Marcos Rogger
DANÇA PARA TUPAN
DANÇA DA CHUVA
DANÇA SAGRADA
A FORÇA DA MULHER ---- DANÇA AFRO
TRAÇOS  NEGREIROS
BUSCA DAS ESPECIARIAS
AMOR CEGO
BRA ZIS
ELO DOS CONTINENTES
ANCESTRAIS
PROVOCAÇÕES ANCESTRAIS
RAÍZES ÉTNICAS
AMORES PROIBIDOS
SONHOS
Apresentação do artista <ul><li>O ser humano cria a sociedade ao mesmo tempo em que esta o cria. O homem recebe durante to...
Metodologia   <ul><li>O trabalho de Marcos Rogger é reconhecidamente inovador. O seu suporte é a pesquisa antropológica qu...
Principais Eventos realizados <ul><li>Agosto – setembro de 2007: </li></ul><ul><li>Uma obra exposta na Feira Internacional...
 
 
 
 
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Marcos Rogger

2.674 visualizações

Publicada em

Panoramica dos trabalhos do Artista Fotografico Marcos Rogger

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.674
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
537
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Marcos Rogger

  1. 1. Marcos Rogger
  2. 2. DANÇA PARA TUPAN
  3. 3. DANÇA DA CHUVA
  4. 4. DANÇA SAGRADA
  5. 5. A FORÇA DA MULHER ---- DANÇA AFRO
  6. 6. TRAÇOS NEGREIROS
  7. 7. BUSCA DAS ESPECIARIAS
  8. 8. AMOR CEGO
  9. 9. BRA ZIS
  10. 10. ELO DOS CONTINENTES
  11. 11. ANCESTRAIS
  12. 12. PROVOCAÇÕES ANCESTRAIS
  13. 13. RAÍZES ÉTNICAS
  14. 14. AMORES PROIBIDOS
  15. 15. SONHOS
  16. 16. Apresentação do artista <ul><li>O ser humano cria a sociedade ao mesmo tempo em que esta o cria. O homem recebe durante toda a sua vida, a influência dos agentes culturais, sejam eles externos ou internos e um destes agentes são as nossas raízes culturais. Resgata–las nos mais diversos ângulos tem dado ao ser humano a possibilidade de conhecer e refletir sobre a sua cultura por meio das mais variadas formas de arte. </li></ul><ul><li>A exposição Traços Negreiros traz ao público uma das facetas da nossa história que é a nossa própria identidade. De onde realmente vimos e herdamos toda essa colcha de retalhos: índios, negros e europeus, toda esta miscigenação prova que a nossa cultura foi e é uma verdadeira doação entre povos e nações. </li></ul><ul><li>               Desde os primórdios, as fotografias estiveram associadas à pintura e a descoberta de novas expressões plásticas. Foi na fotografia o meio que o artista Fotoplástico Marcos Rogger encontrou para resgatar as nossas raízes, em imagens que retratam os povos habitantes do Brasil com suas crenças, costumes e uma grande influência na culinária e seus trajes de épocas, seus santos, ritos e cantigas. </li></ul><ul><li>              Marcos Rogger constrói um território visual, metódico e pessoal, captando em instantes, mas construindo a sua própria realidade para nos transmitir o inconsciente. O trabalho propõe uma transformação da realidade repleta de significados, a luminosidade que refletem as suas obras Fotoplásticas transporta-nos para emoções de um mundo fulgaz e em mudança. Uma das suas características de autenticidade é consagrar a sua Obra Foto-plástica com um cristal sobre o papel fotográfico e sua numeração </li></ul><ul><li>A lua cheia não só inspirava o artista, como o ajudava em seus estudos na busca da luz ideal na construção de suas obras, dando uma tonalidade prateada especial às pessoas e objetos que estavam sendo fotografados. Após inúmeras experiências, ele acabou adquirindo a sua própria identidade, o que o torna único no que faz. </li></ul><ul><li>              Recuando às pinturas rupestres, as tribos Indígenas ou Africanas, os europeus ou os yuppies Nova-iorquinos. As imagens representam os arquétipos e todo um inconsciente coletivo. </li></ul><ul><li>            Rogger já dedicou uma década ao estudo de técnicas fotoplásticas, que ele define como a obra criada a partir de um universo já existente, o Ser humano representando as suas figuras mais notáveis. </li></ul>
  17. 17. Metodologia <ul><li>O trabalho de Marcos Rogger é reconhecidamente inovador. O seu suporte é a pesquisa antropológica que encontra influências na era colonial, nas sociedades da selva amazônica e na africanidade importada do outro lado do atlântico-sul. Uma visão sobre a cultura Afro-descendente, indígena e a cultura européia que faz de suas coleções um resgate cultural na mais avançada e sofisticada estética em Mono–bi cromático. É através deste trabalho que o artista transmite sua mensagem à sociedade: a valiosa contribuição destes povos para formar a identidade do que somos hoje, o povo brasileiro. </li></ul>
  18. 18. Principais Eventos realizados <ul><li>Agosto – setembro de 2007: </li></ul><ul><li>Uma obra exposta na Feira Internacional African, organizada pela African Market Place. Esta foi escolhida para representar a Bahia e o Brasil em Los Angeles (Califórnia - EUA) </li></ul><ul><li>Dezembro de 2006: </li></ul><ul><li>Exposição Traços Negreiros. No Centro Cultural Alumni. SãoPaulo – SP. </li></ul><ul><li>Exposição permanente: </li></ul><ul><li>Rua Ordem terceira, 05 – Pelourinho – Salvador / BA </li></ul><ul><li>http://www.marcosrogger.com.br </li></ul>

×