7º dia

318 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
318
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
228
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

7º dia

  1. 1. SERES VIVOS Henrique Gomes Kelly Aguiar Santina Bordini Thais Vaine ciencias@sme.curitiba.pr.gov.br 3350-9904 Blog: ensinodecienciassme.wordpress.com
  2. 2. Seres vivos Conteúdos 1º Ano - Ocorrência de seres vivos (ser humano, outros animais e plantas) e componentes não vivos (ar, água, solo, luz do sol) no ambiente próximo do estudante (casa, rua, escola). - Animais de estimação, de criação e silvestres em cativeiro; - Recursos naturais que podem causar acidentes no ser humano (plantas tóxicas e animais peçonhentos); - Semelhanças e diferenças entre animais quanto a: cobertura do corpo, número de patas e forma de locomoção; - Influência dos dias e das noites nas atividades humanas, nas plantas e nos animais (plantas e animais de hábitos noturnos e diurnos).
  3. 3. Seres vivos 2º Ano - Ocorrência de seres vivos (ser humano, outros animais e plantas) e componentes não vivos (ar, água, solo, luz do sol) nos diferentes ambientes terrestres; - Sol como fonte de luz e calor para a vida na Terra; - Ambiente aquático e terrestre; - Animais e plantas que se adaptaram ao ambiente urbano; - Animais urbanos que proliferam devido ao acúmulo de lixo nas cidades; - Animais de cativeiro e o papel do zoológico nas cidades; - Posse responsável de animais; - Semelhanças e diferenças entre os seres humanos e os outros animais quanto aos órgãos dos sentidos; - Semelhanças e diferenças entre os animais quanto à presença de esqueleto, coluna vertebral e sustentação; - Animais vertebrados e invertebrados; - Semelhanças e diferenças entre os seres humanos e os outros animais quanto a alimentação: Animais carnívoros, herbívoros e onívoros; - Dias e noites e os ritmos diários nos animais e nas plantas.
  4. 4. Seres vivos 3º Ano - Biodiversidade nos ecossistemas terrestres e biomas brasileiros (cerrado, floresta amazônica, floresta atlântica, caatinga, campos sulinos, biomas costeiros e pantanal). - Noções básicas de classificação: • Microrganismos (Bactérias e protozoários): Características e relação com a vida humana, com a ciência e a tecnologia. • Fungos: Características e relação com a vida humana, com a ciência e a tecnologia. • Plantas: Características gerais das plantas superiores: raiz, caule, folhas, flor, fruto e sementes e sua relação com a vida humana, com a ciência e a tecnologia. • Animais: características gerais dos animais vertebrados (peixes, anfíbios, répteis, aves e mamíferos e exemplos). - Práticas predatórias e a extinção de espécies de plantas e animais. - Semelhanças e diferenças entre animais e plantas quanto à alimentação: • Fotossíntese e cadeia alimentar (seres produtores e consumidores). - Semelhanças e diferenças entre animais e plantas quanto à reprodução e desenvolvimento: animais ovíparos e vivíparos. - Ciclo vital de diferentes espécies - Tempo de gestação e cuidados com os filhotes. - Condições necessárias para a germinação das sementes e crescimento das plantas.
  5. 5. Seres vivos 4º Ano/5º ano - O ar e os seres vivos – respiração, fotossíntese. - Doenças transmitidas através do ar e o sistema respiratório (formas de contágio e prevenção). - Doenças relacionadas com a água (dengue, malária, cólera, verminoses e o sistema digestório, etc.). - Poluição e contaminação do solo e as doenças relacionadas ao solo (verminoses do sistema digestório).
  6. 6. Seres vivos Problematização - Excursão pelos arredores da escola para observação direta do meio. - Ou vídeo do Chico bento ou Procurando Nemo. SUGESTÃO: - Visita: • Zoológico • Passeio Público • Museu de História Natural do Capão da Imbuia • Museu de Ciências Naturais da UFPR • Museu de Zoologia da PUC-PR • Jardim Botânico, Museu Botânico Municipal e Jardim das Sensações • Horto Municipal do Guabirotuba • Trilha da Floresta UFPR • Vila dos Animais • Borboletário Serelepe • Museu e Aquário Marinho Itinerante Cristina Portela
  7. 7. Seres vivos Modelo de roteiro de observação direta do meio - Existem animais? Quais você pode observar nesse horário? Quais estão escondidos? É possível escutar o som de algum animal? Qual? - Existem muitas árvores? Você conhece o nome delas? - Existem outras plantas menores? Quais? - O solo está úmido ou seco? Por quê? - Existem muitas rochas? Como elas são? - Onde é possível perceber a presença de água? - O dia está claro ou escuro? De onde vem a luz que ilumina os dias? - Está ventando? O vento está quente ou frio? - Você pode sentir algum cheiro no ar? De onde ele vem? - Existem muitas construções feitas pelo ser humano? Quais?
  8. 8. Seres vivos RETORNO E REGISTRO - Converse com os alunos solicitando que eles registrem o que viram e ao mesmo tempo organizem as observações. - Peça para que listem todos os elementos observados durante a excursão ou em algum filme.
  9. 9. Seres vivos Observação direta do meio - Escolha do local - Preparação do roteiro - Verificação dos materiais necessários - Esclarecer os objetivos da atividade http://www.cdcc.usp.br/maomassa/doc/ensinodeciencias/d iag_ambiental.pdf
  10. 10. Seres vivos Componentes do ambiente - Naturais • Vivos / bióticos: animais, plantas, fungos, microrganismos • Não vivos / abióticos: ar, água, solo, luz e calor - Transformados pelo ser humano • Recursos tecnológicos, objetos industrializados e artesanais
  11. 11. CONSTRUÇÃO DE UM PAINEL - Peça para que construam um painel diferenciando: • Ser vivo ou estar vivo • Não estar vivo ou estar morto • Nunca foi vivo Seres vivos
  12. 12. Seres vivos http://www.smartclass.com.br/seres_vivos_39.html
  13. 13. Seres vivos Construindo um modelo de ambiente: terrário Em 1960 o jardineiro britânico David Latimer teve a ideia de plantar uma Tradescantia numa enorme garrafa de vidro. Alguns anos depois, em 1972 ele abriu a garrafa pela última vez para regar a planta e depois selou-a definitivamente, de modo que nenhuma partícula de ar pode mais entrar ou sair. A planta ainda vive. Como isso é possível?
  14. 14. Seres vivos Construindo um modelo de ambiente: terrário http://www.cidadedo conhecimento.org.br/ cidadedoconheciment o/downloads/cadern os_pedagogicos/Educ acao%20Fundamental /Ciencias/UNIDADE01 .pdf Página 27
  15. 15. Seres vivos Construindo um modelo de ambiente: terrário - Deixe o modelo em um local iluminado - Peça aos estudantes para desenharem o modelo - Depois de dois dias, peça para que observem novamente e pergunte: • Que seres foram colocados dentro do frasco? • Peça para que listem os componentes não-vivos existentes no terrário. • O que mantém as plantas e os animais vivos? • De onde vem a água que surgiu nas paredes do frasco? - É importante desenvolver uma rotina de observação por aproximadamente 4 semanas
  16. 16. Relacionando os diferentes componentes dos ambientes • Quais as relações existentes entre os animais e os ambientes onde vivem? • Quais as características básicas ou comuns dos animais de cada vegetação? • Animais que vivem em matas fechadas conseguem viver em áreas abertas, como os campos? Por quê? • Qual é a relação existente entre a diversidade de animais e vegetais? • Qual é a relação existente entre o solo e a vegetação? Seres vivos
  17. 17. Seres vivos BIODIVERSIDADE http://www.biomasdobrasil.com/
  18. 18. VIDEO • Biodiversidade – biomas Seres vivos
  19. 19. Seres vivos Seres vivos - São formados por células - Possuem um ciclo de vida - Reagem a estímulos do ambiente - Possuem metabolismo - Evoluem
  20. 20. Seres vivos Os reinos
  21. 21. Seres vivos Os reinos
  22. 22. Seres vivos Os reinos
  23. 23. Seres vivos Reino Monera - Unicelulares - Autótrofos ou heterótrofos - Ex: Bactérias e cianobactérias Archeabacteria: Vivem em locais inóspitos, como fontes de água quente, lagos ou mares salinos, pântanos e locais ricos em gás sulfídrico e com altas temperaturas.
  24. 24. Seres vivos Reino Protista - Unicelulares ou pluricelulares - Autótrofos ou heterótrofos - Ex: protozoários e algas
  25. 25. Microscopia • Infusão de água passeio Seres vivos
  26. 26. Seres vivos
  27. 27. Seres vivos
  28. 28. Microscopia • Célula vegetal Seres vivos
  29. 29. Seres vivos Reino Fungi - Unicelulares ou pluricelulares - Heterótrofos - Ex: cogumelos, leveduras, bolores, etc.
  30. 30. Atividades com fungos • Jardim de bolor • Visualização de bolor, liquens, orelha de pau, fermento biológico, cogumelos... Seres vivos
  31. 31. Seres vivos Reino Plantae - Pluricelulares - Autótrofos - Ex: margarida, samambaia, musgo, araucária, etc.
  32. 32. Plantas • Coleção de sementes • Exsicatas • Anatomia da flor • Observação de grãos de pólen Seres vivos
  33. 33. Seres vivos Reino Animalia - Pluricelulares - Heterótrofos - Ex: esponja, água-viva, planária, lombriga, minhoca, joaninha, ouriço, lesma, tênia, linguado, sapo, jacaré, galinha, baleia, ser humano, etc.
  34. 34. • Coleção do Museu HN Seres vivos
  35. 35. Seres vivos Reino Animalia Atividade: semelhanças e diferenças quanto a locomoção Jogo: o que o bicho faz - Dois ou mais jogadores podem participar - As fichas e os dados podem ser feitos com cartolina - As fichas são colocadas sobre a mesa com a imagem virada para baixo - Sorteia-se quem começa o jogo - O sorteado joga o dado e vira uma ficha. Se a ficha corresponder à característica especificada no dado ele fica com ela, caso contrário devolve a ficha. - O próximo a jogar é aquele que estiver à direita do jogador. - Se o dado cair em “avance” o jogador pode escolher uma ficha qualquer. - Se o dado cair em “pare” o jogador fica uma rodada sem jogar. - Ao final vence quem tiver mais fichas.
  36. 36. Seres vivos
  37. 37. Seres vivos Reino Animalia Atividade: música “Baião do Bicho Desconhecido”, de Paulo Robson de Souza Quem nunca quis enxergar, quem nunca soube aprender não sabe o que está perdendo nem o que vai se perder. Há maravilhas no mundo – mesmo um pequeno besouro – riquezas vivas trocadas por um punhado de ouro. Nas dunas, mangues, caatinga, matas, serras, pantanais, há sempre desconhecidas maravilhas animais. Quem nunca soube enxergar, quem nunca quis aprender não sabe o que está perdendo nem o que vai se perder. Mas... mais? Mais mais! Mais e mais e muito mais... http://chc.cienciahoje.uol.com.br/baiao-para-quem-curte-bichos/
  38. 38. Seres vivos Reino Animalia Atividade: Baralho Animal http://genoma.ib.usp.br/educacao/Baralho_Animal_cartas.pdf
  39. 39. Seres vivos http://www.smartclass.com.br/page_35.html
  40. 40. Seres vivos http://www.escolovar.org/servivo_jogo-da-alimentacao_9animais.swf
  41. 41. Seres vivos http://www.escolovar.org/servivo_memoryherbivoros.swf
  42. 42. Seres vivos http://www.escolovar.org/servivo_memorycarnivoros.swf
  43. 43. Seres vivos E os vírus? - Acelulares - Parasitas intracelulares obrigatórios - Sem metabolismo quando fora das células
  44. 44. Seres vivos http://www.smartkids.com.br/jogos-educativos/virus-e-bacterias.html
  45. 45. Seres vivos Vídeo – evolução – Um sábado qualquer

×