A síntese newtoniana
A síntese newtonianaA síntese newtoniana
A síntese newtoniana
Pedro Gervásio
 
Introdução à Cosmologia
Introdução à CosmologiaIntrodução à Cosmologia
Introdução à Cosmologia
Davi Oliveira
 
Historia da ciência inércia 2
Historia da ciência   inércia 2Historia da ciência   inércia 2
Historia da ciência inércia 2
Alexandre Abdalla
 
Os desafios da ciência à descoberta de um novo espaço celestial
Os desafios da ciência à descoberta de um novo espaço celestialOs desafios da ciência à descoberta de um novo espaço celestial
Os desafios da ciência à descoberta de um novo espaço celestial
Rita Costa
 
Brown and Green Scrapbook Sustainability and Ecology Presentation (1).pdf
Brown and Green Scrapbook Sustainability and Ecology Presentation (1).pdfBrown and Green Scrapbook Sustainability and Ecology Presentation (1).pdf
Brown and Green Scrapbook Sustainability and Ecology Presentation (1).pdf
AlexandroFeitosa3
 
Isaacnewton 100131090527-phpapp01
Isaacnewton 100131090527-phpapp01Isaacnewton 100131090527-phpapp01
Isaacnewton 100131090527-phpapp01
Douglas Rquintanilha
 
Física - Leis de Kepler, Geocentrismo, Heliocentrismo
Física - Leis de Kepler, Geocentrismo, HeliocentrismoFísica - Leis de Kepler, Geocentrismo, Heliocentrismo
Física - Leis de Kepler, Geocentrismo, Heliocentrismo
eliveltonprofquimica
 
Astronomia giu
Astronomia giuAstronomia giu
Astronomia giu
Giulia Braghetta
 
Leis newton
Leis newtonLeis newton
Leis newton
Adrianne Mendonça
 

Semelhante a Newton e o heliocentrismo (20)

Lei da gravitação de Newton.ppt
Lei da gravitação de Newton.pptLei da gravitação de Newton.ppt
Lei da gravitação de Newton.ppt
 
biografiaisaacnewton-130920130528-phpapp01 (1).pdf
biografiaisaacnewton-130920130528-phpapp01 (1).pdfbiografiaisaacnewton-130920130528-phpapp01 (1).pdf
biografiaisaacnewton-130920130528-phpapp01 (1).pdf
 
Isaac newton
Isaac newtonIsaac newton
Isaac newton
 
Biografia - Isaac Newton
Biografia - Isaac NewtonBiografia - Isaac Newton
Biografia - Isaac Newton
 
Trabalho de física Isaac Newton
Trabalho de física  Isaac NewtonTrabalho de física  Isaac Newton
Trabalho de física Isaac Newton
 
ISAAC NEWTON SLIDE.pptx
ISAAC NEWTON SLIDE.pptxISAAC NEWTON SLIDE.pptx
ISAAC NEWTON SLIDE.pptx
 
Trabalho
TrabalhoTrabalho
Trabalho
 
Trabalho
TrabalhoTrabalho
Trabalho
 
Trabalho
TrabalhoTrabalho
Trabalho
 
Trabalho
TrabalhoTrabalho
Trabalho
 
Historia da ciência - Inércia
Historia da ciência - InérciaHistoria da ciência - Inércia
Historia da ciência - Inércia
 
A síntese newtoniana
A síntese newtonianaA síntese newtoniana
A síntese newtoniana
 
Introdução à Cosmologia
Introdução à CosmologiaIntrodução à Cosmologia
Introdução à Cosmologia
 
Historia da ciência inércia 2
Historia da ciência   inércia 2Historia da ciência   inércia 2
Historia da ciência inércia 2
 
Os desafios da ciência à descoberta de um novo espaço celestial
Os desafios da ciência à descoberta de um novo espaço celestialOs desafios da ciência à descoberta de um novo espaço celestial
Os desafios da ciência à descoberta de um novo espaço celestial
 
Brown and Green Scrapbook Sustainability and Ecology Presentation (1).pdf
Brown and Green Scrapbook Sustainability and Ecology Presentation (1).pdfBrown and Green Scrapbook Sustainability and Ecology Presentation (1).pdf
Brown and Green Scrapbook Sustainability and Ecology Presentation (1).pdf
 
Isaacnewton 100131090527-phpapp01
Isaacnewton 100131090527-phpapp01Isaacnewton 100131090527-phpapp01
Isaacnewton 100131090527-phpapp01
 
Física - Leis de Kepler, Geocentrismo, Heliocentrismo
Física - Leis de Kepler, Geocentrismo, HeliocentrismoFísica - Leis de Kepler, Geocentrismo, Heliocentrismo
Física - Leis de Kepler, Geocentrismo, Heliocentrismo
 
Astronomia giu
Astronomia giuAstronomia giu
Astronomia giu
 
Leis newton
Leis newtonLeis newton
Leis newton
 

Mais de NeticiaMatos

Joao pedro trabalho
Joao pedro trabalhoJoao pedro trabalho
Joao pedro trabalho
NeticiaMatos
 
Geocentrismo
GeocentrismoGeocentrismo
Geocentrismo
NeticiaMatos
 
Geocentrismo
GeocentrismoGeocentrismo
Geocentrismo
NeticiaMatos
 
Ciências
CiênciasCiências
Ciências
NeticiaMatos
 
O jornal do meio ambiente
O jornal do meio ambienteO jornal do meio ambiente
O jornal do meio ambiente
NeticiaMatos
 
Daniel surgimentos dos seres humanos professora rosimeire
Daniel  surgimentos  dos    seres    humanos     professora   rosimeireDaniel  surgimentos  dos    seres    humanos     professora   rosimeire
Daniel surgimentos dos seres humanos professora rosimeire
NeticiaMatos
 
Claudia radioatividade 1fase
Claudia radioatividade 1faseClaudia radioatividade 1fase
Claudia radioatividade 1fase
NeticiaMatos
 

Mais de NeticiaMatos (7)

Joao pedro trabalho
Joao pedro trabalhoJoao pedro trabalho
Joao pedro trabalho
 
Geocentrismo
GeocentrismoGeocentrismo
Geocentrismo
 
Geocentrismo
GeocentrismoGeocentrismo
Geocentrismo
 
Ciências
CiênciasCiências
Ciências
 
O jornal do meio ambiente
O jornal do meio ambienteO jornal do meio ambiente
O jornal do meio ambiente
 
Daniel surgimentos dos seres humanos professora rosimeire
Daniel  surgimentos  dos    seres    humanos     professora   rosimeireDaniel  surgimentos  dos    seres    humanos     professora   rosimeire
Daniel surgimentos dos seres humanos professora rosimeire
 
Claudia radioatividade 1fase
Claudia radioatividade 1faseClaudia radioatividade 1fase
Claudia radioatividade 1fase
 

Newton e o heliocentrismo

  • 1. Newton e o heliocentrismo Alunas : Carla, Geovana, Frankielly e Carolaine Professora : Netícia Mattos Disciplina : Ciências Série : 9° A E.E Dr José Manoel Fontanilas Fragelli
  • 3. Físico, Matemático e Astrônomo, Isaac Newton foi um grande personagem na história da Ciência. Nascido na Inglaterra, no ano de 1643, o filósofo natural deixou importantíssimas contribuições para física, matemática, filosofia, astronomia, alquimia, astrologia, cabala, magia e teologia.
  • 4. Para Newton, todos esses campos do saber poderiam ajudar nos estudos dos fenômenos naturais. Suas descobertas mais importantes foram: a decomposição da luz, o princípio da gravitação universal e os três princípios da mecânica conhecido como as leis de Newton. 
  • 5. E também criou o cálculo infinitesimal. Foi em 1666, que suas descobertas mais importantes foram feitas e, interrogado sobre como as conseguia, respondeu: Para descobrir todos os fenômenos que deseja, basta ao sábio três coisas: Pensar, pensar, pensar.
  • 7. É a teoria a respeito do sistema cosmológico, segundo a qual a Terra e os demais planetas giram em torno do  Sol . Newton formulou as leis do movimento que leva seu nome (  a lei de Newton  ) e, assim, criou a teoria que serviu de quadro de investigação física para 200 anos.
  • 8. Muitos cientistas e engenheiros continuam a usá-lo para este dia. Por  meio de três leis do movimento e a lei universal da gravidade,  Newton foi capaz de explicar todos os movimentos dos planetas conhecidos,  e muitos fenômenos na Terra.
  • 9.   Lei de Newton da gravitação estados  que a cada dois objetos no universo se atraem de acordo com sua massa (a quantidade de sua matéria - uma quantidade similar ao peso).  Por exemplo: A força que faz com que uma maçã cair para a terra é a mesma força que faz com que a Lua "cair" em direção à terra. É por isso que se move sobre a terra em um círculo, em vez de fugir -lo em uma linha reta. A mesma força faz com que a terra e o resto do os planetas giram em torno do sol.
  • 10.  
  • 11.  
  • 12. Fim . . .