SlideShare uma empresa Scribd logo
TEXTO ÁUREO

“Tudo tem o seu tempo
determinado, e há tempo para
todo o propósito debaixo do
céu” (Ec 3.1).

Igreja Evangélica Assembleia de Deus
Ministério Belém – Setor 5 – Álvares Machado
Campo de Presidente Prudente - SP
VERDADE PRÁTICA

O tempo e o espaço em que
vivemos são limitados, por isso,
devemos ser bons despenseiros
de Deus nesta vida.

Igreja Evangélica Assembleia de Deus
Ministério Belém – Setor 5 – Álvares Machado
Campo de Presidente Prudente - SP
LEITURA BÍBLICA EM CLASSE
Ec 3.1-8
1 - Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo
para todo o propósito debaixo do céu:
2 - há tempo de nascer e tempo de morrer; tempo
de plantar e tempo de arrancar o que se plantou;
3 - tempo de matar e tempo de curar; tempo de
derribar e tempo de edificar;
4 - tempo de chorar e tempo de rir; tempo de
prantear e tempo de saltar;
Igreja Evangélica Assembleia de Deus
Ministério Belém – Setor 5 – Álvares Machado
Campo de Presidente Prudente - SP
LEITURA BÍBLICA EM CLASSE
Ec 3.1-8
5 - tempo de espalhar pedras e tempo de ajuntar
pedras; tempo de abraçar e tempo de afastar-se de
abraçar;
6 - tempo de buscar e tempo de perder; tempo de
guardar e tempo de deitar fora;
7 - tempo de rasgar e tempo de coser; tempo de
estar calado e tempo de falar;
8 - tempo de amar e tempo de aborrecer; tempo de
guerra e tempo de paz.
Igreja Evangélica Assembleia de Deus
Ministério Belém – Setor 5 – Álvares Machado
Campo de Presidente Prudente - SP
PROPOSTA DA LIÇÃO
• Atualidade: era da vazio e de incertezas;
• Eclesiastes: Salomão foi o autor da obra;
• Salomão, idoso, mas tinha visão bem realista da vida;
• A transitoriedade da vida: efêmera e passageira;
• O autor destacou o contraste entre a criação e Criador;
• Eclesiastes: ensinos sobre a brevidade da vida;
• O trabalho como centro de nossa vida torna-se fadiga;
• A busca pelo conhecimento desperta a nossa limitação;
• É ilusão buscar razão para vida nos bens terrenos.
Igreja Evangélica Assembleia de Deus
Ministério Belém – Setor 5 – Álvares Machado
Campo de Presidente Prudente - SP
INTRODUÇÃO
• Tudo é vaidade – diz o pregador;
• “Uma geração vai e a outra vem”;
• A terra permanece, mas o homem....;
• Vaidade: algo sem sentido, que não leva a lugar algum;
• Eclesiastes: mostra a crise de um homem bem vivido;
• O escritor descobriu que a vida sem Deus era um vazio;
• Rejeição à tradição bíblica gera vazio e incertezas.
Igreja Evangélica Assembleia de Deus
Ministério Belém – Setor 5 – Álvares Machado
Campo de Presidente Prudente - SP
I – ECLESIASTES,
O LIVRO E A MENSAGEM
1) DATAÇÃO DO LIVRO
•Escrito por volta do ano 1000 a.C.;
•Período em que Salomão reinava em Israel;
•Talvez nos últimos anos de seu reinado;
•Ele afirmou ser o autor (filho de Davi, rei em Jerusalém).
2) CONHECENDO O PREGADOR
•O pregador, tinha uma visão bem realista da vida;
•Suas experiências, fora da direção, servem de alerta;
•Suas “mulheres” perverteram o seu coração;
•Ele percebeu seu erro em tempo.
Igreja Evangélica Assembleia de Deus
Ministério Belém – Setor 5 – Álvares Machado
Campo de Presidente Prudente - SP
II – DISCERNINDO OS TEMPO
1) A TRANSITORIEDADE DA VIDA
•Vida: transitória, efêmera, passageira;
•Sendo tão curta, qual é a vantagem do homem?
•Kairós: tempo (oportunidades) devem ser aproveitadas;
•Chronos: tempo que não perdoa. Devorador de homens.
2) A ETERNIDADE DE DEUS
•Elohim, Deus criador, onipotente, autoexistente;
•“Debaixo do sol” – lugar da criação;
•Deus pôs a eternidade no coração do homem;
•A eternidade mostra a vida como um simples vapor.
Igreja Evangélica Assembleia de Deus
Ministério Belém – Setor 5 – Álvares Machado
Campo de Presidente Prudente - SP
III – O TEMPO E AS
RELAÇÕES INTERPESSOAIS
1) NA FAMÍLIA
•Brevidade da vida: usufruamos com alegria;
•O lar deve ser uma permanente ação de graças a Deus;
•A família cristã pode e deve se alegrar intensamente.
2) NO TRABALHO
•O trabalho não deve ser um fim em si mesmo;
•Tampouco pode ser considerado como maldição;
•Trabalho como centro da vida transforma-se em fadiga;
•Mas a contrário torna-se prazeroso e não penoso.
Igreja Evangélica Assembleia de Deus
Ministério Belém – Setor 5 – Álvares Machado
Campo de Presidente Prudente - SP
IV – ADMINSTRANDO
BEM O TEMPO
1) EVITANDO A FALSA SABEDORIA E O HEDONISMO
•A busca pelo conhecimento tem sido o alvo do homem;
•Salomão também buscou e encontrou;
•O conhecimento trouxe a frustração (incapacidade);
•Busca pelo prazer: prática hedonista e contrária a Deus.
2) EVITANDO A FALSA PROSPERIDADE E O ATIVISMO
•Ilusão: busca de bens terrenos para fundamentar a vida;
•Falsa prosperidade: corrida desenfreada (riqueza/fama);
•Ativismo impiedoso: presente em qualquer campo;
•Falsa prosperidade ativismo: corrida atrás do vento.
Igreja Evangélica Assembleia de Deus
Ministério Belém – Setor 5 – Álvares Machado
Campo de Presidente Prudente - SP
CONCLUSÃO
• Há um tempo para todas as coisas;
• Um tempo precioso, que não pode ser desperdiçado;
• Devemos usar bem o tempo. A vida é muito breve.
OBJETIVOS DA LIÇÃO:
1) Conhecer o o livro e a mensagem de Eclesiastes:
• Escrito por Salomão. Mensagem: tudo é vaidade.
2) Explicar: transitoriedade da vida e eternidade de Deus:
• Vida efêmera, passageira. Elohim, Deus criador.
3) Administrar bem o tempo e as relações interpressoais:
• Alegre-se com a família. Trabalhe com prazer.
Igreja Evangélica Assembleia de Deus
Ministério Belém – Setor 5 – Álvares Machado
Campo de Presidente Prudente - SP
ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL
Contato: ailtonsilva2000
@yahoo.com.br
@gmail.com
.blogspot.com
facebook

Álvares Machado (SP)
4º trim. 2013
Igreja Evangélica Assembleia de Deus
Ministério Belém – Setor 5 – Álvares Machado
Campo de Presidente Prudente - SP

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Os dons de poder
Os dons de poderOs dons de poder
Os dons de poder
Ailton da Silva
 
lição 11 - Como alcançar a verdadeira prosperidade
lição 11 - Como alcançar a verdadeira prosperidadelição 11 - Como alcançar a verdadeira prosperidade
lição 11 - Como alcançar a verdadeira prosperidade
Ailton da Silva
 
Lição 11 - Ageu, o compromisso do povo da aliança
Lição 11 - Ageu, o compromisso do povo da aliançaLição 11 - Ageu, o compromisso do povo da aliança
Lição 11 - Ageu, o compromisso do povo da aliança
Ailton da Silva
 
Lição 13 - Malaquias, a sacralidade da família
Lição 13 - Malaquias, a sacralidade da famíliaLição 13 - Malaquias, a sacralidade da família
Lição 13 - Malaquias, a sacralidade da família
Ailton da Silva
 
Lição 12 - As dores do abandono
Lição 12 - As dores do abandonoLição 12 - As dores do abandono
Lição 12 - As dores do abandono
Ailton da Silva
 
07 - OS MANDAMENTOS DO SENHOR
07 - OS MANDAMENTOS DO SENHOR07 - OS MANDAMENTOS DO SENHOR
07 - OS MANDAMENTOS DO SENHOR
Ailton da Silva
 
Lição 03 - A longa seca sobre Israel
Lição 03 - A longa seca sobre IsraelLição 03 - A longa seca sobre Israel
Lição 03 - A longa seca sobre Israel
Ailton da Silva
 
Dons de revelação
Dons de revelaçãoDons de revelação
Dons de revelação
Ailton da Silva
 
Lição 1 - A sobrevivência em tempos de crise
Lição 1 - A sobrevivência em tempos de criseLição 1 - A sobrevivência em tempos de crise
Lição 1 - A sobrevivência em tempos de crise
Ailton da Silva
 
13
1313
O propósito dos dons espirituais
O propósito dos dons espirituaisO propósito dos dons espirituais
O propósito dos dons espirituais
Ailton da Silva
 
Lição 07
Lição 07Lição 07
Lição 07
Ailton da Silva
 
Lição 02 - Oséias a fidelidade no relacionamento com Deus
Lição 02 - Oséias a fidelidade no relacionamento com DeusLição 02 - Oséias a fidelidade no relacionamento com Deus
Lição 02 - Oséias a fidelidade no relacionamento com Deus
Ailton da Silva
 
Lição 11 - INVEJA UM GRAVE PECADO
Lição 11 - INVEJA UM GRAVE PECADOLição 11 - INVEJA UM GRAVE PECADO
Lição 11 - INVEJA UM GRAVE PECADO
Ailton da Silva
 
Lição 2 - A enfermidade na vida do crente
Lição 2 - A enfermidade na vida do crenteLição 2 - A enfermidade na vida do crente
Lição 2 - A enfermidade na vida do crente
Ailton da Silva
 
Lição 1
Lição 1Lição 1
Lição 1
Ailton da Silva
 
Lição 3 - Os primeiros passos de Abraão
Lição 3 - Os primeiros passos de AbraãoLição 3 - Os primeiros passos de Abraão
Lição 3 - Os primeiros passos de Abraão
Ailton da Silva
 
LIÇÃO 7
LIÇÃO 7LIÇÃO 7
LIÇÃO 7
Ailton da Silva
 
Lição 8
Lição 8Lição 8
Lição 8
Ailton da Silva
 
09
0909

Mais procurados (20)

Os dons de poder
Os dons de poderOs dons de poder
Os dons de poder
 
lição 11 - Como alcançar a verdadeira prosperidade
lição 11 - Como alcançar a verdadeira prosperidadelição 11 - Como alcançar a verdadeira prosperidade
lição 11 - Como alcançar a verdadeira prosperidade
 
Lição 11 - Ageu, o compromisso do povo da aliança
Lição 11 - Ageu, o compromisso do povo da aliançaLição 11 - Ageu, o compromisso do povo da aliança
Lição 11 - Ageu, o compromisso do povo da aliança
 
Lição 13 - Malaquias, a sacralidade da família
Lição 13 - Malaquias, a sacralidade da famíliaLição 13 - Malaquias, a sacralidade da família
Lição 13 - Malaquias, a sacralidade da família
 
Lição 12 - As dores do abandono
Lição 12 - As dores do abandonoLição 12 - As dores do abandono
Lição 12 - As dores do abandono
 
07 - OS MANDAMENTOS DO SENHOR
07 - OS MANDAMENTOS DO SENHOR07 - OS MANDAMENTOS DO SENHOR
07 - OS MANDAMENTOS DO SENHOR
 
Lição 03 - A longa seca sobre Israel
Lição 03 - A longa seca sobre IsraelLição 03 - A longa seca sobre Israel
Lição 03 - A longa seca sobre Israel
 
Dons de revelação
Dons de revelaçãoDons de revelação
Dons de revelação
 
Lição 1 - A sobrevivência em tempos de crise
Lição 1 - A sobrevivência em tempos de criseLição 1 - A sobrevivência em tempos de crise
Lição 1 - A sobrevivência em tempos de crise
 
13
1313
13
 
O propósito dos dons espirituais
O propósito dos dons espirituaisO propósito dos dons espirituais
O propósito dos dons espirituais
 
Lição 07
Lição 07Lição 07
Lição 07
 
Lição 02 - Oséias a fidelidade no relacionamento com Deus
Lição 02 - Oséias a fidelidade no relacionamento com DeusLição 02 - Oséias a fidelidade no relacionamento com Deus
Lição 02 - Oséias a fidelidade no relacionamento com Deus
 
Lição 11 - INVEJA UM GRAVE PECADO
Lição 11 - INVEJA UM GRAVE PECADOLição 11 - INVEJA UM GRAVE PECADO
Lição 11 - INVEJA UM GRAVE PECADO
 
Lição 2 - A enfermidade na vida do crente
Lição 2 - A enfermidade na vida do crenteLição 2 - A enfermidade na vida do crente
Lição 2 - A enfermidade na vida do crente
 
Lição 1
Lição 1Lição 1
Lição 1
 
Lição 3 - Os primeiros passos de Abraão
Lição 3 - Os primeiros passos de AbraãoLição 3 - Os primeiros passos de Abraão
Lição 3 - Os primeiros passos de Abraão
 
LIÇÃO 7
LIÇÃO 7LIÇÃO 7
LIÇÃO 7
 
Lição 8
Lição 8Lição 8
Lição 8
 
09
0909
09
 

Destaque

Lição 12 - Zacarias, o reinado messiânico
Lição 12 - Zacarias, o reinado messiânicoLição 12 - Zacarias, o reinado messiânico
Lição 12 - Zacarias, o reinado messiânico
Ailton da Silva
 
Lição 13
Lição 13Lição 13
Lição 13
Ailton da Silva
 
as pragas divinas e as propostas ardilosas de Faraó
as pragas divinas e as propostas ardilosas de Faraóas pragas divinas e as propostas ardilosas de Faraó
as pragas divinas e as propostas ardilosas de Faraó
Ailton da Silva
 
lição 1 - A atualidade dos profetas menores
lição 1 - A atualidade dos profetas menoreslição 1 - A atualidade dos profetas menores
lição 1 - A atualidade dos profetas menores
Ailton da Silva
 
Lição 04
Lição 04Lição 04
Lição 04
Ailton da Silva
 
Lição 05 - Um homem de Deus em depressão
Lição 05 - Um homem de Deus em depressãoLição 05 - Um homem de Deus em depressão
Lição 05 - Um homem de Deus em depressão
Ailton da Silva
 
Lição 1
Lição 1Lição 1
Lição 1
Ailton da Silva
 
Lição 12
Lição 12Lição 12
Lição 12
Ailton da Silva
 
Lição 6
Lição 6Lição 6
Lição 6
Ailton da Silva
 
O diaconato
O diaconatoO diaconato
O diaconato
Ailton da Silva
 
O propósito da tentação
O propósito da tentaçãoO propósito da tentação
O propósito da tentação
Ailton da Silva
 
lição 09
lição 09lição 09
lição 09
Ailton da Silva
 
A celebração da primeira Páscoa
A celebração da primeira PáscoaA celebração da primeira Páscoa
A celebração da primeira Páscoa
Ailton da Silva
 
A consagração dos sacerdotes
A consagração dos sacerdotesA consagração dos sacerdotes
A consagração dos sacerdotes
Ailton da Silva
 
Lição 13
Lição 13Lição 13
Lição 13
Ailton da Silva
 
03
0303
Lição 11
Lição 11Lição 11
Lição 11
Ailton da Silva
 
Lição 8 - Naum, o limite da tolerância Divina
Lição 8 - Naum, o limite da tolerância DivinaLição 8 - Naum, o limite da tolerância Divina
Lição 8 - Naum, o limite da tolerância Divina
Ailton da Silva
 
07
0707
Moisés - sua liderança e seus auxiliares
Moisés - sua liderança e seus auxiliaresMoisés - sua liderança e seus auxiliares
Moisés - sua liderança e seus auxiliares
Ailton da Silva
 

Destaque (20)

Lição 12 - Zacarias, o reinado messiânico
Lição 12 - Zacarias, o reinado messiânicoLição 12 - Zacarias, o reinado messiânico
Lição 12 - Zacarias, o reinado messiânico
 
Lição 13
Lição 13Lição 13
Lição 13
 
as pragas divinas e as propostas ardilosas de Faraó
as pragas divinas e as propostas ardilosas de Faraóas pragas divinas e as propostas ardilosas de Faraó
as pragas divinas e as propostas ardilosas de Faraó
 
lição 1 - A atualidade dos profetas menores
lição 1 - A atualidade dos profetas menoreslição 1 - A atualidade dos profetas menores
lição 1 - A atualidade dos profetas menores
 
Lição 04
Lição 04Lição 04
Lição 04
 
Lição 05 - Um homem de Deus em depressão
Lição 05 - Um homem de Deus em depressãoLição 05 - Um homem de Deus em depressão
Lição 05 - Um homem de Deus em depressão
 
Lição 1
Lição 1Lição 1
Lição 1
 
Lição 12
Lição 12Lição 12
Lição 12
 
Lição 6
Lição 6Lição 6
Lição 6
 
O diaconato
O diaconatoO diaconato
O diaconato
 
O propósito da tentação
O propósito da tentaçãoO propósito da tentação
O propósito da tentação
 
lição 09
lição 09lição 09
lição 09
 
A celebração da primeira Páscoa
A celebração da primeira PáscoaA celebração da primeira Páscoa
A celebração da primeira Páscoa
 
A consagração dos sacerdotes
A consagração dos sacerdotesA consagração dos sacerdotes
A consagração dos sacerdotes
 
Lição 13
Lição 13Lição 13
Lição 13
 
03
0303
03
 
Lição 11
Lição 11Lição 11
Lição 11
 
Lição 8 - Naum, o limite da tolerância Divina
Lição 8 - Naum, o limite da tolerância DivinaLição 8 - Naum, o limite da tolerância Divina
Lição 8 - Naum, o limite da tolerância Divina
 
07
0707
07
 
Moisés - sua liderança e seus auxiliares
Moisés - sua liderança e seus auxiliaresMoisés - sua liderança e seus auxiliares
Moisés - sua liderança e seus auxiliares
 

Semelhante a 09

O tempo para todas as coisas
O tempo para todas as coisasO tempo para todas as coisas
O tempo para todas as coisas
Moisés Sampaio
 
Lição 9 - O Tempo para Todas as Coisas
Lição 9 - O Tempo para Todas as CoisasLição 9 - O Tempo para Todas as Coisas
Lição 9 - O Tempo para Todas as Coisas
Natalino das Neves Neves
 
Eclesiastes - AULA 05
Eclesiastes - AULA 05Eclesiastes - AULA 05
Eclesiastes - AULA 05
Pastor W. Costa
 
Lição 1 - Apocalipse, a revelação de Jesus Cristo
Lição 1 - Apocalipse, a revelação de Jesus CristoLição 1 - Apocalipse, a revelação de Jesus Cristo
Lição 1 - Apocalipse, a revelação de Jesus Cristo
Ailton da Silva
 
LBJ 2017 Lição 2 - Preguiça, desperdício de tempo
LBJ 2017 Lição 2 - Preguiça, desperdício de tempoLBJ 2017 Lição 2 - Preguiça, desperdício de tempo
LBJ 2017 Lição 2 - Preguiça, desperdício de tempo
Natalino das Neves Neves
 
03 - Joel, o derramamento do Espírito Santo
03 - Joel, o derramamento do Espírito Santo03 - Joel, o derramamento do Espírito Santo
03 - Joel, o derramamento do Espírito Santo
Ailton da Silva
 
Tempo e Trabalho - Eclesiastes 3
Tempo e Trabalho - Eclesiastes 3Tempo e Trabalho - Eclesiastes 3
Tempo e Trabalho - Eclesiastes 3
Amor pela EBD
 
11
1111
Diga não ao ritmo de vida deste mundo
Diga não ao ritmo de vida deste mundoDiga não ao ritmo de vida deste mundo
Diga não ao ritmo de vida deste mundo
Francelia Carvalho Oliveira
 
Estudo dos livros Poéticos - Eclesiastes
Estudo dos livros Poéticos - EclesiastesEstudo dos livros Poéticos - Eclesiastes
Estudo dos livros Poéticos - Eclesiastes
RODRIGO FERREIRA
 
O Tempo Para todas as Coisas.
O Tempo Para todas as Coisas.O Tempo Para todas as Coisas.
O Tempo Para todas as Coisas.
Antonio Fernandes
 
Lição 2 - Preguiça, desperdício de tempo
Lição 2 - Preguiça, desperdício de tempoLição 2 - Preguiça, desperdício de tempo
Lição 2 - Preguiça, desperdício de tempo
Erberson Pinheiro
 
4º Trimestre 2013 Lição 9 o tempo para todas as Coisas
4º Trimestre 2013 Lição 9   o tempo para todas as Coisas4º Trimestre 2013 Lição 9   o tempo para todas as Coisas
4º Trimestre 2013 Lição 9 o tempo para todas as Coisas
Anderson Silva
 
Lição 13
Lição 13Lição 13
Lição 13
Ailton da Silva
 
3 eclesiastes cap 1 ao 2
3  eclesiastes cap 1 ao 23  eclesiastes cap 1 ao 2
3 eclesiastes cap 1 ao 2
PIB Penha
 
Lição 4 diga não ao ritmo de vida deste mundo
Lição 4  diga não ao ritmo de vida deste mundoLição 4  diga não ao ritmo de vida deste mundo
Lição 4 diga não ao ritmo de vida deste mundo
boasnovassena
 
Sabedoria na bíblia
Sabedoria na bíbliaSabedoria na bíblia
Sabedoria na bíblia
IRINEU FILHO
 
Pluralidade de mundos habitados
Pluralidade de mundos habitadosPluralidade de mundos habitados
Pluralidade de mundos habitados
Ponte de Luz ASEC
 
A ilusória prosperidade dos ímpios
A ilusória prosperidade dos ímpiosA ilusória prosperidade dos ímpios
A ilusória prosperidade dos ímpios
Moisés Sampaio
 
Lição 1 - Tempo para todas as coisas
Lição 1 - Tempo para todas as coisasLição 1 - Tempo para todas as coisas
Lição 1 - Tempo para todas as coisas
Erberson Pinheiro
 

Semelhante a 09 (20)

O tempo para todas as coisas
O tempo para todas as coisasO tempo para todas as coisas
O tempo para todas as coisas
 
Lição 9 - O Tempo para Todas as Coisas
Lição 9 - O Tempo para Todas as CoisasLição 9 - O Tempo para Todas as Coisas
Lição 9 - O Tempo para Todas as Coisas
 
Eclesiastes - AULA 05
Eclesiastes - AULA 05Eclesiastes - AULA 05
Eclesiastes - AULA 05
 
Lição 1 - Apocalipse, a revelação de Jesus Cristo
Lição 1 - Apocalipse, a revelação de Jesus CristoLição 1 - Apocalipse, a revelação de Jesus Cristo
Lição 1 - Apocalipse, a revelação de Jesus Cristo
 
LBJ 2017 Lição 2 - Preguiça, desperdício de tempo
LBJ 2017 Lição 2 - Preguiça, desperdício de tempoLBJ 2017 Lição 2 - Preguiça, desperdício de tempo
LBJ 2017 Lição 2 - Preguiça, desperdício de tempo
 
03 - Joel, o derramamento do Espírito Santo
03 - Joel, o derramamento do Espírito Santo03 - Joel, o derramamento do Espírito Santo
03 - Joel, o derramamento do Espírito Santo
 
Tempo e Trabalho - Eclesiastes 3
Tempo e Trabalho - Eclesiastes 3Tempo e Trabalho - Eclesiastes 3
Tempo e Trabalho - Eclesiastes 3
 
11
1111
11
 
Diga não ao ritmo de vida deste mundo
Diga não ao ritmo de vida deste mundoDiga não ao ritmo de vida deste mundo
Diga não ao ritmo de vida deste mundo
 
Estudo dos livros Poéticos - Eclesiastes
Estudo dos livros Poéticos - EclesiastesEstudo dos livros Poéticos - Eclesiastes
Estudo dos livros Poéticos - Eclesiastes
 
O Tempo Para todas as Coisas.
O Tempo Para todas as Coisas.O Tempo Para todas as Coisas.
O Tempo Para todas as Coisas.
 
Lição 2 - Preguiça, desperdício de tempo
Lição 2 - Preguiça, desperdício de tempoLição 2 - Preguiça, desperdício de tempo
Lição 2 - Preguiça, desperdício de tempo
 
4º Trimestre 2013 Lição 9 o tempo para todas as Coisas
4º Trimestre 2013 Lição 9   o tempo para todas as Coisas4º Trimestre 2013 Lição 9   o tempo para todas as Coisas
4º Trimestre 2013 Lição 9 o tempo para todas as Coisas
 
Lição 13
Lição 13Lição 13
Lição 13
 
3 eclesiastes cap 1 ao 2
3  eclesiastes cap 1 ao 23  eclesiastes cap 1 ao 2
3 eclesiastes cap 1 ao 2
 
Lição 4 diga não ao ritmo de vida deste mundo
Lição 4  diga não ao ritmo de vida deste mundoLição 4  diga não ao ritmo de vida deste mundo
Lição 4 diga não ao ritmo de vida deste mundo
 
Sabedoria na bíblia
Sabedoria na bíbliaSabedoria na bíblia
Sabedoria na bíblia
 
Pluralidade de mundos habitados
Pluralidade de mundos habitadosPluralidade de mundos habitados
Pluralidade de mundos habitados
 
A ilusória prosperidade dos ímpios
A ilusória prosperidade dos ímpiosA ilusória prosperidade dos ímpios
A ilusória prosperidade dos ímpios
 
Lição 1 - Tempo para todas as coisas
Lição 1 - Tempo para todas as coisasLição 1 - Tempo para todas as coisas
Lição 1 - Tempo para todas as coisas
 

Mais de Ailton da Silva

Lição 2 - O primeiro dia depois do sim
Lição 2 - O primeiro dia depois do simLição 2 - O primeiro dia depois do sim
Lição 2 - O primeiro dia depois do sim
Ailton da Silva
 
Lição 1 - Abraão, chamada e revelação
Lição 1 - Abraão, chamada e revelaçãoLição 1 - Abraão, chamada e revelação
Lição 1 - Abraão, chamada e revelação
Ailton da Silva
 
Lição 5 - Cristo é superior a Arão e à ordem Levítica
Lição 5 - Cristo é superior a Arão e à ordem LevíticaLição 5 - Cristo é superior a Arão e à ordem Levítica
Lição 5 - Cristo é superior a Arão e à ordem Levítica
Ailton da Silva
 
Lição 4 - Jesus é superior a Josué. O meio de entrar no repouso de Deus
Lição 4 - Jesus é superior a Josué. O meio de entrar no repouso de DeusLição 4 - Jesus é superior a Josué. O meio de entrar no repouso de Deus
Lição 4 - Jesus é superior a Josué. O meio de entrar no repouso de Deus
Ailton da Silva
 
Lição 3 - A superioridade de Jesus em relação a Moisés
Lição 3 - A superioridade de Jesus em relação a MoisésLição 3 - A superioridade de Jesus em relação a Moisés
Lição 3 - A superioridade de Jesus em relação a Moisés
Ailton da Silva
 
Lição 2 - Uma salvação grandiosa
Lição 2 - Uma salvação grandiosaLição 2 - Uma salvação grandiosa
Lição 2 - Uma salvação grandiosa
Ailton da Silva
 
01 - A Carta aos hebreus e a excelência de Cristo
01 - A Carta aos hebreus e a excelência de Cristo01 - A Carta aos hebreus e a excelência de Cristo
01 - A Carta aos hebreus e a excelência de Cristo
Ailton da Silva
 
Lição 13 - Glorificados em Cristo
Lição 13 - Glorificados em CristoLição 13 - Glorificados em Cristo
Lição 13 - Glorificados em Cristo
Ailton da Silva
 
Lição 12 - Perseverando na fé
Lição 12 - Perseverando na féLição 12 - Perseverando na fé
Lição 12 - Perseverando na fé
Ailton da Silva
 
Lição 11 - Adotados por Deus
Lição 11 - Adotados por DeusLição 11 - Adotados por Deus
Lição 11 - Adotados por Deus
Ailton da Silva
 
Lição 10 - O processo da salvação
Lição 10 - O processo da salvaçãoLição 10 - O processo da salvação
Lição 10 - O processo da salvação
Ailton da Silva
 
Lição 9 - Arrependimento e fé para salvação
Lição 9 - Arrependimento e fé para salvaçãoLição 9 - Arrependimento e fé para salvação
Lição 9 - Arrependimento e fé para salvação
Ailton da Silva
 
Lição 8 - A salvação e o livre-arbítrio
Lição 8 - A salvação e o livre-arbítrioLição 8 - A salvação e o livre-arbítrio
Lição 8 - A salvação e o livre-arbítrio
Ailton da Silva
 
Lição 7 - A Salvação pela Graça
Lição 7 - A Salvação pela GraçaLição 7 - A Salvação pela Graça
Lição 7 - A Salvação pela Graça
Ailton da Silva
 
Lição 6 - A abrangência universal da salvação
Lição 6 - A abrangência universal da salvaçãoLição 6 - A abrangência universal da salvação
Lição 6 - A abrangência universal da salvação
Ailton da Silva
 
Lição 5 - A obra salvífica de Jesus Cristo
Lição 5 - A obra salvífica de Jesus CristoLição 5 - A obra salvífica de Jesus Cristo
Lição 5 - A obra salvífica de Jesus Cristo
Ailton da Silva
 
Lição 8 - A Igreja de Cristo
Lição 8 - A Igreja de CristoLição 8 - A Igreja de Cristo
Lição 8 - A Igreja de Cristo
Ailton da Silva
 
Lição 7 - A necessidade do novo nascimento
Lição 7 - A necessidade do novo nascimentoLição 7 - A necessidade do novo nascimento
Lição 7 - A necessidade do novo nascimento
Ailton da Silva
 
Lição 6 - A pecaminosidade humana e a sua restauração a Deus
Lição 6 - A pecaminosidade humana e a sua restauração a DeusLição 6 - A pecaminosidade humana e a sua restauração a Deus
Lição 6 - A pecaminosidade humana e a sua restauração a Deus
Ailton da Silva
 
Lição 5 - A identidade do Espírito Santo
Lição 5 - A identidade do Espírito SantoLição 5 - A identidade do Espírito Santo
Lição 5 - A identidade do Espírito Santo
Ailton da Silva
 

Mais de Ailton da Silva (20)

Lição 2 - O primeiro dia depois do sim
Lição 2 - O primeiro dia depois do simLição 2 - O primeiro dia depois do sim
Lição 2 - O primeiro dia depois do sim
 
Lição 1 - Abraão, chamada e revelação
Lição 1 - Abraão, chamada e revelaçãoLição 1 - Abraão, chamada e revelação
Lição 1 - Abraão, chamada e revelação
 
Lição 5 - Cristo é superior a Arão e à ordem Levítica
Lição 5 - Cristo é superior a Arão e à ordem LevíticaLição 5 - Cristo é superior a Arão e à ordem Levítica
Lição 5 - Cristo é superior a Arão e à ordem Levítica
 
Lição 4 - Jesus é superior a Josué. O meio de entrar no repouso de Deus
Lição 4 - Jesus é superior a Josué. O meio de entrar no repouso de DeusLição 4 - Jesus é superior a Josué. O meio de entrar no repouso de Deus
Lição 4 - Jesus é superior a Josué. O meio de entrar no repouso de Deus
 
Lição 3 - A superioridade de Jesus em relação a Moisés
Lição 3 - A superioridade de Jesus em relação a MoisésLição 3 - A superioridade de Jesus em relação a Moisés
Lição 3 - A superioridade de Jesus em relação a Moisés
 
Lição 2 - Uma salvação grandiosa
Lição 2 - Uma salvação grandiosaLição 2 - Uma salvação grandiosa
Lição 2 - Uma salvação grandiosa
 
01 - A Carta aos hebreus e a excelência de Cristo
01 - A Carta aos hebreus e a excelência de Cristo01 - A Carta aos hebreus e a excelência de Cristo
01 - A Carta aos hebreus e a excelência de Cristo
 
Lição 13 - Glorificados em Cristo
Lição 13 - Glorificados em CristoLição 13 - Glorificados em Cristo
Lição 13 - Glorificados em Cristo
 
Lição 12 - Perseverando na fé
Lição 12 - Perseverando na féLição 12 - Perseverando na fé
Lição 12 - Perseverando na fé
 
Lição 11 - Adotados por Deus
Lição 11 - Adotados por DeusLição 11 - Adotados por Deus
Lição 11 - Adotados por Deus
 
Lição 10 - O processo da salvação
Lição 10 - O processo da salvaçãoLição 10 - O processo da salvação
Lição 10 - O processo da salvação
 
Lição 9 - Arrependimento e fé para salvação
Lição 9 - Arrependimento e fé para salvaçãoLição 9 - Arrependimento e fé para salvação
Lição 9 - Arrependimento e fé para salvação
 
Lição 8 - A salvação e o livre-arbítrio
Lição 8 - A salvação e o livre-arbítrioLição 8 - A salvação e o livre-arbítrio
Lição 8 - A salvação e o livre-arbítrio
 
Lição 7 - A Salvação pela Graça
Lição 7 - A Salvação pela GraçaLição 7 - A Salvação pela Graça
Lição 7 - A Salvação pela Graça
 
Lição 6 - A abrangência universal da salvação
Lição 6 - A abrangência universal da salvaçãoLição 6 - A abrangência universal da salvação
Lição 6 - A abrangência universal da salvação
 
Lição 5 - A obra salvífica de Jesus Cristo
Lição 5 - A obra salvífica de Jesus CristoLição 5 - A obra salvífica de Jesus Cristo
Lição 5 - A obra salvífica de Jesus Cristo
 
Lição 8 - A Igreja de Cristo
Lição 8 - A Igreja de CristoLição 8 - A Igreja de Cristo
Lição 8 - A Igreja de Cristo
 
Lição 7 - A necessidade do novo nascimento
Lição 7 - A necessidade do novo nascimentoLição 7 - A necessidade do novo nascimento
Lição 7 - A necessidade do novo nascimento
 
Lição 6 - A pecaminosidade humana e a sua restauração a Deus
Lição 6 - A pecaminosidade humana e a sua restauração a DeusLição 6 - A pecaminosidade humana e a sua restauração a Deus
Lição 6 - A pecaminosidade humana e a sua restauração a Deus
 
Lição 5 - A identidade do Espírito Santo
Lição 5 - A identidade do Espírito SantoLição 5 - A identidade do Espírito Santo
Lição 5 - A identidade do Espírito Santo
 

09

  • 1.
  • 2. TEXTO ÁUREO “Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu” (Ec 3.1). Igreja Evangélica Assembleia de Deus Ministério Belém – Setor 5 – Álvares Machado Campo de Presidente Prudente - SP
  • 3. VERDADE PRÁTICA O tempo e o espaço em que vivemos são limitados, por isso, devemos ser bons despenseiros de Deus nesta vida. Igreja Evangélica Assembleia de Deus Ministério Belém – Setor 5 – Álvares Machado Campo de Presidente Prudente - SP
  • 4. LEITURA BÍBLICA EM CLASSE Ec 3.1-8 1 - Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu: 2 - há tempo de nascer e tempo de morrer; tempo de plantar e tempo de arrancar o que se plantou; 3 - tempo de matar e tempo de curar; tempo de derribar e tempo de edificar; 4 - tempo de chorar e tempo de rir; tempo de prantear e tempo de saltar; Igreja Evangélica Assembleia de Deus Ministério Belém – Setor 5 – Álvares Machado Campo de Presidente Prudente - SP
  • 5. LEITURA BÍBLICA EM CLASSE Ec 3.1-8 5 - tempo de espalhar pedras e tempo de ajuntar pedras; tempo de abraçar e tempo de afastar-se de abraçar; 6 - tempo de buscar e tempo de perder; tempo de guardar e tempo de deitar fora; 7 - tempo de rasgar e tempo de coser; tempo de estar calado e tempo de falar; 8 - tempo de amar e tempo de aborrecer; tempo de guerra e tempo de paz. Igreja Evangélica Assembleia de Deus Ministério Belém – Setor 5 – Álvares Machado Campo de Presidente Prudente - SP
  • 6. PROPOSTA DA LIÇÃO • Atualidade: era da vazio e de incertezas; • Eclesiastes: Salomão foi o autor da obra; • Salomão, idoso, mas tinha visão bem realista da vida; • A transitoriedade da vida: efêmera e passageira; • O autor destacou o contraste entre a criação e Criador; • Eclesiastes: ensinos sobre a brevidade da vida; • O trabalho como centro de nossa vida torna-se fadiga; • A busca pelo conhecimento desperta a nossa limitação; • É ilusão buscar razão para vida nos bens terrenos. Igreja Evangélica Assembleia de Deus Ministério Belém – Setor 5 – Álvares Machado Campo de Presidente Prudente - SP
  • 7. INTRODUÇÃO • Tudo é vaidade – diz o pregador; • “Uma geração vai e a outra vem”; • A terra permanece, mas o homem....; • Vaidade: algo sem sentido, que não leva a lugar algum; • Eclesiastes: mostra a crise de um homem bem vivido; • O escritor descobriu que a vida sem Deus era um vazio; • Rejeição à tradição bíblica gera vazio e incertezas. Igreja Evangélica Assembleia de Deus Ministério Belém – Setor 5 – Álvares Machado Campo de Presidente Prudente - SP
  • 8. I – ECLESIASTES, O LIVRO E A MENSAGEM 1) DATAÇÃO DO LIVRO •Escrito por volta do ano 1000 a.C.; •Período em que Salomão reinava em Israel; •Talvez nos últimos anos de seu reinado; •Ele afirmou ser o autor (filho de Davi, rei em Jerusalém). 2) CONHECENDO O PREGADOR •O pregador, tinha uma visão bem realista da vida; •Suas experiências, fora da direção, servem de alerta; •Suas “mulheres” perverteram o seu coração; •Ele percebeu seu erro em tempo. Igreja Evangélica Assembleia de Deus Ministério Belém – Setor 5 – Álvares Machado Campo de Presidente Prudente - SP
  • 9. II – DISCERNINDO OS TEMPO 1) A TRANSITORIEDADE DA VIDA •Vida: transitória, efêmera, passageira; •Sendo tão curta, qual é a vantagem do homem? •Kairós: tempo (oportunidades) devem ser aproveitadas; •Chronos: tempo que não perdoa. Devorador de homens. 2) A ETERNIDADE DE DEUS •Elohim, Deus criador, onipotente, autoexistente; •“Debaixo do sol” – lugar da criação; •Deus pôs a eternidade no coração do homem; •A eternidade mostra a vida como um simples vapor. Igreja Evangélica Assembleia de Deus Ministério Belém – Setor 5 – Álvares Machado Campo de Presidente Prudente - SP
  • 10. III – O TEMPO E AS RELAÇÕES INTERPESSOAIS 1) NA FAMÍLIA •Brevidade da vida: usufruamos com alegria; •O lar deve ser uma permanente ação de graças a Deus; •A família cristã pode e deve se alegrar intensamente. 2) NO TRABALHO •O trabalho não deve ser um fim em si mesmo; •Tampouco pode ser considerado como maldição; •Trabalho como centro da vida transforma-se em fadiga; •Mas a contrário torna-se prazeroso e não penoso. Igreja Evangélica Assembleia de Deus Ministério Belém – Setor 5 – Álvares Machado Campo de Presidente Prudente - SP
  • 11. IV – ADMINSTRANDO BEM O TEMPO 1) EVITANDO A FALSA SABEDORIA E O HEDONISMO •A busca pelo conhecimento tem sido o alvo do homem; •Salomão também buscou e encontrou; •O conhecimento trouxe a frustração (incapacidade); •Busca pelo prazer: prática hedonista e contrária a Deus. 2) EVITANDO A FALSA PROSPERIDADE E O ATIVISMO •Ilusão: busca de bens terrenos para fundamentar a vida; •Falsa prosperidade: corrida desenfreada (riqueza/fama); •Ativismo impiedoso: presente em qualquer campo; •Falsa prosperidade ativismo: corrida atrás do vento. Igreja Evangélica Assembleia de Deus Ministério Belém – Setor 5 – Álvares Machado Campo de Presidente Prudente - SP
  • 12. CONCLUSÃO • Há um tempo para todas as coisas; • Um tempo precioso, que não pode ser desperdiçado; • Devemos usar bem o tempo. A vida é muito breve. OBJETIVOS DA LIÇÃO: 1) Conhecer o o livro e a mensagem de Eclesiastes: • Escrito por Salomão. Mensagem: tudo é vaidade. 2) Explicar: transitoriedade da vida e eternidade de Deus: • Vida efêmera, passageira. Elohim, Deus criador. 3) Administrar bem o tempo e as relações interpressoais: • Alegre-se com a família. Trabalhe com prazer. Igreja Evangélica Assembleia de Deus Ministério Belém – Setor 5 – Álvares Machado Campo de Presidente Prudente - SP
  • 13.
  • 14. ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL Contato: ailtonsilva2000 @yahoo.com.br @gmail.com .blogspot.com facebook Álvares Machado (SP) 4º trim. 2013 Igreja Evangélica Assembleia de Deus Ministério Belém – Setor 5 – Álvares Machado Campo de Presidente Prudente - SP