SlideShare uma empresa Scribd logo
Bens em Circulação
Novas Regras em Maio de 2013
ALTERAÇÕES DIVERSAS AO NÍVEL DAS GUIAS DE TRANSPORTE
          Portaria n.º 382/2012, de 23 de novembro 2012
                                Hugo Duarte da Fonseca
MAEIL
   Empresa de Engenharia de Sistemas de Informação
                                       PME Líder 2012
      14 anos de experiência Nacional e Internacional
 Especialista no Transporte Intermodal de Mercadorias
                  Software próprio certificado pela AT
Parceiro dos principais fabricantes de ERP em Portugal
SAF-T - Objecto
No âmbito Portaria n.º 382/2012, de 23 de novembro 2012, mencionam-se
        dois Tipos de Documentos certificados a serem reportados à AT:


                      1.   Documentos de movimentação de mercadorias
                                      Guias de transporte ou de remessa


            2.   Documentos de conferência de entrega de mercadorias
  Documentos suscetíveis de apresentação ao cliente para conferência de
                                                entrega de mercadorias
SAF-T – Tipos de docs
                          1.    Documentos de movimentação de mercadorias
                                                      «GR» — Guia de remessa;
                                                    «GT» — Guia de transporte;
                               «GA» — Guia de movimentação de ativos próprios;
                                                  «GC» — Guia de consignação;
                      «GD» — Guia ou nota de devolução efetuada pelo cliente


                 2.   Documentos de conferência de entrega de mercadorias
Sem tipificação, quaisquer outros documentos emitidos, independentemente da
                                                              sua designação
SAF-T - Alterações
Vai ser usado um ―novo‖ ficheiro SAF-T para comunicar as Guias de Transporte
                                    Ficheiro reformulado com nova estrutura


                                                       Principais Alterações
  Campo Código de identificação do documento (ATDocCodeID), tamanho 200
                                                            2 Tabelas novas:
                                               1ª Documentos de Transporte
                                              2ª Documentos de Conferência
SAF-T Processo
                                                     3 formas de comunicação
                                                           1.    Através do Portal
                                                            2.    Via web services
                                                                 3.   Ficheiro SAF-T


      (nova versão, apenas com documentos de transporte e de movimentação de
                              mercadorias + cabeçalho, clientes e fornecedores)


Muito documentos a reportar é sugerido que seja usado preferencialmente o SAF-T
       Através do ERP não será possível imprimir o documento sem o código da AT
Workflow
 Este processo deverá ser o mais automatizado e ―desmaterializado‖ possível, em
                           função do número de documentos gerados diariamente
Portal
Webservices                                  Comunicar Nr
                 Solicitar
SAF-T                                         atribuído ao
                código à AT                    motorista
                                                                           Exclui as
                                                                           Guias de
                                                                          Transporte

                              Certificar e                   Declaração
   Criação do
                               Imprimir                       Periódica
   Documento
                              Documento                         SAF-T
Guia de Transporte
 Nos retornosdevoluções deve ser emitida uma Guia de Transporte com referência
               à anterior, obter o código da AT e inscrevê-lo na Guia de Transporte
   Guia de Transporte não implicam necessidade de Factura, uma vez que não tem
                                                             valores associados
Possibilidade de emissão de guias de transporte manualmente, sem necessidade de
              serem reportadas (ao contrário das facturas) com dados comunicados
                                                                 telefonicamente
Tecnologia e ERP’s
                                                Funcionalidades básicas de ERP
               Capacidade de certificação e anúncio de uma Guia de Transporte
       Possibilidade de associação do númerocódigo da AT à Guia de Transporte
              Impressão (e validação) da Guia de Transporte, com o código da AT


                             Funcionalidades avançadas de ERP e de Mobilidade
                        Envio de Email, SMS para motoristas com o código da AT
Visualização, Edição e Criação de Guia de Transporte e Devoluções ―on the road‖
Conclusões
               Importância da utilização de um ERP para Gestão do Negócio
Relevante que seja uma solução nacional ou ―localizada‖ pelo seu fabricante
     Aumento da necessidade de soluções de mobilidade para maior eficácia
         Automatização necessário em proporção do número de transacções
                                      Parceria e suporte a nível tecnológico
Parceiros ERP
Damos apoio às alterações diversas ao nível das Guias de Transporte
Clientes
Sistemas Informação Transportes de Mercadorias

                            Obrigado!
                                Hugo Duarte da Fonseca
                                      Managing Partner
                             214 229 110 , erp@maeil.pt

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Bens em circulação – novas regras a 1 Maio 2013

Comunicacaodosdadosdasfaturasa at
Comunicacaodosdadosdasfaturasa atComunicacaodosdadosdasfaturasa at
Comunicacaodosdadosdasfaturasa atPaula Soares
 
Comunicacaodosdadosdasfaturasaat 2018 07_si0h
Comunicacaodosdadosdasfaturasaat 2018 07_si0hComunicacaodosdadosdasfaturasaat 2018 07_si0h
Comunicacaodosdadosdasfaturasaat 2018 07_si0hGonzalo Nuñez
 
Conceitos Gerais Regime de Bens em Circulação
Conceitos Gerais Regime de Bens em CirculaçãoConceitos Gerais Regime de Bens em Circulação
Conceitos Gerais Regime de Bens em CirculaçãoSamsys
 
Tms Lubrificantes Fenix
Tms   Lubrificantes FenixTms   Lubrificantes Fenix
Tms Lubrificantes FenixRafael Marega
 
Apresentação Auditoria LPartner
Apresentação Auditoria LPartnerApresentação Auditoria LPartner
Apresentação Auditoria LPartnerGlauber Brandao
 
Os Caminhos da Administração Tributária
Os Caminhos da Administração TributáriaOs Caminhos da Administração Tributária
Os Caminhos da Administração TributáriaRoberto Dias Duarte
 
Nota Fiscal Eletrônica - MilkStaff
Nota Fiscal Eletrônica - MilkStaffNota Fiscal Eletrônica - MilkStaff
Nota Fiscal Eletrônica - MilkStaffEliton Luiz de Assis
 
VI Encontro CECIEx - Ana Junqueira
VI Encontro CECIEx - Ana JunqueiraVI Encontro CECIEx - Ana Junqueira
VI Encontro CECIEx - Ana Junqueira24x7 COMUNICAÇÃO
 
les-transportation-samarco
les-transportation-samarcoles-transportation-samarco
les-transportation-samarcoAlvaro Tourinho
 
Avaprime®
Avaprime®Avaprime®
Avaprime®Divelog
 

Semelhante a Bens em circulação – novas regras a 1 Maio 2013 (20)

Comunicacaodosdadosdasfaturasa at
Comunicacaodosdadosdasfaturasa atComunicacaodosdadosdasfaturasa at
Comunicacaodosdadosdasfaturasa at
 
Comunicacaodosdadosdasfaturasaat 2018 07_si0h
Comunicacaodosdadosdasfaturasaat 2018 07_si0hComunicacaodosdadosdasfaturasaat 2018 07_si0h
Comunicacaodosdadosdasfaturasaat 2018 07_si0h
 
Conceitos Gerais Regime de Bens em Circulação
Conceitos Gerais Regime de Bens em CirculaçãoConceitos Gerais Regime de Bens em Circulação
Conceitos Gerais Regime de Bens em Circulação
 
EDI Transportes e Entregou
EDI Transportes e EntregouEDI Transportes e Entregou
EDI Transportes e Entregou
 
Portal Entregou
Portal EntregouPortal Entregou
Portal Entregou
 
Sap b1 v2
Sap b1 v2Sap b1 v2
Sap b1 v2
 
Práticas Tributárias - Aulas 11 e 12
Práticas Tributárias - Aulas 11 e 12Práticas Tributárias - Aulas 11 e 12
Práticas Tributárias - Aulas 11 e 12
 
Nfe Sped Mod
Nfe Sped ModNfe Sped Mod
Nfe Sped Mod
 
Apresentação Cicluss SPED NFe
Apresentação Cicluss SPED NFeApresentação Cicluss SPED NFe
Apresentação Cicluss SPED NFe
 
Tms Lubrificantes Fenix
Tms   Lubrificantes FenixTms   Lubrificantes Fenix
Tms Lubrificantes Fenix
 
Apresentação Auditoria LPartner
Apresentação Auditoria LPartnerApresentação Auditoria LPartner
Apresentação Auditoria LPartner
 
Os Caminhos da Administração Tributária
Os Caminhos da Administração TributáriaOs Caminhos da Administração Tributária
Os Caminhos da Administração Tributária
 
Bpm em logística
Bpm em logísticaBpm em logística
Bpm em logística
 
Diferenciais transpoFrete
Diferenciais transpoFreteDiferenciais transpoFrete
Diferenciais transpoFrete
 
Nota Fiscal Eletrônica - MilkStaff
Nota Fiscal Eletrônica - MilkStaffNota Fiscal Eletrônica - MilkStaff
Nota Fiscal Eletrônica - MilkStaff
 
Cloudware Business
Cloudware BusinessCloudware Business
Cloudware Business
 
VI Encontro CECIEx - Ana Junqueira
VI Encontro CECIEx - Ana JunqueiraVI Encontro CECIEx - Ana Junqueira
VI Encontro CECIEx - Ana Junqueira
 
les-transportation-samarco
les-transportation-samarcoles-transportation-samarco
les-transportation-samarco
 
Avaprime®
Avaprime®Avaprime®
Avaprime®
 
Projeto de Comprovante de Entrega Eletrônica
Projeto de Comprovante de Entrega EletrônicaProjeto de Comprovante de Entrega Eletrônica
Projeto de Comprovante de Entrega Eletrônica
 

Mais de Hugo Duarte da Fonseca

eCMR em Portugal - Seminario Transportes & Negócios
eCMR em Portugal - Seminario Transportes & NegócioseCMR em Portugal - Seminario Transportes & Negócios
eCMR em Portugal - Seminario Transportes & NegóciosHugo Duarte da Fonseca
 
Aula Aberta Tecnologia e Software nos Transportes e Logística - IPS - ESCE - ...
Aula Aberta Tecnologia e Software nos Transportes e Logística - IPS - ESCE - ...Aula Aberta Tecnologia e Software nos Transportes e Logística - IPS - ESCE - ...
Aula Aberta Tecnologia e Software nos Transportes e Logística - IPS - ESCE - ...Hugo Duarte da Fonseca
 
Seminario Transportes de Mercadorias e Logística - IST 2016 Engenharia Civil ...
Seminario Transportes de Mercadorias e Logística - IST 2016 Engenharia Civil ...Seminario Transportes de Mercadorias e Logística - IST 2016 Engenharia Civil ...
Seminario Transportes de Mercadorias e Logística - IST 2016 Engenharia Civil ...Hugo Duarte da Fonseca
 
Office Administration Efficiency - Apropharma 2015
Office Administration Efficiency - Apropharma 2015 Office Administration Efficiency - Apropharma 2015
Office Administration Efficiency - Apropharma 2015 Hugo Duarte da Fonseca
 
Adopcao eFreight Portugal - Artigo Opinião Logística Moderna
Adopcao eFreight Portugal - Artigo Opinião Logística ModernaAdopcao eFreight Portugal - Artigo Opinião Logística Moderna
Adopcao eFreight Portugal - Artigo Opinião Logística ModernaHugo Duarte da Fonseca
 
MAEIL Evento Transporter2020 Metodologia de Trabalho
MAEIL Evento Transporter2020 Metodologia de TrabalhoMAEIL Evento Transporter2020 Metodologia de Trabalho
MAEIL Evento Transporter2020 Metodologia de TrabalhoHugo Duarte da Fonseca
 
MAEIL Evento Transporter2020 Programa Quadro 2014-2020
MAEIL Evento Transporter2020 Programa Quadro 2014-2020MAEIL Evento Transporter2020 Programa Quadro 2014-2020
MAEIL Evento Transporter2020 Programa Quadro 2014-2020Hugo Duarte da Fonseca
 
MAEIL Evento Transporter2020 Caso de Sucesso
MAEIL Evento Transporter2020 Caso de SucessoMAEIL Evento Transporter2020 Caso de Sucesso
MAEIL Evento Transporter2020 Caso de SucessoHugo Duarte da Fonseca
 
shipperform - software exportacao e importacao
shipperform - software exportacao e importacaoshipperform - software exportacao e importacao
shipperform - software exportacao e importacaoHugo Duarte da Fonseca
 
Comunicação Eletrónica de Inventários à A.T.
Comunicação Eletrónica de Inventários à A.T.Comunicação Eletrónica de Inventários à A.T.
Comunicação Eletrónica de Inventários à A.T.Hugo Duarte da Fonseca
 
Transporter Plex Framework @ CA Long Island, NY 2013
Transporter Plex Framework @ CA Long Island, NY 2013Transporter Plex Framework @ CA Long Island, NY 2013
Transporter Plex Framework @ CA Long Island, NY 2013Hugo Duarte da Fonseca
 
Congresso APAT 2013 - A caminho do Futuro
Congresso APAT 2013 - A caminho do FuturoCongresso APAT 2013 - A caminho do Futuro
Congresso APAT 2013 - A caminho do FuturoHugo Duarte da Fonseca
 
Seminário bens circulacao novas regras
Seminário bens circulacao novas regrasSeminário bens circulacao novas regras
Seminário bens circulacao novas regrasHugo Duarte da Fonseca
 

Mais de Hugo Duarte da Fonseca (20)

eCMR em Portugal - Seminario Transportes & Negócios
eCMR em Portugal - Seminario Transportes & NegócioseCMR em Portugal - Seminario Transportes & Negócios
eCMR em Portugal - Seminario Transportes & Negócios
 
#desmaterializar
#desmaterializar#desmaterializar
#desmaterializar
 
Logitude eAWB tutorial
Logitude eAWB tutorialLogitude eAWB tutorial
Logitude eAWB tutorial
 
Transporter 2017
Transporter 2017Transporter 2017
Transporter 2017
 
MAEIL Presentation - solas convention
MAEIL Presentation - solas conventionMAEIL Presentation - solas convention
MAEIL Presentation - solas convention
 
Aula Aberta Tecnologia e Software nos Transportes e Logística - IPS - ESCE - ...
Aula Aberta Tecnologia e Software nos Transportes e Logística - IPS - ESCE - ...Aula Aberta Tecnologia e Software nos Transportes e Logística - IPS - ESCE - ...
Aula Aberta Tecnologia e Software nos Transportes e Logística - IPS - ESCE - ...
 
Seminario Transportes de Mercadorias e Logística - IST 2016 Engenharia Civil ...
Seminario Transportes de Mercadorias e Logística - IST 2016 Engenharia Civil ...Seminario Transportes de Mercadorias e Logística - IST 2016 Engenharia Civil ...
Seminario Transportes de Mercadorias e Logística - IST 2016 Engenharia Civil ...
 
Office Administration Efficiency - Apropharma 2015
Office Administration Efficiency - Apropharma 2015 Office Administration Efficiency - Apropharma 2015
Office Administration Efficiency - Apropharma 2015
 
Adopcao eFreight Portugal - Artigo Opinião Logística Moderna
Adopcao eFreight Portugal - Artigo Opinião Logística ModernaAdopcao eFreight Portugal - Artigo Opinião Logística Moderna
Adopcao eFreight Portugal - Artigo Opinião Logística Moderna
 
MAEIL Evento Transporter2020 Metodologia de Trabalho
MAEIL Evento Transporter2020 Metodologia de TrabalhoMAEIL Evento Transporter2020 Metodologia de Trabalho
MAEIL Evento Transporter2020 Metodologia de Trabalho
 
MAEIL Evento Transporter2020 Programa Quadro 2014-2020
MAEIL Evento Transporter2020 Programa Quadro 2014-2020MAEIL Evento Transporter2020 Programa Quadro 2014-2020
MAEIL Evento Transporter2020 Programa Quadro 2014-2020
 
MAEIL Evento Transporter2020 Caso de Sucesso
MAEIL Evento Transporter2020 Caso de SucessoMAEIL Evento Transporter2020 Caso de Sucesso
MAEIL Evento Transporter2020 Caso de Sucesso
 
shipperform - software exportacao e importacao
shipperform - software exportacao e importacaoshipperform - software exportacao e importacao
shipperform - software exportacao e importacao
 
Comunicação Eletrónica de Inventários à A.T.
Comunicação Eletrónica de Inventários à A.T.Comunicação Eletrónica de Inventários à A.T.
Comunicação Eletrónica de Inventários à A.T.
 
Transporter Plex Framework @ CA Long Island, NY 2013
Transporter Plex Framework @ CA Long Island, NY 2013Transporter Plex Framework @ CA Long Island, NY 2013
Transporter Plex Framework @ CA Long Island, NY 2013
 
Congresso APAT 2013 - A caminho do Futuro
Congresso APAT 2013 - A caminho do FuturoCongresso APAT 2013 - A caminho do Futuro
Congresso APAT 2013 - A caminho do Futuro
 
Seminário bens circulacao novas regras
Seminário bens circulacao novas regrasSeminário bens circulacao novas regras
Seminário bens circulacao novas regras
 
Ignite shipperline LxFactory Dec 2012
Ignite shipperline LxFactory Dec 2012Ignite shipperline LxFactory Dec 2012
Ignite shipperline LxFactory Dec 2012
 
Hipernet at Cluster do Mar Magazine
Hipernet at Cluster do Mar MagazineHipernet at Cluster do Mar Magazine
Hipernet at Cluster do Mar Magazine
 
MAEIL na Bons Negocios Nov 2012
MAEIL na Bons Negocios Nov 2012MAEIL na Bons Negocios Nov 2012
MAEIL na Bons Negocios Nov 2012
 

Último

Profissional de Vendas - Funcao e Competencias.pptx
Profissional de Vendas - Funcao e Competencias.pptxProfissional de Vendas - Funcao e Competencias.pptx
Profissional de Vendas - Funcao e Competencias.pptxvaniapatriciapimente
 
GLP ou GPT? A revolução Ozempic - O Impacto Economico
GLP ou GPT? A revolução Ozempic - O Impacto EconomicoGLP ou GPT? A revolução Ozempic - O Impacto Economico
GLP ou GPT? A revolução Ozempic - O Impacto EconomicoGil Giardelli
 
7 hábitos das pessoas altamente eficazes EMERSON EDUARDO RODRIGUES.pdf
7 hábitos das pessoas altamente eficazes EMERSON EDUARDO RODRIGUES.pdf7 hábitos das pessoas altamente eficazes EMERSON EDUARDO RODRIGUES.pdf
7 hábitos das pessoas altamente eficazes EMERSON EDUARDO RODRIGUES.pdfEMERSON EDUARDO RODRIGUES
 
018627000101011 (13).pdfdddddddddddddddddddddddddddddd
018627000101011 (13).pdfdddddddddddddddddddddddddddddd018627000101011 (13).pdfdddddddddddddddddddddddddddddd
018627000101011 (13).pdfddddddddddddddddddddddddddddddRenandantas16
 
Opções estratégicas de competitividade.pdf
Opções estratégicas de competitividade.pdfOpções estratégicas de competitividade.pdf
Opções estratégicas de competitividade.pdfReinerModro
 

Último (6)

Profissional de Vendas - Funcao e Competencias.pptx
Profissional de Vendas - Funcao e Competencias.pptxProfissional de Vendas - Funcao e Competencias.pptx
Profissional de Vendas - Funcao e Competencias.pptx
 
GLP ou GPT? A revolução Ozempic - O Impacto Economico
GLP ou GPT? A revolução Ozempic - O Impacto EconomicoGLP ou GPT? A revolução Ozempic - O Impacto Economico
GLP ou GPT? A revolução Ozempic - O Impacto Economico
 
7 hábitos das pessoas altamente eficazes EMERSON EDUARDO RODRIGUES.pdf
7 hábitos das pessoas altamente eficazes EMERSON EDUARDO RODRIGUES.pdf7 hábitos das pessoas altamente eficazes EMERSON EDUARDO RODRIGUES.pdf
7 hábitos das pessoas altamente eficazes EMERSON EDUARDO RODRIGUES.pdf
 
018627000101011 (13).pdfdddddddddddddddddddddddddddddd
018627000101011 (13).pdfdddddddddddddddddddddddddddddd018627000101011 (13).pdfdddddddddddddddddddddddddddddd
018627000101011 (13).pdfdddddddddddddddddddddddddddddd
 
Opções estratégicas de competitividade.pdf
Opções estratégicas de competitividade.pdfOpções estratégicas de competitividade.pdf
Opções estratégicas de competitividade.pdf
 
CRC e CRM - A Dupla Perfeita Para Atrair e Fidelizar Pacientes.pdf
CRC e CRM - A Dupla Perfeita Para Atrair e Fidelizar Pacientes.pdfCRC e CRM - A Dupla Perfeita Para Atrair e Fidelizar Pacientes.pdf
CRC e CRM - A Dupla Perfeita Para Atrair e Fidelizar Pacientes.pdf
 

Bens em circulação – novas regras a 1 Maio 2013

  • 1. Bens em Circulação Novas Regras em Maio de 2013 ALTERAÇÕES DIVERSAS AO NÍVEL DAS GUIAS DE TRANSPORTE Portaria n.º 382/2012, de 23 de novembro 2012 Hugo Duarte da Fonseca
  • 2. MAEIL Empresa de Engenharia de Sistemas de Informação PME Líder 2012 14 anos de experiência Nacional e Internacional Especialista no Transporte Intermodal de Mercadorias Software próprio certificado pela AT Parceiro dos principais fabricantes de ERP em Portugal
  • 3. SAF-T - Objecto No âmbito Portaria n.º 382/2012, de 23 de novembro 2012, mencionam-se dois Tipos de Documentos certificados a serem reportados à AT: 1. Documentos de movimentação de mercadorias Guias de transporte ou de remessa 2. Documentos de conferência de entrega de mercadorias Documentos suscetíveis de apresentação ao cliente para conferência de entrega de mercadorias
  • 4. SAF-T – Tipos de docs 1. Documentos de movimentação de mercadorias «GR» — Guia de remessa; «GT» — Guia de transporte; «GA» — Guia de movimentação de ativos próprios; «GC» — Guia de consignação; «GD» — Guia ou nota de devolução efetuada pelo cliente 2. Documentos de conferência de entrega de mercadorias Sem tipificação, quaisquer outros documentos emitidos, independentemente da sua designação
  • 5. SAF-T - Alterações Vai ser usado um ―novo‖ ficheiro SAF-T para comunicar as Guias de Transporte Ficheiro reformulado com nova estrutura Principais Alterações Campo Código de identificação do documento (ATDocCodeID), tamanho 200 2 Tabelas novas: 1ª Documentos de Transporte 2ª Documentos de Conferência
  • 6. SAF-T Processo 3 formas de comunicação 1. Através do Portal 2. Via web services 3. Ficheiro SAF-T (nova versão, apenas com documentos de transporte e de movimentação de mercadorias + cabeçalho, clientes e fornecedores) Muito documentos a reportar é sugerido que seja usado preferencialmente o SAF-T Através do ERP não será possível imprimir o documento sem o código da AT
  • 7. Workflow Este processo deverá ser o mais automatizado e ―desmaterializado‖ possível, em função do número de documentos gerados diariamente Portal Webservices Comunicar Nr Solicitar SAF-T atribuído ao código à AT motorista Exclui as Guias de Transporte Certificar e Declaração Criação do Imprimir Periódica Documento Documento SAF-T
  • 8. Guia de Transporte Nos retornosdevoluções deve ser emitida uma Guia de Transporte com referência à anterior, obter o código da AT e inscrevê-lo na Guia de Transporte Guia de Transporte não implicam necessidade de Factura, uma vez que não tem valores associados Possibilidade de emissão de guias de transporte manualmente, sem necessidade de serem reportadas (ao contrário das facturas) com dados comunicados telefonicamente
  • 9. Tecnologia e ERP’s Funcionalidades básicas de ERP Capacidade de certificação e anúncio de uma Guia de Transporte Possibilidade de associação do númerocódigo da AT à Guia de Transporte Impressão (e validação) da Guia de Transporte, com o código da AT Funcionalidades avançadas de ERP e de Mobilidade Envio de Email, SMS para motoristas com o código da AT Visualização, Edição e Criação de Guia de Transporte e Devoluções ―on the road‖
  • 10. Conclusões Importância da utilização de um ERP para Gestão do Negócio Relevante que seja uma solução nacional ou ―localizada‖ pelo seu fabricante Aumento da necessidade de soluções de mobilidade para maior eficácia Automatização necessário em proporção do número de transacções Parceria e suporte a nível tecnológico
  • 11. Parceiros ERP Damos apoio às alterações diversas ao nível das Guias de Transporte
  • 13. Sistemas Informação Transportes de Mercadorias Obrigado! Hugo Duarte da Fonseca Managing Partner 214 229 110 , erp@maeil.pt