SlideShare uma empresa Scribd logo
LISTA DE EXERCÍCIOS DE QUÌMICA.
01 - (UDESC SC)
Analise as proposições em relação aos gráficos abaixo.
I. O gráfico (X) representa uma substância pura.
II. O gráfico (Y) representa uma substância pura.
III. No gráfico (X) o caminho representado pela letra (b) corresponde à coexistência das fases sólida e líquida.
IV. No gráfico (Y) o caminho representado pela letra (b) corresponde apenas à existência da fase sólida.
V. O gráfico (X) representa uma mistura.
Assinale a alternativa correta.
a) Somente a afirmativa I é verdadeira.
b) Somente as afirmativas I, II e IV são verdadeiras.
c) Somente as afirmativas I, III e V são verdadeiras.
d) Somente as afirmativas I e III são verdadeiras.
e) Somente as afirmativas I, II, III e IV são verdadeiras.
02 - (UFAC)
O gráfico abaixo mostra a curva de aquecimento para o clorofórmio, usualmente utilizado como solvente para
lipídeos.
Analisando a curva, observa-se que:
(a) a temperatura de fusão;
(b) a temperatura de ebulição;
(c) o estado físico do clorofórmio nos segmentos A e D,
são respectivamente:
a) 60
o
C , - 60
o
C, sólido e gás.
b) - 60
o
C, 60
o
C, sólido e líquido.
c) - 60
o
C, 60
o
C, sólido e mudança de líquido para gás.
Instituto Federal Goiano – Campus Iporá
Curso: Técnico em _________ integrado ao Ensino Médio
Disciplina: QUÍMICA – 1º ANO
Professor: Dylan Ávila
Iporá, 19 de março de 2012.
Aluno(a):__________________________________________
d) 60
o
C , -60
o
C, líquido e gás.
e) -60
o
C, 60
o
C, líquido e mudança de líquido para gás.
03 - (FATEC SP)
O gráfico representa a curva de aquecimento, temperatura em função do tempo, do álcool de supermercado, à
pressão de 1 atm.
Após a análise do gráfico, pode-se afirmar que o álcool de supermercado é
a) uma substância pura.
b) uma mistura heterogênea.
c) uma mistura azeotrópica.
d) uma mistura eutética.
e) uma mistura bifásica.
04 - (UFAM)
Indique a alternativa que só possui substâncias puras
a) Ouro 30 quilates, platina, cobre metálico, latão
b) Ar, latão, fenol, gás carbônico, ouro 24 quilates
c) Ar, cobre metálico, gás oxigênio, ouro 18 quilates
d) Naftaleno, cimento, água, gás carbônico
e) Gás nitrogênio, fenol, cobre metálico, platina
05 - (UEPB)
Observe os sistemas (S) abaixo:
S
1 2
S S
3
Considerando que cada tipo de esfera representa um átomo diferente, marque a alternativa que indica o número
de elementos químicos (E) e o número de substâncias (Sb) de cada sistema (S).
a) S1: 6E e 3Sb ; S2: 3E e 9Sb ; S3: 4E e 10Sb
b) S1: 3E e 1Sb ; S2: 1E e 3Sb ; S3: 2E e 1Sb
c) S1: 3E e 3Sb ; S2: 3E e 3Sb ; S3: 2E e 2Sb
d) S1: 3E e 6Sb ; S2: 9E e 1Sb ; S3: 10E e 4Sb
e) S1: 2E e 1Sb ; S2: 3E e 1Sb ; S3: 1E e 2Sb
06 - (EFOA MG)
Água contendo álcool etílico, água contendo microorganismos e água líquida contendo água sólida são,
RESPECTIVAMENTE, exemplos de:
a) substância composta, substância composta e substância simples.
b) mistura homogênea, mistura homogênea e mistura heterogênea.
c) mistura homogênea, mistura heterogênea e substância composta.
d) substância composta, mistura heterogênea e substância composta.
e) mistura heterogênea, mistura homogênea e mistura heterogênea.
07 - (ACAFE SC)
Correlacione a coluna da direita com a coluna da esquerda.
( 1 ) – elemento químico ( ) água
( 2 ) – substância composta ( ) gás oxigênio
( 3 ) – substância simples ( ) vinagre
( 4 ) – mistura ( ) sódio
( ) água do mar
( ) liga de cobre
A seqüência numérica, de cima para baixo, deve ser:
a) 1 - 3 - 4 - 2 - 1 - 2
b) 3 - 2 - 2 - 4 - 1 - 4
c) 4 - 3 - 1 - 4 - 2 - 2
d) 2 - 3 - 4 - 1 - 4 - 4
e) 2 - 3 - 4 - 4 - 2 - 1
08 - (UFAC)
Com relação às substâncias O2, H2, H2O, Pb, CO2, O3, CaO e S8, podemos afirmar que:
a) todas são substâncias simples
b) somente O2, H2 e O3 são substâncias simples
c) todas são substâncias compostas
d) somente CO2, CaO e S8 são substâncias compostas
e) as substâncias O2, H2, Pb, O3 e S8 são simples.
09 - (ACAFE SC)
Associe corretamente a segunda coluna com a primeira:
I. gás Oxigênio ( ) substância composta
II. ar puro que respiramos ( ) mistura heterogênea
III. água ( ) elemento
IV. areia e água ( ) solução homogênea
V. o átomo de sódio ( ) substância simples
A associação correta, de cima para baixo, é:
a) II, I, III, IV, V.
b) I, III, II, V, IV.
c) I, II, IV, III, V.
d) III, IV, V, II, I.
e) III, V, IV, II, I.
10 - (Unimontes MG)
O ouro denominado branco, usado em confecção de joias, contém dois elementos: ouro e paládio. Duas
amostras distintas de ouro branco diferem em relação às quantidades de ouro e paládio que contêm.
Sabendo-se que ambas apresentam composição uniforme, pode-se afirmar CORRETAMENTE que o ouro branco
é
a) um material heterogêneo.
b) uma solução sólida.
c) uma substância composta.
d) uma mistura heterogênea.
11 - (UEPG PR)
Considerando os sistemas listados a seguir, assinale o que for correto.
I. água e óleo de cozinha
II. água e cloreto de sódio
III. água e etanol
01. Os componentes do sistema I formam uma mistura heterogênea líquido-líquido.
02. Os componentes dos sistemas II e III formam misturas homogêneas sólido-líquido e líquido-líquido,
respectivamente.
04. Os componentes da mistura I podem ser separados por decantação.
08. Os componentes da mistura II podem ser separados por destilação simples.
12 - (UFAL)
A maioria dos materiais não é nem elementos puros nem compostos puros; são misturas de substâncias mais
simples. Por exemplo, um medicamento, tal como xarope expectorante, é uma mistura de vários ingredientes
formulados para conseguir um efeito biológico. Um sistema constituído por açúcar dissolvido em água, limalha de
ferro, vapor d’água e nitrogênio gasoso pode ser classificado como:
a) sistema heterogêneo com 4 fases e 3 componentes.
b) sistema homogêneo com 4 fases e 4 componentes.
c) sistema heterogêneo com 3 fases e 3 componentes.
d) sistema homogêneo com 3 fases e 4 componentes.
e) sistema heterogêneo com 3 fases e 4 componentes.
13 - (ENEM MEC)
Em visita a uma usina sucroalcooleira, um grupo de alunos pôde observar a série de processos de
beneficiamento da cana-de-açúcar, entre os quais se destacam:
1. A cana chega cortada da lavoura por meio de caminhões e é despejada em mesas alimentadoras que a
conduzem para as moendas. Antes de ser esmagada para a retirada do caldo açucarado, toda a cana é
transportada por esteiras e passada por um eletroímã para a retirada de materiais metálicos.
2. Após se esmagar a cana, o bagaço segue para as caldeiras, que geram vapor e energia para toda a usina.
3. O caldo primário, resultante do esmagamento, é passado por filtros e sofre tratamento para transformar-se
em açúcar refinado e etanol.
Com base nos destaques da observação dos alunos, quais operações físicas de separação de materiais foram
realizadas nas etapas de beneficiamento da cana-de-açúcar?
a) Separação mecânica, extração, decantação.
b) Separação magnética, combustão, filtração.
c) Separação magnética, extração, filtração.
d) Imantação, combustão, peneiração.
e) Imantação, destilação, filtração.
14 - (FUVEST SP)
A obtenção de água doce de boa qualidade está se tornando cada vez mais difícil devido ao adensamento
populacional, às mudanças climáticas, à expansão da atividade industrial e à poluição. A água, uma vez captada,
precisa ser purificada, o que é feito nas estações de tratamento. Um esquema do processo de purificação é:
FEDCBA 
em que as etapas B, D e F são:
B – adição de sulfato de alumínio e óxido de cálcio,
D – filtração em areia,
F – fluoretação.
Assim sendo, as etapas A, C e E devem ser, respectivamente,
a) filtração grosseira, decantação e cloração.
b) decantação, cloração e filtração grosseira.
c) cloração, neutralização e filtração grosseira.
d) filtração grosseira, neutralização e decantação.
e) neutralização, cloração e decantação.
15 - (UFMS)
Quando chega às refinarias, o petróleo passa por processo que resulta na separação de seus diversos
hidrocarbonetos, como gasolina, querosene e óleo diesel. Assinale a alternativa que apresenta o nome do
processo utilizado nas refinarias.
a) Flotação.
b) Filtração.
c) Destilação fracionada.
d) Extração por solvente.
e) Extração com água.
16 - (MACK SP)
O processo inadequado para separar uma mistura heterogênea sólido-liqüido é
a) filtração.
b) decantação.
c) centrifugação.
d) destilação.
e) sifonação.
17 - (UNESP SP)
A preparação de um chá utilizando os já tradicionais saquinhos envolve, em ordem de acontecimento, os
seguintes processos:
a) filtração e dissolução.
b) filtração e extração.
c) extração e filtração.
d) extração e decantação.
e) dissolução e decantação.
18 - (UFRN)
O modelo abaixo representa processos de mudanças de estado físico para uma substância pura.
sistema a sistema b sistema c
IV III
V
Certa quantidade de cloreto de sódio (sal de cozinha) foi adicionada ao sistema b, formando uma mistura líquida
homogênea.
A figura que representa o processo de separação dessa mistura é:
a) b) c) d)
19 - (UFMG)
O mercúrio, um metal líquido, é utilizado pelos garimpeiros para extrair ouro. Nesse caso, o mercúrio forma, com
o ouro, uma mistura líquida homogênea, que pode ser separada, facilmente, da areia e da água. Para separar
esses dois metais, minimizando os riscos ambientais, seria interessante que os garimpeiros utilizassem uma
retorta, como representado, esquematicamente, nesta figura:
Mercúriolíquido
Para tanto, a mistura é aquecida na retorta e, então, o mercúrio evapora-se e condensa-se no bico desse
recipiente.
Considerando-se essas informações, é INCORRETO afirmar que:
a) o ouro é mais volátil que o mercúrio.
b) o mercúrio é destilado na retorta.
c) o mercúrio se funde a uma temperatura menor que o ouro.
d) o ouro se dissolve no mercúrio.
TEXTO: 1 - Comum à questão: 20
O Brasil possui uma política de substituição do petróleo como fonte energética desde os anos 1960, como com a
criação do Pró-Álcool, um programa governamental de estímulo à produção de etanol combustível a partir da
cana-de-açúcar e de confecção de automóveis que utilizem esta fonte energética. Em 2009 completam-se três
décadas da implementação dos primeiros postos de distribuição de combustíveis que comercializaram o etanol,
atualmente o mais importante biocombustível da matriz energética. Sua produção é baseada no melaço da cana-
de-açúcar como matéria-prima. O processo utiliza a fermentação da sacarose, presente no melaço, pela proteína
invertase, originando glicose (C6H12O6) e a frutose (C6H12O6), que, sob influência de outra proteína, a zimase, e
na presença de água, produzem o etanol e gás carbônico.
20 - (UEPB)
Um dos procedimentos para adulteração da gasolina é a adição de uma quantidade maior de etanol do que a
permitida pela legislação. Os postos de distribuição de combustíveis são obrigados, quando pedido pelo cliente,
que façam o teste para determinação do teor de álcool na gasolina, que se baseia na maior miscibilidade do
etanol em solução salina do que em gasolina. Se forem adicionadas em uma proveta partes iguais de gasolina
comercializada no Brasil e solução salina, quantas e quais fases serão observadas?
a) Três fases, sendo uma de gasolina, outra de solução salina e outra de etanol.
b) Duas fases, sendo uma de gasolina com etanol e outra de solução salina com etanol.
c) Duas fases, sendo uma da gasolina e outra da solução salina com etanol.
d) Três fases, sendo uma de gasolina sem etanol, outra de gasolina com etanol e uma terceira de solução
salina.
e) Uma fase, visto que o etanol vai evaporar quando misturado à solução salina e gasolina.
GABARITO:
1) Gab: D
2) Gab: C
3) Gab: C
4) Gab: E
5) Gab: E
6) Gab: C
7) Gab: D
8) Gab: E
9) Gab: D
10) Gab: B
11) Gab: 15
12) Gab: E
13) Gab: C
14) A
15) C
16)D
17)C
18)D
19)A

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

32 Perguntas e Respostas da Bíblia livro de 2 Reis
32 Perguntas e Respostas da Bíblia livro de 2 Reis32 Perguntas e Respostas da Bíblia livro de 2 Reis
32 Perguntas e Respostas da Bíblia livro de 2 ReisRogerio Sena
 
919 Questões de Física (resolvidas)
919 Questões de Física (resolvidas)919 Questões de Física (resolvidas)
919 Questões de Física (resolvidas)Adriano Capilupe
 
NOMENCLATURA DE ALCANOS e DERIVADOS HALOGENADOS 10º ano
NOMENCLATURA DE ALCANOS e DERIVADOS HALOGENADOS 10º anoNOMENCLATURA DE ALCANOS e DERIVADOS HALOGENADOS 10º ano
NOMENCLATURA DE ALCANOS e DERIVADOS HALOGENADOS 10º anoMarco Casquinha
 
Visita de Campo Sines e Almograve
Visita de Campo Sines e AlmograveVisita de Campo Sines e Almograve
Visita de Campo Sines e AlmograveAdelina Gomes
 
Física lista de exercícios 3 ano - 2º bimestre
Física   lista de exercícios 3 ano - 2º bimestreFísica   lista de exercícios 3 ano - 2º bimestre
Física lista de exercícios 3 ano - 2º bimestreMarcelo Andrade
 
Visitas de estudo ee. mosteiro dos jerónimos
Visitas de estudo ee.  mosteiro dos jerónimosVisitas de estudo ee.  mosteiro dos jerónimos
Visitas de estudo ee. mosteiro dos jerónimosjmabp4
 
Relatório de preparo e padronização de HCl e H2SO4
Relatório de preparo e padronização de HCl e H2SO4Relatório de preparo e padronização de HCl e H2SO4
Relatório de preparo e padronização de HCl e H2SO4Ivys Antônio
 
Relatório sobre esteres
Relatório sobre esteres Relatório sobre esteres
Relatório sobre esteres nataschabraga
 
Física 1º ano prof. pedro ivo - (movimento uniformemente variado )
Física 1º ano   prof. pedro ivo - (movimento uniformemente variado )Física 1º ano   prof. pedro ivo - (movimento uniformemente variado )
Física 1º ano prof. pedro ivo - (movimento uniformemente variado )Pedro Ivo Andrade Sousa
 
RELATÓRIO DE ATIVIDADE DE CAMPO DA DISCIPLINA DE PROSPECÇÃO MINERAL
RELATÓRIO DE ATIVIDADE DE CAMPO DA DISCIPLINA DE PROSPECÇÃO MINERALRELATÓRIO DE ATIVIDADE DE CAMPO DA DISCIPLINA DE PROSPECÇÃO MINERAL
RELATÓRIO DE ATIVIDADE DE CAMPO DA DISCIPLINA DE PROSPECÇÃO MINERALEzequias Guimaraes
 
Poesias afro-brasileiras
Poesias afro-brasileiras Poesias afro-brasileiras
Poesias afro-brasileiras Mary Alvarenga
 
Pré viagem - visita de estudo a lavadores
Pré viagem - visita de estudo a lavadoresPré viagem - visita de estudo a lavadores
Pré viagem - visita de estudo a lavadoresNuno Correia
 
Ácidos e Bases Exercícios de Vestibulares
Ácidos e Bases Exercícios de VestibularesÁcidos e Bases Exercícios de Vestibulares
Ácidos e Bases Exercícios de VestibularesBio Sem Limites
 
Ficha de trabalho matematica 5º. ano com soluções
Ficha de trabalho matematica 5º. ano com soluçõesFicha de trabalho matematica 5º. ano com soluções
Ficha de trabalho matematica 5º. ano com soluçõesJimi Costa
 
32 Perguntas da Bíblia livro de 1 Samuel
32 Perguntas da Bíblia livro de 1 Samuel32 Perguntas da Bíblia livro de 1 Samuel
32 Perguntas da Bíblia livro de 1 SamuelRogerio Sena
 

Mais procurados (20)

32 Perguntas e Respostas da Bíblia livro de 2 Reis
32 Perguntas e Respostas da Bíblia livro de 2 Reis32 Perguntas e Respostas da Bíblia livro de 2 Reis
32 Perguntas e Respostas da Bíblia livro de 2 Reis
 
919 Questões de Física (resolvidas)
919 Questões de Física (resolvidas)919 Questões de Física (resolvidas)
919 Questões de Física (resolvidas)
 
NOMENCLATURA DE ALCANOS e DERIVADOS HALOGENADOS 10º ano
NOMENCLATURA DE ALCANOS e DERIVADOS HALOGENADOS 10º anoNOMENCLATURA DE ALCANOS e DERIVADOS HALOGENADOS 10º ano
NOMENCLATURA DE ALCANOS e DERIVADOS HALOGENADOS 10º ano
 
Visita de Campo Sines e Almograve
Visita de Campo Sines e AlmograveVisita de Campo Sines e Almograve
Visita de Campo Sines e Almograve
 
Exercícios de ácidos
Exercícios de ácidosExercícios de ácidos
Exercícios de ácidos
 
Física lista de exercícios 3 ano - 2º bimestre
Física   lista de exercícios 3 ano - 2º bimestreFísica   lista de exercícios 3 ano - 2º bimestre
Física lista de exercícios 3 ano - 2º bimestre
 
Visitas de estudo ee. mosteiro dos jerónimos
Visitas de estudo ee.  mosteiro dos jerónimosVisitas de estudo ee.  mosteiro dos jerónimos
Visitas de estudo ee. mosteiro dos jerónimos
 
Relatório de preparo e padronização de HCl e H2SO4
Relatório de preparo e padronização de HCl e H2SO4Relatório de preparo e padronização de HCl e H2SO4
Relatório de preparo e padronização de HCl e H2SO4
 
Relatório sobre esteres
Relatório sobre esteres Relatório sobre esteres
Relatório sobre esteres
 
Física 1º ano prof. pedro ivo - (movimento uniformemente variado )
Física 1º ano   prof. pedro ivo - (movimento uniformemente variado )Física 1º ano   prof. pedro ivo - (movimento uniformemente variado )
Física 1º ano prof. pedro ivo - (movimento uniformemente variado )
 
RELATÓRIO DE ATIVIDADE DE CAMPO DA DISCIPLINA DE PROSPECÇÃO MINERAL
RELATÓRIO DE ATIVIDADE DE CAMPO DA DISCIPLINA DE PROSPECÇÃO MINERALRELATÓRIO DE ATIVIDADE DE CAMPO DA DISCIPLINA DE PROSPECÇÃO MINERAL
RELATÓRIO DE ATIVIDADE DE CAMPO DA DISCIPLINA DE PROSPECÇÃO MINERAL
 
Relatorio 3 quimica
Relatorio 3 quimicaRelatorio 3 quimica
Relatorio 3 quimica
 
Poesias afro-brasileiras
Poesias afro-brasileiras Poesias afro-brasileiras
Poesias afro-brasileiras
 
Pré viagem - visita de estudo a lavadores
Pré viagem - visita de estudo a lavadoresPré viagem - visita de estudo a lavadores
Pré viagem - visita de estudo a lavadores
 
Sabão, importancia
Sabão, importanciaSabão, importancia
Sabão, importancia
 
Ácidos e Bases Exercícios de Vestibulares
Ácidos e Bases Exercícios de VestibularesÁcidos e Bases Exercícios de Vestibulares
Ácidos e Bases Exercícios de Vestibulares
 
Aula 3 cristalografia
Aula 3   cristalografiaAula 3   cristalografia
Aula 3 cristalografia
 
Ficha de trabalho matematica 5º. ano com soluções
Ficha de trabalho matematica 5º. ano com soluçõesFicha de trabalho matematica 5º. ano com soluções
Ficha de trabalho matematica 5º. ano com soluções
 
Intemperismo e Saibro
Intemperismo e SaibroIntemperismo e Saibro
Intemperismo e Saibro
 
32 Perguntas da Bíblia livro de 1 Samuel
32 Perguntas da Bíblia livro de 1 Samuel32 Perguntas da Bíblia livro de 1 Samuel
32 Perguntas da Bíblia livro de 1 Samuel
 

Destaque

CADERNO DE RESPOSTAS- Treinamento para as aulas 1, 2 a 3
CADERNO DE RESPOSTAS-  Treinamento para as aulas 1, 2 a 3CADERNO DE RESPOSTAS-  Treinamento para as aulas 1, 2 a 3
CADERNO DE RESPOSTAS- Treinamento para as aulas 1, 2 a 3Maiquel Vieira
 
Exercícios complementares densidade_solubilidade_mudança de estado físico_mod...
Exercícios complementares densidade_solubilidade_mudança de estado físico_mod...Exercícios complementares densidade_solubilidade_mudança de estado físico_mod...
Exercícios complementares densidade_solubilidade_mudança de estado físico_mod...ProCLAUDIA/LUCIANE MEIJON/SOARES
 
exercicios-de-tabela-periodica-profº-agamenon-roberto
exercicios-de-tabela-periodica-profº-agamenon-robertoexercicios-de-tabela-periodica-profº-agamenon-roberto
exercicios-de-tabela-periodica-profº-agamenon-robertoKassen Azanki
 
17117212 lista-exercicios-separacao-de-misturas-1-ano
17117212 lista-exercicios-separacao-de-misturas-1-ano17117212 lista-exercicios-separacao-de-misturas-1-ano
17117212 lista-exercicios-separacao-de-misturas-1-anoRicardo Araujo
 
Cefet mg-2011-1-prova-completa-c-gabarito (1)
Cefet mg-2011-1-prova-completa-c-gabarito (1)Cefet mg-2011-1-prova-completa-c-gabarito (1)
Cefet mg-2011-1-prova-completa-c-gabarito (1)LAURA BARROS
 
CADERNO DE RESPOSTAS - Treinamento para as aulas 4, 5 e 6
CADERNO DE RESPOSTAS - Treinamento para as aulas 4, 5 e 6CADERNO DE RESPOSTAS - Treinamento para as aulas 4, 5 e 6
CADERNO DE RESPOSTAS - Treinamento para as aulas 4, 5 e 6Maiquel Vieira
 
banco de questões de Química
banco de questões de Química banco de questões de Química
banco de questões de Química Felipe Augusto
 
Correção Unesp 1 fase inverno 2015
Correção Unesp 1 fase inverno 2015Correção Unesp 1 fase inverno 2015
Correção Unesp 1 fase inverno 2015Carlos Priante
 
Provas do segundo dia do SSA1 da UPE
Provas do segundo dia do SSA1 da UPEProvas do segundo dia do SSA1 da UPE
Provas do segundo dia do SSA1 da UPELuiza Freitas
 
VESTIBULAR 2014 DA UPE - PROVAS DO SEGUNDO DIA SSA 2
VESTIBULAR 2014 DA UPE - PROVAS DO SEGUNDO DIA SSA 2VESTIBULAR 2014 DA UPE - PROVAS DO SEGUNDO DIA SSA 2
VESTIBULAR 2014 DA UPE - PROVAS DO SEGUNDO DIA SSA 2Isaquel Silva
 
Exercícios - ligações
Exercícios - ligaçõesExercícios - ligações
Exercícios - ligaçõesIsabella Silva
 
Lista de exerccios quimica
Lista de exerccios quimicaLista de exerccios quimica
Lista de exerccios quimicaOsileia Monteiro
 
Aulas 1 e 2 progressao semi ext noite 2016 atual
Aulas 1 e 2   progressao semi ext noite 2016 atualAulas 1 e 2   progressao semi ext noite 2016 atual
Aulas 1 e 2 progressao semi ext noite 2016 atualpaulomigoto
 

Destaque (20)

CADERNO DE RESPOSTAS- Treinamento para as aulas 1, 2 a 3
CADERNO DE RESPOSTAS-  Treinamento para as aulas 1, 2 a 3CADERNO DE RESPOSTAS-  Treinamento para as aulas 1, 2 a 3
CADERNO DE RESPOSTAS- Treinamento para as aulas 1, 2 a 3
 
2osimulado_processos
2osimulado_processos2osimulado_processos
2osimulado_processos
 
Exercícios complementares densidade_solubilidade_mudança de estado físico_mod...
Exercícios complementares densidade_solubilidade_mudança de estado físico_mod...Exercícios complementares densidade_solubilidade_mudança de estado físico_mod...
Exercícios complementares densidade_solubilidade_mudança de estado físico_mod...
 
exercicios-de-tabela-periodica-profº-agamenon-roberto
exercicios-de-tabela-periodica-profº-agamenon-robertoexercicios-de-tabela-periodica-profº-agamenon-roberto
exercicios-de-tabela-periodica-profº-agamenon-roberto
 
17117212 lista-exercicios-separacao-de-misturas-1-ano
17117212 lista-exercicios-separacao-de-misturas-1-ano17117212 lista-exercicios-separacao-de-misturas-1-ano
17117212 lista-exercicios-separacao-de-misturas-1-ano
 
Exercícios de processos de separação de misturas
Exercícios de processos de separação de misturasExercícios de processos de separação de misturas
Exercícios de processos de separação de misturas
 
Cefet mg-2011-1-prova-completa-c-gabarito (1)
Cefet mg-2011-1-prova-completa-c-gabarito (1)Cefet mg-2011-1-prova-completa-c-gabarito (1)
Cefet mg-2011-1-prova-completa-c-gabarito (1)
 
01. substâncias e misturas
01. substâncias e misturas01. substâncias e misturas
01. substâncias e misturas
 
CADERNO DE RESPOSTAS - Treinamento para as aulas 4, 5 e 6
CADERNO DE RESPOSTAS - Treinamento para as aulas 4, 5 e 6CADERNO DE RESPOSTAS - Treinamento para as aulas 4, 5 e 6
CADERNO DE RESPOSTAS - Treinamento para as aulas 4, 5 e 6
 
banco de questões de Química
banco de questões de Química banco de questões de Química
banco de questões de Química
 
PROGRAMA PISM E VESTIBULAR
PROGRAMA PISM E VESTIBULARPROGRAMA PISM E VESTIBULAR
PROGRAMA PISM E VESTIBULAR
 
Claudiacinara exercíciosrevisão 08072013_gabarito
Claudiacinara exercíciosrevisão 08072013_gabaritoClaudiacinara exercíciosrevisão 08072013_gabarito
Claudiacinara exercíciosrevisão 08072013_gabarito
 
Correção Unesp 1 fase inverno 2015
Correção Unesp 1 fase inverno 2015Correção Unesp 1 fase inverno 2015
Correção Unesp 1 fase inverno 2015
 
Simulado de prop periodicas
Simulado de prop periodicasSimulado de prop periodicas
Simulado de prop periodicas
 
Provas do segundo dia do SSA1 da UPE
Provas do segundo dia do SSA1 da UPEProvas do segundo dia do SSA1 da UPE
Provas do segundo dia do SSA1 da UPE
 
Correção de avaliação 3º ano
Correção de avaliação 3º anoCorreção de avaliação 3º ano
Correção de avaliação 3º ano
 
VESTIBULAR 2014 DA UPE - PROVAS DO SEGUNDO DIA SSA 2
VESTIBULAR 2014 DA UPE - PROVAS DO SEGUNDO DIA SSA 2VESTIBULAR 2014 DA UPE - PROVAS DO SEGUNDO DIA SSA 2
VESTIBULAR 2014 DA UPE - PROVAS DO SEGUNDO DIA SSA 2
 
Exercícios - ligações
Exercícios - ligaçõesExercícios - ligações
Exercícios - ligações
 
Lista de exerccios quimica
Lista de exerccios quimicaLista de exerccios quimica
Lista de exerccios quimica
 
Aulas 1 e 2 progressao semi ext noite 2016 atual
Aulas 1 e 2   progressao semi ext noite 2016 atualAulas 1 e 2   progressao semi ext noite 2016 atual
Aulas 1 e 2 progressao semi ext noite 2016 atual
 

Semelhante a Lista de exerccios

1exerciciciostreinamentomaiquelaula1a3 130416155705-phpapp01
1exerciciciostreinamentomaiquelaula1a3 130416155705-phpapp011exerciciciostreinamentomaiquelaula1a3 130416155705-phpapp01
1exerciciciostreinamentomaiquelaula1a3 130416155705-phpapp01mauricio1537
 
1exerciciciostreinamentomaiquelaula1a3 130416155705-phpapp01
1exerciciciostreinamentomaiquelaula1a3 130416155705-phpapp011exerciciciostreinamentomaiquelaula1a3 130416155705-phpapp01
1exerciciciostreinamentomaiquelaula1a3 130416155705-phpapp01mauricio1537
 
Exercícios substancias e misturas.pdf
Exercícios substancias e misturas.pdfExercícios substancias e misturas.pdf
Exercícios substancias e misturas.pdfAnaCarolineFlor1
 
EsPCEx - QUÍMICA - 2012
EsPCEx - QUÍMICA - 2012EsPCEx - QUÍMICA - 2012
EsPCEx - QUÍMICA - 2012profleco
 
Apostila oficial quimica propriedades
Apostila oficial quimica  propriedadesApostila oficial quimica  propriedades
Apostila oficial quimica propriedadesSantos Raimundo
 
Exercícios - ref. Aulas 1 a 5
Exercícios - ref. Aulas 1 a 5Exercícios - ref. Aulas 1 a 5
Exercícios - ref. Aulas 1 a 5Maiquel Vieira
 
Exercicios Enem Química - Treinamento para as aulas 1, 2 e 3
Exercicios Enem Química - Treinamento para as aulas 1, 2 e 3Exercicios Enem Química - Treinamento para as aulas 1, 2 e 3
Exercicios Enem Química - Treinamento para as aulas 1, 2 e 3Maiquel Vieira
 
1ª lista química - revisão geral - uno
1ª lista   química - revisão geral - uno1ª lista   química - revisão geral - uno
1ª lista química - revisão geral - unoOswaldo Stanziola
 
145 093513 reacoes_inorganicasagamenon
145 093513 reacoes_inorganicasagamenon145 093513 reacoes_inorganicasagamenon
145 093513 reacoes_inorganicasagamenonAndrey Luiz
 
Revisão acafe 2012 1
Revisão acafe 2012 1Revisão acafe 2012 1
Revisão acafe 2012 1VOECursos
 
Exercícios de Química
Exercícios de QuímicaExercícios de Química
Exercícios de QuímicaRomeu Abdala
 
Apostila de exercicios de quimica
Apostila de exercicios de quimicaApostila de exercicios de quimica
Apostila de exercicios de quimicaMarco Aurelio silva
 
Química exercicios extras
Química   exercicios extrasQuímica   exercicios extras
Química exercicios extrasIsabella Silva
 

Semelhante a Lista de exerccios (20)

1exerciciciostreinamentomaiquelaula1a3 130416155705-phpapp01
1exerciciciostreinamentomaiquelaula1a3 130416155705-phpapp011exerciciciostreinamentomaiquelaula1a3 130416155705-phpapp01
1exerciciciostreinamentomaiquelaula1a3 130416155705-phpapp01
 
1exerciciciostreinamentomaiquelaula1a3 130416155705-phpapp01
1exerciciciostreinamentomaiquelaula1a3 130416155705-phpapp011exerciciciostreinamentomaiquelaula1a3 130416155705-phpapp01
1exerciciciostreinamentomaiquelaula1a3 130416155705-phpapp01
 
Exercícios substancias e misturas.pdf
Exercícios substancias e misturas.pdfExercícios substancias e misturas.pdf
Exercícios substancias e misturas.pdf
 
EsPCEx - QUÍMICA - 2012
EsPCEx - QUÍMICA - 2012EsPCEx - QUÍMICA - 2012
EsPCEx - QUÍMICA - 2012
 
Apostila oficial quimica propriedades
Apostila oficial quimica  propriedadesApostila oficial quimica  propriedades
Apostila oficial quimica propriedades
 
Exercícios - ref. Aulas 1 a 5
Exercícios - ref. Aulas 1 a 5Exercícios - ref. Aulas 1 a 5
Exercícios - ref. Aulas 1 a 5
 
Exercicios Enem Química - Treinamento para as aulas 1, 2 e 3
Exercicios Enem Química - Treinamento para as aulas 1, 2 e 3Exercicios Enem Química - Treinamento para as aulas 1, 2 e 3
Exercicios Enem Química - Treinamento para as aulas 1, 2 e 3
 
Exercícios de química sbts pura e mistura
Exercícios de química sbts pura e misturaExercícios de química sbts pura e mistura
Exercícios de química sbts pura e mistura
 
Lista 3 2014
Lista 3   2014Lista 3   2014
Lista 3 2014
 
1ª lista química - revisão geral - uno
1ª lista   química - revisão geral - uno1ª lista   química - revisão geral - uno
1ª lista química - revisão geral - uno
 
145 093513 reacoes_inorganicasagamenon
145 093513 reacoes_inorganicasagamenon145 093513 reacoes_inorganicasagamenon
145 093513 reacoes_inorganicasagamenon
 
Revisão acafe 2012 1
Revisão acafe 2012 1Revisão acafe 2012 1
Revisão acafe 2012 1
 
Exercícios de Química
Exercícios de QuímicaExercícios de Química
Exercícios de Química
 
Apostila de exercicios de quimica
Apostila de exercicios de quimicaApostila de exercicios de quimica
Apostila de exercicios de quimica
 
EXERCICIOS DE QUIMICA.pdf
EXERCICIOS DE QUIMICA.pdfEXERCICIOS DE QUIMICA.pdf
EXERCICIOS DE QUIMICA.pdf
 
Reações Orgânicas
Reações OrgânicasReações Orgânicas
Reações Orgânicas
 
PROVA FUVEST
PROVA FUVESTPROVA FUVEST
PROVA FUVEST
 
Listao organica
Listao organicaListao organica
Listao organica
 
01.docx
01.docx01.docx
01.docx
 
Química exercicios extras
Química   exercicios extrasQuímica   exercicios extras
Química exercicios extras
 

Lista de exerccios

  • 1. LISTA DE EXERCÍCIOS DE QUÌMICA. 01 - (UDESC SC) Analise as proposições em relação aos gráficos abaixo. I. O gráfico (X) representa uma substância pura. II. O gráfico (Y) representa uma substância pura. III. No gráfico (X) o caminho representado pela letra (b) corresponde à coexistência das fases sólida e líquida. IV. No gráfico (Y) o caminho representado pela letra (b) corresponde apenas à existência da fase sólida. V. O gráfico (X) representa uma mistura. Assinale a alternativa correta. a) Somente a afirmativa I é verdadeira. b) Somente as afirmativas I, II e IV são verdadeiras. c) Somente as afirmativas I, III e V são verdadeiras. d) Somente as afirmativas I e III são verdadeiras. e) Somente as afirmativas I, II, III e IV são verdadeiras. 02 - (UFAC) O gráfico abaixo mostra a curva de aquecimento para o clorofórmio, usualmente utilizado como solvente para lipídeos. Analisando a curva, observa-se que: (a) a temperatura de fusão; (b) a temperatura de ebulição; (c) o estado físico do clorofórmio nos segmentos A e D, são respectivamente: a) 60 o C , - 60 o C, sólido e gás. b) - 60 o C, 60 o C, sólido e líquido. c) - 60 o C, 60 o C, sólido e mudança de líquido para gás. Instituto Federal Goiano – Campus Iporá Curso: Técnico em _________ integrado ao Ensino Médio Disciplina: QUÍMICA – 1º ANO Professor: Dylan Ávila Iporá, 19 de março de 2012. Aluno(a):__________________________________________
  • 2. d) 60 o C , -60 o C, líquido e gás. e) -60 o C, 60 o C, líquido e mudança de líquido para gás. 03 - (FATEC SP) O gráfico representa a curva de aquecimento, temperatura em função do tempo, do álcool de supermercado, à pressão de 1 atm. Após a análise do gráfico, pode-se afirmar que o álcool de supermercado é a) uma substância pura. b) uma mistura heterogênea. c) uma mistura azeotrópica. d) uma mistura eutética. e) uma mistura bifásica. 04 - (UFAM) Indique a alternativa que só possui substâncias puras a) Ouro 30 quilates, platina, cobre metálico, latão b) Ar, latão, fenol, gás carbônico, ouro 24 quilates c) Ar, cobre metálico, gás oxigênio, ouro 18 quilates d) Naftaleno, cimento, água, gás carbônico e) Gás nitrogênio, fenol, cobre metálico, platina 05 - (UEPB) Observe os sistemas (S) abaixo: S 1 2 S S 3 Considerando que cada tipo de esfera representa um átomo diferente, marque a alternativa que indica o número de elementos químicos (E) e o número de substâncias (Sb) de cada sistema (S). a) S1: 6E e 3Sb ; S2: 3E e 9Sb ; S3: 4E e 10Sb b) S1: 3E e 1Sb ; S2: 1E e 3Sb ; S3: 2E e 1Sb c) S1: 3E e 3Sb ; S2: 3E e 3Sb ; S3: 2E e 2Sb d) S1: 3E e 6Sb ; S2: 9E e 1Sb ; S3: 10E e 4Sb e) S1: 2E e 1Sb ; S2: 3E e 1Sb ; S3: 1E e 2Sb 06 - (EFOA MG) Água contendo álcool etílico, água contendo microorganismos e água líquida contendo água sólida são, RESPECTIVAMENTE, exemplos de: a) substância composta, substância composta e substância simples. b) mistura homogênea, mistura homogênea e mistura heterogênea. c) mistura homogênea, mistura heterogênea e substância composta. d) substância composta, mistura heterogênea e substância composta. e) mistura heterogênea, mistura homogênea e mistura heterogênea. 07 - (ACAFE SC) Correlacione a coluna da direita com a coluna da esquerda.
  • 3. ( 1 ) – elemento químico ( ) água ( 2 ) – substância composta ( ) gás oxigênio ( 3 ) – substância simples ( ) vinagre ( 4 ) – mistura ( ) sódio ( ) água do mar ( ) liga de cobre A seqüência numérica, de cima para baixo, deve ser: a) 1 - 3 - 4 - 2 - 1 - 2 b) 3 - 2 - 2 - 4 - 1 - 4 c) 4 - 3 - 1 - 4 - 2 - 2 d) 2 - 3 - 4 - 1 - 4 - 4 e) 2 - 3 - 4 - 4 - 2 - 1 08 - (UFAC) Com relação às substâncias O2, H2, H2O, Pb, CO2, O3, CaO e S8, podemos afirmar que: a) todas são substâncias simples b) somente O2, H2 e O3 são substâncias simples c) todas são substâncias compostas d) somente CO2, CaO e S8 são substâncias compostas e) as substâncias O2, H2, Pb, O3 e S8 são simples. 09 - (ACAFE SC) Associe corretamente a segunda coluna com a primeira: I. gás Oxigênio ( ) substância composta II. ar puro que respiramos ( ) mistura heterogênea III. água ( ) elemento IV. areia e água ( ) solução homogênea V. o átomo de sódio ( ) substância simples A associação correta, de cima para baixo, é: a) II, I, III, IV, V. b) I, III, II, V, IV. c) I, II, IV, III, V. d) III, IV, V, II, I. e) III, V, IV, II, I. 10 - (Unimontes MG) O ouro denominado branco, usado em confecção de joias, contém dois elementos: ouro e paládio. Duas amostras distintas de ouro branco diferem em relação às quantidades de ouro e paládio que contêm. Sabendo-se que ambas apresentam composição uniforme, pode-se afirmar CORRETAMENTE que o ouro branco é a) um material heterogêneo. b) uma solução sólida. c) uma substância composta. d) uma mistura heterogênea. 11 - (UEPG PR) Considerando os sistemas listados a seguir, assinale o que for correto. I. água e óleo de cozinha II. água e cloreto de sódio III. água e etanol 01. Os componentes do sistema I formam uma mistura heterogênea líquido-líquido. 02. Os componentes dos sistemas II e III formam misturas homogêneas sólido-líquido e líquido-líquido, respectivamente. 04. Os componentes da mistura I podem ser separados por decantação. 08. Os componentes da mistura II podem ser separados por destilação simples. 12 - (UFAL) A maioria dos materiais não é nem elementos puros nem compostos puros; são misturas de substâncias mais simples. Por exemplo, um medicamento, tal como xarope expectorante, é uma mistura de vários ingredientes formulados para conseguir um efeito biológico. Um sistema constituído por açúcar dissolvido em água, limalha de ferro, vapor d’água e nitrogênio gasoso pode ser classificado como:
  • 4. a) sistema heterogêneo com 4 fases e 3 componentes. b) sistema homogêneo com 4 fases e 4 componentes. c) sistema heterogêneo com 3 fases e 3 componentes. d) sistema homogêneo com 3 fases e 4 componentes. e) sistema heterogêneo com 3 fases e 4 componentes. 13 - (ENEM MEC) Em visita a uma usina sucroalcooleira, um grupo de alunos pôde observar a série de processos de beneficiamento da cana-de-açúcar, entre os quais se destacam: 1. A cana chega cortada da lavoura por meio de caminhões e é despejada em mesas alimentadoras que a conduzem para as moendas. Antes de ser esmagada para a retirada do caldo açucarado, toda a cana é transportada por esteiras e passada por um eletroímã para a retirada de materiais metálicos. 2. Após se esmagar a cana, o bagaço segue para as caldeiras, que geram vapor e energia para toda a usina. 3. O caldo primário, resultante do esmagamento, é passado por filtros e sofre tratamento para transformar-se em açúcar refinado e etanol. Com base nos destaques da observação dos alunos, quais operações físicas de separação de materiais foram realizadas nas etapas de beneficiamento da cana-de-açúcar? a) Separação mecânica, extração, decantação. b) Separação magnética, combustão, filtração. c) Separação magnética, extração, filtração. d) Imantação, combustão, peneiração. e) Imantação, destilação, filtração. 14 - (FUVEST SP) A obtenção de água doce de boa qualidade está se tornando cada vez mais difícil devido ao adensamento populacional, às mudanças climáticas, à expansão da atividade industrial e à poluição. A água, uma vez captada, precisa ser purificada, o que é feito nas estações de tratamento. Um esquema do processo de purificação é: FEDCBA  em que as etapas B, D e F são: B – adição de sulfato de alumínio e óxido de cálcio, D – filtração em areia, F – fluoretação. Assim sendo, as etapas A, C e E devem ser, respectivamente, a) filtração grosseira, decantação e cloração. b) decantação, cloração e filtração grosseira. c) cloração, neutralização e filtração grosseira. d) filtração grosseira, neutralização e decantação. e) neutralização, cloração e decantação. 15 - (UFMS) Quando chega às refinarias, o petróleo passa por processo que resulta na separação de seus diversos hidrocarbonetos, como gasolina, querosene e óleo diesel. Assinale a alternativa que apresenta o nome do processo utilizado nas refinarias. a) Flotação. b) Filtração. c) Destilação fracionada. d) Extração por solvente. e) Extração com água. 16 - (MACK SP) O processo inadequado para separar uma mistura heterogênea sólido-liqüido é a) filtração. b) decantação. c) centrifugação. d) destilação. e) sifonação. 17 - (UNESP SP) A preparação de um chá utilizando os já tradicionais saquinhos envolve, em ordem de acontecimento, os seguintes processos:
  • 5. a) filtração e dissolução. b) filtração e extração. c) extração e filtração. d) extração e decantação. e) dissolução e decantação. 18 - (UFRN) O modelo abaixo representa processos de mudanças de estado físico para uma substância pura. sistema a sistema b sistema c IV III V Certa quantidade de cloreto de sódio (sal de cozinha) foi adicionada ao sistema b, formando uma mistura líquida homogênea. A figura que representa o processo de separação dessa mistura é: a) b) c) d) 19 - (UFMG) O mercúrio, um metal líquido, é utilizado pelos garimpeiros para extrair ouro. Nesse caso, o mercúrio forma, com o ouro, uma mistura líquida homogênea, que pode ser separada, facilmente, da areia e da água. Para separar esses dois metais, minimizando os riscos ambientais, seria interessante que os garimpeiros utilizassem uma retorta, como representado, esquematicamente, nesta figura: Mercúriolíquido Para tanto, a mistura é aquecida na retorta e, então, o mercúrio evapora-se e condensa-se no bico desse recipiente. Considerando-se essas informações, é INCORRETO afirmar que: a) o ouro é mais volátil que o mercúrio. b) o mercúrio é destilado na retorta. c) o mercúrio se funde a uma temperatura menor que o ouro. d) o ouro se dissolve no mercúrio. TEXTO: 1 - Comum à questão: 20 O Brasil possui uma política de substituição do petróleo como fonte energética desde os anos 1960, como com a criação do Pró-Álcool, um programa governamental de estímulo à produção de etanol combustível a partir da cana-de-açúcar e de confecção de automóveis que utilizem esta fonte energética. Em 2009 completam-se três décadas da implementação dos primeiros postos de distribuição de combustíveis que comercializaram o etanol, atualmente o mais importante biocombustível da matriz energética. Sua produção é baseada no melaço da cana- de-açúcar como matéria-prima. O processo utiliza a fermentação da sacarose, presente no melaço, pela proteína invertase, originando glicose (C6H12O6) e a frutose (C6H12O6), que, sob influência de outra proteína, a zimase, e na presença de água, produzem o etanol e gás carbônico. 20 - (UEPB)
  • 6. Um dos procedimentos para adulteração da gasolina é a adição de uma quantidade maior de etanol do que a permitida pela legislação. Os postos de distribuição de combustíveis são obrigados, quando pedido pelo cliente, que façam o teste para determinação do teor de álcool na gasolina, que se baseia na maior miscibilidade do etanol em solução salina do que em gasolina. Se forem adicionadas em uma proveta partes iguais de gasolina comercializada no Brasil e solução salina, quantas e quais fases serão observadas? a) Três fases, sendo uma de gasolina, outra de solução salina e outra de etanol. b) Duas fases, sendo uma de gasolina com etanol e outra de solução salina com etanol. c) Duas fases, sendo uma da gasolina e outra da solução salina com etanol. d) Três fases, sendo uma de gasolina sem etanol, outra de gasolina com etanol e uma terceira de solução salina. e) Uma fase, visto que o etanol vai evaporar quando misturado à solução salina e gasolina. GABARITO: 1) Gab: D 2) Gab: C 3) Gab: C 4) Gab: E 5) Gab: E 6) Gab: C 7) Gab: D 8) Gab: E 9) Gab: D 10) Gab: B 11) Gab: 15 12) Gab: E 13) Gab: C 14) A 15) C 16)D 17)C 18)D 19)A