Psicologia cl+¡nica

423 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
423
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
11
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Psicologia cl+¡nica

  1. 1. AESCDNovembro 2012Disciplina: Psicologia BProfessora: Manuela MarquesAutores: Adriana Fonseca nº1Mariana Sousa nº 15 1
  2. 2. ÍndiceCapa Pág.1Índice Pág.2Introdução Pág.3O que é a psicologia aplicada? Pág.4Áreas de intervenção Pág.5O que é a psicologia clínica? Pág.6Áreas de actuação Págs. 7/8Principais objectivos da psicologia clínica Págs. 9/10Especificidades do psicólogo clínico Págs.11/12/13Alguns mitos Pág.14/15Conclusão Pág.16Bibliografia Pág.172
  3. 3. IntroduçãoA psicologia clinica procura compreender os indivíduos, a sua estruturainterna. Neste trabalho iremos analisar os métodos e as várias terapiasutilizadas para esse efeito.3
  4. 4. O que é a psicologia aplicada?É a aplicação dos dados da psicologia na solução de problemas práticos. Oestudo apresenta como principal objectivo a resposta às necessidades dasociedade em geral.4
  5. 5. Áreas de intervenção• Psicologia Clínica• Psicologia Educacional• Psicologia do Desporto e do Exercício• Psicologia do Trabalho e das Organizações• Psicologia Criminal/Forense• Psicologia de Orientação vocacional e profissional
  6. 6. O que é a psicologia clínica?A psicologia clínica dedica-se ao estudo dos indivíduos nomeadamentetranstornos mentais e dos aspectos psíquicos de doenças não mentais, cujo oobjectivo é inferir conclusões sobre a sua realidade, as suas dificuldades e osseus problemas.6
  7. 7. Áreas de actuaçãoA psicologia clínica tem diferentes áreas de aplicação, nomeadamente:o Transtorno mental: dá uma visão geral sobre os transtornos ligados hámente, ou seja, infere a análise de factores determinantes como aclassificação, epidemiologia, etiologia.7
  8. 8. o Psicodiagnóstico: adquirir informações psicológicasrelevantes.o Intervenção psicológica: apresenta diferentes soluções para oproblema; A psicoterapia apresenta um papel fundamental nesteramo.8
  9. 9. Principais objectivos da psicologiaclínicao Evitar o desenvolvimento e/ou agravamento das doenças mentais oucomportamentais;o Estimular actividades com fins terapêuticos para ajudar pessoas comproblemas psicológicos ou com risco de os desenvolver;o Aumentar a capacidade adaptativa intervindo nos momentos de crise;9
  10. 10. o Ajudar na diminuição dos momentos de sofrimento emocional;o Incentivar a modificação de comportamentos de risco perigosos;o Contribuir para o aumento da qualidade de vida das pessoas contribuindopara o seu desenvolvimento.10
  11. 11. Especificidades do psicólogo clínicoO psicólogo clínico ajuda a compreender a realidade interna do paciente e temcomo principais funções:o Avaliação: Obtém-se através da recolha de informações sobre oscomportamentos, funcionamento cognitivo e estado emocional dosindivíduos. É aplicado não só ao indivíduo mas também aos casais ougrupos. É usado geralmente em alguns tipos detestes, questionários, entrevistas e observações.11
  12. 12. o Diagnóstico: Nesta fase o psicólogo toma diversas decisões:• Decisão sobre se este é um problema da sua competência ou não.• Decisão sobre o grau de gravidade das informações dadas.• Identificar o problema em termos operacionais.• Indicação do tratamento.12
  13. 13. o Tratamento e Intervenção: O tratamento envolve a compreensão eresolução de problemas psicológicos emocionais, problemascomportamentais, e outras preocupações pessoais. Relativamente àintervenção, é qualquer tipo de relacionamento interpessoal e situaçãosocial. Algumas das terapias aplicadas nesta fase são a terapiacognitiva, existencial, aconselhamento ou consultoria. As sessões têm umaduração de aproximadamente uma hora e meia ou mais consoante ascircunstâncias.13
  14. 14. Alguns mitosMito: Apenas pessoas fracas procuram a psicologia clínica.Verdade: Não existem pessoas fortes ou fracas, existem formas de lidar com assituações.Mito: Apenas pessoas com problemas devem procurar um psicólogo.Verdade: As pessoas também procuram um psicólogo porque querem se conhecermelhor.14
  15. 15. Mito: Um tratamento psicológico vai demorar anos para acabar.Verdade: O tempo de duração de um tratamento varia de acordo com osobjectivos ambicionados. É possível obter excelentes resultados comtratamentos em curto prazo.Mito: Tratamento psicológico é apenas para ricos.Verdade: Existem locais que oferecem atendimento psicológico por preçosimbólico. Alguns postos de saúde também oferecem serviço de psicoterapia.15
  16. 16. Conclusão• Com este trabalho esperamos que tenham compreendido melhor estaramificação da psicologia, os seus objectivos e as suas áreas de actuação.Esperamos também ter conseguir mostrar-vos o que um profissional nessaárea faz.16
  17. 17. Bibliografia• http://books.google.pt/books?id=M_YGnTidc3sC&pg=PA11&dq=a+evolu%C3%A7ao+da+psicologia+clinica+em+portugues&hl=pt-PT&sa=X&ei=tNeOUM861ICFB4LqgKAJ&ved=0CEYQ6AEwAw#v=onepage&q=a%20evolu%C3%A7ao%20da%20psicologia%20clinica%20em%20portugues&f=false• http://pt.wikipedia.org/wiki/Psicologia_cl%C3%ADnica17

×