Esmirna, a igreja confessante e mártir

3.453 visualizações

Publicada em

Faça o download para visualizar os efeitos dos slides.
Lição 2 - 2º trim./2012

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.453
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
742
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
149
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Esmirna, a igreja confessante e mártir

  1. 1. Escola Bíblica Dominical (Lição 4) Esmirna, a Igreja Confessante e Mártir AD Belém - Setor 20 (Arujá/SP) - Pq. Rodrigo Barreto I Jonas Martins Olímpio
  2. 2. Texto Áureo Sê fiel até à morte, e dar-te-ei acoroa da vida (Ap 2:10c).
  3. 3. Verdade Prática Nada poderá calar a Igrejade Cristo, nem a própriamorte.
  4. 4. Em meio a riqueza de uma grande cidade, uma pobre igreja lutava para sobreviver aos ataques das impiedosasLeitura Bíblica em Classe autoridades do Apocalipse 2:8-11 Império Romano
  5. 5. Esmirna Esmirna significa “mirra”. Com cinco mil anos, é uma das cidadesmais antigas da bacia do Mediterrâneo. Na Antigüidade, foi pormuitos anos uma cidade muito rica, antes de ser destruídatotalmente no século VI a.C. Mais tarde, por volta do ano 300 a.C.foi reconstruída por Alexandre, o grande. Daí para frente,tornou-se uma das cidades mais importantes e prósperas da ÁsiaMenor. Hoje conhecida com Izmir, a terceira maior cidade daTurquia e tem o segundo mais importante porto do país. Habitadapor aproximadamente 2,5 milhões de pessoas. É um dos centroscomerciais mais importantes da Turquia e ao mesmo tempo é umdestino de férias popular graças as suas numerosas praias e climaquente. Existem também vários sítios turísticos relacionados como passado glorioso de Esmirna, bem como com a sua históriarecente. A igreja de Esmirna passou por grandes amarguras e éconsiderada pelos historiadores como o local do primeiro martíriocristão existente. O relato bíblico sobre ela está em Apocalipse2:8-11.
  6. 6. Geografica-mente, ascidades estãoalinhadas naordem em quesão citadas naBíblia, como sefosse o roteirode uma viagem
  7. 7. Esmirna hoje é uma grandecidade turística
  8. 8. Sua área urbana é bastante movimentada
  9. 9. Sua beleza é digna de uma grande metrópole
  10. 10. Introdução • A nossa Igreja atual enfrenta perseguição?Nas arenasromanas, muitosservos de Deusderam sua vida peloEvangelho; porémesses tiveram asalvação de suaalma, enquanto quedo suntuosoImpério somentesobraram as ruínas
  11. 11. Introdução • Mesmo tendo liberdade, enfrentamos vários tipos de perseguição:Nas arenasromanas, muitos desmoralização, criaçãoservos de Deus de leis opressoras,deram sua vida peloEvangelho; porém discriminação eesses tiveram a interferência nossalvação de suaalma, enquanto que costumes doutrinários.do suntuosoImpério somentesobraram as ruínas
  12. 12. Introdução • Em alguns lugares, existe até mesmo agressão física, prisão eNas arenasromanas, muitos morte para os que não seservos de Deus dobram diante dos falsosderam sua vida peloEvangelho; porém deuses.esses tiveram asalvação de suaalma, enquanto quedo suntuosoImpério somentesobraram as ruínas
  13. 13. Introdução • Esmirna é o perfeito exemplo de martirização cristã: ela pode serNas arenasromanas, muitos considerada como o rostoservos de Deus ferido e humilhado dederam sua vida peloEvangelho; porém Cristo, enquanto que, poresses tiveram a exemplo, Laodicéia erasalvação de suaalma, enquanto que uma igreja com a cara dodo suntuoso mundo.Império somentesobraram as ruínas
  14. 14. Introdução • Todos aqueles que agradam a Deus, inevitavelmenteNas arenasromanas, muitos desagradam ao mundo porservos de Deus não tolerar o pecado; umaderam sua vida peloEvangelho; porém igreja bem vista aosesses tiveram a olhos dos incrédulos devesalvação de suaalma, enquanto que se preocupar, porquedo suntuoso alguma coisa está erradaImpério somentesobraram as ruínas com ela.
  15. 15. Introdução • Satanás faz uso de duas estratégias para calar os cristãos: enganá-los,Nas arenasromanas, muitos fazendo-os viverservos de Deus pecaminosamente dentroderam sua vida peloEvangelho; porém da Casa de Deus ouesses tiveram a combatê-lossalvação de suaalma, enquanto que violentamente nado suntuoso tentativa de fazê-losImpério somentesobraram as ruínas desistir da sua fé.
  16. 16. Introdução • No caso dos crentes de Esmirna, enganá-los com os prazeres do pecadoNas arenasromanas, muitos não foi funcionou porqueservos de Deus eles eram alicerçados naderam sua vida peloEvangelho; porém oração e na Palavra deesses tiveram a Deus, então o jeito foisalvação de suaalma, enquanto que tentar derrubá-losdo suntuoso através da violênciaImpério somentesobraram as ruínas física.
  17. 17. Introdução • Mas, mesmo diante de seu próprio sangue derramado, eles não seNas arenasromanas, muitos calaram e, a exemplo deservos de Deus Cristo, não temeram aderam sua vida peloEvangelho; porém morte, mas venceram-na,esses tiveram a mantendo-se firmes atésalvação de suaalma, enquanto que o fim.do suntuosoImpério somentesobraram as ruínas
  18. 18. Introdução • Será que temos hoje a coragem de viver esse mesmo exemplo?Nas arenasromanas, muitosservos de Deusderam sua vida peloEvangelho; porémesses tiveram asalvação de suaalma, enquanto quedo suntuosoImpério somentesobraram as ruínas
  19. 19. Introdução • Pelas perseguições, assim como pelas demais adversidades queNas arenasromanas, muitos enfrentamos, teremosservos de Deus nossa recompensa naderam sua vida peloEvangelho; porém glória (Mt 5:10-12).esses tiveram asalvação de suaalma, enquanto quedo suntuosoImpério somentesobraram as ruínas
  20. 20. Temos 56 Deputados no Congresso Nacional32 deles estão com processos na JustiçaAssembléias de Deus (11)Congregação Cristã no Brasil (1)Cristã Evangélica (1)Igreja da Graça (1)Metodista (2)Mundial do Poder de Deus (2)Nova Vida (1)Presbiteriana (5)Quadrangular (3)Sara Nossa Terra (1)Universal do Reino de Deus (4)
  21. 21. I- Esmirna, uma Igreja mártir 1- Esmirna, uma cidade soberba • Esmirna era uma cidade política e socialmenteA atual cidade de inferior a Éfeso e também não seEsmirna mantém suaincessante busca pela prosperidade A possuíafama de grandeza, material tem feito muitos crentesmas nem todos sabem, grandes importante esquecerem que o mais atrativos. de tudo é prosperar espiritualmente;lembram ou dão valor pois as riquezas daqui sãoà importância de seuspassageiras, mas as celestiais sãomártires, pois não só eternasem Esmirna, mas emtoda a Turquia, menosde 1% da população écristã
  22. 22. I- Esmirna, uma Igreja mártir 1- Esmirna, uma cidade soberba • Sua grande vantagem é que ela estava localizadaA atual cidade de próximo ao mar Egeu, na região sudoeste da ÁsiaEsmirna mantém suaincessante busca pela prosperidade Afama de grandeza, material tem feito muitos crentes semas nem todos sabem, Menor; por ser uma esquecerem que o mais importante cidade celestiais são portuária, ela de tudo é prosperar espiritualmente;lembram ou dão valor pois as riquezas daqui sãoà importância de seusmártires, pois não só muito se beneficiava do passageiras, mas as eternasem Esmirna, mas em comércio marítimo.toda a Turquia, menosde 1% da população écristã
  23. 23. I- Esmirna, uma Igreja mártir 1- Esmirna, uma cidade soberba • Ali também havia uma alta produção de mirra,A atual cidade de que é um produto utilizado crentes conservação na seEsmirna mantém suaincessante busca pela prosperidade Afama de grandeza, material tem feito muitosmas nem todos sabem, de cadáveres. esquecerem que o mais importante de tudo é prosperar espiritualmente;lembram ou dão valor pois as riquezas daqui sãoà importância de seuspassageiras, mas as celestiais sãomártires, pois não só eternasem Esmirna, mas emtoda a Turquia, menosde 1% da população écristã
  24. 24. I- Esmirna, uma Igreja mártir 1- Esmirna, uma cidade soberba • Apesar dos problemas, era uma cidade muitoA atual cidade de abençoada; essa é a provaEsmirna mantém suaincessante busca pela prosperidade olha A quefeito muitos crentes se Deus nãofama de grandeza, material temmas nem todos sabem, aparência ou capacidade, esquecerem que o mais importante Ele mas as celestiais são age segundo seus de tudo é prosperar espiritualmente;lembram ou dão valor pois as riquezas daqui sãoà importância de seusmártires, pois não só propósitos. Mesmo com a passageiras, eternasem Esmirna, mas em soberba da cidade, haviatoda a Turquia, menosde 1% da população é ali uma Igreja fiel orandocristã por eles (1ª Tm 2:1,2)
  25. 25. Você tem orado pelas nossas autoridades? Precisamos orar mais!
  26. 26. I- Esmirna, uma Igreja mártir 2- A igreja em Esmirna • Conforme Lucas escreveu em Atos 19:10,As ruínas históricas tanto judeus como gregosda antiga cidade sãoafastadas do centro foram evangelizados em A incessante busca pela prosperidadeda grande metrópole, toda omuitos crentes parte da Ásia esquecerem que aquela material tem feito mais importante seassim como o coração é prosperar espiritualmente; por um período de dois de tudodaqueles que usam o pois as riquezas daqui sãoglorioso passado passageiras, mas enquanto o apóstolo anos, as celestiais são eternascristão desse lugarapenas para Paulo estava em Éfeso.exploraçãofinanceira através doturismo
  27. 27. I- Esmirna, uma Igreja mártir 2- A igreja em Esmirna • O mais provável é que a igreja de Esmirna tenhaAs ruínas históricas sido fundada nessa épocada antiga cidade sãoafastadas do centro por Paulo. A incessante busca pela prosperidadeda grande metrópole, temque omuitos crentes se material esquecerem feito mais importanteassim como o coração é prosperar espiritualmente; de tudodaqueles que usam o pois as riquezas daqui sãoglorioso passado passageiras, mas as celestiais são eternascristão desse lugarapenas paraexploraçãofinanceira através doturismo
  28. 28. I- Esmirna, uma Igreja mártir 2- A igreja em Esmirna • Esmirna era uma cidade rica, mas a Igreja eraAs ruínas históricas pobre; entretanto,da antiga cidade sãoafastadas do centro espiritualmente, a cidade A incessante busca pela prosperidadeda grande metrópole, eraque omuitos crentes se enquanto esquecerem miserável, material tem feito mais importanteassim como o coração é prosperar espiritualmente;daqueles que usam o pois as riquezas daqui são era que a Igreja de tudo incalculavelmente valiosa.glorioso passado passageiras, mas as celestiais são eternascristão desse lugarapenas paraexploraçãofinanceira através doturismo
  29. 29. I- Esmirna, uma Igreja mártir 2- A igreja em Esmirna • Entre os seus obreiros, um dos maiores exemplosAs ruínas históricas foi Policarpo, queda antiga cidade sãoafastadas do centro entregou sua vida, mas A incessante busca pela prosperidadeda grande metrópole, nãoque omuitos crentes nome de esquecerem negou o material tem feito se mais importanteassim como o coração é prosperar espiritualmente;daqueles que usam o pois as riquezas diante da ditadura Jesus daqui são de tudoglorioso passado passageiras, mas as celestiais são sanguinário anticristã do eternascristão desse lugarapenas para Império Romano.exploraçãofinanceira através doturismo
  30. 30. Quem foi Policarpo? Foi ordenado Pastor de Esmirna pelo próprio João Evangelista.De caráter reto, de alto saber, amor a Igreja e fiel à ortodoxiada fé, era respeitado por todos no Oriente. Com a perseguição,aos 86 anos, escondeu-se até ser preso e assim foi levado para ogovernador, que pretendia convencê-lo a negar a Cristo. Foicolocado na fogueira e milagrosamente as chamas não oqueimaram; os carrascos, então, o apunhalaram até a morte edepois queimaram o seu corpo numa estaca. Segundo a história, osjudeus estavam tão ávidos pela morte de Policarpo quanto ospagãos, por causa de sua defesa contra as heresias.
  31. 31. I- Esmirna, uma Igreja mártir 2- A igreja em Esmirna • Muitas vezes, por qualquer contratempo,As ruínas históricas dizemos que estamosda antiga cidade sãoafastadas do centro sendopela prosperidade A incessante busca perseguidos; mas,da grande metrópole, quando analisamos a material tem feito muitos crentes se esquecerem que o mais importanteassim como o coração é prosperar espiritualmente; Bíblia, aprendemos com de tudodaqueles que usam o pois as riquezas daqui são os grandes mártires oglorioso passado passageiras, mas as celestiais são eternascristão desse lugarapenas para que significa realmenteexploração perseguição (1ª Co 4:10-financeira através doturismo 13).
  32. 32. "Há oitenta eseis anos sirvo aCristo e nenhummal tenhorecebido dEle.Como podereinegar Aquele aquem presteiculto e rejeitar omeu Salvador?";
  33. 33. Havia várias formas de tortura:
  34. 34. Havia várias formas de tortura:
  35. 35. Havia várias formas de tortura:
  36. 36. I- Esmirna, uma Igreja mártir 3- Esmirna, confessante e mártir • Os crentes esmirnenses, mesmoEssas barbáries não diante do perigo quetiveram um fim em si corriam, confessavammesmas, pois até hoje tembusca muitos crentes se A incessante pela prosperidadealmas se convertemesquecerem que o mais importante sua fé. e abertamente material feitomuitos crentes sãode tudo é prosperar espiritualmente;edificados e pois as riquezas daqui são passageiras, mas as celestiais sãoencorajados a eternascontinuar batalhandopela Obra atravésdesses maravilhosostestemunhos
  37. 37. I- Esmirna, uma Igreja mártir 3- Esmirna, confessante e mártir • Eles não somente confessavam servir aoEssas barbáries não Deus que os judeus tantotiveram um fim em si falavam, mas também aomesmas, pois até hoje tembusca muitos crentes se A incessante pela prosperidadealmas se convertemesquecerem que o mais importante é o Rei dos e seu Filho que material feitomuitos crentes sãode tudo é prosperar espiritualmente;edificados e Judeus e de toda a pois as riquezas daqui são humanidade: aquEle a passageiras, mas as celestiais sãoencorajados a eternascontinuar batalhandopela Obra através quem eles – os romanos edesses maravilhosos os próprios judeus –testemunhos crucificaram.
  38. 38. I- Esmirna, uma Igreja mártir 3- Esmirna, confessante e mártir • Boa parte dos crentes não têm coragem deEssas barbáries não confessar sua fé nemtiveram um fim em si mesmo diante dosmesmas, pois até hoje tembusca muitos crentes se A incessante pela prosperidade e próprios “amigos”, material feitoalmas se convertemesquecerem que o mais importantemuitos crentes sãode tudo é prosperar espiritualmente; pois as riquezas daqui críticas ou temendo sãoedificados e zombarias, imagine então passageiras, mas as celestiais sãoencorajados a eternascontinuar batalhandopela Obra através diante de ameaças dedesses maravilhosos prisão e morte.testemunhos
  39. 39. I- Esmirna, uma Igreja mártir 3- Esmirna, confessante e mártir • Da mesma forma que aqueles que confessaremEssas barbáries não o nome de Jesus serãotiveram um fim em si recompensados por Ele,mesmas, pois até hoje tembusca muitos crentes se A incessante pela prosperidade e também aqueles que o material feitoalmas se convertemesquecerem que o mais importantemuitos crentes sãode tudo é prosperar espiritualmente; pois as riquezas daqui serão negarem sãoedificados e duramente castigados (Lc passageiras, mas as celestiais sãoencorajados a eternascontinuar batalhandopela Obra através 12:8,9).desses maravilhosostestemunhos
  40. 40. Até queponto nósrealmente vivemosaquilo quepregamos?
  41. 41. II– Apresentação do missivista 1- O Primeiro e o Último • Jesus é o Primeiro porque sempre existiuAs revelações antes de todas as coisas,entregues pelo A incessante busca Último porque com e é o pela prosperidadeSenhor Jesus ao material tem feito muitos crentes se Ele está a consumação deApóstolo João na esquecerem que o mais importanteIlha de Patmos tudo e o seu reinado é de tudo é prosperar espiritualmente;tinham não somentepassageiras, mas as celestiais são pois as riquezas daqui sãoo objetivo de eterno. eternasfortalecer as igrejasdaquela época, mastambém as de hoje eas que surgirão até oarrebatamento
  42. 42. II– Apresentação do missivista 1- O Primeiro e o Último • Esmirna, como as outras igrejas, vivia sob ameaçasAs revelações de extinção, mas oentregues peloSenhor Jesus ao Senhor apresentou-se a A incessante busca pela prosperidade ela como “o Primeiro e o material tem feito muitos crentes seApóstolo João na esquecerem que o mais importanteIlha de Patmos Último, aquEle que foi de tudo é prosperar espiritualmente;tinham não somentepassageiras, mas as celestiais são pois as riquezas daqui sãoo objetivo de morto e reviveu”, foi Ele eternasfortalecer as igrejasdaquela época, mas quem venceu a morte etambém as de hoje e prometeu aos fiéisas que surgirão até oarrebatamento ressuscitarem e com Ele.
  43. 43. II– Apresentação do missivista 1- O Primeiro e o Último • Existe alguma razão para temermos aAs revelações extinção da igreja? Aindaentregues pelo que a igreja sejaSenhor Jesus ao material tem feito muitos crentes se A incessante busca pela prosperidade destruída fisicamente,Apóstolo João na esquecerem que o mais importanteIlha de Patmos espiritualmente ela de tudo é prosperar espiritualmente;tinham não somentepassageiras, mas as celestiais são pois as riquezas daqui sãoo objetivo de estará de pé, firme e eternasfortalecer as igrejasdaquela época, mas forte em cada um de nós.também as de hoje eas que surgirão até oarrebatamento
  44. 44. II– Apresentação do missivista 1- O Primeiro e o Último • Quando Jesus disse a Pedro, em Mateus 16:18,As revelações que edificaria a suaentregues pelo Igreja e que as portas doSenhor Jesus ao material tem feito muitos crentes se A incessante busca pela prosperidadeApóstolo João na esquecerem que o mais não prevaleceria inferno importanteIlha de Patmos pois as riquezas daqui são Ele não estava contra ela, de tudo é prosperar espiritualmente;tinham não somentepassageiras, mas as celestiais sãoo objetivo de se referindo à igreja eternasfortalecer as igrejasdaquela época, mas física construída portambém as de hoje e mãos de homens, mas simas que surgirão até oarrebatamento à cada um de seus servos.
  45. 45. II– Apresentação do missivista 1- O Primeiro e o Último • Jesus disse ao pastor de Esmirna que eles nãoAs revelações deveriam temer aosentregues pelo ataques do Diabo e, semSenhor Jesus ao material tem feito muitos crentes se A incessante busca pela prosperidadeApóstolo João na esquecerem quefazer nenhuma lhes o mais importanteIlha de Patmos promessa de livramento de tudo é prosperar espiritualmente;tinham não somentepassageiras, mas as celestiais são pois as riquezas daqui sãoo objetivo de físico, disse que os eternasfortalecer as igrejasdaquela época, mas vencedores seriamtambém as de hoje e aqueles que fossem fiéisas que surgirão até oarrebatamento até a morte.
  46. 46. II– Apresentação do missivista 1- O Primeiro e o Último • Com estas palavras, o nosso Senhor estáAs revelações dizendo que Ele está sobentregues pelo A incessante busca pela prosperidade nossa vida; o controle deSenhor Jesus ao material tem feito muitos crentes seApóstolo João na esquecerem queo mais importante o mal que pois o bem ouIlha de Patmos atinge os seus fiéis estão de tudo é prosperar espiritualmente;tinham não somentepassageiras, mas as celestiais são pois as riquezas daqui sãoo objetivo de dentro de seu propósito eternasfortalecer as igrejasdaquela época, mas para um fim maistambém as de hoje e glorioso.as que surgirão até oarrebatamento
  47. 47. II– Apresentação do missivista 1- O Primeiro e o Último • Não tema ao seu inimigo, ore para que eleAs revelações tenha oportunidade deentregues peloSenhor Jesus ao arrependimento assim A incessante busca pela prosperidade esquecerem que o você teve. como mais importante material tem feito muitos crentes seApóstolo João naIlha de Patmos de tudo é prosperar espiritualmente;tinham não somentepassageiras, mas as celestiais são pois as riquezas daqui sãoo objetivo de eternasfortalecer as igrejasdaquela época, mastambém as de hoje eas que surgirão até oarrebatamento
  48. 48. II– Apresentação do missivista 1- O Primeiro e o Último • AquEle que prometeu a coroa da vida aos crentesAs revelações de Esmirna queentregues pelo A incessante busca pela prosperidade fiéis até o continuassemSenhor Jesus ao material tem feito muitos crentes seApóstolo João na esquecerem que o maismesmo que faz fim é o importanteIlha de Patmos pois as riquezas daqui são promessa a essa mesma de tudo é prosperar espiritualmente;tinham não somentepassageiras, mas as celestiais sãoo objetivo de nós eternas e é a sua Palavra hoje;fortalecer as igrejasdaquela época, mas que nos garante que alémtambém as de hoje e de eterno, Ele também éas que surgirão até oarrebatamento imutável (Hb 13:8).
  49. 49. Qual é o efeitoque esse Livro tem feito em sua vida?
  50. 50. II– Apresentação do missivista 2- Esteve morto e tornou a viver • Roma crucificou Jesus com o objetivo de acabarFoi isolado numa com os “revolucionários”pequena Ilha queJoão teve mais quefeito muitos crentes sesurgindo e estavam A incessante busca pela prosperidade material tem que representariamintimidade com o esquecerem que o mais importanteSenhor, recebendode tudo é prosperar espiritualmente;essas maravilhosas passageiras, mas asdaqui sãogoverno. Mas pois as riquezas ao ameaçacelestiais sãorevelações. O eleseternas imaginava que neminimigo pode atéprender o isso lhes daria é muitomissionário, mas não mais força, oficializandoconsegue impedir asua missão do início do cristianismo.
  51. 51. II– Apresentação do missivista 2- Esteve morto e tornou a viver • Quando as autoridades romanas perceberam queFoi isolado numa aquele “movimento”, empequena Ilha queJoão teve mais vezfeito muitos crentes se estava de acabar, A incessante busca pela prosperidade material temintimidade com o esquecerem que o mais importante forte, cada vez maisSenhor, recebendode tudo é prosperar espiritualmente; resolveram investiressas maravilhosas passageiras, mas asdaqui são são pois as riquezas celestiaisrevelações. O violentamente contra eternasinimigo pode atéprender o seus adeptos, os cristãos.missionário, mas nãoconsegue impedir asua missão
  52. 52. II– Apresentação do missivista 2- Esteve morto e tornou a viver • Através dessa carta, Jesus alertou o pastorFoi isolado numa que o Diabo lançariapequena Ilha queJoão teve mais alguns nacrentes se prisão seria A incessante busca pela prosperidade material tem feito muitos para serem tentados: Eleintimidade com o esquecerem que o mais importanteSenhor, recebendode tudo é prosperar espiritualmente;essas maravilhosas passageiras, mas asdaquia tentação do permitiu são são pois as riquezas celestiaisrevelações. O maligno para prová-los; eternasinimigo pode atéprender o mas tem gente pregandomissionário, mas não por aí que crente fielconsegue impedir asua missão nunca passa por provas.
  53. 53. II– Apresentação do missivista 2- Esteve morto e tornou a viver • Isso foi para provarem ao mundo que aquEle deFoi isolado numa quem eles tanto pregavampequena Ilha que A incessante busca pela prosperidade ressuscitou, quefeito muitos crentese morreu seJoão teve mais material tem estavaespiritualmente; para com elesintimidade com o esquecerem que o mais importanteSenhor, recebendode tudo é prosperaressas maravilhosas passageiras, mas asdaquivencedores. fazê-los são são pois as riquezas celestiaisrevelações. O Muitos não entendem, mas eternasinimigo pode atéprender o naquele Grande Dia, todosmissionário, mas não verão os mártiresconsegue impedir asua missão ressuscitados.
  54. 54. II– Apresentação do missivista 2- Esteve morto e tornou a viver • Satanás, através de seus adeptos, apenas podeFoi isolado numa tirar nossa vida física, sepequena Ilha que A incessante busca assim permitir, mas, Deus muitos crentes seJoão teve mais material tem feito pela prosperidadeintimidade com o esquecerem que o mais importante somente aé prosperar espiritualmente; vida eterna,Senhor, recebendode tudoessas maravilhosas passageiras, mas asdaqui são sãopodemos nós mesmos pois as riquezas celestiaisrevelações. O perder se desistirmos de eternasinimigo pode atéprender o nossa fidelidade àquelemissionário, mas não que foi crucificado e seconsegue impedir asua missão mantém fiel a nós.
  55. 55. II– Apresentação do missivista 2- Esteve morto e tornou a viver • O que mantém o cristianismo vivo é aFoi isolado numa promessa feita porpequena Ilha que A incessante busca pela prosperidade morto e aquEle que foiJoão teve mais material tem feito muitos crentes seintimidade com o esquecerem que o mais importantede que sua ressuscitou,Senhor, recebendode tudo é prosperar espiritualmente; pois as riquezas será ressuscitada Igreja celestiaisessas maravilhosas passageiras, mas asdaqui são sãorevelações. O (Rmeternas 8:11).inimigo pode atéprender omissionário, mas nãoconsegue impedir asua missão
  56. 56. Ele ressuscitou dotúmulo, mas será que está vivo no teu coração?
  57. 57. III– As condições da igreja em Esmirna 1- Tribulação • A palavra tribulação,A perseguição não originalmente em gregosomente era injusta é thlipsis, quecomo tambémextremamente literalmente A incessante busca pela prosperidade material tem feito muitos crentes senenhuma chance de significa esmagar algocovarde: não havia esquecerem que o mais importante de tudo é prosperar espiritualmente; comprimindo-odefesa para simplespassageiras, mas asdaqui são são . Dizer que pois as riquezas celestiaiscidadãos comuns está passando por uma eternascontra soldadosfortemente armados tribulação é algo muitoe bem treinados para sério.capturar, torturar edestruir pessoas
  58. 58. III– As condições da igreja em Esmirna 1- Tribulação • Os crentes de EsmirnaA perseguição não entenderam que asomente era injusta tribulação é uma missãocomo tambémextremamente dada pelo Senhor e que A incessante busca pela prosperidade material tem feito muitos crentes secovarde: não havia esquecerem que o mais importante um de seus objetivos énenhuma chance de de tudo é prosperar espiritualmente; mostrar ao inimigo quedefesa para simplespassageiras, mas asdaqui são são pois as riquezas celestiaiscidadãos comuns existem pessoas eternascontra soldadosfortemente armados verdadeiramente fiéis nae bem treinados para terra. Não foi isso o quecapturar, torturar edestruir pessoas aconteceu com Jó?
  59. 59. III– As condições da igreja em Esmirna 1- Tribulação • Antes de Jesus dizerA perseguição não que teríamos aflições, elesomente era injusta afirmou que diria issocomo tambémextremamente para termos paz; e essa A incessante busca pela prosperidade material tem feito muitos crentes secovarde: não havia esquecerem que o mais importante é pelo paz que temosnenhuma chance de de tudo é prosperar espiritualmente;defesa para simplespassageiras, mas asdaqui são saber que consolocelestiais são pois as riquezas decidadãos comuns para depois do eternascontra soldadosfortemente armados sofrimento, temos ae bem treinados para promessa da Grandecapturar, torturar edestruir pessoas Vitória.
  60. 60. III– As condições da igreja em Esmirna 1- Tribulação • Muitos de nossos irmãosA perseguição não espalhados pelo mundo,somente era injusta sofrem duramente nessecomo tambémextremamente momento nas mãos de A incessante busca pela prosperidade material tem feito muitos crentes secovarde: não havia esquecerem que o mais importante terroristas anticristãos,nenhuma chance de de tudo é prosperar espiritualmente;defesa para simplespassageiras, mas asdaqui são são firmemente mas resistem pois as riquezas celestiaiscidadãos comuns porque crêem na eternascontra soldadosfortemente armados promessa do Salvador.e bem treinados paracapturar, torturar edestruir pessoas
  61. 61. III– As condições da igreja em Esmirna 1- Tribulação • Alguma coisa pode teA perseguição não separar do amor desomente era injusta Cristo? Se vocêcomo tambémextremamente respondeu positivamente A incessante busca pela prosperidade material tem feito muitos crentes secovarde: não havia esquecerem que o mais importante à essa pergunta, cuidado!nenhuma chance de de tudo é prosperar espiritualmente;defesa para simplespassageiras, mas asdaqui são cuidado Mas muito são pois as riquezas celestiaiscidadãos comuns mesmo, porque nada eternascontra soldadosfortemente armados impede aquele que servee bem treinados para ao Senhor por amá-lo decapturar, torturar edestruir pessoas verdade (Rm 8:35-39).
  62. 62. O que pode te separar do amor de Cristo?Nada disso vale o preço que Ele pagou por você
  63. 63. III– As condições da igreja em Esmirna 2- Pobreza • Enquanto algumas igrejas, assim comoPor não ter se Laodicéia, de nada tinhamvendido às vontades de falta, pela prosperidade Esmirna,do mundo, a igreja A incessante busca muitos crentes se material tem feitoEsmirna passava por materialmente falando, esquecerem que o mais importantemuitos problemas de tudo é prosperar espiritualmente; enfrentava grandesfinanceiros; mas ela passageiras, mas asdaqui são são pois as riquezas celestiaistinha um valor dificuldades. eternasinestimável paraDeus: ela possuíatesouros no céu, e oSenhor Jesus aconsiderava rica
  64. 64. III– As condições da igreja em Esmirna 2- Pobreza • Em Apocalipse 2:9, Jesus disse que conheciaPor não ter se sua pobreza, porém não avendido às vontades de acusou de falta de fé,do mundo, a igreja A incessante busca muitos crentes se material tem feito pela prosperidadeEsmirna passava por pecado ou maldição esquecerem que o mais importantemuitos problemas de tudo é prosperar espiritualmente; trazidacelestiais demônios da porfinanceiros; mas ela passageiras, mas asdaqui são são pois as riquezastinha um valor miséria, e nem a obrigou a eternasinestimável paraDeus: ela possuía entregar ofertas detesouros no céu, e o sacrifícios para alcançar aSenhor Jesus aconsiderava rica prosperidade.
  65. 65. III– As condições da igreja em Esmirna 2- Pobreza • Jesus simplesmente enfatizou o fato de que,Por não ter se apesar de ser pobre, elavendido às vontades de erafeito pela prosperidade rica; ricado mundo, a igreja A incessante busca muitos crentes se material temEsmirna passava por espiritualmente, é óbvio. esquecerem que o mais importantemuitos problemas de tudo é prosperar espiritualmente;financeiros; mas ela passageiras, mas asdaqui são são pois as riquezas celestiaistinha um valor eternasinestimável paraDeus: ela possuíatesouros no céu, e oSenhor Jesus aconsiderava rica
  66. 66. III– As condições da igreja em Esmirna 2- Pobreza • E essa riqueza foi alcançada pelo fato de elaPor não ter se reconhecer o altíssimo evendido às vontadesdo mundo, a igreja A incessante busca muitos crentesvalor do de incalculável se material tem feito pela prosperidadeEsmirna passava por sangue que a comprou esquecerem que o mais importantemuitos problemas de tudo é prosperar espiritualmente; quandocelestiais derramado numafinanceiros; mas ela passageiras, mas asdaqui são são pois as riquezastinha um valor cruz. eternasinestimável paraDeus: ela possuíatesouros no céu, e oSenhor Jesus aconsiderava rica
  67. 67. III– As condições da igreja em Esmirna 2- Pobreza • A maior das riquezas é aquela que duraráPor não ter se eternamente, mas paravendido às vontades de alcançá-la é necessáriodo mundo, a igreja A incessante busca muitos crentes se material tem feito pela prosperidadeEsmirna passava por nãoque o maismedo daquilo que esquecerem ter importantemuitos problemas de tudo é prosperar espiritualmente;financeiros; mas ela passageiras, mas possa são Deus as celestiais fazer em sua pois as riquezas daqui sãotinha um valor vida, dependendo de qual eternasinestimável paraDeus: ela possuía seja o propósito que Eletesouros no céu, e o tenha com você aqui naSenhor Jesus aconsiderava rica terra (Hb 11:24-27).
  68. 68. A maior riqueza não está naquiloque se vê porfora, mas simnaquilo que sai de dentro!Você é rico?
  69. 69. III– As condições da igreja em Esmirna 3- Ataques dos falsos crentes • Os fiéis esmirnenses não sofriam ataques apenasA traição daquelesque se diziam por parte dos ímpios, mas também de membrosirmãos mas não são incessante busca pela prosperidade Apode ter sido material tem feito muitos crentes se dentro da própria igreja. esquecerem que o mais importantetambém a causa da tudo é prosperar espiritualmente; deprisão e morte de pois as riquezas daqui sãomuitos crentes passageiras, mas as celestiais são eternas
  70. 70. III– As condições da igreja em Esmirna 3- Ataques dos falsos crentes • Esses falsos crentes são aqueles a quem o SenhorA traição daquelesque se diziam Jesus classifica como osirmãos mas não são incessante busca pela prosperidade judeus e A “que se dizempode ter sido material tem feito muitos crentes setambém a causa da tudo é prosperarsão” e ainda não o espiritualmente; esquecerem que o mais importante deprisão e morte de completa chamando-os de pois as riquezas daqui sãomuitos crentes passageiras, mas as celestiais são “sinagoga de Satanás”; Ele eternas fez essas afirmações a respeito deles devido à blasfêmia que cometiam.
  71. 71. III– As condições da igreja em Esmirna 3- Ataques dos falsos crentes • Devido ao fato de haver esse tipo de gente noA traição daquelesque se diziam meio da congregação é que Esmirna não chegou airmãos mas não são incessante busca pela prosperidade Apode ter sido material tem feito muitos crentes se ser uma igreja esquecerem que o mais importantetambém a causa da tudo é prosperar espiritualmente; deprisão e morte de absolutamente perfeita. pois as riquezas daqui sãomuitos crentes passageiras, mas as celestiais são eternas
  72. 72. III– As condições da igreja em Esmirna 3- Ataques dos falsos crentes • Falsos crentes não concordam com asA traição daquelesque se diziam decisões; não obedecem;irmãos mas não são incessante busca pela prosperidade santos ; A se acham maispode ter sido material tem feito muitos crentes se julgam pela aparência; não esquecerem que o mais importantetambém a causa da tudo é prosperar espiritualmente; deprisão e morte de perdoam; são pois as riquezas daqui sãomuitos crentes passageiras, mas as celestiais são interesseiros; não aceitam eternas críticas; não contribuem; e introduzem as coisas do mundo na Casa de Deus.
  73. 73. III– As condições da igreja em Esmirna 3- Ataques dos falsos crentes • Qual é o objetivo desse tipo de “crente”? “Viver oA traição daquelesque se diziam Evangelho” a sua maneira,irmãos mas não são incessante busca pela prosperidade si A buscando parapode ter sido material tem feito muitos crentes setambém a causa da tudo é prosperar espiritualmente; líderes que pregadores e esquecerem que o mais importante deprisão e morte de falam e fazem aquilo que pois as riquezas daqui sãomuitos crentes passageiras, mas as celestiais são lheseternas parece agradável, pois a Palavra como ela é causa incômodo em seus ouvidos.
  74. 74. III– As condições da igreja em Esmirna 3- Ataques dos falsos crentes • Porém, esses receberão a sua justa parte no diaA traição daquelesque se diziam do Juízo Final se não seirmãos mas não são incessante busca pela prosperidade enquanto A arrependerempode ter sido material tem feito muitos crentes se tiverem oportunidade. esquecerem que o mais importantetambém a causa da tudo é prosperar espiritualmente; deprisão e morte de pois as riquezas daqui sãomuitos crentes passageiras, mas as celestiais são eternas
  75. 75. III– As condições da igreja em Esmirna 3- Ataques dos falsos crentes • Você já parou para examinar como está a tuaA traição daquelesque se diziam postura de crente (Ap 21:8).irmãos mas não são incessante busca pela prosperidade Apode ter sido material tem feito muitos crentes se esquecerem que o mais importantetambém a causa da tudo é prosperar espiritualmente; deprisão e morte de pois as riquezas daqui sãomuitos crentes passageiras, mas as celestiais são eternas
  76. 76. Ser crente é fácil...... Difícil é ser verdadeiro!
  77. 77. III– As condições da igreja em Esmirna 4- Os crentes em prisão • Jesus fala a respeito de uma tribulação de dezOs "dez dias de dias na prisão, pela qualtribulação" podemA incessante busca pela prosperidade passariam alguns dos fiéisser uma referência material tem feito muitos crentes se a daquela igreja.dez imperadores que tudo é prosperarmais importante esquecerem que o de espiritualmente;perseguiram os pois as riquezas daqui sãocristãos: Nero (54-68); passageiras, mas as celestiais sãoDominiciano (68-96); Trajano eternas(104-117); Aurélio (161-180);Severo (200-211) Máximo(235-237); Décio (250-253);Valeriano (257-260); Aureliano(270-275); Diocleciano (303-312). Esses dez dias teriamdurado 258 anos
  78. 78. III– As condições da igreja em Esmirna 4- Os crentes em prisão • Se esses servos de Deus foram executados ou nãoOs "dez dias de a Bíblia não diz, mas detribulação" podemA incessante busca pela prosperidade uma coisa ela nos dáser uma referência material tem feito muitos crentes se a certeza: tendo eles sidodez imperadores que tudo é prosperarmais importante esquecerem que o de espiritualmente;perseguiram os fiéis até a morte, pois as riquezas daqui sãocristãos: Nero (54-68); passageiras, mas as celestiais sãoDominiciano (68-96); Trajano ganharam a coroa da vida. eternas(104-117); Aurélio (161-180);Severo (200-211) Máximo(235-237); Décio (250-253);Valeriano (257-260); Aureliano(270-275); Diocleciano (303-312). Esses dez dias teriamdurado 258 anos
  79. 79. III– As condições da igreja em Esmirna 4- Os crentes em prisão • De fato, a situação dos cristãos atuais não éOs "dez dias de muito fácil; mas,tribulação" podemA incessante busca pela prosperidade agradeçamos a Deus peloser uma referência material tem feito muitos crentes se adez imperadores que tudo é prosperarmais vivermos num país fato de importante esquecerem que o de espiritualmente;perseguiram os que, pelo menos por pois as riquezas daqui sãocristãos: Nero (54-68); passageiras, mas as celestiais sãoDominiciano (68-96); Trajano enquanto, ainda é livre, eternas(104-117); Aurélio (161-180);Severo (200-211) Máximo(235-237); Décio (250-253); apesar de que já começam(270-275); Diocleciano (303- a aparecer alguns sinaisValeriano (257-260); Aureliano312). Esses dez dias teriamdurado 258 anos de repressão religiosa.
  80. 80. III– As condições da igreja em Esmirna 4- Os crentes em prisão • Os carrascos romanos, naquela época, tratavamOs "dez dias de os cristãos comotribulação" podemA incessante busca pela prosperidade criminosos indignos deser uma referência material tem feito muitos crentes se a perdão e as torturas eramdez imperadores que tudo é prosperarmais importante esquecerem que o de espiritualmente;perseguiram os as mais cruéis possíveis, pois as riquezas daqui sãocristãos: Nero (54-68); passageiras, mas as celestiais sãoDominiciano (68-96); Trajano pois eles eram queimados eternas(104-117); Aurélio (161-180);Severo (200-211) Máximo(235-237); Décio (250-253); vivos, dilacerados por(270-275); Diocleciano (303- cães ou outros animaisValeriano (257-260); Aureliano312). Esses dez dias teriamdurado 258 anos selvagens, (Hb 11:36-38).
  81. 81. A Igreja perseguida não é história do passado!Você pode até não gostar de ver isso, mas a perseguição está mais do que presente!
  82. 82. Conclusão • Crente não deve ter medo da morte; mas só conseguem superar esseO sangue derramado pavor do sobrenatural, A incessante busca pela prosperidadenão inibia a poderosa aqueles que entendem os material tem feito muitos crentes se esquecerem que o mais importanteIgreja de Esmirna.de tudo é prosperar espiritualmente; pois as riquezasda são danos daqui segunda morte,Verdadeiros servos passageiras, mas as celestiais sãode Deus não se que eternas condenação éadetém diante de eterna. Para não temer oameaças, porqueconhecem muito bem fim dessa vida é precisoaquEle em quem ter certeza da salvação.confiam
  83. 83. Conclusão • A morte não é o fim, mas sim o início de uma nova etapa que, independente A incessante busca pela prosperidade ou no de ser no céuO sangue derramadonão inibia a poderosa inferno, importante esquecerem que o mais é eterna; por isso material tem feito muitos crentes seIgreja de Esmirna.de tudo é prosperar espiritualmente; pois as riquezas daqui sãolutar cada dia temos queVerdadeiros servos passageiras, mas as celestiais sãode Deus não se mais contra as armadilhas eternasdetém diante de do inimigo que quer nosameaças, porqueconhecem muito bem desviar do estreitoaquEle em quem caminho reto.confiam
  84. 84. Conclusão • Assim como Esmirna, não devemos nos importar tanto com a primeira, masO sangue derramado nos preparamos para não A incessante busca pela prosperidadenão inibia a poderosa sofrermos o dano da material tem feito muitos crentes se esquecerem que o mais importanteIgreja de Esmirna.de tudo é prosperar espiritualmente; segunda morte. pois as riquezas daqui sãoVerdadeiros servos passageiras, mas as celestiais sãode Deus não se eternasdetém diante deameaças, porqueconhecem muito bemaquEle em quemconfiam
  85. 85. Conclusão • Numa era tão avançada que vivemos no século XXI, cristãos, e atéO sangue derramado membros de outras A incessante busca pela prosperidadenão inibia a poderosa religiões, ainda morrem material tem feito muitos crentes se esquecerem que o mais importanteIgreja de Esmirna.de tudo é prosperar espiritualmente; pois as riquezas daqui sãointolerância vítimas daVerdadeiros servos passageiras, mas as celestiais sãode Deus não se religiosa.eternasdetém diante deameaças, porqueconhecem muito bemaquEle em quemconfiam
  86. 86. Conclusão • Você tem orado pela igreja perseguida? A incessante busca pela prosperidadeO sangue derramado material tem feito muitos crentes senão inibia a poderosa esquecerem que o mais importanteIgreja de Esmirna.de tudo é prosperar espiritualmente; pois as riquezas daqui sãoVerdadeiros servos passageiras, mas as celestiais sãode Deus não se eternasdetém diante deameaças, porqueconhecem muito bemaquEle em quemconfiam
  87. 87. Conclusão • Talvez não fosse o caso de todos os membros, mas, de um modo geral, A incessante busca pela prosperidade que a pode-se dizerO sangue derramadonão inibia a poderosa Igreja de Esmirna estava material tem feito muitos crentes se esquecerem que o mais importanteIgreja de Esmirna.de tudo é prosperar espiritualmente; pronta. E você? Está pois as riquezas daqui sãoVerdadeiros servos passageiras, mas as celestiais sãode Deus não se preparado (Ap 21:7)? eternasdetém diante deameaças, porqueconhecem muito bemaquEle em quemconfiam
  88. 88. Só pra refletir... A mirra exala um perfume muito agradável, porém para se obtê-lo é necessário enfrentar os espinhos de sua árvore; assim é a salvação: para se alcançar a glória é preciso vencer as espinhosas perseguições desse mundo
  89. 89. Escola Bíblica Dominical (Lição 4) Esmirna, a Igreja Confessante e Mártir AD Belém - Setor 20 (Arujá/SP) - Pq. Rodrigo Barreto I Jonas Martins Olímpio

×