1ª Republica

27.518 visualizações

Publicada em

2 comentários
13 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
27.518
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
14.333
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
664
Comentários
2
Gostaram
13
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

1ª Republica

  1. 1. 1ª República<br />Carlos Jorge Canto Vieira<br />
  2. 2. Crise da Monarquia<br />Factores que contribuíram para o a crise da monarquia:<br />Ultimato de 1890;<br />Revolta de 31 de Janeiro de 1891;<br />Crise económica e política;<br />Regicídio. <br />2<br />
  3. 3. Crise da Monarquia<br />Ultimato 1890<br />Portugal foi obrigado a ceder à Inglaterra os territórios que esta pretendia. <br />Esta cedência provocou uma onda de nacionalismo contra a Inglaterra e um reforço do descrédito da monarquia. <br />3<br />
  4. 4. Crise da Monarquia<br />Revolta de 1891<br />No dia 31 de Janeiro de 1891, na cidade do Porto, registou-se um levantamento militar contra as cedências do Governo (e da Coroa) ao ultimato britânico de 1890<br />4<br />
  5. 5. Crise da Monarquia<br />Crise política<br />O rei D. Carlos enveredou por uma via autoritária, autorizando João Franco, chefe do Governo, a dirigir o país em ditadura (1907-1908).<br />5<br />
  6. 6. Crise da Monarquia<br />Regicídio<br />1 de Fevereiro de 1908;<br />O rei D. Carlos e o príncipe herdeiro D. Luís Filipe foram assassinados no Rossio por membros da Carbonária (sociedade secreta que defende a tomada de poder pela força). <br />6<br />
  7. 7. Crise da Monarquia<br />Novo Monarca<br />D. Manuel II, filho mais novo de D. Carlos sobe ao trono.<br />7<br />
  8. 8. Crise da Monarquia<br />Implantação da República.<br />De 3 para 4 de Outubro de 1910, em Lisboa, membros do Partido Republicano, da Maçonaria e da Carbonária derrubam a monarquia. <br />O rei D. Manuel sai de Portugal e exila-se em Inglaterra.<br />8<br />
  9. 9. 9<br />
  10. 10. 10<br />
  11. 11. 11<br />
  12. 12. Implantação da República<br />A 5 de Outubro de 1910<br />Constituição de um governo provisório, presidido por Teófilo Braga. <br />Em 1911, é eleita a Assembleia Nacional Constituinte, que elabora e aprova a Constituição Republicana, e elege o 1º presidente da República, Manuel de Arriaga.<br />12<br />
  13. 13. República<br />Medidas Laicas.<br />Lei da separação da Igreja e do Estado;<br />Expulsão das ordens religiosas e nacionalização dos seus bens;<br />Registo civil obrigatório;<br />Legalização do divórcio.<br />13<br />
  14. 14. República<br />Medidas Sociais:<br />Autorização e regulamentação da greve;<br />Instituição do descanso semanal;<br />Limitação dos horários de trabalho;<br />Seguro social obrigatório.<br />14<br />
  15. 15. República<br />Medidas Educativas<br />Instrução obrigatória e gratuita (dos 7 aos 12 anos);<br />Fundação das Universidades de Lisboa e Porto;<br />Fundação de escolas normais para professores;<br />Criação de escolas primárias e liceus.<br />15<br />
  16. 16. República<br />Medidas Políticas:<br />Constituição de 1911;<br />Divisão dos poderes:<br />Poder legislativo – Congresso ou parlamento;<br />Poder executivo – Presidente e Governo;<br />Poder judicial – Tribunais.<br />Criação da Guarda Nacional Republicana;<br />Novo Hino Nacional;<br />Nova Bandeira Nacional.<br />16<br />
  17. 17. República<br />Participação na I Guerra Mundial<br />Motivos:<br />Aliança Luso-Britânica;<br />Protecção dos territórios africanos;<br />Reconhecimento internacional do novo regime.<br />17<br />
  18. 18. República<br />Participação na I Guerra Mundial<br />Frentes:<br />Africana:<br />Fronteiras de Angola e Moçambique.<br />Europeia:<br />Criação do CEP – Corpo Expedicionário Português;<br />Frente Ocidental;<br />Batalha de LaLys.<br />18<br />
  19. 19. Manuel de Arriaga<br />1911-1915<br />Teófilo Braga<br />1915<br />Bernardino Machado<br />1915-1917 e 1925-1926<br />Sidónio Pais<br />1917-1918<br />Os PR’s<br />19<br />António José de Almeida<br />1919-1923<br />Manuel Teixeira Gomes<br />1923-1925<br />Canto e Castro<br />1918-1919<br />
  20. 20. República<br />Dificuldades da acção governativa<br />Instabilidade Política<br />Curta duração dos governos<br />1910-1917 – 14 governos<br />1917-1918 – 1 governo<br />1918-1926 – 30 governos<br />Períodos de ditadura<br />Sidónio Pais (1917-1918)<br />Conspirações Armadas<br />20<br />
  21. 21. República<br />Dificuldades da acção governativa<br />Lei da Separação da Igreja do Estado<br />Oposição do Clero<br />Clima de descontentamento<br />Tentativas de restauração da Monarquia<br />Agravamento das dificuldades económicas e financeiras:<br />Fome;<br />Desemprego <br />Inflação<br />Desvalorização da moeda<br />21<br />
  22. 22. Ditadura Militar<br />A reacção autoritária e a ditadura militar<br />A 28 de Maio de 1926, um golpe militar dirigido pelo general Gomes da Costa derruba o regime republicano<br />Dá-se início ao período da ditadura militar.<br />22<br />
  23. 23. Ditadura Militar<br />Medidas<br />Suspensão de Liberdades<br />Dissolução do Parlamento<br />Estabelecimento da censura<br />Dissolução da Confederação Geral do Trabalho<br />Readmissão das ordens religiosas<br />23<br />
  24. 24. Ditadura Militar<br />António de Oliveira Salazar<br />É convidado para ministro das Finanças;<br />Consegue solucionar a crise económica, mas rapidamente estendeu a sua influência a outros sectores. <br />Em 1932, torna-se presidente do Ministério <br />Em 1933 torna-se presidente do Conselho, fazendo aprovar um nova Constituição que serviria de base a um novo regime ditatorial - o Estado Novo.<br />24<br />

×