SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 11
A nossa estatística
Trabalho feito por: Alunas do 7º2
Ano letivo 2012/13
Escola Básica Padre José Rota
Índice











Introdução
I.N.E.
Estudo Estatístico
População e amostra
Censo e sondagem
Variáveis estatísticas
Exemplo de um Estudo estatístico
Conclusão
Bibliografia
Introdução

 Nós neste trabalho vamos falar sobre alguns tópicos da estatística : o estudo
estatístico, a população e a amostra, o censo e a sondagem, as variáveis
estatísticas, formas de recolher informação para um estudo estatístico e por fim
um exemplo de um estudo estatístico onde vamos referir a população e a
amostra , e se esse mesmo estudo refere-se a um censo ou uma sondagem.
Espero que gostem 
I.N.E.


O Instituto Nacional de Estatística é o organismo oficial de Portugal responsável
por produzir e divulgar informação estatística oficial de qualidade, promovendo
a coordenação, o desenvolvimento e a divulgação da actividade estatística
nacional. O INE foi criado em 1935 por transformação da Direcção-Geral de
Estatística.
 O INE continua, a desempenhar funções de serviço público estatístico; mas foilhe aberta a possibilidade de assumir também um papel de grande relevo no
mercado da informação, ultrapassando a condição de mero produtor de
informação estatística, para oferecer também, por sua iniciativa ou por
encomenda, produtos e serviços de maior "valor acrescentado", nomeadamente
estudos e análises nos domínios demográfico, social, económico e financeiro.
 O Instituto Nacional de Estatística, trave mestra do Sistema Estatístico Nacional,
tem vivido em processo de acelerada modernização, tornada ainda mais
imperiosa pela progressiva construção da União Europeia. Criar novos
indicadores estatísticos e actualizar outros surgiu como uma tarefa premente e
continuada.
Estudo Estatístico

 Ciência que dispõe de processos apropriados para recolher, organizar, classificar,
apresentar e interpretação conjuntos de dados. Permite conhecer
antecipadamente um determinado resultado de um estudo.
 As etapas para fazer um bom estudo estatístico são:
 Definição do problema;
 Planificação do processo de resolução;
 Recolha de dados;
 Organização dos dados;
 Apresentação dos dados;
 Análise e interpretação dos dados.
População e amostra

 População é a totalidade de pessoas, animais, plantas ou objetos, da qual se
podem recolher dados. É um grupo de interesse que se deseja descrever ou
acerca do qual se deseja tirar conclusões.
 Amostra é um subconjunto de uma população ou universo. A amostra deve ser
obtida de uma população específica e homogénea por um processo aleatório. A
aleatorização é condição necessária para que a amostra seja representativa da
população. Em teoria, quanto maior for a amostra, mais fidedignos serão os
resultados obtidos. Assim, o ideal seria tomar a população inteira para o estudo.
Contudo, raramente é possível estudar toda a população, por duas razões
principais:
 O estudo de toda a população é muito dispendioso e/ou consome muito tempo;
 O processo pode ser destrutivo.
Censo e sondagem
 Sondagem é o estudo cientifico apenas de uma parte da população com o
objectivo de estudar as atitudes e hábitos dessa mesma parte.
 Fazem-se sondagens quando:

A população é grande.

Exemplo: estudo do índice de satisfação dos munícipes.

Há necessidade de uma rápida obtenção do estudo.
 Exemplos: o estudo do índice de audiência de um programa televisivo, quando
se aplicam ensaios destrutivos, o estudo da qualidade dos fósforos produzidos,
do modo como se comporta um carro ao choque, etc.
 Censo é o estudo sobre toda a população e que possibilita a recolha de várias
informações.
 Há casos que temos necessidade de estudar toda a população. Como quando a
população é pequena e não se pode obter uma amostra significativa ou até
quando estão em causa a segurança humana.
Variáveis estatísticas
 Em estatística, uma variável é uma característica qualquer que associamos à população ou à
amostra para ser estudada estatisticamente. São chamadas assim porque apresentam
variação de elemento para elemento na população ou amostra de estudo. Existem dois tipos
de variáveis: Variáveis Quantitativos e Variáveis Qualitativos
 Variável Quantitativa - São aquelas que são numericamente mensuráveis, por exemplo, a
idade, a altura, o peso. Estas ainda se subdividem em:

Variável Quantitativa Continua - São aquelas que assumem valores dentro de
um conjunto contínuo, tipicamente os números não inteiros. São exemplos, o peso ou a
altura de uma pessoa.

Variável Quantitativa Discreta - São aquelas que assumem valores dentro de um tempo
finito ou enumerável, tipicamente números inteiros. Um exemplo é o número de filhos de
uma pessoa.
 Variável Qualitativa - São aquelas que se baseiam em qualidades e não podem ser
mensuradas numericamente. Estas ainda se subdividem em:

Variável Qualitativa Ordinal - São aquelas que podem ser colocadas em ordem, por
exemplo, a classe social (A,B,C,D, ou E) e a variável “peso" medida em 3 níveis (pouco
pesados, pesados, muito pesados).

Variável Qualitativa Nominal - São aquelas que não podem ser ordenadas, como
a cor dos olhos, o local de nascimento.
Exemplo de um estudo estatístico

 Neste estudo estatístico, a população é o total de pessoas atendidas por curso e
a amostra pode ser o total de pessoas atendidas em Nutrição, por exemplo. Este
estudo corresponde a um censo porque corresponde ao número de todas as
pessoas atendidas por curso naquela instituição.
Conclusão

 Concluímos com este trabalho que a partir dos estudos estatísticos conseguimos
saber , por exemplo quantas pessoas nasceram no hospital de Vila France de Xira
e a partir dessas informações saber a população, as possíveis amostras e se esse
estudo estatístico é um censo ou uma sondagem.
Bibliografia

 http://www.alea.pt/html/statofic/html/oqueine.html
 http://pt.wikipedia.org/wiki/Instituto_Nacional_de_Estat%C3%ADstica
 http://www.mpd.gov.mz/index.php?option=com_content&view=article&id=88&I
temid=94&lang=pt
 http://alvaroneves.2000pt.net/matematica/tutoriais/nocoies_de_estatistica_inde
x.htm
 http://jmestatistica.blogspot.pt/2011/06/sondagem-e-censo.html
 http://pt.shvoong.com/exact-sciences/statistics/1896148-conceitopopula%C3%A7%C3%A3o-amostra/

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a A nossa estatística (2)

Profsidineiindoleonardo 6m1
Profsidineiindoleonardo 6m1Profsidineiindoleonardo 6m1
Profsidineiindoleonardo 6m1carolineborba
 
Capítulo 1 livro básico probabiliade
Capítulo 1  livro básico probabiliadeCapítulo 1  livro básico probabiliade
Capítulo 1 livro básico probabiliadeWodson Vieira Gomes
 
Probabilidade estatatìstica e contabilidade
Probabilidade estatatìstica e contabilidadeProbabilidade estatatìstica e contabilidade
Probabilidade estatatìstica e contabilidadeLeonel Boano
 
Apostila curso estatistica_goes
Apostila curso estatistica_goesApostila curso estatistica_goes
Apostila curso estatistica_goesStefania Helena
 
Apostila de estatística descritiva
Apostila de estatística descritivaApostila de estatística descritiva
Apostila de estatística descritivaFabiano Oliveira
 
Uma estatística norteadora de princípios éticos
Uma estatística norteadora de princípios éticosUma estatística norteadora de princípios éticos
Uma estatística norteadora de princípios éticosAndressa B. da Silva
 
Probabilidade e estat+¡stica
Probabilidade e estat+¡sticaProbabilidade e estat+¡stica
Probabilidade e estat+¡sticaRafael Dos Santos
 
Objeto de Aprendizagem
Objeto de AprendizagemObjeto de Aprendizagem
Objeto de AprendizagemJulianacaveari
 
Estatistica aplicada a GRH
Estatistica aplicada a GRHEstatistica aplicada a GRH
Estatistica aplicada a GRHaurelio2machado
 
Aula 01- Probabilidade e Estatística.pdf
Aula 01- Probabilidade e Estatística.pdfAula 01- Probabilidade e Estatística.pdf
Aula 01- Probabilidade e Estatística.pdfSandroGomes81
 
Pesquisas de Levantamento ou Surveys
Pesquisas de Levantamento ou SurveysPesquisas de Levantamento ou Surveys
Pesquisas de Levantamento ou SurveysHilma Khoury
 

Semelhante a A nossa estatística (2) (20)

Profsidineiindoleonardo 6m1
Profsidineiindoleonardo 6m1Profsidineiindoleonardo 6m1
Profsidineiindoleonardo 6m1
 
Apostila curso estatistica_goes
Apostila curso estatistica_goesApostila curso estatistica_goes
Apostila curso estatistica_goes
 
Capítulo 1 livro básico probabiliade
Capítulo 1  livro básico probabiliadeCapítulo 1  livro básico probabiliade
Capítulo 1 livro básico probabiliade
 
Libro de estastitica
Libro de estastiticaLibro de estastitica
Libro de estastitica
 
Livro estatistica
Livro estatisticaLivro estatistica
Livro estatistica
 
estatistica aula 1.pdf
estatistica aula 1.pdfestatistica aula 1.pdf
estatistica aula 1.pdf
 
Estatistica generalidades (1)
Estatistica generalidades (1)Estatistica generalidades (1)
Estatistica generalidades (1)
 
Probabilidade estatatìstica e contabilidade
Probabilidade estatatìstica e contabilidadeProbabilidade estatatìstica e contabilidade
Probabilidade estatatìstica e contabilidade
 
ESTATISTICA.pptx
ESTATISTICA.pptxESTATISTICA.pptx
ESTATISTICA.pptx
 
Apostila curso estatistica_goes
Apostila curso estatistica_goesApostila curso estatistica_goes
Apostila curso estatistica_goes
 
Aula 01
Aula 01Aula 01
Aula 01
 
Apostila de estatística descritiva
Apostila de estatística descritivaApostila de estatística descritiva
Apostila de estatística descritiva
 
Uma estatística norteadora de princípios éticos
Uma estatística norteadora de princípios éticosUma estatística norteadora de princípios éticos
Uma estatística norteadora de princípios éticos
 
Probabilidade e estat+¡stica
Probabilidade e estat+¡sticaProbabilidade e estat+¡stica
Probabilidade e estat+¡stica
 
Objeto de Aprendizagem
Objeto de AprendizagemObjeto de Aprendizagem
Objeto de Aprendizagem
 
Estatistica
EstatisticaEstatistica
Estatistica
 
Estatistica aplicada a GRH
Estatistica aplicada a GRHEstatistica aplicada a GRH
Estatistica aplicada a GRH
 
Aula 01- Probabilidade e Estatística.pdf
Aula 01- Probabilidade e Estatística.pdfAula 01- Probabilidade e Estatística.pdf
Aula 01- Probabilidade e Estatística.pdf
 
Pesquisas de Levantamento ou Surveys
Pesquisas de Levantamento ou SurveysPesquisas de Levantamento ou Surveys
Pesquisas de Levantamento ou Surveys
 
Fundamentos da estatística
Fundamentos da estatísticaFundamentos da estatística
Fundamentos da estatística
 

Mais de Sasuke Sakura

Mais de Sasuke Sakura (20)

Estatística
Estatística Estatística
Estatística
 
Era Paleozóica
Era PaleozóicaEra Paleozóica
Era Paleozóica
 
Relatório de ciências
Relatório de ciências Relatório de ciências
Relatório de ciências
 
Facebook
Facebook Facebook
Facebook
 
Estrutura interna da Terra
Estrutura interna da TerraEstrutura interna da Terra
Estrutura interna da Terra
 
Estatística
Estatística Estatística
Estatística
 
Doping
Doping Doping
Doping
 
Cientista
CientistaCientista
Cientista
 
A vizinha
A vizinha A vizinha
A vizinha
 
A célula
A célula A célula
A célula
 
Um conflito inesperado
Um conflito inesperadoUm conflito inesperado
Um conflito inesperado
 
Resultados (Vulcanismo)
Resultados (Vulcanismo)Resultados (Vulcanismo)
Resultados (Vulcanismo)
 
Resultados 3 (Vulcanismo)
Resultados 3 (Vulcanismo)Resultados 3 (Vulcanismo)
Resultados 3 (Vulcanismo)
 
Resultados 2 (Vulcanismo)
Resultados 2 (Vulcanismo)Resultados 2 (Vulcanismo)
Resultados 2 (Vulcanismo)
 
Material (Vulcanismo)
Material (Vulcanismo)Material (Vulcanismo)
Material (Vulcanismo)
 
Material 3 (Vulcanismo)
Material 3 (Vulcanismo)Material 3 (Vulcanismo)
Material 3 (Vulcanismo)
 
Material 2 (Vulcanismo)
Material 2 (Vulcanismo)Material 2 (Vulcanismo)
Material 2 (Vulcanismo)
 
Introdução (Vulcanismo)
Introdução (Vulcanismo)Introdução (Vulcanismo)
Introdução (Vulcanismo)
 
Conclusão (Vulcanismo)
Conclusão (Vulcanismo)Conclusão (Vulcanismo)
Conclusão (Vulcanismo)
 
Vulcanismo
Vulcanismo Vulcanismo
Vulcanismo
 

Último

livro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensoriallivro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensorialNeuroppIsnayaLciaMar
 
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfAs Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfcarloseduardogonalve36
 
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdfHistoria-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdfandreaLisboa7
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteLeonel Morgado
 
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã""Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"Ilda Bicacro
 
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdfprova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdfssuser06ee57
 
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptxSlide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptxsfwsoficial
 
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIAHISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIAElianeAlves383563
 
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Rosana Andrea Miranda
 
Apresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosApresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosFernanda Ledesma
 
Geometria para 6 ano retas angulos .docx
Geometria para 6 ano retas angulos .docxGeometria para 6 ano retas angulos .docx
Geometria para 6 ano retas angulos .docxlucivaniaholanda
 
CONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio ead.pptx
CONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio  ead.pptxCONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio  ead.pptx
CONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio ead.pptxLuana240603
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaHenrique Santos
 
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de.    Maio laranja dds.pptxCampanha 18 de.    Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptxlucioalmeida2702
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"Ilda Bicacro
 
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdfanálise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdfMaiteFerreira4
 
Movimento Negro Unificado , slide completo.pptx
Movimento Negro Unificado , slide completo.pptxMovimento Negro Unificado , slide completo.pptx
Movimento Negro Unificado , slide completo.pptxmariiiaaa1290
 
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...LuizHenriquedeAlmeid6
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxIlda Bicacro
 

Último (20)

livro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensoriallivro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensorial
 
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfAs Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
 
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdfHistoria-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
 
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã""Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
 
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdfprova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
 
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptxSlide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
 
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIAHISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
 
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
 
Apresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosApresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativos
 
Geometria para 6 ano retas angulos .docx
Geometria para 6 ano retas angulos .docxGeometria para 6 ano retas angulos .docx
Geometria para 6 ano retas angulos .docx
 
CONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio ead.pptx
CONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio  ead.pptxCONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio  ead.pptx
CONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio ead.pptx
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de Infância
 
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de.    Maio laranja dds.pptxCampanha 18 de.    Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
 
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdfanálise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
 
Movimento Negro Unificado , slide completo.pptx
Movimento Negro Unificado , slide completo.pptxMovimento Negro Unificado , slide completo.pptx
Movimento Negro Unificado , slide completo.pptx
 
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
 
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
 

A nossa estatística (2)

  • 1. A nossa estatística Trabalho feito por: Alunas do 7º2 Ano letivo 2012/13 Escola Básica Padre José Rota
  • 2. Índice          Introdução I.N.E. Estudo Estatístico População e amostra Censo e sondagem Variáveis estatísticas Exemplo de um Estudo estatístico Conclusão Bibliografia
  • 3. Introdução  Nós neste trabalho vamos falar sobre alguns tópicos da estatística : o estudo estatístico, a população e a amostra, o censo e a sondagem, as variáveis estatísticas, formas de recolher informação para um estudo estatístico e por fim um exemplo de um estudo estatístico onde vamos referir a população e a amostra , e se esse mesmo estudo refere-se a um censo ou uma sondagem. Espero que gostem 
  • 4. I.N.E.  O Instituto Nacional de Estatística é o organismo oficial de Portugal responsável por produzir e divulgar informação estatística oficial de qualidade, promovendo a coordenação, o desenvolvimento e a divulgação da actividade estatística nacional. O INE foi criado em 1935 por transformação da Direcção-Geral de Estatística.  O INE continua, a desempenhar funções de serviço público estatístico; mas foilhe aberta a possibilidade de assumir também um papel de grande relevo no mercado da informação, ultrapassando a condição de mero produtor de informação estatística, para oferecer também, por sua iniciativa ou por encomenda, produtos e serviços de maior "valor acrescentado", nomeadamente estudos e análises nos domínios demográfico, social, económico e financeiro.  O Instituto Nacional de Estatística, trave mestra do Sistema Estatístico Nacional, tem vivido em processo de acelerada modernização, tornada ainda mais imperiosa pela progressiva construção da União Europeia. Criar novos indicadores estatísticos e actualizar outros surgiu como uma tarefa premente e continuada.
  • 5. Estudo Estatístico  Ciência que dispõe de processos apropriados para recolher, organizar, classificar, apresentar e interpretação conjuntos de dados. Permite conhecer antecipadamente um determinado resultado de um estudo.  As etapas para fazer um bom estudo estatístico são:  Definição do problema;  Planificação do processo de resolução;  Recolha de dados;  Organização dos dados;  Apresentação dos dados;  Análise e interpretação dos dados.
  • 6. População e amostra  População é a totalidade de pessoas, animais, plantas ou objetos, da qual se podem recolher dados. É um grupo de interesse que se deseja descrever ou acerca do qual se deseja tirar conclusões.  Amostra é um subconjunto de uma população ou universo. A amostra deve ser obtida de uma população específica e homogénea por um processo aleatório. A aleatorização é condição necessária para que a amostra seja representativa da população. Em teoria, quanto maior for a amostra, mais fidedignos serão os resultados obtidos. Assim, o ideal seria tomar a população inteira para o estudo. Contudo, raramente é possível estudar toda a população, por duas razões principais:  O estudo de toda a população é muito dispendioso e/ou consome muito tempo;  O processo pode ser destrutivo.
  • 7. Censo e sondagem  Sondagem é o estudo cientifico apenas de uma parte da população com o objectivo de estudar as atitudes e hábitos dessa mesma parte.  Fazem-se sondagens quando:  A população é grande.  Exemplo: estudo do índice de satisfação dos munícipes.  Há necessidade de uma rápida obtenção do estudo.  Exemplos: o estudo do índice de audiência de um programa televisivo, quando se aplicam ensaios destrutivos, o estudo da qualidade dos fósforos produzidos, do modo como se comporta um carro ao choque, etc.  Censo é o estudo sobre toda a população e que possibilita a recolha de várias informações.  Há casos que temos necessidade de estudar toda a população. Como quando a população é pequena e não se pode obter uma amostra significativa ou até quando estão em causa a segurança humana.
  • 8. Variáveis estatísticas  Em estatística, uma variável é uma característica qualquer que associamos à população ou à amostra para ser estudada estatisticamente. São chamadas assim porque apresentam variação de elemento para elemento na população ou amostra de estudo. Existem dois tipos de variáveis: Variáveis Quantitativos e Variáveis Qualitativos  Variável Quantitativa - São aquelas que são numericamente mensuráveis, por exemplo, a idade, a altura, o peso. Estas ainda se subdividem em:  Variável Quantitativa Continua - São aquelas que assumem valores dentro de um conjunto contínuo, tipicamente os números não inteiros. São exemplos, o peso ou a altura de uma pessoa.  Variável Quantitativa Discreta - São aquelas que assumem valores dentro de um tempo finito ou enumerável, tipicamente números inteiros. Um exemplo é o número de filhos de uma pessoa.  Variável Qualitativa - São aquelas que se baseiam em qualidades e não podem ser mensuradas numericamente. Estas ainda se subdividem em:  Variável Qualitativa Ordinal - São aquelas que podem ser colocadas em ordem, por exemplo, a classe social (A,B,C,D, ou E) e a variável “peso" medida em 3 níveis (pouco pesados, pesados, muito pesados).  Variável Qualitativa Nominal - São aquelas que não podem ser ordenadas, como a cor dos olhos, o local de nascimento.
  • 9. Exemplo de um estudo estatístico  Neste estudo estatístico, a população é o total de pessoas atendidas por curso e a amostra pode ser o total de pessoas atendidas em Nutrição, por exemplo. Este estudo corresponde a um censo porque corresponde ao número de todas as pessoas atendidas por curso naquela instituição.
  • 10. Conclusão  Concluímos com este trabalho que a partir dos estudos estatísticos conseguimos saber , por exemplo quantas pessoas nasceram no hospital de Vila France de Xira e a partir dessas informações saber a população, as possíveis amostras e se esse estudo estatístico é um censo ou uma sondagem.
  • 11. Bibliografia  http://www.alea.pt/html/statofic/html/oqueine.html  http://pt.wikipedia.org/wiki/Instituto_Nacional_de_Estat%C3%ADstica  http://www.mpd.gov.mz/index.php?option=com_content&view=article&id=88&I temid=94&lang=pt  http://alvaroneves.2000pt.net/matematica/tutoriais/nocoies_de_estatistica_inde x.htm  http://jmestatistica.blogspot.pt/2011/06/sondagem-e-censo.html  http://pt.shvoong.com/exact-sciences/statistics/1896148-conceitopopula%C3%A7%C3%A3o-amostra/