Hipersensibilidade tipo III

1.277 visualizações

Publicada em

Hipersensibilidade do tipo III

Pamela Botelho Pinheiro
Mayara Camile Queiroz
Amanda Cardoso

Graduandas do curso de Medicina Veterinária- Unime, Lauro de Freitas-Ba

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.277
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
102
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Hipersensibilidade tipo III

  1. 1. - União Metropolitana de Educação e Cultura Hipersensibilidade tipo III Himunocomplexos Docente: José Carlos Dicentes: Amanda Cardoso Mayara Queiroz Pamela Botelho
  2. 2. Hipersensibilidade • São reações excessivas e indesejáveis produzidas pelo sistema imune normal, que conduzem à danos nos tecidos se o antígeno estiver presente em grandes quantidades ou se o estado imune do indivíduo estiver em nível intensificado.
  3. 3. Hipersensibilidade tipo III • Hipersensibilidade imune complexa. • A reação pode levar 3-10 horas. • As doenças podem ser sistêmicas ou localizadas. • IgG • Antígeno solúvel
  4. 4. • Os anticorpos podem se ligar a antígenos endógenos (nucleoproteínas) ou exógenos( proteínas bacterianas). • Complexos antígeno- anticorpo são depositados nos tecidos.
  5. 5. • Ativação do sistema complemento; recrutamento de Neutrófilos. • Enzimas lisossômicas que causam lesão tecidual.
  6. 6. Neutrófilos
  7. 7. 1º Fase Formação de imunocomplexos 2º Fase Deposição de imunocomplexos; Recrutamento e ativação de leucócitos mediados pelo complemento e receptor Fc. 3º Fase Inflamação mediada por imunocomplexos e lesão tecidual.
  8. 8. Doença do soro • Protótipo de uma doença sistêmica. • Ao ser injetada uma grande quantidade de soro estranho, parte dessa substancia permanece na circulação até começar a resposta imune. • Formação de complexos imunes • Depositados nos tecidos
  9. 9. Vasculite
  10. 10. Artrite Reumatoide • Artrite reumatoide é uma doença inflamatória crônica, autoimune, que afeta as membranas sinoviais de múltiplas articulações.
  11. 11. Glomerulonefrite
  12. 12. Lúpus Eritematoso Sistêmico • Antígeno: acido desoxirribonucleico nuclear. • Pode se manifestar como inflamação nas articulações, pulmões, coração, rins e principalmente na pele. • Diagnostico: teste de anticorpos antinucleares e Componentes do complemento (C3 e C4)
  13. 13. Reação de Arthus • É uma doença focal de inflamação, edema e necrose no local da injeção do antígeno
  14. 14. Referências bibliográficas • Bases da patologia em veterinária, James F. ZACHARY- M Donald McGAVIN; quinta edição ; editora Elsevier ; 2013 • Imunologia, RICHARD COICO, GEOFFREY SUNSHINE;sexta edição; editora Guanabara Koogan; 2010 • Imunologia celular & molecular; Abul K. Abbas, Andrew H. Litchman, Jordan S, Pober; terceira edição; editora revinter;2000 • Imunologia; Roitt,Brostoff, Male; quinta edição; editora manole;1999 • http://pathmicro.med.sc.edu/portuguese/immuno-port-chapter17.htm • http://estudmed.com.sapo.pt/imunologia/hipersensibilidade_tipo_iii_1.h

×