Composição química da célula

450 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
450
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
217
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Composição química da célula

  1. 1. COMPOSIÇÃO QUÍMICA CELULAR Biologia – prof. Marcia Marlise Biologiaprofma.blogspot.com
  2. 2. INTRODUÇÃO • 95% COMPOSIÇÃO QUÍMICA DOS SERES VIVOS: CHONPS • BIOLOGICAMENTE IMPORTANTES: sódio (Na), potássio (K), cálcio (Ca), fósforo (P), enxofre (S), entre outros. • SUBSTÂNCIAS INORGÂNICAS E ORGÂNICAS
  3. 3. Nesta representação, a freqüência dos elementos que ocorrem na crosta de terra é indicada pela altura do bloco. Os elementos encontrados em quantidades significativas em organismos vivos são protegidos no azul. ELEMENTOS QUÍMICOS NA NATUREZA
  4. 4. Bioquímica: Composição dos Seres Vivos Substâncias Inorgânicas: moléculas pequenas. • Água • Sais Minerais Substâncias Orgânicas: moléculas complexas, formadas por cadeias carbônicas. • Glícídios (carboidratos) • Lipídios • Proteínas • Vitaminas • Ácidos Nucleicos
  5. 5. Água • Está presente em todos os seres vivos. • Solvente universal = polarizada; Subst. Hidrofóbicas e hidrofílicas • Muitas reações químicas corporais dependem dela. • Possui função termorreguladora. • Quantidade de água no corpo varia com a idade, o metabolismo e a espécie. • Queda na quantidade de água, no corpo dos seres vivos, pode provocar desidratação.
  6. 6. Exemplo de sais minerais: Sal mineral: Função: A falta provoca: Fontes: Cálcio Ca Atua na formação de tecidos, ossos e dentes; age na coagulação do sangue e na oxigenação dos tecidos; combate as infecções, atua nos nervos e músculos e mantém o equilíbrio de ferro no organismo. Deformações ósseas; enfraquecime nto dos dentes. Queijo, leite, nozes, uva, cereais integrais, nabo, couve, feijão, amendoim. Fósforo P Atua na formação de ossos e dentes; indispensável para o sistema nervoso e o sistema muscular; junto com o cálcio e a vitamina D, combate o raquitismo. Maior probabilidade de ocorrência de fraturas; músculos atrofiados; alterações nervosas; raquitismo. Carnes, miúdos, aves, peixes, ovo, leguminosas, queijo, cereais integrais.
  7. 7. Sal mineral Função: A falta provoca: Fontes: Iodo I Faz funcionar a glândula tireoide (produz hormônios); ativa o funcionamento cerebral; permite que os músculos armazenem oxigênio e evita que a gordura se deposite nos tecidos. Bócio; obesidade, cansaço, frio (menos energia). Agrião, alcachofra, alface, alho, cebola, cenoura, ervilha, aspargo, rabanete, tomate, peixes, frutos do mar vegetais. Cloro Cl Principal ânion no líquido extracelular (balanço hídrico corporal), constitui os sucos gástricos e pancreáticos. É difícil carência de cloro, pois existe em quase todos os vegetais; o excesso de cloro destrói a vitamina E reduzindo a nabo, rabanete, espinafre, tomate, repolho.
  8. 8. Sódio Na Impede o endurecimento do cálcio e do magnésio, o que pode formar cálculos biliares ou nefríticos; previne a coagulação sanguínea, necessário para nervos e músculos. Cãibras e retardamento na cicatrização de feridas. Todos os vegetais (principalmente salsão, cenoura, agrião e cebolinha verde), queijo, nozes, aveia. Ferro Fe Indispensável na formação do sangue (hemoglobina); atua como veiculador do oxigênio para todo o organismo. Anemia. Fígado, rim, coração, gema de ovo, leguminosas, verduras, nozes, frutas secas, azeitona Sal mineral Função: A falta provoca: Fontes:
  9. 9. Potássio K Principal cátion intracelular, atua associado ao sódio, regularizando as batidas do coração e o sistema muscular e nervoso; contribui para a formação as células. Diminuição da atividade muscular, inclusive a do coração. Azeitona verde, ameixa seca, ervilha, figo, lentilha, espinafre, banana, laranja, tomate, carnes, vinagre de maçã. Magnésio Mg Atua na formação dos tecidos, ossos e dentes; ajuda a metabolizar os glíciodos; controla a excitabilidade neuromuscular; fotossíntese (clorofila). Provoca extrema sensibilidade ao frio e ao calor. Frutas cítricas, leguminosas, gema de ovo, salsinha, agrião, espinafre, cebola, tomate, mel. Sal mineral Função: A falta provoca: Fontes:
  10. 10. Carboidratos: Monossacarídeos
  11. 11. • HIDROSSOLÚVEIS E ADOCICADOS TIPOS DE CARBOIDRATOS - MONOSSACARÍDEOS PENTOSES Fórmula Nome Função C5H10O5 Ribose Componente do RNA C5H10O4 Desoxirribose Componente do DNA HEXOSES C6H12O6 Glicose Frutose Galactose Energética
  12. 12. Carboidratos: Oligossacarídeos Exemplos de dissacarídeos:
  13. 13. Carboidratos: Polissacarídeos • Formados por centenas, milhares de monossacarídeos. Exemplos de polissacarídeos

×