Vanguardas - Arte do século

492 visualizações

Publicada em

Vanguardas europeias e suas principais correntes

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
492
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Vanguardas - Arte do século

  1. 1. EXPRESSIONISMO  Este movimento artístico teve lugar entre 1905 e 1930 e desenvolveu-se sobretudo na Alemanha. Os seus principais pintores pretendiam exprimir sentimentos íntimos através da violência das cores, das pinceladas largas e dramáticas e de imagens deformadas. É um tipo de pintura intensa, apaixonada e muito pessoal, baseado na ideia de que a tela é o veículo para demonstrar emoções.
  2. 2. FAUVISMO  Este movimento afirmava a autonomia da cor e do espaço, utilizava com grande ousadia largas manchas de cores violentas, evocando um mundo fantástico de grande emoção e cor.
  3. 3. CUBISMO  Desenvolvido inicialmente em França, entre 1907/14, o Cubismo, representou o corte com a espacialidade naturalista. A arte cubista embora pareça puramente geométrica, representa objectivos reais. Estes são colocados na tela de forma a que se possam ver em simultâneo de diversas perspectivas, por isso as formas são reduzidas a sólidos geométricos.
  4. 4. FUTURISMO  Este movimento nasceu em Itália, em 1909, os seus princípios eram: a recusa da herança cultural do passado e a criação de uma nova arte baseada na velocidade nas tecnologias modernas. A pintura e escultura futuristas captavam o movimento e a velocidade através da representação de diversas imagens simultâneas do mesmo objecto em posições que variavam progressivamente. Mercúrio Passa Diante do Sol, Giacomo Balla, 1914
  5. 5. ABSTRACCIONISMO  As formas geométricas, as linhas e as cores adquiriram um valor independentemente da realidade; a arte não tinha que representar o concreto, apenas os impulsos estéticos ou as emoções do artista.  Numa primeira fase Wassily Kandinsky foi um dos seus principais representantes, na segunda década ela diversifica-se através de um geometrismo puro, com Piet Mondrian e Paul Klee.
  6. 6. SURREALISMO  Iniciado em Paris e influenciado pelas teoria psicanalistas de Freud, este movimento descreve o «surreal», ou seja, o inconsciente, estes quadros representam cenas provocantes e ilógicas, criaturas estranhas e fantasmagóricas, com colecções de objectos do quotidiano. Nos quadros surrealistas, as imagens vão da serenidade dos sonhos à inquietação dos pesadelos

×