SlideShare uma empresa Scribd logo
Lição 05 - Um homem de Deus em depressão
TEXTO ÁUREO

"Em tudo somos atribulados, mas
não angustiados; perplexos, mas não
desanimados; perseguidos, mas não
desamparados; abatidos, mas não
destruídos". (2 Co 4.8,9).
        Igreja Evangélica Assembléia de Deus
    Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado
          Campo de Presidente Prudente - SP
VERDADE PRÁTICA

Os conflitos de Elias o levaram a
enfrentar períodos de depressão
e tristeza. Mas o Senhor ajudou-o
superar.


       Igreja Evangélica Assembléia de Deus
   Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado
         Campo de Presidente Prudente - SP
LEITURA BÍBLICA EM CLASSE
             1 Rs 19.2-8
2 – Então Jezabel mandou um mensageiro a Elias,
a dizer-lhe: Assim me façam os deuses, e outro
tanto, se de certo amanhã a estas horas não puser
a tua vida como a de um deles.
3 – O que vendo ele, se levantou e, para escapar
com vida, se foi, e chegando a Berseba, que é de
Judá, deixou ali o seu servo.
4 – Ele, porém, foi ao deserto, caminho de um dia, e
foi sentar-se debaixo de um zimbro; e pediu para si
a morte, e disse: Já basta, ó SENHOR; toma agora
a minha vida, pois não sou melhor do que meus
pais.
          Igreja Evangélica Assembléia de Deus
      Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado
            Campo de Presidente Prudente - SP
LEITURA BÍBLICA EM CLASSE
            1 Rs 19.2-8
5 – E deitou-se, e dormiu debaixo do zimbro; e eis
que então um anjo o tocou, e lhe disse: Levanta-te,
come.
6 – E olhou, e eis que à sua cabeceira estava um
pão cozido sobre as brasas, e uma botija de água;
e comeu, e bebeu, e tornou a deitar-se.
7 – E o anjo do SENHOR tornou segunda vez, e o
tocou, e disse: Levanta-te e come, porque te será
muito longo o caminho.
8 – Levantou-se, pois, e comeu e bebeu; e com a
força daquela comida caminhou quarenta dias e
quarenta noites até Horebe, o monte de Deus.
          Igreja Evangélica Assembléia de Deus
      Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado
            Campo de Presidente Prudente - SP
PROPOSTA DA LIÇÃO

•   Elias, espiritual, de oração e envolvido com a Palavra;
•   Mas também foi um homem sentimental;
•   Se decepcionou. Em sua mente a vitória pareceu derrota;
•   Enfrentou Acabe e os profetas, mas correu de uma mulher;
•   Fugiu, se isolou, impotente ante as ameaças da rainha;
•   “Eu fiquei só”? Não, ainda existiam muitos fieis;
•   Inapetência: vencida com auxilio de terceiros (anjo);
•   A provisão física se tornou a provisão espiritual (forma);
•   Temos um auxilio diferenciado no momento dos conflitos.

              Igreja Evangélica Assembléia de Deus
          Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado
                Campo de Presidente Prudente - SP
INTRODUÇÃO

• Grandes vultos bíblicos, fiéis corajosos, porém humanos;
• Todos sujeitos às mesmas paixões, inclusive Elias;
• Pressão: falsos profetas, casa real e e povo dividido;
• Elias esperava a conversão de TODOS, após o Carmelo;
• Esperança de Elias: destituição da rainha ou sua partida;
• Querite, Sarepta, Carmelo mas não “VÁ” para Jezreel!
• Deus mostrou que tinha controle sobre tudo e todos.

           Igreja Evangélica Assembléia de Deus
       Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado
             Campo de Presidente Prudente - SP
I – ELIAS UM HOMEM
             COMO OS OUTROS
1) UM HOMEM ESPIRITUAL
• Elias, espiritual, envolvido com a Palavra e de oração;
• Ele surgiu em Israel no pior momento espiritual;
• Missão: condenar os pecados de Acabe e Jezabel;
• Tinha escudo, capacete, armadura, espada e pés de barro.

2) UM HOMEM SENTIMENTAL
• Elias: espiritual e sentimental, sujeito as mesmas paixões;
• Foi um gigante espiritual, mas era homem;
• Ele se isolou, no deserto. Perdeu o encanto pela vida;
• Precisava de ajuda e somente Deus poderia lhe socorrer.
           Igreja Evangélica Assembléia de Deus
       Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado
             Campo de Presidente Prudente - SP
II – AS CAUSAS
       DOS CONFLITOS DE ELIAS
1) DECEPÇÃO
• 1ª Decepção: falta de quebrantamento dos governantes;
• 2ª Decepção: permanência de Jezabel e suas ameaças;
• Esperava o fim dela e ouviu sobre o seu. 24 horas!
• Não esperava aquela ameaça. Seu mundo caiu.

2) MEDO
• Diante da ameça de morte, a reação de Elias foi imediata;
• Confrontou Acabe, os falsos profetas, mas temeu Jezabel;
• Ele imaginou que sua vida estivesse nas mãos da rainha;
• Os sentimentos falaram mais alto que a fé.
           Igreja Evangélica Assembléia de Deus
       Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado
             Campo de Presidente Prudente - SP
III – AS CONSEQUÊNCIAS
             DOS CONFLITOS
1) FUGA E ISOLAMENTO
• Elias se viu sem escapatória diante das ameaças;
• Era ficar e morrer ou fugir para salvar sua vida;
• A fuga interrompeu sua comunhão com Deus;
• Fugiu para não morrer, mas depois pediu a morte.

2) AUTOPIEDADE E DESEJO DE MORRER
• “Eu fique só” – 1 Rs 19.10;
• Todos apostataram, abandonaram a fé;
• Ele pediu, em seu ânimo, a morte;
• Perdeu o encanto pela vida. Precisava de ajuda.
           Igreja Evangélica Assembléia de Deus
       Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado
             Campo de Presidente Prudente - SP
IV – O SOCORRO DIVINO
1) PROVISÃO FÍSICA
• Socorro do Senhor: físico e material;
• Inapetência: alteração dos hábitos alimentares;
• Elias estava exausto espiritual e fisicamente;
• Precisava de descanso, alimento e novos ares;
• Depressão não resiste à lembranças (Horebe).

2) PROVISÃO ESPIRITUAL
• Pão e água: socorro provido de forma espiritual;
• O tempo todo Deus cuidou de Elias;
• Revitalização: espiritual, emocional e ministerial
           Igreja Evangélica Assembléia de Deus
       Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado
             Campo de Presidente Prudente - SP
CONCLUSÃO
• Homens de Deus também têm conflitos, como todos;
• Mas temos a certeza do auxílio (Sl 46.1).

OBJETIVOS DA LIÇÃO:
1) Compreender a humanidade do profeta Elias
• Elias, espiritual, envolvido com a Palavra e de oração;
• Mas sujeito as mesmas paixões, tinha pés de barro.

2) Identificar as causas e sintomas da depressão de Elias:
• Falta de quebrantamento e permanência de Jezabel;
• Esperava o fim dela e ouviu sobre o seu. 24 horas!

3) Detalhar o tratamento de Deus à depressão de Elias.
• Socorro divino e revitalização espiritual e ministerial.
            Igreja Evangélica Assembléia de Deus
        Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado
              Campo de Presidente Prudente - SP
Lição 05 - Um homem de Deus em depressão
ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL

             Contato: ailtonsilva2000
@yahoo.com.br
@hotmail.com
.blogspot.com
facebook

Álvares Machado (SP)
                      1º trim. 2013

          Igreja Evangélica Assembléia de Deus
      Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado
            Campo de Presidente Prudente - SP

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

07
0707
o cuidado ao falar e a religião pura
o cuidado ao falar e a religião purao cuidado ao falar e a religião pura
o cuidado ao falar e a religião pura
Ailton da Silva
 
Lição 4 - Superando os traumas da violência social
Lição 4 - Superando os traumas da violência socialLição 4 - Superando os traumas da violência social
Lição 4 - Superando os traumas da violência social
Ailton da Silva
 
09
0909
Lição 5 - A identidade do Espírito Santo
Lição 5 - A identidade do Espírito SantoLição 5 - A identidade do Espírito Santo
Lição 5 - A identidade do Espírito Santo
Ailton da Silva
 
Lição 06
Lição 06Lição 06
Lição 06
Ailton da Silva
 
Lição 2
Lição 2Lição 2
Lição 2
Ailton da Silva
 
13
1313
03
0303
Lição 13 - Malaquias, a sacralidade da família
Lição 13 - Malaquias, a sacralidade da famíliaLição 13 - Malaquias, a sacralidade da família
Lição 13 - Malaquias, a sacralidade da família
Ailton da Silva
 
Lição 11
Lição 11Lição 11
Lição 11
Ailton da Silva
 
Lição 2 - O propósito do fruto do Espírito
Lição 2 - O propósito do fruto do EspíritoLição 2 - O propósito do fruto do Espírito
Lição 2 - O propósito do fruto do Espírito
Ailton da Silva
 
Lição 11 - Ageu, o compromisso do povo da aliança
Lição 11 - Ageu, o compromisso do povo da aliançaLição 11 - Ageu, o compromisso do povo da aliança
Lição 11 - Ageu, o compromisso do povo da aliança
Ailton da Silva
 
O propósito da tentação
O propósito da tentaçãoO propósito da tentação
O propósito da tentação
Ailton da Silva
 
Lição 14
Lição 14 Lição 14
Lição 14
Ailton da Silva
 
Lição 8 - Filadélfia, a igreja do amor perfeito
Lição 8 - Filadélfia, a igreja do amor perfeitoLição 8 - Filadélfia, a igreja do amor perfeito
Lição 8 - Filadélfia, a igreja do amor perfeito
Ailton da Silva
 
Lição 13 - a fidelidade de Deus
Lição 13 - a fidelidade de DeusLição 13 - a fidelidade de Deus
Lição 13 - a fidelidade de Deus
Ailton da Silva
 
08
0808
11
1111

Mais procurados (20)

07
0707
07
 
o cuidado ao falar e a religião pura
o cuidado ao falar e a religião purao cuidado ao falar e a religião pura
o cuidado ao falar e a religião pura
 
Lição 4 - Superando os traumas da violência social
Lição 4 - Superando os traumas da violência socialLição 4 - Superando os traumas da violência social
Lição 4 - Superando os traumas da violência social
 
09
0909
09
 
Lição 5 - A identidade do Espírito Santo
Lição 5 - A identidade do Espírito SantoLição 5 - A identidade do Espírito Santo
Lição 5 - A identidade do Espírito Santo
 
Lição 06
Lição 06Lição 06
Lição 06
 
Lição 2
Lição 2Lição 2
Lição 2
 
Lição 4
Lição 4Lição 4
Lição 4
 
13
1313
13
 
03
0303
03
 
Lição 13 - Malaquias, a sacralidade da família
Lição 13 - Malaquias, a sacralidade da famíliaLição 13 - Malaquias, a sacralidade da família
Lição 13 - Malaquias, a sacralidade da família
 
Lição 11
Lição 11Lição 11
Lição 11
 
Lição 2 - O propósito do fruto do Espírito
Lição 2 - O propósito do fruto do EspíritoLição 2 - O propósito do fruto do Espírito
Lição 2 - O propósito do fruto do Espírito
 
Lição 11 - Ageu, o compromisso do povo da aliança
Lição 11 - Ageu, o compromisso do povo da aliançaLição 11 - Ageu, o compromisso do povo da aliança
Lição 11 - Ageu, o compromisso do povo da aliança
 
O propósito da tentação
O propósito da tentaçãoO propósito da tentação
O propósito da tentação
 
Lição 14
Lição 14 Lição 14
Lição 14
 
Lição 8 - Filadélfia, a igreja do amor perfeito
Lição 8 - Filadélfia, a igreja do amor perfeitoLição 8 - Filadélfia, a igreja do amor perfeito
Lição 8 - Filadélfia, a igreja do amor perfeito
 
Lição 13 - a fidelidade de Deus
Lição 13 - a fidelidade de DeusLição 13 - a fidelidade de Deus
Lição 13 - a fidelidade de Deus
 
08
0808
08
 
11
1111
11
 

Destaque

01
0101
lição 7
lição 7lição 7
lição 7
Ailton da Silva
 
O propósito dos dons espirituais
O propósito dos dons espirituaisO propósito dos dons espirituais
O propósito dos dons espirituais
Ailton da Silva
 
07 - OS MANDAMENTOS DO SENHOR
07 - OS MANDAMENTOS DO SENHOR07 - OS MANDAMENTOS DO SENHOR
07 - OS MANDAMENTOS DO SENHOR
Ailton da Silva
 
05
0505
Gerados pela Palavra da verdade
Gerados pela Palavra da verdadeGerados pela Palavra da verdade
Gerados pela Palavra da verdade
Ailton da Silva
 
Lição 12
Lição 12Lição 12
Lição 12
Ailton da Silva
 
lição 9 - Habacuque, a Soberania Divina sobre as nações
lição 9 - Habacuque, a Soberania Divina sobre as naçõeslição 9 - Habacuque, a Soberania Divina sobre as nações
lição 9 - Habacuque, a Soberania Divina sobre as nações
Ailton da Silva
 
Os dons de poder
Os dons de poderOs dons de poder
Os dons de poder
Ailton da Silva
 
Lição 8
Lição 8Lição 8
Lição 8
Ailton da Silva
 
as pragas divinas e as propostas ardilosas de Faraó
as pragas divinas e as propostas ardilosas de Faraóas pragas divinas e as propostas ardilosas de Faraó
as pragas divinas e as propostas ardilosas de Faraó
Ailton da Silva
 
Lição 13
Lição 13Lição 13
Lição 13
Ailton da Silva
 
Lição 13
Lição 13Lição 13
Lição 13
Ailton da Silva
 
A multiforme Sabedoria de Deus
A multiforme Sabedoria de DeusA multiforme Sabedoria de Deus
A multiforme Sabedoria de Deus
Ailton da Silva
 
o ministério de apóstolo
o ministério de apóstoloo ministério de apóstolo
o ministério de apóstolo
Ailton da Silva
 
Lição 12
Lição 12Lição 12
Lição 12
Ailton da Silva
 
O ministério de profeta
O ministério de profetaO ministério de profeta
O ministério de profeta
Ailton da Silva
 
lição 1 - A atualidade dos profetas menores
lição 1 - A atualidade dos profetas menoreslição 1 - A atualidade dos profetas menores
lição 1 - A atualidade dos profetas menores
Ailton da Silva
 
Lição 1
Lição 1Lição 1
Lição 1
Ailton da Silva
 
11
1111

Destaque (20)

01
0101
01
 
lição 7
lição 7lição 7
lição 7
 
O propósito dos dons espirituais
O propósito dos dons espirituaisO propósito dos dons espirituais
O propósito dos dons espirituais
 
07 - OS MANDAMENTOS DO SENHOR
07 - OS MANDAMENTOS DO SENHOR07 - OS MANDAMENTOS DO SENHOR
07 - OS MANDAMENTOS DO SENHOR
 
05
0505
05
 
Gerados pela Palavra da verdade
Gerados pela Palavra da verdadeGerados pela Palavra da verdade
Gerados pela Palavra da verdade
 
Lição 12
Lição 12Lição 12
Lição 12
 
lição 9 - Habacuque, a Soberania Divina sobre as nações
lição 9 - Habacuque, a Soberania Divina sobre as naçõeslição 9 - Habacuque, a Soberania Divina sobre as nações
lição 9 - Habacuque, a Soberania Divina sobre as nações
 
Os dons de poder
Os dons de poderOs dons de poder
Os dons de poder
 
Lição 8
Lição 8Lição 8
Lição 8
 
as pragas divinas e as propostas ardilosas de Faraó
as pragas divinas e as propostas ardilosas de Faraóas pragas divinas e as propostas ardilosas de Faraó
as pragas divinas e as propostas ardilosas de Faraó
 
Lição 13
Lição 13Lição 13
Lição 13
 
Lição 13
Lição 13Lição 13
Lição 13
 
A multiforme Sabedoria de Deus
A multiforme Sabedoria de DeusA multiforme Sabedoria de Deus
A multiforme Sabedoria de Deus
 
o ministério de apóstolo
o ministério de apóstoloo ministério de apóstolo
o ministério de apóstolo
 
Lição 12
Lição 12Lição 12
Lição 12
 
O ministério de profeta
O ministério de profetaO ministério de profeta
O ministério de profeta
 
lição 1 - A atualidade dos profetas menores
lição 1 - A atualidade dos profetas menoreslição 1 - A atualidade dos profetas menores
lição 1 - A atualidade dos profetas menores
 
Lição 1
Lição 1Lição 1
Lição 1
 
11
1111
11
 

Semelhante a Lição 05 - Um homem de Deus em depressão

lição 02 - Elias, o tisbita
lição 02 - Elias, o tisbitalição 02 - Elias, o tisbita
lição 02 - Elias, o tisbita
Ailton da Silva
 
Lição 5_Um homem de Deus em depressão
Lição 5_Um homem de Deus em depressãoLição 5_Um homem de Deus em depressão
Lição 5_Um homem de Deus em depressão
Natalino das Neves Neves
 
Lição 03 - A longa seca sobre Israel
Lição 03 - A longa seca sobre IsraelLição 03 - A longa seca sobre Israel
Lição 03 - A longa seca sobre Israel
Ailton da Silva
 
Lição 04
Lição 04Lição 04
Lição 04
Ailton da Silva
 
Lição 8
Lição 8Lição 8
Lição 8
Ailton da Silva
 
Lição 05 um homem de deus em depressão
Lição 05   um homem de deus em depressãoLição 05   um homem de deus em depressão
Lição 05 um homem de deus em depressão
cledsondrumms
 
Lição 05 Um Homem de Deus em Depressão.
Lição 05  Um Homem de Deus em Depressão.Lição 05  Um Homem de Deus em Depressão.
Lição 05 Um Homem de Deus em Depressão.
João Paulo Silva Mendes
 
Elias; um homem de Deus em Depressão
Elias; um homem de Deus em DepressãoElias; um homem de Deus em Depressão
Elias; um homem de Deus em Depressão
cesarsilas
 
LBJ 2017 3 TRI LIÇÃO 8 - Depressão, um mal de nosso tempo
LBJ 2017 3 TRI LIÇÃO 8 - Depressão, um mal de nosso tempoLBJ 2017 3 TRI LIÇÃO 8 - Depressão, um mal de nosso tempo
LBJ 2017 3 TRI LIÇÃO 8 - Depressão, um mal de nosso tempo
Natalino das Neves Neves
 
Lição 01
Lição 01Lição 01
Lição 01
Ailton da Silva
 
Lição 11
Lição 11Lição 11
Lição 11
Ailton da Silva
 
Lição 11
Lição 11Lição 11
Lição 11
Ailton da Silva
 
Lição 06
Lição 06Lição 06
Lição 06
Ailton da Silva
 
Lição 5 - As aflições da viuvez
Lição 5 - As aflições da viuvezLição 5 - As aflições da viuvez
Lição 5 - As aflições da viuvez
Ailton da Silva
 
Depressão, um mal do nosso tempo
Depressão, um mal do nosso tempoDepressão, um mal do nosso tempo
Depressão, um mal do nosso tempo
Francelia Carvalho Oliveira
 
Lição 8 - Depressão, um mal do nosso tempo
Lição 8 - Depressão, um mal do nosso tempoLição 8 - Depressão, um mal do nosso tempo
Lição 8 - Depressão, um mal do nosso tempo
Erberson Pinheiro
 
05
0505
LIÇÃO 6 - A DESPENSA VAZIA
LIÇÃO 6 - A DESPENSA VAZIALIÇÃO 6 - A DESPENSA VAZIA
LIÇÃO 6 - A DESPENSA VAZIA
Ailton da Silva
 
Lição 4 - Amós - A Justiça Social como Parte da Adoração
Lição 4 - Amós - A Justiça Social como Parte da AdoraçãoLição 4 - Amós - A Justiça Social como Parte da Adoração
Lição 4 - Amós - A Justiça Social como Parte da Adoração
Ailton da Silva
 
O avivamento que nós precisamos
O avivamento que nós precisamosO avivamento que nós precisamos
O avivamento que nós precisamos
Instituto Teológico Gamaliel
 

Semelhante a Lição 05 - Um homem de Deus em depressão (20)

lição 02 - Elias, o tisbita
lição 02 - Elias, o tisbitalição 02 - Elias, o tisbita
lição 02 - Elias, o tisbita
 
Lição 5_Um homem de Deus em depressão
Lição 5_Um homem de Deus em depressãoLição 5_Um homem de Deus em depressão
Lição 5_Um homem de Deus em depressão
 
Lição 03 - A longa seca sobre Israel
Lição 03 - A longa seca sobre IsraelLição 03 - A longa seca sobre Israel
Lição 03 - A longa seca sobre Israel
 
Lição 04
Lição 04Lição 04
Lição 04
 
Lição 8
Lição 8Lição 8
Lição 8
 
Lição 05 um homem de deus em depressão
Lição 05   um homem de deus em depressãoLição 05   um homem de deus em depressão
Lição 05 um homem de deus em depressão
 
Lição 05 Um Homem de Deus em Depressão.
Lição 05  Um Homem de Deus em Depressão.Lição 05  Um Homem de Deus em Depressão.
Lição 05 Um Homem de Deus em Depressão.
 
Elias; um homem de Deus em Depressão
Elias; um homem de Deus em DepressãoElias; um homem de Deus em Depressão
Elias; um homem de Deus em Depressão
 
LBJ 2017 3 TRI LIÇÃO 8 - Depressão, um mal de nosso tempo
LBJ 2017 3 TRI LIÇÃO 8 - Depressão, um mal de nosso tempoLBJ 2017 3 TRI LIÇÃO 8 - Depressão, um mal de nosso tempo
LBJ 2017 3 TRI LIÇÃO 8 - Depressão, um mal de nosso tempo
 
Lição 01
Lição 01Lição 01
Lição 01
 
Lição 11
Lição 11Lição 11
Lição 11
 
Lição 11
Lição 11Lição 11
Lição 11
 
Lição 06
Lição 06Lição 06
Lição 06
 
Lição 5 - As aflições da viuvez
Lição 5 - As aflições da viuvezLição 5 - As aflições da viuvez
Lição 5 - As aflições da viuvez
 
Depressão, um mal do nosso tempo
Depressão, um mal do nosso tempoDepressão, um mal do nosso tempo
Depressão, um mal do nosso tempo
 
Lição 8 - Depressão, um mal do nosso tempo
Lição 8 - Depressão, um mal do nosso tempoLição 8 - Depressão, um mal do nosso tempo
Lição 8 - Depressão, um mal do nosso tempo
 
05
0505
05
 
LIÇÃO 6 - A DESPENSA VAZIA
LIÇÃO 6 - A DESPENSA VAZIALIÇÃO 6 - A DESPENSA VAZIA
LIÇÃO 6 - A DESPENSA VAZIA
 
Lição 4 - Amós - A Justiça Social como Parte da Adoração
Lição 4 - Amós - A Justiça Social como Parte da AdoraçãoLição 4 - Amós - A Justiça Social como Parte da Adoração
Lição 4 - Amós - A Justiça Social como Parte da Adoração
 
O avivamento que nós precisamos
O avivamento que nós precisamosO avivamento que nós precisamos
O avivamento que nós precisamos
 

Mais de Ailton da Silva

Lição 3 - Os primeiros passos de Abraão
Lição 3 - Os primeiros passos de AbraãoLição 3 - Os primeiros passos de Abraão
Lição 3 - Os primeiros passos de Abraão
Ailton da Silva
 
Lição 2 - O primeiro dia depois do sim
Lição 2 - O primeiro dia depois do simLição 2 - O primeiro dia depois do sim
Lição 2 - O primeiro dia depois do sim
Ailton da Silva
 
Lição 1 - Abraão, chamada e revelação
Lição 1 - Abraão, chamada e revelaçãoLição 1 - Abraão, chamada e revelação
Lição 1 - Abraão, chamada e revelação
Ailton da Silva
 
Lição 5 - Cristo é superior a Arão e à ordem Levítica
Lição 5 - Cristo é superior a Arão e à ordem LevíticaLição 5 - Cristo é superior a Arão e à ordem Levítica
Lição 5 - Cristo é superior a Arão e à ordem Levítica
Ailton da Silva
 
Lição 4 - Jesus é superior a Josué. O meio de entrar no repouso de Deus
Lição 4 - Jesus é superior a Josué. O meio de entrar no repouso de DeusLição 4 - Jesus é superior a Josué. O meio de entrar no repouso de Deus
Lição 4 - Jesus é superior a Josué. O meio de entrar no repouso de Deus
Ailton da Silva
 
Lição 3 - A superioridade de Jesus em relação a Moisés
Lição 3 - A superioridade de Jesus em relação a MoisésLição 3 - A superioridade de Jesus em relação a Moisés
Lição 3 - A superioridade de Jesus em relação a Moisés
Ailton da Silva
 
Lição 2 - Uma salvação grandiosa
Lição 2 - Uma salvação grandiosaLição 2 - Uma salvação grandiosa
Lição 2 - Uma salvação grandiosa
Ailton da Silva
 
01 - A Carta aos hebreus e a excelência de Cristo
01 - A Carta aos hebreus e a excelência de Cristo01 - A Carta aos hebreus e a excelência de Cristo
01 - A Carta aos hebreus e a excelência de Cristo
Ailton da Silva
 
Lição 13 - Glorificados em Cristo
Lição 13 - Glorificados em CristoLição 13 - Glorificados em Cristo
Lição 13 - Glorificados em Cristo
Ailton da Silva
 
Lição 12 - Perseverando na fé
Lição 12 - Perseverando na féLição 12 - Perseverando na fé
Lição 12 - Perseverando na fé
Ailton da Silva
 
Lição 11 - Adotados por Deus
Lição 11 - Adotados por DeusLição 11 - Adotados por Deus
Lição 11 - Adotados por Deus
Ailton da Silva
 
Lição 10 - O processo da salvação
Lição 10 - O processo da salvaçãoLição 10 - O processo da salvação
Lição 10 - O processo da salvação
Ailton da Silva
 
Lição 9 - Arrependimento e fé para salvação
Lição 9 - Arrependimento e fé para salvaçãoLição 9 - Arrependimento e fé para salvação
Lição 9 - Arrependimento e fé para salvação
Ailton da Silva
 
Lição 8 - A salvação e o livre-arbítrio
Lição 8 - A salvação e o livre-arbítrioLição 8 - A salvação e o livre-arbítrio
Lição 8 - A salvação e o livre-arbítrio
Ailton da Silva
 
Lição 7 - A Salvação pela Graça
Lição 7 - A Salvação pela GraçaLição 7 - A Salvação pela Graça
Lição 7 - A Salvação pela Graça
Ailton da Silva
 
Lição 6 - A abrangência universal da salvação
Lição 6 - A abrangência universal da salvaçãoLição 6 - A abrangência universal da salvação
Lição 6 - A abrangência universal da salvação
Ailton da Silva
 
Lição 5 - A obra salvífica de Jesus Cristo
Lição 5 - A obra salvífica de Jesus CristoLição 5 - A obra salvífica de Jesus Cristo
Lição 5 - A obra salvífica de Jesus Cristo
Ailton da Silva
 
Lição 8 - A Igreja de Cristo
Lição 8 - A Igreja de CristoLição 8 - A Igreja de Cristo
Lição 8 - A Igreja de Cristo
Ailton da Silva
 
Lição 7 - A necessidade do novo nascimento
Lição 7 - A necessidade do novo nascimentoLição 7 - A necessidade do novo nascimento
Lição 7 - A necessidade do novo nascimento
Ailton da Silva
 
Lição 6 - A pecaminosidade humana e a sua restauração a Deus
Lição 6 - A pecaminosidade humana e a sua restauração a DeusLição 6 - A pecaminosidade humana e a sua restauração a Deus
Lição 6 - A pecaminosidade humana e a sua restauração a Deus
Ailton da Silva
 

Mais de Ailton da Silva (20)

Lição 3 - Os primeiros passos de Abraão
Lição 3 - Os primeiros passos de AbraãoLição 3 - Os primeiros passos de Abraão
Lição 3 - Os primeiros passos de Abraão
 
Lição 2 - O primeiro dia depois do sim
Lição 2 - O primeiro dia depois do simLição 2 - O primeiro dia depois do sim
Lição 2 - O primeiro dia depois do sim
 
Lição 1 - Abraão, chamada e revelação
Lição 1 - Abraão, chamada e revelaçãoLição 1 - Abraão, chamada e revelação
Lição 1 - Abraão, chamada e revelação
 
Lição 5 - Cristo é superior a Arão e à ordem Levítica
Lição 5 - Cristo é superior a Arão e à ordem LevíticaLição 5 - Cristo é superior a Arão e à ordem Levítica
Lição 5 - Cristo é superior a Arão e à ordem Levítica
 
Lição 4 - Jesus é superior a Josué. O meio de entrar no repouso de Deus
Lição 4 - Jesus é superior a Josué. O meio de entrar no repouso de DeusLição 4 - Jesus é superior a Josué. O meio de entrar no repouso de Deus
Lição 4 - Jesus é superior a Josué. O meio de entrar no repouso de Deus
 
Lição 3 - A superioridade de Jesus em relação a Moisés
Lição 3 - A superioridade de Jesus em relação a MoisésLição 3 - A superioridade de Jesus em relação a Moisés
Lição 3 - A superioridade de Jesus em relação a Moisés
 
Lição 2 - Uma salvação grandiosa
Lição 2 - Uma salvação grandiosaLição 2 - Uma salvação grandiosa
Lição 2 - Uma salvação grandiosa
 
01 - A Carta aos hebreus e a excelência de Cristo
01 - A Carta aos hebreus e a excelência de Cristo01 - A Carta aos hebreus e a excelência de Cristo
01 - A Carta aos hebreus e a excelência de Cristo
 
Lição 13 - Glorificados em Cristo
Lição 13 - Glorificados em CristoLição 13 - Glorificados em Cristo
Lição 13 - Glorificados em Cristo
 
Lição 12 - Perseverando na fé
Lição 12 - Perseverando na féLição 12 - Perseverando na fé
Lição 12 - Perseverando na fé
 
Lição 11 - Adotados por Deus
Lição 11 - Adotados por DeusLição 11 - Adotados por Deus
Lição 11 - Adotados por Deus
 
Lição 10 - O processo da salvação
Lição 10 - O processo da salvaçãoLição 10 - O processo da salvação
Lição 10 - O processo da salvação
 
Lição 9 - Arrependimento e fé para salvação
Lição 9 - Arrependimento e fé para salvaçãoLição 9 - Arrependimento e fé para salvação
Lição 9 - Arrependimento e fé para salvação
 
Lição 8 - A salvação e o livre-arbítrio
Lição 8 - A salvação e o livre-arbítrioLição 8 - A salvação e o livre-arbítrio
Lição 8 - A salvação e o livre-arbítrio
 
Lição 7 - A Salvação pela Graça
Lição 7 - A Salvação pela GraçaLição 7 - A Salvação pela Graça
Lição 7 - A Salvação pela Graça
 
Lição 6 - A abrangência universal da salvação
Lição 6 - A abrangência universal da salvaçãoLição 6 - A abrangência universal da salvação
Lição 6 - A abrangência universal da salvação
 
Lição 5 - A obra salvífica de Jesus Cristo
Lição 5 - A obra salvífica de Jesus CristoLição 5 - A obra salvífica de Jesus Cristo
Lição 5 - A obra salvífica de Jesus Cristo
 
Lição 8 - A Igreja de Cristo
Lição 8 - A Igreja de CristoLição 8 - A Igreja de Cristo
Lição 8 - A Igreja de Cristo
 
Lição 7 - A necessidade do novo nascimento
Lição 7 - A necessidade do novo nascimentoLição 7 - A necessidade do novo nascimento
Lição 7 - A necessidade do novo nascimento
 
Lição 6 - A pecaminosidade humana e a sua restauração a Deus
Lição 6 - A pecaminosidade humana e a sua restauração a DeusLição 6 - A pecaminosidade humana e a sua restauração a Deus
Lição 6 - A pecaminosidade humana e a sua restauração a Deus
 

Lição 05 - Um homem de Deus em depressão

  • 2. TEXTO ÁUREO "Em tudo somos atribulados, mas não angustiados; perplexos, mas não desanimados; perseguidos, mas não desamparados; abatidos, mas não destruídos". (2 Co 4.8,9). Igreja Evangélica Assembléia de Deus Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado Campo de Presidente Prudente - SP
  • 3. VERDADE PRÁTICA Os conflitos de Elias o levaram a enfrentar períodos de depressão e tristeza. Mas o Senhor ajudou-o superar. Igreja Evangélica Assembléia de Deus Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado Campo de Presidente Prudente - SP
  • 4. LEITURA BÍBLICA EM CLASSE 1 Rs 19.2-8 2 – Então Jezabel mandou um mensageiro a Elias, a dizer-lhe: Assim me façam os deuses, e outro tanto, se de certo amanhã a estas horas não puser a tua vida como a de um deles. 3 – O que vendo ele, se levantou e, para escapar com vida, se foi, e chegando a Berseba, que é de Judá, deixou ali o seu servo. 4 – Ele, porém, foi ao deserto, caminho de um dia, e foi sentar-se debaixo de um zimbro; e pediu para si a morte, e disse: Já basta, ó SENHOR; toma agora a minha vida, pois não sou melhor do que meus pais. Igreja Evangélica Assembléia de Deus Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado Campo de Presidente Prudente - SP
  • 5. LEITURA BÍBLICA EM CLASSE 1 Rs 19.2-8 5 – E deitou-se, e dormiu debaixo do zimbro; e eis que então um anjo o tocou, e lhe disse: Levanta-te, come. 6 – E olhou, e eis que à sua cabeceira estava um pão cozido sobre as brasas, e uma botija de água; e comeu, e bebeu, e tornou a deitar-se. 7 – E o anjo do SENHOR tornou segunda vez, e o tocou, e disse: Levanta-te e come, porque te será muito longo o caminho. 8 – Levantou-se, pois, e comeu e bebeu; e com a força daquela comida caminhou quarenta dias e quarenta noites até Horebe, o monte de Deus. Igreja Evangélica Assembléia de Deus Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado Campo de Presidente Prudente - SP
  • 6. PROPOSTA DA LIÇÃO • Elias, espiritual, de oração e envolvido com a Palavra; • Mas também foi um homem sentimental; • Se decepcionou. Em sua mente a vitória pareceu derrota; • Enfrentou Acabe e os profetas, mas correu de uma mulher; • Fugiu, se isolou, impotente ante as ameaças da rainha; • “Eu fiquei só”? Não, ainda existiam muitos fieis; • Inapetência: vencida com auxilio de terceiros (anjo); • A provisão física se tornou a provisão espiritual (forma); • Temos um auxilio diferenciado no momento dos conflitos. Igreja Evangélica Assembléia de Deus Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado Campo de Presidente Prudente - SP
  • 7. INTRODUÇÃO • Grandes vultos bíblicos, fiéis corajosos, porém humanos; • Todos sujeitos às mesmas paixões, inclusive Elias; • Pressão: falsos profetas, casa real e e povo dividido; • Elias esperava a conversão de TODOS, após o Carmelo; • Esperança de Elias: destituição da rainha ou sua partida; • Querite, Sarepta, Carmelo mas não “VÁ” para Jezreel! • Deus mostrou que tinha controle sobre tudo e todos. Igreja Evangélica Assembléia de Deus Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado Campo de Presidente Prudente - SP
  • 8. I – ELIAS UM HOMEM COMO OS OUTROS 1) UM HOMEM ESPIRITUAL • Elias, espiritual, envolvido com a Palavra e de oração; • Ele surgiu em Israel no pior momento espiritual; • Missão: condenar os pecados de Acabe e Jezabel; • Tinha escudo, capacete, armadura, espada e pés de barro. 2) UM HOMEM SENTIMENTAL • Elias: espiritual e sentimental, sujeito as mesmas paixões; • Foi um gigante espiritual, mas era homem; • Ele se isolou, no deserto. Perdeu o encanto pela vida; • Precisava de ajuda e somente Deus poderia lhe socorrer. Igreja Evangélica Assembléia de Deus Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado Campo de Presidente Prudente - SP
  • 9. II – AS CAUSAS DOS CONFLITOS DE ELIAS 1) DECEPÇÃO • 1ª Decepção: falta de quebrantamento dos governantes; • 2ª Decepção: permanência de Jezabel e suas ameaças; • Esperava o fim dela e ouviu sobre o seu. 24 horas! • Não esperava aquela ameaça. Seu mundo caiu. 2) MEDO • Diante da ameça de morte, a reação de Elias foi imediata; • Confrontou Acabe, os falsos profetas, mas temeu Jezabel; • Ele imaginou que sua vida estivesse nas mãos da rainha; • Os sentimentos falaram mais alto que a fé. Igreja Evangélica Assembléia de Deus Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado Campo de Presidente Prudente - SP
  • 10. III – AS CONSEQUÊNCIAS DOS CONFLITOS 1) FUGA E ISOLAMENTO • Elias se viu sem escapatória diante das ameaças; • Era ficar e morrer ou fugir para salvar sua vida; • A fuga interrompeu sua comunhão com Deus; • Fugiu para não morrer, mas depois pediu a morte. 2) AUTOPIEDADE E DESEJO DE MORRER • “Eu fique só” – 1 Rs 19.10; • Todos apostataram, abandonaram a fé; • Ele pediu, em seu ânimo, a morte; • Perdeu o encanto pela vida. Precisava de ajuda. Igreja Evangélica Assembléia de Deus Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado Campo de Presidente Prudente - SP
  • 11. IV – O SOCORRO DIVINO 1) PROVISÃO FÍSICA • Socorro do Senhor: físico e material; • Inapetência: alteração dos hábitos alimentares; • Elias estava exausto espiritual e fisicamente; • Precisava de descanso, alimento e novos ares; • Depressão não resiste à lembranças (Horebe). 2) PROVISÃO ESPIRITUAL • Pão e água: socorro provido de forma espiritual; • O tempo todo Deus cuidou de Elias; • Revitalização: espiritual, emocional e ministerial Igreja Evangélica Assembléia de Deus Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado Campo de Presidente Prudente - SP
  • 12. CONCLUSÃO • Homens de Deus também têm conflitos, como todos; • Mas temos a certeza do auxílio (Sl 46.1). OBJETIVOS DA LIÇÃO: 1) Compreender a humanidade do profeta Elias • Elias, espiritual, envolvido com a Palavra e de oração; • Mas sujeito as mesmas paixões, tinha pés de barro. 2) Identificar as causas e sintomas da depressão de Elias: • Falta de quebrantamento e permanência de Jezabel; • Esperava o fim dela e ouviu sobre o seu. 24 horas! 3) Detalhar o tratamento de Deus à depressão de Elias. • Socorro divino e revitalização espiritual e ministerial. Igreja Evangélica Assembléia de Deus Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado Campo de Presidente Prudente - SP
  • 14. ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL Contato: ailtonsilva2000 @yahoo.com.br @hotmail.com .blogspot.com facebook Álvares Machado (SP) 1º trim. 2013 Igreja Evangélica Assembléia de Deus Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado Campo de Presidente Prudente - SP