SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 53
AULA XIII – Historia da arte

Professor Rafael Serra

| Rafinhavserra@hotmail.com
“A arte é apenas um substituto
enquanto a beleza da vida for
deficiente. Desaparecerá
proporcionalmente, à medida que a
vida adquirir equilíbrio.” Piet
Mondrian
Linha do tempo
Arte pré histórica
Um dos períodos mais fascinantes da história humana é a PréHistória. Esse período não foi registrado por nenhum
documento escrito, pois é exatamente a época anterior à
escrita. Tudo o que sabemos dos Inícions que viveram nesse
tempo é o resultado da pesquisa de
antropólogos, historiadores e dos estudos da moderna ciência
arqueológica, que reconstituíram a cultura do Iníciom.
Linha do tempo
Paleolítico/Neolítico 5.000.000 a 25.000

A Principal caracteristica da idade da pedra
lascada, é o NATURALISMO, representações de
animais e figuras humanas simplificadissimas
nas pinturas rupestres.
Acreditava que poderia matar o animal
verdadeiro desde que o representasse ferido
mortalmente num desenho.
Linha do tempo
Paleolítico/Neolítico 5.000.000 a 25.000

Além de pinturas nas paredes, com a
evolução dos materiais e dominio sobre
metais, o sugimento do fogo e a roda, as
“tecnologias” artisticas também evoluiram,
esculturas e ornamentos corporais também
começaram a ser produzidos
Linha do tempo
Arte Egípcia
Arquitetura (Piramides, palácios)
Escultura ( Esfinge)
Pintura
Pirâmides: Construidas com blocos de pedras de cerca de 10 toneladas
Posicionadas sobre orientação astral.
Foram construidas pelos faraós como túmulo para serem mumificados
Juntamente com sua riquesa.
Seu aspecto nos traz a sensação de Misterio e Solidez.
Retrato dos faraós e Deuses.
Sempre em posições que demonstracem tranquilidade e expressões neutras.
Traduzindo na pedra uma impressão de imortalidade
A pintura grega encontra-se na arte cerâmica, também conhecidos não só
pelo equilíbrio de sua forma, mas também pela harmonia entre o
desenho, as cores e o espaço utilizado para a ornamentação. Além de
servir para rituais religiosos, eram usados para
armazenar, água, vinho, azeite e
Linha do tempo
Arte Gótica
século XII, entre os anos 1150 e 1500
A Arte gótica é marcada pela arquitetura diferenciada, tudo se
volta para o alto, projetando-se na direção do céu, como se vê
nas pontas agulhadas das torres de algumas igrejas góticas.
Outros elementos característicos da arquitetura gótica são os
arcos góticos ou ogivais e os vitrais coloridíssimos que filtram a
luminosidade para o interior da igreja.
As catedrais góticas mais conhecidas são: Catedral de Notre
Dame de Paris e a Catedral de Notre Dame de Chartres.
A pintura grega encontra-se na arte cerâmica, também conhecidos não só
pelo equilíbrio de sua forma, mas também pela harmonia entre o
desenho, as cores e o espaço utilizado para a ornamentação. Além de
servir para rituais religiosos, eram usados para
armazenar, água, vinho, azeite e
Linha do tempo
Renascimento
entre 1300 e 1650

O Renascimento marca-se pela Perfeição de suas formas e
fidelização com o real.
O estilo acadêmico que traz o homem em primeiro plano e a
natureza como cenário, envolvendo o divino e sobrenatural.
Surgimento de artistas com um estilo pessoal, diferente dos
demais, já que o período é marcado pelo ideal de liberdade
e, conseqüentemente, pelo individualismo.
O Nascimento de Venus – Sandro Botticelli XV
Leonardo da Vinci
Rafael Sanzio
Linha do tempo
Romantismo
Seculo XIV
Marcado por fortes mudanças politicas e
culturais com a revolução industrial, a atividade
artística tornou-se complexa.
Os artistas românticos procuraram se libertar
das convenções acadêmicas em favor da livre
expressão da personalidade do artista.
Linha do tempo
• Aproximação das formas barrocas;
• Valorização das cores e do claro-escuro; e
• Dramaticidade

Temas da pintura:
• Fatos reais da história nacional e contemporânea da
vida dos artistas;
• Natureza revelando um dinamismo equivalente as
emoções humanas e
• Mitologia Grega
Francisco Goya
William Turner
Eugène Delacroix
Linha do tempo
Realismo
Entre 1850 e 1900

Surge nas artes européias, sobretudo na pintura, que se
desenvolveu ao lado da crescente industrialização das
sociedades. O europeu, que tinha aprendido a utilizar o
conhecimento científico e a técnica para interpretar e dominar
a natureza, convenceu-se de que precisava ser
realista, inclusive em suas criações artísticas, deixando de lado
as visões subjetivas e emotivas da realidade
Augustus Courbet
Considerado o criador do realismo social na pintura.
Jean-François Millet
Considerado o criador do realismo social na pintura.
Linha do tempo
Barroco
séc. XVII Itália
Séc. XVIII Brasil

As obras barrocas romperam o equilíbrio entre o sentimento e
a razão ou entre a arte e a ciência, que os artistas
renascentistas procuram realizar de forma muito consciente;
na arte barroca predominam as emoções e não o racionalismo
da arte renascentista. É uma época de conflitos espirituais e
religiosos. O estilo barroco traduz a tentativa angustiante de
conciliar forças antagônicas: bem e mal; Deus e Diabo; céu e
terra; pureza e pecado; alegria e tristeza; paganismo e
cristianismo; espírito e matéria.
Caravaggio
Andrea Pozzo
Diego Velázquez
Linha do tempo
Barroco
séc. XVII Itália
Séc. XVIII Brasil

O barroco brasileiro é claramente associado à religião católica.
Duas linhas diferentes caracterizam o estilo barroco brasileiro.
Nas regiões enriquecidas pelo comércio de açúcar e pela
mineração, encontramos igrejas com trabalhos em relevos
feitos em madeira - as talhas - recobertas por finas camadas de
ouro, com janelas, cornijas e portas decoradas com detalhados
trabalhos de escultura.
Aleijadinho- Antônio Francisco Lisboa
Linha do tempo
Impressionismo
século XX

• A pintura deve registrar as tonalidades que os objetos
adquirem ao refletir a luz solar num determinado
momento, pois as cores da natureza se modificam
constantemente, dependendo da incidência da luz do sol.
• As figuras não devem ter contornos nítidos, pois a linha é
uma abstração do ser humano para representar imagens.
• As sombras devem ser luminosas e coloridas, tal como é a
impressão visual que nos causam, e não escuras ou
pretas, como os pintores costumavam representá-las no
passado.
Linha do tempo
Expressionismo
1905 e 1930.

O Expressionismo é a arte do instinto, trata-se de uma
pintura dramática, subjetiva, “expressando”
sentimentos humanos. Utilizando cores irreais, dá
forma plástica ao amor, ao ciúme, ao medo, à
solidão, à miséria humana, à prostituição. Deforma-se
a figura, para ressaltar o sentimento. Predominância
dos valores emocionais sobre os intelectuais.
Munch
Linha do tempo
DADAÍSMO
1916

Sua proposta é que a arte ficasse solta das amarras
racionalistas e fosse apenas o resultado do automatismo
psíquico, selecionado e combinando elementos por acaso.
Sendo a negação total da cultura, o Dadaísmo defende o
absurdo, a incoerência, a desordem, o caos. Politicamente
, firma-se como um protesto contra uma civilização que não
conseguiria evitar a guerra.
Proposta
Fernando Lessa (hands On)
A próposta é utilizar da fotografia para
reproduzir obras de arte.
Nesse momento utilizaremos a natureza
morta, montagem de cenário e iluminação
que influencie nossas fotos de acordo com a
escola artistica escolhida.
Let’s Go?!

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Linha do Tempo - História da Arte
Linha do Tempo - História da ArteLinha do Tempo - História da Arte
Linha do Tempo - História da Arte
Jesrayne Nascimento
 
As linguagens da arte
As linguagens da arteAs linguagens da arte
As linguagens da arte
dpport
 
Retrato e auto retrato
Retrato e auto retratoRetrato e auto retrato
Retrato e auto retrato
luciliapereira
 

Mais procurados (20)

Grafite slide
Grafite slideGrafite slide
Grafite slide
 
Linha do Tempo - História da Arte
Linha do Tempo - História da ArteLinha do Tempo - História da Arte
Linha do Tempo - História da Arte
 
Arte e tecnologia
Arte e tecnologiaArte e tecnologia
Arte e tecnologia
 
O que é arte?
O que é arte?O que é arte?
O que é arte?
 
Arte na escola
Arte na escolaArte na escola
Arte na escola
 
Arte Indígena Brasileira
Arte Indígena BrasileiraArte Indígena Brasileira
Arte Indígena Brasileira
 
As linguagens da arte
As linguagens da arteAs linguagens da arte
As linguagens da arte
 
Elementos visuais
Elementos visuaisElementos visuais
Elementos visuais
 
Expressionismo
Expressionismo Expressionismo
Expressionismo
 
A arte da performance
A arte da performanceA arte da performance
A arte da performance
 
Arte indígena
Arte indígenaArte indígena
Arte indígena
 
Questões simulado
Questões simuladoQuestões simulado
Questões simulado
 
Arte contemporanea
Arte contemporaneaArte contemporanea
Arte contemporanea
 
Arte grega
Arte gregaArte grega
Arte grega
 
Semana de arte moderna
Semana de arte modernaSemana de arte moderna
Semana de arte moderna
 
Arte - Romantismo
Arte - RomantismoArte - Romantismo
Arte - Romantismo
 
Comunicação visual
Comunicação visualComunicação visual
Comunicação visual
 
TEATRO (Conceito; História; Gêneros e principais atores e atrizes)
TEATRO (Conceito; História; Gêneros e principais atores e atrizes)  TEATRO (Conceito; História; Gêneros e principais atores e atrizes)
TEATRO (Conceito; História; Gêneros e principais atores e atrizes)
 
Dança
DançaDança
Dança
 
Retrato e auto retrato
Retrato e auto retratoRetrato e auto retrato
Retrato e auto retrato
 

Destaque

A função da arte slide
A função da arte   slideA função da arte   slide
A função da arte slide
2011saletekm
 
Da linha à tridimensionalidade PowerPoint da aula
Da linha à tridimensionalidade PowerPoint da aulaDa linha à tridimensionalidade PowerPoint da aula
Da linha à tridimensionalidade PowerPoint da aula
Carina Lopes
 
Slide oficina do tangram
Slide oficina do tangramSlide oficina do tangram
Slide oficina do tangram
equipeDoTangram
 
Lesson 7&8(tangram)
Lesson 7&8(tangram)Lesson 7&8(tangram)
Lesson 7&8(tangram)
c011015319
 

Destaque (20)

História da arte
História da arteHistória da arte
História da arte
 
Resumão de História da Arte
Resumão de História da ArteResumão de História da Arte
Resumão de História da Arte
 
Curso de historia da arte
Curso de historia da arteCurso de historia da arte
Curso de historia da arte
 
Linha do tempo na arte
Linha do tempo na arteLinha do tempo na arte
Linha do tempo na arte
 
Aula História da Arte_As funções da arte
Aula História da Arte_As funções da arteAula História da Arte_As funções da arte
Aula História da Arte_As funções da arte
 
História da Arte - Pré-história e Antiguidade
História da Arte - Pré-história e AntiguidadeHistória da Arte - Pré-história e Antiguidade
História da Arte - Pré-história e Antiguidade
 
A função da arte slide
A função da arte   slideA função da arte   slide
A função da arte slide
 
Historia da arte - período da antiguidade - resumo
Historia da arte - período da antiguidade - resumoHistoria da arte - período da antiguidade - resumo
Historia da arte - período da antiguidade - resumo
 
Arte na linha do tempo
Arte na linha do tempo Arte na linha do tempo
Arte na linha do tempo
 
HistóRia Da Arte
HistóRia Da ArteHistóRia Da Arte
HistóRia Da Arte
 
Aula de HIstória da Arte - a partir do século XX até o Contemporâneo
Aula de HIstória da Arte - a partir do século XX até o ContemporâneoAula de HIstória da Arte - a partir do século XX até o Contemporâneo
Aula de HIstória da Arte - a partir do século XX até o Contemporâneo
 
Aula História da Arte_Introdução à história da arte segundo Gombrich
Aula História da Arte_Introdução à história da arte segundo GombrichAula História da Arte_Introdução à história da arte segundo Gombrich
Aula História da Arte_Introdução à história da arte segundo Gombrich
 
Renascimento
RenascimentoRenascimento
Renascimento
 
Arte Pré Histórica
Arte Pré HistóricaArte Pré Histórica
Arte Pré Histórica
 
A arte na pré história
A arte na pré históriaA arte na pré história
A arte na pré história
 
Da linha à tridimensionalidade PowerPoint da aula
Da linha à tridimensionalidade PowerPoint da aulaDa linha à tridimensionalidade PowerPoint da aula
Da linha à tridimensionalidade PowerPoint da aula
 
Slide oficina do tangram
Slide oficina do tangramSlide oficina do tangram
Slide oficina do tangram
 
Lesson 7&8(tangram)
Lesson 7&8(tangram)Lesson 7&8(tangram)
Lesson 7&8(tangram)
 
Galeria de imagens - Estudo da arte
Galeria de imagens - Estudo da arteGaleria de imagens - Estudo da arte
Galeria de imagens - Estudo da arte
 
Unidade I – evolução do conhecimento
Unidade I – evolução do conhecimentoUnidade I – evolução do conhecimento
Unidade I – evolução do conhecimento
 

Semelhante a Aula 13 historia da arte.

Pré renascimento
 Pré renascimento Pré renascimento
Pré renascimento
greghouse48
 
Neoclassicismo E Romantismo
Neoclassicismo E RomantismoNeoclassicismo E Romantismo
Neoclassicismo E Romantismo
Auriene
 

Semelhante a Aula 13 historia da arte. (20)

Barroco atualizado
Barroco atualizadoBarroco atualizado
Barroco atualizado
 
Ufu 2019 Revisão
Ufu 2019 RevisãoUfu 2019 Revisão
Ufu 2019 Revisão
 
Apresentação sobre Artes Visuais.pptx
Apresentação sobre Artes Visuais.pptxApresentação sobre Artes Visuais.pptx
Apresentação sobre Artes Visuais.pptx
 
Roteiro de Estudos - Introdução à História da Arte, Pré-História e Egito
Roteiro de Estudos - Introdução à História da Arte, Pré-História e EgitoRoteiro de Estudos - Introdução à História da Arte, Pré-História e Egito
Roteiro de Estudos - Introdução à História da Arte, Pré-História e Egito
 
Romantismo
RomantismoRomantismo
Romantismo
 
História da Arte: Linha do tempo - Renascimento ao Romantismo
História da Arte: Linha do tempo - Renascimento ao RomantismoHistória da Arte: Linha do tempo - Renascimento ao Romantismo
História da Arte: Linha do tempo - Renascimento ao Romantismo
 
Historia da arte
Historia da arteHistoria da arte
Historia da arte
 
Pré renascimento
 Pré renascimento Pré renascimento
Pré renascimento
 
Aula 4 art em
Aula 4   art emAula 4   art em
Aula 4 art em
 
Linha do tempo
Linha do tempoLinha do tempo
Linha do tempo
 
O romantismo
O romantismoO romantismo
O romantismo
 
Neoclassicismo E Romantismo
Neoclassicismo E RomantismoNeoclassicismo E Romantismo
Neoclassicismo E Romantismo
 
Realismo e Museu Hermitage, São Petersburgo, na Rússia, Turma 2c12
Realismo e Museu Hermitage, São Petersburgo, na Rússia, Turma 2c12Realismo e Museu Hermitage, São Petersburgo, na Rússia, Turma 2c12
Realismo e Museu Hermitage, São Petersburgo, na Rússia, Turma 2c12
 
Romantismo
RomantismoRomantismo
Romantismo
 
Artes plásticas
Artes plásticasArtes plásticas
Artes plásticas
 
Panorama Momentos Artísticos da História
Panorama Momentos Artísticos da HistóriaPanorama Momentos Artísticos da História
Panorama Momentos Artísticos da História
 
História da arte trabalho pronto.
História da arte trabalho pronto.História da arte trabalho pronto.
História da arte trabalho pronto.
 
Estética romântica
Estética românticaEstética romântica
Estética romântica
 
Renascimento 2019ok
Renascimento 2019okRenascimento 2019ok
Renascimento 2019ok
 
Renascimento 2018
Renascimento 2018Renascimento 2018
Renascimento 2018
 

Mais de Rafael Serra

Aula 6 equipamentos
Aula 6 equipamentosAula 6 equipamentos
Aula 6 equipamentos
Rafael Serra
 
Aula 7 equipamentos
Aula 7 equipamentosAula 7 equipamentos
Aula 7 equipamentos
Rafael Serra
 
Aula 8 equipamentos
Aula 8 equipamentosAula 8 equipamentos
Aula 8 equipamentos
Rafael Serra
 
Aula 11 fotojornalismo.
Aula 11 fotojornalismo.Aula 11 fotojornalismo.
Aula 11 fotojornalismo.
Rafael Serra
 
Aula 13 fotojornalismo.
Aula 13 fotojornalismo.Aula 13 fotojornalismo.
Aula 13 fotojornalismo.
Rafael Serra
 
Aula 3 composição revisado
Aula 3 composição revisadoAula 3 composição revisado
Aula 3 composição revisado
Rafael Serra
 
Aula 5 composição
Aula 5 composiçãoAula 5 composição
Aula 5 composição
Rafael Serra
 
Aula 3 composição
Aula 3 composiçãoAula 3 composição
Aula 3 composição
Rafael Serra
 
Aula 2 formato de imagens
Aula 2 formato de imagensAula 2 formato de imagens
Aula 2 formato de imagens
Rafael Serra
 
Aula 2 percepção das cores
Aula 2 percepção das coresAula 2 percepção das cores
Aula 2 percepção das cores
Rafael Serra
 
Aula 2 formato de imagens
Aula 2 formato de imagensAula 2 formato de imagens
Aula 2 formato de imagens
Rafael Serra
 
Aula 2 conceito de luz
Aula 2 conceito de luzAula 2 conceito de luz
Aula 2 conceito de luz
Rafael Serra
 
Aula 1 historia da fotografia
Aula 1 historia da fotografiaAula 1 historia da fotografia
Aula 1 historia da fotografia
Rafael Serra
 

Mais de Rafael Serra (15)

Aula 6 equipamentos
Aula 6 equipamentosAula 6 equipamentos
Aula 6 equipamentos
 
Aula 7 equipamentos
Aula 7 equipamentosAula 7 equipamentos
Aula 7 equipamentos
 
Aula 8 equipamentos
Aula 8 equipamentosAula 8 equipamentos
Aula 8 equipamentos
 
Aula 10 lentes
Aula 10 lentesAula 10 lentes
Aula 10 lentes
 
Aula 11 fotojornalismo.
Aula 11 fotojornalismo.Aula 11 fotojornalismo.
Aula 11 fotojornalismo.
 
Aula 13 fotojornalismo.
Aula 13 fotojornalismo.Aula 13 fotojornalismo.
Aula 13 fotojornalismo.
 
Aula 16 - moda
Aula 16 - modaAula 16 - moda
Aula 16 - moda
 
Aula 3 composição revisado
Aula 3 composição revisadoAula 3 composição revisado
Aula 3 composição revisado
 
Aula 5 composição
Aula 5 composiçãoAula 5 composição
Aula 5 composição
 
Aula 3 composição
Aula 3 composiçãoAula 3 composição
Aula 3 composição
 
Aula 2 formato de imagens
Aula 2 formato de imagensAula 2 formato de imagens
Aula 2 formato de imagens
 
Aula 2 percepção das cores
Aula 2 percepção das coresAula 2 percepção das cores
Aula 2 percepção das cores
 
Aula 2 formato de imagens
Aula 2 formato de imagensAula 2 formato de imagens
Aula 2 formato de imagens
 
Aula 2 conceito de luz
Aula 2 conceito de luzAula 2 conceito de luz
Aula 2 conceito de luz
 
Aula 1 historia da fotografia
Aula 1 historia da fotografiaAula 1 historia da fotografia
Aula 1 historia da fotografia
 

Aula 13 historia da arte.

  • 1. AULA XIII – Historia da arte Professor Rafael Serra | Rafinhavserra@hotmail.com
  • 2. “A arte é apenas um substituto enquanto a beleza da vida for deficiente. Desaparecerá proporcionalmente, à medida que a vida adquirir equilíbrio.” Piet Mondrian
  • 3. Linha do tempo Arte pré histórica Um dos períodos mais fascinantes da história humana é a PréHistória. Esse período não foi registrado por nenhum documento escrito, pois é exatamente a época anterior à escrita. Tudo o que sabemos dos Inícions que viveram nesse tempo é o resultado da pesquisa de antropólogos, historiadores e dos estudos da moderna ciência arqueológica, que reconstituíram a cultura do Iníciom.
  • 4. Linha do tempo Paleolítico/Neolítico 5.000.000 a 25.000 A Principal caracteristica da idade da pedra lascada, é o NATURALISMO, representações de animais e figuras humanas simplificadissimas nas pinturas rupestres. Acreditava que poderia matar o animal verdadeiro desde que o representasse ferido mortalmente num desenho.
  • 5.
  • 6.
  • 7. Linha do tempo Paleolítico/Neolítico 5.000.000 a 25.000 Além de pinturas nas paredes, com a evolução dos materiais e dominio sobre metais, o sugimento do fogo e a roda, as “tecnologias” artisticas também evoluiram, esculturas e ornamentos corporais também começaram a ser produzidos
  • 8.
  • 9.
  • 10.
  • 11. Linha do tempo Arte Egípcia Arquitetura (Piramides, palácios) Escultura ( Esfinge) Pintura
  • 12. Pirâmides: Construidas com blocos de pedras de cerca de 10 toneladas Posicionadas sobre orientação astral. Foram construidas pelos faraós como túmulo para serem mumificados Juntamente com sua riquesa. Seu aspecto nos traz a sensação de Misterio e Solidez.
  • 13. Retrato dos faraós e Deuses. Sempre em posições que demonstracem tranquilidade e expressões neutras. Traduzindo na pedra uma impressão de imortalidade
  • 14. A pintura grega encontra-se na arte cerâmica, também conhecidos não só pelo equilíbrio de sua forma, mas também pela harmonia entre o desenho, as cores e o espaço utilizado para a ornamentação. Além de servir para rituais religiosos, eram usados para armazenar, água, vinho, azeite e
  • 15. Linha do tempo Arte Gótica século XII, entre os anos 1150 e 1500 A Arte gótica é marcada pela arquitetura diferenciada, tudo se volta para o alto, projetando-se na direção do céu, como se vê nas pontas agulhadas das torres de algumas igrejas góticas. Outros elementos característicos da arquitetura gótica são os arcos góticos ou ogivais e os vitrais coloridíssimos que filtram a luminosidade para o interior da igreja. As catedrais góticas mais conhecidas são: Catedral de Notre Dame de Paris e a Catedral de Notre Dame de Chartres.
  • 16. A pintura grega encontra-se na arte cerâmica, também conhecidos não só pelo equilíbrio de sua forma, mas também pela harmonia entre o desenho, as cores e o espaço utilizado para a ornamentação. Além de servir para rituais religiosos, eram usados para armazenar, água, vinho, azeite e
  • 17. Linha do tempo Renascimento entre 1300 e 1650 O Renascimento marca-se pela Perfeição de suas formas e fidelização com o real. O estilo acadêmico que traz o homem em primeiro plano e a natureza como cenário, envolvendo o divino e sobrenatural. Surgimento de artistas com um estilo pessoal, diferente dos demais, já que o período é marcado pelo ideal de liberdade e, conseqüentemente, pelo individualismo.
  • 18. O Nascimento de Venus – Sandro Botticelli XV
  • 21. Linha do tempo Romantismo Seculo XIV Marcado por fortes mudanças politicas e culturais com a revolução industrial, a atividade artística tornou-se complexa. Os artistas românticos procuraram se libertar das convenções acadêmicas em favor da livre expressão da personalidade do artista.
  • 22. Linha do tempo • Aproximação das formas barrocas; • Valorização das cores e do claro-escuro; e • Dramaticidade Temas da pintura: • Fatos reais da história nacional e contemporânea da vida dos artistas; • Natureza revelando um dinamismo equivalente as emoções humanas e • Mitologia Grega
  • 26. Linha do tempo Realismo Entre 1850 e 1900 Surge nas artes européias, sobretudo na pintura, que se desenvolveu ao lado da crescente industrialização das sociedades. O europeu, que tinha aprendido a utilizar o conhecimento científico e a técnica para interpretar e dominar a natureza, convenceu-se de que precisava ser realista, inclusive em suas criações artísticas, deixando de lado as visões subjetivas e emotivas da realidade
  • 27. Augustus Courbet Considerado o criador do realismo social na pintura.
  • 28. Jean-François Millet Considerado o criador do realismo social na pintura.
  • 29. Linha do tempo Barroco séc. XVII Itália Séc. XVIII Brasil As obras barrocas romperam o equilíbrio entre o sentimento e a razão ou entre a arte e a ciência, que os artistas renascentistas procuram realizar de forma muito consciente; na arte barroca predominam as emoções e não o racionalismo da arte renascentista. É uma época de conflitos espirituais e religiosos. O estilo barroco traduz a tentativa angustiante de conciliar forças antagônicas: bem e mal; Deus e Diabo; céu e terra; pureza e pecado; alegria e tristeza; paganismo e cristianismo; espírito e matéria.
  • 33. Linha do tempo Barroco séc. XVII Itália Séc. XVIII Brasil O barroco brasileiro é claramente associado à religião católica. Duas linhas diferentes caracterizam o estilo barroco brasileiro. Nas regiões enriquecidas pelo comércio de açúcar e pela mineração, encontramos igrejas com trabalhos em relevos feitos em madeira - as talhas - recobertas por finas camadas de ouro, com janelas, cornijas e portas decoradas com detalhados trabalhos de escultura.
  • 35. Linha do tempo Impressionismo século XX • A pintura deve registrar as tonalidades que os objetos adquirem ao refletir a luz solar num determinado momento, pois as cores da natureza se modificam constantemente, dependendo da incidência da luz do sol. • As figuras não devem ter contornos nítidos, pois a linha é uma abstração do ser humano para representar imagens. • As sombras devem ser luminosas e coloridas, tal como é a impressão visual que nos causam, e não escuras ou pretas, como os pintores costumavam representá-las no passado.
  • 36.
  • 37. Linha do tempo Expressionismo 1905 e 1930. O Expressionismo é a arte do instinto, trata-se de uma pintura dramática, subjetiva, “expressando” sentimentos humanos. Utilizando cores irreais, dá forma plástica ao amor, ao ciúme, ao medo, à solidão, à miséria humana, à prostituição. Deforma-se a figura, para ressaltar o sentimento. Predominância dos valores emocionais sobre os intelectuais.
  • 38.
  • 39. Munch
  • 40. Linha do tempo DADAÍSMO 1916 Sua proposta é que a arte ficasse solta das amarras racionalistas e fosse apenas o resultado do automatismo psíquico, selecionado e combinando elementos por acaso. Sendo a negação total da cultura, o Dadaísmo defende o absurdo, a incoerência, a desordem, o caos. Politicamente , firma-se como um protesto contra uma civilização que não conseguiria evitar a guerra.
  • 41.
  • 42.
  • 43. Proposta Fernando Lessa (hands On) A próposta é utilizar da fotografia para reproduzir obras de arte. Nesse momento utilizaremos a natureza morta, montagem de cenário e iluminação que influencie nossas fotos de acordo com a escola artistica escolhida.
  • 44.
  • 45.
  • 46.
  • 47.
  • 48.
  • 49.
  • 50.
  • 51.
  • 52.