1ª bienal

1.023 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.023
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
33
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

1ª bienal

  1. 1. Universidade Federal do Amazonas Curso de Lic. em Artes Plásticas ARTE BRASILEIRA IIProfº. Ivon LobatoTelma Mª Najar
  2. 2. ANTECEDENTESTERMINADA A II GUERRA MUNDIAL SURGEMOS MUSEUS MODERNOSCRIA-SE A BIENAL, ABRE-SE CAMINHO ÀSVANGUARDAS INTERNACIONAIS
  3. 3. BRASIL NOS ANOS 40 HOSTIS À ARTE MODERNA• MUSEU NACIONAL DE BELAS ARTES - RJ• PINACOTECA DO ESTADO - SPMANTINHAM A CONCEPÇÃO ESTÁTICA DOPAPEL DO MUSEUEXPOSIÇÃO DAS COLEÇÕES PERMANENTESE A REALIZAR MOSTRAS ESPORÁDICAS
  4. 4. 1947 - MUSEU DE ARTE DE SÃO PAULO - MASP ASSIS CHATEAUBRIAND1948 -TEATRO BRASILEIRO DE COMÉDIA-TBC1949 - MUSEU DE ARTE MODERNA DO RIO DE JANEIRO - MAM COMPANHIA CINEMATOGRÁFICA VERA CRUZ
  5. 5. 1951• PRIMEIRA BIENAL DE SÃO PAULO• INAUGURADA: 21 DE OUTUBRO• LOCAL: JARDIM DO TRIANON, AV. PAULISTA• PATROCÍNIO: FRANCISCO MATARAZZO SOBRINHO - O "CICCILLO"
  6. 6. • FRANCISCO MATARAZZO SOBRINHOUM MECENAS ATENTO ÀS MAIS DIVERSASPROPOSTAS CULTURAIS E MENTORINTELECTUAL DO DESAFIO DE LANÇAR UMAEXPOSIÇÃO EQUIPARÁVEL AOS GRANDESEVENTOS INTERNACIONAIS
  7. 7. Cartaz da primeira edição da Bienal, 1951 Reuniu 1.800 obras enviadas por 21 países e de artistas brasileirosAntônio Maluf, 1951
  8. 8. A 1ª BIENAL TRAZ AO BRASIL • PABLO PICASSO • ALBERTO GIACOMETTI • RENÉ MAGRITTE • GEORGE GROSZPRODUÇÃO BRASILEIRA DE • LASAR SEGALL • VICTOR BRECHERET • OSWALDO GOELDI
  9. 9. PRÊMIOS NACIONAIS– DANILO DE PRETE (Pintura)– VICTOR BRECHERET (Escultura)– OSWALDO GOELDI (Gravura)– ALDEMIR MARTINS (Desenho)– ANTONIO MALUF (Cartaz)– OSCAR NIEMAYER (Arquitetura)
  10. 10. PRÊMIOS ESTRANGEIROS• ROGER CHASTEL - França (Pintura)• MAX BILL - Suíça (Escultura)• GIUSEPPE VIVIANI - Itália (Gravura)• RENZO VESPIGNANI - Itália (Desenho)• LE CORBUSIER - França (Arquitetura)• ROBERT TATIN - França (Cerâmica)
  11. 11. “A 1ª BIENAL PREMIOU MAX BILL, COM AUNIDADE TRIPARTIDA, E O MAX BILL FOIUM DOS FORMULADORES DA ARTECONCRETA". Depoimento de Augusto de Campos
  12. 12. UNIDADE TRIPARTIDA MAX BILL - 1948/49
  13. 13. SALAS ESPECIAIS• LASAR SEGALL• CÂNDIDO PORTINARI• DI CAVALCANTI• GOELDI• VICTOR BRECHERET• BRUNO GIORGI• LÍVIO ABRAMO
  14. 14. PRÉMIOS AQUISIÇÂOWILL BAUMEISTER, HANS UHLMANN,N. ROSZRACH, P. CLOUGH,ROBERT ADAM, THEODORE ROSZAK,ALBERTO MAGNELLI, GIUSEPPE VIVIANI
  15. 15. • O ABSTRACIONISMO SURGE COMÊNFASE EM MEADOS DOS ANOS 30 A 50• IBERÊ CAMARGO FORMA UMA GERAÇÃODE GRAVURISTAS ABSTRATOS • ANTONI BABINSKI (1931-) • MARIA BONOMI (1935-) • MÁRIO GRUBER (1927-)
  16. 16. OUTROS IMPULSOS ABSTRACIONISTA APARECEM COM A FUNDAÇÃO DOS• MUSEUS DE ARTE MODERNA DE S.P• MUSEUS DE ARTE MODERNA DO R.J.• A CRIAÇÃO DA BIENAL INTERNACIONAL DE SÃO PAULO
  17. 17. ENTRE OS PIONEIROS DA ABSTRAÇÃONO BRASIL, DESTACAM-SE:• ANTÔNIO BANDEIRA (1922-1967)• CÍCERO DIAS (1908-)• SHEILA BRANNINGAN (1914-)
  18. 18. POSTERIORMENTE, ARTISTAS PRATICAMO ABSTRACIONISMO INFORMAL• FLÁVIO SHIRÓ (1928-)• MANABU MABE (1924-1997)• YOLANDA MOHALYI (1909-1978)• WEGA NERY (1912-)
  19. 19. ANOS 50O ABSTRACIONISMO GEOMÉTRICO SEMANIFESTA NO CONCRETISMO E NONEOCONCRETISMO• TOMIE OHTAKE (1913-)• FAYGA OSTROWER (1920-)• ARCÂNGELO IANELLI (1922-)• SAMSON FLEXOR (1907-1971)
  20. 20. Mulher SentadaAlldo Bonadei- 1948
  21. 21. Coqueiros ao vento numa praia branca Cícero Dias -dec.40 Diamante na boca Cícero Dias - 1945
  22. 22. EntropieCícero Dias - 1950 Compisition Cícero Dias -1940-50
  23. 23. Bruno Giorgi - Mármore -dec 40
  24. 24. Igreja da GloriaDakir Parreiras -dec..40
  25. 25. Nascimento de Vênus Di Cavalcante- 1940
  26. 26. Mulheres ProtestandoDi Cavalcante - 1941 Pescadores Di Cavalcante -1946
  27. 27. Rettrato de BerrylDi Cavalcante- dec 50
  28. 28. PaisagemEliseu Visconti1941
  29. 29. Briga de galosDjanira -1951 Campos do Jordão Francisco Rebolo -1942/1943
  30. 30. Côcos José Pancetti -1951Retrato de HernaniJosé Pancetti -1946
  31. 31. Casal Nú Figura FemininaOtávio Araújo / dec.40 Cloves Graciliano -1955
  32. 32. Os RetirantesPortinari -1944
  33. 33. Guerra Mural ONUPortinari 1955
  34. 34. Natureza Morta Manabu Mabe - dec.50 AbstratoManabu Mabe- dec.50
  35. 35. Rio de JaneiroManabu Mabe -dec.50 Represa de Santo Amaro Manabu Mabe -dec.50
  36. 36. REFERENCIAhttp://www.scielo.brhttp:// www.dicavalcanti.com.brhttp://www.tvcultura.com.br/aloescola/artes/machttp://wwwusp/viagemdasvanguardas-macusp.htmPROENÇA.Graça.História da Arte.São Paulo:Spione,2000GARCEZ.Lucila.Oliveira,Jo.Explicando a Arte brasileira.Rio deJaneiro:Ediouro,2003

×