O Realismo foi um movimento artístico e literário que se manifesta na segunda
metade do século XIX. Iniciou-se na França, ...
Os integrantes desse movimento repudiaram a artificialidade do
Neoclassicismo e do Romantismo, pois sentiam a necessidade ...
A característica principal deste movimento foi à abordagem de temas sociais e
um tratamento objetivo da realidade do ser h...
Características
Veracidade: Demonstra o que ocorre na sociedade sem ocultar ou distorcer os
fatos.
Contemporaneidade: desc...
No Brasil, o início do Realismo ocorre em duas direções. A primeira é
relacionada aos problemas sociais, ambiente urbano e...
Na tela "Caipira picando
fumo" acima percebe-se um homem
passivo diante do efeito do sol que lhe
desenha as expressões de ...
PINTORES BRASILEIRO
JOSÉ MARIA DE MEDEIROS
HENRIQUE BERNARDELLI
OSCAR PEREIRA DA SILVA
PEDRO AMÉRICO
FIGUEIREDO E MELO
ZEF...
O realismo no Brasil
O realismo no Brasil
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

O realismo no Brasil

208 visualizações

Publicada em

O Realismo no Brasil - Arte

Publicada em: Arte e fotografia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
208
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O realismo no Brasil

  1. 1. O Realismo foi um movimento artístico e literário que se manifesta na segunda metade do século XIX. Iniciou-se na França, em 1857, com a publicação de “Madame Bovary”, de Gustave Flaubert. Entre 1850 e 1880, o movimento estendeu-se pela Europa e outros continentes. O REALISMO
  2. 2. Os integrantes desse movimento repudiaram a artificialidade do Neoclassicismo e do Romantismo, pois sentiam a necessidade de retratar a vida, os problemas e costumes das classes média e baixa não inspirada em modelos do passado.
  3. 3. A característica principal deste movimento foi à abordagem de temas sociais e um tratamento objetivo da realidade do ser humano. Possuía um forte caráter ideológico, marcado por uma linguagem política e de denúncia dos problemas sociais como, por exemplo, miséria, pobreza, exploração, corrupção entre outros. Com uma linguagem clara, os artistas e escritores realistas iam diretamente ao foco da questão, reagindo, desta forma, ao subjetivismo do romantismo. CARACTERÍSTICA
  4. 4. Características Veracidade: Demonstra o que ocorre na sociedade sem ocultar ou distorcer os fatos. Contemporaneidade: descreve a realidade, fala sobre o que está acontecendo de verdade. Retrato fiel das personagens: caráter, aspectos negativos da natureza humana. Gosto pelos detalhes: lentidão na narrativa. Amor: a mulher objeto de prazer/adultério. Denúncia das injustiças sociais: mostra para todos a realidade dos fatos. Determinismo e relação entre causa e efeito: o realista procurava uma explicação lógica para as atitudes das personagens, considerando a soma de fatores que justificasse suas ações. Linguagem próxima à realidade: simples, natural, clara e equilibrada.
  5. 5. No Brasil, o início do Realismo ocorre em duas direções. A primeira é relacionada aos problemas sociais, ambiente urbano e elementos do cotidiano. Já a segunda, aconteceu no flerte do realismo com o Naturalismo. Assumindo uma posição ideológica regionalista, na qual se elevou a cor local, a vida difícil no ambiente rural brasileiro e o determinismo, negando a existência do livre-arbítrio. O REALISMO Cozinha Caipira -1895
  6. 6. Na tela "Caipira picando fumo" acima percebe-se um homem passivo diante do efeito do sol que lhe desenha as expressões de homem sertanejo, da terra, o homem rural. O semblante do caipira parece transmitir a passividade necessária da relação com a natureza, uma ignorância de bom sentido em contraposição à cultura da precaução das “sociedades civilizadas”, como a ação de afastar-se de um sol intenso. Caipira picando fumo-1893 (óleo s/tela) 202 × 141 cm (79,5 × 55,5 cm) José Ferraz de Almeida Júnior (Itu, 8 de maio de 1850 – Piracicaba, 13 de novembro de 1899) foi um pintor e desenhista brasileiro da segunda metade do século XIX.
  7. 7. PINTORES BRASILEIRO JOSÉ MARIA DE MEDEIROS HENRIQUE BERNARDELLI OSCAR PEREIRA DA SILVA PEDRO AMÉRICO FIGUEIREDO E MELO ZEFERINO DA COSTA RODOLFO ALMOEDO VITOR MEIRELLES PEDRO AMÉRICO FÉLIX EMILE TAUNAY BENEDITO CALIXTO ROMANTISMO REALISMO JOSÉ MARIA DE MEDEIROS HENRIQUE BERNARDELLI OSCAR PEREIRA DA SILVA PEDRO AMÉRICO FIGUEIREDO E MELO ZEFERINO DA COSTA RODOLFO ALMOEDO VITOR MEIRELLES PEDRO AMÉRICO FÉLIX EMILE TAUNAY BENEDITO CALIXTO

×