SlideShare uma empresa Scribd logo
Diversidade cultural são os vários aspectos
que representam particularmente as
diferentes culturas, como a linguagem, as
tradições, a culinária, a religião, os costumes,
o modelo de organização familiar, a política,
entre outras características próprias de um
grupo de seres humanos que habitam um
determinado território.
O Brasil é um país incrivelmente rico em diversidade
cultural, devido a sua extensão territorial e a
pluralidade de colonizações e influências que sofreu
ao longo do processo de construção da sociedade
brasileira.
As diferenças são bastante visíveis mesmo entre as
diferentes regiões do país: norte, nordeste, centro-
oeste, sudeste e sul.
Os estados que compõem a região Norte do
Brasil são: Acre, Amapá, Amazonas, Pará,
Rondônia, Roraima e Tocantins. Seu contingente
populacional é de 15 milhões de habitantes,
composto por indígenas e imigrantes: gaúchos,
paranaenses, paulistas, nordestinos, africanos,
europeus e asiáticos.
Todos esses fatores contribuem para a
pluralidade cultural, composta por diversas
danças, crenças, comidas, festas, dentre outros
aspectos que integram a cultura de um povo.
O Festival de Parintins é um dos maiores
responsáveis pela divulgação cultural do Boi-
Bumbá, realizado desde 1913. No
Bumbódromo apresentam-se as agremiações
Boi Garantido (vermelho) e o Boi Caprichoso
(azul), sendo destinadas a elas três horas para
cada apresentação. São três noites de
apresentação, nas quais são abordados,
através das alegorias e encenações, aspectos
regionais, como: lendas, rituais indígenas e
costumes dos ribeirinhos. Anualmente,
aproximadamente 35 mil pessoas prestigiam
A cultura do Nordeste brasileiro (que compreende os estados do
Maranhão, Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba,
Pernambuco, Alagoas, Sergipe e Bahia) desenvolveu hábitos
próprios com relação ao mundo e às manifestações culturais.
Esses hábitos foram transmitidos de geração em geração. Que
tem características próprias herdadas da interação da cultura dos
colonizadores portugueses, dos negros e dos índios.
As manifestações culturais que mais se destacam na região
nordeste do Brasil são: festas juninas, Reisado, poesia popular,
artesanato, capoeira, frevo, culinária e religiões afro-brasileiras
São festejadas com danças típicas como a
quadrilha e o forró, bandeirolas, balões e
fogos de artifício. As festas juninas fazem
homenagem aos seguintes santos
católicos: Santo Antônio (13/06), São João
(24/06) e São Pedro (29/06).
A região Centro-Oeste é composta pelos
estados de Goiás, Mato Grosso, Mato
Grosso do Sul e pelo Distrito Federal. Sua
cultura é bem diversificada, com
elementos da cultura indígena, dos
imigrantes paulistas, mineiros, gaúchos,
bolivianos e paraguaios.
As principais manifestações culturais no
estado de Goiás são: a Procissão do
Fogaréu e as Cavalhadas.
Em Pirenópolis, ocorre uma das mais
significativas Cavalhadas do Brasil, é uma
apresentação teatral ao ar livre que representa
uma batalha medieval entre cavalheiros
cristãos (vestidos de azul) e cavalheiros
mouros (vestidos de vermelho). Essa é uma
das principais atrações turísticas da Festa do
Divino de Pirenópolis.
Minas Gerais, São Paulo, Rio de Janeiro e Espírito
Santo, os estados que integram a região Sudeste do
nosso país. As manifestações culturais são muito
diversificadas, com grandes influências dos povos
indígenas, africanos, europeus e asiáticos. Entre os
vários elementos da cultura do Sudeste, estão:
Carnaval, Batuque, Congada, Ticumbi, Dança de São
Gonçalo, Festa de Iemanjá, Folia de Reis ou Reisado,
Samba de Lenço,
Festa popular comemorada em todo o
Brasil. No Rio de Janeiro é realizado o
carnaval mais famoso do mundo, e atrai
turistas brasileiros e estrangeiros para
prestigiarem os desfiles das escolas de
samba.
A região Sul do Brasil é
composta pelos Estados do
Rio Grande do Sul, Paraná e
Santa Catarina. Apresenta
grande diversidade cultural, as
maiores influências culturais
são dos imigrantes europeus.
A dança de fitas é uma tradição milenar. É
uma dança ariana antiquíssima. É feito um
pau de fita, cujo mastro é sustentado no
centro da dança por um menino. Da ponta
do mastro saem pares de fita. Executam as
figurações segurando a ponta das suas
fitas, dançando, traçando as fitas em torno
do mastro central.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Dia Da Consciência Negra
Dia Da Consciência NegraDia Da Consciência Negra
Dia Da Consciência Negra
Paulo Medeiros
 
diversidade cultural
diversidade culturaldiversidade cultural
diversidade cultural
jamerson alencar
 
Cultura
CulturaCultura
Cultura
Jhonatan Max
 
A cultura do nordeste
A cultura do nordesteA cultura do nordeste
A cultura do nordeste
Nicole Gouveia
 
Identidade cultural
Identidade culturalIdentidade cultural
Identidade cultural
Cristofer Castillo
 
Diversidade Cultural Brasileira
Diversidade Cultural BrasileiraDiversidade Cultural Brasileira
Diversidade Cultural Brasileira
Jaqueline Gonçalves
 
Desigualdade Social
Desigualdade SocialDesigualdade Social
Desigualdade Social
Marcos Alencar
 
Índios brasileiros
Índios brasileirosÍndios brasileiros
Índios brasileiros
Paulo Alexandre
 
Cultura negra
Cultura negraCultura negra
Cultura negra
Daniele Lino
 
Atividades arte e cultura brasileira
Atividades arte e cultura brasileiraAtividades arte e cultura brasileira
Atividades arte e cultura brasileira
Atividades Diversas Cláudia
 
ELETIVA 2023.1 - APRESENTAÇÃO.pptx
ELETIVA 2023.1 - APRESENTAÇÃO.pptxELETIVA 2023.1 - APRESENTAÇÃO.pptx
ELETIVA 2023.1 - APRESENTAÇÃO.pptx
alissonmanoel2
 
Influência da-cultura-africana-no-brasil
Influência da-cultura-africana-no-brasilInfluência da-cultura-africana-no-brasil
Influência da-cultura-africana-no-brasil
Nancihorta
 
AVALIAÇÃO DE SOCIOLOGIA - CULTURA- Questões discursivas - 1º ano Ensino Médio...
AVALIAÇÃO DE SOCIOLOGIA - CULTURA- Questões discursivas - 1º ano Ensino Médio...AVALIAÇÃO DE SOCIOLOGIA - CULTURA- Questões discursivas - 1º ano Ensino Médio...
AVALIAÇÃO DE SOCIOLOGIA - CULTURA- Questões discursivas - 1º ano Ensino Médio...
Prof. Noe Assunção
 
Espaço rural e urbano
Espaço rural e urbanoEspaço rural e urbano
Espaço rural e urbano
Portal do Vestibulando
 
Aula patrimônio cultural
Aula patrimônio culturalAula patrimônio cultural
Aula patrimônio cultural
Curso Letrados
 
História e cultura afro brasileira e indígena
História e cultura afro brasileira e indígenaHistória e cultura afro brasileira e indígena
História e cultura afro brasileira e indígena
Valeria Santos
 
Diversidade Cultural
Diversidade CulturalDiversidade Cultural
Diversidade Cultural
Paula Melo
 
Atividade do filme tempos modernos - Prof. Ms. Noe Assunção
Atividade do filme tempos modernos - Prof. Ms. Noe AssunçãoAtividade do filme tempos modernos - Prof. Ms. Noe Assunção
Atividade do filme tempos modernos - Prof. Ms. Noe Assunção
Prof. Noe Assunção
 
Diversidade etnica
Diversidade etnicaDiversidade etnica
Diversidade etnica
Cristina de Souza
 

Mais procurados (20)

Dia Da Consciência Negra
Dia Da Consciência NegraDia Da Consciência Negra
Dia Da Consciência Negra
 
diversidade cultural
diversidade culturaldiversidade cultural
diversidade cultural
 
Cultura
CulturaCultura
Cultura
 
A cultura do nordeste
A cultura do nordesteA cultura do nordeste
A cultura do nordeste
 
Identidade cultural
Identidade culturalIdentidade cultural
Identidade cultural
 
Diversidade Cultural Brasileira
Diversidade Cultural BrasileiraDiversidade Cultural Brasileira
Diversidade Cultural Brasileira
 
Desigualdade Social
Desigualdade SocialDesigualdade Social
Desigualdade Social
 
Índios brasileiros
Índios brasileirosÍndios brasileiros
Índios brasileiros
 
Cultura negra
Cultura negraCultura negra
Cultura negra
 
Migrações no brasil
Migrações no brasilMigrações no brasil
Migrações no brasil
 
Atividades arte e cultura brasileira
Atividades arte e cultura brasileiraAtividades arte e cultura brasileira
Atividades arte e cultura brasileira
 
ELETIVA 2023.1 - APRESENTAÇÃO.pptx
ELETIVA 2023.1 - APRESENTAÇÃO.pptxELETIVA 2023.1 - APRESENTAÇÃO.pptx
ELETIVA 2023.1 - APRESENTAÇÃO.pptx
 
Influência da-cultura-africana-no-brasil
Influência da-cultura-africana-no-brasilInfluência da-cultura-africana-no-brasil
Influência da-cultura-africana-no-brasil
 
AVALIAÇÃO DE SOCIOLOGIA - CULTURA- Questões discursivas - 1º ano Ensino Médio...
AVALIAÇÃO DE SOCIOLOGIA - CULTURA- Questões discursivas - 1º ano Ensino Médio...AVALIAÇÃO DE SOCIOLOGIA - CULTURA- Questões discursivas - 1º ano Ensino Médio...
AVALIAÇÃO DE SOCIOLOGIA - CULTURA- Questões discursivas - 1º ano Ensino Médio...
 
Espaço rural e urbano
Espaço rural e urbanoEspaço rural e urbano
Espaço rural e urbano
 
Aula patrimônio cultural
Aula patrimônio culturalAula patrimônio cultural
Aula patrimônio cultural
 
História e cultura afro brasileira e indígena
História e cultura afro brasileira e indígenaHistória e cultura afro brasileira e indígena
História e cultura afro brasileira e indígena
 
Diversidade Cultural
Diversidade CulturalDiversidade Cultural
Diversidade Cultural
 
Atividade do filme tempos modernos - Prof. Ms. Noe Assunção
Atividade do filme tempos modernos - Prof. Ms. Noe AssunçãoAtividade do filme tempos modernos - Prof. Ms. Noe Assunção
Atividade do filme tempos modernos - Prof. Ms. Noe Assunção
 
Diversidade etnica
Diversidade etnicaDiversidade etnica
Diversidade etnica
 

Semelhante a A diversidade cultural do Brasil

Regiões do brasil
Regiões do brasilRegiões do brasil
Regiões do brasil
robson30
 
A formação da cultura brasileira/ Dicas para o Enem
A formação da cultura brasileira/ Dicas para o EnemA formação da cultura brasileira/ Dicas para o Enem
A formação da cultura brasileira/ Dicas para o Enem
Joemille Leal
 
Variação linguista
Variação linguistaVariação linguista
Variação linguista
viniciu5
 
Diversidade cultural do brasil.pptx
Diversidade cultural do brasil.pptxDiversidade cultural do brasil.pptx
Diversidade cultural do brasil.pptx
NayanaNayllah
 
nordeste do brasil
nordeste do brasilnordeste do brasil
nordeste do brasil
Gean Bonatto
 
Regiões Nordeste & sudeste
Regiões Nordeste & sudesteRegiões Nordeste & sudeste
Regiões Nordeste & sudeste
ThaynaStrey
 
Região nordeste
Região nordesteRegião nordeste
Região nordeste
souzaaline2
 
Diversidades no brasil
Diversidades no brasilDiversidades no brasil
Diversidades no brasil
dinicmax
 
Regionordeste 120830083855-phpapp02
Regionordeste 120830083855-phpapp02Regionordeste 120830083855-phpapp02
Regionordeste 120830083855-phpapp02
Giselda morais rodrigues do
 
Pará e santa catarina
Pará e santa catarinaPará e santa catarina
Pará e santa catarina
Tamires Assunção
 
A diversidade cultural no brasil (1) (1)
A diversidade cultural no brasil (1) (1)A diversidade cultural no brasil (1) (1)
A diversidade cultural no brasil (1) (1)
Atividades Diversas Cláudia
 
Centro de Ensino Paulo Freire - Extensão.pptx
Centro de Ensino Paulo Freire - Extensão.pptxCentro de Ensino Paulo Freire - Extensão.pptx
Centro de Ensino Paulo Freire - Extensão.pptx
KassiaCoelho1
 
Brasil
BrasilBrasil
Brasil
limananda
 
Caucaia
CaucaiaCaucaia
Caucaia
Bruna Makini
 
Folclore
Folclore Folclore
Folclore
FLÁVIA VIZONÁ
 
Folclore
Folclore Folclore
Folclore
FLÁVIA VIZONÁ
 
Folclore
Folclore Folclore
Folclore
FLÁVIA VIZONÁ
 
Cultura afroeindigena
Cultura afroeindigenaCultura afroeindigena
Cultura afroeindigena
Anny Caroline
 
geografiamigraoeimigrao-130415233308-phpapp01.pptx
geografiamigraoeimigrao-130415233308-phpapp01.pptxgeografiamigraoeimigrao-130415233308-phpapp01.pptx
geografiamigraoeimigrao-130415233308-phpapp01.pptx
Janaina Diniz
 
Tema;cultura alimentar Gerson clei rodrigues de araujo Nicolas Quintiere 9B
Tema;cultura alimentar Gerson clei rodrigues de araujo Nicolas Quintiere  9BTema;cultura alimentar Gerson clei rodrigues de araujo Nicolas Quintiere  9B
Tema;cultura alimentar Gerson clei rodrigues de araujo Nicolas Quintiere 9B
Francini Domingues
 

Semelhante a A diversidade cultural do Brasil (20)

Regiões do brasil
Regiões do brasilRegiões do brasil
Regiões do brasil
 
A formação da cultura brasileira/ Dicas para o Enem
A formação da cultura brasileira/ Dicas para o EnemA formação da cultura brasileira/ Dicas para o Enem
A formação da cultura brasileira/ Dicas para o Enem
 
Variação linguista
Variação linguistaVariação linguista
Variação linguista
 
Diversidade cultural do brasil.pptx
Diversidade cultural do brasil.pptxDiversidade cultural do brasil.pptx
Diversidade cultural do brasil.pptx
 
nordeste do brasil
nordeste do brasilnordeste do brasil
nordeste do brasil
 
Regiões Nordeste & sudeste
Regiões Nordeste & sudesteRegiões Nordeste & sudeste
Regiões Nordeste & sudeste
 
Região nordeste
Região nordesteRegião nordeste
Região nordeste
 
Diversidades no brasil
Diversidades no brasilDiversidades no brasil
Diversidades no brasil
 
Regionordeste 120830083855-phpapp02
Regionordeste 120830083855-phpapp02Regionordeste 120830083855-phpapp02
Regionordeste 120830083855-phpapp02
 
Pará e santa catarina
Pará e santa catarinaPará e santa catarina
Pará e santa catarina
 
A diversidade cultural no brasil (1) (1)
A diversidade cultural no brasil (1) (1)A diversidade cultural no brasil (1) (1)
A diversidade cultural no brasil (1) (1)
 
Centro de Ensino Paulo Freire - Extensão.pptx
Centro de Ensino Paulo Freire - Extensão.pptxCentro de Ensino Paulo Freire - Extensão.pptx
Centro de Ensino Paulo Freire - Extensão.pptx
 
Brasil
BrasilBrasil
Brasil
 
Caucaia
CaucaiaCaucaia
Caucaia
 
Folclore
Folclore Folclore
Folclore
 
Folclore
Folclore Folclore
Folclore
 
Folclore
Folclore Folclore
Folclore
 
Cultura afroeindigena
Cultura afroeindigenaCultura afroeindigena
Cultura afroeindigena
 
geografiamigraoeimigrao-130415233308-phpapp01.pptx
geografiamigraoeimigrao-130415233308-phpapp01.pptxgeografiamigraoeimigrao-130415233308-phpapp01.pptx
geografiamigraoeimigrao-130415233308-phpapp01.pptx
 
Tema;cultura alimentar Gerson clei rodrigues de araujo Nicolas Quintiere 9B
Tema;cultura alimentar Gerson clei rodrigues de araujo Nicolas Quintiere  9BTema;cultura alimentar Gerson clei rodrigues de araujo Nicolas Quintiere  9B
Tema;cultura alimentar Gerson clei rodrigues de araujo Nicolas Quintiere 9B
 

Último

JOGO DA VELHA FESTA JUNINA - ARQUIVO GRATUITO.pdf
JOGO DA VELHA FESTA JUNINA - ARQUIVO GRATUITO.pdfJOGO DA VELHA FESTA JUNINA - ARQUIVO GRATUITO.pdf
JOGO DA VELHA FESTA JUNINA - ARQUIVO GRATUITO.pdf
ClaudiaMainoth
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
MarcosPaulo777883
 
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
fagnerlopes11
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
fernandacosta37763
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
TomasSousa7
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
HisrelBlog
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
Manuais Formação
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
AurelianoFerreirades2
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
TomasSousa7
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
Manuais Formação
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
MarceloMonteiro213738
 
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
silvamelosilva300
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
mamaeieby
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
DECIOMAURINARAMOS
 
slides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentarslides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentar
JoeteCarvalho
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
DouglasMoraes54
 
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
vinibolado86
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Mary Alvarenga
 

Último (20)

JOGO DA VELHA FESTA JUNINA - ARQUIVO GRATUITO.pdf
JOGO DA VELHA FESTA JUNINA - ARQUIVO GRATUITO.pdfJOGO DA VELHA FESTA JUNINA - ARQUIVO GRATUITO.pdf
JOGO DA VELHA FESTA JUNINA - ARQUIVO GRATUITO.pdf
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
 
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
 
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
 
slides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentarslides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentar
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
 
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
 

A diversidade cultural do Brasil

  • 1.
  • 2. Diversidade cultural são os vários aspectos que representam particularmente as diferentes culturas, como a linguagem, as tradições, a culinária, a religião, os costumes, o modelo de organização familiar, a política, entre outras características próprias de um grupo de seres humanos que habitam um determinado território.
  • 3. O Brasil é um país incrivelmente rico em diversidade cultural, devido a sua extensão territorial e a pluralidade de colonizações e influências que sofreu ao longo do processo de construção da sociedade brasileira. As diferenças são bastante visíveis mesmo entre as diferentes regiões do país: norte, nordeste, centro- oeste, sudeste e sul.
  • 4. Os estados que compõem a região Norte do Brasil são: Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins. Seu contingente populacional é de 15 milhões de habitantes, composto por indígenas e imigrantes: gaúchos, paranaenses, paulistas, nordestinos, africanos, europeus e asiáticos. Todos esses fatores contribuem para a pluralidade cultural, composta por diversas danças, crenças, comidas, festas, dentre outros aspectos que integram a cultura de um povo.
  • 5. O Festival de Parintins é um dos maiores responsáveis pela divulgação cultural do Boi- Bumbá, realizado desde 1913. No Bumbódromo apresentam-se as agremiações Boi Garantido (vermelho) e o Boi Caprichoso (azul), sendo destinadas a elas três horas para cada apresentação. São três noites de apresentação, nas quais são abordados, através das alegorias e encenações, aspectos regionais, como: lendas, rituais indígenas e costumes dos ribeirinhos. Anualmente, aproximadamente 35 mil pessoas prestigiam
  • 6. A cultura do Nordeste brasileiro (que compreende os estados do Maranhão, Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas, Sergipe e Bahia) desenvolveu hábitos próprios com relação ao mundo e às manifestações culturais. Esses hábitos foram transmitidos de geração em geração. Que tem características próprias herdadas da interação da cultura dos colonizadores portugueses, dos negros e dos índios. As manifestações culturais que mais se destacam na região nordeste do Brasil são: festas juninas, Reisado, poesia popular, artesanato, capoeira, frevo, culinária e religiões afro-brasileiras
  • 7. São festejadas com danças típicas como a quadrilha e o forró, bandeirolas, balões e fogos de artifício. As festas juninas fazem homenagem aos seguintes santos católicos: Santo Antônio (13/06), São João (24/06) e São Pedro (29/06).
  • 8. A região Centro-Oeste é composta pelos estados de Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e pelo Distrito Federal. Sua cultura é bem diversificada, com elementos da cultura indígena, dos imigrantes paulistas, mineiros, gaúchos, bolivianos e paraguaios. As principais manifestações culturais no estado de Goiás são: a Procissão do Fogaréu e as Cavalhadas.
  • 9. Em Pirenópolis, ocorre uma das mais significativas Cavalhadas do Brasil, é uma apresentação teatral ao ar livre que representa uma batalha medieval entre cavalheiros cristãos (vestidos de azul) e cavalheiros mouros (vestidos de vermelho). Essa é uma das principais atrações turísticas da Festa do Divino de Pirenópolis.
  • 10. Minas Gerais, São Paulo, Rio de Janeiro e Espírito Santo, os estados que integram a região Sudeste do nosso país. As manifestações culturais são muito diversificadas, com grandes influências dos povos indígenas, africanos, europeus e asiáticos. Entre os vários elementos da cultura do Sudeste, estão: Carnaval, Batuque, Congada, Ticumbi, Dança de São Gonçalo, Festa de Iemanjá, Folia de Reis ou Reisado, Samba de Lenço,
  • 11. Festa popular comemorada em todo o Brasil. No Rio de Janeiro é realizado o carnaval mais famoso do mundo, e atrai turistas brasileiros e estrangeiros para prestigiarem os desfiles das escolas de samba.
  • 12. A região Sul do Brasil é composta pelos Estados do Rio Grande do Sul, Paraná e Santa Catarina. Apresenta grande diversidade cultural, as maiores influências culturais são dos imigrantes europeus.
  • 13. A dança de fitas é uma tradição milenar. É uma dança ariana antiquíssima. É feito um pau de fita, cujo mastro é sustentado no centro da dança por um menino. Da ponta do mastro saem pares de fita. Executam as figurações segurando a ponta das suas fitas, dançando, traçando as fitas em torno do mastro central.