Imigração

5.434 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
1 comentário
1 gostou
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.434
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
99
Comentários
1
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Imigração

  1. 1. Notícia<br />Ana Pires<br />Ricardo Tira-Picos <br />12º B<br />
  2. 2. 94 mil novos portugueses em apenas três anos<br />“Só em 2009, foram aceites 40 254 novos cidadãos portugueses. Um número muito superior ao habitual, que se deve à alteração da lei e dos requisitos exigidos.<br />"Considero Portugal como se fosse o meu país. A nacionalidade foi para me sentir completamente integrada." São as razões de Natália Tarasenko para pedir a nacionalidade portuguesa, o que obteve em 2009. Ela e mais 40 244 cidadãos estrangeiros num só ano. E, desde que a lei mudou, a 15 de Dezembro de 2006, 93 668 estrangeiros passaram a ter um BI português, agora Cartão do Cidadão. “<br />Diário de Notícias, 31.01.2010<br />
  3. 3. Alteração à Lei da imigração<br />Antiga Lei :<br /><ul><li>Permitia a entrada em Portugal aos cidadãos estrangeiros que apresentassem um contrato de trabalho.</li></ul>Lei actual :<br /><ul><li>Obriga o nosso país a inserir uma bolsa de oportunidades para cidadãos estrangeiros;
  4. 4. É permitido aos funcionários das ETN um visto temporário no nosso país, pois Portugal precisa de angariar empresas e profissionais bastante qualificados.</li></li></ul><li>O porquê da imigração <br />A imigração acontece sobretudo quando as condições económicas são frágeis no país de origem , existem catástrofes naturais, conflitos armados ou motivos profissionais.<br />A melhoria substancial da economia portuguesa nos últimos anos criou uma onda de imigração essencialmente vindos do Leste Europeu, da América do Sul e África.<br />Assim Portugal deixou de ser um país de emigrantes e passou a ser de imigrantes.<br />
  5. 5. PRINCIPAIS NACIONALIDADES<br />Fonte: SEF<br />
  6. 6. Vantagens<br />Os imigrantes exercem profissões rejeitadas pelos portugueses;<br />A vinda de imigrantes possibilitou a construção de grandes infra-estruturas tais como a Expo, as auto-estradas, estádios relativos ao euro 2004;<br />Devido ao crescente número de idosos, os imigrantes vem assegurar a Portugal o equilíbrio da segurança social;<br />Um dos graves problemas em Portugal é a falta de qualificação, a entrada de estrangeiros com níveis de qualificação superior à nossa média permite a integração na sociedade e representa uma oportunidade de colmatar algumas lacunas.<br />
  7. 7. Desvantagens<br />Aumento da criminalidade ligado a imigração ilegal e exclusão social.<br />Através de redes de trafico humano surgem muitos imigrantes muitas vezes ligados à prostituição e trabalhos ilegais.<br />Quando a mudança não corre como planeada estes vão habitar para os subúrbios das cidades em condições de vida miseráveis onde acabam por se juntar a gangs cometendo os mais variados crimes, como o furto e o tráfico de droga.<br />
  8. 8. Os principais desafios e problemas dos imigrantes:<br />Obter autorização para permanecerem no país mais tempo do que inicialmente tinham previsto;<br />A língua;<br />Obter a nacionalidade portuguesa;<br />Usufruir de serviços ligados a saúde, educação, benefícios sociais entre outros;<br />Trazer familiares para o país;<br /> Direito a votar.<br />

×