Estratégia Reprodutiva Loliginidae (Lulas)

2.262 visualizações

Publicada em

Apresentação Fisiologia Animal Comparada - 2009

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.262
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
8
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
20
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Estratégia Reprodutiva Loliginidae (Lulas)

  1. 2. Estratégia Reprodutiva Disciplina: Fisiologia Animal Comparada Professora: Maria Paula Acadêmicos: Glaucia Jost Jonathan Silveira Priscila Flores Universidade do Vale do Itajaí - UNIVALI Ciências Biológicas – 2009/1 LULA Família: Loliginidae
  2. 3. Conceito de Estratégia <ul><li>STRATÈGÓS </li></ul>Stratos: &quot;exército“ Ago: &quot;liderança&quot; ou &quot;comando” É a definição de como recursos serão colocados para se atingir determinado objetivo
  3. 4. Breve Histórico <ul><li>500 milhões de anos </li></ul>EVOLUÇÃO Ausência de conchas calcárias Fácil de serem predados Necessidade de Adaptações Cambriano
  4. 6. Anatomia <ul><li>Variam de 2,5 cm até mais de 20 metros </li></ul><ul><li>Corpo Alongado em forma de tubo </li></ul><ul><li>Possuem 10 braços, sendo 2 tentáculos </li></ul><ul><li>com função na reprodução. ( Decápodes ) </li></ul><ul><li>No centro dos tentáculos encontra-se a boca </li></ul><ul><li>e rádula </li></ul><ul><li>Olhos grandes laterais </li></ul><ul><li>Possuem cérebro bem desenvolvido </li></ul><ul><li>A parte chamada funil e por onde saem suas </li></ul><ul><li>excretas e tintas para defesa. </li></ul><ul><li>Possuem cromatóforos (células na pele) que </li></ul><ul><li>expandem-se ou contraem-se para mudar a </li></ul><ul><li>cor ou o contorno da pele. </li></ul>
  5. 7. Estratégias de Reprodução Os cromatófagos originam um padrão de manchas que ao olho humano resultam em alterações bruscas de pigmentação. Rituais para copula estão ligados à: Cromatófagos Bioluminescência demonstrações de cor e luz
  6. 8. Os cefalópodes vivem em grupos, por isso são sociáveis reprodução eles gostam mesmo é das preliminares e que ficam assim por grande parte do tempo mas a cópula mesmo dura muito pouco. INTERESSANTE Os cefalópodes, veja que curioso, também são responsáveis pela terceira forma de comunicação visual já registrada: a primeira seria dos macacos, a segunda dos humanos e a terceira é deles.
  7. 9. Reprodução <ul><li>Dióicos </li></ul><ul><li>Gônada na região posterior do corpo </li></ul><ul><li>Testículo saculiforme, na cavidade interna </li></ul><ul><li>Espermatozóides envolvidos por espermatóforo. </li></ul><ul><li>O esperma é armazenado no saco de Needmam. </li></ul><ul><li>Ovário saculiforme com oviduto terminando em uma glândula oviducal. </li></ul>
  8. 10. Fertilização <ul><li>A reprodução das lulas é sexuada, ou seja, o macho </li></ul><ul><li>transfere o esperma para o corpo da fêmea </li></ul><ul><li>Desenvolvimento é externo e direto. </li></ul><ul><li>Os ovos fertilizados formam uma massa gelatinosa </li></ul><ul><li>que a fêmea expele e esconde em buracos ou em baixo </li></ul><ul><li>de pedras. </li></ul>
  9. 11. Estratégias de Reprodução O tempo de vida da lula é curto, seu ciclo de vida todo é de apenas um ano. Frequentemente os progenitores morrerem imediatamente após o acasalamento, deixando os ovos envoltos em finas membranas ancorados no fundo arenosos do oceano.
  10. 12. <ul><li>Os filhotes nascem entre quatro e oito semanas e são miniaturas dos pais. Alimentam-se de plâncton até alcançarem a vida adulta. </li></ul>Estratégias de Reprodução
  11. 13. Referências <ul><li>Projeto Qualibio – Universidade Federal da Bahia </li></ul><ul><li>http://www.qualibio.ufba.br/txt045.html </li></ul><ul><li>Food and Agriculture Organization of the United Nations http://www.fao.org/docrep/009/y5852e/Y5852E140.jpg </li></ul><ul><li>Wildsingapore </li></ul><ul><li>http://www.wildsingapore.com/mollusca/cephalopoda/loliginidae.htm </li></ul><ul><li>Lelliania </li></ul><ul><li>http://lettiania.wordpress.com/2009/03/12/cefalopode-e-lula </li></ul><ul><li>sealifebase </li></ul><ul><li>http://www.sealifebase.org/images/thumbnails/jpg/tn_Logah_u0.jpg </li></ul><ul><li>UOL </li></ul><ul><li>http://ciencia.hsw.uol.com.br/lula1.htm </li></ul><ul><li>Enciclopédia Livre </li></ul><ul><li>http://pt.wikipedia.org/wiki/Cambriano </li></ul>

×