SlideShare uma empresa Scribd logo

Especialidade de Citologia - Clube de Desbravadores

Pedro Henrique Araújo
Pedro Henrique Araújo
Pedro Henrique AraújoAcadêmico em Nutrição

Matéria resumida para estudo da Especialidade de Citologia, de acordo com os requisitos definidos pelo Manual de Especialidades do Clube de Desbravadores para a DSA - Ed. 2012

Especialidade de Citologia - Clube de Desbravadores

1 de 3
Baixar para ler offline
Especialidade de Citologia
1. Quais as 3 partes de uma célula eucarionte? Cite algumas funções delas.
Membrana plasmática, responsável pela seleção de entrada e saida de compstos do citoplasma.
Citoplasma, meio onde ocorre as reações bioquímicas da celula e onde se encontram as organelas.
Núcleo, responsável pela proteção, transmissão e armazenamento do material genético.
2. O que é uma célula procarionte?
É uma célula mais primitiva, que não apresenta carioteca.
3. Cite 3 diferenças entre uma célula animal e uma célula vegetal.
Os plastos (Cloroplastos, Cromoplastos ou Leucoplastos) são responsáveis por armazenamento de e
produção de energia através da fotossíntese. Os Vacúolos, são responsáveis pelo equilíbrio osmótico
ou reserva de substancias.
4. O que são células-tronco? Qual sua importância?
As células-tronco ou células estaminais são células que ainda não passaram pelo processo de
diferenciação celular, possuem a capacidade de se dividir, dando origem a duas células semelhantes
às originais, e podem se diferenciar e especializar em diversos tipos celulares. Devido a essa
característica, as células-tronco são importantes, principalmente na aplicação terapêutica, sendo
potencialmente úteis em terapias de combate a doenças cardiovasculares, neurodegenerativas,
Diabetes mellitus tipo 1, acidentes vasculares cerebrais, doenças hematológicas, traumas na medula
espinhal e nefropatias.
5. Cite 3 funções da membrana plasmática.
Permeabilidade seletiva, revestimento e proteção.
6. Explique as seguintes formas de permeabilidade seletiva: osmose e difusão.
Osmose é o transporte de solvente de um meio muito solvido para um meio onde há muita
concentração de soluto. Difusão é o transporte de soluto de um meio mais concetrado para um meio
menos concentrado, pode ocorrer por, basicamente duas formas: difusão simples e difusão
facilitada.
7. Explique as seguintes formas de permeabilidade não seletiva: fagocitose e pinocitose.
No caso da pinocitose, as vesículas são de pequenas dimensões e a célula ingere moléculas solúveis
que, de outro modo, teriam dificuldades em penetrar a membrana. O mecanismo pinocítico envolve
gasto de energia e é muito seletivo para certas substâncias, como os sais, aminoácidos e certas
proteínas, todas elas solúveis em água.
Este processo é muito semelhante à pinocitose, sendo a única diferença o fato de o material
envolvido pela membrana não estar diluído. Enquanto que a pinocitose é um processo comum a
quase todas as células eucarióticas, muitas das células pertencentes a organismos multicelulares não
efetuam fagocitose, sendo esta efetuada por células específicas. Os glóbulos brancos utilizam este
processo para envolver materiais estranhos como bactérias ou até células danificadas. Dentro da
célula fagocítica, enzimas citoplasmáticas são secretadas para a vesícula e degradam o material até
este ficar com uma forma inofensiva.
8. O que é transporte ativo e transporte passivo?
Ativo – exige gasto de ATP / Passivo – Não há gasto de ATP
9. Quais as 4 partes de um núcleo celular? Qual a importância de cada um?
Carioteca, permite que o conteúdo nuclear seja quimicamente diferenciado do meio citoplasmático,
assim, somente as moléculas apolares menores têm livre passagem, por difusão, pelas membranas
lipoproteicas da carioteca. Cromatina, proteína que atua na condensação dos cromossomos.
Nucleoplasma, é uma substância ligeiramente acidófila que proporciona ao núcleo a sua
consistência e é constituída principalmente por proteínas. Nucléolo, tem por função a organização
dos ribossomos; quanto maior o seu número e tamanho, maior é a síntese proteica da célula.
10.Cite as funções das seguintes organelas citoplasmáticas:
a) Mitocôndria - produzir energia (ATP) a partir de processos metabólicos.
b) Centríolo - atuam no processo de divisão celular e também estão ligados à
organização do citoesqueleto e aos movimentos de flagelos e cílios.
c) Complexo de Golgi - É a organela responsável pela secreção celular.
d) Reticulo Endoplasmático Rugoso - é responsável pela síntese proteica, mas a
maioria das proteínas será secretada.
e) Reticulo Endoplasmático Liso - destaca-se a síntese de lipídeos como fosfolipídeos,
óleos e esteroides (incluindo os hormônios sexuais estrogênio e testosterona).
f) Lisossomo - são as responsáveis pela digestão intracelular e a sua produção excessiva
pode destruir uma célula por autodigestão.
g) Ribossomo - São formados a partir do RNA ribossômico e são responsáveis pela
produção de proteínas.
h) Peroxissomo - Estas organelas são bolsas membranosas que contêm alguns tipos de
enzimas digestivas e, além das enzimas que degradam gorduras e aminoácidos, eles
possuem grande quantidade da enzima denominada catalase.
11.Qual a importância dos cílios e flagelos?
Os cílios e os flagelos são estruturas citoplasmáticas anexas à membrana plasmática das células,
tendo origem a partir do prolongamento dos centríolos, constituídos de proteínas motoras (dineínas)
formando um conjunto de microtúbulos. A função desempenhada pelos cílios e flagelos é
basicamente locomotora
12.Identificar, por meio de fotos ou desenhos, 5 diferentes tipos de células (como muscular,
óssea, cartilaginosa, adiposa, leucócito, hemácia, neurónio, etc.).

Recomendados

Sistema de transfêrencia de energia para o corpo aula 4
Sistema de transfêrencia de energia para o corpo aula 4Sistema de transfêrencia de energia para o corpo aula 4
Sistema de transfêrencia de energia para o corpo aula 4Clovis Gurski
 
Anatomia corpo humano parte 6
Anatomia corpo humano parte 6Anatomia corpo humano parte 6
Anatomia corpo humano parte 6Alexandre Donha
 
ATIVIDADES FÍSICAS E EXERCÍCIOS FÍSICOS PARA PESSOAS COM HAS E DM2
ATIVIDADES FÍSICAS E EXERCÍCIOS FÍSICOS PARA PESSOAS COM HAS E DM2ATIVIDADES FÍSICAS E EXERCÍCIOS FÍSICOS PARA PESSOAS COM HAS E DM2
ATIVIDADES FÍSICAS E EXERCÍCIOS FÍSICOS PARA PESSOAS COM HAS E DM2jorge luiz dos santos de souza
 
Aula RESPIRAÇÃO CELULAR
Aula RESPIRAÇÃO CELULARAula RESPIRAÇÃO CELULAR
Aula RESPIRAÇÃO CELULARMARCIAMP
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Nh aula 4 - metabolismo integrado fisiopatológico
Nh   aula 4 - metabolismo integrado fisiopatológicoNh   aula 4 - metabolismo integrado fisiopatológico
Nh aula 4 - metabolismo integrado fisiopatológicoEric Liberato
 
Aula água e sais minerais
Aula água e sais mineraisAula água e sais minerais
Aula água e sais mineraisLucas Roberto
 
Digestão e absorção de carboidratos
Digestão e absorção de carboidratosDigestão e absorção de carboidratos
Digestão e absorção de carboidratosLinique Logan
 
Os solos e seus usos - Aulas 6 e 7 Geografia 2º Ano
Os solos e seus usos - Aulas 6 e 7 Geografia  2º AnoOs solos e seus usos - Aulas 6 e 7 Geografia  2º Ano
Os solos e seus usos - Aulas 6 e 7 Geografia 2º AnoFellipe Prado
 
10 passos alimentação saudável - Cozinha Escola
10 passos alimentação saudável - Cozinha Escola 10 passos alimentação saudável - Cozinha Escola
10 passos alimentação saudável - Cozinha Escola grupo1unb
 
Gestão Ambiental 03 - a sustentabilidade no microambiente
Gestão Ambiental 03 -  a sustentabilidade no microambienteGestão Ambiental 03 -  a sustentabilidade no microambiente
Gestão Ambiental 03 - a sustentabilidade no microambienteMilton Henrique do Couto Neto
 
A origem da vida 1º ano
A origem da vida   1º anoA origem da vida   1º ano
A origem da vida 1º anocamaceio
 
Questoes de revisao biologia abertas 1
Questoes de revisao biologia abertas 1Questoes de revisao biologia abertas 1
Questoes de revisao biologia abertas 1Fabio Magalhães
 
Exercicios e-postura
Exercicios e-posturaExercicios e-postura
Exercicios e-posturaTatiana Lage
 
Biologia Coc
Biologia CocBiologia Coc
Biologia CocCoc2010
 
Fisiologia do movimento humano
Fisiologia do movimento humanoFisiologia do movimento humano
Fisiologia do movimento humanoAlexandra Nurhan
 
Lista de exercícios 3
Lista de exercícios   3Lista de exercícios   3
Lista de exercícios 3137jackson
 
Exercicios.terapeuticos joelho
Exercicios.terapeuticos joelhoExercicios.terapeuticos joelho
Exercicios.terapeuticos joelhoFisioterapeuta
 
fisioterapia preventiva nos 3 níveis de atenção a saúde publica
fisioterapia preventiva nos 3 níveis de atenção a saúde publicafisioterapia preventiva nos 3 níveis de atenção a saúde publica
fisioterapia preventiva nos 3 níveis de atenção a saúde publicaDelainy Batista
 
Recursos ergogênicos em educação física
Recursos ergogênicos em educação físicaRecursos ergogênicos em educação física
Recursos ergogênicos em educação físicawashington carlos vieira
 
Células-tronco derivadas de tecido adiposo: isolamento, cultivo in vitro e pe...
Células-tronco derivadas de tecido adiposo: isolamento, cultivo in vitro e pe...Células-tronco derivadas de tecido adiposo: isolamento, cultivo in vitro e pe...
Células-tronco derivadas de tecido adiposo: isolamento, cultivo in vitro e pe...MAIQUELE SANTANA
 

Mais procurados (20)

Nh aula 4 - metabolismo integrado fisiopatológico
Nh   aula 4 - metabolismo integrado fisiopatológicoNh   aula 4 - metabolismo integrado fisiopatológico
Nh aula 4 - metabolismo integrado fisiopatológico
 
Aula água e sais minerais
Aula água e sais mineraisAula água e sais minerais
Aula água e sais minerais
 
Digestão e absorção de carboidratos
Digestão e absorção de carboidratosDigestão e absorção de carboidratos
Digestão e absorção de carboidratos
 
Os solos e seus usos - Aulas 6 e 7 Geografia 2º Ano
Os solos e seus usos - Aulas 6 e 7 Geografia  2º AnoOs solos e seus usos - Aulas 6 e 7 Geografia  2º Ano
Os solos e seus usos - Aulas 6 e 7 Geografia 2º Ano
 
10 passos alimentação saudável - Cozinha Escola
10 passos alimentação saudável - Cozinha Escola 10 passos alimentação saudável - Cozinha Escola
10 passos alimentação saudável - Cozinha Escola
 
Gestão Ambiental 03 - a sustentabilidade no microambiente
Gestão Ambiental 03 -  a sustentabilidade no microambienteGestão Ambiental 03 -  a sustentabilidade no microambiente
Gestão Ambiental 03 - a sustentabilidade no microambiente
 
A origem da vida 1º ano
A origem da vida   1º anoA origem da vida   1º ano
A origem da vida 1º ano
 
Questoes de revisao biologia abertas 1
Questoes de revisao biologia abertas 1Questoes de revisao biologia abertas 1
Questoes de revisao biologia abertas 1
 
Exercicios e-postura
Exercicios e-posturaExercicios e-postura
Exercicios e-postura
 
Biologia Coc
Biologia CocBiologia Coc
Biologia Coc
 
Bioenergética
BioenergéticaBioenergética
Bioenergética
 
Fisiologia do movimento humano
Fisiologia do movimento humanoFisiologia do movimento humano
Fisiologia do movimento humano
 
Lista de exercícios 3
Lista de exercícios   3Lista de exercícios   3
Lista de exercícios 3
 
Exercicios.terapeuticos joelho
Exercicios.terapeuticos joelhoExercicios.terapeuticos joelho
Exercicios.terapeuticos joelho
 
Transporte de membrana
Transporte de membranaTransporte de membrana
Transporte de membrana
 
fisioterapia preventiva nos 3 níveis de atenção a saúde publica
fisioterapia preventiva nos 3 níveis de atenção a saúde publicafisioterapia preventiva nos 3 níveis de atenção a saúde publica
fisioterapia preventiva nos 3 níveis de atenção a saúde publica
 
Revista escoliose
Revista escolioseRevista escoliose
Revista escoliose
 
Recursos ergogênicos em educação física
Recursos ergogênicos em educação físicaRecursos ergogênicos em educação física
Recursos ergogênicos em educação física
 
Sistema urinario
Sistema urinarioSistema urinario
Sistema urinario
 
Células-tronco derivadas de tecido adiposo: isolamento, cultivo in vitro e pe...
Células-tronco derivadas de tecido adiposo: isolamento, cultivo in vitro e pe...Células-tronco derivadas de tecido adiposo: isolamento, cultivo in vitro e pe...
Células-tronco derivadas de tecido adiposo: isolamento, cultivo in vitro e pe...
 

Semelhante a Especialidade de Citologia - Clube de Desbravadores

Semelhante a Especialidade de Citologia - Clube de Desbravadores (20)

Célula 2
Célula 2Célula 2
Célula 2
 
Organelas
OrganelasOrganelas
Organelas
 
Biologia 1-6
Biologia  1-6Biologia  1-6
Biologia 1-6
 
Resumão Citologia
Resumão CitologiaResumão Citologia
Resumão Citologia
 
Orgânulos do citoplasma
Orgânulos do citoplasmaOrgânulos do citoplasma
Orgânulos do citoplasma
 
Biologia celular
Biologia celularBiologia celular
Biologia celular
 
Explicação da Célula Vegetal
Explicação da Célula Vegetal Explicação da Célula Vegetal
Explicação da Célula Vegetal
 
Aula 06 citoplasma
Aula 06   citoplasmaAula 06   citoplasma
Aula 06 citoplasma
 
Poster STC José Lacerda
Poster STC José LacerdaPoster STC José Lacerda
Poster STC José Lacerda
 
Poster STC José Lacerda
Poster STC José LacerdaPoster STC José Lacerda
Poster STC José Lacerda
 
Resumo - Organelas
Resumo - OrganelasResumo - Organelas
Resumo - Organelas
 
Biologia Celular
Biologia CelularBiologia Celular
Biologia Celular
 
Citologia
CitologiaCitologia
Citologia
 
Bio Celular
Bio CelularBio Celular
Bio Celular
 
ORGANELAS CITOPLASMATICAS
ORGANELAS CITOPLASMATICASORGANELAS CITOPLASMATICAS
ORGANELAS CITOPLASMATICAS
 
Biologia Celular – Aula I.pptx
Biologia Celular – Aula I.pptxBiologia Celular – Aula I.pptx
Biologia Celular – Aula I.pptx
 
Citoplasma unidade 6
Citoplasma unidade 6Citoplasma unidade 6
Citoplasma unidade 6
 
Biologia celular
Biologia celularBiologia celular
Biologia celular
 
Biologia celular
Biologia celularBiologia celular
Biologia celular
 
Celula
CelulaCelula
Celula
 

Mais de Pedro Henrique Araújo

Prova da Especialidade de Morcegos (EN 059) - Clube de Desbravadores
Prova da Especialidade de Morcegos (EN 059) - Clube de DesbravadoresProva da Especialidade de Morcegos (EN 059) - Clube de Desbravadores
Prova da Especialidade de Morcegos (EN 059) - Clube de DesbravadoresPedro Henrique Araújo
 
Especialidade de Hereditariedade - Clube de Desbravadores
Especialidade de Hereditariedade - Clube de DesbravadoresEspecialidade de Hereditariedade - Clube de Desbravadores
Especialidade de Hereditariedade - Clube de DesbravadoresPedro Henrique Araújo
 
Relatório de Visitação dos Conselheiros
Relatório de Visitação dos ConselheirosRelatório de Visitação dos Conselheiros
Relatório de Visitação dos ConselheirosPedro Henrique Araújo
 
Comunicado aos Pais / Responsáveis - Desbravadores
Comunicado aos Pais / Responsáveis - DesbravadoresComunicado aos Pais / Responsáveis - Desbravadores
Comunicado aos Pais / Responsáveis - DesbravadoresPedro Henrique Araújo
 
Ficha de inscrição/ Cadastro Para Desbravadores de 10 à 15
Ficha de inscrição/ Cadastro Para Desbravadores de 10 à 15Ficha de inscrição/ Cadastro Para Desbravadores de 10 à 15
Ficha de inscrição/ Cadastro Para Desbravadores de 10 à 15Pedro Henrique Araújo
 
Ficha de inscrição/ cadastro de Desbravadores acima de 16 Anos
Ficha de inscrição/ cadastro de Desbravadores acima de 16 AnosFicha de inscrição/ cadastro de Desbravadores acima de 16 Anos
Ficha de inscrição/ cadastro de Desbravadores acima de 16 AnosPedro Henrique Araújo
 
Sermao para o dia Mundial dos Desbravadores
Sermao para o dia Mundial dos DesbravadoresSermao para o dia Mundial dos Desbravadores
Sermao para o dia Mundial dos DesbravadoresPedro Henrique Araújo
 
Resumo da História Geral do Clube de Desbravadores
Resumo da História Geral do Clube de DesbravadoresResumo da História Geral do Clube de Desbravadores
Resumo da História Geral do Clube de DesbravadoresPedro Henrique Araújo
 

Mais de Pedro Henrique Araújo (20)

Especialidade de Ecologia - Aula PPT
Especialidade de Ecologia - Aula PPTEspecialidade de Ecologia - Aula PPT
Especialidade de Ecologia - Aula PPT
 
Prova da Especialidade de Morcegos (EN 059) - Clube de Desbravadores
Prova da Especialidade de Morcegos (EN 059) - Clube de DesbravadoresProva da Especialidade de Morcegos (EN 059) - Clube de Desbravadores
Prova da Especialidade de Morcegos (EN 059) - Clube de Desbravadores
 
Especialidade de Hereditariedade - Clube de Desbravadores
Especialidade de Hereditariedade - Clube de DesbravadoresEspecialidade de Hereditariedade - Clube de Desbravadores
Especialidade de Hereditariedade - Clube de Desbravadores
 
Relatório de Visitação dos Conselheiros
Relatório de Visitação dos ConselheirosRelatório de Visitação dos Conselheiros
Relatório de Visitação dos Conselheiros
 
Especialidade de anfíbios
Especialidade de anfíbiosEspecialidade de anfíbios
Especialidade de anfíbios
 
Especialidade de morcegos
Especialidade de morcegosEspecialidade de morcegos
Especialidade de morcegos
 
Amarás o Teu Próximo - Sermão PPT
Amarás o Teu Próximo - Sermão PPTAmarás o Teu Próximo - Sermão PPT
Amarás o Teu Próximo - Sermão PPT
 
Especialidade de Animais Noturnos
Especialidade de Animais NoturnosEspecialidade de Animais Noturnos
Especialidade de Animais Noturnos
 
Ofício para estudantes
Ofício para estudantesOfício para estudantes
Ofício para estudantes
 
Comunicado aos Pais / Responsáveis - Desbravadores
Comunicado aos Pais / Responsáveis - DesbravadoresComunicado aos Pais / Responsáveis - Desbravadores
Comunicado aos Pais / Responsáveis - Desbravadores
 
O Que São Drogas?
O Que São Drogas?O Que São Drogas?
O Que São Drogas?
 
Ficha de inscrição/ Cadastro Para Desbravadores de 10 à 15
Ficha de inscrição/ Cadastro Para Desbravadores de 10 à 15Ficha de inscrição/ Cadastro Para Desbravadores de 10 à 15
Ficha de inscrição/ Cadastro Para Desbravadores de 10 à 15
 
Ficha de inscrição/ cadastro de Desbravadores acima de 16 Anos
Ficha de inscrição/ cadastro de Desbravadores acima de 16 AnosFicha de inscrição/ cadastro de Desbravadores acima de 16 Anos
Ficha de inscrição/ cadastro de Desbravadores acima de 16 Anos
 
O sexo na bíblia
O sexo na bíbliaO sexo na bíblia
O sexo na bíblia
 
Sermao para o dia Mundial dos Desbravadores
Sermao para o dia Mundial dos DesbravadoresSermao para o dia Mundial dos Desbravadores
Sermao para o dia Mundial dos Desbravadores
 
Resumo da História Geral do Clube de Desbravadores
Resumo da História Geral do Clube de DesbravadoresResumo da História Geral do Clube de Desbravadores
Resumo da História Geral do Clube de Desbravadores
 
Mãe Um Ato de Divindade
Mãe Um Ato de DivindadeMãe Um Ato de Divindade
Mãe Um Ato de Divindade
 
Mensagens aos jovens
Mensagens aos jovensMensagens aos jovens
Mensagens aos jovens
 
Folheto JA para o Dia de Finados
Folheto JA para o Dia de FinadosFolheto JA para o Dia de Finados
Folheto JA para o Dia de Finados
 
Ideais do desbravadores
Ideais do desbravadoresIdeais do desbravadores
Ideais do desbravadores
 

Último

PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 8º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 8º ANO.pdfPLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 8º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 8º ANO.pdfkeiciany
 
COSMOLOGIA DA ENERGIA - ESTRELAS - MODELO DO UNIVERSO VOLUME 6.pdf
COSMOLOGIA DA ENERGIA -  ESTRELAS - MODELO DO UNIVERSO VOLUME 6.pdfCOSMOLOGIA DA ENERGIA -  ESTRELAS - MODELO DO UNIVERSO VOLUME 6.pdf
COSMOLOGIA DA ENERGIA - ESTRELAS - MODELO DO UNIVERSO VOLUME 6.pdfalexandrerodriguespk
 
Introdução à teoria do cinema - Robert Stam.pdf
Introdução à teoria do cinema - Robert Stam.pdfIntrodução à teoria do cinema - Robert Stam.pdf
Introdução à teoria do cinema - Robert Stam.pdfssuser2af87a
 
Emagreça em Casa, Treinos Simples e Eficazes Mesmo Não Tendo Equipamentos. Cu...
Emagreça em Casa, Treinos Simples e Eficazes Mesmo Não Tendo Equipamentos. Cu...Emagreça em Casa, Treinos Simples e Eficazes Mesmo Não Tendo Equipamentos. Cu...
Emagreça em Casa, Treinos Simples e Eficazes Mesmo Não Tendo Equipamentos. Cu...manoelaarmani
 
Slides Lição 8, CPAD, A Disciplina na Igreja, 1Tr24, Pr Henrique, EBD NA TV.pptx
Slides Lição 8, CPAD, A Disciplina na Igreja, 1Tr24, Pr Henrique, EBD NA TV.pptxSlides Lição 8, CPAD, A Disciplina na Igreja, 1Tr24, Pr Henrique, EBD NA TV.pptx
Slides Lição 8, CPAD, A Disciplina na Igreja, 1Tr24, Pr Henrique, EBD NA TV.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
SLIDES Lição 6, Recabitas, Exemplo de Obediência, 1Tr24, Pr Henrique, EBD NA ...
SLIDES Lição 6, Recabitas, Exemplo de Obediência, 1Tr24, Pr Henrique, EBD NA ...SLIDES Lição 6, Recabitas, Exemplo de Obediência, 1Tr24, Pr Henrique, EBD NA ...
SLIDES Lição 6, Recabitas, Exemplo de Obediência, 1Tr24, Pr Henrique, EBD NA ...LuizHenriquedeAlmeid6
 
PLANEJAMENTO ANUAL LINGUA ESPANHOLA 2024 3 ANOS PRONTO.docx
PLANEJAMENTO ANUAL LINGUA ESPANHOLA 2024 3 ANOS PRONTO.docxPLANEJAMENTO ANUAL LINGUA ESPANHOLA 2024 3 ANOS PRONTO.docx
PLANEJAMENTO ANUAL LINGUA ESPANHOLA 2024 3 ANOS PRONTO.docxfran50171
 
LITERATURA, 3.º EM, apostila 1, frentes 2 e 3, módulo 3.ppsx
LITERATURA, 3.º EM, apostila 1, frentes 2 e 3, módulo 3.ppsxLITERATURA, 3.º EM, apostila 1, frentes 2 e 3, módulo 3.ppsx
LITERATURA, 3.º EM, apostila 1, frentes 2 e 3, módulo 3.ppsxrafabebum
 
Quiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Quiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda únicaQuiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Quiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda únicaCentro Jacques Delors
 
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 6º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 6º ANO.pdfPLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 6º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 6º ANO.pdfkeiciany
 
Livro de Português- Santillana.pdf
Livro de Português- Santillana.pdfLivro de Português- Santillana.pdf
Livro de Português- Santillana.pdfDinisOliveira30
 
COSMOLOGIA DA ENERGIA ESTRELAS - VOLUME 6. EDIÇÃO 2^^.pdf
COSMOLOGIA DA ENERGIA ESTRELAS - VOLUME 6. EDIÇÃO 2^^.pdfCOSMOLOGIA DA ENERGIA ESTRELAS - VOLUME 6. EDIÇÃO 2^^.pdf
COSMOLOGIA DA ENERGIA ESTRELAS - VOLUME 6. EDIÇÃO 2^^.pdfalexandrerodriguespk
 
Q20 - Reações fotoquímicas.pdf
Q20 - Reações fotoquímicas.pdfQ20 - Reações fotoquímicas.pdf
Q20 - Reações fotoquímicas.pdfPedroGual4
 
1° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
1° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf1° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
1° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdfkelvindasilvadiasw
 
Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...
Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...
Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...manoelaarmani
 
CURRICULO ed integral.pdf
CURRICULO ed integral.pdfCURRICULO ed integral.pdf
CURRICULO ed integral.pdfdaniele690933
 
3° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
3° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf3° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
3° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdfkelvindasilvadiasw
 
Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...
Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...
Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...manoelaarmani
 

Último (20)

PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 8º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 8º ANO.pdfPLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 8º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 8º ANO.pdf
 
COSMOLOGIA DA ENERGIA - ESTRELAS - MODELO DO UNIVERSO VOLUME 6.pdf
COSMOLOGIA DA ENERGIA -  ESTRELAS - MODELO DO UNIVERSO VOLUME 6.pdfCOSMOLOGIA DA ENERGIA -  ESTRELAS - MODELO DO UNIVERSO VOLUME 6.pdf
COSMOLOGIA DA ENERGIA - ESTRELAS - MODELO DO UNIVERSO VOLUME 6.pdf
 
Introdução à teoria do cinema - Robert Stam.pdf
Introdução à teoria do cinema - Robert Stam.pdfIntrodução à teoria do cinema - Robert Stam.pdf
Introdução à teoria do cinema - Robert Stam.pdf
 
Emagreça em Casa, Treinos Simples e Eficazes Mesmo Não Tendo Equipamentos. Cu...
Emagreça em Casa, Treinos Simples e Eficazes Mesmo Não Tendo Equipamentos. Cu...Emagreça em Casa, Treinos Simples e Eficazes Mesmo Não Tendo Equipamentos. Cu...
Emagreça em Casa, Treinos Simples e Eficazes Mesmo Não Tendo Equipamentos. Cu...
 
Slides Lição 8, CPAD, A Disciplina na Igreja, 1Tr24, Pr Henrique, EBD NA TV.pptx
Slides Lição 8, CPAD, A Disciplina na Igreja, 1Tr24, Pr Henrique, EBD NA TV.pptxSlides Lição 8, CPAD, A Disciplina na Igreja, 1Tr24, Pr Henrique, EBD NA TV.pptx
Slides Lição 8, CPAD, A Disciplina na Igreja, 1Tr24, Pr Henrique, EBD NA TV.pptx
 
SLIDES Lição 6, Recabitas, Exemplo de Obediência, 1Tr24, Pr Henrique, EBD NA ...
SLIDES Lição 6, Recabitas, Exemplo de Obediência, 1Tr24, Pr Henrique, EBD NA ...SLIDES Lição 6, Recabitas, Exemplo de Obediência, 1Tr24, Pr Henrique, EBD NA ...
SLIDES Lição 6, Recabitas, Exemplo de Obediência, 1Tr24, Pr Henrique, EBD NA ...
 
PLANEJAMENTO ANUAL LINGUA ESPANHOLA 2024 3 ANOS PRONTO.docx
PLANEJAMENTO ANUAL LINGUA ESPANHOLA 2024 3 ANOS PRONTO.docxPLANEJAMENTO ANUAL LINGUA ESPANHOLA 2024 3 ANOS PRONTO.docx
PLANEJAMENTO ANUAL LINGUA ESPANHOLA 2024 3 ANOS PRONTO.docx
 
LITERATURA, 3.º EM, apostila 1, frentes 2 e 3, módulo 3.ppsx
LITERATURA, 3.º EM, apostila 1, frentes 2 e 3, módulo 3.ppsxLITERATURA, 3.º EM, apostila 1, frentes 2 e 3, módulo 3.ppsx
LITERATURA, 3.º EM, apostila 1, frentes 2 e 3, módulo 3.ppsx
 
Quiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Quiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda únicaQuiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Quiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
 
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 6º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 6º ANO.pdfPLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 6º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 6º ANO.pdf
 
Livro de Português- Santillana.pdf
Livro de Português- Santillana.pdfLivro de Português- Santillana.pdf
Livro de Português- Santillana.pdf
 
COSMOLOGIA DA ENERGIA ESTRELAS - VOLUME 6. EDIÇÃO 2^^.pdf
COSMOLOGIA DA ENERGIA ESTRELAS - VOLUME 6. EDIÇÃO 2^^.pdfCOSMOLOGIA DA ENERGIA ESTRELAS - VOLUME 6. EDIÇÃO 2^^.pdf
COSMOLOGIA DA ENERGIA ESTRELAS - VOLUME 6. EDIÇÃO 2^^.pdf
 
APOSTILA MATERNAL 2 ANOS PARTE 1.pdf
APOSTILA MATERNAL 2 ANOS PARTE 1.pdfAPOSTILA MATERNAL 2 ANOS PARTE 1.pdf
APOSTILA MATERNAL 2 ANOS PARTE 1.pdf
 
Q20 - Reações fotoquímicas.pdf
Q20 - Reações fotoquímicas.pdfQ20 - Reações fotoquímicas.pdf
Q20 - Reações fotoquímicas.pdf
 
1° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
1° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf1° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
1° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
 
Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...
Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...
Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...
 
CURRICULO ed integral.pdf
CURRICULO ed integral.pdfCURRICULO ed integral.pdf
CURRICULO ed integral.pdf
 
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptxSlides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
 
3° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
3° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf3° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
3° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
 
Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...
Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...
Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...
 

Especialidade de Citologia - Clube de Desbravadores

  • 1. Especialidade de Citologia 1. Quais as 3 partes de uma célula eucarionte? Cite algumas funções delas. Membrana plasmática, responsável pela seleção de entrada e saida de compstos do citoplasma. Citoplasma, meio onde ocorre as reações bioquímicas da celula e onde se encontram as organelas. Núcleo, responsável pela proteção, transmissão e armazenamento do material genético. 2. O que é uma célula procarionte? É uma célula mais primitiva, que não apresenta carioteca. 3. Cite 3 diferenças entre uma célula animal e uma célula vegetal. Os plastos (Cloroplastos, Cromoplastos ou Leucoplastos) são responsáveis por armazenamento de e produção de energia através da fotossíntese. Os Vacúolos, são responsáveis pelo equilíbrio osmótico ou reserva de substancias. 4. O que são células-tronco? Qual sua importância? As células-tronco ou células estaminais são células que ainda não passaram pelo processo de diferenciação celular, possuem a capacidade de se dividir, dando origem a duas células semelhantes às originais, e podem se diferenciar e especializar em diversos tipos celulares. Devido a essa característica, as células-tronco são importantes, principalmente na aplicação terapêutica, sendo potencialmente úteis em terapias de combate a doenças cardiovasculares, neurodegenerativas, Diabetes mellitus tipo 1, acidentes vasculares cerebrais, doenças hematológicas, traumas na medula espinhal e nefropatias. 5. Cite 3 funções da membrana plasmática. Permeabilidade seletiva, revestimento e proteção. 6. Explique as seguintes formas de permeabilidade seletiva: osmose e difusão. Osmose é o transporte de solvente de um meio muito solvido para um meio onde há muita concentração de soluto. Difusão é o transporte de soluto de um meio mais concetrado para um meio menos concentrado, pode ocorrer por, basicamente duas formas: difusão simples e difusão facilitada. 7. Explique as seguintes formas de permeabilidade não seletiva: fagocitose e pinocitose. No caso da pinocitose, as vesículas são de pequenas dimensões e a célula ingere moléculas solúveis que, de outro modo, teriam dificuldades em penetrar a membrana. O mecanismo pinocítico envolve gasto de energia e é muito seletivo para certas substâncias, como os sais, aminoácidos e certas proteínas, todas elas solúveis em água. Este processo é muito semelhante à pinocitose, sendo a única diferença o fato de o material envolvido pela membrana não estar diluído. Enquanto que a pinocitose é um processo comum a quase todas as células eucarióticas, muitas das células pertencentes a organismos multicelulares não efetuam fagocitose, sendo esta efetuada por células específicas. Os glóbulos brancos utilizam este processo para envolver materiais estranhos como bactérias ou até células danificadas. Dentro da célula fagocítica, enzimas citoplasmáticas são secretadas para a vesícula e degradam o material até este ficar com uma forma inofensiva. 8. O que é transporte ativo e transporte passivo? Ativo – exige gasto de ATP / Passivo – Não há gasto de ATP 9. Quais as 4 partes de um núcleo celular? Qual a importância de cada um? Carioteca, permite que o conteúdo nuclear seja quimicamente diferenciado do meio citoplasmático, assim, somente as moléculas apolares menores têm livre passagem, por difusão, pelas membranas
  • 2. lipoproteicas da carioteca. Cromatina, proteína que atua na condensação dos cromossomos. Nucleoplasma, é uma substância ligeiramente acidófila que proporciona ao núcleo a sua consistência e é constituída principalmente por proteínas. Nucléolo, tem por função a organização dos ribossomos; quanto maior o seu número e tamanho, maior é a síntese proteica da célula. 10.Cite as funções das seguintes organelas citoplasmáticas: a) Mitocôndria - produzir energia (ATP) a partir de processos metabólicos. b) Centríolo - atuam no processo de divisão celular e também estão ligados à organização do citoesqueleto e aos movimentos de flagelos e cílios. c) Complexo de Golgi - É a organela responsável pela secreção celular. d) Reticulo Endoplasmático Rugoso - é responsável pela síntese proteica, mas a maioria das proteínas será secretada. e) Reticulo Endoplasmático Liso - destaca-se a síntese de lipídeos como fosfolipídeos, óleos e esteroides (incluindo os hormônios sexuais estrogênio e testosterona). f) Lisossomo - são as responsáveis pela digestão intracelular e a sua produção excessiva pode destruir uma célula por autodigestão. g) Ribossomo - São formados a partir do RNA ribossômico e são responsáveis pela produção de proteínas. h) Peroxissomo - Estas organelas são bolsas membranosas que contêm alguns tipos de enzimas digestivas e, além das enzimas que degradam gorduras e aminoácidos, eles possuem grande quantidade da enzima denominada catalase. 11.Qual a importância dos cílios e flagelos?
  • 3. Os cílios e os flagelos são estruturas citoplasmáticas anexas à membrana plasmática das células, tendo origem a partir do prolongamento dos centríolos, constituídos de proteínas motoras (dineínas) formando um conjunto de microtúbulos. A função desempenhada pelos cílios e flagelos é basicamente locomotora 12.Identificar, por meio de fotos ou desenhos, 5 diferentes tipos de células (como muscular, óssea, cartilaginosa, adiposa, leucócito, hemácia, neurónio, etc.).