Trabalho

927 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
927
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
23
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Trabalho

  1. 1. UNESCELETRO NEGATIVIDADE 1º Período de Farmácia
  2. 2. 1. A TABELA PERIÓDICA DOS ELEMENTOS
  3. 3. 1. A TABELA PERIÓDICA DOS ELEMENTOS Em 1869, Mendeleev (1834 - 1907) anotou as propriedades de cada um dos 63 elementos conhecidos na época em 63 cartões diferentes. Ao tentar organizar esses cartões de maneiras diferentes, percebeu que, com pouquíssimas exceções, as propriedades dos elementos se repetiam de maneira periódica quanto os elementos eram colocados em ordem crescente de massas atômicas.
  4. 4. 1. A TABELA PERIÓDICA DOS ELEMENTOS Em 1913, Moseley (1887 - 1915) verificou que as propriedades dos elementos estavam relacionadas a seus números atômicos e agora na tabela periódica atual existem 7 períodos e 18 grupos ou famílias.
  5. 5. PROPRIEDADES PERIÓDICAS São aquelas que, à medida que o número atômico aumenta, assumem valores crescentes ou decrescentes em cada período, ou seja, repetem-se periodicamente.
  6. 6. 2. PROPRIEDADES PERIÓDICAS RAIO ATÔMICO ENERGIA DE IONIZAÇÃO AFINIDADE ELETRÔNICA ELETROPOSITIVIDADE ELETRONEGATIVIDADE
  7. 7. 2.1 RAIO ATÔMICO É a distância que vai do núcleo do átomo até o seu elétron mais externo.
  8. 8. 2.2 ENERGIA (OU POTENCIAL) DE IONIZAÇÃO É a energia necessária para remover um ou mais elétrons de um átomo isolado no estado gasoso. X (g) + Energia → X+(g) + e-
  9. 9. 2.3 AFINIDADE ELETRÔNICA OU ELETROAFINIDADE É a energia liberada quando um átomo isolado, no estado gasoso,“captura” um elétron. X (g) + e- → X-(g) + Energia
  10. 10. 2.4 ELETRONEGATIVIDADE A força de atração exercida sobre os elétrons de uma ligação.
  11. 11. 2.5 ELETROPOSITIVIDADE CARÁTER METÁLICO: Propriedade periódica associada à reatividade química.
  12. 12. 3. ELETRONEGATIVIDADE A força de atração exercida sobre os elétrons de uma ligação.
  13. 13. 3. ELETRONEGATIVIDADE Na ligação iônica os átomos ligantes apresentam uma grande diferença de eletronegatividade , isto é, um é METAL e o outro AMETAL
  14. 14. 3. ELETRONEGATIVIDADE Na ligação covatente os átomos ligantes apresentam uma igualdade de eletronegatividade , isto é, um é Hidrogenio e o outro AMETAL
  15. 15. 3. ELETRONEGATIVIDADEEletronegatividade é a capacidade que umátomo tem, de atrair elétrons de outro átomoquando os dois formam uma ligaçãoquímica. Assim, um átomo que, quandoisolado, possui grande potencial de ionização egrande afinidade eletrônica tambémapresentará, quando ligado a outro átomo,grande atração por elétrons, ou seja, terá umaalta eletronegatividade.
  16. 16. 3. ELETRONEGATIVIDADE Os elementos mais eletronegativos são os halogênios especialmente o flúor, de eletronegatividade igual a (4,0), o oxigênio e o nitrogênio.
  17. 17. 3. ELETRONEGATIVIDADE Os elementos da coluna B da Tabela Periódica têm eletronegatividades que variam de 1,2 a 2,4. Para finalizar dizemos que a medida da polaridade das ligações (e das moléculas) é feita pelo chamado momento dipolar, que é o produto do módulo da carga parcial
  18. 18. 3. ELETRONEGATIVIDADEQuanto maior o raio atômico menor será aeletronegatividade, porque ela aumenta navertical de baixo para cima e na horizontal daesquerda para a direita.
  19. 19. 3. ELETRONEGATIVIDADE H BCNOF Cl Br I Fr
  20. 20. 3. ELETRONEGATIVIDADE Menor eletronegatividade Maior eletronegatividadeValores grandes de eletronegatividade indicam tendência dereceber elétrons.
  21. 21. 3. ELETRONEGATIVIDADE
  22. 22. 3. ELETRONEGATIVIDADEEntão em uma ligação covalente o parde elétrons é compartilhado entre doisátomos. Isto significa que o par ésimultaneamente atraído para onúcleo por ambos os átomos,
  23. 23. 3. ELETRONEGATIVIDADE Esta atração é exercida por um átomo sobre o par de elétrons na sua camada de valência depende da carga nuclear efetiva (a carga nuclear menos o efeito da blindagem das camadas internas) e da distância entre os núcleos e da camada de valência.
  24. 24. 4. PERIODICIDADE E ELETRONEGATIVIDADE Comparativamente à afinidade eletrônica, a eletronegatividade mostra pelos mesmos motivos, um melhor comportamento periódico. A eletronegatividade tende a crescer da esquerda para a direita através de um período na tabela periódica devido ao aumento da carga nuclear.
  25. 25. 5. ELETRONEGATIVIDADE E TIPOS DE LIGAÇÕES Átomos idênticos possuem a mesma eletronegatividade. Os dois núcleos atraem igualmente o par, portanto a distribuição de cargas nas moléculas simétrica, Uma vez que cada lado da molécula é eletrostaticamente igual ao outro, ela é denominada não-polar.
  26. 26. Essa atração é induzidas pela eletronegatividade. Acetato de Benzila
  27. 27. Fim!!!!!!!!!!!!!!!

×