SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 18
uma relação humana, política e
didática
Discentes:
Francisca Noronha
Jonathan Sampaio
Naianne Reais
Lohanna Souza
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ
INSTITUTO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE
FACULDADE DE ENFERMAGEM
Mary Rangel
SAÚDE
INTRODUÇÃO
• Educação e Saúde constituem um campo de expressiva
relevância para a qualidade de vida humana e social.
• Objetivo
Desenvolver reflexões sobre a
relação entre educação e
saúde, observando algumas de
suas implicações nos planos
humano, político e didático.
O ENSAIO COMO OPÇÃO
METODOLÓGICA
• Do ponto de vista semântico, pode-se compreender o ensaio como uma
“dissertação mais curta e menos metódica do que um tratado formal e
acabado (FERREIRA, 1986, p. 77).
• O Ensaio é considerado, como gênero literário e gênero de pesquisa,
representa uma fonte expressiva de conhecimento de inesgotáveis
possibilidades (BURKE, 1987).
• O Ensaio possui o antidogmatismo, cuja forma caracteriza-se por
análises fundamentadas e articulações de raciocínios, seguindo uma
“estratégia geral de enunciação”(PINTO, 1998, p. 38).
• O Ensaio é a tentativa de apreensão do objeto e o encaminhamento de
raciocínio que estabelecem “liames seguros entre as partes e o todo,
travando relações entre os elementos estruturais da
argumentação”(ARRIGUCCI JUNIOR, 1973, p. 16).
A educação como tema da pedagogia e a
saúde como tema da educação
• PEDAGOGIA
A pedagogia se caracteriza como campo teórico desse
estudo.
Esse campo reúne os fundamentos e subsídios do que
se aplica à educação.
Pedagogia- campo de estudos da prática educativa.
• A prática da Educação por meio dos fundamentos
pedagógicos tem o seu significado ampliado.
• A essência da Educação compreende os valores de
formação humana e social.
• Na perspectiva de Valores incorporamos a saúde
como tema educativo.
• Saúde amplia seu conceito, deixando de focar
somente no orgânico.
Ampliação das dimensões de Saúde
• É nesse sentido, de formação, que a saúde
constitui tema da “práxis” educativa: uma
práxis na qual se realça o processo de
conscientização(FREIRE,1999; 2000).
A importância do processo educativo
• Desenvolver a consciência social sobre os direitos da
vida cidadã.
• Realçar a Saúde como um desses direitos.
• O desenvolvimento da consciência e da razão crítica
são necessários para definir o significado humano e
social do processo educativo e as dimensões que esse
processo se realiza.
Dimensões da educação
• Prática docente: ser, “saber ser e saber fazer”
• MIZUKAMI- Dimensões :“Humana, técnica, cognitiva,
emocional, sociopolítica e cultural”
• CANDAU- Dimensões de ensino aprendizagem: técnica,
humana e política
EDUCAÇÃO E SAÚDE: AS DIMENSÕES HUMANA,
POLÍTICA E DIDÁTICA DA RELAÇÃO
1. AS DIMENSÕES HUMANA:
 Manifesta-se em diversos elementos de conceitos e
práticas, destacando-se, no âmbito das reflexões deste
estudo, especialmente dois de seus aspectos:
Finalidade do conhecimento;
Relações humana.
• Finalidade do conhecimento: que se produz e se
ensina neste campo epistêmico da educação e saúde.
Processo de
formação
educacional
Profissionais
de saúde
Propostas
humanizantes
Prática
profissional
• Aplicação social, no interesse da
qualidade de vida;
• Valores humanizantes.
• Relações em equipe;
• Aproximam ideias;
• Fortalecem convicções
• Favorecem o diálogo.
• Relações humana: presidem todos os atos, decisões
e práticas dos educadores e seus alunos.
Relação
Educador/Aluno Profissional/Paciente
• Sensibilidade, a atenção e o
acolhimento : favoreçam o diálogo
e minimizem a tensão, natural de
quem procura e precisa de um
atendimento na área, especialmente
sensível, da saúde.
• Atividades sejam estimuladas por
atitudes de colaboração, incentivo,
inclusão, e o ambiente educativo,
marcado pelo acolhimento e pela
cordialidade.
2. PLANO POLÍTICO DAS PRÁTICAS DA EDUCAÇÃO E
SAÚDE.
• Encontra-se no compromisso, que é dos governos e dos
educadores, com o conhecimento a ser garantido no processo de
formação profissional, entendendo-o como direito dos alunos e
essência dos cursos de formação, assim como encontra-se na
compreensão social e política da saúde, a ser enfatizada nesse
conhecimento e na qualidade do serviço a ser prestado à
população
EDUCAÇÃO E SAÚDE: AS DIMENSÕES HUMANA,
POLÍTICA E DIDÁTICA DA RELAÇÃO
PLANO POLÍTICO DAS PRÁTICAS DA
EDUCAÇÃO E SAÚDE
Saúde
Educação
Direito
Público
Condições
Sociais
Qualidade
dos Serviços
Qualidade de
vida
Dever Público
“Saúde é um
estado de completo
bem-estar físico,
mental e social e
não meramente a
ausência de doença
e de enfermidade”
(OMS).
Questão essencial a ser vista em todas as
áreas de conhecimento, com aspectos do
contexto geral da sociedade, necessários
ao bem-estar (welfare).
3. DIMENSÃO DIDÁTICA DA EDUCAÇÃO E SAÚDE
• O que se destaca é a motivação e disposição, que favorecem e
viabilizam a possibilidade e oportunidade de que, tanto o educador
possa ensinar a seus alunos, como possa aprender com eles.
EDUCAÇÃO E SAÚDE: AS DIMENSÕES HUMANA,
POLÍTICA E DIDÁTICA DA RELAÇÃO
PROCESSO
Professor
Profissional
Aluno
Paciente
ENSINO
APRENDIZAGEM
CONSIDERAÇÕES FINAIS
• O estudo argumenta sobre as dimensões humanas,
políticas e didáticas da educação e saúde, como
também observa que essas dimensões são inter-
relacionadas e mutuamente recorrentes.
REFERÊNCIA
• RANGEL, M. Educação e saúde: uma relação
humana, política e didática. Educação, Porto
Alegre, v. 32, n. 1, p. 59-64, jan./abr. 2009.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Aula 1 politicas de saude no brasil
Aula 1   politicas de saude no brasilAula 1   politicas de saude no brasil
Aula 1 politicas de saude no brasilkellyschorro18
 
Educação em saúde
Educação em saúdeEducação em saúde
Educação em saúdeReg Tom
 
Aula 01 - O Processo Saúde e Doença
Aula 01 - O Processo Saúde e DoençaAula 01 - O Processo Saúde e Doença
Aula 01 - O Processo Saúde e DoençaGhiordanno Bruno
 
Redes de atenção em saúde (ras)
Redes de atenção em saúde (ras)Redes de atenção em saúde (ras)
Redes de atenção em saúde (ras)Kellen Medina
 
Aula 1 saúde coletiva i slides aula - cópia
Aula 1 saúde coletiva i   slides aula - cópiaAula 1 saúde coletiva i   slides aula - cópia
Aula 1 saúde coletiva i slides aula - cópiaKarla Toledo
 
Modelos assistenciais de saúde
Modelos assistenciais de saúdeModelos assistenciais de saúde
Modelos assistenciais de saúdeLeticia Passos
 
Aula 01 - Saúde, Cultura e Sociedade
Aula 01 - Saúde, Cultura e SociedadeAula 01 - Saúde, Cultura e Sociedade
Aula 01 - Saúde, Cultura e SociedadeGhiordanno Bruno
 
Saúde Pública aula 1
Saúde Pública aula 1Saúde Pública aula 1
Saúde Pública aula 1profsempre
 
HumanizaSUS
HumanizaSUSHumanizaSUS
HumanizaSUSLene So
 
Aula - 1 Processo Trabalho em Saúde
Aula - 1 Processo Trabalho em SaúdeAula - 1 Processo Trabalho em Saúde
Aula - 1 Processo Trabalho em SaúdeJesiele Spindler
 

Mais procurados (20)

A atenção primária nas Redes de Atenção à Saúde
A atenção primária nas Redes de Atenção à SaúdeA atenção primária nas Redes de Atenção à Saúde
A atenção primária nas Redes de Atenção à Saúde
 
Aula 1 politicas de saude no brasil
Aula 1   politicas de saude no brasilAula 1   politicas de saude no brasil
Aula 1 politicas de saude no brasil
 
Apresentação atenção básica esf
Apresentação atenção básica   esfApresentação atenção básica   esf
Apresentação atenção básica esf
 
Educação em saúde
Educação em saúdeEducação em saúde
Educação em saúde
 
Aula 01 - O Processo Saúde e Doença
Aula 01 - O Processo Saúde e DoençaAula 01 - O Processo Saúde e Doença
Aula 01 - O Processo Saúde e Doença
 
Os modelos de Atenção à Saúde_Eugenio Vilaça
Os modelos de Atenção à Saúde_Eugenio VilaçaOs modelos de Atenção à Saúde_Eugenio Vilaça
Os modelos de Atenção à Saúde_Eugenio Vilaça
 
SAÚDE COLETIVA
SAÚDE COLETIVASAÚDE COLETIVA
SAÚDE COLETIVA
 
Redes de atenção em saúde (ras)
Redes de atenção em saúde (ras)Redes de atenção em saúde (ras)
Redes de atenção em saúde (ras)
 
O Cuidado à Saúde na Atenção Primária
O Cuidado à Saúde na Atenção PrimáriaO Cuidado à Saúde na Atenção Primária
O Cuidado à Saúde na Atenção Primária
 
Aula 1 saúde coletiva i slides aula - cópia
Aula 1 saúde coletiva i   slides aula - cópiaAula 1 saúde coletiva i   slides aula - cópia
Aula 1 saúde coletiva i slides aula - cópia
 
Modelos assistenciais de saúde
Modelos assistenciais de saúdeModelos assistenciais de saúde
Modelos assistenciais de saúde
 
Processo saúde doença
Processo saúde doençaProcesso saúde doença
Processo saúde doença
 
Aula 3 - SUS
Aula 3 - SUSAula 3 - SUS
Aula 3 - SUS
 
Aula 01 - Saúde, Cultura e Sociedade
Aula 01 - Saúde, Cultura e SociedadeAula 01 - Saúde, Cultura e Sociedade
Aula 01 - Saúde, Cultura e Sociedade
 
Atenção Primária à Saúde
Atenção Primária à SaúdeAtenção Primária à Saúde
Atenção Primária à Saúde
 
Política Nacional de Atenção Integral à Saúde da Criança (PNAISC)
Política Nacional de Atenção Integral à Saúde da Criança (PNAISC)Política Nacional de Atenção Integral à Saúde da Criança (PNAISC)
Política Nacional de Atenção Integral à Saúde da Criança (PNAISC)
 
Saúde Pública aula 1
Saúde Pública aula 1Saúde Pública aula 1
Saúde Pública aula 1
 
HumanizaSUS
HumanizaSUSHumanizaSUS
HumanizaSUS
 
Aula - 1 Processo Trabalho em Saúde
Aula - 1 Processo Trabalho em SaúdeAula - 1 Processo Trabalho em Saúde
Aula - 1 Processo Trabalho em Saúde
 
Educação popular em saúde
Educação popular em saúdeEducação popular em saúde
Educação popular em saúde
 

Destaque

Principais infecçoes hospitalares
Principais infecçoes hospitalaresPrincipais infecçoes hospitalares
Principais infecçoes hospitalaresJonathan Sampaio
 
D:\meus documentos\educaã§ã£o permanente
D:\meus documentos\educaã§ã£o permanenteD:\meus documentos\educaã§ã£o permanente
D:\meus documentos\educaã§ã£o permanentePRISCILA
 
Acção Humana - Comportamento animal
Acção Humana - Comportamento animalAcção Humana - Comportamento animal
Acção Humana - Comportamento animalSuzete Brito
 
PREVENÇÃO DA INFECÇÃO HOSPITALAR DO TRATO URINÁRIO
PREVENÇÃO DA INFECÇÃO HOSPITALAR DO TRATO URINÁRIOPREVENÇÃO DA INFECÇÃO HOSPITALAR DO TRATO URINÁRIO
PREVENÇÃO DA INFECÇÃO HOSPITALAR DO TRATO URINÁRIOJonathan Sampaio
 
TRABALHO DA DISCIPLINA DIDÁTICA - 4º PERÍODO - PEDAGOGIA - UERJ - 2011.1
TRABALHO DA DISCIPLINA DIDÁTICA - 4º PERÍODO - PEDAGOGIA - UERJ - 2011.1TRABALHO DA DISCIPLINA DIDÁTICA - 4º PERÍODO - PEDAGOGIA - UERJ - 2011.1
TRABALHO DA DISCIPLINA DIDÁTICA - 4º PERÍODO - PEDAGOGIA - UERJ - 2011.1Jana Caetano
 
Seminário educação em saúde
Seminário   educação em saúdeSeminário   educação em saúde
Seminário educação em saúdenatyliima
 
Educação para a Saúde
Educação para a SaúdeEducação para a Saúde
Educação para a SaúdeCatarina Regina
 
Educação em saúde: conceitos e propósitos
Educação em saúde: conceitos e propósitosEducação em saúde: conceitos e propósitos
Educação em saúde: conceitos e propósitosGabriela Montargil
 
O papel da didática na formação do professor
O papel da didática na formação do professorO papel da didática na formação do professor
O papel da didática na formação do professorna educação
 
Acção Humana e os Valores
Acção Humana e os ValoresAcção Humana e os Valores
Acção Humana e os ValoresJorge Barbosa
 

Destaque (13)

Conhecendo a didática
Conhecendo a didáticaConhecendo a didática
Conhecendo a didática
 
Principais infecçoes hospitalares
Principais infecçoes hospitalaresPrincipais infecçoes hospitalares
Principais infecçoes hospitalares
 
D:\meus documentos\educaã§ã£o permanente
D:\meus documentos\educaã§ã£o permanenteD:\meus documentos\educaã§ã£o permanente
D:\meus documentos\educaã§ã£o permanente
 
Acção Humana - Comportamento animal
Acção Humana - Comportamento animalAcção Humana - Comportamento animal
Acção Humana - Comportamento animal
 
PREVENÇÃO DA INFECÇÃO HOSPITALAR DO TRATO URINÁRIO
PREVENÇÃO DA INFECÇÃO HOSPITALAR DO TRATO URINÁRIOPREVENÇÃO DA INFECÇÃO HOSPITALAR DO TRATO URINÁRIO
PREVENÇÃO DA INFECÇÃO HOSPITALAR DO TRATO URINÁRIO
 
TRABALHO DA DISCIPLINA DIDÁTICA - 4º PERÍODO - PEDAGOGIA - UERJ - 2011.1
TRABALHO DA DISCIPLINA DIDÁTICA - 4º PERÍODO - PEDAGOGIA - UERJ - 2011.1TRABALHO DA DISCIPLINA DIDÁTICA - 4º PERÍODO - PEDAGOGIA - UERJ - 2011.1
TRABALHO DA DISCIPLINA DIDÁTICA - 4º PERÍODO - PEDAGOGIA - UERJ - 2011.1
 
Seminário educação em saúde
Seminário   educação em saúdeSeminário   educação em saúde
Seminário educação em saúde
 
Educação para a Saúde
Educação para a SaúdeEducação para a Saúde
Educação para a Saúde
 
Educação em saúde: conceitos e propósitos
Educação em saúde: conceitos e propósitosEducação em saúde: conceitos e propósitos
Educação em saúde: conceitos e propósitos
 
Políticas De Saúde Na Atualidade
Políticas De  Saúde Na  AtualidadePolíticas De  Saúde Na  Atualidade
Políticas De Saúde Na Atualidade
 
O papel da didática na formação do professor
O papel da didática na formação do professorO papel da didática na formação do professor
O papel da didática na formação do professor
 
Acção Humana e os Valores
Acção Humana e os ValoresAcção Humana e os Valores
Acção Humana e os Valores
 
Slide de didática
Slide de didáticaSlide de didática
Slide de didática
 

Semelhante a Educação e saúde: uma relação humana, política e didática

Educação em Saúde e Pesquisa Qualitativa Relações Possíveis
Educação em Saúde e Pesquisa Qualitativa Relações PossíveisEducação em Saúde e Pesquisa Qualitativa Relações Possíveis
Educação em Saúde e Pesquisa Qualitativa Relações Possíveissamara machado
 
A Esf como objeto de educação em saúde
A Esf como objeto de educação em saúdeA Esf como objeto de educação em saúde
A Esf como objeto de educação em saúdeJunior Anzoategui
 
Disciplina de seminário saúde coletiva
Disciplina de seminário saúde coletivaDisciplina de seminário saúde coletiva
Disciplina de seminário saúde coletivaTesisMaster
 
educaçao em saude aula 01.pptx
educaçao em saude aula 01.pptxeducaçao em saude aula 01.pptx
educaçao em saude aula 01.pptxssuser51d27c1
 
Educação para Saúde e Meio Ambiente - Aula 3
Educação para Saúde e Meio Ambiente - Aula 3Educação para Saúde e Meio Ambiente - Aula 3
Educação para Saúde e Meio Ambiente - Aula 3Thiago Ávila Medeiros
 
Programa da Educação e Promoção para a Saúde 11/12
Programa da Educação e Promoção para a Saúde 11/12Programa da Educação e Promoção para a Saúde 11/12
Programa da Educação e Promoção para a Saúde 11/12aliceb.formacao
 
O quadrilátero da formação para a saúde ensino, gestão, atenção e controle s...
O quadrilátero da formação para a saúde  ensino, gestão, atenção e controle s...O quadrilátero da formação para a saúde  ensino, gestão, atenção e controle s...
O quadrilátero da formação para a saúde ensino, gestão, atenção e controle s...Rosane Domingues
 
Educação+ambiental%2c+q.v.+e+sustentabilidade (1)
Educação+ambiental%2c+q.v.+e+sustentabilidade (1)Educação+ambiental%2c+q.v.+e+sustentabilidade (1)
Educação+ambiental%2c+q.v.+e+sustentabilidade (1)Diego Anomal
 
Aula 4 Projeto Promoção da Saúde
Aula 4 Projeto Promoção da SaúdeAula 4 Projeto Promoção da Saúde
Aula 4 Projeto Promoção da Saúdegerontopedia
 
A Contribuição do professor de Educação Física no Programa Saúde da Família
A Contribuição do professor de Educação Física no Programa Saúde da FamíliaA Contribuição do professor de Educação Física no Programa Saúde da Família
A Contribuição do professor de Educação Física no Programa Saúde da FamíliaGutto Vieira
 
Educação e saúde (leonardo)
Educação e saúde (leonardo)Educação e saúde (leonardo)
Educação e saúde (leonardo)Leonardo Savassi
 
Educacao em Saude - RMSF Betim
Educacao em Saude - RMSF BetimEducacao em Saude - RMSF Betim
Educacao em Saude - RMSF BetimLeonardo Savassi
 
Aula Pre-If 17-05.pptx
Aula Pre-If 17-05.pptxAula Pre-If 17-05.pptx
Aula Pre-If 17-05.pptxJooPaulo375007
 

Semelhante a Educação e saúde: uma relação humana, política e didática (20)

Saude coletiva.pdf
Saude coletiva.pdfSaude coletiva.pdf
Saude coletiva.pdf
 
Educação em Saúde e Pesquisa Qualitativa Relações Possíveis
Educação em Saúde e Pesquisa Qualitativa Relações PossíveisEducação em Saúde e Pesquisa Qualitativa Relações Possíveis
Educação em Saúde e Pesquisa Qualitativa Relações Possíveis
 
A Esf como objeto de educação em saúde
A Esf como objeto de educação em saúdeA Esf como objeto de educação em saúde
A Esf como objeto de educação em saúde
 
Coromandel saúde g5
Coromandel saúde g5Coromandel saúde g5
Coromandel saúde g5
 
Disciplina de seminário saúde coletiva
Disciplina de seminário saúde coletivaDisciplina de seminário saúde coletiva
Disciplina de seminário saúde coletiva
 
Conselho nacional
Conselho nacionalConselho nacional
Conselho nacional
 
educaçao em saude aula 01.pptx
educaçao em saude aula 01.pptxeducaçao em saude aula 01.pptx
educaçao em saude aula 01.pptx
 
Educação para Saúde e Meio Ambiente - Aula 3
Educação para Saúde e Meio Ambiente - Aula 3Educação para Saúde e Meio Ambiente - Aula 3
Educação para Saúde e Meio Ambiente - Aula 3
 
Semana da qualidade de vida
Semana da qualidade de vidaSemana da qualidade de vida
Semana da qualidade de vida
 
Programa da Educação e Promoção para a Saúde 11/12
Programa da Educação e Promoção para a Saúde 11/12Programa da Educação e Promoção para a Saúde 11/12
Programa da Educação e Promoção para a Saúde 11/12
 
Tendências pedagógicas.pptx
Tendências pedagógicas.pptxTendências pedagógicas.pptx
Tendências pedagógicas.pptx
 
O quadrilátero da formação para a saúde ensino, gestão, atenção e controle s...
O quadrilátero da formação para a saúde  ensino, gestão, atenção e controle s...O quadrilátero da formação para a saúde  ensino, gestão, atenção e controle s...
O quadrilátero da formação para a saúde ensino, gestão, atenção e controle s...
 
Educação+ambiental%2c+q.v.+e+sustentabilidade (1)
Educação+ambiental%2c+q.v.+e+sustentabilidade (1)Educação+ambiental%2c+q.v.+e+sustentabilidade (1)
Educação+ambiental%2c+q.v.+e+sustentabilidade (1)
 
Aula 4 Projeto Promoção da Saúde
Aula 4 Projeto Promoção da SaúdeAula 4 Projeto Promoção da Saúde
Aula 4 Projeto Promoção da Saúde
 
A Contribuição do professor de Educação Física no Programa Saúde da Família
A Contribuição do professor de Educação Física no Programa Saúde da FamíliaA Contribuição do professor de Educação Física no Programa Saúde da Família
A Contribuição do professor de Educação Física no Programa Saúde da Família
 
Saúde salinas
Saúde salinasSaúde salinas
Saúde salinas
 
Educação e saúde (leonardo)
Educação e saúde (leonardo)Educação e saúde (leonardo)
Educação e saúde (leonardo)
 
Educaçao e Saude
Educaçao e SaudeEducaçao e Saude
Educaçao e Saude
 
Educacao em Saude - RMSF Betim
Educacao em Saude - RMSF BetimEducacao em Saude - RMSF Betim
Educacao em Saude - RMSF Betim
 
Aula Pre-If 17-05.pptx
Aula Pre-If 17-05.pptxAula Pre-If 17-05.pptx
Aula Pre-If 17-05.pptx
 

Mais de Jonathan Sampaio

INSUFICIÊNCIA RESPIRATÓRIA AGUDA E PNEUMONIA
INSUFICIÊNCIA RESPIRATÓRIA AGUDA  E PNEUMONIAINSUFICIÊNCIA RESPIRATÓRIA AGUDA  E PNEUMONIA
INSUFICIÊNCIA RESPIRATÓRIA AGUDA E PNEUMONIAJonathan Sampaio
 
Diretrizes Ressucitação CardioPulmonar sistema de atendimento
Diretrizes Ressucitação CardioPulmonar sistema de atendimentoDiretrizes Ressucitação CardioPulmonar sistema de atendimento
Diretrizes Ressucitação CardioPulmonar sistema de atendimentoJonathan Sampaio
 
Náusea e vômito: Assistência de enfermagem
Náusea e vômito: Assistência de enfermagem Náusea e vômito: Assistência de enfermagem
Náusea e vômito: Assistência de enfermagem Jonathan Sampaio
 
Hernia abdominal: Assistência de Enfermagem
Hernia abdominal: Assistência de EnfermagemHernia abdominal: Assistência de Enfermagem
Hernia abdominal: Assistência de EnfermagemJonathan Sampaio
 
SISTEMATIZAÇÃO DA ASSISTENCIA DE ENFERMAGEM A UM PACIENTE COM SIDA E TUBERCUL...
SISTEMATIZAÇÃO DA ASSISTENCIA DE ENFERMAGEM A UM PACIENTE COM SIDA E TUBERCUL...SISTEMATIZAÇÃO DA ASSISTENCIA DE ENFERMAGEM A UM PACIENTE COM SIDA E TUBERCUL...
SISTEMATIZAÇÃO DA ASSISTENCIA DE ENFERMAGEM A UM PACIENTE COM SIDA E TUBERCUL...Jonathan Sampaio
 
Eliminação urinária-NHB
Eliminação urinária-NHBEliminação urinária-NHB
Eliminação urinária-NHBJonathan Sampaio
 

Mais de Jonathan Sampaio (9)

INSUFICIÊNCIA RESPIRATÓRIA AGUDA E PNEUMONIA
INSUFICIÊNCIA RESPIRATÓRIA AGUDA  E PNEUMONIAINSUFICIÊNCIA RESPIRATÓRIA AGUDA  E PNEUMONIA
INSUFICIÊNCIA RESPIRATÓRIA AGUDA E PNEUMONIA
 
Diretrizes Ressucitação CardioPulmonar sistema de atendimento
Diretrizes Ressucitação CardioPulmonar sistema de atendimentoDiretrizes Ressucitação CardioPulmonar sistema de atendimento
Diretrizes Ressucitação CardioPulmonar sistema de atendimento
 
Toxoplasmose e Rúbeola
Toxoplasmose e RúbeolaToxoplasmose e Rúbeola
Toxoplasmose e Rúbeola
 
Náusea e vômito: Assistência de enfermagem
Náusea e vômito: Assistência de enfermagem Náusea e vômito: Assistência de enfermagem
Náusea e vômito: Assistência de enfermagem
 
Hernia abdominal: Assistência de Enfermagem
Hernia abdominal: Assistência de EnfermagemHernia abdominal: Assistência de Enfermagem
Hernia abdominal: Assistência de Enfermagem
 
SISTEMATIZAÇÃO DA ASSISTENCIA DE ENFERMAGEM A UM PACIENTE COM SIDA E TUBERCUL...
SISTEMATIZAÇÃO DA ASSISTENCIA DE ENFERMAGEM A UM PACIENTE COM SIDA E TUBERCUL...SISTEMATIZAÇÃO DA ASSISTENCIA DE ENFERMAGEM A UM PACIENTE COM SIDA E TUBERCUL...
SISTEMATIZAÇÃO DA ASSISTENCIA DE ENFERMAGEM A UM PACIENTE COM SIDA E TUBERCUL...
 
Difteria
DifteriaDifteria
Difteria
 
Ofidismo
OfidismoOfidismo
Ofidismo
 
Eliminação urinária-NHB
Eliminação urinária-NHBEliminação urinária-NHB
Eliminação urinária-NHB
 

Último

O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfO Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfPastor Robson Colaço
 
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Centro Jacques Delors
 
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSOVALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSOBiatrizGomes1
 
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfO guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfErasmo Portavoz
 
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfGuia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfEyshilaKelly1
 
trabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduratrabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduraAdryan Luiz
 
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOLEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOColégio Santa Teresinha
 
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOInvestimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOMarcosViniciusLemesL
 
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A  galinha ruiva sequencia didatica 3 anoA  galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A galinha ruiva sequencia didatica 3 anoandrealeitetorres
 
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxIsabellaGomes58
 
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 anoAdelmaTorres2
 
Gerenciando a Aprendizagem Organizacional
Gerenciando a Aprendizagem OrganizacionalGerenciando a Aprendizagem Organizacional
Gerenciando a Aprendizagem OrganizacionalJacqueline Cerqueira
 
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISVitor Vieira Vasconcelos
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxBiancaNogueira42
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosAntnyoAllysson
 
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptxSlides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdfUFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdfManuais Formação
 

Último (20)

O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfO Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
 
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
 
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSOVALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
 
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfO guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
 
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfGuia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
 
trabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduratrabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditadura
 
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOLEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
 
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA -
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA      -XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA      -
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA -
 
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOInvestimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
 
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A  galinha ruiva sequencia didatica 3 anoA  galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
 
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
 
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
 
Gerenciando a Aprendizagem Organizacional
Gerenciando a Aprendizagem OrganizacionalGerenciando a Aprendizagem Organizacional
Gerenciando a Aprendizagem Organizacional
 
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
 
Em tempo de Quaresma .
Em tempo de Quaresma                            .Em tempo de Quaresma                            .
Em tempo de Quaresma .
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
 
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
 
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptxSlides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
 
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdfUFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
 

Educação e saúde: uma relação humana, política e didática

  • 1. uma relação humana, política e didática Discentes: Francisca Noronha Jonathan Sampaio Naianne Reais Lohanna Souza SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ INSTITUTO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE FACULDADE DE ENFERMAGEM Mary Rangel SAÚDE
  • 2. INTRODUÇÃO • Educação e Saúde constituem um campo de expressiva relevância para a qualidade de vida humana e social. • Objetivo Desenvolver reflexões sobre a relação entre educação e saúde, observando algumas de suas implicações nos planos humano, político e didático.
  • 3. O ENSAIO COMO OPÇÃO METODOLÓGICA • Do ponto de vista semântico, pode-se compreender o ensaio como uma “dissertação mais curta e menos metódica do que um tratado formal e acabado (FERREIRA, 1986, p. 77). • O Ensaio é considerado, como gênero literário e gênero de pesquisa, representa uma fonte expressiva de conhecimento de inesgotáveis possibilidades (BURKE, 1987). • O Ensaio possui o antidogmatismo, cuja forma caracteriza-se por análises fundamentadas e articulações de raciocínios, seguindo uma “estratégia geral de enunciação”(PINTO, 1998, p. 38). • O Ensaio é a tentativa de apreensão do objeto e o encaminhamento de raciocínio que estabelecem “liames seguros entre as partes e o todo, travando relações entre os elementos estruturais da argumentação”(ARRIGUCCI JUNIOR, 1973, p. 16).
  • 4. A educação como tema da pedagogia e a saúde como tema da educação • PEDAGOGIA A pedagogia se caracteriza como campo teórico desse estudo. Esse campo reúne os fundamentos e subsídios do que se aplica à educação. Pedagogia- campo de estudos da prática educativa.
  • 5. • A prática da Educação por meio dos fundamentos pedagógicos tem o seu significado ampliado. • A essência da Educação compreende os valores de formação humana e social.
  • 6. • Na perspectiva de Valores incorporamos a saúde como tema educativo. • Saúde amplia seu conceito, deixando de focar somente no orgânico.
  • 8. • É nesse sentido, de formação, que a saúde constitui tema da “práxis” educativa: uma práxis na qual se realça o processo de conscientização(FREIRE,1999; 2000).
  • 9. A importância do processo educativo • Desenvolver a consciência social sobre os direitos da vida cidadã. • Realçar a Saúde como um desses direitos. • O desenvolvimento da consciência e da razão crítica são necessários para definir o significado humano e social do processo educativo e as dimensões que esse processo se realiza.
  • 10. Dimensões da educação • Prática docente: ser, “saber ser e saber fazer” • MIZUKAMI- Dimensões :“Humana, técnica, cognitiva, emocional, sociopolítica e cultural” • CANDAU- Dimensões de ensino aprendizagem: técnica, humana e política
  • 11. EDUCAÇÃO E SAÚDE: AS DIMENSÕES HUMANA, POLÍTICA E DIDÁTICA DA RELAÇÃO 1. AS DIMENSÕES HUMANA:  Manifesta-se em diversos elementos de conceitos e práticas, destacando-se, no âmbito das reflexões deste estudo, especialmente dois de seus aspectos: Finalidade do conhecimento; Relações humana.
  • 12. • Finalidade do conhecimento: que se produz e se ensina neste campo epistêmico da educação e saúde. Processo de formação educacional Profissionais de saúde Propostas humanizantes Prática profissional • Aplicação social, no interesse da qualidade de vida; • Valores humanizantes. • Relações em equipe; • Aproximam ideias; • Fortalecem convicções • Favorecem o diálogo.
  • 13. • Relações humana: presidem todos os atos, decisões e práticas dos educadores e seus alunos. Relação Educador/Aluno Profissional/Paciente • Sensibilidade, a atenção e o acolhimento : favoreçam o diálogo e minimizem a tensão, natural de quem procura e precisa de um atendimento na área, especialmente sensível, da saúde. • Atividades sejam estimuladas por atitudes de colaboração, incentivo, inclusão, e o ambiente educativo, marcado pelo acolhimento e pela cordialidade.
  • 14. 2. PLANO POLÍTICO DAS PRÁTICAS DA EDUCAÇÃO E SAÚDE. • Encontra-se no compromisso, que é dos governos e dos educadores, com o conhecimento a ser garantido no processo de formação profissional, entendendo-o como direito dos alunos e essência dos cursos de formação, assim como encontra-se na compreensão social e política da saúde, a ser enfatizada nesse conhecimento e na qualidade do serviço a ser prestado à população EDUCAÇÃO E SAÚDE: AS DIMENSÕES HUMANA, POLÍTICA E DIDÁTICA DA RELAÇÃO
  • 15. PLANO POLÍTICO DAS PRÁTICAS DA EDUCAÇÃO E SAÚDE Saúde Educação Direito Público Condições Sociais Qualidade dos Serviços Qualidade de vida Dever Público “Saúde é um estado de completo bem-estar físico, mental e social e não meramente a ausência de doença e de enfermidade” (OMS). Questão essencial a ser vista em todas as áreas de conhecimento, com aspectos do contexto geral da sociedade, necessários ao bem-estar (welfare).
  • 16. 3. DIMENSÃO DIDÁTICA DA EDUCAÇÃO E SAÚDE • O que se destaca é a motivação e disposição, que favorecem e viabilizam a possibilidade e oportunidade de que, tanto o educador possa ensinar a seus alunos, como possa aprender com eles. EDUCAÇÃO E SAÚDE: AS DIMENSÕES HUMANA, POLÍTICA E DIDÁTICA DA RELAÇÃO PROCESSO Professor Profissional Aluno Paciente ENSINO APRENDIZAGEM
  • 17. CONSIDERAÇÕES FINAIS • O estudo argumenta sobre as dimensões humanas, políticas e didáticas da educação e saúde, como também observa que essas dimensões são inter- relacionadas e mutuamente recorrentes.
  • 18. REFERÊNCIA • RANGEL, M. Educação e saúde: uma relação humana, política e didática. Educação, Porto Alegre, v. 32, n. 1, p. 59-64, jan./abr. 2009.