SlideShare uma empresa Scribd logo
TEXTO ÁUREO
“De tudo o que se tem ouvido, o fim
é: Teme a Deus e guarda os seus
mandamentos; porque este é o dever
de todo homem” (Ec 12.13).

Igreja Evangélica Assembleia de Deus
Ministério Belém – Setor 5 – Álvares Machado
Campo de Presidente Prudente - SP
VERDADE PRÁTICA

Obedecer aos mandamentos do
Senhor é a prova de que vivemos
uma vida justa diante dos
homens e de Deus.

Igreja Evangélica Assembleia de Deus
Ministério Belém – Setor 5 – Álvares Machado
Campo de Presidente Prudente - SP
LEITURA BÍBLICA EM CLASSE
Ec 12.1-8
1 - Lembra-te do teu Criador nos dias da tua mocidade,
antes que venham os maus dias, e cheguem os anos dos
quais venhas a dizer: Não tenho neles contentamento;
2 - antes que se escureçam o sol, e a luz, e a lua, e as
estrelas, e tornem a vir as nuvens depois da chuva;
3 - no dia em que tremerem os guardas da casa, e se
curvarem os homens fortes, e cessarem os moedores, por
já serem poucos, e se escurecerem os que olham pelas
janelas;
4 - e as duas portas da rua se fecharem por causa do baixo
ruído da moedura, e se levantar à voz das aves, e todas as
vozes do canto se baixarem;
Igreja Evangélica Assembleia de Deus
Ministério Belém – Setor 5 – Álvares Machado
Campo de Presidente Prudente - SP
LEITURA BÍBLICA EM CLASSE
Ec 12.1-8
5 - como também quando temerem o que está no alto, e
houver espantos no caminho, e florescer a amendoeira, e o
gafanhoto for um peso, e perecer o apetite; porque o
homem se vai à sua eterna casa, e os pranteadores
andarão rodeando pela praça;
6 - antes que se quebre a cadeia de prata, e se despedace
o copo de ouro, e se despedace o cântaro junto à fonte, e
se despedace a roda junto ao poço,
7 - e o pó volte à terra, como o era, e o espírito volte a
Deus, que o deu.
8 - Vaidade de vaidade, diz o Pregador, tudo é vaidade.
Igreja Evangélica Assembleia de Deus
Ministério Belém – Setor 5 – Álvares Machado
Campo de Presidente Prudente - SP
PROPOSTA DA LIÇÃO
• Estilo literário de Salomão: reflexão de trás para frente?
• Não esqueça que você é criatura e que há um Criador;
• Homem: criatura, temporal – Deus: Criador, Eterno;
• Juventude: período da vida de maior vigor;
• Velhice: último estágio da existência;
• Corporal: o pó volta para a terra, como o era;
• Espiritual: o espírito voltará a Deus, que o deu;
• Vida é dinâmica, mas precisa de regras e normas;
• Chegará pois o dia da prestação de contas de todos.
Igreja Evangélica Assembleia de Deus
Ministério Belém – Setor 5 – Álvares Machado
Campo de Presidente Prudente - SP
INTRODUÇÃO
• Fim das reflexões sobre a vida debaixo do sol;
• Estilo literário de Salomão: reflexões de trás para frente.
a) Contrastes apresentados pelo pregador:
• Apresenta a juventude a partir de uma análise da velhice;
• Fala da vida com os olhos fitos na morte;
• Fala do temporal com os olhos voltados ao eterno;
• Menciona a criatura a partir do Criador;
• Fala do prazer sem esquecer do julgamento final.
Igreja Evangélica Assembleia de Deus
Ministério Belém – Setor 5 – Álvares Machado
Campo de Presidente Prudente - SP
I – UMA VERDADE QUE
NÃO PODE SER ESQUECIDA
1) SOMOS CRIATURA
• Ec 12: exortação para lembrarmos do nosso Criador;
• Criação: uma das doutrinas mais bem definidas;
• Pela fé cremos no Deus criador do universo;
• “Não esqueça que você é criatura e que há um Criador”.
2) HÁ UM CRIADOR
• Ec 12.1: Deus é revelado como Criador;
• Ec 12.13: Deus revelado como o Supremo Juiz;
• Este fato nos obriga a enxergar Deus como Criador;
• Homem: ser temporal. Deus: Eterno.
Igreja Evangélica Assembleia de Deus
Ministério Belém – Setor 5 – Álvares Machado
Campo de Presidente Prudente - SP
II – OS DOIS GRANDES
MOMENTOS DA VIDA
1) JUVENTUDE
• Juventude: estágio inicial da vida, de maior vigor;
• Fase de recreação, satisfação e exuberância;
• Mas não são valorizadas as lembranças e memórias;
• Falta de um referencial (Jesus).
2) A VELHICE
• Velhice: último estágio da vida;
• Período em que nada mais parece fazer sentido;
• A robusteza dá lugar ao enfraquecimento do copo;
• A velhice nos mostra frágeis.
Igreja Evangélica Assembleia de Deus
Ministério Belém – Setor 5 – Álvares Machado
Campo de Presidente Prudente - SP
III – AS DIFERENTES DIMENSÕES DA
EXISTÊNCIA HUMANA
1) CORPORAL
• Dimensão corporal: alegrias, tristezas, acertos ou erros;
• ”O pó volte à terra, como o era”: nossa limitação;
• Dimensão temporal e espiritual: importantíssimas;
• Devemos cuidar do corpo e usá-lo para glória de Deus.
2) ESPIRITUAL
• Dimensão espiritual: o nosso espírito voltará a Deus;
• Ec 12: contraste entre o temporal e o eterno;
• Devemos cuidar da dimensão espiritual e corporal;
• Homem integral: dimensão humana e espiritual.
Igreja Evangélica Assembleia de Deus
Ministério Belém – Setor 5 – Álvares Machado
Campo de Presidente Prudente - SP
IV – PRESTANDO
CONTA DE TUDO
1) GUARDANDO O MANDAMENTO
• A vida é dinâmica, mas precisa de regras e normas;
• Mandamento divino: é para o nosso próprio bem;
• Todos devem temer a Deus;
• Todos devem guardar seus mandamentos.
2) AGUARDANDO O JULGAMENTO
• Últimas palavras do Eclesiastes: advertências;
• Julgamento: “Deus há de trazer a juízo toda obra”;
• Tomada de decisão: o dia da prestação de contas;
• O Justo Juiz decidirá o nosso destino (Rm 14.10,12).
Igreja Evangélica Assembleia de Deus
Ministério Belém – Setor 5 – Álvares Machado
Campo de Presidente Prudente - SP
CONCLUSÃO
• Realidade da vida: alegria, tristeza, passado/presente;
• Não há como fugir a essa realidade;
• Conselho de Salomão: tema a Deus em todo o tempo.
OBJETIVOS DA LIÇÃO
1) Saber que somos criatura; Deus, o Criador:
• Homem ser temporal. Deus é Eterno, o Criador.
2) Explicar os dois grandes momentos da vida:
• Juventude: fase inicial. Falta de lembranças e memória.
• Velhice: último estágio. Nada parece fazer sentido.
3) Guardar os mandamentos do Senhor:
• Para o nosso próprio bem.
Igreja Evangélica Assembleia de Deus
Ministério Belém – Setor 5 – Álvares Machado
Campo de Presidente Prudente - SP
ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL
Contato: ailtonsilva2000
@yahoo.com.br
@gmail.com
.blogspot.com
facebook

Álvares Machado (SP)
4º trim. 2013
Igreja Evangélica Assembleia de Deus
Ministério Belém – Setor 5 – Álvares Machado
Campo de Presidente Prudente - SP

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Lição 4 - Esmirna, a igreja confessante e mártir
Lição 4 - Esmirna, a igreja confessante e mártirLição 4 - Esmirna, a igreja confessante e mártir
Lição 4 - Esmirna, a igreja confessante e mártir
Ailton da Silva
 
Lição 05 - Um homem de Deus em depressão
Lição 05 - Um homem de Deus em depressãoLição 05 - Um homem de Deus em depressão
Lição 05 - Um homem de Deus em depressão
Ailton da Silva
 
Lição 02 - Oséias a fidelidade no relacionamento com Deus
Lição 02 - Oséias a fidelidade no relacionamento com DeusLição 02 - Oséias a fidelidade no relacionamento com Deus
Lição 02 - Oséias a fidelidade no relacionamento com Deus
Ailton da Silva
 
Lição 10 - O governo do Anticristo - última
Lição 10 - O governo do Anticristo - últimaLição 10 - O governo do Anticristo - última
Lição 10 - O governo do Anticristo - última
Ailton da Silva
 
A consagração dos sacerdotes
A consagração dos sacerdotesA consagração dos sacerdotes
A consagração dos sacerdotes
Ailton da Silva
 
Lição 10 - Sofonias, o juízo vindouro
Lição 10 - Sofonias, o juízo vindouroLição 10 - Sofonias, o juízo vindouro
Lição 10 - Sofonias, o juízo vindouro
Ailton da Silva
 
03 - Joel, o derramamento do Espírito Santo
03 - Joel, o derramamento do Espírito Santo03 - Joel, o derramamento do Espírito Santo
03 - Joel, o derramamento do Espírito Santo
Ailton da Silva
 
Lição 5 - As aflições da viuvez
Lição 5 - As aflições da viuvezLição 5 - As aflições da viuvez
Lição 5 - As aflições da viuvez
Ailton da Silva
 
A celebração da primeira Páscoa
A celebração da primeira PáscoaA celebração da primeira Páscoa
A celebração da primeira Páscoa
Ailton da Silva
 
Lição 7 - A beleza do serviço cristão
Lição 7 - A beleza do serviço cristãoLição 7 - A beleza do serviço cristão
Lição 7 - A beleza do serviço cristão
Ailton da Silva
 
07
0707
Lição 5 - A importância dos dons Espírituais
Lição 5 - A importância dos dons EspírituaisLição 5 - A importância dos dons Espírituais
Lição 5 - A importância dos dons Espírituais
Ailton da Silva
 
Lição 06
Lição 06Lição 06
Lição 06
Ailton da Silva
 
Lição 11 - Ageu, o compromisso do povo da aliança
Lição 11 - Ageu, o compromisso do povo da aliançaLição 11 - Ageu, o compromisso do povo da aliança
Lição 11 - Ageu, o compromisso do povo da aliança
Ailton da Silva
 
Lição 11
Lição 11Lição 11
Lição 11
Ailton da Silva
 
Lição 13 - Malaquias, a sacralidade da família
Lição 13 - Malaquias, a sacralidade da famíliaLição 13 - Malaquias, a sacralidade da família
Lição 13 - Malaquias, a sacralidade da família
Ailton da Silva
 
lição 9 - Habacuque, a Soberania Divina sobre as nações
lição 9 - Habacuque, a Soberania Divina sobre as naçõeslição 9 - Habacuque, a Soberania Divina sobre as nações
lição 9 - Habacuque, a Soberania Divina sobre as nações
Ailton da Silva
 
12
1212
A verdadeira fé não faz acepção de pessoas
A verdadeira fé não faz acepção de pessoasA verdadeira fé não faz acepção de pessoas
A verdadeira fé não faz acepção de pessoas
Ailton da Silva
 
lição 10 - A perda dos bens terrenos
lição 10 - A perda dos bens terrenoslição 10 - A perda dos bens terrenos
lição 10 - A perda dos bens terrenos
Ailton da Silva
 

Mais procurados (20)

Lição 4 - Esmirna, a igreja confessante e mártir
Lição 4 - Esmirna, a igreja confessante e mártirLição 4 - Esmirna, a igreja confessante e mártir
Lição 4 - Esmirna, a igreja confessante e mártir
 
Lição 05 - Um homem de Deus em depressão
Lição 05 - Um homem de Deus em depressãoLição 05 - Um homem de Deus em depressão
Lição 05 - Um homem de Deus em depressão
 
Lição 02 - Oséias a fidelidade no relacionamento com Deus
Lição 02 - Oséias a fidelidade no relacionamento com DeusLição 02 - Oséias a fidelidade no relacionamento com Deus
Lição 02 - Oséias a fidelidade no relacionamento com Deus
 
Lição 10 - O governo do Anticristo - última
Lição 10 - O governo do Anticristo - últimaLição 10 - O governo do Anticristo - última
Lição 10 - O governo do Anticristo - última
 
A consagração dos sacerdotes
A consagração dos sacerdotesA consagração dos sacerdotes
A consagração dos sacerdotes
 
Lição 10 - Sofonias, o juízo vindouro
Lição 10 - Sofonias, o juízo vindouroLição 10 - Sofonias, o juízo vindouro
Lição 10 - Sofonias, o juízo vindouro
 
03 - Joel, o derramamento do Espírito Santo
03 - Joel, o derramamento do Espírito Santo03 - Joel, o derramamento do Espírito Santo
03 - Joel, o derramamento do Espírito Santo
 
Lição 5 - As aflições da viuvez
Lição 5 - As aflições da viuvezLição 5 - As aflições da viuvez
Lição 5 - As aflições da viuvez
 
A celebração da primeira Páscoa
A celebração da primeira PáscoaA celebração da primeira Páscoa
A celebração da primeira Páscoa
 
Lição 7 - A beleza do serviço cristão
Lição 7 - A beleza do serviço cristãoLição 7 - A beleza do serviço cristão
Lição 7 - A beleza do serviço cristão
 
07
0707
07
 
Lição 5 - A importância dos dons Espírituais
Lição 5 - A importância dos dons EspírituaisLição 5 - A importância dos dons Espírituais
Lição 5 - A importância dos dons Espírituais
 
Lição 06
Lição 06Lição 06
Lição 06
 
Lição 11 - Ageu, o compromisso do povo da aliança
Lição 11 - Ageu, o compromisso do povo da aliançaLição 11 - Ageu, o compromisso do povo da aliança
Lição 11 - Ageu, o compromisso do povo da aliança
 
Lição 11
Lição 11Lição 11
Lição 11
 
Lição 13 - Malaquias, a sacralidade da família
Lição 13 - Malaquias, a sacralidade da famíliaLição 13 - Malaquias, a sacralidade da família
Lição 13 - Malaquias, a sacralidade da família
 
lição 9 - Habacuque, a Soberania Divina sobre as nações
lição 9 - Habacuque, a Soberania Divina sobre as naçõeslição 9 - Habacuque, a Soberania Divina sobre as nações
lição 9 - Habacuque, a Soberania Divina sobre as nações
 
12
1212
12
 
A verdadeira fé não faz acepção de pessoas
A verdadeira fé não faz acepção de pessoasA verdadeira fé não faz acepção de pessoas
A verdadeira fé não faz acepção de pessoas
 
lição 10 - A perda dos bens terrenos
lição 10 - A perda dos bens terrenoslição 10 - A perda dos bens terrenos
lição 10 - A perda dos bens terrenos
 

Destaque

Lição 10
Lição 10Lição 10
Lição 10
Ailton da Silva
 
Gerados pela Palavra da verdade
Gerados pela Palavra da verdadeGerados pela Palavra da verdade
Gerados pela Palavra da verdade
Ailton da Silva
 
lição 09
lição 09lição 09
lição 09
Ailton da Silva
 
Lição 8
Lição 8Lição 8
Lição 8
Ailton da Silva
 
as pragas divinas e as propostas ardilosas de Faraó
as pragas divinas e as propostas ardilosas de Faraóas pragas divinas e as propostas ardilosas de Faraó
as pragas divinas e as propostas ardilosas de Faraó
Ailton da Silva
 
03
0303
O diaconato
O diaconatoO diaconato
O diaconato
Ailton da Silva
 
05
0505
Os dons de poder
Os dons de poderOs dons de poder
Os dons de poder
Ailton da Silva
 
Lição 07
Lição 07Lição 07
Lição 07
Ailton da Silva
 
Lição 6 - Jonas, a misericórdia divina
Lição 6 - Jonas, a misericórdia divinaLição 6 - Jonas, a misericórdia divina
Lição 6 - Jonas, a misericórdia divina
Ailton da Silva
 
O ministério de profeta
O ministério de profetaO ministério de profeta
O ministério de profeta
Ailton da Silva
 
Lição 1
Lição 1Lição 1
Lição 1
Ailton da Silva
 
01
0101
O propósito dos dons espirituais
O propósito dos dons espirituaisO propósito dos dons espirituais
O propósito dos dons espirituais
Ailton da Silva
 
10
1010
Um libertador para Israel
Um libertador para IsraelUm libertador para Israel
Um libertador para Israel
Ailton da Silva
 
Lição 12 - Zacarias, o reinado messiânico
Lição 12 - Zacarias, o reinado messiânicoLição 12 - Zacarias, o reinado messiânico
Lição 12 - Zacarias, o reinado messiânico
Ailton da Silva
 
A travessia do mar Vermelho
A travessia do mar VermelhoA travessia do mar Vermelho
A travessia do mar Vermelho
Ailton da Silva
 
Lição 2
Lição 2Lição 2
Lição 2
Ailton da Silva
 

Destaque (20)

Lição 10
Lição 10Lição 10
Lição 10
 
Gerados pela Palavra da verdade
Gerados pela Palavra da verdadeGerados pela Palavra da verdade
Gerados pela Palavra da verdade
 
lição 09
lição 09lição 09
lição 09
 
Lição 8
Lição 8Lição 8
Lição 8
 
as pragas divinas e as propostas ardilosas de Faraó
as pragas divinas e as propostas ardilosas de Faraóas pragas divinas e as propostas ardilosas de Faraó
as pragas divinas e as propostas ardilosas de Faraó
 
03
0303
03
 
O diaconato
O diaconatoO diaconato
O diaconato
 
05
0505
05
 
Os dons de poder
Os dons de poderOs dons de poder
Os dons de poder
 
Lição 07
Lição 07Lição 07
Lição 07
 
Lição 6 - Jonas, a misericórdia divina
Lição 6 - Jonas, a misericórdia divinaLição 6 - Jonas, a misericórdia divina
Lição 6 - Jonas, a misericórdia divina
 
O ministério de profeta
O ministério de profetaO ministério de profeta
O ministério de profeta
 
Lição 1
Lição 1Lição 1
Lição 1
 
01
0101
01
 
O propósito dos dons espirituais
O propósito dos dons espirituaisO propósito dos dons espirituais
O propósito dos dons espirituais
 
10
1010
10
 
Um libertador para Israel
Um libertador para IsraelUm libertador para Israel
Um libertador para Israel
 
Lição 12 - Zacarias, o reinado messiânico
Lição 12 - Zacarias, o reinado messiânicoLição 12 - Zacarias, o reinado messiânico
Lição 12 - Zacarias, o reinado messiânico
 
A travessia do mar Vermelho
A travessia do mar VermelhoA travessia do mar Vermelho
A travessia do mar Vermelho
 
Lição 2
Lição 2Lição 2
Lição 2
 

Semelhante a 13

Tema a deus em todo tempo
Tema a deus em todo tempoTema a deus em todo tempo
Tema a deus em todo tempo
Moisés Sampaio
 
LIÇÃO 13 - TEMA A DEUS EM TODO TEMPO
LIÇÃO 13 - TEMA A DEUS EM TODO TEMPOLIÇÃO 13 - TEMA A DEUS EM TODO TEMPO
LIÇÃO 13 - TEMA A DEUS EM TODO TEMPO
Natalino das Neves Neves
 
09
0909
A Noite vem quando ninguém pode trabalhar.pdf
A Noite vem quando ninguém pode trabalhar.pdfA Noite vem quando ninguém pode trabalhar.pdf
A Noite vem quando ninguém pode trabalhar.pdf
Pastor Robson Colaço
 
Diga não ao ritmo de vida deste mundo
Diga não ao ritmo de vida deste mundoDiga não ao ritmo de vida deste mundo
Diga não ao ritmo de vida deste mundo
Francelia Carvalho Oliveira
 
4preparado para partir
4preparado para partir4preparado para partir
4preparado para partir
marcosleal2011
 
Tema a Deus em Todo o Tempo.
Tema a Deus em Todo o Tempo.Tema a Deus em Todo o Tempo.
Tema a Deus em Todo o Tempo.
Antonio Fernandes
 
11
1111
Lição 5 - Obadias, o princípio da retribuição
Lição 5 - Obadias, o princípio da retribuiçãoLição 5 - Obadias, o princípio da retribuição
Lição 5 - Obadias, o princípio da retribuição
Ailton da Silva
 
Nada Se Faz Novo Debaixo do Sol
Nada Se Faz Novo Debaixo do SolNada Se Faz Novo Debaixo do Sol
Nada Se Faz Novo Debaixo do Sol
lucena
 
Nada novo
Nada novoNada novo
Vp2 Estudo - Promotores da Paz
Vp2 Estudo - Promotores da PazVp2 Estudo - Promotores da Paz
Vp2 Estudo - Promotores da Paz
renatomclopes
 
Jovens-Lição 4: Diga não ao ritmo de vida deste mundo
Jovens-Lição 4: Diga não ao ritmo de vida deste mundoJovens-Lição 4: Diga não ao ritmo de vida deste mundo
Jovens-Lição 4: Diga não ao ritmo de vida deste mundo
Francisco Barbosa
 
Recuperando o tempo perdido
Recuperando o tempo perdidoRecuperando o tempo perdido
Recuperando o tempo perdido
Francelia Carvalho Oliveira
 
Lição 12 - O Juízo final
Lição 12 - O Juízo finalLição 12 - O Juízo final
Lição 12 - O Juízo final
Ailton da Silva
 
LIÇÃO 09 - A ANGÚSTIA DAS DÍVIDAS
LIÇÃO 09 - A ANGÚSTIA DAS DÍVIDASLIÇÃO 09 - A ANGÚSTIA DAS DÍVIDAS
LIÇÃO 09 - A ANGÚSTIA DAS DÍVIDAS
Ailton da Silva
 
No tempo de deus.pubpptx
No tempo de deus.pubpptxNo tempo de deus.pubpptx
No tempo de deus.pubpptx
Edilson Jose Barbosa Barbosa
 
Lição 4 - Diga não ao ritmo de vida deste mundo
Lição 4 - Diga não ao ritmo de vida deste mundoLição 4 - Diga não ao ritmo de vida deste mundo
Lição 4 - Diga não ao ritmo de vida deste mundo
Erberson Pinheiro
 
(01) Vida! O sentido da vida
(01) Vida! O sentido da vida(01) Vida! O sentido da vida
(01) Vida! O sentido da vida
Daniel De Castro Alves
 
Eclesiastes1,1 11
Eclesiastes1,1 11Eclesiastes1,1 11
Eclesiastes1,1 11
auglocatelli
 

Semelhante a 13 (20)

Tema a deus em todo tempo
Tema a deus em todo tempoTema a deus em todo tempo
Tema a deus em todo tempo
 
LIÇÃO 13 - TEMA A DEUS EM TODO TEMPO
LIÇÃO 13 - TEMA A DEUS EM TODO TEMPOLIÇÃO 13 - TEMA A DEUS EM TODO TEMPO
LIÇÃO 13 - TEMA A DEUS EM TODO TEMPO
 
09
0909
09
 
A Noite vem quando ninguém pode trabalhar.pdf
A Noite vem quando ninguém pode trabalhar.pdfA Noite vem quando ninguém pode trabalhar.pdf
A Noite vem quando ninguém pode trabalhar.pdf
 
Diga não ao ritmo de vida deste mundo
Diga não ao ritmo de vida deste mundoDiga não ao ritmo de vida deste mundo
Diga não ao ritmo de vida deste mundo
 
4preparado para partir
4preparado para partir4preparado para partir
4preparado para partir
 
Tema a Deus em Todo o Tempo.
Tema a Deus em Todo o Tempo.Tema a Deus em Todo o Tempo.
Tema a Deus em Todo o Tempo.
 
11
1111
11
 
Lição 5 - Obadias, o princípio da retribuição
Lição 5 - Obadias, o princípio da retribuiçãoLição 5 - Obadias, o princípio da retribuição
Lição 5 - Obadias, o princípio da retribuição
 
Nada Se Faz Novo Debaixo do Sol
Nada Se Faz Novo Debaixo do SolNada Se Faz Novo Debaixo do Sol
Nada Se Faz Novo Debaixo do Sol
 
Nada novo
Nada novoNada novo
Nada novo
 
Vp2 Estudo - Promotores da Paz
Vp2 Estudo - Promotores da PazVp2 Estudo - Promotores da Paz
Vp2 Estudo - Promotores da Paz
 
Jovens-Lição 4: Diga não ao ritmo de vida deste mundo
Jovens-Lição 4: Diga não ao ritmo de vida deste mundoJovens-Lição 4: Diga não ao ritmo de vida deste mundo
Jovens-Lição 4: Diga não ao ritmo de vida deste mundo
 
Recuperando o tempo perdido
Recuperando o tempo perdidoRecuperando o tempo perdido
Recuperando o tempo perdido
 
Lição 12 - O Juízo final
Lição 12 - O Juízo finalLição 12 - O Juízo final
Lição 12 - O Juízo final
 
LIÇÃO 09 - A ANGÚSTIA DAS DÍVIDAS
LIÇÃO 09 - A ANGÚSTIA DAS DÍVIDASLIÇÃO 09 - A ANGÚSTIA DAS DÍVIDAS
LIÇÃO 09 - A ANGÚSTIA DAS DÍVIDAS
 
No tempo de deus.pubpptx
No tempo de deus.pubpptxNo tempo de deus.pubpptx
No tempo de deus.pubpptx
 
Lição 4 - Diga não ao ritmo de vida deste mundo
Lição 4 - Diga não ao ritmo de vida deste mundoLição 4 - Diga não ao ritmo de vida deste mundo
Lição 4 - Diga não ao ritmo de vida deste mundo
 
(01) Vida! O sentido da vida
(01) Vida! O sentido da vida(01) Vida! O sentido da vida
(01) Vida! O sentido da vida
 
Eclesiastes1,1 11
Eclesiastes1,1 11Eclesiastes1,1 11
Eclesiastes1,1 11
 

Mais de Ailton da Silva

Lição 3 - Os primeiros passos de Abraão
Lição 3 - Os primeiros passos de AbraãoLição 3 - Os primeiros passos de Abraão
Lição 3 - Os primeiros passos de Abraão
Ailton da Silva
 
Lição 2 - O primeiro dia depois do sim
Lição 2 - O primeiro dia depois do simLição 2 - O primeiro dia depois do sim
Lição 2 - O primeiro dia depois do sim
Ailton da Silva
 
Lição 1 - Abraão, chamada e revelação
Lição 1 - Abraão, chamada e revelaçãoLição 1 - Abraão, chamada e revelação
Lição 1 - Abraão, chamada e revelação
Ailton da Silva
 
Lição 5 - Cristo é superior a Arão e à ordem Levítica
Lição 5 - Cristo é superior a Arão e à ordem LevíticaLição 5 - Cristo é superior a Arão e à ordem Levítica
Lição 5 - Cristo é superior a Arão e à ordem Levítica
Ailton da Silva
 
Lição 4 - Jesus é superior a Josué. O meio de entrar no repouso de Deus
Lição 4 - Jesus é superior a Josué. O meio de entrar no repouso de DeusLição 4 - Jesus é superior a Josué. O meio de entrar no repouso de Deus
Lição 4 - Jesus é superior a Josué. O meio de entrar no repouso de Deus
Ailton da Silva
 
Lição 3 - A superioridade de Jesus em relação a Moisés
Lição 3 - A superioridade de Jesus em relação a MoisésLição 3 - A superioridade de Jesus em relação a Moisés
Lição 3 - A superioridade de Jesus em relação a Moisés
Ailton da Silva
 
Lição 2 - Uma salvação grandiosa
Lição 2 - Uma salvação grandiosaLição 2 - Uma salvação grandiosa
Lição 2 - Uma salvação grandiosa
Ailton da Silva
 
01 - A Carta aos hebreus e a excelência de Cristo
01 - A Carta aos hebreus e a excelência de Cristo01 - A Carta aos hebreus e a excelência de Cristo
01 - A Carta aos hebreus e a excelência de Cristo
Ailton da Silva
 
Lição 13 - Glorificados em Cristo
Lição 13 - Glorificados em CristoLição 13 - Glorificados em Cristo
Lição 13 - Glorificados em Cristo
Ailton da Silva
 
Lição 12 - Perseverando na fé
Lição 12 - Perseverando na féLição 12 - Perseverando na fé
Lição 12 - Perseverando na fé
Ailton da Silva
 
Lição 11 - Adotados por Deus
Lição 11 - Adotados por DeusLição 11 - Adotados por Deus
Lição 11 - Adotados por Deus
Ailton da Silva
 
Lição 10 - O processo da salvação
Lição 10 - O processo da salvaçãoLição 10 - O processo da salvação
Lição 10 - O processo da salvação
Ailton da Silva
 
Lição 9 - Arrependimento e fé para salvação
Lição 9 - Arrependimento e fé para salvaçãoLição 9 - Arrependimento e fé para salvação
Lição 9 - Arrependimento e fé para salvação
Ailton da Silva
 
Lição 8 - A salvação e o livre-arbítrio
Lição 8 - A salvação e o livre-arbítrioLição 8 - A salvação e o livre-arbítrio
Lição 8 - A salvação e o livre-arbítrio
Ailton da Silva
 
Lição 7 - A Salvação pela Graça
Lição 7 - A Salvação pela GraçaLição 7 - A Salvação pela Graça
Lição 7 - A Salvação pela Graça
Ailton da Silva
 
Lição 6 - A abrangência universal da salvação
Lição 6 - A abrangência universal da salvaçãoLição 6 - A abrangência universal da salvação
Lição 6 - A abrangência universal da salvação
Ailton da Silva
 
Lição 5 - A obra salvífica de Jesus Cristo
Lição 5 - A obra salvífica de Jesus CristoLição 5 - A obra salvífica de Jesus Cristo
Lição 5 - A obra salvífica de Jesus Cristo
Ailton da Silva
 
Lição 8 - A Igreja de Cristo
Lição 8 - A Igreja de CristoLição 8 - A Igreja de Cristo
Lição 8 - A Igreja de Cristo
Ailton da Silva
 
Lição 7 - A necessidade do novo nascimento
Lição 7 - A necessidade do novo nascimentoLição 7 - A necessidade do novo nascimento
Lição 7 - A necessidade do novo nascimento
Ailton da Silva
 
Lição 6 - A pecaminosidade humana e a sua restauração a Deus
Lição 6 - A pecaminosidade humana e a sua restauração a DeusLição 6 - A pecaminosidade humana e a sua restauração a Deus
Lição 6 - A pecaminosidade humana e a sua restauração a Deus
Ailton da Silva
 

Mais de Ailton da Silva (20)

Lição 3 - Os primeiros passos de Abraão
Lição 3 - Os primeiros passos de AbraãoLição 3 - Os primeiros passos de Abraão
Lição 3 - Os primeiros passos de Abraão
 
Lição 2 - O primeiro dia depois do sim
Lição 2 - O primeiro dia depois do simLição 2 - O primeiro dia depois do sim
Lição 2 - O primeiro dia depois do sim
 
Lição 1 - Abraão, chamada e revelação
Lição 1 - Abraão, chamada e revelaçãoLição 1 - Abraão, chamada e revelação
Lição 1 - Abraão, chamada e revelação
 
Lição 5 - Cristo é superior a Arão e à ordem Levítica
Lição 5 - Cristo é superior a Arão e à ordem LevíticaLição 5 - Cristo é superior a Arão e à ordem Levítica
Lição 5 - Cristo é superior a Arão e à ordem Levítica
 
Lição 4 - Jesus é superior a Josué. O meio de entrar no repouso de Deus
Lição 4 - Jesus é superior a Josué. O meio de entrar no repouso de DeusLição 4 - Jesus é superior a Josué. O meio de entrar no repouso de Deus
Lição 4 - Jesus é superior a Josué. O meio de entrar no repouso de Deus
 
Lição 3 - A superioridade de Jesus em relação a Moisés
Lição 3 - A superioridade de Jesus em relação a MoisésLição 3 - A superioridade de Jesus em relação a Moisés
Lição 3 - A superioridade de Jesus em relação a Moisés
 
Lição 2 - Uma salvação grandiosa
Lição 2 - Uma salvação grandiosaLição 2 - Uma salvação grandiosa
Lição 2 - Uma salvação grandiosa
 
01 - A Carta aos hebreus e a excelência de Cristo
01 - A Carta aos hebreus e a excelência de Cristo01 - A Carta aos hebreus e a excelência de Cristo
01 - A Carta aos hebreus e a excelência de Cristo
 
Lição 13 - Glorificados em Cristo
Lição 13 - Glorificados em CristoLição 13 - Glorificados em Cristo
Lição 13 - Glorificados em Cristo
 
Lição 12 - Perseverando na fé
Lição 12 - Perseverando na féLição 12 - Perseverando na fé
Lição 12 - Perseverando na fé
 
Lição 11 - Adotados por Deus
Lição 11 - Adotados por DeusLição 11 - Adotados por Deus
Lição 11 - Adotados por Deus
 
Lição 10 - O processo da salvação
Lição 10 - O processo da salvaçãoLição 10 - O processo da salvação
Lição 10 - O processo da salvação
 
Lição 9 - Arrependimento e fé para salvação
Lição 9 - Arrependimento e fé para salvaçãoLição 9 - Arrependimento e fé para salvação
Lição 9 - Arrependimento e fé para salvação
 
Lição 8 - A salvação e o livre-arbítrio
Lição 8 - A salvação e o livre-arbítrioLição 8 - A salvação e o livre-arbítrio
Lição 8 - A salvação e o livre-arbítrio
 
Lição 7 - A Salvação pela Graça
Lição 7 - A Salvação pela GraçaLição 7 - A Salvação pela Graça
Lição 7 - A Salvação pela Graça
 
Lição 6 - A abrangência universal da salvação
Lição 6 - A abrangência universal da salvaçãoLição 6 - A abrangência universal da salvação
Lição 6 - A abrangência universal da salvação
 
Lição 5 - A obra salvífica de Jesus Cristo
Lição 5 - A obra salvífica de Jesus CristoLição 5 - A obra salvífica de Jesus Cristo
Lição 5 - A obra salvífica de Jesus Cristo
 
Lição 8 - A Igreja de Cristo
Lição 8 - A Igreja de CristoLição 8 - A Igreja de Cristo
Lição 8 - A Igreja de Cristo
 
Lição 7 - A necessidade do novo nascimento
Lição 7 - A necessidade do novo nascimentoLição 7 - A necessidade do novo nascimento
Lição 7 - A necessidade do novo nascimento
 
Lição 6 - A pecaminosidade humana e a sua restauração a Deus
Lição 6 - A pecaminosidade humana e a sua restauração a DeusLição 6 - A pecaminosidade humana e a sua restauração a Deus
Lição 6 - A pecaminosidade humana e a sua restauração a Deus
 

13

  • 1.
  • 2. TEXTO ÁUREO “De tudo o que se tem ouvido, o fim é: Teme a Deus e guarda os seus mandamentos; porque este é o dever de todo homem” (Ec 12.13). Igreja Evangélica Assembleia de Deus Ministério Belém – Setor 5 – Álvares Machado Campo de Presidente Prudente - SP
  • 3. VERDADE PRÁTICA Obedecer aos mandamentos do Senhor é a prova de que vivemos uma vida justa diante dos homens e de Deus. Igreja Evangélica Assembleia de Deus Ministério Belém – Setor 5 – Álvares Machado Campo de Presidente Prudente - SP
  • 4. LEITURA BÍBLICA EM CLASSE Ec 12.1-8 1 - Lembra-te do teu Criador nos dias da tua mocidade, antes que venham os maus dias, e cheguem os anos dos quais venhas a dizer: Não tenho neles contentamento; 2 - antes que se escureçam o sol, e a luz, e a lua, e as estrelas, e tornem a vir as nuvens depois da chuva; 3 - no dia em que tremerem os guardas da casa, e se curvarem os homens fortes, e cessarem os moedores, por já serem poucos, e se escurecerem os que olham pelas janelas; 4 - e as duas portas da rua se fecharem por causa do baixo ruído da moedura, e se levantar à voz das aves, e todas as vozes do canto se baixarem; Igreja Evangélica Assembleia de Deus Ministério Belém – Setor 5 – Álvares Machado Campo de Presidente Prudente - SP
  • 5. LEITURA BÍBLICA EM CLASSE Ec 12.1-8 5 - como também quando temerem o que está no alto, e houver espantos no caminho, e florescer a amendoeira, e o gafanhoto for um peso, e perecer o apetite; porque o homem se vai à sua eterna casa, e os pranteadores andarão rodeando pela praça; 6 - antes que se quebre a cadeia de prata, e se despedace o copo de ouro, e se despedace o cântaro junto à fonte, e se despedace a roda junto ao poço, 7 - e o pó volte à terra, como o era, e o espírito volte a Deus, que o deu. 8 - Vaidade de vaidade, diz o Pregador, tudo é vaidade. Igreja Evangélica Assembleia de Deus Ministério Belém – Setor 5 – Álvares Machado Campo de Presidente Prudente - SP
  • 6. PROPOSTA DA LIÇÃO • Estilo literário de Salomão: reflexão de trás para frente? • Não esqueça que você é criatura e que há um Criador; • Homem: criatura, temporal – Deus: Criador, Eterno; • Juventude: período da vida de maior vigor; • Velhice: último estágio da existência; • Corporal: o pó volta para a terra, como o era; • Espiritual: o espírito voltará a Deus, que o deu; • Vida é dinâmica, mas precisa de regras e normas; • Chegará pois o dia da prestação de contas de todos. Igreja Evangélica Assembleia de Deus Ministério Belém – Setor 5 – Álvares Machado Campo de Presidente Prudente - SP
  • 7. INTRODUÇÃO • Fim das reflexões sobre a vida debaixo do sol; • Estilo literário de Salomão: reflexões de trás para frente. a) Contrastes apresentados pelo pregador: • Apresenta a juventude a partir de uma análise da velhice; • Fala da vida com os olhos fitos na morte; • Fala do temporal com os olhos voltados ao eterno; • Menciona a criatura a partir do Criador; • Fala do prazer sem esquecer do julgamento final. Igreja Evangélica Assembleia de Deus Ministério Belém – Setor 5 – Álvares Machado Campo de Presidente Prudente - SP
  • 8. I – UMA VERDADE QUE NÃO PODE SER ESQUECIDA 1) SOMOS CRIATURA • Ec 12: exortação para lembrarmos do nosso Criador; • Criação: uma das doutrinas mais bem definidas; • Pela fé cremos no Deus criador do universo; • “Não esqueça que você é criatura e que há um Criador”. 2) HÁ UM CRIADOR • Ec 12.1: Deus é revelado como Criador; • Ec 12.13: Deus revelado como o Supremo Juiz; • Este fato nos obriga a enxergar Deus como Criador; • Homem: ser temporal. Deus: Eterno. Igreja Evangélica Assembleia de Deus Ministério Belém – Setor 5 – Álvares Machado Campo de Presidente Prudente - SP
  • 9. II – OS DOIS GRANDES MOMENTOS DA VIDA 1) JUVENTUDE • Juventude: estágio inicial da vida, de maior vigor; • Fase de recreação, satisfação e exuberância; • Mas não são valorizadas as lembranças e memórias; • Falta de um referencial (Jesus). 2) A VELHICE • Velhice: último estágio da vida; • Período em que nada mais parece fazer sentido; • A robusteza dá lugar ao enfraquecimento do copo; • A velhice nos mostra frágeis. Igreja Evangélica Assembleia de Deus Ministério Belém – Setor 5 – Álvares Machado Campo de Presidente Prudente - SP
  • 10. III – AS DIFERENTES DIMENSÕES DA EXISTÊNCIA HUMANA 1) CORPORAL • Dimensão corporal: alegrias, tristezas, acertos ou erros; • ”O pó volte à terra, como o era”: nossa limitação; • Dimensão temporal e espiritual: importantíssimas; • Devemos cuidar do corpo e usá-lo para glória de Deus. 2) ESPIRITUAL • Dimensão espiritual: o nosso espírito voltará a Deus; • Ec 12: contraste entre o temporal e o eterno; • Devemos cuidar da dimensão espiritual e corporal; • Homem integral: dimensão humana e espiritual. Igreja Evangélica Assembleia de Deus Ministério Belém – Setor 5 – Álvares Machado Campo de Presidente Prudente - SP
  • 11. IV – PRESTANDO CONTA DE TUDO 1) GUARDANDO O MANDAMENTO • A vida é dinâmica, mas precisa de regras e normas; • Mandamento divino: é para o nosso próprio bem; • Todos devem temer a Deus; • Todos devem guardar seus mandamentos. 2) AGUARDANDO O JULGAMENTO • Últimas palavras do Eclesiastes: advertências; • Julgamento: “Deus há de trazer a juízo toda obra”; • Tomada de decisão: o dia da prestação de contas; • O Justo Juiz decidirá o nosso destino (Rm 14.10,12). Igreja Evangélica Assembleia de Deus Ministério Belém – Setor 5 – Álvares Machado Campo de Presidente Prudente - SP
  • 12. CONCLUSÃO • Realidade da vida: alegria, tristeza, passado/presente; • Não há como fugir a essa realidade; • Conselho de Salomão: tema a Deus em todo o tempo. OBJETIVOS DA LIÇÃO 1) Saber que somos criatura; Deus, o Criador: • Homem ser temporal. Deus é Eterno, o Criador. 2) Explicar os dois grandes momentos da vida: • Juventude: fase inicial. Falta de lembranças e memória. • Velhice: último estágio. Nada parece fazer sentido. 3) Guardar os mandamentos do Senhor: • Para o nosso próprio bem. Igreja Evangélica Assembleia de Deus Ministério Belém – Setor 5 – Álvares Machado Campo de Presidente Prudente - SP
  • 13.
  • 14. ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL Contato: ailtonsilva2000 @yahoo.com.br @gmail.com .blogspot.com facebook Álvares Machado (SP) 4º trim. 2013 Igreja Evangélica Assembleia de Deus Ministério Belém – Setor 5 – Álvares Machado Campo de Presidente Prudente - SP