SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 7
Baixar para ler offline
Estatística
Trabalho feito por: Alunas do 7º2
Ano letivo 2012/13
Escola Básica Padre José Rota
Índice
 Número de irmãos (tabela de frequências)
 Canal preferido (tabela de frequências)
 Frequência Absoluta
 Frequência Relativa
Número de irmãos
Tabela de Frequências
Nº de irmãos

Frequência Absoluta

Frequência Relativa

Freqência Relativa (em %)

Amplitude do Ângulo

0

2

2:20 = 0,1

10%

36°

1

6

6:20 = 0,3

30%

108°

2

4

4:20 = 0,2

20%

72°

3

3

3:20 = 0,15

15%

54°

4

2

2:20 = 0,1

10%

36°

≤5

3

3:20 = 0,15

15%

54°

Total:

20

1

100 %

360°

100 – 360º
10 - x = 360º x 10 : 100 = 36º

100 – 360º
30 – x = 360º x 30 : 100 = 108º

100 – 360º
20 - x = 360º x 20 : 100 = 72º

100 - 360º
15 – x = 360º x 15 : 100 = 54º
Tabelas de Frequência
Tabela de Frequências
Canal Preferido

Frequencia Absoluta

Frequência Relativa

Frequência Relativa (em %)

Amplitude do Ângulo

FOX

4

4:20 =0,2

20%

72°

Disney Channel

4

4:20 =0,2

20%

72°

AXN

1

1:20 =0,05

5%

18°

Canal Panda

2

2:20 = 0,1

10%

36°

RTP2

1

1:20 =0,05

5%

18°

Outro

8

8:20 = 0,4

40%

144°

Total:

20

1

100%

360°

100 – 360º
10 - x = 360º x 10 : 100 = 36º

100 – 360º
5 – x = 360º x 5 : 100 = 18º

100 – 360º
20 - x = 360º x 20 : 100 = 72º

100 - 360º
40 – x = 360º x 40 : 100 = 144º
Frequência absoluta
 A frequência absoluta, dum valor é o número de vezes
que uma determinada variável assume esse valor. Ao
conjunto das frequências dos diferentes valores da
variável dá-se o nome de distribuição da frequência.
Frequência Relativa
 Frequência relativa - Denomina-se a razão entre a frequência
absoluta (quantidade de dados apresentados) pelas respostas
dadas no total.
 Geralmente é apresentada na forma de percentagem.
Bibliografia
 http://pt.wikipedia.org/wiki/Frequ%C3%AAncia_relativa
 http://www.mundoeducacao.com.br/matematica/freque
ncia-absoluta.htm

Mais conteúdo relacionado

Destaque

XX Torneo Internacional de Judo Villa de Amurrio. Resultados maswculino
 XX Torneo Internacional de Judo Villa de Amurrio. Resultados maswculino XX Torneo Internacional de Judo Villa de Amurrio. Resultados maswculino
XX Torneo Internacional de Judo Villa de Amurrio. Resultados maswculinoVictoria Ufc
 
Tagline & About (les 27/ 29 november)
Tagline & About (les 27/ 29 november)Tagline & About (les 27/ 29 november)
Tagline & About (les 27/ 29 november)Kirsten Vos
 
Hannes Wingate / Recent Work
Hannes Wingate / Recent Work Hannes Wingate / Recent Work
Hannes Wingate / Recent Work Michael Hebb
 
Importância do material didático na educação online
Importância do material didático na educação onlineImportância do material didático na educação online
Importância do material didático na educação onlineleonardosmorais
 
Convocazionimarzoaprilemaggio2014
Convocazionimarzoaprilemaggio2014Convocazionimarzoaprilemaggio2014
Convocazionimarzoaprilemaggio2014Cidadania Italiana
 
Preparação para a Prova Final IV
Preparação para a Prova Final IVPreparação para a Prova Final IV
Preparação para a Prova Final IVIsabel21Pinto
 
Sólidos, simetrias e isometrias
Sólidos, simetrias e isometriasSólidos, simetrias e isometrias
Sólidos, simetrias e isometriasIsabel21Pinto
 
Caja De Pinturas
Caja De PinturasCaja De Pinturas
Caja De PinturasUCC
 
Preparação para a Prova Final X
Preparação para a Prova Final XPreparação para a Prova Final X
Preparação para a Prova Final XIsabel21Pinto
 
Internacionalizacion de Pymes
Internacionalizacion de PymesInternacionalizacion de Pymes
Internacionalizacion de PymesESTUDIO CANUDAS
 
Lashemosvistodehielo
LashemosvistodehieloLashemosvistodehielo
LashemosvistodehieloUCC
 

Destaque (20)

IMPORTANCIA DO JEJUM
IMPORTANCIA DO JEJUMIMPORTANCIA DO JEJUM
IMPORTANCIA DO JEJUM
 
XX Torneo Internacional de Judo Villa de Amurrio. Resultados maswculino
 XX Torneo Internacional de Judo Villa de Amurrio. Resultados maswculino XX Torneo Internacional de Judo Villa de Amurrio. Resultados maswculino
XX Torneo Internacional de Judo Villa de Amurrio. Resultados maswculino
 
фгт
фгтфгт
фгт
 
Pencapaian pmr 2004 2012
Pencapaian pmr 2004 2012Pencapaian pmr 2004 2012
Pencapaian pmr 2004 2012
 
Tagline & About (les 27/ 29 november)
Tagline & About (les 27/ 29 november)Tagline & About (les 27/ 29 november)
Tagline & About (les 27/ 29 november)
 
Hannes Wingate / Recent Work
Hannes Wingate / Recent Work Hannes Wingate / Recent Work
Hannes Wingate / Recent Work
 
Importância do material didático na educação online
Importância do material didático na educação onlineImportância do material didático na educação online
Importância do material didático na educação online
 
Marketing comunicaçao
Marketing comunicaçaoMarketing comunicaçao
Marketing comunicaçao
 
Convocazionimarzoaprilemaggio2014
Convocazionimarzoaprilemaggio2014Convocazionimarzoaprilemaggio2014
Convocazionimarzoaprilemaggio2014
 
Preparação para a Prova Final IV
Preparação para a Prova Final IVPreparação para a Prova Final IV
Preparação para a Prova Final IV
 
Rosalinda aquino
Rosalinda aquinoRosalinda aquino
Rosalinda aquino
 
Lenguaa1
Lenguaa1Lenguaa1
Lenguaa1
 
Fotos Sortida 15
Fotos Sortida 15Fotos Sortida 15
Fotos Sortida 15
 
Fotos Sortida 8
Fotos Sortida 8Fotos Sortida 8
Fotos Sortida 8
 
Sólidos, simetrias e isometrias
Sólidos, simetrias e isometriasSólidos, simetrias e isometrias
Sólidos, simetrias e isometrias
 
Caja De Pinturas
Caja De PinturasCaja De Pinturas
Caja De Pinturas
 
Preparação para a Prova Final X
Preparação para a Prova Final XPreparação para a Prova Final X
Preparação para a Prova Final X
 
Internacionalizacion de Pymes
Internacionalizacion de PymesInternacionalizacion de Pymes
Internacionalizacion de Pymes
 
Lashemosvistodehielo
LashemosvistodehieloLashemosvistodehielo
Lashemosvistodehielo
 
Números Naturais
Números NaturaisNúmeros Naturais
Números Naturais
 

Semelhante a Estatística

Distribuição de frequencia
Distribuição de frequenciaDistribuição de frequencia
Distribuição de frequenciaAsafe Salomao
 
Estatistica regular 3
Estatistica regular 3Estatistica regular 3
Estatistica regular 3J M
 
(Profop desempenho final - psicologia da educação-1)
(Profop   desempenho final - psicologia da educação-1)(Profop   desempenho final - psicologia da educação-1)
(Profop desempenho final - psicologia da educação-1)Ana Maria Bueno Cavalcante
 
Estatística_Introdução
Estatística_IntroduçãoEstatística_Introdução
Estatística_IntroduçãoLEAM DELGADO
 
Estatística_Introdução_Aula 01 e 02
Estatística_Introdução_Aula 01 e 02Estatística_Introdução_Aula 01 e 02
Estatística_Introdução_Aula 01 e 02LEAM DELGADO
 
Lista de exercicios_05_-_distribuicao_de_frequencias
Lista de exercicios_05_-_distribuicao_de_frequenciasLista de exercicios_05_-_distribuicao_de_frequencias
Lista de exercicios_05_-_distribuicao_de_frequenciasThamiris Frade
 

Semelhante a Estatística (9)

56176429 estatistica-distribuicao-de-frequencias-exercicios-resolvidos (1)
56176429 estatistica-distribuicao-de-frequencias-exercicios-resolvidos (1)56176429 estatistica-distribuicao-de-frequencias-exercicios-resolvidos (1)
56176429 estatistica-distribuicao-de-frequencias-exercicios-resolvidos (1)
 
Distribuição de frequencia
Distribuição de frequenciaDistribuição de frequencia
Distribuição de frequencia
 
Estatistica regular 3
Estatistica regular 3Estatistica regular 3
Estatistica regular 3
 
Estatistica .
Estatistica .Estatistica .
Estatistica .
 
(Profop desempenho final - psicologia da educação-1)
(Profop   desempenho final - psicologia da educação-1)(Profop   desempenho final - psicologia da educação-1)
(Profop desempenho final - psicologia da educação-1)
 
Estatistica
EstatisticaEstatistica
Estatistica
 
Estatística_Introdução
Estatística_IntroduçãoEstatística_Introdução
Estatística_Introdução
 
Estatística_Introdução_Aula 01 e 02
Estatística_Introdução_Aula 01 e 02Estatística_Introdução_Aula 01 e 02
Estatística_Introdução_Aula 01 e 02
 
Lista de exercicios_05_-_distribuicao_de_frequencias
Lista de exercicios_05_-_distribuicao_de_frequenciasLista de exercicios_05_-_distribuicao_de_frequencias
Lista de exercicios_05_-_distribuicao_de_frequencias
 

Mais de Sasuke Sakura

Mais de Sasuke Sakura (20)

Era Paleozóica
Era PaleozóicaEra Paleozóica
Era Paleozóica
 
Relatório de ciências
Relatório de ciências Relatório de ciências
Relatório de ciências
 
Facebook
Facebook Facebook
Facebook
 
Estrutura interna da Terra
Estrutura interna da TerraEstrutura interna da Terra
Estrutura interna da Terra
 
Doping
Doping Doping
Doping
 
Cientista
CientistaCientista
Cientista
 
A vizinha
A vizinha A vizinha
A vizinha
 
A nossa estatística (2)
A nossa estatística (2)A nossa estatística (2)
A nossa estatística (2)
 
A nossa estatística
A nossa estatística  A nossa estatística
A nossa estatística
 
A célula
A célula A célula
A célula
 
Um conflito inesperado
Um conflito inesperadoUm conflito inesperado
Um conflito inesperado
 
Resultados (Vulcanismo)
Resultados (Vulcanismo)Resultados (Vulcanismo)
Resultados (Vulcanismo)
 
Resultados 3 (Vulcanismo)
Resultados 3 (Vulcanismo)Resultados 3 (Vulcanismo)
Resultados 3 (Vulcanismo)
 
Resultados 2 (Vulcanismo)
Resultados 2 (Vulcanismo)Resultados 2 (Vulcanismo)
Resultados 2 (Vulcanismo)
 
Material (Vulcanismo)
Material (Vulcanismo)Material (Vulcanismo)
Material (Vulcanismo)
 
Material 3 (Vulcanismo)
Material 3 (Vulcanismo)Material 3 (Vulcanismo)
Material 3 (Vulcanismo)
 
Material 2 (Vulcanismo)
Material 2 (Vulcanismo)Material 2 (Vulcanismo)
Material 2 (Vulcanismo)
 
Introdução (Vulcanismo)
Introdução (Vulcanismo)Introdução (Vulcanismo)
Introdução (Vulcanismo)
 
Conclusão (Vulcanismo)
Conclusão (Vulcanismo)Conclusão (Vulcanismo)
Conclusão (Vulcanismo)
 
Vulcanismo
Vulcanismo Vulcanismo
Vulcanismo
 

Último

Modelos Evolutivos em História das Religiões
Modelos Evolutivos em História das ReligiõesModelos Evolutivos em História das Religiões
Modelos Evolutivos em História das ReligiõesGilbraz Aragão
 
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...azulassessoria9
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024GleyceMoreiraXWeslle
 
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...azulassessoria9
 
Jogo de Revisão Primeira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Primeira  Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Primeira  Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Primeira Série (Primeiro Trimestre)Paula Meyer Piagentini
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terraBiblioteca UCS
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoCelianeOliveira8
 
A FORMAÇÃO DO SÍMBOLO NA CRIANÇA -- JEAN PIAGET -- 2013 -- 6ced7f10b1a00cd395...
A FORMAÇÃO DO SÍMBOLO NA CRIANÇA -- JEAN PIAGET -- 2013 -- 6ced7f10b1a00cd395...A FORMAÇÃO DO SÍMBOLO NA CRIANÇA -- JEAN PIAGET -- 2013 -- 6ced7f10b1a00cd395...
A FORMAÇÃO DO SÍMBOLO NA CRIANÇA -- JEAN PIAGET -- 2013 -- 6ced7f10b1a00cd395...DominiqueFaria2
 
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxJMTCS
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREIVONETETAVARESRAMOS
 
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdfLivro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdfRafaela Vieira
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxHenriqueLuciano2
 
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.azulassessoria9
 
atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãodanielagracia9
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas BrasileirosMary Alvarenga
 
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)Paula Meyer Piagentini
 
Modernidade perspectiva sobre a África e América
Modernidade perspectiva sobre a África e AméricaModernidade perspectiva sobre a África e América
Modernidade perspectiva sobre a África e Américawilson778875
 
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptxSlides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfO Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfQueleLiberato
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullyingMary Alvarenga
 

Último (20)

Modelos Evolutivos em História das Religiões
Modelos Evolutivos em História das ReligiõesModelos Evolutivos em História das Religiões
Modelos Evolutivos em História das Religiões
 
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
 
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
 
Jogo de Revisão Primeira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Primeira  Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Primeira  Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Primeira Série (Primeiro Trimestre)
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
 
A FORMAÇÃO DO SÍMBOLO NA CRIANÇA -- JEAN PIAGET -- 2013 -- 6ced7f10b1a00cd395...
A FORMAÇÃO DO SÍMBOLO NA CRIANÇA -- JEAN PIAGET -- 2013 -- 6ced7f10b1a00cd395...A FORMAÇÃO DO SÍMBOLO NA CRIANÇA -- JEAN PIAGET -- 2013 -- 6ced7f10b1a00cd395...
A FORMAÇÃO DO SÍMBOLO NA CRIANÇA -- JEAN PIAGET -- 2013 -- 6ced7f10b1a00cd395...
 
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
 
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdfLivro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
 
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
 
atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetização
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
 
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
 
Modernidade perspectiva sobre a África e América
Modernidade perspectiva sobre a África e AméricaModernidade perspectiva sobre a África e América
Modernidade perspectiva sobre a África e América
 
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptxSlides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
 
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfO Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
 

Estatística

  • 1. Estatística Trabalho feito por: Alunas do 7º2 Ano letivo 2012/13 Escola Básica Padre José Rota
  • 2. Índice  Número de irmãos (tabela de frequências)  Canal preferido (tabela de frequências)  Frequência Absoluta  Frequência Relativa
  • 3. Número de irmãos Tabela de Frequências Nº de irmãos Frequência Absoluta Frequência Relativa Freqência Relativa (em %) Amplitude do Ângulo 0 2 2:20 = 0,1 10% 36° 1 6 6:20 = 0,3 30% 108° 2 4 4:20 = 0,2 20% 72° 3 3 3:20 = 0,15 15% 54° 4 2 2:20 = 0,1 10% 36° ≤5 3 3:20 = 0,15 15% 54° Total: 20 1 100 % 360° 100 – 360º 10 - x = 360º x 10 : 100 = 36º 100 – 360º 30 – x = 360º x 30 : 100 = 108º 100 – 360º 20 - x = 360º x 20 : 100 = 72º 100 - 360º 15 – x = 360º x 15 : 100 = 54º
  • 4. Tabelas de Frequência Tabela de Frequências Canal Preferido Frequencia Absoluta Frequência Relativa Frequência Relativa (em %) Amplitude do Ângulo FOX 4 4:20 =0,2 20% 72° Disney Channel 4 4:20 =0,2 20% 72° AXN 1 1:20 =0,05 5% 18° Canal Panda 2 2:20 = 0,1 10% 36° RTP2 1 1:20 =0,05 5% 18° Outro 8 8:20 = 0,4 40% 144° Total: 20 1 100% 360° 100 – 360º 10 - x = 360º x 10 : 100 = 36º 100 – 360º 5 – x = 360º x 5 : 100 = 18º 100 – 360º 20 - x = 360º x 20 : 100 = 72º 100 - 360º 40 – x = 360º x 40 : 100 = 144º
  • 5. Frequência absoluta  A frequência absoluta, dum valor é o número de vezes que uma determinada variável assume esse valor. Ao conjunto das frequências dos diferentes valores da variável dá-se o nome de distribuição da frequência.
  • 6. Frequência Relativa  Frequência relativa - Denomina-se a razão entre a frequência absoluta (quantidade de dados apresentados) pelas respostas dadas no total.  Geralmente é apresentada na forma de percentagem.