SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 18
REGIMES TOTALITÁRIOS


Um regime totalitário é marcado
 por um Estado forte, absoluto e
que domina todos os setores da
          sociedade.
CARACTERÍSTICAS GERAIS

   Partido Único – conduzido por um líder
    autoritário
   Ideologia Oficial – existência de uma ideologia
    de estado que deve ser seguida por todos os
    cidadãos
   Estado Policial – controle da sociedade por
    órgãos de repressão política (polícia, exército
    etc.) e eliminação de oposições, censura dos
    meios de comunicação, intimidação (terror) física
    e psicológica.
CARACTERÍSTICAS GERAIS

   Propaganda Estatal – propaganda vigorosa
    divulgando a ideologia do estado e promovendo o
    culto aos líderes do regime.
   Intervencionismo Econômico – economia
    controlada pelo estado.

Ex: União Soviética stalinista, Itália fascista e a
  Alemanha nazista.
ANTECEDENTES

   Após a Primeira Guerra Mundial, a Europa
    mergulhou em uma grande crise
    econômica. Esta crise afetou
    principalmente a Itália e Alemanha.
ANTECEDENTES
   O governo destes dois países não
    conseguia melhorar a situação do povo.
    Havia muita miséria e altos índices de
    desemprego entre a população.
   Surgiram, então, dois líderes, Mussolini e
    Hitler, que achavam que a democracia não
    funcionava. Segundo eles , seus países
    deveriam ter um governo forte.
ANTECEDENTES
   Impondo-se pela força, estes líderes
    implantaram regimes totalitários: o
    fascismo de Mussolini, na Itália, e o
    nazismo por Hitler, na Alemanha.
   Totalitarismo significa a presença de um
    estado forte, cujo poder central tem
    autoridade absoluta. Esta ideologia
    defende que o indivíduo deve viver em
    função do estado.
CARACTERÍSTICAS
   O nazismo e o fascismo tinham várias
    características em comum. Ambos eram
    militaristas, ou seja, acreditavam na guerra como
    fator de grandeza e prosperidade.
   Estes regimes eram nacionalistas, exaltavam
    tudo que era próprio da nação.
   Eram uni partidaristas, ou seja, admitiam a
    existência de um só partido. Para isso
    enfraqueceram o poder legislativo, controlaram a
    propaganda e a imprensa e implantaram regimes
    ditatoriais.
CARACTERÍSTICAS
   Os dois regimes promoviam o culto da
    personalidade de seus líderes e suas realizações,
    Mussolini recebeu o título de Duce e Hitler
    recebeu o título de Führer. Estes títulos tinham o
    significado de “grande chefe”.
   Ambos também eram caracterizados pelo
    anticomunismo, ou seja, desprezo pelas
    ideologias de esquerda, governos de origem
    socialistas, movimentos operários, greves e
    sindicatos.
FASCISMO

Nasceu na Itália após a Primeira guerra
  mundial, que deixou saldos negativos.
  Houve fome, aumento da inflação e
  desemprego, provocando grande agitação
  social. Nesse contexto instável, Benito
  Mussolini fundou o movimento fascista.
Mussolini afirmava que conseguiria acabar
  coma fome e desemprego, ganhando,
  portanto, o apoio do povo (maioria), greves
  e agitação dos socialistas e de revigorar a
  economia do país. Assim, Mussolini ganhou
  também o apoio dos industriais e em 1922
  conquistou o poder.
FASCISMO
   Benito Mussolini reorganizou o Partido Fascista
    Italiano e recebeu o apoio dos industriais,
    comerciantes e proprietários de terras.
   Em julho de 1922, usando de muita violência os
    fascistas conseguiram evitar uma greve geral
    decretada pelos partidos de esquerda.
   Em outubro de 1922, ocorreu a Marcha sobre
    Roma, ocasião em que milhares de fascistas,
    conhecidos como camisas-negras ocuparam a
    cidade de Roma.
FASCISMO
   Mussolini foi o primeiro-ministro italiano até
    1925. Neste mesmo ano, anunciou o
    estabelecimento de um regime autoritário
    de governo.
   A oposição foi eliminada e a Constituição
    foi reformada. Desapareceram o Senado e
    a Câmara, e Mussolini se tornou ditador
    absoluto da Itália.
NAZISMO

Após a guerra, a população alemã enfrentou grandes problemas
   de ordem social e econômica.
Mesmo com a retomada do desenvolvimento industrial, o país
   ainda tinha grande inflação e altas taxas de desemprego. A
   partir daí o capitalismo foi muito criticado por diversos setores
   do operariado. As greves e protestos contra o capitalismo,
   que se tornaram comuns, eram lideradas pelos partidos
   Comunista da Alemanha e Social-Democrata da Alemanha.
A elite alemã passou a apoiar o Partido Nazista, liderado por
   Adolf Hitler, com medo de que o socialismo se expandisse.
NAZISMO
   De 1919 a 1933, a Alemanha foi uma
    república – a República de Weimar –
    nascida com a derrota do país na Primeira
    Guerra Mundial.
   A República Weimar enfrentou enormes
    dificuldades. Apesar de reformas
    econômicas e sociais, a miséria e o
    desemprego se abateram sobre a
    Alemanha.
NAZISMO

   Neste contexto, Adolf Hitler, líder do Partido
    Nacional Socialista – ou Partido Nazista –
    organizou as bases para tomar o poder na
    Alemanha, prometendo solução para a crise.
   Em 1933, Hitler foi nomeado chanceler. No
    mesmo ano, tornou-se ditador absoluto na
    Alemanha e adotou, como símbolo do partido, a
    bandeira vermelha com um círculo branco e cruz
    gamada, chamada de suástica.
HOLOCAUSTO
   Até o fim do regime nazista na Alemanha,
    aproximadamente 5 milhões de judeus
    foram exterminados. Este grande massacre
    é conhecido como holocausto.
   A doutrina anti-semita, pregada pelos
    nazistas, encontrou um terreno fértil em
    grande parte da população alemã. Os
    judeus eram responsabilizados pelos
    problemas da Alemanha.
NAZISMO

   Para que os judeus fossem destruídos em
    escala tão grande, foi montada uma
    enorme máquina de extermínio.
   No início o extermínio dos judeus era
    isolados em bairros chamados de guetos.
   Depois passaram a ser mandados para
    campos de concentração.
NAZISMO


   Os planos de expansão territorial de Hitler,
    além de suas atitudes autoritárias e
    racistas, foram fatores determinantes para
    o início da Segunda Guerra Mundia.
BIBLIOGRAFIA


   www.historiadigital.org
   http://resumoescola.blogspot.com.br
   www.google.com.br

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Descolonização da áfrica e ásia
Descolonização da áfrica e ásiaDescolonização da áfrica e ásia
Descolonização da áfrica e ásiaIsaquel Silva
 
Imperialismo - Neocolonialismo - Partilha da África e da Ásia
Imperialismo - Neocolonialismo - Partilha da África e da ÁsiaImperialismo - Neocolonialismo - Partilha da África e da Ásia
Imperialismo - Neocolonialismo - Partilha da África e da ÁsiaPortal do Vestibulando
 
Brasil Pré-Cabralino
Brasil Pré-CabralinoBrasil Pré-Cabralino
Brasil Pré-Cabralinoeiprofessor
 
Era Vargas – 1937-1945 – O Estado Novo
Era Vargas – 1937-1945 – O Estado Novo Era Vargas – 1937-1945 – O Estado Novo
Era Vargas – 1937-1945 – O Estado Novo Valéria Shoujofan
 
Imperialismo, Belle Époque e Primeira Guerra Mundial
Imperialismo, Belle Époque e Primeira Guerra MundialImperialismo, Belle Époque e Primeira Guerra Mundial
Imperialismo, Belle Époque e Primeira Guerra MundialDouglas Barraqui
 
Imperialismo e Neocolonialismo
Imperialismo e NeocolonialismoImperialismo e Neocolonialismo
Imperialismo e Neocolonialismoisameucci
 
Segundo reinado (1840 1889)
Segundo reinado (1840 1889)Segundo reinado (1840 1889)
Segundo reinado (1840 1889)Isaquel Silva
 
O absolutismo e a formação do estado moderno
O absolutismo e a formação do estado modernoO absolutismo e a formação do estado moderno
O absolutismo e a formação do estado modernoRamiro Bicca
 

Mais procurados (20)

Descolonização da áfrica e ásia
Descolonização da áfrica e ásiaDescolonização da áfrica e ásia
Descolonização da áfrica e ásia
 
Revolução chinesa
Revolução chinesaRevolução chinesa
Revolução chinesa
 
Imperialismo - Neocolonialismo - Partilha da África e da Ásia
Imperialismo - Neocolonialismo - Partilha da África e da ÁsiaImperialismo - Neocolonialismo - Partilha da África e da Ásia
Imperialismo - Neocolonialismo - Partilha da África e da Ásia
 
Brasil Pré-Cabralino
Brasil Pré-CabralinoBrasil Pré-Cabralino
Brasil Pré-Cabralino
 
O Nazismo
O NazismoO Nazismo
O Nazismo
 
Era Vargas – 1937-1945 – O Estado Novo
Era Vargas – 1937-1945 – O Estado Novo Era Vargas – 1937-1945 – O Estado Novo
Era Vargas – 1937-1945 – O Estado Novo
 
Crise de 1929
Crise de 1929Crise de 1929
Crise de 1929
 
Imperialismo, Belle Époque e Primeira Guerra Mundial
Imperialismo, Belle Époque e Primeira Guerra MundialImperialismo, Belle Époque e Primeira Guerra Mundial
Imperialismo, Belle Époque e Primeira Guerra Mundial
 
Imperialismo
ImperialismoImperialismo
Imperialismo
 
Independência dos EUA
Independência dos EUAIndependência dos EUA
Independência dos EUA
 
Imperialismo e Neocolonialismo
Imperialismo e NeocolonialismoImperialismo e Neocolonialismo
Imperialismo e Neocolonialismo
 
Colonização da América
Colonização da AméricaColonização da América
Colonização da América
 
Segundo reinado (1840 1889)
Segundo reinado (1840 1889)Segundo reinado (1840 1889)
Segundo reinado (1840 1889)
 
Segunda Guerra Mundial
Segunda Guerra MundialSegunda Guerra Mundial
Segunda Guerra Mundial
 
Nazifascismo
NazifascismoNazifascismo
Nazifascismo
 
Totalitarismo
TotalitarismoTotalitarismo
Totalitarismo
 
Nazifascismo
NazifascismoNazifascismo
Nazifascismo
 
O absolutismo e a formação do estado moderno
O absolutismo e a formação do estado modernoO absolutismo e a formação do estado moderno
O absolutismo e a formação do estado moderno
 
Imperialismo
ImperialismoImperialismo
Imperialismo
 
Primeiro reinado
Primeiro reinadoPrimeiro reinado
Primeiro reinado
 

Semelhante a Regimes totalitários (20)

Regimes totalitários
Regimes totalitáriosRegimes totalitários
Regimes totalitários
 
Totalitarios
TotalitariosTotalitarios
Totalitarios
 
Slide totalitarismo
Slide totalitarismoSlide totalitarismo
Slide totalitarismo
 
Nazismo
NazismoNazismo
Nazismo
 
Regimes totalitários
Regimes totalitáriosRegimes totalitários
Regimes totalitários
 
Slide nazismo
Slide nazismoSlide nazismo
Slide nazismo
 
Nazismo
NazismoNazismo
Nazismo
 
Roteiro de Aula - Fascismo e Nazismo
Roteiro de Aula - Fascismo e NazismoRoteiro de Aula - Fascismo e Nazismo
Roteiro de Aula - Fascismo e Nazismo
 
Totalitarismo
TotalitarismoTotalitarismo
Totalitarismo
 
Governos totalitários
Governos totalitáriosGovernos totalitários
Governos totalitários
 
Estados Totalitários (anti-liberais)
Estados Totalitários (anti-liberais)Estados Totalitários (anti-liberais)
Estados Totalitários (anti-liberais)
 
Aula 19 totalitarismo
Aula 19   totalitarismoAula 19   totalitarismo
Aula 19 totalitarismo
 
Os Regimes Fascista e Nazi
Os Regimes Fascista e NaziOs Regimes Fascista e Nazi
Os Regimes Fascista e Nazi
 
Osregimesfascistaenazi 100213195928-phpapp02
Osregimesfascistaenazi 100213195928-phpapp02Osregimesfascistaenazi 100213195928-phpapp02
Osregimesfascistaenazi 100213195928-phpapp02
 
Nazifascismo
NazifascismoNazifascismo
Nazifascismo
 
Os regimes totalitários na europa
Os regimes totalitários na europaOs regimes totalitários na europa
Os regimes totalitários na europa
 
21a
21a21a
21a
 
21a
21a21a
21a
 
Regimes Totalitários
Regimes TotalitáriosRegimes Totalitários
Regimes Totalitários
 
Regimes Totalitários
Regimes TotalitáriosRegimes Totalitários
Regimes Totalitários
 

Mais de Joana Melazzo

Mais de Joana Melazzo (7)

Naif
NaifNaif
Naif
 
Literatura infantil
Literatura infantilLiteratura infantil
Literatura infantil
 
Vincent Van Gogh
Vincent Van GoghVincent Van Gogh
Vincent Van Gogh
 
Carta da terra
Carta da terraCarta da terra
Carta da terra
 
Revolução francesa
Revolução francesaRevolução francesa
Revolução francesa
 
1929
19291929
1929
 
Proerd 2012
Proerd 2012Proerd 2012
Proerd 2012
 

Último

APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVASAPRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVASricardo644666
 
Missa catequese para o dia da mãe 2025.pdf
Missa catequese para o dia da mãe 2025.pdfMissa catequese para o dia da mãe 2025.pdf
Missa catequese para o dia da mãe 2025.pdfFbioFerreira207918
 
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - materialFUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - materialDouglasVasconcelosMa
 
Quando a escola é de vidro, de Ruth Rocha
Quando a escola é de vidro, de Ruth RochaQuando a escola é de vidro, de Ruth Rocha
Quando a escola é de vidro, de Ruth RochaREGIANELAURALOUREIRO1
 
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São PauloCurrículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Pauloririg29454
 
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)Centro Jacques Delors
 
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...Eró Cunha
 
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdf
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdfMESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdf
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdfprofesfrancleite
 
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentesMaio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentesMary Alvarenga
 
São Damião, missionário entre os leprosos de Molokai, Havaí.pptx
São Damião, missionário entre os leprosos de Molokai, Havaí.pptxSão Damião, missionário entre os leprosos de Molokai, Havaí.pptx
São Damião, missionário entre os leprosos de Molokai, Havaí.pptxMartin M Flynn
 
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdfUFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdfManuais Formação
 
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autoresModelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autoresAna Isabel Correia
 
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxSequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxCarolineWaitman
 
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...marioeugenio8
 
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptxSlides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSFormação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSPedroMatos469278
 
Apresentação | Símbolos e Valores da União Europeia
Apresentação | Símbolos e Valores da União EuropeiaApresentação | Símbolos e Valores da União Europeia
Apresentação | Símbolos e Valores da União EuropeiaCentro Jacques Delors
 
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco LeiteReligiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leiteprofesfrancleite
 

Último (20)

APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVASAPRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
 
Missa catequese para o dia da mãe 2025.pdf
Missa catequese para o dia da mãe 2025.pdfMissa catequese para o dia da mãe 2025.pdf
Missa catequese para o dia da mãe 2025.pdf
 
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - materialFUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
 
Quando a escola é de vidro, de Ruth Rocha
Quando a escola é de vidro, de Ruth RochaQuando a escola é de vidro, de Ruth Rocha
Quando a escola é de vidro, de Ruth Rocha
 
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São PauloCurrículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
 
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
 
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
 
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdf
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdfMESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdf
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdf
 
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentesMaio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
 
Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.
 
662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica
 
São Damião, missionário entre os leprosos de Molokai, Havaí.pptx
São Damião, missionário entre os leprosos de Molokai, Havaí.pptxSão Damião, missionário entre os leprosos de Molokai, Havaí.pptx
São Damião, missionário entre os leprosos de Molokai, Havaí.pptx
 
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdfUFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
 
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autoresModelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
 
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxSequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
 
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
 
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptxSlides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
 
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSFormação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
 
Apresentação | Símbolos e Valores da União Europeia
Apresentação | Símbolos e Valores da União EuropeiaApresentação | Símbolos e Valores da União Europeia
Apresentação | Símbolos e Valores da União Europeia
 
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco LeiteReligiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
 

Regimes totalitários

  • 1. REGIMES TOTALITÁRIOS Um regime totalitário é marcado por um Estado forte, absoluto e que domina todos os setores da sociedade.
  • 2. CARACTERÍSTICAS GERAIS  Partido Único – conduzido por um líder autoritário  Ideologia Oficial – existência de uma ideologia de estado que deve ser seguida por todos os cidadãos  Estado Policial – controle da sociedade por órgãos de repressão política (polícia, exército etc.) e eliminação de oposições, censura dos meios de comunicação, intimidação (terror) física e psicológica.
  • 3. CARACTERÍSTICAS GERAIS  Propaganda Estatal – propaganda vigorosa divulgando a ideologia do estado e promovendo o culto aos líderes do regime.  Intervencionismo Econômico – economia controlada pelo estado. Ex: União Soviética stalinista, Itália fascista e a Alemanha nazista.
  • 4. ANTECEDENTES  Após a Primeira Guerra Mundial, a Europa mergulhou em uma grande crise econômica. Esta crise afetou principalmente a Itália e Alemanha.
  • 5. ANTECEDENTES  O governo destes dois países não conseguia melhorar a situação do povo. Havia muita miséria e altos índices de desemprego entre a população.  Surgiram, então, dois líderes, Mussolini e Hitler, que achavam que a democracia não funcionava. Segundo eles , seus países deveriam ter um governo forte.
  • 6. ANTECEDENTES  Impondo-se pela força, estes líderes implantaram regimes totalitários: o fascismo de Mussolini, na Itália, e o nazismo por Hitler, na Alemanha.  Totalitarismo significa a presença de um estado forte, cujo poder central tem autoridade absoluta. Esta ideologia defende que o indivíduo deve viver em função do estado.
  • 7. CARACTERÍSTICAS  O nazismo e o fascismo tinham várias características em comum. Ambos eram militaristas, ou seja, acreditavam na guerra como fator de grandeza e prosperidade.  Estes regimes eram nacionalistas, exaltavam tudo que era próprio da nação.  Eram uni partidaristas, ou seja, admitiam a existência de um só partido. Para isso enfraqueceram o poder legislativo, controlaram a propaganda e a imprensa e implantaram regimes ditatoriais.
  • 8. CARACTERÍSTICAS  Os dois regimes promoviam o culto da personalidade de seus líderes e suas realizações, Mussolini recebeu o título de Duce e Hitler recebeu o título de Führer. Estes títulos tinham o significado de “grande chefe”.  Ambos também eram caracterizados pelo anticomunismo, ou seja, desprezo pelas ideologias de esquerda, governos de origem socialistas, movimentos operários, greves e sindicatos.
  • 9. FASCISMO Nasceu na Itália após a Primeira guerra mundial, que deixou saldos negativos. Houve fome, aumento da inflação e desemprego, provocando grande agitação social. Nesse contexto instável, Benito Mussolini fundou o movimento fascista. Mussolini afirmava que conseguiria acabar coma fome e desemprego, ganhando, portanto, o apoio do povo (maioria), greves e agitação dos socialistas e de revigorar a economia do país. Assim, Mussolini ganhou também o apoio dos industriais e em 1922 conquistou o poder.
  • 10. FASCISMO  Benito Mussolini reorganizou o Partido Fascista Italiano e recebeu o apoio dos industriais, comerciantes e proprietários de terras.  Em julho de 1922, usando de muita violência os fascistas conseguiram evitar uma greve geral decretada pelos partidos de esquerda.  Em outubro de 1922, ocorreu a Marcha sobre Roma, ocasião em que milhares de fascistas, conhecidos como camisas-negras ocuparam a cidade de Roma.
  • 11. FASCISMO  Mussolini foi o primeiro-ministro italiano até 1925. Neste mesmo ano, anunciou o estabelecimento de um regime autoritário de governo.  A oposição foi eliminada e a Constituição foi reformada. Desapareceram o Senado e a Câmara, e Mussolini se tornou ditador absoluto da Itália.
  • 12. NAZISMO Após a guerra, a população alemã enfrentou grandes problemas de ordem social e econômica. Mesmo com a retomada do desenvolvimento industrial, o país ainda tinha grande inflação e altas taxas de desemprego. A partir daí o capitalismo foi muito criticado por diversos setores do operariado. As greves e protestos contra o capitalismo, que se tornaram comuns, eram lideradas pelos partidos Comunista da Alemanha e Social-Democrata da Alemanha. A elite alemã passou a apoiar o Partido Nazista, liderado por Adolf Hitler, com medo de que o socialismo se expandisse.
  • 13. NAZISMO  De 1919 a 1933, a Alemanha foi uma república – a República de Weimar – nascida com a derrota do país na Primeira Guerra Mundial.  A República Weimar enfrentou enormes dificuldades. Apesar de reformas econômicas e sociais, a miséria e o desemprego se abateram sobre a Alemanha.
  • 14. NAZISMO  Neste contexto, Adolf Hitler, líder do Partido Nacional Socialista – ou Partido Nazista – organizou as bases para tomar o poder na Alemanha, prometendo solução para a crise.  Em 1933, Hitler foi nomeado chanceler. No mesmo ano, tornou-se ditador absoluto na Alemanha e adotou, como símbolo do partido, a bandeira vermelha com um círculo branco e cruz gamada, chamada de suástica.
  • 15. HOLOCAUSTO  Até o fim do regime nazista na Alemanha, aproximadamente 5 milhões de judeus foram exterminados. Este grande massacre é conhecido como holocausto.  A doutrina anti-semita, pregada pelos nazistas, encontrou um terreno fértil em grande parte da população alemã. Os judeus eram responsabilizados pelos problemas da Alemanha.
  • 16. NAZISMO  Para que os judeus fossem destruídos em escala tão grande, foi montada uma enorme máquina de extermínio.  No início o extermínio dos judeus era isolados em bairros chamados de guetos.  Depois passaram a ser mandados para campos de concentração.
  • 17. NAZISMO  Os planos de expansão territorial de Hitler, além de suas atitudes autoritárias e racistas, foram fatores determinantes para o início da Segunda Guerra Mundia.
  • 18. BIBLIOGRAFIA  www.historiadigital.org  http://resumoescola.blogspot.com.br  www.google.com.br