SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 11
Baixar para ler offline
PROINFO INTEGRADO
            NTE – NÚCLEO DE TECNOLOGIA EDUCACIONAL
               CURSO TECNOLOGIA NA EDUCAÇÃO: EM
            SINANDO E APRENDENDO COM AS TICS
           (Tecnologia da Informação e Comunicação)
   SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO – SME - DONA INÊS/PB
 TURMA: 100 HORAS/2012.3        PERÍODO: 16/07/1012 à 05/11/2012.
    PROFISSIONAIS CURSISTAS: 1ª e 2ª FASES DO ENS. FUND.
TUTORA/EMAIL: IZABEL CRISTINA COSTA DE ARAÚJO RODRIGUES/
                    Izabel.eproinfo@gmail.com
                 ID DA TURMA: 29.096 e 29097




   DATA: 27/09/2012           MÓDULO: 03          ATIVIDADE Nº: 3.3




      PROJETO TECNOLOGIAS INTEGRADA AO
             CURRÍCULO ESCOLAR




                         CURSISTAS:
                      Jairo Alves Felipe
                     José Renan de Melo
                 Leonardo Macena de Fontes
                 Marcelino Marcolino da Silva
                  Mª Cristina Pereira Frazão
                    Mª Luci Lima Santana




                         Dona Inês/PB
                            2012
Governo da Paraíba
       Secretária Estadual de Educação
 2ª Gerência Regional de Ensino – Guarabira
Escola Estadual de Ens. Fund. Dr. José de Melo




     Saúde Nota 10

         PROFESSORES EXECUTORES
          Alessandro Araújo da Silva
         Gilvanda Malaquias de Mélo
              Jairo Alves Felipe
       Maria da Glória Silva Esperidião
            Maria das Dores Silva
      Maria das Graças Geraldo da Silva
      Mª das Graças V. de Sousa Azevedo
           Maria Luci Lima Santana
          Maria Nilma Pereira Borges




                Dona Inês/PB
                   2012
Saúde Nota 10

                              “Educação e Saúde, são aspectos diferentes duma só realidade”.

                                                                                Nazaré Ribeiro


APRESENTAÇÃO


       A “Educação” e a “Saúde” sempre foram temas principais nas políticas públicas por
serem amplamente reconhecidas como necessidades básicas e universais do ser humano.
       Atualmente a ideia de educar para uma vida saudável se ampliou bastante, pois é
consenso geral que as condições necessárias para que sujeitos e comunidades sejam mais
saudáveis não dependem unicamente do individuo receber informações sobre cuidados com o
corpo e ter acesso a tratamento médico/odontológico.
       A escola precisa tratar a “Saúde” como um tema transversal e multidisciplinar, de
modo que a abordagem dessa questão torne-se parte obrigatória de todas as disciplinas. Isso
faz   com   que   o   educador   seja   o   mediador   entre   aluno/família,    renovando   e
incentivando o interesse em se praticar hábitos que contribuam para uma vida saudável.
       Dessa forma, baseando-se nessas questões o “Projeto Saúde Nota 10” foi formatado
para desenvolver ações voltadas para a conscientização e esclarecimento da comunidade
escolar, visando uma melhor qualidade de vida, por meio de ações de prevenção, promoção e
atenção à saúde, as quais serão desenvolvidos ao longo deste ano.



PÚBLICO ALVO
       O projeto tem como público-alvo os alunos da Escola Estadual Dr. José de Melo,
juntamente toda a comunidade escolar (pais, professores e funcionários).
OBJETIVO GERAL
  •   Conscientizar os alunos para o direito à saúde, sensibilizando lhes para a busca
      permanente da compreensão de seus determinantes e capacita lhes para a utilização de
      medidas prática de promoção, proteção e recuperação da saúde.




OBJETIVOS ESPECÍFICOS
  •   Enriquecer o currículo escolar com atividades práticas e teóricas sobre o tema Saúde;
  •   Levar o aluno a perceber a necessidade de adquirir bons hábitos de higiene;

  •   Discutir as formas de higiene corporal, bucal, alimentar, ambiental, etc.;

  •   Incentivar a adoção de práticas de alimentação saudável e de atividades físicas;

  •   Promover atividades que contribuam para o bom funcionamento do corpo e da mente;

  •   Despertar nos alunos hábitos que contribuam para preservação do meio ambiente;

  •   Identificar os tipos de doenças mais comuns em nosso município e como combatê-las;

  •   Explicar o que são DSTs, suas causas, sintomas e consequências para nossa vida;

  •   Apresentar os procedimentos de primeiros socorros em caso de acidentes domésticos;

  •   Evidenciar as consequências provocadas pelo uso das drogas lícitas e ilícitas.
JUSTIFICATIVA


       A Educação não pode ser pensada com a simples visão reducionista de ensinar a ler,
escrever, que garante a formação profissional. A Escola precisa se comprometer com a
cidadania, formando seres humanos plenos e pensantes.
       De acordo com Salera Jr. (2011) a educação eficaz é aquela em favorece a formação
de cidadãos críticos e bem informados, que tenham habilidades e competências diversas para
agir de forma eficiente em defesa da vida. Por isso, a Escola deve criar estratégias que
viabilizem e envolva toda sociedade nas questões que tratam da promoção da saúde pública.
       O Projeto "Saúde Nota 10", é uma proposta que possibilita e garante uma
aprendizagem efetiva e transformadora de atitudes e hábitos de vida, visto que o mesmo
propõe aos educandos uma educação de qualidade que estimula o desenvolvimento de
práticas de promoção de saúde que englobam conhecimentos, habilidades para a vida, tomada
de decisões, atitudes saudáveis e construção de ambientes favoráveis à saúde.
       Ao educar para a saúde, contribuímos de forma decisiva para formação de
cidadãos capazes de atuar em favor da melhoria dos níveis de saúde pessoal e
da coletividade. Assim, acreditamos que o projeto “Saúde Nota 10” irá contribuir para a
prevenção, promoção e melhoria na qualidade de vida de nossas crianças e jovens.
PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS


      O “Saúde Nota 10” será desenvolvido pelos professores com a participação de
profissionais da área da saúde, do corpo de bombeiros e pessoas da própria comunidade em
geral, através de ações a serem desenvolvidas durante o período letivo de fevereiro a
dezembro de 2012, seguindo o Projeto Político-Pedagógico (PPP) da Escola. Estas ações têm
como objetivo integrar as tecnologias ao processo educativo, visando assim o
desenvolvimento de um ensino aprendizagem mais dinâmico e inovador.
ATIVIDADES PROPOSTAS


SAÚDE BUCAL – Palestra com a dentista; Aplicação de flúor; Encaminhamento ao dentista;
Distribuição de kits odontológicos; Apresentação de histórias em fantoches.


HIGIENE PESSOAL – Orientação para tomar banho diário; Corte das unhas; Cuidados com
os ouvidos; Tratamento de pediculose; Apresentação de receitas caseiras, que ajudam a
combater piolhos e fungos; Orientações de como trata a tricotomia.


DATAS COMEMORATIVAS DA SAÚDE – Trabalho em sala de aula através da produção
de textos, desenhos, pinturas, Confecção de cartazes, entrevistas;


DOENÇAS COMUNS (Gripe, desidratação, verminoses, alergia, escabiose) - Exibição de
vídeos; Receitas de remédios naturais; Palestra com a enfermeira, distribuição de panfletos;


CONSCIENTIZAÇÃO AMBIENTAL – Passeios ecológicos (Mata do Seró, Assentamento
Tanques, Pedra da Boca, Cruzeiro de Roma, Santa Fé, Santa Rita de Cássia); Reciclagem;
Produção de objetos com material reciclável; Orientações para preservação do meio ambiente.


DROGAS LÍCITAS E ILÍCITAS – Palestras; Debate com os AA; Depoimentos de ex-
viciados; Exibição de vídeos; Confecção de cartazes;


ALIMENTAÇÃO EQUILIBRADA – Palestras com a nutricionista; Visitas à horta da
escola; Exibição de vídeos; Elaboração de cartazes; Receitas de alimentos;


PREVENÇÃO DE ACIDENTES – Palestra sobre primeiros socorros com os bombeiros;


DSTs - Doenças Sexualmente Transmissíveis (AIDS, Sífilis, Gonorreia, Crista de Galo) –
Palestra; Distribuição de preservativos; Exibição de vídeos; Distribuição de panfletos; Debate.
RECURSOS DIDÁTICOS


   São vários os recursos didáticos existentes, entretanto, para executar o presente projeto
serão utilizados os seguintes:


   •   Recursos Materiais: Papéis variados, lápis de cor, pincel, tinta guache, isopor,
       tesoura, cartolina, TNT, cola branca, fita adesiva, tesoura, cola, etc.;
   •   Recursos Eletrônicos: Aparelho de Data Show, computadores, equipamento de som,
       com caixas e microfone, aparelho de DVD e televisor tela plana, etc.
   •   Recursos Tecnológicos: Vídeos, apresentações em slides, áudio, imagens, textos
       digitais, páginas da web, animações, jogos eletrônicos, blogs, etc.
AVALIAÇÃO


       A avaliação será feita através de pequenos relatórios individuais de professores
envolvidos no projeto, observando-se os seguintes aspectos: envolvimento individual;
participação e interesse dos alunos; cumprimento das atividades propostas; criatividade e
coerência na elaboração e apresentação dos trabalhos.
CRONOGRAMA


    MESES             ATIVIDADES PROPOSTAS
   Fevereiro             Formatação do Projeto
    Março                     Saúde bucal
     Abril                  Higiene pessoal
     Maio                 Data comemorativa
    Junho                   Doenças comuns
    Julho              Conscientização ambiental
    Agosto               Drogas licitas e ilícitas
   Setembro             Alimentação equilibrada
   Outubro              Prevenção de acidentes
  Novembro     DSTs - Doenças Sexualmente Transmissíveis
  Dezembro             Avaliação final do projeto
REFERÊNCIAS


BUSS, Paulo Marchiori. Promoção e educação em saúde no âmbito da Escola de Governo em
Saúde da Escola Nacional de Saúde Pública. Cad. Saúde Pública, 15(Sup. 2): 177-185, 1999.
Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/csp/v15s2/1299.pdf Acesso em: 04/02/2012.

CYRINO, E.G.; PEREIRA, M.L.T. Reflexões sobre uma proposta de integração saúde-
escola: o projeto saúde e educação de Botucatu, SP. Cad. Saúde Pública, Rio de Janeiro, 15
(Sup. 2): 39-44, 1999. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/csp/v15s2/1286.pdf Acesso
em: 05/02/2012.

HAETINGER, DANIELA. 2005. Fatores relevantes à formação e manutenção de
comunidades virtuais facilitadoras da aprendizagem. Novas Tecnologias na Educação
CINTED-UFRGS,                  3           (1):        1-11.         Disponível em:
http://seer.ufrgs.br/renote/article/viewFile/13929/7830 Acesso em: 20/09/2012.

LIBERAL, Edson Ferreira et. al. Projeto Saúde na Escola: Uma iniciativa bem sucedida de
educação em saúde nos Cieps do Estado Rio De Janeiro. Disponível em:
http://www.prac.ufpb.br/anais/Icbeu_anais/anais/saude/cieps.pdf Acesso em: 05/02/2012

MACIEL, E.L.N. et al. 2010. Projeto Aprendendo Saúde na Escola: a experiência de
repercussões positivas na qualidade de vida e determinantes da saúde de membros de uma
comunidade escolar em Vitória, Espírito Santo. Ciência & Saúde Coletiva, 15 (2): 389-396.
Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/csc/v15n2/v15n2a14.pdf Acesso em: 07/02/2012.

MINISTÉRIO DA SAÚDE. 2005. Diretrizes para implantação do projeto saúde e prevenção
nas escolas - versão preliminar. Brasília: MS, MEC, UNESCO, UNICEF. 19p. Disponível
em:    http://educampoparaense.org/site/media/biblioteca/pdf/arq_754_saude_prev_esc02.pdf
acesso em: 06/02/2012.

SALERA JÚNIOR, Giovanni. Projeto Saúde na Escola. Disponível                          em:
http://www.recantodasletras.com.br/artigos/2923410 Acesso em: 04/02/2012.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

POLÍTICAS PÚBLICAS DE SAÚDE
POLÍTICAS PÚBLICAS DE SAÚDE  POLÍTICAS PÚBLICAS DE SAÚDE
POLÍTICAS PÚBLICAS DE SAÚDE Valdirene1977
 
Ações do Programa Saúde na Escola (PSE)
Ações do Programa Saúde na Escola (PSE)Ações do Programa Saúde na Escola (PSE)
Ações do Programa Saúde na Escola (PSE)Adriano Monteiro
 
Projeto patrimônio preservado néia
Projeto patrimônio preservado   néiaProjeto patrimônio preservado   néia
Projeto patrimônio preservado néiaEscolajosecarlos
 
Aula promoao a saude
Aula promoao a saudeAula promoao a saude
Aula promoao a saudedavinci ras
 
Projeto com consideração
Projeto com consideraçãoProjeto com consideração
Projeto com consideraçãoRailda
 
Guia prático do programa saúde da família (parte 2)
Guia prático do programa saúde da família (parte 2)Guia prático do programa saúde da família (parte 2)
Guia prático do programa saúde da família (parte 2)Camila Rodrigues
 
PRINCIPIOS E DOUTRINAS OPERACIONAIS DO SUS
PRINCIPIOS E DOUTRINAS OPERACIONAIS DO SUSPRINCIPIOS E DOUTRINAS OPERACIONAIS DO SUS
PRINCIPIOS E DOUTRINAS OPERACIONAIS DO SUSFisioterapeuta
 
SISTEMA UNICO DE SAUDE - RESUMAO
SISTEMA UNICO DE SAUDE - RESUMAOSISTEMA UNICO DE SAUDE - RESUMAO
SISTEMA UNICO DE SAUDE - RESUMAOJorge Samuel Lima
 
Saúde do trabalhador et sus
Saúde do trabalhador et susSaúde do trabalhador et sus
Saúde do trabalhador et susMARY SOUSA
 
Estágio em séries iniciais
Estágio em séries iniciaisEstágio em séries iniciais
Estágio em séries iniciaisRosinara Azeredo
 
Relatório de estágio
Relatório de estágioRelatório de estágio
Relatório de estágioLeilany Campos
 
Apresentação educação
Apresentação educaçãoApresentação educação
Apresentação educaçãolane
 
Politicas e programas de saude
Politicas e programas de saudePoliticas e programas de saude
Politicas e programas de saudeBruno Figueiredo
 

Mais procurados (20)

POLÍTICAS PÚBLICAS DE SAÚDE
POLÍTICAS PÚBLICAS DE SAÚDE  POLÍTICAS PÚBLICAS DE SAÚDE
POLÍTICAS PÚBLICAS DE SAÚDE
 
Educação e saúde
Educação e saúde Educação e saúde
Educação e saúde
 
Ações do Programa Saúde na Escola (PSE)
Ações do Programa Saúde na Escola (PSE)Ações do Programa Saúde na Escola (PSE)
Ações do Programa Saúde na Escola (PSE)
 
Atenção Primária à Saúde
Atenção Primária à SaúdeAtenção Primária à Saúde
Atenção Primária à Saúde
 
EDUCAÇÃO EM SAÚDE
EDUCAÇÃO EM SAÚDEEDUCAÇÃO EM SAÚDE
EDUCAÇÃO EM SAÚDE
 
Projeto patrimônio preservado néia
Projeto patrimônio preservado   néiaProjeto patrimônio preservado   néia
Projeto patrimônio preservado néia
 
Aula promoao a saude
Aula promoao a saudeAula promoao a saude
Aula promoao a saude
 
Projeto com consideração
Projeto com consideraçãoProjeto com consideração
Projeto com consideração
 
Saúde Coletiva.pptx
Saúde Coletiva.pptxSaúde Coletiva.pptx
Saúde Coletiva.pptx
 
Guia prático do programa saúde da família (parte 2)
Guia prático do programa saúde da família (parte 2)Guia prático do programa saúde da família (parte 2)
Guia prático do programa saúde da família (parte 2)
 
PRINCIPIOS E DOUTRINAS OPERACIONAIS DO SUS
PRINCIPIOS E DOUTRINAS OPERACIONAIS DO SUSPRINCIPIOS E DOUTRINAS OPERACIONAIS DO SUS
PRINCIPIOS E DOUTRINAS OPERACIONAIS DO SUS
 
SISTEMA UNICO DE SAUDE - RESUMAO
SISTEMA UNICO DE SAUDE - RESUMAOSISTEMA UNICO DE SAUDE - RESUMAO
SISTEMA UNICO DE SAUDE - RESUMAO
 
Saúde do trabalhador et sus
Saúde do trabalhador et susSaúde do trabalhador et sus
Saúde do trabalhador et sus
 
Programa psf
Programa psfPrograma psf
Programa psf
 
Você sabe o que é o PSE?
Você sabe o que é o PSE?Você sabe o que é o PSE?
Você sabe o que é o PSE?
 
Programa Saúde na Escola
Programa Saúde na EscolaPrograma Saúde na Escola
Programa Saúde na Escola
 
Estágio em séries iniciais
Estágio em séries iniciaisEstágio em séries iniciais
Estágio em séries iniciais
 
Relatório de estágio
Relatório de estágioRelatório de estágio
Relatório de estágio
 
Apresentação educação
Apresentação educaçãoApresentação educação
Apresentação educação
 
Politicas e programas de saude
Politicas e programas de saudePoliticas e programas de saude
Politicas e programas de saude
 

Semelhante a PROJETO SAÚDE NOTA 10

Semelhante a PROJETO SAÚDE NOTA 10 (20)

Modulo03atv33marialuci
Modulo03atv33marialuciModulo03atv33marialuci
Modulo03atv33marialuci
 
Ativ3.3projetomarialuiza
Ativ3.3projetomarialuizaAtiv3.3projetomarialuiza
Ativ3.3projetomarialuiza
 
Modulo03atv34marialuci
Modulo03atv34marialuciModulo03atv34marialuci
Modulo03atv34marialuci
 
SÍNTESE SOBRE A EXECUÇÃO DO PROJETO
SÍNTESE SOBRE A EXECUÇÃO DO PROJETOSÍNTESE SOBRE A EXECUÇÃO DO PROJETO
SÍNTESE SOBRE A EXECUÇÃO DO PROJETO
 
saude caminho da escola
saude caminho da escolasaude caminho da escola
saude caminho da escola
 
Bicastiradentes saudeii higieneesaude
Bicastiradentes saudeii higieneesaudeBicastiradentes saudeii higieneesaude
Bicastiradentes saudeii higieneesaude
 
Projeto cuida de mim caetano 2011 3
Projeto cuida de mim caetano 2011 3Projeto cuida de mim caetano 2011 3
Projeto cuida de mim caetano 2011 3
 
Instrutivo pse
Instrutivo pseInstrutivo pse
Instrutivo pse
 
Cristianeana
CristianeanaCristianeana
Cristianeana
 
Cristianeana
CristianeanaCristianeana
Cristianeana
 
Cristianeana
CristianeanaCristianeana
Cristianeana
 
Semana da qualidade de vida
Semana da qualidade de vidaSemana da qualidade de vida
Semana da qualidade de vida
 
Hq spe guia do professor
Hq spe   guia do professorHq spe   guia do professor
Hq spe guia do professor
 
Projeto saúde na escola
Projeto saúde na escolaProjeto saúde na escola
Projeto saúde na escola
 
188264por
188264por188264por
188264por
 
Programa da Educação e Promoção para a Saúde 11/12
Programa da Educação e Promoção para a Saúde 11/12Programa da Educação e Promoção para a Saúde 11/12
Programa da Educação e Promoção para a Saúde 11/12
 
programa de saude escolar
programa de saude escolarprograma de saude escolar
programa de saude escolar
 
Consumo prev drogas_meio escolar
Consumo prev drogas_meio escolarConsumo prev drogas_meio escolar
Consumo prev drogas_meio escolar
 
Sessão de Educação para a saúde - Idade escolar
Sessão de Educação para a saúde - Idade escolarSessão de Educação para a saúde - Idade escolar
Sessão de Educação para a saúde - Idade escolar
 
Apresentacao_PSE_Tykanori.pdf
Apresentacao_PSE_Tykanori.pdfApresentacao_PSE_Tykanori.pdf
Apresentacao_PSE_Tykanori.pdf
 

Mais de Jairo Felipe

Caderno de atividade - 5º ano - Programa Primeiros Saberes da Infância
Caderno de atividade - 5º ano - Programa Primeiros Saberes da InfânciaCaderno de atividade - 5º ano - Programa Primeiros Saberes da Infância
Caderno de atividade - 5º ano - Programa Primeiros Saberes da InfânciaJairo Felipe
 
Jairofelipe atv.2.1
Jairofelipe atv.2.1Jairofelipe atv.2.1
Jairofelipe atv.2.1Jairo Felipe
 
Jairofelipe atv.1.2
Jairofelipe atv.1.2Jairofelipe atv.1.2
Jairofelipe atv.1.2Jairo Felipe
 
Jairofelipe sintese da_unidade_i
Jairofelipe sintese da_unidade_iJairofelipe sintese da_unidade_i
Jairofelipe sintese da_unidade_iJairo Felipe
 
União Homoafetiva
União HomoafetivaUnião Homoafetiva
União HomoafetivaJairo Felipe
 
A Sociedade de Massas
A Sociedade de MassasA Sociedade de Massas
A Sociedade de MassasJairo Felipe
 
MAPA CONCEITUAL - Culturalismo Jurídico
MAPA CONCEITUAL - Culturalismo JurídicoMAPA CONCEITUAL - Culturalismo Jurídico
MAPA CONCEITUAL - Culturalismo JurídicoJairo Felipe
 
Portfólio de Conclusão de Curso
Portfólio de Conclusão de CursoPortfólio de Conclusão de Curso
Portfólio de Conclusão de CursoJairo Felipe
 
REFLEXÕES: Mídias e Educação no Contexto Escolar
REFLEXÕES: Mídias e Educação no Contexto EscolarREFLEXÕES: Mídias e Educação no Contexto Escolar
REFLEXÕES: Mídias e Educação no Contexto EscolarJairo Felipe
 
MÍDIAS NA EDUCAÇÃO: Um Mar de Possibilidades e Informações
MÍDIAS NA EDUCAÇÃO: Um Mar de Possibilidades e InformaçõesMÍDIAS NA EDUCAÇÃO: Um Mar de Possibilidades e Informações
MÍDIAS NA EDUCAÇÃO: Um Mar de Possibilidades e InformaçõesJairo Felipe
 
REFLEXÕES: Mídias e Educação
REFLEXÕES: Mídias e EducaçãoREFLEXÕES: Mídias e Educação
REFLEXÕES: Mídias e EducaçãoJairo Felipe
 
CONCEITO DE CURRÍCULO
CONCEITO DE CURRÍCULOCONCEITO DE CURRÍCULO
CONCEITO DE CURRÍCULOJairo Felipe
 
FÓRUM: CONTEXTUALIZANDO A MUDANÇA DA TEORIA A PRÁTICA
FÓRUM: CONTEXTUALIZANDO A MUDANÇA DA TEORIA A PRÁTICAFÓRUM: CONTEXTUALIZANDO A MUDANÇA DA TEORIA A PRÁTICA
FÓRUM: CONTEXTUALIZANDO A MUDANÇA DA TEORIA A PRÁTICAJairo Felipe
 
FÓRUM: REFLEXÕES SOBRE A PRÁTICA PEDAGÓGICA
FÓRUM: REFLEXÕES SOBRE A PRÁTICA PEDAGÓGICAFÓRUM: REFLEXÕES SOBRE A PRÁTICA PEDAGÓGICA
FÓRUM: REFLEXÕES SOBRE A PRÁTICA PEDAGÓGICAJairo Felipe
 
BIBLIOGRAFIA DA ESCOLA DR JOSÉ DE MELO
BIBLIOGRAFIA DA ESCOLA DR JOSÉ DE MELOBIBLIOGRAFIA DA ESCOLA DR JOSÉ DE MELO
BIBLIOGRAFIA DA ESCOLA DR JOSÉ DE MELOJairo Felipe
 
MATERIAL PRODUZIDO NA AULA
MATERIAL PRODUZIDO NA AULAMATERIAL PRODUZIDO NA AULA
MATERIAL PRODUZIDO NA AULAJairo Felipe
 
RELATÓRIO DA AULA EXECUTADA
RELATÓRIO DA AULA EXECUTADARELATÓRIO DA AULA EXECUTADA
RELATÓRIO DA AULA EXECUTADAJairo Felipe
 
PLANO DE AULA - ESTAÇÕES DO ANO
PLANO DE AULA - ESTAÇÕES DO ANOPLANO DE AULA - ESTAÇÕES DO ANO
PLANO DE AULA - ESTAÇÕES DO ANOJairo Felipe
 
CONCEITO DE HIPERTEXTO
CONCEITO DE HIPERTEXTOCONCEITO DE HIPERTEXTO
CONCEITO DE HIPERTEXTOJairo Felipe
 
FÓRUM: NAVEGANDO EM BUSCA DO CONCEITO DE HIPERTEXTO
FÓRUM: NAVEGANDO EM BUSCA DO CONCEITO DE HIPERTEXTOFÓRUM: NAVEGANDO EM BUSCA DO CONCEITO DE HIPERTEXTO
FÓRUM: NAVEGANDO EM BUSCA DO CONCEITO DE HIPERTEXTOJairo Felipe
 

Mais de Jairo Felipe (20)

Caderno de atividade - 5º ano - Programa Primeiros Saberes da Infância
Caderno de atividade - 5º ano - Programa Primeiros Saberes da InfânciaCaderno de atividade - 5º ano - Programa Primeiros Saberes da Infância
Caderno de atividade - 5º ano - Programa Primeiros Saberes da Infância
 
Jairofelipe atv.2.1
Jairofelipe atv.2.1Jairofelipe atv.2.1
Jairofelipe atv.2.1
 
Jairofelipe atv.1.2
Jairofelipe atv.1.2Jairofelipe atv.1.2
Jairofelipe atv.1.2
 
Jairofelipe sintese da_unidade_i
Jairofelipe sintese da_unidade_iJairofelipe sintese da_unidade_i
Jairofelipe sintese da_unidade_i
 
União Homoafetiva
União HomoafetivaUnião Homoafetiva
União Homoafetiva
 
A Sociedade de Massas
A Sociedade de MassasA Sociedade de Massas
A Sociedade de Massas
 
MAPA CONCEITUAL - Culturalismo Jurídico
MAPA CONCEITUAL - Culturalismo JurídicoMAPA CONCEITUAL - Culturalismo Jurídico
MAPA CONCEITUAL - Culturalismo Jurídico
 
Portfólio de Conclusão de Curso
Portfólio de Conclusão de CursoPortfólio de Conclusão de Curso
Portfólio de Conclusão de Curso
 
REFLEXÕES: Mídias e Educação no Contexto Escolar
REFLEXÕES: Mídias e Educação no Contexto EscolarREFLEXÕES: Mídias e Educação no Contexto Escolar
REFLEXÕES: Mídias e Educação no Contexto Escolar
 
MÍDIAS NA EDUCAÇÃO: Um Mar de Possibilidades e Informações
MÍDIAS NA EDUCAÇÃO: Um Mar de Possibilidades e InformaçõesMÍDIAS NA EDUCAÇÃO: Um Mar de Possibilidades e Informações
MÍDIAS NA EDUCAÇÃO: Um Mar de Possibilidades e Informações
 
REFLEXÕES: Mídias e Educação
REFLEXÕES: Mídias e EducaçãoREFLEXÕES: Mídias e Educação
REFLEXÕES: Mídias e Educação
 
CONCEITO DE CURRÍCULO
CONCEITO DE CURRÍCULOCONCEITO DE CURRÍCULO
CONCEITO DE CURRÍCULO
 
FÓRUM: CONTEXTUALIZANDO A MUDANÇA DA TEORIA A PRÁTICA
FÓRUM: CONTEXTUALIZANDO A MUDANÇA DA TEORIA A PRÁTICAFÓRUM: CONTEXTUALIZANDO A MUDANÇA DA TEORIA A PRÁTICA
FÓRUM: CONTEXTUALIZANDO A MUDANÇA DA TEORIA A PRÁTICA
 
FÓRUM: REFLEXÕES SOBRE A PRÁTICA PEDAGÓGICA
FÓRUM: REFLEXÕES SOBRE A PRÁTICA PEDAGÓGICAFÓRUM: REFLEXÕES SOBRE A PRÁTICA PEDAGÓGICA
FÓRUM: REFLEXÕES SOBRE A PRÁTICA PEDAGÓGICA
 
BIBLIOGRAFIA DA ESCOLA DR JOSÉ DE MELO
BIBLIOGRAFIA DA ESCOLA DR JOSÉ DE MELOBIBLIOGRAFIA DA ESCOLA DR JOSÉ DE MELO
BIBLIOGRAFIA DA ESCOLA DR JOSÉ DE MELO
 
MATERIAL PRODUZIDO NA AULA
MATERIAL PRODUZIDO NA AULAMATERIAL PRODUZIDO NA AULA
MATERIAL PRODUZIDO NA AULA
 
RELATÓRIO DA AULA EXECUTADA
RELATÓRIO DA AULA EXECUTADARELATÓRIO DA AULA EXECUTADA
RELATÓRIO DA AULA EXECUTADA
 
PLANO DE AULA - ESTAÇÕES DO ANO
PLANO DE AULA - ESTAÇÕES DO ANOPLANO DE AULA - ESTAÇÕES DO ANO
PLANO DE AULA - ESTAÇÕES DO ANO
 
CONCEITO DE HIPERTEXTO
CONCEITO DE HIPERTEXTOCONCEITO DE HIPERTEXTO
CONCEITO DE HIPERTEXTO
 
FÓRUM: NAVEGANDO EM BUSCA DO CONCEITO DE HIPERTEXTO
FÓRUM: NAVEGANDO EM BUSCA DO CONCEITO DE HIPERTEXTOFÓRUM: NAVEGANDO EM BUSCA DO CONCEITO DE HIPERTEXTO
FÓRUM: NAVEGANDO EM BUSCA DO CONCEITO DE HIPERTEXTO
 

PROJETO SAÚDE NOTA 10

  • 1. PROINFO INTEGRADO NTE – NÚCLEO DE TECNOLOGIA EDUCACIONAL CURSO TECNOLOGIA NA EDUCAÇÃO: EM SINANDO E APRENDENDO COM AS TICS (Tecnologia da Informação e Comunicação) SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO – SME - DONA INÊS/PB TURMA: 100 HORAS/2012.3 PERÍODO: 16/07/1012 à 05/11/2012. PROFISSIONAIS CURSISTAS: 1ª e 2ª FASES DO ENS. FUND. TUTORA/EMAIL: IZABEL CRISTINA COSTA DE ARAÚJO RODRIGUES/ Izabel.eproinfo@gmail.com ID DA TURMA: 29.096 e 29097 DATA: 27/09/2012 MÓDULO: 03 ATIVIDADE Nº: 3.3 PROJETO TECNOLOGIAS INTEGRADA AO CURRÍCULO ESCOLAR CURSISTAS: Jairo Alves Felipe José Renan de Melo Leonardo Macena de Fontes Marcelino Marcolino da Silva Mª Cristina Pereira Frazão Mª Luci Lima Santana Dona Inês/PB 2012
  • 2. Governo da Paraíba Secretária Estadual de Educação 2ª Gerência Regional de Ensino – Guarabira Escola Estadual de Ens. Fund. Dr. José de Melo Saúde Nota 10 PROFESSORES EXECUTORES Alessandro Araújo da Silva Gilvanda Malaquias de Mélo Jairo Alves Felipe Maria da Glória Silva Esperidião Maria das Dores Silva Maria das Graças Geraldo da Silva Mª das Graças V. de Sousa Azevedo Maria Luci Lima Santana Maria Nilma Pereira Borges Dona Inês/PB 2012
  • 3. Saúde Nota 10 “Educação e Saúde, são aspectos diferentes duma só realidade”. Nazaré Ribeiro APRESENTAÇÃO A “Educação” e a “Saúde” sempre foram temas principais nas políticas públicas por serem amplamente reconhecidas como necessidades básicas e universais do ser humano. Atualmente a ideia de educar para uma vida saudável se ampliou bastante, pois é consenso geral que as condições necessárias para que sujeitos e comunidades sejam mais saudáveis não dependem unicamente do individuo receber informações sobre cuidados com o corpo e ter acesso a tratamento médico/odontológico. A escola precisa tratar a “Saúde” como um tema transversal e multidisciplinar, de modo que a abordagem dessa questão torne-se parte obrigatória de todas as disciplinas. Isso faz com que o educador seja o mediador entre aluno/família, renovando e incentivando o interesse em se praticar hábitos que contribuam para uma vida saudável. Dessa forma, baseando-se nessas questões o “Projeto Saúde Nota 10” foi formatado para desenvolver ações voltadas para a conscientização e esclarecimento da comunidade escolar, visando uma melhor qualidade de vida, por meio de ações de prevenção, promoção e atenção à saúde, as quais serão desenvolvidos ao longo deste ano. PÚBLICO ALVO O projeto tem como público-alvo os alunos da Escola Estadual Dr. José de Melo, juntamente toda a comunidade escolar (pais, professores e funcionários).
  • 4. OBJETIVO GERAL • Conscientizar os alunos para o direito à saúde, sensibilizando lhes para a busca permanente da compreensão de seus determinantes e capacita lhes para a utilização de medidas prática de promoção, proteção e recuperação da saúde. OBJETIVOS ESPECÍFICOS • Enriquecer o currículo escolar com atividades práticas e teóricas sobre o tema Saúde; • Levar o aluno a perceber a necessidade de adquirir bons hábitos de higiene; • Discutir as formas de higiene corporal, bucal, alimentar, ambiental, etc.; • Incentivar a adoção de práticas de alimentação saudável e de atividades físicas; • Promover atividades que contribuam para o bom funcionamento do corpo e da mente; • Despertar nos alunos hábitos que contribuam para preservação do meio ambiente; • Identificar os tipos de doenças mais comuns em nosso município e como combatê-las; • Explicar o que são DSTs, suas causas, sintomas e consequências para nossa vida; • Apresentar os procedimentos de primeiros socorros em caso de acidentes domésticos; • Evidenciar as consequências provocadas pelo uso das drogas lícitas e ilícitas.
  • 5. JUSTIFICATIVA A Educação não pode ser pensada com a simples visão reducionista de ensinar a ler, escrever, que garante a formação profissional. A Escola precisa se comprometer com a cidadania, formando seres humanos plenos e pensantes. De acordo com Salera Jr. (2011) a educação eficaz é aquela em favorece a formação de cidadãos críticos e bem informados, que tenham habilidades e competências diversas para agir de forma eficiente em defesa da vida. Por isso, a Escola deve criar estratégias que viabilizem e envolva toda sociedade nas questões que tratam da promoção da saúde pública. O Projeto "Saúde Nota 10", é uma proposta que possibilita e garante uma aprendizagem efetiva e transformadora de atitudes e hábitos de vida, visto que o mesmo propõe aos educandos uma educação de qualidade que estimula o desenvolvimento de práticas de promoção de saúde que englobam conhecimentos, habilidades para a vida, tomada de decisões, atitudes saudáveis e construção de ambientes favoráveis à saúde. Ao educar para a saúde, contribuímos de forma decisiva para formação de cidadãos capazes de atuar em favor da melhoria dos níveis de saúde pessoal e da coletividade. Assim, acreditamos que o projeto “Saúde Nota 10” irá contribuir para a prevenção, promoção e melhoria na qualidade de vida de nossas crianças e jovens.
  • 6. PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS O “Saúde Nota 10” será desenvolvido pelos professores com a participação de profissionais da área da saúde, do corpo de bombeiros e pessoas da própria comunidade em geral, através de ações a serem desenvolvidas durante o período letivo de fevereiro a dezembro de 2012, seguindo o Projeto Político-Pedagógico (PPP) da Escola. Estas ações têm como objetivo integrar as tecnologias ao processo educativo, visando assim o desenvolvimento de um ensino aprendizagem mais dinâmico e inovador.
  • 7. ATIVIDADES PROPOSTAS SAÚDE BUCAL – Palestra com a dentista; Aplicação de flúor; Encaminhamento ao dentista; Distribuição de kits odontológicos; Apresentação de histórias em fantoches. HIGIENE PESSOAL – Orientação para tomar banho diário; Corte das unhas; Cuidados com os ouvidos; Tratamento de pediculose; Apresentação de receitas caseiras, que ajudam a combater piolhos e fungos; Orientações de como trata a tricotomia. DATAS COMEMORATIVAS DA SAÚDE – Trabalho em sala de aula através da produção de textos, desenhos, pinturas, Confecção de cartazes, entrevistas; DOENÇAS COMUNS (Gripe, desidratação, verminoses, alergia, escabiose) - Exibição de vídeos; Receitas de remédios naturais; Palestra com a enfermeira, distribuição de panfletos; CONSCIENTIZAÇÃO AMBIENTAL – Passeios ecológicos (Mata do Seró, Assentamento Tanques, Pedra da Boca, Cruzeiro de Roma, Santa Fé, Santa Rita de Cássia); Reciclagem; Produção de objetos com material reciclável; Orientações para preservação do meio ambiente. DROGAS LÍCITAS E ILÍCITAS – Palestras; Debate com os AA; Depoimentos de ex- viciados; Exibição de vídeos; Confecção de cartazes; ALIMENTAÇÃO EQUILIBRADA – Palestras com a nutricionista; Visitas à horta da escola; Exibição de vídeos; Elaboração de cartazes; Receitas de alimentos; PREVENÇÃO DE ACIDENTES – Palestra sobre primeiros socorros com os bombeiros; DSTs - Doenças Sexualmente Transmissíveis (AIDS, Sífilis, Gonorreia, Crista de Galo) – Palestra; Distribuição de preservativos; Exibição de vídeos; Distribuição de panfletos; Debate.
  • 8. RECURSOS DIDÁTICOS São vários os recursos didáticos existentes, entretanto, para executar o presente projeto serão utilizados os seguintes: • Recursos Materiais: Papéis variados, lápis de cor, pincel, tinta guache, isopor, tesoura, cartolina, TNT, cola branca, fita adesiva, tesoura, cola, etc.; • Recursos Eletrônicos: Aparelho de Data Show, computadores, equipamento de som, com caixas e microfone, aparelho de DVD e televisor tela plana, etc. • Recursos Tecnológicos: Vídeos, apresentações em slides, áudio, imagens, textos digitais, páginas da web, animações, jogos eletrônicos, blogs, etc.
  • 9. AVALIAÇÃO A avaliação será feita através de pequenos relatórios individuais de professores envolvidos no projeto, observando-se os seguintes aspectos: envolvimento individual; participação e interesse dos alunos; cumprimento das atividades propostas; criatividade e coerência na elaboração e apresentação dos trabalhos.
  • 10. CRONOGRAMA MESES ATIVIDADES PROPOSTAS Fevereiro Formatação do Projeto Março Saúde bucal Abril Higiene pessoal Maio Data comemorativa Junho Doenças comuns Julho Conscientização ambiental Agosto Drogas licitas e ilícitas Setembro Alimentação equilibrada Outubro Prevenção de acidentes Novembro DSTs - Doenças Sexualmente Transmissíveis Dezembro Avaliação final do projeto
  • 11. REFERÊNCIAS BUSS, Paulo Marchiori. Promoção e educação em saúde no âmbito da Escola de Governo em Saúde da Escola Nacional de Saúde Pública. Cad. Saúde Pública, 15(Sup. 2): 177-185, 1999. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/csp/v15s2/1299.pdf Acesso em: 04/02/2012. CYRINO, E.G.; PEREIRA, M.L.T. Reflexões sobre uma proposta de integração saúde- escola: o projeto saúde e educação de Botucatu, SP. Cad. Saúde Pública, Rio de Janeiro, 15 (Sup. 2): 39-44, 1999. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/csp/v15s2/1286.pdf Acesso em: 05/02/2012. HAETINGER, DANIELA. 2005. Fatores relevantes à formação e manutenção de comunidades virtuais facilitadoras da aprendizagem. Novas Tecnologias na Educação CINTED-UFRGS, 3 (1): 1-11. Disponível em: http://seer.ufrgs.br/renote/article/viewFile/13929/7830 Acesso em: 20/09/2012. LIBERAL, Edson Ferreira et. al. Projeto Saúde na Escola: Uma iniciativa bem sucedida de educação em saúde nos Cieps do Estado Rio De Janeiro. Disponível em: http://www.prac.ufpb.br/anais/Icbeu_anais/anais/saude/cieps.pdf Acesso em: 05/02/2012 MACIEL, E.L.N. et al. 2010. Projeto Aprendendo Saúde na Escola: a experiência de repercussões positivas na qualidade de vida e determinantes da saúde de membros de uma comunidade escolar em Vitória, Espírito Santo. Ciência & Saúde Coletiva, 15 (2): 389-396. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/csc/v15n2/v15n2a14.pdf Acesso em: 07/02/2012. MINISTÉRIO DA SAÚDE. 2005. Diretrizes para implantação do projeto saúde e prevenção nas escolas - versão preliminar. Brasília: MS, MEC, UNESCO, UNICEF. 19p. Disponível em: http://educampoparaense.org/site/media/biblioteca/pdf/arq_754_saude_prev_esc02.pdf acesso em: 06/02/2012. SALERA JÚNIOR, Giovanni. Projeto Saúde na Escola. Disponível em: http://www.recantodasletras.com.br/artigos/2923410 Acesso em: 04/02/2012.