Dengue na periferia de campinas

771 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
771
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Dengue na periferia de campinas

  1. 1. DENGUENAS DIFERENTES CLASSES SOCIAISEquipe:Bianca CasalechiCelso RicardoGeazi GimenesGeraldo CesarGilberto AlmeidaOrientadora:Profª Eni Bertolini
  2. 2. OBJETIVO GERALESTUDAR A DENGUE NA PERIFERIADA CIDADE DE CAMPINAS
  3. 3. OBJETIVOS ESPECÍFICOS• CONSCIENTIZAR OS MORADORES DO PARQUEOZIEL SOBRE OS RISCOS DA DENGUE.• PREVENIR A COMUNIDADE SOBRE APROLIFERAÇÃO DO MOSQUITO AEDES AEGYPTI.
  4. 4. JUSTIFICATIVA• O Parque Oziel, Jardim Monte Cristo e Gleba B;• Bairros da cidade de Campinas;• 1.500.000 m2 moram, hoje em dia, 3.000famílias, perfazendo 30.000 moradores.
  5. 5. LOCALIZAÇÃO• Localizado na região Oeste de Campinas;• Entre a Rodovia Santos Dumont e a estradavelha de Indaiatuba;• Próximo á um dos principais shoppings dacidade o Campinas Shopping.
  6. 6. CHA DA COMPETÊNCIA• CONHECIMENTO(Saber Teórico)• HABILIDADE(Saber Fazer)• ATITUDE - MUDANÇA DE HÁBITO(Ação)
  7. 7. CONHECIMENTO: O QUE É DENGUE?
  8. 8. PALESTRA• O vírus da dengue é transmitido pela picadada fêmea do Aedes aegypti;• Um mosquito diurno que se multiplica emdepósitos de água parada acumulada nosquintais e dentro das casas.
  9. 9. MOSQUITO AEDES AEGYPTI
  10. 10. • Existem 4 tipos diferentes desse vírus:Os sorotipos 1, 2, 3 e 4;Todos podem causar as diferentes formas dadoença.
  11. 11. SINTOMAS• A grande maioria das infecções é assintomática.• (doença que não apresenta sintomas, pelo menos nosestágios iniciais.)• Não é o caso da “Dengue”.
  12. 12. • Os sintomas costumam evoluir em obediênciaa três formas clínicas:dengue clássica, forma benigna, similar àgripe;dengue hemorrágica, mais grave,caracterizada por alterações da coagulaçãosanguínea;
  13. 13. DENGUE CLÁSSICA• Nos adultos, a primeira manifestação é afebre alta (39º a 40º);• Início repentino, associada à dor de cabeça,prostração, dores musculares, nas juntas,atrás dos olhos, vermelhidão no corpo(exantema) e coceira.
  14. 14. • Nas crianças, o sintoma inicial também é afebre alta acompanhada apatia, sonolência,recusa da alimentação, vômitos e diarreia.
  15. 15. • O exantema pode estar presente ou não.• Exantema: erupção cutânea que ocorre emconsequência de doenças agudasprovocadas por vírus.
  16. 16. DENGUE HEMORRÁGICA• As manifestações iniciais são iguais da formaclássica.• Depois do terceiro dia, quando a febre começa aceder, aparecem sinais de hemorragia, comosangramento nasal, gengival, vaginal,rompimento dos vasos superficiais da pele(petéquias e hematomas), etc.• Em casos mais raros, podem ocorrersangramentos no aparelho digestivo e nas viasurinárias.
  17. 17. DIAGNÓSTICO• O diagnóstico de certeza da dengue élaboratorial.• Pode ser obtido por isolamento direto dovírus no sangue nos 3 a 5 dias iniciais dadoença;• ou por exames de sangue para detectaranticorpos contra o vírus (testes sorológicos).
  18. 18. VACINA• Uma vacina contra os quatro tipos da dengue,desenvolvida a partir de uma cepa do vírusvivo, geneticamente modificado, está sendotestada em humanos.• Até o momento os voluntários nãoapresentaram reações adversas.
  19. 19. TRATAMENTO• Não existe tratamento específico contra ovírus da dengue.• Tomar muito líquido para evitar desidrataçãoe utilizar medicamentos para baixar a febre eanalgésicos são as medidas de rotina paraaliviar os sintomas.
  20. 20. • Pacientes com dengue, ou com suspeita da doença,precisam de assistência médica.• Sob nenhum pretexto, devem recorrer àautomedicação, pois jamais podem usar antitérmicosque contenham ácido acetilsalecílico (AAS, Aspirina,Melhoral, etc.), nem anti-inflamatórios (Voltaren,diclofenaco de sódio, Scaflan), que interferem noprocesso de coagulação do sangue.
  21. 21. RECOMENDAÇÕES• Dengue é uma doença que pode evoluirrapidamente da forma clássica para quadrosde maior gravidade;• A pessoa só desenvolve imunidade para o tipode vírus que contraiu e pode infectar-se comoutro sorotipo, o que aumenta o risco dedoença hemorrágica;
  22. 22. RECOMENDAÇÕES• A identificação precoce dos casos de dengue é deimportância fundamental para o controle dasepidemias;• Combater os focos do mosquito transmissor é aúnica maneira de prevenir a transmissão da doença.
  23. 23. Prevenções• Como forma de prevenção da dengue recomenda-seo uso de repelentes diários durante todo o verão,que é a época de maiores casos de dengue;• evitar deixar locais com água limpa ou suja parada,que é onde o mosquito pode reproduzir-se;• Deve-se ter especial atenção nas épocas de epidemiada dengue;• Para prevenir a dengue em bebês e criançasrecomenda-se vestí-los com calça comprida e blusasde manga comprida, de tecido fino e cores claras.
  24. 24. HABILIDADES1 - Mantenha bem tampados: caixas, tonéis e barris de água.2 - Coloque o lixo em sacos plásticos e mantenha a lixeira sempre bem fechada.3 - Não jogue lixo em terrenos baldios.4 - Se for guardar garrafas de vidro ou plástico, mantenha sempre a boca para baixo.5 - Não deixe a água da chuva acumulada sobre a laje.6 - Encha os pratinhos ou vasos de planta com areia até a borda.8 - Se for guardar pneus velhos em casa, retire toda a água e mantenha-os em locais cobertos,protegidos da chuva.9 - Limpe as calhas com freqüência, evitando que galhos e folhas possam impedir a passagem daágua.10 - Lave com freqüência, com água e sabão, os recipientes utilizados para guardar água, pelomenos uma vez por semana.11 - Os vasos de plantas aquáticas devem ser lavados com água e sabão, toda semana. Éimportante trocar a água desses vasos com freqüência.
  25. 25. • Tampar reservatórios de água, comocisternas, tanques e fossas;• Armazenar garrafas com bico pra baixo;• Remover o lixo e entulhos, armazenando–osem recipientes adequados e depois osdestinados à coleta;• Colocar larvicidas em recipientes, comopratinhos de plantas
  26. 26. • A borra de café (duas colheres para cada copode água) é bastante eficaz, sendo necessáriarepô-la a cada uma semana, após lavá-los combucha;• Abrir portas e janelas quando a nebulizaçãoestiver sendo feita em sua rua;• Nunca deixar de atender em sua casa o agentede saúde, lembrando que o mesmo tem quese identificar com crachás, documentos, etc...
  27. 27. MUDANÇA DE HÁBITOSDenúncia de Focos•Combater a dengue é dever de todos !Se você souber de um local que não estejaobservando as orientações de prevenção contraa Dengue, propiciando o acúmulo de águaparada, denuncie à Secretaria de Saúde de seumunicípio.
  28. 28. ELIMINE OS CRIADOUROS
  29. 29. MUDANÇAS DE HÁBITOS
  30. 30. INFORMAÇÃOJornal Metro02/04/2013www.readmetro.com
  31. 31. Plano de Ação
  32. 32. BIBLIOGRAFIA• http://drauziovarella.com.br/corpo-humano/dengue/• http://www.minhavida.com.br/• http://aqua-domus.blogspot.com.br/p/o-que-e-dengue-e-uma-doenca-infecciosa.html• http://www.tuasaude.com/sintomas-da-dengue/• http://www.readmetro.com
  33. 33. FinalObrigado!

×