Serinteiro Massage Workshop1

395 visualizações

Publicada em

Para a Isabel, obrigado pelo interesse na técnica.

Publicada em: Saúde e medicina, Negócios
1 comentário
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
395
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
13
Comentários
1
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Serinteiro Massage Workshop1

  1. 1. Postura Básica de Shiatsu De joelhos ao lado do paciente, formando um triangulo, com o nosso joelho direito no chão, o pé esquerdo à frente, e os polegares ou mãos pressionando o paciente. Postura Seiza - Evitar o arqueamento das costas - Manter uma linha entre a Terra e o Céu - Evitar o arqueamento do peito Paciente de barriga para baixo (decubito ventral) , com uma Tshirt, calças e meias. Ajoelhamo-nos ao lado do paciente, com o dorso do pé direito ao pé da axila esquerda do paciente e o nosso joelho direito encostado ao lado externo da crista iliaca esquerda do paciente. 1 - Deslizamento Começamos por deslizamento, tipo limpar o pó, começamos da zona cervical, deslizando com as palmas das mãos abertas em direcção aos cotovelos, voltamos tocando sempre com as palmas da smãos, à zona cervical, deslizando em direcção ao sacro ao longo e de cada lado do centro da coluna, até às laterais da bacia, aí voltamos ao ponto de partida deslizando com o dorso das mãos.
  2. 2. 2. Estiramento em diagonal Com a mesma posição ajoelhados ao lado do paciente, colocamos a palma da mão direita em cima da crista iliaca direita do paciente e a palma da mão esquerda em cima da omoplata, fazemos pressão, 70% com a mão direita e 30% com a mão esquerda. Depois estiramos em diagonal, sempre com a mesma percentagem de pressão. Repetir do outro lado. 3. Estiramento Longitudinal Depois arrastamos as palmas das mãos para o centro do coccix e para a zona cervical da coluna e pressionamos verticalmente e estiramos também com a mesma percentagem de pressão (70% na parte de baixo e 30% na parte de cima).
  3. 3. Costas As linhas de energia Sen (Thay) das costas São prolongamentos das linhas das pernas. Iniciam-se entre o Tendão de Aquiles e o tornozelo, sobem medial-posteriormente até aos glúteos. Sobe pela espinha de forma dupla, 2 dedos e 4 dedos da apófise espinhosa. Estas linhas são o abastecimento principal de energia do corpo. A coluna saudável tem inclinação flexível e é capaz de torcer. A abordagem da nossa técnica procura corrigir a postura e libertar os bloqueios musculares. Pontos energéticos na parte superior das costas. O primeiro e segundo pontos situam-se no vértice inferior da escápula, podemos expor os pontos ao colocar a mão do receptor na sua coluna lombar e subir devagar até à dorsal em de acordo com a sua flexibilidade. Forma tradiconal tailandesa, tem de ter bastante confiança com o receptor e boa técnica. Desde a lombar ao ombro e regressa a casa No nosso estilo pedagogicamente temos as mãos na sua posição natural ao longo do corpo.
  4. 4. Na figura vemos o ponto 1, 2, 3 e 4 da coluna. A localização do 3 e 4, é entre a D 10 e D 11

×