Evolução do Sistema Imune
Adila Trubat
Brunet, 1950:
Imunidade = É a habilidade de diferenciar
‘self’ e ‘non-self’, ou seja, o que pretence ou não pretence
ao or...
Imunidade Inata
Os três componentes da imunidade inata são:
• Físico – químico: pele, secreções, mucosas e cílios);
• Humo...
Imunidade Inata
Imunidade Adquirida
• Também conhecida como específica ou adaptativa, é
ausente no nascimento, sendo adquirida por meio da...
Imunidade Adquirida
Evolução
• A imunologia Evolucionária estuda a evolução, da
imunidade e o sistema imunitário de animais e plantas.
Evolução
Evolução
• As áreas de estudo principais incluem:
• O estudo da relação entre imunidade adquirida, ou
adaptativa.
• O estu...
Todos os organismos tem defesas
Invertebrados
• Imunidade inata (natural)
Vertebrados
• Imunidade inata (natural)
• Imunid...
Todos os organismos tem defesas
Origem
• Sabe-se que a vida na Terra começou há 3,5 bilhões
anos.
• Absorção de partículas como método de alimentação
Origem
• Organismos multicelulares - as interações contínuas
entre as espécies eram de cooperação e de
competição.
• O esf...
Incorporação de um ser vivo por outro
• Fagocitose: desenvolvida como um mecanismo de
alimentação em procariotos; a fagoci...
Sistemas de defesas nos
seres vivos
Defesa em bactérias
• Produção de enzimas de restrição que quebram os ácidos
nucléicos dos vírus
Defesa em protozoários
Sistemas de defesa em plantas
Sistemas de defesa em plantas
Sistemas de defesa em invertebrados
• Encapsulação: formas de celomócitos formam cápsulas
ao redor de grandes corpos estra...
 Não possuem linfócitos específicos para antígenos,
 Não produzem moléculas de imunoglobulinas (Ig), ou
proteínas do com...
• Várias células respondem aos microorganismos,
cercando esses agentes infecciosos e os destruindo.
• Células que se parec...
Os invertebrados são capazes de rejeitar transplantes de
tecidos estranhos ou alotransplantes
• Essas reações de rejeição ...
Sistemas de defesa em invertebrados
• Peptídeos antibacterianos:
resposta sem capacidade de
modulação; provavelmente
unive...
Lectinas
• Proteínas antibacterianas
• Ligam em resíduos de açúcar na superfície dos
micróbios
• Sinalizam ‘Alvos’ em micr...
Vertebrados com mandíbulas – possuem componentes
do sistema imunológico adquirido:
• linfócitos,
• anticorpos
• receptores...
• Uma versão mais primitiva de receptores antigênicos
rearranjados existe em peixes sem mandíbula ( ex
lampreias).
• Esses...
• O sistema imune também se tornou cada vez mais
especializado com a evolução.
• PEIXES possuem apenas um tipo de anticorp...
Comparação entre seres vivos
Imunidade Adquirida
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Imunidade 1

478 visualizações

Publicada em

Evolução do sistema imune

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
478
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
11
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Imunidade 1

  1. 1. Evolução do Sistema Imune Adila Trubat
  2. 2. Brunet, 1950: Imunidade = É a habilidade de diferenciar ‘self’ e ‘non-self’, ou seja, o que pretence ou não pretence ao organismo, e de reagir ao que é estranho
  3. 3. Imunidade Inata Os três componentes da imunidade inata são: • Físico – químico: pele, secreções, mucosas e cílios); • Humoral - a complemento, opsoninas e enzimas presentes nas secreções, mucosas, sangue, etc.) • Celular: células NK, neutrófilo, eosinófilo e o mastócito A imunidade inata protege contra fungos, vermes e bactérias.
  4. 4. Imunidade Inata
  5. 5. Imunidade Adquirida • Também conhecida como específica ou adaptativa, é ausente no nascimento, sendo adquirida por meio da exposição, que aliás, aumenta sua intensidade. • Tem memória e especificidade. • Seus componentes são os produtos secretados e células linfócitos. A imunidade adquirida protege contra vírus, bactérias (inclusive infecções intracelulares) e protozoários.
  6. 6. Imunidade Adquirida
  7. 7. Evolução • A imunologia Evolucionária estuda a evolução, da imunidade e o sistema imunitário de animais e plantas.
  8. 8. Evolução
  9. 9. Evolução • As áreas de estudo principais incluem: • O estudo da relação entre imunidade adquirida, ou adaptativa. • O estudo de como ocorre a rejeição de enxertos • O estudo da ocorrência dos sistemas T e B
  10. 10. Todos os organismos tem defesas Invertebrados • Imunidade inata (natural) Vertebrados • Imunidade inata (natural) • Imunidade adquirida
  11. 11. Todos os organismos tem defesas
  12. 12. Origem • Sabe-se que a vida na Terra começou há 3,5 bilhões anos. • Absorção de partículas como método de alimentação
  13. 13. Origem • Organismos multicelulares - as interações contínuas entre as espécies eram de cooperação e de competição. • O esforço a sobreviver conduziu ao refinamento evolucionário de sistemas imunitários intrincados. • Isto incluiu o aparecimento do sistema imunitário adaptável e inato.
  14. 14. Incorporação de um ser vivo por outro • Fagocitose: desenvolvida como um mecanismo de alimentação em procariotos; a fagocitose está presente em todo o filo.
  15. 15. Sistemas de defesas nos seres vivos
  16. 16. Defesa em bactérias • Produção de enzimas de restrição que quebram os ácidos nucléicos dos vírus
  17. 17. Defesa em protozoários
  18. 18. Sistemas de defesa em plantas
  19. 19. Sistemas de defesa em plantas
  20. 20. Sistemas de defesa em invertebrados • Encapsulação: formas de celomócitos formam cápsulas ao redor de grandes corpos estranhos
  21. 21.  Não possuem linfócitos específicos para antígenos,  Não produzem moléculas de imunoglobulinas (Ig), ou proteínas do complemento.  A defesa do hospedeiro invertebrado, é mediada por células e moléculas semelhantes aos mecanismos efetores da imunidade natural dos organismos superiores. Sistemas de defesa em invertebrados
  22. 22. • Várias células respondem aos microorganismos, cercando esses agentes infecciosos e os destruindo. • Células que se parecem com as células fagocitárias e foram denominadas: • Amebócitos fagocíticos Acelomados • Hemócito Moluscos e Artrópodes • Celomócitos Anelídeos • Leucócitos sanguíneos Tunicados Sistemas de defesa em invertebrados
  23. 23. Os invertebrados são capazes de rejeitar transplantes de tecidos estranhos ou alotransplantes • Essas reações de rejeição são mediadas principalmente por células semelhantes as células fagocitárias. Sistemas de defesa em invertebrados
  24. 24. Sistemas de defesa em invertebrados • Peptídeos antibacterianos: resposta sem capacidade de modulação; provavelmente universal
  25. 25. Lectinas • Proteínas antibacterianas • Ligam em resíduos de açúcar na superfície dos micróbios • Sinalizam ‘Alvos’ em micróbios, nos quais os celomócitos se ligam. Sistemas de defesa em invertebrados
  26. 26. Vertebrados com mandíbulas – possuem componentes do sistema imunológico adquirido: • linfócitos, • anticorpos • receptores de células T, • moléculas MHC • tecidos linfóides especializados. Sistemas de defesa em vertebrados
  27. 27. • Uma versão mais primitiva de receptores antigênicos rearranjados existe em peixes sem mandíbula ( ex lampreias). • Esses receptores foram chamados de receptores “linfocitários variáveis”, e aparentemente gerados pelo embaralhamento de segmentos de DNA na ausência de genes RAG e da maquinaria de recombinação somática mais avançada. Sistemas de defesa em vertebrados
  28. 28. • O sistema imune também se tornou cada vez mais especializado com a evolução. • PEIXES possuem apenas um tipo de anticorpo chamado IgM, • Esse numero aumenta para dois nos anfíbios como Xenopus • Sete ou oito tipos nos mamíferos. • A presença de mais tipos de anticorpos aumenta as capacidades funcionais da resposta imunológica Sistemas de defesa em vertebrados
  29. 29. Comparação entre seres vivos
  30. 30. Imunidade Adquirida

×