SlideShare uma empresa Scribd logo
SÃO AQUELES EM QUE APENAS UM GRUPO ASSUME O PODER E DOMINA AS ESFERAS POLÍTICA, ECONÔMICA E SOCIAL DA NAÇÃO COM EXTREMA RIGIDEZ. REGIMES TOTALITÁRIOS
Características comuns ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
O fascismo italiano ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Características do Fascismo ,[object Object],[object Object],[object Object]
Os fascistas pregavam a união dos trabalhadores com os capitalistas  sob a direção do Estado. Objetivo: transformar a Itália numa potência industrial e militar. ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Ascensão do Nazismo na Alemanha ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
O Nazismo era semelhante ao Fascismo: acreditavam num Estado autoritário, dirigido por um Chefe, predestinado para guiar a Nação. Hitler incorporou ao nazismo um elemento novo: a ideia de RAÇA! A raça germânica era superior às demais, predestinada a dominar o mundo. Outra ideia era do ESPAÇO VITAL.  As nações que não se expandiam ficavam  decadentes. Os nazistas queriam recuperar os territórios perdidos em 1919 e ocupar as  planícies russas. A eliminação e o extermínio das “raças inferiores”, entre elas, russos, eslavos,  judeus e ciganos era perfeitamente justificado pelo Nazismo.
Escalada no Nazismo ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
A ditadura de Hitler ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
A economia era dirigida e planificada pelo Estado. A construção de obras públicas diminuiu o desemprego A educação passou a ser tarefa do Estado. As crianças eram criadas fora de casa e  aprendiam as teorias nazistas de superioridade racial germânica. O serviço militar passou a ser obrigatório em 1935.  Inicia-se a escalada armamentista. Exército bem treinado e armas de última geração tornaram o exército e a marinha  alemã  os mais potentes do mundo. Em 1936, por ocasião da Guerra Civil Espanhola, Hitler teve como testar todo seu  aparato bélico. O Eixo Roma-Berlim, aliança de Mussolini com Hitler por ocasião da invasão  da Abissínia por Mussolini (1934)  interferiu  na guerra espanhola  e testou sua força contra os exércitos democráticos.
FORMATAÇÃO:  Prof. Rita Avellar FONTE: HISTÓRIA – Gilslaine e Reinaldo

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

A primeira guerra mundial slides
A primeira guerra mundial   slidesA primeira guerra mundial   slides
A primeira guerra mundial slides
Juliana_hst
 
Apresentação Revolução Russa
Apresentação Revolução RussaApresentação Revolução Russa
Apresentação Revolução Russa
marcosfm32
 
Crise de 1929 - 9º ano
Crise de 1929 - 9º anoCrise de 1929 - 9º ano
Crise de 1929 - 9º ano
7 de Setembro
 
Ditaduras na america latina
Ditaduras na america latinaDitaduras na america latina
Ditaduras na america latina
Isabel Aguiar
 

Mais procurados (20)

Segunda Guerra Mundial
Segunda Guerra MundialSegunda Guerra Mundial
Segunda Guerra Mundial
 
Período entre guerras - crise de 1929 - nazifascismo
Período entre guerras - crise de 1929 - nazifascismoPeríodo entre guerras - crise de 1929 - nazifascismo
Período entre guerras - crise de 1929 - nazifascismo
 
Primeira Guerra Mundial
Primeira Guerra MundialPrimeira Guerra Mundial
Primeira Guerra Mundial
 
3º ano - Era Vargas 1930-1945
3º ano  - Era Vargas 1930-19453º ano  - Era Vargas 1930-1945
3º ano - Era Vargas 1930-1945
 
Primeira guerra mundial
Primeira guerra mundialPrimeira guerra mundial
Primeira guerra mundial
 
A primeira guerra mundial slides
A primeira guerra mundial   slidesA primeira guerra mundial   slides
A primeira guerra mundial slides
 
Apresentação Revolução Russa
Apresentação Revolução RussaApresentação Revolução Russa
Apresentação Revolução Russa
 
Nazismo Fascismo
Nazismo Fascismo Nazismo Fascismo
Nazismo Fascismo
 
Segunda Guerra Mundial
Segunda Guerra MundialSegunda Guerra Mundial
Segunda Guerra Mundial
 
Revolucao russa
Revolucao russaRevolucao russa
Revolucao russa
 
Período Entre Guerras e Segunda Guerra
Período Entre Guerras e Segunda GuerraPeríodo Entre Guerras e Segunda Guerra
Período Entre Guerras e Segunda Guerra
 
Primeira Guerra Mundial
Primeira Guerra MundialPrimeira Guerra Mundial
Primeira Guerra Mundial
 
9º ano - Segunda guerra mundial
9º ano - Segunda guerra mundial9º ano - Segunda guerra mundial
9º ano - Segunda guerra mundial
 
3º ano - Ditadura Militar e Redemocratização
3º ano - Ditadura Militar e Redemocratização3º ano - Ditadura Militar e Redemocratização
3º ano - Ditadura Militar e Redemocratização
 
Crise de 1929 - 9º ano
Crise de 1929 - 9º anoCrise de 1929 - 9º ano
Crise de 1929 - 9º ano
 
Regimes totalitarios
Regimes totalitariosRegimes totalitarios
Regimes totalitarios
 
Ditaduras na america latina
Ditaduras na america latinaDitaduras na america latina
Ditaduras na america latina
 
Ascensão do fascismo e nazismo
Ascensão do fascismo e nazismoAscensão do fascismo e nazismo
Ascensão do fascismo e nazismo
 
Fascismo e Nazismo
Fascismo e NazismoFascismo e Nazismo
Fascismo e Nazismo
 
3ºano - Primeira Guerra Mundial - 1914 a 1918
3ºano - Primeira Guerra Mundial - 1914 a 19183ºano - Primeira Guerra Mundial - 1914 a 1918
3ºano - Primeira Guerra Mundial - 1914 a 1918
 

Destaque

Regimes totalitários power point
Regimes totalitários   power pointRegimes totalitários   power point
Regimes totalitários power point
Zeze Silva
 
Slide totalitarismo
Slide totalitarismoSlide totalitarismo
Slide totalitarismo
aygres
 
A Crise de 1929 e a Ascensão dos Regimes Totalitários
A Crise de 1929 e a Ascensão dos Regimes TotalitáriosA Crise de 1929 e a Ascensão dos Regimes Totalitários
A Crise de 1929 e a Ascensão dos Regimes Totalitários
Portal do Vestibulando
 
Slide totalitarismo
Slide totalitarismoSlide totalitarismo
Slide totalitarismo
aygres
 
Os Regimes Fascista e Nazi
Os Regimes Fascista e NaziOs Regimes Fascista e Nazi
Os Regimes Fascista e Nazi
Rui Neto
 
Princípios do nazismo
Princípios do nazismoPrincípios do nazismo
Princípios do nazismo
Susana Simões
 

Destaque (20)

Regimes totalitários power point
Regimes totalitários   power pointRegimes totalitários   power point
Regimes totalitários power point
 
Totalitarismo
TotalitarismoTotalitarismo
Totalitarismo
 
Regimes totalitários
Regimes totalitáriosRegimes totalitários
Regimes totalitários
 
Slide totalitarismo
Slide totalitarismoSlide totalitarismo
Slide totalitarismo
 
Totalitarismo na Europa
Totalitarismo na EuropaTotalitarismo na Europa
Totalitarismo na Europa
 
Regimes totalitários
Regimes totalitáriosRegimes totalitários
Regimes totalitários
 
Totalitarismo
TotalitarismoTotalitarismo
Totalitarismo
 
Os regimes totalitários
Os regimes totalitáriosOs regimes totalitários
Os regimes totalitários
 
A Crise de 1929 e a Ascensão dos Regimes Totalitários
A Crise de 1929 e a Ascensão dos Regimes TotalitáriosA Crise de 1929 e a Ascensão dos Regimes Totalitários
A Crise de 1929 e a Ascensão dos Regimes Totalitários
 
CaracteríSticas Do Nazismo
CaracteríSticas Do NazismoCaracteríSticas Do Nazismo
CaracteríSticas Do Nazismo
 
Regime theory – International Regimes
Regime theory – International RegimesRegime theory – International Regimes
Regime theory – International Regimes
 
O fascismo italiano
O fascismo italianoO fascismo italiano
O fascismo italiano
 
Slide totalitarismo
Slide totalitarismoSlide totalitarismo
Slide totalitarismo
 
Slide nazismo
Slide nazismoSlide nazismo
Slide nazismo
 
O Fascismo
O FascismoO Fascismo
O Fascismo
 
O Nazismo
O NazismoO Nazismo
O Nazismo
 
O Fascismo e o Nazismo
O Fascismo e o NazismoO Fascismo e o Nazismo
O Fascismo e o Nazismo
 
Os Regimes Fascista e Nazi
Os Regimes Fascista e NaziOs Regimes Fascista e Nazi
Os Regimes Fascista e Nazi
 
Regimes totalitários
Regimes totalitáriosRegimes totalitários
Regimes totalitários
 
Princípios do nazismo
Princípios do nazismoPrincípios do nazismo
Princípios do nazismo
 

Semelhante a Regimes totalitários

Nazismo,fascismo e salazar
Nazismo,fascismo e salazarNazismo,fascismo e salazar
Nazismo,fascismo e salazar
kyzinha
 
Historiando sob diversos olhares
Historiando sob diversos olharesHistoriando sob diversos olhares
Historiando sob diversos olhares
Janayna Lira
 

Semelhante a Regimes totalitários (20)

Sit 4 vol 1 regimes totalitarismos
Sit 4 vol 1   regimes totalitarismosSit 4 vol 1   regimes totalitarismos
Sit 4 vol 1 regimes totalitarismos
 
Regimes totalitários
Regimes totalitáriosRegimes totalitários
Regimes totalitários
 
Nazismo
NazismoNazismo
Nazismo
 
Regimes Totalitários
Regimes TotalitáriosRegimes Totalitários
Regimes Totalitários
 
Regimes Totalitários
Regimes TotalitáriosRegimes Totalitários
Regimes Totalitários
 
Totalitarios
TotalitariosTotalitarios
Totalitarios
 
Nazismo
NazismoNazismo
Nazismo
 
Liberalismo, nacionalismo, nazismo e fascismo
Liberalismo, nacionalismo, nazismo e fascismoLiberalismo, nacionalismo, nazismo e fascismo
Liberalismo, nacionalismo, nazismo e fascismo
 
Nazi fascismo
Nazi fascismoNazi fascismo
Nazi fascismo
 
Nazi fascismo
Nazi fascismoNazi fascismo
Nazi fascismo
 
Nazismo
NazismoNazismo
Nazismo
 
Nazismo,fascismo e salazar
Nazismo,fascismo e salazarNazismo,fascismo e salazar
Nazismo,fascismo e salazar
 
Estados Totalitários (anti-liberais)
Estados Totalitários (anti-liberais)Estados Totalitários (anti-liberais)
Estados Totalitários (anti-liberais)
 
A Maré negra do Fascismo
A Maré negra do FascismoA Maré negra do Fascismo
A Maré negra do Fascismo
 
O Fascismo
O FascismoO Fascismo
O Fascismo
 
Trabalho realizado em história
Trabalho realizado em históriaTrabalho realizado em história
Trabalho realizado em história
 
Historiando sob diversos olhares
Historiando sob diversos olharesHistoriando sob diversos olhares
Historiando sob diversos olhares
 
Regimes autoritários
Regimes autoritáriosRegimes autoritários
Regimes autoritários
 
O Nazismo
O NazismoO Nazismo
O Nazismo
 
Os regimes totalitários na europa
Os regimes totalitários na europaOs regimes totalitários na europa
Os regimes totalitários na europa
 

Último

Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfManual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Pastor Robson Colaço
 
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdfGRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
rarakey779
 

Último (20)

Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdfHans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
 
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfManual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
 
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docxUnidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
 
AULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptx
AULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptxAULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptx
AULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptx
 
Respostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdf
Respostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdfRespostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdf
Respostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdf
 
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdfprova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
 
22-modernismo-5-prosa-de-45.pptxrpnsaaaa
22-modernismo-5-prosa-de-45.pptxrpnsaaaa22-modernismo-5-prosa-de-45.pptxrpnsaaaa
22-modernismo-5-prosa-de-45.pptxrpnsaaaa
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
 
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco LeiteOs Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
 
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
 
O carteiro chegou - Janet & Allan Ahlberg
O carteiro chegou - Janet & Allan AhlbergO carteiro chegou - Janet & Allan Ahlberg
O carteiro chegou - Janet & Allan Ahlberg
 
Atividade com a música Xote da Alegria - Falamansa
Atividade com a música Xote  da  Alegria    -   FalamansaAtividade com a música Xote  da  Alegria    -   Falamansa
Atividade com a música Xote da Alegria - Falamansa
 
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
 
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdfGRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
 
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfAs Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
 
Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número
 
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-NovaNós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
 
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
 
Labor e Trabalho em A Condição Humana de Hannah Arendt .pdf
Labor e Trabalho em A Condição Humana de Hannah Arendt .pdfLabor e Trabalho em A Condição Humana de Hannah Arendt .pdf
Labor e Trabalho em A Condição Humana de Hannah Arendt .pdf
 
Recurso da Casa das Ciências: Bateria/Acumulador
Recurso da Casa das Ciências: Bateria/AcumuladorRecurso da Casa das Ciências: Bateria/Acumulador
Recurso da Casa das Ciências: Bateria/Acumulador
 

Regimes totalitários

  • 1. SÃO AQUELES EM QUE APENAS UM GRUPO ASSUME O PODER E DOMINA AS ESFERAS POLÍTICA, ECONÔMICA E SOCIAL DA NAÇÃO COM EXTREMA RIGIDEZ. REGIMES TOTALITÁRIOS
  • 2.
  • 3.
  • 4.
  • 5.
  • 6.
  • 7. O Nazismo era semelhante ao Fascismo: acreditavam num Estado autoritário, dirigido por um Chefe, predestinado para guiar a Nação. Hitler incorporou ao nazismo um elemento novo: a ideia de RAÇA! A raça germânica era superior às demais, predestinada a dominar o mundo. Outra ideia era do ESPAÇO VITAL. As nações que não se expandiam ficavam decadentes. Os nazistas queriam recuperar os territórios perdidos em 1919 e ocupar as planícies russas. A eliminação e o extermínio das “raças inferiores”, entre elas, russos, eslavos, judeus e ciganos era perfeitamente justificado pelo Nazismo.
  • 8.
  • 9.
  • 10. A economia era dirigida e planificada pelo Estado. A construção de obras públicas diminuiu o desemprego A educação passou a ser tarefa do Estado. As crianças eram criadas fora de casa e aprendiam as teorias nazistas de superioridade racial germânica. O serviço militar passou a ser obrigatório em 1935. Inicia-se a escalada armamentista. Exército bem treinado e armas de última geração tornaram o exército e a marinha alemã os mais potentes do mundo. Em 1936, por ocasião da Guerra Civil Espanhola, Hitler teve como testar todo seu aparato bélico. O Eixo Roma-Berlim, aliança de Mussolini com Hitler por ocasião da invasão da Abissínia por Mussolini (1934) interferiu na guerra espanhola e testou sua força contra os exércitos democráticos.
  • 11. FORMATAÇÃO: Prof. Rita Avellar FONTE: HISTÓRIA – Gilslaine e Reinaldo