SlideShare uma empresa Scribd logo

Semana da qualidade de vida

1 de 7
Baixar para ler offline
ESTADO DE ALAGOAS
          PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO MIGUEL DOS CAMPOS
                SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO




SEMANA DA QUALIDADE DE VIDA
   Construindo Cidadania e Autoestima
(Recorte do Plano de Ação de Promoção da Saúde do PSE)




                    São Miguel dos Campos/ Alagoas
                                2012
EQUIPE TÉCNICA




Claudia Nubia Marques Liberalquino       Cristiane de Castro Laranjeira
       Coordenadora da EPS                      Técnica da 2ª CRE

     Maria Betânia da Silva                   Margiane Argenton
  Coordenadora Municipal da EJA                Técnica do NUPS



                        Responsabilidade Técnica

                      Nelson de Barros Cruz Junior
                     Coordenador do PSE na Educação
                                    .
1. Apresentação


        Ao desejarmos desenvolver o tema saúde, seja pelo caminho da prevenção; através de ações
que proporcionem a atenção com a saúde, seja pelo caminho da promoção; através de ações que
proporcionem a prevenção de algumas condicionalidades relacionadas a saúde, faz-se necessário
primariamente que tenhamos em foco conceitos que fundamentarão toda e qualquer atividades a ser
desenvolvida nesta área.
        A sociedade em que estamos inseridos; meio, foco e fonte de todo trabalho ou estudo,
proporciona informações que nos permite vislumbrar um mapa da nossa situação; seja
comportamental, social ou no cuidado com a saúde, possibilitando a criação de metas, campanhas,
mobilizações, rotinas e ações para o cuidado integral com a vida do indivíduo.
        A Escola; meio de formação da personalidade da criança, jovem, adolescente e também do
adulto, nos permite visualizar como são – e como estão sendo desenvolvidos – os diversos tipos de
políticas criadas no intuito de permitir o melhor desenvolvimento psicossocial e cultural do educando;
público que tomará parte nas decisões que promoverá positiva; ou negativamente, alterações
significativas no caminhar da comunidade como um todo.
        O trabalhar saúde não pode ser resumido no processo de atenção à doença x tratamento, mas
deve buscar a criação de propostas que visem promover a diminuição da vulnerabilidade encontrada
dentro do cotidiano escolar (a prevenção de doenças, de violências, da desigualdade social, da
acessibilidade, do bem-estar), visando à busca do cuidado integral do indivíduo, uma vez que “Saúde é
o estado de completo bem-estar físico, mental e social e não apenas a ausência de doença.” (PCN –
Caderno Saúde, p. 65). Conjuntamente com o cuidado com a qualidade da saúde de nossas
educandos devemos implementar ações educativas para a melhoria da qualidade de vida através da
promoção de uma vida saudável pela informação e mobilização das grandes massas presentes em
nossas instituições de ensino. Para o Ministério da Saúde, 2008:
                           “Ter uma vida saudável é mais do que ter um corpo saudável. Viver saudável inclui diversos
                           aspectos relacionados ao modo como vivemos. Dependem da cultura, da crença e dos
                           valores que compartilhamos com a comunidade em que fomos criados. Essa combinação de
                           aspectos individuais e coletivos, associada a fatores como as reações emocionais, estresse,
                           nervosismo, medo, ou tranquilidade, alegria, entusiasmo, nos mostra o quanto é complexo
                           pensar a saúde e falar de modo de viver saudável.” (Ministério da Saúde, 2008)


        Retomando o princípio de que as escolas são peças fundamentais para a construção da
personalidade do indivíduo, percebemos que aí encontramos o meio para inserção de ações de




                                                        1
promoção da saúde através da informação e capacitação na comunidade escolar. A Carta de Ottawa
(MS, 2002), define:
                         “Promoção da saúde é o nome dado ao processo de capacitação da comunidade para atuar
                         na melhoria de sua qualidade de vida e saúde, incluindo uma maior participação no controle
                         deste processo. Para atingir um estado de completo bem-estar físico, mental e social os
                         indivíduos e grupos devem saber identificar aspirações, satisfazer necessidades e modificar
                         favoravelmente o meio ambiente. A saúde deve ser vista como um recurso para a vida, e não
                         como objetivo de viver. Nesse sentido, a saúde é um conceito positivo, que enfatiza os
                         recursos sociais e pessoais, bem como as capacidades físicas. Assim, a promoção da saúde
                         não é responsabilidade exclusiva do setor saúde, e vai para além de um estilo de vida
                         saudável, na direção de um bem-estar global.” (As Cartas da Promoção da Saúde, Ministério
                         da Saúde, 2002).



        Assim, promover saúde não se baseia apenas em promover campanhas ou ações de
conscientização dentro dos diversos ambientes, mas transformasse num processo em que; por etapas
predefinidas, necessitamos mapear, diagnosticar, socializar e promover propostas de melhoria da vida
do indivíduo.




                                                      2
2. Objetivos
          2.1. Geral
          Orientar os alunos da Educação infantil, Ensino Fundamental I e II e da Modalidade de Educação e Jovens e
Adultos sobre a importância do cuidado com o bem-estar físico, mental e social.


          2.2. Específicos:
                 Realizar o levantamento das principais vulnerabilidades no âmbito Escolar;
                 Incluir no PPP das escolas de acordo com a faixa etária ações de promoção e da saúde;
                 Desenvolver atividades de promoção da saúde;
                 Realizar intervenções pedagógicas sobre as Temáticas;
                 Realizar palestras: educativa e informativa para os alunos, pais e comunidade;
                 Promover a Semana de Promoção da Qualidade de Vida.


         3. Metodologia
          Propõem-se trabalhar a interdisciplinaridade na busca do favorecimento de um ensino integrado e mais
interessante, pois um conteúdo faz conexão com o outro conteúdo da outra disciplina. A proposta foi idealizada
pensada na coletividade entre todas as áreas de ensino; estando em consonância com os PCN’s e Eixos
Transversais, e dentro da perspectiva de intervenção e desenvolvimento das ações ligadas ao tema “Qualidade de
Vida”.
          A equipe técnica-pedagógica torna-se o agente norteador desta atividade; a produção será desenvolvida
com autonomia do professor; e demais profissionais, que deverá contribuir para o desenvolvimento da temática
Qualidade de Vida na escola, para tanto serão realizadas oficinas com os profissionais convidados para o
desenvolvimento das temáticas de acordo com a descrição abaixo:


                Temáticas
          I. Identificação das Vulnerabilidades no Ambiente escolar
          Objetivo: Realizar; anualmente, um levantamento dos principais problemas relacionados à qualidade de vida
enfrentada pela escola.
          Promotores: Equipe Técnico-pedagógica/
          Material de Apoio: Questionário de Investigação Escolar


          II. Promoção de uma Vida Saudável
          Objetivo: Desenvolver uma educação para uma vida saudável através da realização de oficinas, palestras e
eventos focando a temática alimentação saudável e realização de práticas corporais no cotidiano escolar.
          Promotores: Professores de Educação Física e Artes


                                                              3
Material de Apoio: Será informado durante as oficinas.


         III. Promoção da Educação Sexual e Prevenção ao Uso do Álcool e outras Drogas
         Objetivo: Desenvolver; através da abordagem da temática saúde sexual e prevenção das DST, como,
 prevenção ao uso do álcool e outras drogas, ações de educação para a redução da vulnerabilidade de jovens e
 adolescentes dentro do cotidiano escolar.
         Promotores: Professores de Ciências
         Material de Apoio: Será informado durante as oficinas.


         IV. Promoção da Cultura de Paz e Prevenção das Violências/ Promoção do Cuidado Consigo e com o
 Ambiente Escolar
         Objetivo: Implantar e Implementar ações dirigidas para o cuidado com integridade física e mental do
 educando, como a preservação do ambiente escolar como um todo.
         Promotores: Professores de Filosofia e Ensino Religioso/ Geografia
         Material de Apoio: Será informado durante as oficinas.


           Atividades Propostas
        Pesquisa, mural, cartaz, faixas, slogans, pinturas, desenhos, dinâmicas, debates, entrevistas, dramatizações,
vídeo, trabalho em grupos, palestras, redação, paródia, criação de Blogger.


           Base Legal
         Lei nº 12.645, de 16 de maio de 2012 – Institui o Dia Nacional de Segurança e Saúde nas Escolas


           Recursos Necessários
        I. Humanos
        Diretores, coordenadores pedagógicos, professores, alunos, pais e comunidade escolar.


        II. Materiais
        Textos, cartolinas, papel madeira, pincéis, cola, gravuras, tesoura, revistas, computador, livros.


           Eixos Curriculares
        Envolvendo as três áreas do conhecimento: Linguagem e Códigos, Ciências da Natureza e Matemática e
Ciências Humanas.




                                                            4
Anúncio

Recomendados

Educação e saúde: uma relação humana, política e didática
Educação e saúde: uma relação humana, política e didáticaEducação e saúde: uma relação humana, política e didática
Educação e saúde: uma relação humana, política e didáticaJonathan Sampaio
 
Plano de curso promoção da saúde
Plano de curso promoção da saúdePlano de curso promoção da saúde
Plano de curso promoção da saúdeFabiana Santana
 
A Contribuição do professor de Educação Física no Programa Saúde da Família
A Contribuição do professor de Educação Física no Programa Saúde da FamíliaA Contribuição do professor de Educação Física no Programa Saúde da Família
A Contribuição do professor de Educação Física no Programa Saúde da FamíliaGutto Vieira
 
Eps educação permanente em saúde
Eps educação permanente em saúdeEps educação permanente em saúde
Eps educação permanente em saúdeElo Barilli
 
Projeto Educação em Tempo Integral na Escola
Projeto Educação em Tempo Integral na EscolaProjeto Educação em Tempo Integral na Escola
Projeto Educação em Tempo Integral na Escolaanjalylopes
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Projeto cuida de mim caetano 2011 3
Projeto cuida de mim caetano 2011 3Projeto cuida de mim caetano 2011 3
Projeto cuida de mim caetano 2011 3gertrudeslemes
 
A formacao-de-profissionais-da-saude-aprendizagem-significativa-a-luz-da-prom...
A formacao-de-profissionais-da-saude-aprendizagem-significativa-a-luz-da-prom...A formacao-de-profissionais-da-saude-aprendizagem-significativa-a-luz-da-prom...
A formacao-de-profissionais-da-saude-aprendizagem-significativa-a-luz-da-prom...PROIDDBahiana
 
PROJETO SAÚDE NOTA 10
PROJETO SAÚDE NOTA 10PROJETO SAÚDE NOTA 10
PROJETO SAÚDE NOTA 10Jairo Felipe
 
2626-L - Normas de atenção à saúde integral do adolescente - Vol. II
2626-L - Normas de atenção à saúde integral do adolescente - Vol. II2626-L - Normas de atenção à saúde integral do adolescente - Vol. II
2626-L - Normas de atenção à saúde integral do adolescente - Vol. IIbibliotecasaude
 
Educação Permanente
Educação Permanente Educação Permanente
Educação Permanente Elo Barilli
 
Trabalho plano municipal
Trabalho plano municipalTrabalho plano municipal
Trabalho plano municipalBi_Oliveira
 
Boa esperança.santa rita saúde.2.ppt
Boa esperança.santa rita saúde.2.pptBoa esperança.santa rita saúde.2.ppt
Boa esperança.santa rita saúde.2.ppttemastransversais
 
Educação saúde e acolhimento
Educação saúde e acolhimentoEducação saúde e acolhimento
Educação saúde e acolhimentoElis Santiago
 

Mais procurados (17)

Projeto cuida de mim caetano 2011 3
Projeto cuida de mim caetano 2011 3Projeto cuida de mim caetano 2011 3
Projeto cuida de mim caetano 2011 3
 
Lidia dude
Lidia dudeLidia dude
Lidia dude
 
182321 saude
182321 saude182321 saude
182321 saude
 
A formacao-de-profissionais-da-saude-aprendizagem-significativa-a-luz-da-prom...
A formacao-de-profissionais-da-saude-aprendizagem-significativa-a-luz-da-prom...A formacao-de-profissionais-da-saude-aprendizagem-significativa-a-luz-da-prom...
A formacao-de-profissionais-da-saude-aprendizagem-significativa-a-luz-da-prom...
 
PROJETO SAÚDE NOTA 10
PROJETO SAÚDE NOTA 10PROJETO SAÚDE NOTA 10
PROJETO SAÚDE NOTA 10
 
Educacao permanente
Educacao permanenteEducacao permanente
Educacao permanente
 
Educação em saúde
Educação em saúdeEducação em saúde
Educação em saúde
 
2626-L - Normas de atenção à saúde integral do adolescente - Vol. II
2626-L - Normas de atenção à saúde integral do adolescente - Vol. II2626-L - Normas de atenção à saúde integral do adolescente - Vol. II
2626-L - Normas de atenção à saúde integral do adolescente - Vol. II
 
Educação Permanente
Educação Permanente Educação Permanente
Educação Permanente
 
Trabalho plano municipal
Trabalho plano municipalTrabalho plano municipal
Trabalho plano municipal
 
Ppp Apae
Ppp ApaePpp Apae
Ppp Apae
 
Boa esperança.santa rita saúde.2.ppt
Boa esperança.santa rita saúde.2.pptBoa esperança.santa rita saúde.2.ppt
Boa esperança.santa rita saúde.2.ppt
 
Saúde Mental na Escola
Saúde Mental na EscolaSaúde Mental na Escola
Saúde Mental na Escola
 
Abcad24
Abcad24Abcad24
Abcad24
 
Educação saúde e acolhimento
Educação saúde e acolhimentoEducação saúde e acolhimento
Educação saúde e acolhimento
 
Metodologia da problematização
Metodologia da problematizaçãoMetodologia da problematização
Metodologia da problematização
 
Pronea
ProneaPronea
Pronea
 

Semelhante a Semana da qualidade de vida

Programa da Educação e Promoção para a Saúde 11/12
Programa da Educação e Promoção para a Saúde 11/12Programa da Educação e Promoção para a Saúde 11/12
Programa da Educação e Promoção para a Saúde 11/12aliceb.formacao
 
Projeto promoção a saude e qualidade_de_vida
Projeto promoção a saude e qualidade_de_vidaProjeto promoção a saude e qualidade_de_vida
Projeto promoção a saude e qualidade_de_vidaivanaferraz
 
Educacao em Saude - RMSF Betim
Educacao em Saude - RMSF BetimEducacao em Saude - RMSF Betim
Educacao em Saude - RMSF BetimLeonardo Savassi
 
Jps ppt
Jps pptJps ppt
Jps pptPESES
 
Jps ppt
Jps pptJps ppt
Jps pptPESES
 
Jps ppt
Jps pptJps ppt
Jps pptPESES
 
Sessão de Educação para a saúde - Idade escolar
Sessão de Educação para a saúde - Idade escolarSessão de Educação para a saúde - Idade escolar
Sessão de Educação para a saúde - Idade escolarLiteracia em Saúde
 
Jps ppt
Jps pptJps ppt
Jps pptPESES
 
programa de saude escolar
programa de saude escolarprograma de saude escolar
programa de saude escolarthemis dovera
 
Projeto saúde na escola
Projeto saúde na escolaProjeto saúde na escola
Projeto saúde na escolaelianabizarro
 
Projeto saúde na escola
Projeto saúde na escolaProjeto saúde na escola
Projeto saúde na escolaelianabizarro
 
Manual promocao da-saude
Manual promocao da-saudeManual promocao da-saude
Manual promocao da-saudeSusana Marques
 
Produto_Educacional_Luciana_ATUALIZADO.pdf
Produto_Educacional_Luciana_ATUALIZADO.pdfProduto_Educacional_Luciana_ATUALIZADO.pdf
Produto_Educacional_Luciana_ATUALIZADO.pdfClaudioPereiradaSilv3
 

Semelhante a Semana da qualidade de vida (20)

Saude coletiva.pdf
Saude coletiva.pdfSaude coletiva.pdf
Saude coletiva.pdf
 
Programa da Educação e Promoção para a Saúde 11/12
Programa da Educação e Promoção para a Saúde 11/12Programa da Educação e Promoção para a Saúde 11/12
Programa da Educação e Promoção para a Saúde 11/12
 
Projeto promoção a saude e qualidade_de_vida
Projeto promoção a saude e qualidade_de_vidaProjeto promoção a saude e qualidade_de_vida
Projeto promoção a saude e qualidade_de_vida
 
Jps
JpsJps
Jps
 
BICASTIRADENTES_SAUDEII
BICASTIRADENTES_SAUDEIIBICASTIRADENTES_SAUDEII
BICASTIRADENTES_SAUDEII
 
Educacao em Saude - RMSF Betim
Educacao em Saude - RMSF BetimEducacao em Saude - RMSF Betim
Educacao em Saude - RMSF Betim
 
Jps ppt
Jps pptJps ppt
Jps ppt
 
Jps ppt
Jps pptJps ppt
Jps ppt
 
Saúde salinas
Saúde salinasSaúde salinas
Saúde salinas
 
Jps ppt
Jps pptJps ppt
Jps ppt
 
Ilicínea saúde 5
Ilicínea saúde 5Ilicínea saúde 5
Ilicínea saúde 5
 
Sessão de Educação para a saúde - Idade escolar
Sessão de Educação para a saúde - Idade escolarSessão de Educação para a saúde - Idade escolar
Sessão de Educação para a saúde - Idade escolar
 
Jps ppt
Jps pptJps ppt
Jps ppt
 
programa de saude escolar
programa de saude escolarprograma de saude escolar
programa de saude escolar
 
Projeto saúde na escola
Projeto saúde na escolaProjeto saúde na escola
Projeto saúde na escola
 
Projeto saúde na escola
Projeto saúde na escolaProjeto saúde na escola
Projeto saúde na escola
 
Manual promocao da-saude
Manual promocao da-saudeManual promocao da-saude
Manual promocao da-saude
 
Produto_Educacional_Luciana_ATUALIZADO.pdf
Produto_Educacional_Luciana_ATUALIZADO.pdfProduto_Educacional_Luciana_ATUALIZADO.pdf
Produto_Educacional_Luciana_ATUALIZADO.pdf
 
Grupo 2
Grupo 2Grupo 2
Grupo 2
 
Grupo 2
Grupo 2Grupo 2
Grupo 2
 

Mais de segundacoordenadoria

Diário oficial monitores 2ª chamada
Diário oficial monitores 2ª chamadaDiário oficial monitores 2ª chamada
Diário oficial monitores 2ª chamadasegundacoordenadoria
 
Confraternização de diretores e coordenadores
Confraternização de diretores e coordenadoresConfraternização de diretores e coordenadores
Confraternização de diretores e coordenadoressegundacoordenadoria
 
Supletivo gabarito ensino fundamental
Supletivo gabarito ensino fundamentalSupletivo gabarito ensino fundamental
Supletivo gabarito ensino fundamentalsegundacoordenadoria
 
Relação dos monitores novembr0 2012
Relação dos monitores novembr0 2012Relação dos monitores novembr0 2012
Relação dos monitores novembr0 2012segundacoordenadoria
 
Relação dos monitores novembr0 2012
Relação dos monitores novembr0 2012Relação dos monitores novembr0 2012
Relação dos monitores novembr0 2012segundacoordenadoria
 
Iv feira de ciências e tecnologia conceição lyra
Iv feira de ciências e tecnologia conceição lyraIv feira de ciências e tecnologia conceição lyra
Iv feira de ciências e tecnologia conceição lyrasegundacoordenadoria
 
Edital retificado professor substituto uneal 2012
Edital retificado professor substituto uneal 2012Edital retificado professor substituto uneal 2012
Edital retificado professor substituto uneal 2012segundacoordenadoria
 

Mais de segundacoordenadoria (20)

Diário oficial monitores 2ª chamada
Diário oficial monitores 2ª chamadaDiário oficial monitores 2ª chamada
Diário oficial monitores 2ª chamada
 
Feliz ano novo
Feliz ano novoFeliz ano novo
Feliz ano novo
 
Confraternização
ConfraternizaçãoConfraternização
Confraternização
 
Confraternização de diretores e coordenadores
Confraternização de diretores e coordenadoresConfraternização de diretores e coordenadores
Confraternização de diretores e coordenadores
 
Areal 2012
Areal 2012Areal 2012
Areal 2012
 
Natal informatico
Natal informaticoNatal informatico
Natal informatico
 
Aula da saudade
Aula da saudadeAula da saudade
Aula da saudade
 
Jele fotos
Jele fotosJele fotos
Jele fotos
 
Supletivo gabarito ensino médio
Supletivo gabarito ensino médioSupletivo gabarito ensino médio
Supletivo gabarito ensino médio
 
Supletivo gabarito ensino fundamental
Supletivo gabarito ensino fundamentalSupletivo gabarito ensino fundamental
Supletivo gabarito ensino fundamental
 
Relação dos monitores novembr0 2012
Relação dos monitores novembr0 2012Relação dos monitores novembr0 2012
Relação dos monitores novembr0 2012
 
Relação dos monitores novembr0 2012
Relação dos monitores novembr0 2012Relação dos monitores novembr0 2012
Relação dos monitores novembr0 2012
 
Homologação monitores 2012
Homologação monitores 2012Homologação monitores 2012
Homologação monitores 2012
 
Festival de talentos fotos 2
Festival de talentos fotos 2Festival de talentos fotos 2
Festival de talentos fotos 2
 
Festival de talentos fotos 1
Festival de talentos fotos 1Festival de talentos fotos 1
Festival de talentos fotos 1
 
Iv feira de ciências e tecnologia conceição lyra
Iv feira de ciências e tecnologia conceição lyraIv feira de ciências e tecnologia conceição lyra
Iv feira de ciências e tecnologia conceição lyra
 
Edital mestrado da saúde 2013
Edital mestrado da saúde 2013Edital mestrado da saúde 2013
Edital mestrado da saúde 2013
 
Edital mestrado 2013 ciências
Edital mestrado 2013 ciênciasEdital mestrado 2013 ciências
Edital mestrado 2013 ciências
 
Abertura xiv jogos internos
Abertura xiv jogos internosAbertura xiv jogos internos
Abertura xiv jogos internos
 
Edital retificado professor substituto uneal 2012
Edital retificado professor substituto uneal 2012Edital retificado professor substituto uneal 2012
Edital retificado professor substituto uneal 2012
 

Semana da qualidade de vida

  • 1. ESTADO DE ALAGOAS PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO MIGUEL DOS CAMPOS SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO SEMANA DA QUALIDADE DE VIDA Construindo Cidadania e Autoestima (Recorte do Plano de Ação de Promoção da Saúde do PSE) São Miguel dos Campos/ Alagoas 2012
  • 2. EQUIPE TÉCNICA Claudia Nubia Marques Liberalquino Cristiane de Castro Laranjeira Coordenadora da EPS Técnica da 2ª CRE Maria Betânia da Silva Margiane Argenton Coordenadora Municipal da EJA Técnica do NUPS Responsabilidade Técnica Nelson de Barros Cruz Junior Coordenador do PSE na Educação .
  • 3. 1. Apresentação Ao desejarmos desenvolver o tema saúde, seja pelo caminho da prevenção; através de ações que proporcionem a atenção com a saúde, seja pelo caminho da promoção; através de ações que proporcionem a prevenção de algumas condicionalidades relacionadas a saúde, faz-se necessário primariamente que tenhamos em foco conceitos que fundamentarão toda e qualquer atividades a ser desenvolvida nesta área. A sociedade em que estamos inseridos; meio, foco e fonte de todo trabalho ou estudo, proporciona informações que nos permite vislumbrar um mapa da nossa situação; seja comportamental, social ou no cuidado com a saúde, possibilitando a criação de metas, campanhas, mobilizações, rotinas e ações para o cuidado integral com a vida do indivíduo. A Escola; meio de formação da personalidade da criança, jovem, adolescente e também do adulto, nos permite visualizar como são – e como estão sendo desenvolvidos – os diversos tipos de políticas criadas no intuito de permitir o melhor desenvolvimento psicossocial e cultural do educando; público que tomará parte nas decisões que promoverá positiva; ou negativamente, alterações significativas no caminhar da comunidade como um todo. O trabalhar saúde não pode ser resumido no processo de atenção à doença x tratamento, mas deve buscar a criação de propostas que visem promover a diminuição da vulnerabilidade encontrada dentro do cotidiano escolar (a prevenção de doenças, de violências, da desigualdade social, da acessibilidade, do bem-estar), visando à busca do cuidado integral do indivíduo, uma vez que “Saúde é o estado de completo bem-estar físico, mental e social e não apenas a ausência de doença.” (PCN – Caderno Saúde, p. 65). Conjuntamente com o cuidado com a qualidade da saúde de nossas educandos devemos implementar ações educativas para a melhoria da qualidade de vida através da promoção de uma vida saudável pela informação e mobilização das grandes massas presentes em nossas instituições de ensino. Para o Ministério da Saúde, 2008: “Ter uma vida saudável é mais do que ter um corpo saudável. Viver saudável inclui diversos aspectos relacionados ao modo como vivemos. Dependem da cultura, da crença e dos valores que compartilhamos com a comunidade em que fomos criados. Essa combinação de aspectos individuais e coletivos, associada a fatores como as reações emocionais, estresse, nervosismo, medo, ou tranquilidade, alegria, entusiasmo, nos mostra o quanto é complexo pensar a saúde e falar de modo de viver saudável.” (Ministério da Saúde, 2008) Retomando o princípio de que as escolas são peças fundamentais para a construção da personalidade do indivíduo, percebemos que aí encontramos o meio para inserção de ações de 1
  • 4. promoção da saúde através da informação e capacitação na comunidade escolar. A Carta de Ottawa (MS, 2002), define: “Promoção da saúde é o nome dado ao processo de capacitação da comunidade para atuar na melhoria de sua qualidade de vida e saúde, incluindo uma maior participação no controle deste processo. Para atingir um estado de completo bem-estar físico, mental e social os indivíduos e grupos devem saber identificar aspirações, satisfazer necessidades e modificar favoravelmente o meio ambiente. A saúde deve ser vista como um recurso para a vida, e não como objetivo de viver. Nesse sentido, a saúde é um conceito positivo, que enfatiza os recursos sociais e pessoais, bem como as capacidades físicas. Assim, a promoção da saúde não é responsabilidade exclusiva do setor saúde, e vai para além de um estilo de vida saudável, na direção de um bem-estar global.” (As Cartas da Promoção da Saúde, Ministério da Saúde, 2002). Assim, promover saúde não se baseia apenas em promover campanhas ou ações de conscientização dentro dos diversos ambientes, mas transformasse num processo em que; por etapas predefinidas, necessitamos mapear, diagnosticar, socializar e promover propostas de melhoria da vida do indivíduo. 2
  • 5. 2. Objetivos 2.1. Geral Orientar os alunos da Educação infantil, Ensino Fundamental I e II e da Modalidade de Educação e Jovens e Adultos sobre a importância do cuidado com o bem-estar físico, mental e social. 2.2. Específicos:  Realizar o levantamento das principais vulnerabilidades no âmbito Escolar;  Incluir no PPP das escolas de acordo com a faixa etária ações de promoção e da saúde;  Desenvolver atividades de promoção da saúde;  Realizar intervenções pedagógicas sobre as Temáticas;  Realizar palestras: educativa e informativa para os alunos, pais e comunidade;  Promover a Semana de Promoção da Qualidade de Vida. 3. Metodologia Propõem-se trabalhar a interdisciplinaridade na busca do favorecimento de um ensino integrado e mais interessante, pois um conteúdo faz conexão com o outro conteúdo da outra disciplina. A proposta foi idealizada pensada na coletividade entre todas as áreas de ensino; estando em consonância com os PCN’s e Eixos Transversais, e dentro da perspectiva de intervenção e desenvolvimento das ações ligadas ao tema “Qualidade de Vida”. A equipe técnica-pedagógica torna-se o agente norteador desta atividade; a produção será desenvolvida com autonomia do professor; e demais profissionais, que deverá contribuir para o desenvolvimento da temática Qualidade de Vida na escola, para tanto serão realizadas oficinas com os profissionais convidados para o desenvolvimento das temáticas de acordo com a descrição abaixo:  Temáticas I. Identificação das Vulnerabilidades no Ambiente escolar Objetivo: Realizar; anualmente, um levantamento dos principais problemas relacionados à qualidade de vida enfrentada pela escola. Promotores: Equipe Técnico-pedagógica/ Material de Apoio: Questionário de Investigação Escolar II. Promoção de uma Vida Saudável Objetivo: Desenvolver uma educação para uma vida saudável através da realização de oficinas, palestras e eventos focando a temática alimentação saudável e realização de práticas corporais no cotidiano escolar. Promotores: Professores de Educação Física e Artes 3
  • 6. Material de Apoio: Será informado durante as oficinas. III. Promoção da Educação Sexual e Prevenção ao Uso do Álcool e outras Drogas Objetivo: Desenvolver; através da abordagem da temática saúde sexual e prevenção das DST, como, prevenção ao uso do álcool e outras drogas, ações de educação para a redução da vulnerabilidade de jovens e adolescentes dentro do cotidiano escolar. Promotores: Professores de Ciências Material de Apoio: Será informado durante as oficinas. IV. Promoção da Cultura de Paz e Prevenção das Violências/ Promoção do Cuidado Consigo e com o Ambiente Escolar Objetivo: Implantar e Implementar ações dirigidas para o cuidado com integridade física e mental do educando, como a preservação do ambiente escolar como um todo. Promotores: Professores de Filosofia e Ensino Religioso/ Geografia Material de Apoio: Será informado durante as oficinas.  Atividades Propostas Pesquisa, mural, cartaz, faixas, slogans, pinturas, desenhos, dinâmicas, debates, entrevistas, dramatizações, vídeo, trabalho em grupos, palestras, redação, paródia, criação de Blogger.  Base Legal Lei nº 12.645, de 16 de maio de 2012 – Institui o Dia Nacional de Segurança e Saúde nas Escolas  Recursos Necessários I. Humanos Diretores, coordenadores pedagógicos, professores, alunos, pais e comunidade escolar. II. Materiais Textos, cartolinas, papel madeira, pincéis, cola, gravuras, tesoura, revistas, computador, livros.  Eixos Curriculares Envolvendo as três áreas do conhecimento: Linguagem e Códigos, Ciências da Natureza e Matemática e Ciências Humanas. 4
  • 7. Temas transversais Saúde, Ética, Cidadania, pluralidade cultural.  Atividade paralela Conscientizar professores e pais de alunos da importante missão de educar os adolescentes para a melhoria da qualidade de vida.  Duração As atividades a serem desenvolvidas durante a SEMANA DE PROMOÇÃO DA QUALIDADE VIDA dentro do contexto (intervenção, organização e desenvolvimento das ações) ligado à temática, ocorrerão em etapas; durante o período compreendido de 30 (trinta) dias. A primeira; envolve o desenvolvimento das oficinas para a capacitação dos educadores do Ensino Fundamental II envolvidos na proposta durante os dias 16,18 e 19/10 e com os educadores do Ensino Fundamental I envolvidos segundo acordado com as escolas, a segunda, contempla a inserção da temática em sala de aula, bem como a realização de intervenções e palestras durante o período compreendido entre 21/10 a 09/11; caso haja necessidade. Cronograma de Realização das Oficinas com os Professores/ Fundamental II e Médio TURNO 16/10/2012 18/10/2012 19/10/2012 (TERÇA-FEIRA) (QUINTA-FEIRA) (SEXTA-FEIRA) MATUTINO Filosofia e Ensino Ed. Física e Artes Geografia (08:00 as 12:00) Religioso VESPERTINO Ciências e Biologia (13:00 as 17:00)  Culminância Produção e montagem de Cartazes, e outros, sobre a Temática para divulgação do trabalho realizado na escola a comunidade em geral.  Avaliação A avaliação será desenvolvida através das atividades propostas; de forma contínua, levando-se em consideração: - Participação; - Interesse; - Desempenho. 5