Transformação e utilização de energia

7.286 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia, Negócios
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
7.286
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2.214
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
280
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Transformação e utilização de energia

  1. 1. IL 2011 http://bg10esc.wordpress.com 1
  2. 2. Conjunto de reacções químicas queocorrem em todos os seres vivos a partirdos materiais que chegam às células,acompanhadas de transferências deenergia. IL 2011 2
  3. 3. IL 2011 3
  4. 4. IL 2011 4
  5. 5. Não existe armazenamentode ATP! É necessária uma regeneraçãocontinua, à medida que sãohidrolisadas (utilizadas). IL 2011 5
  6. 6. http://photography.nationalgeographic.com/photography/
  7. 7. IL 2011 7http://photography.nationalgeographic.com/photography/photo-of-the-day/lynx-snowy-forest/
  8. 8. IL 2011 8
  9. 9. http://animals.nationalgeographic.com/animals/photos/cheetahs/
  10. 10. IL 2011 10
  11. 11. IL 2011 11
  12. 12. IL 2011 12
  13. 13. Fonte de Energia IL 2011 13
  14. 14. IL 2011 14
  15. 15. Molécula energética.Como extrair a energia da molécula IL 2011 15
  16. 16. Transferência de energia damolécula de glicose para amolécula de ATP: Na presença de oxigénio (aerobiose). Na ausência de oxigénio (anaerobiose). IL 2011 16
  17. 17. Pasteur no sec. XIX realizou umaexperiência com leveduras Na presença de oxigénio (meio aeróbio). Na ausência de oxigénio (meio anaeróbio). IL 2011 17
  18. 18. Resultados na presença de oxigénio (meio aeróbio). Com a mesma quantidade de glicose: Realização de respiração aeróbia. Maior disponibilidade de energia Degradação da glicose mais completa. Produtos resultantes H2O e CO2 (pobres em energia) Multiplicação mais intensa das leveduras. IL 2011 18
  19. 19. Resultados na ausência de oxigénio (meio anaeróbio). Com a mesma quantidade de glicose: Realização de fermentação alcoólica. Menor disponibilidade de energia. Degradação da glicose incompleta. Produtos resultantes CO2 e Etanol (molécula ainda rica em energia) Multiplicação2011 IL menos intensa das leveduras. 19
  20. 20. IL 2011 20
  21. 21. As leveduras são seres anaeróbios facultativos: podem realizar a fermentação (quando em anaerobiose)ou a respiração aeróbia (na presença de O2)Certos microrganismos são anaeróbios obrigatórios: Apenas realizam a fermentação (meios sem oxigénio) IL 2011 21
  22. 22. Praticamente todos os organismos vivos podem utilizar a glicose paraprodução da energia necessária para seus processos metabólicos. Nesteprocesso, chamado glicólise, a glicose e alguns outros açúcares sãotransformados noutras substâncias, com libertação de energia. A glicólise, uma etapa comum às fermentações, produz ácido pirúvico, queno meio celular se encontra ionizado na forma de piruvato e um intermediárioreduzido, o NADH. O que determina quais substâncias serão produzidas depende do tipo demicrorganismos e o meio onde vivem. IL 2011 22
  23. 23. Na fermentação alcoólica, o piruvato sofre descarboxilação (perdade um átomo de carbono, na forma de CO2), formando aldeídoacético. Este aldeído sofre redução, oxidando o NADH para NAD+ eformando o etanol. IL 2011 23
  24. 24. Na fermentação alcoólica, o piruvato sofre descarboxilação (perdade um átomo de carbono, na forma de CO2), pela ação de umaenzima (piruvato descarboxilase), formando aldeído acético. Estealdeído sofre redução, oxidando o NADH para NAD+ e formando oetanol, processos intermediados pela enzima álcool desidrogenase. IL 2011 24
  25. 25. Libertação de CO2 e acumulação de álcool Libertação de CO2 (aumenta o volume e torna o pão fofo). Volatilização do álcool na cozedura.Saccharomyces cerevisae: presentes nos grãos de cereal IL 2011 25
  26. 26. É um processo metabólico no qual hidratos de carbono(glicose e outras moléculas relacionadas) são parcialmenteoxidadas, resultando a libertação de energia (ATP) ecompostos orgânicos, principalmente ácido láctico (lactato),sem qualquer aceitador de electrões externo. IL 2011 26
  27. 27. Realizada por: Microrganismos como as bactériasácido-lácticas, as quais têm importante papel na Lactobacillusprodução/conservação de produtos alimentares (iogurte,queijo…) . Fibras musculares em situações de intensa actividade física, nasquais não há oxigénio suficiente para que ocorra a respiraçãocelular, ocorrendo acumulação de ácido láctico na região, o queprovoca dores, cansaço e cãibras. IL 2011 27
  28. 28. IL 2011 28
  29. 29. Azedar e coagular do leite.O ácido láctico altera o pH e provoca a coagulação das proteínas IL 2011 29
  30. 30. IL 2011 30
  31. 31. IL 2011 31
  32. 32. IL 2011 32
  33. 33. IL 2011 33
  34. 34. IL 2011 34
  35. 35. IL 2011 35
  36. 36. IL 2011 36
  37. 37. R. Respiração aeróbia e respiraçãoanaeróbia. IL 2011 37
  38. 38. R. Glicólise significa quebra da glicose, eocorre no hialoplasma (citoplasma) IL 2011 38
  39. 39. R. A respiração celular é um conjunto dereacções envolvidas no processo deextracção de energia química acumuladaem diversas moléculas orgânicas, taiscomo hidratos de carbono e lípidos. IL 2011 39
  40. 40. R. É dividida em 3 fases: Glicólise, Ciclo de Krebs e Cadeia respiratória. IL 2011 40
  41. 41. a) ácido pirúvico e água.b) ácido pirúvico e oxigénio.c) CO2 e água.d) oxigénio e água.e) oxigénio e CO2. IL 2011 41
  42. 42. Enquanto os organismos superiores utilizam a respiração aeróbia para obterenergia, algumas bactérias e fungos utilizam a fermentação. Esses processoscompreendem um conjunto de reacções enzimáticas, nos quais compostosorgânicos são degradados em moléculas mais simples. As afirmações a seguir estão relacionadas com esses processos. I) A glicose é o processo inicial da respiração e fermentação. II) As leveduras fermentam açúcares para produzir álcool etílico. III) A fermentação é mais eficiente em rendimento energético do que a respiração. Com relação às afirmativas, assinale a alternativa correcta. a) I e II são verdadeiras. b) II e III são verdadeiras. c) I, II e III são verdadeiras. d) I e III são verdadeiras. e) Apenas a II é verdadeira. IL 2011 42
  43. 43. As mitocôndrias são consideradas as “centrais de energia”das células vivas. Tal analogia refere-se ao facto de asmitocôndrias: a) armazenarem moléculas de ATP produzidas na digestão de alimentos. b) produzirem ATP com utilização de energia libertada na oxidação de moléculas orgânicas. c) consumirem moléculas de ATP na síntese de glicogénio ou de amido a partir de glicose. d) serem capazes de absorver energia luminosa utilizada na síntese de ATP. e) produzirem ATP a partir da energia libertada na síntese de amido ou de glicogénio. IL 2011 43
  44. 44. Numa situação experimental, ratos respiraram arcontendo oxigénio constituído pelo isótopo 18O.A análise de células desses animais deverá detectar apresença de isótopo 18O, primeiramente:a) no ATP.b) na glicose.c) no NADH.d) no CO2.e) na água. IL 2011 44
  45. 45. Indica a opção que apresenta a afirmativacorrecta sobre a respiração celular:a) A glicose é totalmente degradada durante a glicólise.b) A formação de ATP ocorre somente dentro da mitocôndria.c) Na respiração anaeróbia, não existem aceitadores de electrões.d) Não ocorre liberação de CO2 durante o ciclo de Krebs.e) O O2 é o aceitador final de electrões na respiração aeróbia. IL 2011 45
  46. 46. Após a digestão, os hidratos de carbono são hidrolisados em moléculasde glicose, que vão para o sangue e em seguida precisam entrar nascélulas para fornecer energia. Para isso, elas precisam de uma “chaveque abra a porta”, essa “chave” é a INSULINA, uma hormona produzidapelo pâncreas. IL 2011 46
  47. 47. IL 2011 47
  48. 48. IL 2011 48

×