Bg11 sistemas endomembranares

3.186 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

Bg11 sistemas endomembranares

  1. 1. Sistemas Endomembranares
  2. 2. 1.° FASE — De um conjunto de ratos idênticos, constituíram-se dois lotes — A e B — e foram colocados em ambientes idênticos durante o mesmo número de dias.  Os ratos do lote A foram alimentados abundantemente.  Os ratos do lote B permaneceram em jejum.  Foi feita uma biopsia ao fígado dos ratos do lote A e do lote B, sendo observadas as células ao microscópio electrónico. Na figura apresentam-se os resultados das observações efectuadas. 2.a FASE — Os ratos do lote B foram alimentados com abundância durante alguns dias e observadas as suas células hepáticas ao M.E. Verificou-se que apresentavam um aspecto idêntico ao das células hepáticas dos ratos do lote B. 2Nuno Correia 09/10
  3. 3.  Compare os resultados obtidos na primeira fase da experiência Nas células hepáticas dos ratos alimentados com abundância, observa-se um retículo muito desenvolvido, enquanto que nos ratos submetidos a jejum se verifica uma regressão quase total do retículo endoplasmático. 3Nuno Correia 09/10
  4. 4. Que conclui dos resultados experimentais da 2ª fase? Se a alimentação normal for restabelecida, o retículo endoplasmático reconstitui-se, em geral, a partir de zonas vizinhas da membrana nuclear e em presença de inúmeras mitocôndrias. 4Nuno Correia 09/10
  5. 5.  A um rato previamente sujeito a jejum foi extraído o pâncreas e cortado em fatias finas que foram colocadas num meio de cultura que continha um aminoácido marcado, a leucina tritiada).  Após algum tempo de exposição, fez-se a localização da leucina radioactiva nas células, tendo sido seguidamente o tecido transferido para um meio de cultura contendo leucina não radioactiva.  Periodicamente, foram realizados novos testes para localização de sinais de radioactividade.  Os resultados obtidos estão registados na figura. 5Nuno Correia 09/10
  6. 6. 6Nuno Correia 09/10
  7. 7.  Qual o percurso seguido pela leucina tritiada no decorrer da experiência?  Após cinco minutos de permanência das células no meio de cultura com leucina tritiada, foi detectada radioactividade na região basal da célula, ao nível do RER. Isto sugere que o aminoácido marcado é, a este nível, incorporado nas proteínas sintetizadas. Quinze minutos após o início do fornecimento da leucina, a radioactividade localiza-se no RER, na proximidade dos dictiossomas do complexo de Golgi. Parece que as proteínas sintetizadas migram nos canais e cisternas do RER em direcção ao complexo de Golgi. Em C (20 min), as proteínas radioactivas passaram para os séculos golgianos. É de supor que esse transporte seja feito através de vesículas que, partindo do RER, se vão ligar aos séculos dos dictiossomas na face de formação. Em D (60 min.), apenas se observa radioactividade nas vesículas que se formam na periferia dos sáculos de Golgi. Quatro horas depois, verifica-se a exocitose dos grãos de secreção e a radioactividade só é detectada no exterior. Há assim uma relação funcional entre o RER, o complexo de Golgi e os grãos de secreção que transportam as proteínas sintetizadas para o exterior da célula. 7Nuno Correia 09/10
  8. 8.  Tendo em consideração as relações funcionais entre o RER e o complexo de Golgi, procure dar uma explicação lógica para a sequência verificada. Numa célula em actividade parece existirem estreitas relações entre RE e o complexo de Golgi. Essas relações podem ser de:  contiguidade — existem numerosas vesículas, algumas que se originam a partir do RE e depois se incorporam no Complexo de Golgi continuidade — os elementos do RE comunicam directamente com os sáculos. É provável que a origem dos sáculos ocorra a partir de vesículas provenientes do RE. Os sáculos que se vão constituindo nesta face tendem a substituir os que se situam na face maturação e que desaparecem originando vesículas de secreção. A nível do RER são elaboradas várias substâncias entre as quais uma grande variedade de proteínas. 8Nuno Correia 09/10
  9. 9. 9Nuno Correia 09/10
  10. 10.  Compare o percurso seguido pelas duas substâncias na célula. Nesta experiência verificou-se que a leucina marcada foi rapidamente incorporada a nível do RER que é o local de síntese das proteínas. Nas observações seguintes o teor de radioactividade decresce no RE, elevando-se concomitantemente no complexo de Golgi. Houve migração das proteínas marcadas que deixaram progressivamente o RE e passaram para os sáculos dos dictiossomas. Seguidamente a radiactividade diminui no Golgi e eleva-se progressivamente nos grãos de secreção. Houve, pois, transferência das proteínas para os grãos de secreção. 10Nuno Correia 09/10
  11. 11.  Compare o percurso seguido pelas duas substâncias na célula. Em relação à galactose tritiada, ao longo das observações não se nota qualquer radioactividade no RER, sugerindo pois que ele não participa no metabolismo deste açúcar. 11Nuno Correia 09/10
  12. 12.  O RE tem importância na síntese de numerosas substâncias.  RER – síntese e concentração de proteínas.  O retículo intervém ainda no transporte de substâncias, não só de proteínas, como de substâncias precedentes do exterior.  O retículo constitui uma verdadeira rede de distribuição dentro da célula.  O Complexo de Golgi está envolvido em processos de secreção celular. 12Nuno Correia 09/10
  13. 13.  Os mucopolissacarídeos produzidos pelas células caliciformes são moléculas constituídas por proteínas associadas a polissacarídeos. Como explica a sua síntese? Pode concluir-se da interpretação das curvas que proteínas sintetizadas ao nível do RE se associam no Golgi a polissacarídeos sintetizados nos dictiossomas (complexo de Golgi) para formarem os mucopolissacarídeos, que são removidos das células através das vesículas de secreção por um processo de exocitose. Curiosidade: Os glicosaminaglicanos sulfatados são materiais altamente tóxicos encontrados na Bielo Rússia. Há casos relatados de morte por ingestão de glicosaminaglicanos sulfatados após o trágico acidente nuclear em Chernobyl. Mucopolissacarídeos = glicosaminaglicanos 13Nuno Correia 09/10
  14. 14.  As proteínas sintetizadas pelos ribossomas localizados nas membranas do retículo passam para as cavidades do mesmo e enchem as vesículas que se vão fundir com os sáculos de Golgi.  As proteínas que se destinam a ser exportadas da célula são quimicamente modificadas durante a passagem pelo complexo de Golgi, sendo transformadas em glicoproteínas, na maioria dos casos.  Finalmente, o complexo de Golgi intervém também nos fenómenos de digestão intracelular. É a este nível que se formam, em grande parte, os lisossomas. 14Nuno Correia 09/10

×