Mpdc - Métodos para produção do conhecimento

565 visualizações

Publicada em

Slide de trabalho apresentado em curso superior sobre Métodos para a Produção do conhecimento.

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Mpdc - Métodos para produção do conhecimento

  1. 1. Gestão Empresarial – 2° Semestre Projeto de Pesquisa Professor Zé Luiz Amanda Braga Eduardo Fazani Gustavo Buffo Simone Castro Suzana Sarmento
  2. 2. A matéria Métodos para a produção do conhecimento faz parte da grade curricular do Segundo Semestre do Curso de Tecnologia de Gestão Empresarial na FATEC Indaiatuba, nela, entre diversos temas, é abordada a Metodologia Científica cuja qual é um conjunto de abordagens, técnicas e processos utilizados pela ciência para formular e resolver problemas de aquisição objetiva do conhecimento de uma maneira sistemática. E as técnicas científicas que são apresentadas nesse trabalho são sobre Pesquisa Científica mais precisamente como elaborar um Projeto de Pesquisa. Utilizamos como modelo uma pesquisa de Priscilla Seki sobre como atender consumidor acima dos 60 anos.
  3. 3. Pesquisa científica é um conjunto de procedimentos sistemáticos, baseados no raciocínio lógico, que tem por objetivo encontrar soluções para os problemas propostos mediante o emprego de métodos científicos.
  4. 4. Pesquisa global revela como atender consumidor acima dos 60 anos
  5. 5.  Tema;  Problema;  Objetivo Geral;  Objetivos específicos;  Hipóteses;  Justificativas;  Percurso Metodológico;  Tendência da construção do conhecimento;  Métodos de pesquisa;  Conclusão da pesquisa;  Referências bibliográficas. Passo a passo de um projeto de pesquisa:
  6. 6. Tema é o assunto que se deseja estudar e pesquisar, ele é exposto no título do trabalho. Pesquisa global revela como atender consumidor acima de 60 anos
  7. 7. O problema da pesquisa emerge do tema, é de sua compreensão que surge a problematização cuja qual dá início à pesquisa, é dado de forma interrogativa cuja resposta é o desenvolvimento da pesquisa. Como acompanhar o envelhecimento do consumidor?
  8. 8. Destacar a importância de ter mais atenção aos consumidores mais velhos  Único;  Porquê da pesquisa;  Verbo Infinitivo.
  9. 9.  A partir do Objetivo Geral;  Em média três objetivos;  Detalhar as metas da pesquisa;  Verbo Infinitivo. Apresentar o aumento dos idosos no mercado; Entender o que eles procuram no mercado; Atentar as empresas quanto ao aumento da demanda deles no mercado.
  10. 10. A hipótese apresenta a resposta preliminar (suposta) ao problema a ser investigado. É uma proposição que pode ser colocada à prova para determinar a sua validade, tida como uma prévia do que a autora encontraria ao pesquisar o tema escolhido, sempre dada pelo método indutivo. Possivelmente o segredo do sucesso para atingir o público acima dos 60 anos seja direcionar o marketing mais especificamente para esse público.
  11. 11. Possivelmente o segredo do sucesso para atingir o público acima dos 60 anos seja direcionar o marketing mais especificamente para esse público.  Social (relevância para a sociedade);  Pessoal (motivo da escolha do tema);  Acadêmica (contribuição ao meio acadêmico).
  12. 12. É o caminho e os passos a seguir no decorrer do trabalho, apresenta as técnicas que foram utilizadas para a coleta e análise dos dados (entrevistas, questionamentos, testes, técnicas de agrupamento de dados, elaboração de tabelas, descrição e codificação). Buscou dados em sites especializados em pesquisas e entrevistas; Analisou dados demográficos; Fez levantamento sobre consumo da terceira idade; Comparou dados entre países.
  13. 13.  Positivista (valor à teoria, objetiva, visão fixa da realidade);  Fenomenológica (valor ao sujeito);  Materialista Histórica (valor a história entre as classes sociais). POSITIVISTA: Utilização de autoridades no que diz respeito à pesquisa de estratégias, censos de fundações públicas da administração federal como os sites Euromonitor, o US Census Bureau, o Ofcom entre outros.
  14. 14.  Dedutivo (explica as premissas, apresenta e prova a teoria);  Indutivo (conclui amplamente as premissas);  Hipotético-dedutivo (tentativas e eliminação de erros);  Dialético (tudo se relaciona, tudo se transforma, luta dos contrários). MÉTODO INDUTIVO: Mostra o problema, diz como pode ser resolvido, porém não aplica o raciocínio desenvolvido na pesquisa e não comprova suas colocações.
  15. 15. Na conclusão de uma pesquisa o autor deve sintetizar os resultados obtidos, evidenciar as conquistas alcançadas com o estudo, indicar possíveis limitações e reconsiderações e finalizar com a contribuição da pesquisa para o leitor. A autora da pesquisa Como atender consumidor acima dos 60 anos conclui que o envelhecimento da população é global, massivo e rápido e dessa forma o mercado tem que se preparar para atender esse público que terá a maior renda da população mundial.
  16. 16. Todo trabalho acadêmico de acordo com as normas da ABNT obrigatoriamente deve apresentar suas referências às quais podem ser livros, sites, apostilas e afins. A relação de referências tem que estar em ordem alfabética e obedecer à formatação das normas. A autora para essa pesquisa utilizou como fonte de referência os sites da Euromonitor, o US Census Bureau, o Ofcom entre outros e entrevistas efetuadas por consultores da AT Kearney empresa cuja qual a autora faz parte.
  17. 17. O trabalho científico implica em análise, reflexão crítica, síntese e aprofundamento de ideias a partir da colocação de um problema e exige, para a sua apresentação ao meio acadêmico, uma forma adequada e estruturada de acordo com as normas técnicas.
  18. 18.  AMCHAM. Pesquisa Global revela como atender consumidor acima de 60 anos. Disponível em: <http://www.amcham.com.br/gestao-empresarial/noticias/pesquisa-global-revela-como- atender-consumidor-acima-de-60-anos-9677.html> Acesso em setembro 2013.  AT KEARNEY. Aprender com o passado, construir o futuro. Disponível em: < http://www.atkearney.com.br> Acesso em: outubro 2013.  BORGES, Maria Célia & DALBERIO, Osvaldo. Aspectos metodológicos e filosóficos que orientam as pesquisas em educação. 2007. 10p. Trabalho acadêmico - Universidade de Uberaba e Centro de Ensino Superior de Uberaba.  BUNGE, M. Epistemologia: curso de atualização. São Paulo: T. A. Queiroz/EDUSP, 1980.  GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. São Paulo: Altas, 1996.  LAKATOS, Eva Maria & MARCONI, Marina de Andrade. Fundamentos de Metodologia Científica. São Paulo: Atlas, 7ª ed, 2010.  MINAYO, M. C. Pesquisa Social: teoria, método e criatividade. Petrópolis, Vozes, 2002.  SALOMON, D.V. Como fazer uma monografia. 6ª Edição. Belo Horizonte: Editora interlivros de Minas Gerais, 2000.  SANTOS, Gildenir Carolino. Percurso científico: guia prático para elaboração da normalização científica e orientação metodológica. Campinas, SP: Arte Escrita, 2012.  TRIVIÑOS, A. N. S. (1987): Introdução à pesquisa em Ciências Social: a pesquisa qualitativa em educação. São Paulo: Atlas.

×