SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 3
Baixar para ler offline
Rede Social e Ferramentas Web 2.0 numa comunidade educativa – desenvolvimento e fundamentação na implementação de uma rede social privada Pedro França, Pedro Almeida
Rede Social EduTic ,[object Object]
 Perante a evolução da webweb 2.0 e a aplicação de diferentes ferramentas em contexto educativo, organizacional e social, como diferenciar ou integrar num ambiente da Internet os processos pedagógicos e a gestão formal e informal dos conteúdos?

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Uso educacional das mídias e redes sociais
Uso educacional das mídias e redes sociaisUso educacional das mídias e redes sociais
Uso educacional das mídias e redes sociaisLeide Gonçalves
 
O relacionamento através da comunicação digital em instituições educacionais
O relacionamento através da comunicação digital em instituições educacionaisO relacionamento através da comunicação digital em instituições educacionais
O relacionamento através da comunicação digital em instituições educacionaisAlex Primo
 
Uso educacional das mídias e redes sociais2
Uso educacional das mídias e redes sociais2Uso educacional das mídias e redes sociais2
Uso educacional das mídias e redes sociais2Leide Gonçalves
 
Moodle
MoodleMoodle
MoodleSMAB
 
Ambiente Virtual de Aprendizagem e Redes Sociais - na EAD
Ambiente Virtual de Aprendizagem e Redes Sociais - na EADAmbiente Virtual de Aprendizagem e Redes Sociais - na EAD
Ambiente Virtual de Aprendizagem e Redes Sociais - na EADHarlen Cardoso
 
Claudiavaleria ead
Claudiavaleria eadClaudiavaleria ead
Claudiavaleria eadcvosilvaot
 
Ambientes Pessoais de Aprendizagem Online
Ambientes Pessoais de Aprendizagem OnlineAmbientes Pessoais de Aprendizagem Online
Ambientes Pessoais de Aprendizagem OnlineJosé Bidarra
 
Metodologia do ensino superior
Metodologia do ensino superiorMetodologia do ensino superior
Metodologia do ensino superiorJoel Teixeira
 
ANÁLISE DE FERRAMENTAS DE INTERAÇÃO NA WEB_aspectos tecnológicos e implicaçõe...
ANÁLISE DE FERRAMENTAS DE INTERAÇÃO NA WEB_aspectos tecnológicos e implicaçõe...ANÁLISE DE FERRAMENTAS DE INTERAÇÃO NA WEB_aspectos tecnológicos e implicaçõe...
ANÁLISE DE FERRAMENTAS DE INTERAÇÃO NA WEB_aspectos tecnológicos e implicaçõe...Claudio Lima
 
Ambientes virtuais
Ambientes virtuaisAmbientes virtuais
Ambientes virtuaisMadeterra
 
Eor- Jéssica Dayanna Vieira da Cruz
Eor- Jéssica Dayanna Vieira da CruzEor- Jéssica Dayanna Vieira da Cruz
Eor- Jéssica Dayanna Vieira da CruzJessica Vieira
 
Ferramentas da web 2.0 e as comunidades de prática
Ferramentas da web 2.0 e as comunidades de práticaFerramentas da web 2.0 e as comunidades de prática
Ferramentas da web 2.0 e as comunidades de práticavilmoni
 
Hipertexto2008 Blog
Hipertexto2008 BlogHipertexto2008 Blog
Hipertexto2008 BlogAna Beatriz
 
Tarefa04 avmc
Tarefa04 avmcTarefa04 avmc
Tarefa04 avmcprmileo
 

Mais procurados (16)

Congresso ANDEA / Mackenzie - 29_08_2013
Congresso ANDEA / Mackenzie - 29_08_2013Congresso ANDEA / Mackenzie - 29_08_2013
Congresso ANDEA / Mackenzie - 29_08_2013
 
Uso educacional das mídias e redes sociais
Uso educacional das mídias e redes sociaisUso educacional das mídias e redes sociais
Uso educacional das mídias e redes sociais
 
O relacionamento através da comunicação digital em instituições educacionais
O relacionamento através da comunicação digital em instituições educacionaisO relacionamento através da comunicação digital em instituições educacionais
O relacionamento através da comunicação digital em instituições educacionais
 
Uso educacional das mídias e redes sociais2
Uso educacional das mídias e redes sociais2Uso educacional das mídias e redes sociais2
Uso educacional das mídias e redes sociais2
 
Moodle
MoodleMoodle
Moodle
 
Ambiente Virtual de Aprendizagem e Redes Sociais - na EAD
Ambiente Virtual de Aprendizagem e Redes Sociais - na EADAmbiente Virtual de Aprendizagem e Redes Sociais - na EAD
Ambiente Virtual de Aprendizagem e Redes Sociais - na EAD
 
Claudiavaleria ead
Claudiavaleria eadClaudiavaleria ead
Claudiavaleria ead
 
Atividade 3
Atividade 3Atividade 3
Atividade 3
 
Ambientes Pessoais de Aprendizagem Online
Ambientes Pessoais de Aprendizagem OnlineAmbientes Pessoais de Aprendizagem Online
Ambientes Pessoais de Aprendizagem Online
 
Metodologia do ensino superior
Metodologia do ensino superiorMetodologia do ensino superior
Metodologia do ensino superior
 
ANÁLISE DE FERRAMENTAS DE INTERAÇÃO NA WEB_aspectos tecnológicos e implicaçõe...
ANÁLISE DE FERRAMENTAS DE INTERAÇÃO NA WEB_aspectos tecnológicos e implicaçõe...ANÁLISE DE FERRAMENTAS DE INTERAÇÃO NA WEB_aspectos tecnológicos e implicaçõe...
ANÁLISE DE FERRAMENTAS DE INTERAÇÃO NA WEB_aspectos tecnológicos e implicaçõe...
 
Ambientes virtuais
Ambientes virtuaisAmbientes virtuais
Ambientes virtuais
 
Eor- Jéssica Dayanna Vieira da Cruz
Eor- Jéssica Dayanna Vieira da CruzEor- Jéssica Dayanna Vieira da Cruz
Eor- Jéssica Dayanna Vieira da Cruz
 
Ferramentas da web 2.0 e as comunidades de prática
Ferramentas da web 2.0 e as comunidades de práticaFerramentas da web 2.0 e as comunidades de prática
Ferramentas da web 2.0 e as comunidades de prática
 
Hipertexto2008 Blog
Hipertexto2008 BlogHipertexto2008 Blog
Hipertexto2008 Blog
 
Tarefa04 avmc
Tarefa04 avmcTarefa04 avmc
Tarefa04 avmc
 

Destaque (20)

Huawei
HuaweiHuawei
Huawei
 
Aviso nº7 grupo 110
Aviso nº7 grupo 110Aviso nº7 grupo 110
Aviso nº7 grupo 110
 
Wan
WanWan
Wan
 
Codigos qr
Codigos qrCodigos qr
Codigos qr
 
Tarea 8 Promoción al Consumidor
Tarea 8 Promoción al ConsumidorTarea 8 Promoción al Consumidor
Tarea 8 Promoción al Consumidor
 
COVER
COVERCOVER
COVER
 
Gggg
Gggg Gggg
Gggg
 
CONTRATAÇÃO DE ESCOLA AVISO Nº 8 - 2014/2015
CONTRATAÇÃO DE ESCOLA AVISO Nº 8 - 2014/2015CONTRATAÇÃO DE ESCOLA AVISO Nº 8 - 2014/2015
CONTRATAÇÃO DE ESCOLA AVISO Nº 8 - 2014/2015
 
La relación de la física con otras ciencias
La relación de la física con otras cienciasLa relación de la física con otras ciencias
La relación de la física con otras ciencias
 
Inauguracion libertad 4201 MD
Inauguracion libertad 4201 MDInauguracion libertad 4201 MD
Inauguracion libertad 4201 MD
 
ref letter from sirius
ref letter from siriusref letter from sirius
ref letter from sirius
 
Instalacion de windows 7
Instalacion de windows 7Instalacion de windows 7
Instalacion de windows 7
 
John Paul_Food Hygiene Certificate
John Paul_Food Hygiene CertificateJohn Paul_Food Hygiene Certificate
John Paul_Food Hygiene Certificate
 
El error de un medio para enseñar
El error de un medio para enseñarEl error de un medio para enseñar
El error de un medio para enseñar
 
Carlson_logo
Carlson_logoCarlson_logo
Carlson_logo
 
Robot educador
Robot educadorRobot educador
Robot educador
 
Refrence letter Szabados Tamas Hotel Falken
Refrence letter Szabados Tamas Hotel FalkenRefrence letter Szabados Tamas Hotel Falken
Refrence letter Szabados Tamas Hotel Falken
 
Brannvernlederkus
BrannvernlederkusBrannvernlederkus
Brannvernlederkus
 
3.PDF
3.PDF3.PDF
3.PDF
 
Freirepdf
FreirepdfFreirepdf
Freirepdf
 

Semelhante a Edu tic

Informática na educação - 5
Informática na educação - 5Informática na educação - 5
Informática na educação - 5rafael_neves
 
Bidarra, j., sousa, a.m., grazina, f., simões, p. e azevedo, p. (2010). perso...
Bidarra, j., sousa, a.m., grazina, f., simões, p. e azevedo, p. (2010). perso...Bidarra, j., sousa, a.m., grazina, f., simões, p. e azevedo, p. (2010). perso...
Bidarra, j., sousa, a.m., grazina, f., simões, p. e azevedo, p. (2010). perso...filomena.grazina
 
PrêMio Instituto Vivo Toda CriançA Em Rede
PrêMio Instituto Vivo Toda CriançA Em RedePrêMio Instituto Vivo Toda CriançA Em Rede
PrêMio Instituto Vivo Toda CriançA Em RedeProjeto Criança em Rede
 
TECNOLOGIAS E FERRAMENTAS DA WEB 2.0 PARA A CRIAÇÃO DE AMBIENTES VIRTUAIS DE ...
TECNOLOGIAS E FERRAMENTAS DA WEB 2.0 PARA A CRIAÇÃO DE AMBIENTES VIRTUAIS DE ...TECNOLOGIAS E FERRAMENTAS DA WEB 2.0 PARA A CRIAÇÃO DE AMBIENTES VIRTUAIS DE ...
TECNOLOGIAS E FERRAMENTAS DA WEB 2.0 PARA A CRIAÇÃO DE AMBIENTES VIRTUAIS DE ...malmeidaUAB
 
MOODLE REFLEXÃO CRITICA:SUA UTILIZAÇÃO, O QUE PODERIA TER.
MOODLE REFLEXÃO CRITICA:SUA UTILIZAÇÃO, O QUE PODERIA TER.MOODLE REFLEXÃO CRITICA:SUA UTILIZAÇÃO, O QUE PODERIA TER.
MOODLE REFLEXÃO CRITICA:SUA UTILIZAÇÃO, O QUE PODERIA TER.Jesse Miguel Doces
 
Importância da web 2
Importância da web 2Importância da web 2
Importância da web 2saionaria
 
Importância da web 2
Importância da web 2Importância da web 2
Importância da web 2saionaria
 
A UTILIZAÇÃO DA METODOLOGIA WEBQUEST NA EDUCAÇÃO: DESAFIOS E POSSIBILIDADES ...
A UTILIZAÇÃO DA METODOLOGIA WEBQUEST NA EDUCAÇÃO:  DESAFIOS E POSSIBILIDADES ...A UTILIZAÇÃO DA METODOLOGIA WEBQUEST NA EDUCAÇÃO:  DESAFIOS E POSSIBILIDADES ...
A UTILIZAÇÃO DA METODOLOGIA WEBQUEST NA EDUCAÇÃO: DESAFIOS E POSSIBILIDADES ...christianceapcursos
 
Ferramentas da web 2.0 na prática educativa -educação e tecnologia- (1)
Ferramentas da web 2.0 na prática educativa  -educação e tecnologia- (1)Ferramentas da web 2.0 na prática educativa  -educação e tecnologia- (1)
Ferramentas da web 2.0 na prática educativa -educação e tecnologia- (1)Prof. Noe Assunção
 
Ferramentas da web 2.0 na prática educativa -educação e tecnologia- (1)
Ferramentas da web 2.0 na prática educativa  -educação e tecnologia- (1)Ferramentas da web 2.0 na prática educativa  -educação e tecnologia- (1)
Ferramentas da web 2.0 na prática educativa -educação e tecnologia- (1)Prof. Noe Assunção
 
Ferramentas da web 2.0 na prática educativa -educação e tecnologia- (1)
Ferramentas da web 2.0 na prática educativa  -educação e tecnologia- (1)Ferramentas da web 2.0 na prática educativa  -educação e tecnologia- (1)
Ferramentas da web 2.0 na prática educativa -educação e tecnologia- (1)Prof. Noe Assunção
 
Novas Tecnologias no Ensino de Línguas Estrangeiras
Novas Tecnologias no Ensino de Línguas EstrangeirasNovas Tecnologias no Ensino de Línguas Estrangeiras
Novas Tecnologias no Ensino de Línguas EstrangeirasAdriana Ramos
 
Liliana Leitão T3. 2103866.pptx
Liliana Leitão T3. 2103866.pptxLiliana Leitão T3. 2103866.pptx
Liliana Leitão T3. 2103866.pptxLilianaLeitao2
 
Importância da web 2
Importância da web 2Importância da web 2
Importância da web 2saionaria
 
Importância da web 2
Importância da web 2Importância da web 2
Importância da web 2saionaria
 
Educação e cibercultura
Educação e ciberculturaEducação e cibercultura
Educação e ciberculturaSelma1962
 
Ferramentas web 2.0
Ferramentas web 2.0Ferramentas web 2.0
Ferramentas web 2.0cmoper
 

Semelhante a Edu tic (20)

Informática na educação - 5
Informática na educação - 5Informática na educação - 5
Informática na educação - 5
 
Bidarra, j., sousa, a.m., grazina, f., simões, p. e azevedo, p. (2010). perso...
Bidarra, j., sousa, a.m., grazina, f., simões, p. e azevedo, p. (2010). perso...Bidarra, j., sousa, a.m., grazina, f., simões, p. e azevedo, p. (2010). perso...
Bidarra, j., sousa, a.m., grazina, f., simões, p. e azevedo, p. (2010). perso...
 
Trabalho mul. hiper
Trabalho mul. hiperTrabalho mul. hiper
Trabalho mul. hiper
 
Relançamento da Rede Vivo Educação
Relançamento da Rede Vivo EducaçãoRelançamento da Rede Vivo Educação
Relançamento da Rede Vivo Educação
 
PrêMio Instituto Vivo Toda CriançA Em Rede
PrêMio Instituto Vivo Toda CriançA Em RedePrêMio Instituto Vivo Toda CriançA Em Rede
PrêMio Instituto Vivo Toda CriançA Em Rede
 
TECNOLOGIAS E FERRAMENTAS DA WEB 2.0 PARA A CRIAÇÃO DE AMBIENTES VIRTUAIS DE ...
TECNOLOGIAS E FERRAMENTAS DA WEB 2.0 PARA A CRIAÇÃO DE AMBIENTES VIRTUAIS DE ...TECNOLOGIAS E FERRAMENTAS DA WEB 2.0 PARA A CRIAÇÃO DE AMBIENTES VIRTUAIS DE ...
TECNOLOGIAS E FERRAMENTAS DA WEB 2.0 PARA A CRIAÇÃO DE AMBIENTES VIRTUAIS DE ...
 
MOODLE REFLEXÃO CRITICA:SUA UTILIZAÇÃO, O QUE PODERIA TER.
MOODLE REFLEXÃO CRITICA:SUA UTILIZAÇÃO, O QUE PODERIA TER.MOODLE REFLEXÃO CRITICA:SUA UTILIZAÇÃO, O QUE PODERIA TER.
MOODLE REFLEXÃO CRITICA:SUA UTILIZAÇÃO, O QUE PODERIA TER.
 
Importância da web 2
Importância da web 2Importância da web 2
Importância da web 2
 
Importância da web 2
Importância da web 2Importância da web 2
Importância da web 2
 
A UTILIZAÇÃO DA METODOLOGIA WEBQUEST NA EDUCAÇÃO: DESAFIOS E POSSIBILIDADES ...
A UTILIZAÇÃO DA METODOLOGIA WEBQUEST NA EDUCAÇÃO:  DESAFIOS E POSSIBILIDADES ...A UTILIZAÇÃO DA METODOLOGIA WEBQUEST NA EDUCAÇÃO:  DESAFIOS E POSSIBILIDADES ...
A UTILIZAÇÃO DA METODOLOGIA WEBQUEST NA EDUCAÇÃO: DESAFIOS E POSSIBILIDADES ...
 
Ferramentas da web 2.0 na prática educativa -educação e tecnologia- (1)
Ferramentas da web 2.0 na prática educativa  -educação e tecnologia- (1)Ferramentas da web 2.0 na prática educativa  -educação e tecnologia- (1)
Ferramentas da web 2.0 na prática educativa -educação e tecnologia- (1)
 
Ferramentas da web 2.0 na prática educativa -educação e tecnologia- (1)
Ferramentas da web 2.0 na prática educativa  -educação e tecnologia- (1)Ferramentas da web 2.0 na prática educativa  -educação e tecnologia- (1)
Ferramentas da web 2.0 na prática educativa -educação e tecnologia- (1)
 
Ferramentas da web 2.0 na prática educativa -educação e tecnologia- (1)
Ferramentas da web 2.0 na prática educativa  -educação e tecnologia- (1)Ferramentas da web 2.0 na prática educativa  -educação e tecnologia- (1)
Ferramentas da web 2.0 na prática educativa -educação e tecnologia- (1)
 
Novas Tecnologias no Ensino de Línguas Estrangeiras
Novas Tecnologias no Ensino de Línguas EstrangeirasNovas Tecnologias no Ensino de Línguas Estrangeiras
Novas Tecnologias no Ensino de Línguas Estrangeiras
 
Liliana Leitão T3. 2103866.pptx
Liliana Leitão T3. 2103866.pptxLiliana Leitão T3. 2103866.pptx
Liliana Leitão T3. 2103866.pptx
 
Importância da web 2
Importância da web 2Importância da web 2
Importância da web 2
 
Importância da web 2
Importância da web 2Importância da web 2
Importância da web 2
 
Educação e cibercultura
Educação e ciberculturaEducação e cibercultura
Educação e cibercultura
 
Ferramentas web 2.0
Ferramentas web 2.0Ferramentas web 2.0
Ferramentas web 2.0
 
Aprnovoi2eap
Aprnovoi2eapAprnovoi2eap
Aprnovoi2eap
 

Mais de Pedro França

CALENDÁRIO DAS PROVAS DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA - 3º ciclo
CALENDÁRIO DAS PROVAS DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA - 3º cicloCALENDÁRIO DAS PROVAS DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA - 3º ciclo
CALENDÁRIO DAS PROVAS DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA - 3º cicloPedro França
 
CALENDÁRIO DAS PROVAS DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA
CALENDÁRIO DAS PROVAS DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIACALENDÁRIO DAS PROVAS DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA
CALENDÁRIO DAS PROVAS DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIAPedro França
 
Calendário provas aferição 2017
Calendário provas aferição 2017Calendário provas aferição 2017
Calendário provas aferição 2017Pedro França
 
Informação Essencial – NORMA 02/2017 - JNE
Informação Essencial – NORMA 02/2017 -  JNEInformação Essencial – NORMA 02/2017 -  JNE
Informação Essencial – NORMA 02/2017 - JNEPedro França
 
Informação exames provas 2017
Informação exames provas 2017Informação exames provas 2017
Informação exames provas 2017Pedro França
 
Juri nacional 2017 2017 alunos condições especiais
Juri  nacional 2017 2017 alunos condições especiaisJuri  nacional 2017 2017 alunos condições especiais
Juri nacional 2017 2017 alunos condições especiaisPedro França
 
Regulamento dos exames_2017_desp normativo nº 1-a-2017
Regulamento dos exames_2017_desp normativo nº 1-a-2017Regulamento dos exames_2017_desp normativo nº 1-a-2017
Regulamento dos exames_2017_desp normativo nº 1-a-2017Pedro França
 
Guia Geral de Exames 2017
Guia Geral de Exames 2017Guia Geral de Exames 2017
Guia Geral de Exames 2017Pedro França
 
Lista de exclusão afd 1345
Lista de exclusão afd 1345Lista de exclusão afd 1345
Lista de exclusão afd 1345Pedro França
 
Lista de exclusão afd 1194
Lista de exclusão afd 1194Lista de exclusão afd 1194
Lista de exclusão afd 1194Pedro França
 
Lista unitária graduação afd 1194
Lista unitária graduação afd 1194Lista unitária graduação afd 1194
Lista unitária graduação afd 1194Pedro França
 
Aviso nº 4 CONTRATAÇÃO DE ESCOLA restauração
Aviso nº 4  CONTRATAÇÃO DE ESCOLA restauraçãoAviso nº 4  CONTRATAÇÃO DE ESCOLA restauração
Aviso nº 4 CONTRATAÇÃO DE ESCOLA restauraçãoPedro França
 
Lista de exclusão dttic 1240
Lista de exclusão dttic  1240Lista de exclusão dttic  1240
Lista de exclusão dttic 1240Pedro França
 

Mais de Pedro França (20)

Google hangouts1
Google hangouts1Google hangouts1
Google hangouts1
 
Manuais ciclo1
Manuais ciclo1Manuais ciclo1
Manuais ciclo1
 
Manuais s fa 17 18
Manuais s fa 17 18Manuais s fa 17 18
Manuais s fa 17 18
 
Manuais sec. 17 18
Manuais sec. 17 18Manuais sec. 17 18
Manuais sec. 17 18
 
oferta formativa
oferta formativaoferta formativa
oferta formativa
 
CALENDÁRIO DAS PROVAS DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA - 3º ciclo
CALENDÁRIO DAS PROVAS DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA - 3º cicloCALENDÁRIO DAS PROVAS DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA - 3º ciclo
CALENDÁRIO DAS PROVAS DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA - 3º ciclo
 
CALENDÁRIO DAS PROVAS DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA
CALENDÁRIO DAS PROVAS DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIACALENDÁRIO DAS PROVAS DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA
CALENDÁRIO DAS PROVAS DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA
 
Calendário provas aferição 2017
Calendário provas aferição 2017Calendário provas aferição 2017
Calendário provas aferição 2017
 
NORMA 02/JNE/2017
NORMA 02/JNE/2017NORMA 02/JNE/2017
NORMA 02/JNE/2017
 
Informação Essencial – NORMA 02/2017 - JNE
Informação Essencial – NORMA 02/2017 -  JNEInformação Essencial – NORMA 02/2017 -  JNE
Informação Essencial – NORMA 02/2017 - JNE
 
Informação exames provas 2017
Informação exames provas 2017Informação exames provas 2017
Informação exames provas 2017
 
Juri nacional 2017 2017 alunos condições especiais
Juri  nacional 2017 2017 alunos condições especiaisJuri  nacional 2017 2017 alunos condições especiais
Juri nacional 2017 2017 alunos condições especiais
 
Norma 1 jne-2017
Norma 1  jne-2017Norma 1  jne-2017
Norma 1 jne-2017
 
Regulamento dos exames_2017_desp normativo nº 1-a-2017
Regulamento dos exames_2017_desp normativo nº 1-a-2017Regulamento dos exames_2017_desp normativo nº 1-a-2017
Regulamento dos exames_2017_desp normativo nº 1-a-2017
 
Guia Geral de Exames 2017
Guia Geral de Exames 2017Guia Geral de Exames 2017
Guia Geral de Exames 2017
 
Lista de exclusão afd 1345
Lista de exclusão afd 1345Lista de exclusão afd 1345
Lista de exclusão afd 1345
 
Lista de exclusão afd 1194
Lista de exclusão afd 1194Lista de exclusão afd 1194
Lista de exclusão afd 1194
 
Lista unitária graduação afd 1194
Lista unitária graduação afd 1194Lista unitária graduação afd 1194
Lista unitária graduação afd 1194
 
Aviso nº 4 CONTRATAÇÃO DE ESCOLA restauração
Aviso nº 4  CONTRATAÇÃO DE ESCOLA restauraçãoAviso nº 4  CONTRATAÇÃO DE ESCOLA restauração
Aviso nº 4 CONTRATAÇÃO DE ESCOLA restauração
 
Lista de exclusão dttic 1240
Lista de exclusão dttic  1240Lista de exclusão dttic  1240
Lista de exclusão dttic 1240
 

Último

Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...nexocan937
 
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.HildegardeAngel
 
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxOrientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxJMTCS
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullyingMary Alvarenga
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoCelianeOliveira8
 
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdforganizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdfCarlosRodrigues832670
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terraBiblioteca UCS
 
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...Unidad de Espiritualidad Eudista
 
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURACRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURADouglasVasconcelosMa
 
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptxProva de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptxJosAurelioGoesChaves
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Apreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escritaApreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escritaeliana862656
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...Martin M Flynn
 
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfTIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfmarialuciadasilva17
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas BrasileirosMary Alvarenga
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaFernanda Ledesma
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxHenriqueLuciano2
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREIVONETETAVARESRAMOS
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024GleyceMoreiraXWeslle
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxacaciocarmo1
 

Último (20)

Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
 
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
 
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxOrientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
 
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdforganizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
 
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
 
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURACRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
 
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptxProva de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptx
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
 
Apreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escritaApreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escrita
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
 
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfTIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
 

Edu tic

  • 1. Rede Social e Ferramentas Web 2.0 numa comunidade educativa – desenvolvimento e fundamentação na implementação de uma rede social privada Pedro França, Pedro Almeida
  • 2.
  • 3. Perante a evolução da webweb 2.0 e a aplicação de diferentes ferramentas em contexto educativo, organizacional e social, como diferenciar ou integrar num ambiente da Internet os processos pedagógicos e a gestão formal e informal dos conteúdos?
  • 4. Acompanhando o desenvolvimento da Internet e os seus recentes paradigmas, a rede social pode ser catalisadora de uma escola mais inserida na sociedade?
  • 5.