A sombra do Inocente
Inocente Sombrio:
Negação, repressão, culpa, conformidade,
otimismo irracional e propensão para
corre...
O Inocente muitas vezes quer proteger a condição
inocente de confiança e otimismo e, assim, não
aceita a perda da inocênci...
O Inocente, que tem propensão para negar a verdade,
simplesmente não quer reconhecer que o pai/mãe,
amante, professor(a) n...
Aos serem molestados, por ser mais
fácil aceitar suas próprias
inadequações do que enfrentar o terror
maior, representado ...
O Inocente acredita que é
importante permanecer
delimitado pelo papel social
de individuo e não ter
segredos para o mundo....
O Inocente Sombrio
também nega seus
próprios atos, deixando
de assumir sua própria
parcela de
responsabilidade pelos
seus ...
O Inocente precisa aprender o seguinte
paradoxo: no nível espiritual mais
profundo, é seguro confiar (em Deus);
toda via é...
Os homens dominados pelo Inocente Sombrio temem a
vida, temem “saltar para a batalha”, temem sair da caverna;
só pensam. S...
A sombra do Inocente
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

A sombra do Inocente

546 visualizações

Publicada em

Publicada em: Espiritual
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
546
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
83
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
13
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A sombra do Inocente

  1. 1. A sombra do Inocente Inocente Sombrio: Negação, repressão, culpa, conformidade, otimismo irracional e propensão para correr riscos.
  2. 2. O Inocente muitas vezes quer proteger a condição inocente de confiança e otimismo e, assim, não aceita a perda da inocência. Isto, porem, pode fazer com que o lado negativo do Inocente assuma o controle
  3. 3. O Inocente, que tem propensão para negar a verdade, simplesmente não quer reconhecer que o pai/mãe, amante, professor(a) não são dignos de confiança. Por esse motivos, o Inocente que existe dentro de nós continua a envolver-se nas mesmas situações destinadas a lhe causar sofrimento, sendo ferido e maltratado repetidas vezes.
  4. 4. Aos serem molestados, por ser mais fácil aceitar suas próprias inadequações do que enfrentar o terror maior, representado pela irracionalidade e malevolência do agressor o Inocente magoado ele se culpa. Quando tem medo de enfrentar suas próprias inadequações eles irão projeta-los sobre outros e culpa-los por isso. Essa estratégia o poupa da responsabilidade de agir. Se nos recusarmos a aceitar o fato de que somos maltratados, não temos de nos defender. Se projetar-mos os nossos próprios erros sobre os outros, não temos de mudar.
  5. 5. O Inocente acredita que é importante permanecer delimitado pelo papel social de individuo e não ter segredos para o mundo. Os Inocente querem que seus relacionamentos reproduzam a relação original de simbiose com suas mães. Eles presumem que os outros vão querer as mesmas coisas que eles porque muitas vezes não vêem as outras pessoas como seres reais e distintos.
  6. 6. O Inocente Sombrio também nega seus próprios atos, deixando de assumir sua própria parcela de responsabilidade pelos seus problemas. Eles não conseguem admitir suas imperfeições sem que isso os faça sentir-se horrivelmente mal em relação a si mesmo; assim eles se aferram à negação de suas inadequações ou são tomados por sentimentos de culpa ou vergonha.
  7. 7. O Inocente precisa aprender o seguinte paradoxo: no nível espiritual mais profundo, é seguro confiar (em Deus); toda via é melhor não deixar sua carteira dando sopa!
  8. 8. Os homens dominados pelo Inocente Sombrio temem a vida, temem “saltar para a batalha”, temem sair da caverna; só pensam. São voyeurs, “aventureiros da poltrona”. No medo de viver, reagem ao sofrimento de diversas maneiras e, ainda assim, não podem transformá-lo. Também as vivências prazerosas podem passar para eles sem que alimentem a genuína alegria e o sentimento de gratidão

×