SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 6
Baixar para ler offline
1
Hellen White by Lcp Passold
2
A PORTA DA GRAÇA SERÁ FECHADA
“Eis que tenho posto diante de ti uma porta aberta” Ap 3.8.
A porta da graça está aberta a todos que aceitarem a Jesus como Senhor e
Salvador de suas vidas. Jesus ofereceu, para sempre, um único sacrificio pelos pecados,
e assentou-se a destra de Deus, porque com uma única oferta, aperfeiçoou todos que
estão sendo santificados. Temos, pois, irmãos, intrepidez para entrar no Santo dos
Santos, pelo sangue de Jesus, pelo novo e vivo caminho que ele nos consgrou pelo véu,
isto é, pela sua carne e tendo-o como grande sacerdote da casa de Deus, aproximemo-
nos, com sincero coração, em plena certeza de fé, tendo o coração purificado da má
consciência e lavado o corpo com agua pura. Guardemos firmes a confição da
esperança, sem vacilar, pois quem fez a promessa é fiel. Hb 10.12,14,19-23. “Tendo,
pois, a Jesus, o Filho de Deus, como grande Sumo Sacerdote que penetrou aos céus,
conservemos firmes a nossa confissão. Acheguemo-nos, portanto, confiadamente, junto
ao trono da graça, a fim de recebermos misericórdia e acharmos graça para socorro
em ocasião oportuna”. Hb 4.14,16. “Com efeito nos convinha um sacerdote como este,
santo, inculpável, sem mácula, separado dos pecadores e feito mais alto do que os céus.
Por isso, também pode salvar totalmente os que por ele se chegam a Deus, vivendo
sempre para interceder por eles”. Hb 7.26,25.
“Vi um anjo voando pelo meio do céu, tendo o evangelho eterno para pregar,
aos que se assentam, sobre a terra, e a toda nação, e tribo, e língua, e povo, dizendo em
grande voz: Temei a Deus e dai-lhe glória, pois é chegada a hora do seu juízo; adorai
aquele que fez o céu, e a terra, e o mar, e as fontes das aguas”, Ap 14.6-7. “Vem dias,
diz o Senhor Deus, em que enviarei fome sobre a terra, não de pão, nem sede de agua,
mas de ouvir a Palavra do Senhor. Andarão de mar a mar e do Norte até o Oriente;
correrão por toda parte, procurando a Palavra do Senhor e não acharão” Am 8.11.
“Nesse tempo se levantará Miguel, o grande príncipe, o defensor dos filhos do teu
povo, e haverá tempo de angustia, qual nunca houve desde que houve nação até aquele
tempo; mas naquele tempo será salvo o meu povo, todo aquele que for achado inscrito
no livro”, Dn 12.1-2.
“O santuário se encheu de fumaça procedente da glória de Deus e de seu
poder, e ninguém podia penetrar no santuário, enquanto não se cumprisse os sete
flagelos dos sete anjos”, Ap 15.8. A expressão “ninguém podia entrar no santuário”
indica o fechamento da Porta da Graça. Quando o ministério mediador de Cristo no Céu
chegar ao fim, a porta para o arrependimento se fechará para sempre. Portanto, as sete
ultimas pragas não levarão ninguém a se arrepender; elas apenas revelarão a dureza do
coração daqueles que escolheram juntar-se as heresias de Babilônia, levando-os a odiar
ainda mais a Deus. Com o fim da intercessão de Cristo no santuário celestial, o
destino, de cada individuo, terá sido determinado para sempre. Então, para os que
rejeitaram o evangelho chegará o momento de experimentar a ira de Deus. Porém, antes
do fechamento da porta da graça, os justos passarão pela Grande Tribulação e sobre os
ímpios cairão os Sete Últimos Flagelos. Estes flagelos serão muito maiores, mas
semelhantes às pragas que acometeram o povo egípcio, mas não atingiram o povo de
Deus, no tempo em que eles eram escravos do Faraó, no Egito.
3
Vi, quatro anjos em pé nos quatro cantos da terra, conservando seguros os quatro
ventos da terra, para que nenhum vento soprasse sobre a terra, nem sobre o mar, nem
sobre arvore alguma, até que fossem selados na fronte todos os servos de Deus, Ap
7.1-3. “Ouvi, vindo do santuário, uma grande voz, dizendo aos sete anjos: ide, e
derramai pela terra as sete taças da cólera de Deus. Saiu, pois, o primeiro anjo e
derramou a sua taça pela terra, e aos homens portadores da marca da besta, e
adoradores da sua imagem, sobrevieram úlceras malignas e perniciosas,” Ap 16.1-2.
“Derramou o sexto a sua taça sobre o grande rio Eufrates, cujas aguas secaram, para
que se preparasse o caminho dos reis que vem do lado do nascimento do sol”. Ap
16.12. As aguas do rio Eufrates secaram, significa que a dispensação do Espirito Santo
será retirado da Terra. Então, acontecerá o que João disse em Ap 22.11: “Continue o
ímpio fazendo injustiça, continue o imundo ainda sendo imundo; o justo continue na
prática da justiça, e o santo a santificar-se”. Aqui, o Espirito intercessor de Deus foi
retirado da Terra e a Porta da Graça estará fechada. “Derramou o sétimo anjo a sua
taça pelo ar, e saiu grande voz do santuário, do lado do trono, dizendo: Feito está”.
“Todas as ilhas fugiram e os montes não foram achados”, Ap 16.17.20. Este será
ultimo flagelo e representa a volta do Senhor Jesus em Glória, onde os justos, os que
foram santificados pelo sangue do Cordeiro, irão ao Seu encontro nos ares, ITs 4.13-18;
e todos os ímpios serão destruídos e a Terra será purificada.
Há muitos motivos para alarmar-nos, quando se fala a respeito da condição do
mundo religioso de hoje. Tem-se tido em pouca conta a misericórdia de Deus. A
multidão anula a sua lei, ensinando doutrinas que são preceitos de homens, Mt 15.9 e
Dn 5.4-21. A incredulidade permanece em muitas igrejas de nosso país; não a
incredulidade em seu sentido mais amplo, como a rejeição da Palavra de Deus, mas uma
incredulidade vestida com trajes de cristianismo, que procura destruir a verdadeira fé na
Bíblia como revelação. A devoção fervorosa e a piedade vital deram lugar ao
formalismo oco. Como consequência prevalece à apostasia e o sensualismo. Cristo
disse: “O mesmo aconteceu nos dias de Ló. Assim será no dia em que o Filho do
Homem se manifestar” Lc 17.28,30. Os fatos que estão acontecendo em nossos dias
testificam o cumprimento de suas palavras. O mundo rapidamente está amadurecendo
para a destruiçao. Logo será derramado o juizo de Deus, e o pecado e os pecadores
serão destruidos.
Antes da destruição de Sodoma, Deus enviou uma mensagem a Ló: ”salva a tua
vida; não olhes para trás, nem pares em toda a campina; foge para o monte, para que
não pereças”, Gn 19.17. A mesma vóz de advertencia foi ouvida pelos dicipulos de
Cristo, antes da destruição de Jerusalém: “Quando, porém, virdes Jerusalém sitiada de
exércitos, sabei que está próxima a sua devastação. Então, os que estiverem na judéia,
fujam para os montes” Lc 21.20,21. Não se demorem em reunir as suas posses, mas
apenas aproveitem a oportunidade para fugir. Houve uma saída, uma decidida separação
dos ímpios, uma escapada para salvar a vida. Assim foi nos dias de Ló e assim
aconteceu com os discípulos antes da destruição de Jerusalém; e assim também será nos
últimos dias. De novo se houve a voz de Deus em uma mensagem de advertência,
mandando seu povo separar-se da iniquidade que prevalece no mundo.
O estado de corrupção e apostasia, que existirá no mundo religioso nos últimos
dias, foi revelado por João, em sua visão da Babilônia do tempo do fim:“A grande
cidade que domina sobre os reis da terra”, Ap 17.18. Antes da sua destruiçao será feito
um convite: “Retirai-vos dela, povo meu, para não serdes cúmplices em seus pecados e
para não participardes dos seus flagelos; porque os seus pecados se acumularam até
4
ao céu” Ap 18.4,5. Como nos dias de Ló e dos apostolos, tem de haver uma separação
distinta entre o justo e o profano. Não pode haver mistura entre Deus e o mundo, nem
retrocesso para conseguir tesouros terrestres. “Não podeis servir a Deus e as riquesas”
Mt 6,24.
Como aconteceu com os habitantes de Sodoma, sonhavam com prosperidade e
paz, porém veio os anjos e disseram: “foge para o monte, para que não pereças”.
Porém muitos houvem outra vóz: “não se preocupe, está tudo bem”. As multidões
clamam: “Paz e segurança” ITm 5.3, quando o Céu declara que repentina destruição
está para sobrevir aos transgressores. Na noite antes da destruição de Sodoma o povo se
entregou aos prazeres turbulentos e caçoaram do aviso dos mensageiros de Deus, por
isso, todos que permaneceram em Sodoma pereceram nas chamas. Naquela mesma
noite a porta da graça foi fechada para sempre aos impios e descuidados habitantes
daquela planicie.
As escolhas que fazemos hoje determinam o que iremos colher no futuro.
Porém, muitos ainda estão cometendo o mesmo erro. Quando escolhem um lar, olham
mais para as vantagens temporais que podem adquirir do que para as influencias morais
e sociais que cercarão os seus familiares. Escolhem um território belo e fertil, ou
mudam-se para uma cidade de futuro florecente, na esperança de conceguir maior
prosperidade, mas seus filhos estarão rodeados de tentações e envolvendo-se com
pessoas que deformarão o seu caráter. Um ambiente de moralidade frouxa,
incredulidade e indiferença ás práticas religiosas, têm como tendência contrariar a
influencia dos pais. Muitos jovens fazem amizades com ateus e incrédulos lançando a
sua sorte nas mãos daqueles que são guiados pelo inimigo de Deus. “Bem aventurados
aqueles que lavam as suas vestiduras no sangue do Cordeiro, para que lhes assista o
direito a arvore da vida, e entrem na cidade pelas portas. Fora ficam os cães, os
feiticeiros, os impuros, os assassinos, os idolatras e todo aquele que ama e pratica a
mentira,” Ap 22.14-15.
O cumprimento da promessa de Deus pode tardar, pois “um dia é como mil anos
e mil anos é como um dia” IIPe 3.8. Por isso, pode parecer que está demorando, mas no
tempo adeguado certamente Ele virá e não tardará. Surgirá no Oriente uma pequena
nuvem negra aproximanadamente da metade da mão de um homem. É a nuvem que
rodeia o Salvador, e que, a distancia, parece estar envolvida em trevas. O povo de Deus
sabe ser este o sinal do Filho do Homem. Em solene silencio fitam-na, enguanto se
aproxima da Terra, mais e mais e brilhante, e gloriosa, até se tornar uma grande nuvem
branca, mostrando na base uma glória semelhante ao fogo consumidor e coroada pelo
arco-íris da aliança. Na nuvem, Jesus avança como poderoso vencedor. Agora, não
como Homem de dores, para sorver o amargo calice da ignomia da cruz, mas como
vitorioso no Céu e na Terra, para julgar os vivos e os mortos. Fiel e verdadeiro ele julga
e peleja em justiça. E seguem-no os exercitos do Céu, Ap 19-11.15. Com melodias
celestiais, os santos anjos, em vasta e inumeravel multidão, acompanham-no em seu
avanço. O firmamento está repleto de formas radiantes, milhares de milhares e milhões
de milhões de anjos. Nenhum ser humano pode descrever a cena, nenhuma mente
mortal é capaz de explicar o seu esplendor.
A benção que Deus prometeu a seu povo não está neste mundo. Abraão, o pai da
fé, não teve possessão na terra, “Nela não lhe deu herança, nem sequer o espaço de um
pé” At 7.5. Ele possuia muitos recursos, e deles fazia uso para a glória de Deus e para o
bem de seus semelhantes; mas não olhava para este mundo como sua patria. Devemos
5
morar neste mundo como peregrinos e estrangeiros se quisermos alcançar uma patria
melhor, Hb 11.16. Estamos procurando uma cidade, a Nova Jerusalem, cujo artífice é
Deus. Deus não será zombado, nem menosprezado por mais tempo. “Eis que vem o dia
do Senhor, dia cruel, com ira e ardente furor, para converter a terra em assolação e
dela destruir os pecadores” Is 13.9. A maioria das pessoas no mundo submergirão em
destruiçao, porque rejeitaram a misericórdia de Deus, porém aqueles que atenderam a
sua advertencia, habitarão na Nova Cidade.
A experiência de Jacó ao lutar com Deus durante uma noite, até ser abençoado
por ele, representa a Grande Tribulação e a angustia pela qual o povo remanescente,
“os que guardam os mandamentos de Deus e a fé em Jesus” Ap 14.12, passarão
precisamente antes da segunda vinda de Cristo. Com arrependimento sincero clamarão
os justos a Deus dia e noite por livramento dos inimigos que o cercam. Não fará Deus
justiça aos seus escolhidos, que clamam dia e noite, embora pareça demorado em
defendê-los? Digo-vos que depressa, lhes fará justiça. Contudo, quando vier o Filho do
Homem, achará fé na terra?
Depois destas coisas, vi, e eis grande multidão que ninguém podia enumerar, de
todas as nações, tribos, povos e línguas, em pé diante do trono e diante do cordeiro,
vestidos de vestiduras brancas, com palmas nas mãos. Um dos anciãos tomou a palavra
dizendo: Estes, que se vestem de vestiduras brancas, quem são e donde vieram?
Respondi-lhe: Senhor tu o sabes; ele então me disse: São estes que vieram da Grande
Tribulação, lavaram suas vestiduras e as alvejaram no sangue do Cordeiro. Ap
7.13,14. “Vi como um mar de vidro, mesclado de fogo, e os vencedores da besta da sua
imagem e do numero do seu nome, que se achavam em pé no mar de vidro, tendo
harpas de Deus; e entoavam o cântico de Moisés, o servo de Deus, e o cântico do
Cordeiro”, Ap 15.2,3. Quando Cristo cessar a sua obra como mediador em prol do
homem, então começará este tempo de angustia. O caso de toda alma já estará decidido,
e não haverá mais sangue expiatório para purificar o pecado. Ao deixar Jesus sua
posição de intercessor do homem junto a Deus, faz-se o solene anuncio: “Eis que venho
sem demora, e comigo está o galardão que tenho para retribuir para cada um segundo
suas obras”, Ap 22.12.
Assim, como Jacó foi ameaçado de morte por seu irmão irado, o povo de Deus
também estará em perigo no tempo do fim, os ímpios os perseguirão procurando
destrui-los. Da mesma maneira que o patriarca lutou toda noite para conseguir a benção
de Deus que o livraria das mãos vingativas de Esaú, tal será a experiência do povo
remanescente de Deus em sua luta final contra os poderes do mal. Na grande tribulação
o povo de Deus será provado. Satanás usará todos os seus esforços para atemoriza-los,
dizendo que seus casos são sem esperança; que seus pecados foram demasiado grandes
para serem perdoados. Muitos sentirão uma profunda angustia e um sentimento de
fracasso, por isso, muitos perderão a esperança durante a perseguição que se apresenta.
Aqueles que com fé perseverarem e confiarem no poder do sangue de Jesus sairão
vencedores. “Acautelai-vos, por vós mesmos, para que nunca vos suceda que o vosso
coração fique sobrecarregado com as consequências da orgia, da embriagues e das
preocupações deste mundo, e para que dia não venha sobre vós repentinamente, como
um laço. Pois há de sobre vir a todos os que vivem sobre a face de toda terra. Vigiai,
pois, a todo tempo, orando, para que possais escapar de todas essas coisas que tem de
suceder e estar em pé na presença do Filho do Homem”. Lc 21.34-36.
6
Nada podemos fazer por nós mesmos. Em toda a nossa vida, desajustada e
indigna, devemos confiar unicamente nos méritos do Salvador crucificado, ressuscitado
e glorificado. Ninguém perecerá, se mantiver os olhos em Cristo. “O que anda em
justiça e fala o que é reto; o que despreza o ganho de opressão; o que, com um gesto de
mãos, recusa a aceitar suborno, o que tapa os ouvidos, para não ouvir falar de
homicídios, e fecha os olhos para não ver o mal, este habitará nas alturas”, Is 33.15-
16. A lista longa e negra dos nossos pecados está diante dos olhos do Ser Infinito.
Porém, aquele que perseverar e confiar na grande misericórdia de Deus e nas promessas
feitas por Cristo será salvo. Deus ouvirá o seu clamor: Se, com fé e arrependimento
confessar os seus pecados, pois ele prometeu em sua Palavra. “Pois, para com as suas
iniquidades, usarei de misericórdia e dos seus pecados jamais me lembrarei”, Hb 8.12.
“Porque guardaste a palavra da minha perseverança, também eu te guardarei
da hora da minha provação que há de vir sobre o mundo inteiro, para experimentar
os que habitam sobre a terra. Venho sem demora. Conserva o que tens, para que
ninguém tome a tua coroa” Ap 3.10,11.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Não é Liberdae mas Blasfêmia
Não é Liberdae mas BlasfêmiaNão é Liberdae mas Blasfêmia
Não é Liberdae mas BlasfêmiaSilvio Dutra
 
A segunda vinda de Jesus_1332014_GGR.odt
A segunda vinda de Jesus_1332014_GGR.odtA segunda vinda de Jesus_1332014_GGR.odt
A segunda vinda de Jesus_1332014_GGR.odtGerson G. Ramos
 
Respostas_Leis no tempo de Cristo_122014
Respostas_Leis no tempo de Cristo_122014Respostas_Leis no tempo de Cristo_122014
Respostas_Leis no tempo de Cristo_122014Gerson G. Ramos
 
34. apocalipse 1
34. apocalipse 134. apocalipse 1
34. apocalipse 1pohlos
 
A lei de Deus_1032014_GGR
A lei de Deus_1032014_GGRA lei de Deus_1032014_GGR
A lei de Deus_1032014_GGRGerson G. Ramos
 
Antes que seja tarde demais - E-book
Antes que seja tarde demais  - E-bookAntes que seja tarde demais  - E-book
Antes que seja tarde demais - E-bookSammis Reachers
 
❉ Respostas_1012016_Paulo e a rebelião_GGR
❉ Respostas_1012016_Paulo e a rebelião_GGR❉ Respostas_1012016_Paulo e a rebelião_GGR
❉ Respostas_1012016_Paulo e a rebelião_GGRGerson G. Ramos
 
Biblia Acf
Biblia AcfBiblia Acf
Biblia AcfEd Mir
 
A razão da existência do adventismo
A razão da existência do adventismoA razão da existência do adventismo
A razão da existência do adventismoEduardo Sousa Gomes
 
259093705 sermao-nº-1265-a-eterna-verdade-de-deus-por-charles-haddon-spurgeon
259093705 sermao-nº-1265-a-eterna-verdade-de-deus-por-charles-haddon-spurgeon259093705 sermao-nº-1265-a-eterna-verdade-de-deus-por-charles-haddon-spurgeon
259093705 sermao-nº-1265-a-eterna-verdade-de-deus-por-charles-haddon-spurgeonantonio ferreira
 
O Velho e o Novo Homem em Crentes – Thomas Boston
O Velho e o Novo Homem em Crentes –  Thomas BostonO Velho e o Novo Homem em Crentes –  Thomas Boston
O Velho e o Novo Homem em Crentes – Thomas BostonSilvio Dutra
 
Perseguidos mas não desamparados e destruídos
Perseguidos mas não desamparados e destruídosPerseguidos mas não desamparados e destruídos
Perseguidos mas não desamparados e destruídosSilvio Dutra
 

Mais procurados (20)

Não é Liberdae mas Blasfêmia
Não é Liberdae mas BlasfêmiaNão é Liberdae mas Blasfêmia
Não é Liberdae mas Blasfêmia
 
Culto de páscoa
Culto de páscoaCulto de páscoa
Culto de páscoa
 
A segunda vinda de Jesus_1332014_GGR.odt
A segunda vinda de Jesus_1332014_GGR.odtA segunda vinda de Jesus_1332014_GGR.odt
A segunda vinda de Jesus_1332014_GGR.odt
 
Estudo breve de escatologia
Estudo breve de escatologiaEstudo breve de escatologia
Estudo breve de escatologia
 
Respostas_Leis no tempo de Cristo_122014
Respostas_Leis no tempo de Cristo_122014Respostas_Leis no tempo de Cristo_122014
Respostas_Leis no tempo de Cristo_122014
 
34. apocalipse 1
34. apocalipse 134. apocalipse 1
34. apocalipse 1
 
A lei de Deus_1032014_GGR
A lei de Deus_1032014_GGRA lei de Deus_1032014_GGR
A lei de Deus_1032014_GGR
 
Refletindo a cristo (rc) mm
Refletindo a cristo (rc)   mmRefletindo a cristo (rc)   mm
Refletindo a cristo (rc) mm
 
Salvação_432014_GGR
Salvação_432014_GGRSalvação_432014_GGR
Salvação_432014_GGR
 
Antes que seja tarde demais - E-book
Antes que seja tarde demais  - E-bookAntes que seja tarde demais  - E-book
Antes que seja tarde demais - E-book
 
A Maravilhosa Graça de Deus (MG) - MM
A Maravilhosa Graça de Deus (MG) - MMA Maravilhosa Graça de Deus (MG) - MM
A Maravilhosa Graça de Deus (MG) - MM
 
❉ Respostas_1012016_Paulo e a rebelião_GGR
❉ Respostas_1012016_Paulo e a rebelião_GGR❉ Respostas_1012016_Paulo e a rebelião_GGR
❉ Respostas_1012016_Paulo e a rebelião_GGR
 
Biblia Acf
Biblia AcfBiblia Acf
Biblia Acf
 
Apocalipse - Capítulo 13
Apocalipse - Capítulo 13 Apocalipse - Capítulo 13
Apocalipse - Capítulo 13
 
A razão da existência do adventismo
A razão da existência do adventismoA razão da existência do adventismo
A razão da existência do adventismo
 
Linguagem do amor
Linguagem do amorLinguagem do amor
Linguagem do amor
 
259093705 sermao-nº-1265-a-eterna-verdade-de-deus-por-charles-haddon-spurgeon
259093705 sermao-nº-1265-a-eterna-verdade-de-deus-por-charles-haddon-spurgeon259093705 sermao-nº-1265-a-eterna-verdade-de-deus-por-charles-haddon-spurgeon
259093705 sermao-nº-1265-a-eterna-verdade-de-deus-por-charles-haddon-spurgeon
 
O Velho e o Novo Homem em Crentes – Thomas Boston
O Velho e o Novo Homem em Crentes –  Thomas BostonO Velho e o Novo Homem em Crentes –  Thomas Boston
O Velho e o Novo Homem em Crentes – Thomas Boston
 
O Filho_232014_GGR
O Filho_232014_GGRO Filho_232014_GGR
O Filho_232014_GGR
 
Perseguidos mas não desamparados e destruídos
Perseguidos mas não desamparados e destruídosPerseguidos mas não desamparados e destruídos
Perseguidos mas não desamparados e destruídos
 

Semelhante a O FECHAMENTO DA PORTA DA GRAÇA

27. apostasia
27. apostasia27. apostasia
27. apostasiapohlos
 
Textos sobre espirito_santo
Textos sobre espirito_santoTextos sobre espirito_santo
Textos sobre espirito_santoJose Moraes
 
E S C A T O L O G I A
E S C A T O L O G I AE S C A T O L O G I A
E S C A T O L O G I AFeitosa Lima
 
Joel 3 - Israel será restaurado
Joel 3 - Israel será restauradoJoel 3 - Israel será restaurado
Joel 3 - Israel será restauradoRodrigo Mendonça
 
A segunda vinda de Jesus Cristo
A segunda vinda de Jesus CristoA segunda vinda de Jesus Cristo
A segunda vinda de Jesus Cristodimas campos
 
Nossa mensagem profética_Resumo_1142013
Nossa mensagem profética_Resumo_1142013Nossa mensagem profética_Resumo_1142013
Nossa mensagem profética_Resumo_1142013Gerson G. Ramos
 
O Dia do Senhor_Resumo_922013
O Dia do Senhor_Resumo_922013O Dia do Senhor_Resumo_922013
O Dia do Senhor_Resumo_922013Gerson G. Ramos
 
❉ Jesus: o Mestre das missões_Resp_Liç_732015_GGR
❉ Jesus: o Mestre das missões_Resp_Liç_732015_GGR❉ Jesus: o Mestre das missões_Resp_Liç_732015_GGR
❉ Jesus: o Mestre das missões_Resp_Liç_732015_GGRGerson G. Ramos
 
14 a queda da grande babilônia
14   a queda da grande babilônia14   a queda da grande babilônia
14 a queda da grande babilôniaDiego Fortunatto
 
Evangelho eterno_1342014_GGR
Evangelho eterno_1342014_GGREvangelho eterno_1342014_GGR
Evangelho eterno_1342014_GGRGerson G. Ramos
 
Apocalipse intro e cap 01 10 02 2015
Apocalipse intro e cap 01 10 02 2015Apocalipse intro e cap 01 10 02 2015
Apocalipse intro e cap 01 10 02 2015Welem C Lourenço
 
A segunda vinda de Jesus e a herança dos fiéis..pptx
A segunda vinda de Jesus e a herança dos fiéis..pptxA segunda vinda de Jesus e a herança dos fiéis..pptx
A segunda vinda de Jesus e a herança dos fiéis..pptxAdilsonGoubeti
 
❉ Respostas_912016_O grande conflito e a igreja primitiva_GGR
❉ Respostas_912016_O grande conflito e a igreja primitiva_GGR❉ Respostas_912016_O grande conflito e a igreja primitiva_GGR
❉ Respostas_912016_O grande conflito e a igreja primitiva_GGRGerson G. Ramos
 

Semelhante a O FECHAMENTO DA PORTA DA GRAÇA (20)

27. apostasia
27. apostasia27. apostasia
27. apostasia
 
Escatologia cap. 01
Escatologia cap. 01Escatologia cap. 01
Escatologia cap. 01
 
Textos sobre espirito_santo
Textos sobre espirito_santoTextos sobre espirito_santo
Textos sobre espirito_santo
 
Daniel 9
Daniel 9Daniel 9
Daniel 9
 
E S C A T O L O G I A
E S C A T O L O G I AE S C A T O L O G I A
E S C A T O L O G I A
 
Joel 3 - Israel será restaurado
Joel 3 - Israel será restauradoJoel 3 - Israel será restaurado
Joel 3 - Israel será restaurado
 
Apocalipse 20
Apocalipse 20Apocalipse 20
Apocalipse 20
 
A segunda vinda de Jesus Cristo
A segunda vinda de Jesus CristoA segunda vinda de Jesus Cristo
A segunda vinda de Jesus Cristo
 
Escatologia cap.03
Escatologia cap.03Escatologia cap.03
Escatologia cap.03
 
Nossa mensagem profética_Resumo_1142013
Nossa mensagem profética_Resumo_1142013Nossa mensagem profética_Resumo_1142013
Nossa mensagem profética_Resumo_1142013
 
O Dia do Senhor_Resumo_922013
O Dia do Senhor_Resumo_922013O Dia do Senhor_Resumo_922013
O Dia do Senhor_Resumo_922013
 
❉ Jesus: o Mestre das missões_Resp_Liç_732015_GGR
❉ Jesus: o Mestre das missões_Resp_Liç_732015_GGR❉ Jesus: o Mestre das missões_Resp_Liç_732015_GGR
❉ Jesus: o Mestre das missões_Resp_Liç_732015_GGR
 
John wesley o grande julgamento
John wesley o grande julgamentoJohn wesley o grande julgamento
John wesley o grande julgamento
 
14 a queda da grande babilônia
14   a queda da grande babilônia14   a queda da grande babilônia
14 a queda da grande babilônia
 
Apocalipse intro e cap 01
Apocalipse intro e cap 01Apocalipse intro e cap 01
Apocalipse intro e cap 01
 
Evangelho eterno_1342014_GGR
Evangelho eterno_1342014_GGREvangelho eterno_1342014_GGR
Evangelho eterno_1342014_GGR
 
Apocalipse intro e cap 01 10 02 2015
Apocalipse intro e cap 01 10 02 2015Apocalipse intro e cap 01 10 02 2015
Apocalipse intro e cap 01 10 02 2015
 
A segunda vinda de Jesus e a herança dos fiéis..pptx
A segunda vinda de Jesus e a herança dos fiéis..pptxA segunda vinda de Jesus e a herança dos fiéis..pptx
A segunda vinda de Jesus e a herança dos fiéis..pptx
 
❉ Respostas_912016_O grande conflito e a igreja primitiva_GGR
❉ Respostas_912016_O grande conflito e a igreja primitiva_GGR❉ Respostas_912016_O grande conflito e a igreja primitiva_GGR
❉ Respostas_912016_O grande conflito e a igreja primitiva_GGR
 
O Rugido do Leão
O Rugido do LeãoO Rugido do Leão
O Rugido do Leão
 

Mais de Lc Passold

VISÕES MÍSTICAS
VISÕES MÍSTICASVISÕES MÍSTICAS
VISÕES MÍSTICASLc Passold
 
VINHA VERDADEIRA - CURSO DE ENRIQUECIMENTO ESPIRITUAL
VINHA VERDADEIRA - CURSO DE ENRIQUECIMENTO ESPIRITUAL VINHA VERDADEIRA - CURSO DE ENRIQUECIMENTO ESPIRITUAL
VINHA VERDADEIRA - CURSO DE ENRIQUECIMENTO ESPIRITUAL Lc Passold
 
VIDEIRA VERDADEIRA - CURSO DE ENRIQUECIMENTO ESPIRITUAL
VIDEIRA VERDADEIRA - CURSO DE ENRIQUECIMENTO ESPIRITUAL VIDEIRA VERDADEIRA - CURSO DE ENRIQUECIMENTO ESPIRITUAL
VIDEIRA VERDADEIRA - CURSO DE ENRIQUECIMENTO ESPIRITUAL Lc Passold
 
VIDEIRA - CURSO DE ENRIQUECIMENTO ESPIRITUAL
VIDEIRA - CURSO DE ENRIQUECIMENTO ESPIRITUAL VIDEIRA - CURSO DE ENRIQUECIMENTO ESPIRITUAL
VIDEIRA - CURSO DE ENRIQUECIMENTO ESPIRITUAL Lc Passold
 
VIDA CRISTÃ REAL
VIDA CRISTÃ REALVIDA CRISTÃ REAL
VIDA CRISTÃ REALLc Passold
 
SUPLEMENTO NUTRICIONAL
SUPLEMENTO NUTRICIONALSUPLEMENTO NUTRICIONAL
SUPLEMENTO NUTRICIONALLc Passold
 
LIVRE DO PODER DO PECADO
LIVRE DO PODER DO PECADO LIVRE DO PODER DO PECADO
LIVRE DO PODER DO PECADO Lc Passold
 
FUGINDO DE DEUS
FUGINDO DE DEUSFUGINDO DE DEUS
FUGINDO DE DEUSLc Passold
 
DEUS APROVA O HOMOSSEXUALISMO?
DEUS APROVA O HOMOSSEXUALISMO?DEUS APROVA O HOMOSSEXUALISMO?
DEUS APROVA O HOMOSSEXUALISMO?Lc Passold
 
CRISTO NOSSA SUFICIENCIA
CRISTO NOSSA SUFICIENCIACRISTO NOSSA SUFICIENCIA
CRISTO NOSSA SUFICIENCIALc Passold
 
CRESCIMENTO ESPIRITUAL CRISTÃO
CRESCIMENTO ESPIRITUAL CRISTÃOCRESCIMENTO ESPIRITUAL CRISTÃO
CRESCIMENTO ESPIRITUAL CRISTÃOLc Passold
 
ANDAR COM DEUS
ANDAR COM DEUSANDAR COM DEUS
ANDAR COM DEUSLc Passold
 
A BUSCA DOS DONS ESPIRITUAIS
A BUSCA DOS DONS ESPIRITUAISA BUSCA DOS DONS ESPIRITUAIS
A BUSCA DOS DONS ESPIRITUAISLc Passold
 

Mais de Lc Passold (13)

VISÕES MÍSTICAS
VISÕES MÍSTICASVISÕES MÍSTICAS
VISÕES MÍSTICAS
 
VINHA VERDADEIRA - CURSO DE ENRIQUECIMENTO ESPIRITUAL
VINHA VERDADEIRA - CURSO DE ENRIQUECIMENTO ESPIRITUAL VINHA VERDADEIRA - CURSO DE ENRIQUECIMENTO ESPIRITUAL
VINHA VERDADEIRA - CURSO DE ENRIQUECIMENTO ESPIRITUAL
 
VIDEIRA VERDADEIRA - CURSO DE ENRIQUECIMENTO ESPIRITUAL
VIDEIRA VERDADEIRA - CURSO DE ENRIQUECIMENTO ESPIRITUAL VIDEIRA VERDADEIRA - CURSO DE ENRIQUECIMENTO ESPIRITUAL
VIDEIRA VERDADEIRA - CURSO DE ENRIQUECIMENTO ESPIRITUAL
 
VIDEIRA - CURSO DE ENRIQUECIMENTO ESPIRITUAL
VIDEIRA - CURSO DE ENRIQUECIMENTO ESPIRITUAL VIDEIRA - CURSO DE ENRIQUECIMENTO ESPIRITUAL
VIDEIRA - CURSO DE ENRIQUECIMENTO ESPIRITUAL
 
VIDA CRISTÃ REAL
VIDA CRISTÃ REALVIDA CRISTÃ REAL
VIDA CRISTÃ REAL
 
SUPLEMENTO NUTRICIONAL
SUPLEMENTO NUTRICIONALSUPLEMENTO NUTRICIONAL
SUPLEMENTO NUTRICIONAL
 
LIVRE DO PODER DO PECADO
LIVRE DO PODER DO PECADO LIVRE DO PODER DO PECADO
LIVRE DO PODER DO PECADO
 
FUGINDO DE DEUS
FUGINDO DE DEUSFUGINDO DE DEUS
FUGINDO DE DEUS
 
DEUS APROVA O HOMOSSEXUALISMO?
DEUS APROVA O HOMOSSEXUALISMO?DEUS APROVA O HOMOSSEXUALISMO?
DEUS APROVA O HOMOSSEXUALISMO?
 
CRISTO NOSSA SUFICIENCIA
CRISTO NOSSA SUFICIENCIACRISTO NOSSA SUFICIENCIA
CRISTO NOSSA SUFICIENCIA
 
CRESCIMENTO ESPIRITUAL CRISTÃO
CRESCIMENTO ESPIRITUAL CRISTÃOCRESCIMENTO ESPIRITUAL CRISTÃO
CRESCIMENTO ESPIRITUAL CRISTÃO
 
ANDAR COM DEUS
ANDAR COM DEUSANDAR COM DEUS
ANDAR COM DEUS
 
A BUSCA DOS DONS ESPIRITUAIS
A BUSCA DOS DONS ESPIRITUAISA BUSCA DOS DONS ESPIRITUAIS
A BUSCA DOS DONS ESPIRITUAIS
 

Último

ESQUEMA PARA LECTIO DIVINA PARA LEIGOS 2024
ESQUEMA PARA LECTIO DIVINA PARA LEIGOS 2024ESQUEMA PARA LECTIO DIVINA PARA LEIGOS 2024
ESQUEMA PARA LECTIO DIVINA PARA LEIGOS 2024LeonardoQuintanilha4
 
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdfOrações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdfStelaWilbert
 
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptxIgreja Jesus é o Verbo
 
Livro Atos dos apóstolos estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
Livro Atos dos apóstolos  estudo 12- Cap 25 e 26.pptxLivro Atos dos apóstolos  estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
Livro Atos dos apóstolos estudo 12- Cap 25 e 26.pptxPIB Penha
 
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptxIgreja Jesus é o Verbo
 
Especialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptx
Especialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptxEspecialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptx
Especialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptxViniciusPetersen1
 
Ciclos de Aprendizados: “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...
Ciclos de Aprendizados:  “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...Ciclos de Aprendizados:  “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...
Ciclos de Aprendizados: “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...M.R.L
 
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptxIgreja Jesus é o Verbo
 
Oração Para Os Estudos São Tomás De Aquino
Oração Para Os Estudos São Tomás De AquinoOração Para Os Estudos São Tomás De Aquino
Oração Para Os Estudos São Tomás De AquinoNilson Almeida
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação NecessáriaSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação NecessáriaRicardo Azevedo
 
Curso Básico de Teologia - Bibliologia - Apresentação
Curso Básico de Teologia - Bibliologia - ApresentaçãoCurso Básico de Teologia - Bibliologia - Apresentação
Curso Básico de Teologia - Bibliologia - Apresentaçãoantonio211075
 
Folder clube de Desbravadores.............
Folder clube de Desbravadores.............Folder clube de Desbravadores.............
Folder clube de Desbravadores.............MilyFonceca
 
Hermann Hesse - Sidarta - Livro para Autoconhecimento
Hermann Hesse - Sidarta - Livro para AutoconhecimentoHermann Hesse - Sidarta - Livro para Autoconhecimento
Hermann Hesse - Sidarta - Livro para AutoconhecimentoFabioLofrano
 

Último (13)

ESQUEMA PARA LECTIO DIVINA PARA LEIGOS 2024
ESQUEMA PARA LECTIO DIVINA PARA LEIGOS 2024ESQUEMA PARA LECTIO DIVINA PARA LEIGOS 2024
ESQUEMA PARA LECTIO DIVINA PARA LEIGOS 2024
 
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdfOrações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
 
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
 
Livro Atos dos apóstolos estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
Livro Atos dos apóstolos  estudo 12- Cap 25 e 26.pptxLivro Atos dos apóstolos  estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
Livro Atos dos apóstolos estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
 
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
 
Especialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptx
Especialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptxEspecialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptx
Especialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptx
 
Ciclos de Aprendizados: “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...
Ciclos de Aprendizados:  “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...Ciclos de Aprendizados:  “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...
Ciclos de Aprendizados: “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...
 
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
 
Oração Para Os Estudos São Tomás De Aquino
Oração Para Os Estudos São Tomás De AquinoOração Para Os Estudos São Tomás De Aquino
Oração Para Os Estudos São Tomás De Aquino
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação NecessáriaSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
 
Curso Básico de Teologia - Bibliologia - Apresentação
Curso Básico de Teologia - Bibliologia - ApresentaçãoCurso Básico de Teologia - Bibliologia - Apresentação
Curso Básico de Teologia - Bibliologia - Apresentação
 
Folder clube de Desbravadores.............
Folder clube de Desbravadores.............Folder clube de Desbravadores.............
Folder clube de Desbravadores.............
 
Hermann Hesse - Sidarta - Livro para Autoconhecimento
Hermann Hesse - Sidarta - Livro para AutoconhecimentoHermann Hesse - Sidarta - Livro para Autoconhecimento
Hermann Hesse - Sidarta - Livro para Autoconhecimento
 

O FECHAMENTO DA PORTA DA GRAÇA

  • 1. 1 Hellen White by Lcp Passold
  • 2. 2 A PORTA DA GRAÇA SERÁ FECHADA “Eis que tenho posto diante de ti uma porta aberta” Ap 3.8. A porta da graça está aberta a todos que aceitarem a Jesus como Senhor e Salvador de suas vidas. Jesus ofereceu, para sempre, um único sacrificio pelos pecados, e assentou-se a destra de Deus, porque com uma única oferta, aperfeiçoou todos que estão sendo santificados. Temos, pois, irmãos, intrepidez para entrar no Santo dos Santos, pelo sangue de Jesus, pelo novo e vivo caminho que ele nos consgrou pelo véu, isto é, pela sua carne e tendo-o como grande sacerdote da casa de Deus, aproximemo- nos, com sincero coração, em plena certeza de fé, tendo o coração purificado da má consciência e lavado o corpo com agua pura. Guardemos firmes a confição da esperança, sem vacilar, pois quem fez a promessa é fiel. Hb 10.12,14,19-23. “Tendo, pois, a Jesus, o Filho de Deus, como grande Sumo Sacerdote que penetrou aos céus, conservemos firmes a nossa confissão. Acheguemo-nos, portanto, confiadamente, junto ao trono da graça, a fim de recebermos misericórdia e acharmos graça para socorro em ocasião oportuna”. Hb 4.14,16. “Com efeito nos convinha um sacerdote como este, santo, inculpável, sem mácula, separado dos pecadores e feito mais alto do que os céus. Por isso, também pode salvar totalmente os que por ele se chegam a Deus, vivendo sempre para interceder por eles”. Hb 7.26,25. “Vi um anjo voando pelo meio do céu, tendo o evangelho eterno para pregar, aos que se assentam, sobre a terra, e a toda nação, e tribo, e língua, e povo, dizendo em grande voz: Temei a Deus e dai-lhe glória, pois é chegada a hora do seu juízo; adorai aquele que fez o céu, e a terra, e o mar, e as fontes das aguas”, Ap 14.6-7. “Vem dias, diz o Senhor Deus, em que enviarei fome sobre a terra, não de pão, nem sede de agua, mas de ouvir a Palavra do Senhor. Andarão de mar a mar e do Norte até o Oriente; correrão por toda parte, procurando a Palavra do Senhor e não acharão” Am 8.11. “Nesse tempo se levantará Miguel, o grande príncipe, o defensor dos filhos do teu povo, e haverá tempo de angustia, qual nunca houve desde que houve nação até aquele tempo; mas naquele tempo será salvo o meu povo, todo aquele que for achado inscrito no livro”, Dn 12.1-2. “O santuário se encheu de fumaça procedente da glória de Deus e de seu poder, e ninguém podia penetrar no santuário, enquanto não se cumprisse os sete flagelos dos sete anjos”, Ap 15.8. A expressão “ninguém podia entrar no santuário” indica o fechamento da Porta da Graça. Quando o ministério mediador de Cristo no Céu chegar ao fim, a porta para o arrependimento se fechará para sempre. Portanto, as sete ultimas pragas não levarão ninguém a se arrepender; elas apenas revelarão a dureza do coração daqueles que escolheram juntar-se as heresias de Babilônia, levando-os a odiar ainda mais a Deus. Com o fim da intercessão de Cristo no santuário celestial, o destino, de cada individuo, terá sido determinado para sempre. Então, para os que rejeitaram o evangelho chegará o momento de experimentar a ira de Deus. Porém, antes do fechamento da porta da graça, os justos passarão pela Grande Tribulação e sobre os ímpios cairão os Sete Últimos Flagelos. Estes flagelos serão muito maiores, mas semelhantes às pragas que acometeram o povo egípcio, mas não atingiram o povo de Deus, no tempo em que eles eram escravos do Faraó, no Egito.
  • 3. 3 Vi, quatro anjos em pé nos quatro cantos da terra, conservando seguros os quatro ventos da terra, para que nenhum vento soprasse sobre a terra, nem sobre o mar, nem sobre arvore alguma, até que fossem selados na fronte todos os servos de Deus, Ap 7.1-3. “Ouvi, vindo do santuário, uma grande voz, dizendo aos sete anjos: ide, e derramai pela terra as sete taças da cólera de Deus. Saiu, pois, o primeiro anjo e derramou a sua taça pela terra, e aos homens portadores da marca da besta, e adoradores da sua imagem, sobrevieram úlceras malignas e perniciosas,” Ap 16.1-2. “Derramou o sexto a sua taça sobre o grande rio Eufrates, cujas aguas secaram, para que se preparasse o caminho dos reis que vem do lado do nascimento do sol”. Ap 16.12. As aguas do rio Eufrates secaram, significa que a dispensação do Espirito Santo será retirado da Terra. Então, acontecerá o que João disse em Ap 22.11: “Continue o ímpio fazendo injustiça, continue o imundo ainda sendo imundo; o justo continue na prática da justiça, e o santo a santificar-se”. Aqui, o Espirito intercessor de Deus foi retirado da Terra e a Porta da Graça estará fechada. “Derramou o sétimo anjo a sua taça pelo ar, e saiu grande voz do santuário, do lado do trono, dizendo: Feito está”. “Todas as ilhas fugiram e os montes não foram achados”, Ap 16.17.20. Este será ultimo flagelo e representa a volta do Senhor Jesus em Glória, onde os justos, os que foram santificados pelo sangue do Cordeiro, irão ao Seu encontro nos ares, ITs 4.13-18; e todos os ímpios serão destruídos e a Terra será purificada. Há muitos motivos para alarmar-nos, quando se fala a respeito da condição do mundo religioso de hoje. Tem-se tido em pouca conta a misericórdia de Deus. A multidão anula a sua lei, ensinando doutrinas que são preceitos de homens, Mt 15.9 e Dn 5.4-21. A incredulidade permanece em muitas igrejas de nosso país; não a incredulidade em seu sentido mais amplo, como a rejeição da Palavra de Deus, mas uma incredulidade vestida com trajes de cristianismo, que procura destruir a verdadeira fé na Bíblia como revelação. A devoção fervorosa e a piedade vital deram lugar ao formalismo oco. Como consequência prevalece à apostasia e o sensualismo. Cristo disse: “O mesmo aconteceu nos dias de Ló. Assim será no dia em que o Filho do Homem se manifestar” Lc 17.28,30. Os fatos que estão acontecendo em nossos dias testificam o cumprimento de suas palavras. O mundo rapidamente está amadurecendo para a destruiçao. Logo será derramado o juizo de Deus, e o pecado e os pecadores serão destruidos. Antes da destruição de Sodoma, Deus enviou uma mensagem a Ló: ”salva a tua vida; não olhes para trás, nem pares em toda a campina; foge para o monte, para que não pereças”, Gn 19.17. A mesma vóz de advertencia foi ouvida pelos dicipulos de Cristo, antes da destruição de Jerusalém: “Quando, porém, virdes Jerusalém sitiada de exércitos, sabei que está próxima a sua devastação. Então, os que estiverem na judéia, fujam para os montes” Lc 21.20,21. Não se demorem em reunir as suas posses, mas apenas aproveitem a oportunidade para fugir. Houve uma saída, uma decidida separação dos ímpios, uma escapada para salvar a vida. Assim foi nos dias de Ló e assim aconteceu com os discípulos antes da destruição de Jerusalém; e assim também será nos últimos dias. De novo se houve a voz de Deus em uma mensagem de advertência, mandando seu povo separar-se da iniquidade que prevalece no mundo. O estado de corrupção e apostasia, que existirá no mundo religioso nos últimos dias, foi revelado por João, em sua visão da Babilônia do tempo do fim:“A grande cidade que domina sobre os reis da terra”, Ap 17.18. Antes da sua destruiçao será feito um convite: “Retirai-vos dela, povo meu, para não serdes cúmplices em seus pecados e para não participardes dos seus flagelos; porque os seus pecados se acumularam até
  • 4. 4 ao céu” Ap 18.4,5. Como nos dias de Ló e dos apostolos, tem de haver uma separação distinta entre o justo e o profano. Não pode haver mistura entre Deus e o mundo, nem retrocesso para conseguir tesouros terrestres. “Não podeis servir a Deus e as riquesas” Mt 6,24. Como aconteceu com os habitantes de Sodoma, sonhavam com prosperidade e paz, porém veio os anjos e disseram: “foge para o monte, para que não pereças”. Porém muitos houvem outra vóz: “não se preocupe, está tudo bem”. As multidões clamam: “Paz e segurança” ITm 5.3, quando o Céu declara que repentina destruição está para sobrevir aos transgressores. Na noite antes da destruição de Sodoma o povo se entregou aos prazeres turbulentos e caçoaram do aviso dos mensageiros de Deus, por isso, todos que permaneceram em Sodoma pereceram nas chamas. Naquela mesma noite a porta da graça foi fechada para sempre aos impios e descuidados habitantes daquela planicie. As escolhas que fazemos hoje determinam o que iremos colher no futuro. Porém, muitos ainda estão cometendo o mesmo erro. Quando escolhem um lar, olham mais para as vantagens temporais que podem adquirir do que para as influencias morais e sociais que cercarão os seus familiares. Escolhem um território belo e fertil, ou mudam-se para uma cidade de futuro florecente, na esperança de conceguir maior prosperidade, mas seus filhos estarão rodeados de tentações e envolvendo-se com pessoas que deformarão o seu caráter. Um ambiente de moralidade frouxa, incredulidade e indiferença ás práticas religiosas, têm como tendência contrariar a influencia dos pais. Muitos jovens fazem amizades com ateus e incrédulos lançando a sua sorte nas mãos daqueles que são guiados pelo inimigo de Deus. “Bem aventurados aqueles que lavam as suas vestiduras no sangue do Cordeiro, para que lhes assista o direito a arvore da vida, e entrem na cidade pelas portas. Fora ficam os cães, os feiticeiros, os impuros, os assassinos, os idolatras e todo aquele que ama e pratica a mentira,” Ap 22.14-15. O cumprimento da promessa de Deus pode tardar, pois “um dia é como mil anos e mil anos é como um dia” IIPe 3.8. Por isso, pode parecer que está demorando, mas no tempo adeguado certamente Ele virá e não tardará. Surgirá no Oriente uma pequena nuvem negra aproximanadamente da metade da mão de um homem. É a nuvem que rodeia o Salvador, e que, a distancia, parece estar envolvida em trevas. O povo de Deus sabe ser este o sinal do Filho do Homem. Em solene silencio fitam-na, enguanto se aproxima da Terra, mais e mais e brilhante, e gloriosa, até se tornar uma grande nuvem branca, mostrando na base uma glória semelhante ao fogo consumidor e coroada pelo arco-íris da aliança. Na nuvem, Jesus avança como poderoso vencedor. Agora, não como Homem de dores, para sorver o amargo calice da ignomia da cruz, mas como vitorioso no Céu e na Terra, para julgar os vivos e os mortos. Fiel e verdadeiro ele julga e peleja em justiça. E seguem-no os exercitos do Céu, Ap 19-11.15. Com melodias celestiais, os santos anjos, em vasta e inumeravel multidão, acompanham-no em seu avanço. O firmamento está repleto de formas radiantes, milhares de milhares e milhões de milhões de anjos. Nenhum ser humano pode descrever a cena, nenhuma mente mortal é capaz de explicar o seu esplendor. A benção que Deus prometeu a seu povo não está neste mundo. Abraão, o pai da fé, não teve possessão na terra, “Nela não lhe deu herança, nem sequer o espaço de um pé” At 7.5. Ele possuia muitos recursos, e deles fazia uso para a glória de Deus e para o bem de seus semelhantes; mas não olhava para este mundo como sua patria. Devemos
  • 5. 5 morar neste mundo como peregrinos e estrangeiros se quisermos alcançar uma patria melhor, Hb 11.16. Estamos procurando uma cidade, a Nova Jerusalem, cujo artífice é Deus. Deus não será zombado, nem menosprezado por mais tempo. “Eis que vem o dia do Senhor, dia cruel, com ira e ardente furor, para converter a terra em assolação e dela destruir os pecadores” Is 13.9. A maioria das pessoas no mundo submergirão em destruiçao, porque rejeitaram a misericórdia de Deus, porém aqueles que atenderam a sua advertencia, habitarão na Nova Cidade. A experiência de Jacó ao lutar com Deus durante uma noite, até ser abençoado por ele, representa a Grande Tribulação e a angustia pela qual o povo remanescente, “os que guardam os mandamentos de Deus e a fé em Jesus” Ap 14.12, passarão precisamente antes da segunda vinda de Cristo. Com arrependimento sincero clamarão os justos a Deus dia e noite por livramento dos inimigos que o cercam. Não fará Deus justiça aos seus escolhidos, que clamam dia e noite, embora pareça demorado em defendê-los? Digo-vos que depressa, lhes fará justiça. Contudo, quando vier o Filho do Homem, achará fé na terra? Depois destas coisas, vi, e eis grande multidão que ninguém podia enumerar, de todas as nações, tribos, povos e línguas, em pé diante do trono e diante do cordeiro, vestidos de vestiduras brancas, com palmas nas mãos. Um dos anciãos tomou a palavra dizendo: Estes, que se vestem de vestiduras brancas, quem são e donde vieram? Respondi-lhe: Senhor tu o sabes; ele então me disse: São estes que vieram da Grande Tribulação, lavaram suas vestiduras e as alvejaram no sangue do Cordeiro. Ap 7.13,14. “Vi como um mar de vidro, mesclado de fogo, e os vencedores da besta da sua imagem e do numero do seu nome, que se achavam em pé no mar de vidro, tendo harpas de Deus; e entoavam o cântico de Moisés, o servo de Deus, e o cântico do Cordeiro”, Ap 15.2,3. Quando Cristo cessar a sua obra como mediador em prol do homem, então começará este tempo de angustia. O caso de toda alma já estará decidido, e não haverá mais sangue expiatório para purificar o pecado. Ao deixar Jesus sua posição de intercessor do homem junto a Deus, faz-se o solene anuncio: “Eis que venho sem demora, e comigo está o galardão que tenho para retribuir para cada um segundo suas obras”, Ap 22.12. Assim, como Jacó foi ameaçado de morte por seu irmão irado, o povo de Deus também estará em perigo no tempo do fim, os ímpios os perseguirão procurando destrui-los. Da mesma maneira que o patriarca lutou toda noite para conseguir a benção de Deus que o livraria das mãos vingativas de Esaú, tal será a experiência do povo remanescente de Deus em sua luta final contra os poderes do mal. Na grande tribulação o povo de Deus será provado. Satanás usará todos os seus esforços para atemoriza-los, dizendo que seus casos são sem esperança; que seus pecados foram demasiado grandes para serem perdoados. Muitos sentirão uma profunda angustia e um sentimento de fracasso, por isso, muitos perderão a esperança durante a perseguição que se apresenta. Aqueles que com fé perseverarem e confiarem no poder do sangue de Jesus sairão vencedores. “Acautelai-vos, por vós mesmos, para que nunca vos suceda que o vosso coração fique sobrecarregado com as consequências da orgia, da embriagues e das preocupações deste mundo, e para que dia não venha sobre vós repentinamente, como um laço. Pois há de sobre vir a todos os que vivem sobre a face de toda terra. Vigiai, pois, a todo tempo, orando, para que possais escapar de todas essas coisas que tem de suceder e estar em pé na presença do Filho do Homem”. Lc 21.34-36.
  • 6. 6 Nada podemos fazer por nós mesmos. Em toda a nossa vida, desajustada e indigna, devemos confiar unicamente nos méritos do Salvador crucificado, ressuscitado e glorificado. Ninguém perecerá, se mantiver os olhos em Cristo. “O que anda em justiça e fala o que é reto; o que despreza o ganho de opressão; o que, com um gesto de mãos, recusa a aceitar suborno, o que tapa os ouvidos, para não ouvir falar de homicídios, e fecha os olhos para não ver o mal, este habitará nas alturas”, Is 33.15- 16. A lista longa e negra dos nossos pecados está diante dos olhos do Ser Infinito. Porém, aquele que perseverar e confiar na grande misericórdia de Deus e nas promessas feitas por Cristo será salvo. Deus ouvirá o seu clamor: Se, com fé e arrependimento confessar os seus pecados, pois ele prometeu em sua Palavra. “Pois, para com as suas iniquidades, usarei de misericórdia e dos seus pecados jamais me lembrarei”, Hb 8.12. “Porque guardaste a palavra da minha perseverança, também eu te guardarei da hora da minha provação que há de vir sobre o mundo inteiro, para experimentar os que habitam sobre a terra. Venho sem demora. Conserva o que tens, para que ninguém tome a tua coroa” Ap 3.10,11.