NEGÓCIOS CRIATIVOS 
INOVAÇÃO, MERCADO E 
EMPREENDEDORISMO 
LEONARDO BRANT | ABR 2014
Panorama 
CENÁRIO E TENDÊNCIAS: 
INDÚSTRIAS CULTURAIS X CRIATIVAS
Globalização 
Economia 
Criativa 
Diversidade 
Cultural 
Crise 
QUAL O LUGAR DA ECONOMIA CRIATIVA NO BRASIL?
Indústrias Culturais X Criativas 
Processos 
Colaborativos 
Propriedade 
Intelectual 
Mainstream 
O Fim do Cisma Midiático...
Ascensão da Classe Criativa 
Talento 
Tolerância 
Tecnologia 
ECONOMIA CRIATIVA COMO MODO DE (GANHAR A ) V IDA.
Mídia & Entretenimento 
TV a 
Cabo 
Banda 
Larga 
Regulação e 
Fomento 
PWC: O MERCADO QUE MAIS CRESCE N O MUNDO.
Classe C 
54% da 
população 
$ 16 bi em 
conhecimento 
Cidadania 
Consumo 
DESAFIO: TRANSFORMAR CONSUMIDORES EM CIDADÃOS.
Mecenato (Lei Rouanet) 
Quadruplicou 
em 10 anos 
Falta política 
e propósito 
A GRANDE MULETA DO SETOR CULTURAL.
Estratégia 
FERRAMENTAS DE ANÁLISE 
OPC | PEST | SWOT 
POTTER | BMG 
- Formulação de objetivos 
- Definição de caminhos 
-...
As 5 esferas de O Poder da Cultura 
Estado 
Sociedade 
Empresas 
Mercado Identidade 
Mecenato 
Marketing Cultural 
Investi...
Análise PEST 
Political Factor: 
• Quais são os fatores políticos que 
interferem (positiva e negativamente) 
na condução ...
Análise SWOT 
Strength 
• Fortalezas do negócio. 
• Potencialidades a serem 
exploradas. 
Opportunity 
• Quais oportunidad...
5 forças de Potter 
Barreiras a entrada de novos 
concorrentes. 
• Como é a regulação do setor? 
• Há novos players intere...
Business Model Generation 
Tendências 
Principais 
Negócio 
Forças do 
Mercado 
Forças 
Macro- 
Econômicas 
Forças da 
Ind...
Planejamento Estratégico 
Missão Visão Valores Objetivos 
- Objetivo 
- Finalidade 
- Intenção 
- Filosofia 
- Projeção 
-...
Política Cultural 
Discurso 
Estrutura 
Articulação 
Conhecimento 
Orçamento 
Execução 
O Poder da Cultura 
QUAL A S U A P...
Modelo de Negócios 
FERRAMENTAS DE MODELAGEM 
CANVAS | PRIMEFACT | MATRIZ BGC 
OCEANO AZUL 
- Ingredientes do negócio 
- F...
The PRIMEFACT Checklist 
— People 
What are the strengths and weaknesses of our people? 
Employees, directors, members, a...
Matriz BGC 
ANALISE SEU PORFÓLIO DE SERVIÇOS E PRODUTOS.
Oceano Azul (Cirque du Soleil) 
INOVE REFORMULANDO OS INGREDIENTES DO SEU NEGÓCIOS .
Mapa da Empatia 
QUE TAL CONHECER O S E U C L IENTE?
Obrigado! 
LEONARDO BRANT 
OUT 2014 
www.brant.com.br
Negócios Criativos (Leonardo Brant) - Outubro de 2014 - Rede Cemec
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Negócios Criativos (Leonardo Brant) - Outubro de 2014 - Rede Cemec

731 visualizações

Publicada em

Os mercados de cultura, entretenimento e economia criativa vivem um momento de grande ebulição no Brasil. A ascensão da classe C e da classe criativa, as tecnologias de informação e comunicação, os novos modelos de negócios, sistemas de financiamento e os grandes eventos internacionais, como Copa do Mundo e Olimpíadas, abrem perspectivas inéditas para o empreendedorismo e a inovação.

Em uma dinâmica que inclui exercícios práticos e exposição de casos concretos, Negócios Criativos é destinado a empreendedores e profissionais estratégicos dos setores culturais e criativos. O objetivo do curso é tirar os gestores da inércia e do lugar-comum, ampliando o olhar para a inovação e as novas perspectivas de negócios

Publicada em: Economia e finanças
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
731
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
27
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Negócios Criativos (Leonardo Brant) - Outubro de 2014 - Rede Cemec

  1. 1. NEGÓCIOS CRIATIVOS INOVAÇÃO, MERCADO E EMPREENDEDORISMO LEONARDO BRANT | ABR 2014
  2. 2. Panorama CENÁRIO E TENDÊNCIAS: INDÚSTRIAS CULTURAIS X CRIATIVAS
  3. 3. Globalização Economia Criativa Diversidade Cultural Crise QUAL O LUGAR DA ECONOMIA CRIATIVA NO BRASIL?
  4. 4. Indústrias Culturais X Criativas Processos Colaborativos Propriedade Intelectual Mainstream O Fim do Cisma Midiático DE ANALÓGICO X DIGITAL PARA ANALÓGICO + DIGITAL.
  5. 5. Ascensão da Classe Criativa Talento Tolerância Tecnologia ECONOMIA CRIATIVA COMO MODO DE (GANHAR A ) V IDA.
  6. 6. Mídia & Entretenimento TV a Cabo Banda Larga Regulação e Fomento PWC: O MERCADO QUE MAIS CRESCE N O MUNDO.
  7. 7. Classe C 54% da população $ 16 bi em conhecimento Cidadania Consumo DESAFIO: TRANSFORMAR CONSUMIDORES EM CIDADÃOS.
  8. 8. Mecenato (Lei Rouanet) Quadruplicou em 10 anos Falta política e propósito A GRANDE MULETA DO SETOR CULTURAL.
  9. 9. Estratégia FERRAMENTAS DE ANÁLISE OPC | PEST | SWOT POTTER | BMG - Formulação de objetivos - Definição de caminhos - Seleção de programas de ação - Coerência e sustentação do processo - Envolvimento dos players
  10. 10. As 5 esferas de O Poder da Cultura Estado Sociedade Empresas Mercado Identidade Mecenato Marketing Cultural Investimento Cultural Privado Terceiro Setor Movimentos sociais Mídia Comunidades Redes Consumo Concorrência Regulação Infraestrutura Políticas Culturais Financiamento COMPREENDER, ARTICULAR E P ROPOR.
  11. 11. Análise PEST Political Factor: • Quais são os fatores políticos que interferem (positiva e negativamente) na condução do negócio (regulação, financimento)? • Quem são os principais agentes políticos e como devemos nos relacionar com eles? • Como devemos nos posicionar? Economic Factor: • Como o ambiente que estamos é influenciado pela economia global e pela política econômica do Estado? • Qual a situação do setor de atuação atualmente? Sociological Factor: • Qual o nível de desenvolvimento social? • Quais problemas interferem e oportunizam o nosso negócio? • Qual a cultura de consumo dos nossos produtos e serviços? Technological Factor: • Quais são as barreiras e as potencialidades da tecnologia no setor de atuação? • Como a tecnologia pode ajudar a desenvolver o meu setor e o meu negócio?
  12. 12. Análise SWOT Strength • Fortalezas do negócio. • Potencialidades a serem exploradas. Opportunity • Quais oportunidadades de mercado pode-se tirar proveito? • Análise do cenário global, local e setorial. Weakness • Fraquezas do negócio. • Aquilo que devemos fortalecer ou evitar. Threats • Quais as ameaças para o funcionamento e o desenvolvimento do negócio?
  13. 13. 5 forças de Potter Barreiras a entrada de novos concorrentes. • Como é a regulação do setor? • Há novos players interessados em explorá-lo? Rivalidade entre concorrentes. Ameaça de substitutos. • Quem são os players de mercado? • A nossa atuação é ameaçada por eles? Poder de barganha dos fornecedores. • O quanto o negócio está nas mãos de terceiros? • O quão frágil ele está em relação aos fornecedores? Poder de barganha dos compradores. • O quanto os serviços e produtos oferecidos são relevantes aos clientes? • O quanto eles estão fidelizados?
  14. 14. Business Model Generation Tendências Principais Negócio Forças do Mercado Forças Macro- Econômicas Forças da Indústria Segmentos de mercado Necessidades e demandas Fatores de mercado Custos de mudança Atratividade da receita Fornecedore e outros participantes da cadeia de valor Públicos de interesse Concorrentes (incumbentes) Novos entrantes (insurgentes) Produtos e serviços substitutos Tendências sociais e culturais Tendências socioeconômicas Tendências regulatórias Tendências tecnológicas Infraestrutura econômica Commodities e outros recursos Situação do mercado global Mercados Capitais
  15. 15. Planejamento Estratégico Missão Visão Valores Objetivos - Objetivo - Finalidade - Intenção - Filosofia - Projeção - Guia - Orientação - Futuro - Desejo - Aspiração - Caminho - Essência - Princípios - Sentimentos - Cultura - Prática - Sentido - Specific - Measurable - Achievable - Relevant - Time Bound DO QUE É FEITO O SEU NEGÓCIO? PARA ONDE ELE VAI?
  16. 16. Política Cultural Discurso Estrutura Articulação Conhecimento Orçamento Execução O Poder da Cultura QUAL A S U A P O LÍTICA CULTURAL?
  17. 17. Modelo de Negócios FERRAMENTAS DE MODELAGEM CANVAS | PRIMEFACT | MATRIZ BGC OCEANO AZUL - Ingredientes do negócio - Formas de conjugá-los - Equilíbrio e sustentabilidade - Relação com o mercado
  18. 18. The PRIMEFACT Checklist — People What are the strengths and weaknesses of our people? Employees, directors, members, associates, advisers and other stakeholders. — Reputation (or Brand) What is our reputation with our target customers? What are the strengths – or weaknesses – of our brand or brands? — Intellectual Property What intellectual property do we have? How is it protected? How easily can it be turned into income streams? — Market Research / Market Information What information do we have about market segments and market trends? What do we know about individual clients and their specific needs? — Ethos (or Values or Culture) What is our ethos, our values and our organisational culture? Do all stakeholders subscribe to this same ethos? — Finances (ie Money) What is the current state of profitability, cashflow and assets? How much money do we have to invest or can we borrow? — Agility (or Nimbleness or Change-ability) Are we agile enough to seize new opportunities? Are people prepared to change and ready for change? Are there barriers to change? — Collaborators (Alliances, Partnerships and Networks) What are the strengths and weaknesses of our associations with other businesses and organisations (including government)? — Talents (Competencies and Skills) What are our core competencies? What skills do we have available and what gaps are there? How will we learn new skills? NEGÓCIOS CRIATIVOS TEM INGREDIENTES ESPECÍF ICOS.
  19. 19. Matriz BGC ANALISE SEU PORFÓLIO DE SERVIÇOS E PRODUTOS.
  20. 20. Oceano Azul (Cirque du Soleil) INOVE REFORMULANDO OS INGREDIENTES DO SEU NEGÓCIOS .
  21. 21. Mapa da Empatia QUE TAL CONHECER O S E U C L IENTE?
  22. 22. Obrigado! LEONARDO BRANT OUT 2014 www.brant.com.br

×