DENGUENAS DIFERENTES CLASSES SOCIAISEquipe:Bianca CasalechiCelso RicardoGeazi GimenesGeraldo CesarGilberto AlmeidaOrientad...
OBJETIVO GERALESTUDAR A DENGUE NA PERIFERIADA CIDADE DE CAMPINAS
OBJETIVOS ESPECÍFICOS• CONSCIENTIZAR OS MORADORES DO PARQUEOZIEL SOBRE OS RISCOS DA DENGUE.• PREVENIR A COMUNIDADE SOBRE A...
JUSTIFICATIVA• O Parque Oziel, Jardim Monte Cristo e Gleba B;• Bairros da cidade de Campinas;• 1.500.000 m2 moram, hoje em...
LOCALIZAÇÃO• Localizado na região Oeste de Campinas;• Entre a Rodovia Santos Dumont e a estradavelha de Indaiatuba;• Próxi...
CHA DA COMPETÊNCIA• CONHECIMENTO(Saber Teórico)• HABILIDADE(Saber Fazer)• ATITUDE - MUDANÇA DE HÁBITO(Ação)
CONHECIMENTO: O QUE É DENGUE?
PALESTRA• O vírus da dengue é transmitido pela picadada fêmea do Aedes aegypti;• Um mosquito diurno que se multiplica emde...
MOSQUITO AEDES AEGYPTI
• Existem 4 tipos diferentes desse vírus:Os sorotipos 1, 2, 3 e 4;Todos podem causar as diferentes formas dadoença.
SINTOMAS• A grande maioria das infecções é assintomática.• (doença que não apresenta sintomas, pelo menos nosestágios inic...
• Os sintomas costumam evoluir em obediênciaa três formas clínicas:dengue clássica, forma benigna, similar àgripe;dengue...
DENGUE CLÁSSICA• Nos adultos, a primeira manifestação é afebre alta (39º a 40º);• Início repentino, associada à dor de cab...
• Nas crianças, o sintoma inicial também é afebre alta acompanhada apatia, sonolência,recusa da alimentação, vômitos e dia...
• O exantema pode estar presente ou não.• Exantema: erupção cutânea que ocorre emconsequência de doenças agudasprovocadas ...
DENGUE HEMORRÁGICA• As manifestações iniciais são iguais da formaclássica.• Depois do terceiro dia, quando a febre começa ...
DIAGNÓSTICO• O diagnóstico de certeza da dengue élaboratorial.• Pode ser obtido por isolamento direto dovírus no sangue no...
VACINA• Uma vacina contra os quatro tipos da dengue,desenvolvida a partir de uma cepa do vírusvivo, geneticamente modifica...
TRATAMENTO• Não existe tratamento específico contra ovírus da dengue.• Tomar muito líquido para evitar desidrataçãoe utili...
• Pacientes com dengue, ou com suspeita da doença,precisam de assistência médica.• Sob nenhum pretexto, devem recorrer àau...
RECOMENDAÇÕES• Dengue é uma doença que pode evoluirrapidamente da forma clássica para quadrosde maior gravidade;• A pessoa...
RECOMENDAÇÕES• A identificação precoce dos casos de dengue é deimportância fundamental para o controle dasepidemias;• Comb...
Prevenções• Como forma de prevenção da dengue recomenda-seo uso de repelentes diários durante todo o verão,que é a época d...
HABILIDADES1 - Mantenha bem tampados: caixas, tonéis e barris de água.2 - Coloque o lixo em sacos plásticos e mantenha a l...
• Tampar reservatórios de água, comocisternas, tanques e fossas;• Armazenar garrafas com bico pra baixo;• Remover o lixo e...
• A borra de café (duas colheres para cada copode água) é bastante eficaz, sendo necessáriarepô-la a cada uma semana, após...
MUDANÇA DE HÁBITOSDenúncia de Focos•Combater a dengue é dever de todos !Se você souber de um local que não estejaobservand...
ELIMINE OS CRIADOUROS
MUDANÇAS DE HÁBITOS
INFORMAÇÃOJornal Metro02/04/2013www.readmetro.com
Plano de Ação
BIBLIOGRAFIA• http://drauziovarella.com.br/corpo-humano/dengue/• http://www.minhavida.com.br/• http://aqua-domus.blogspot....
FinalObrigado!
Dengue na periferia de campinas
Dengue na periferia de campinas
Dengue na periferia de campinas
Dengue na periferia de campinas
Dengue na periferia de campinas
Dengue na periferia de campinas
Dengue na periferia de campinas
Dengue na periferia de campinas
Dengue na periferia de campinas
Dengue na periferia de campinas
Dengue na periferia de campinas
Dengue na periferia de campinas
Dengue na periferia de campinas
Dengue na periferia de campinas
Dengue na periferia de campinas
Dengue na periferia de campinas
Dengue na periferia de campinas
Dengue na periferia de campinas
Dengue na periferia de campinas
Dengue na periferia de campinas
Dengue na periferia de campinas
Dengue na periferia de campinas
Dengue na periferia de campinas
Dengue na periferia de campinas
Dengue na periferia de campinas
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Dengue na periferia de campinas

698 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
698
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Dengue na periferia de campinas

  1. 1. DENGUENAS DIFERENTES CLASSES SOCIAISEquipe:Bianca CasalechiCelso RicardoGeazi GimenesGeraldo CesarGilberto AlmeidaOrientadora:Profª Eni Bertolini
  2. 2. OBJETIVO GERALESTUDAR A DENGUE NA PERIFERIADA CIDADE DE CAMPINAS
  3. 3. OBJETIVOS ESPECÍFICOS• CONSCIENTIZAR OS MORADORES DO PARQUEOZIEL SOBRE OS RISCOS DA DENGUE.• PREVENIR A COMUNIDADE SOBRE APROLIFERAÇÃO DO MOSQUITO AEDES AEGYPTI.
  4. 4. JUSTIFICATIVA• O Parque Oziel, Jardim Monte Cristo e Gleba B;• Bairros da cidade de Campinas;• 1.500.000 m2 moram, hoje em dia, 3.000famílias, perfazendo 30.000 moradores.
  5. 5. LOCALIZAÇÃO• Localizado na região Oeste de Campinas;• Entre a Rodovia Santos Dumont e a estradavelha de Indaiatuba;• Próximo á um dos principais shoppings dacidade o Campinas Shopping.
  6. 6. CHA DA COMPETÊNCIA• CONHECIMENTO(Saber Teórico)• HABILIDADE(Saber Fazer)• ATITUDE - MUDANÇA DE HÁBITO(Ação)
  7. 7. CONHECIMENTO: O QUE É DENGUE?
  8. 8. PALESTRA• O vírus da dengue é transmitido pela picadada fêmea do Aedes aegypti;• Um mosquito diurno que se multiplica emdepósitos de água parada acumulada nosquintais e dentro das casas.
  9. 9. MOSQUITO AEDES AEGYPTI
  10. 10. • Existem 4 tipos diferentes desse vírus:Os sorotipos 1, 2, 3 e 4;Todos podem causar as diferentes formas dadoença.
  11. 11. SINTOMAS• A grande maioria das infecções é assintomática.• (doença que não apresenta sintomas, pelo menos nosestágios iniciais.)• Não é o caso da “Dengue”.
  12. 12. • Os sintomas costumam evoluir em obediênciaa três formas clínicas:dengue clássica, forma benigna, similar àgripe;dengue hemorrágica, mais grave,caracterizada por alterações da coagulaçãosanguínea;
  13. 13. DENGUE CLÁSSICA• Nos adultos, a primeira manifestação é afebre alta (39º a 40º);• Início repentino, associada à dor de cabeça,prostração, dores musculares, nas juntas,atrás dos olhos, vermelhidão no corpo(exantema) e coceira.
  14. 14. • Nas crianças, o sintoma inicial também é afebre alta acompanhada apatia, sonolência,recusa da alimentação, vômitos e diarreia.
  15. 15. • O exantema pode estar presente ou não.• Exantema: erupção cutânea que ocorre emconsequência de doenças agudasprovocadas por vírus.
  16. 16. DENGUE HEMORRÁGICA• As manifestações iniciais são iguais da formaclássica.• Depois do terceiro dia, quando a febre começa aceder, aparecem sinais de hemorragia, comosangramento nasal, gengival, vaginal,rompimento dos vasos superficiais da pele(petéquias e hematomas), etc.• Em casos mais raros, podem ocorrersangramentos no aparelho digestivo e nas viasurinárias.
  17. 17. DIAGNÓSTICO• O diagnóstico de certeza da dengue élaboratorial.• Pode ser obtido por isolamento direto dovírus no sangue nos 3 a 5 dias iniciais dadoença;• ou por exames de sangue para detectaranticorpos contra o vírus (testes sorológicos).
  18. 18. VACINA• Uma vacina contra os quatro tipos da dengue,desenvolvida a partir de uma cepa do vírusvivo, geneticamente modificado, está sendotestada em humanos.• Até o momento os voluntários nãoapresentaram reações adversas.
  19. 19. TRATAMENTO• Não existe tratamento específico contra ovírus da dengue.• Tomar muito líquido para evitar desidrataçãoe utilizar medicamentos para baixar a febre eanalgésicos são as medidas de rotina paraaliviar os sintomas.
  20. 20. • Pacientes com dengue, ou com suspeita da doença,precisam de assistência médica.• Sob nenhum pretexto, devem recorrer àautomedicação, pois jamais podem usar antitérmicosque contenham ácido acetilsalecílico (AAS, Aspirina,Melhoral, etc.), nem anti-inflamatórios (Voltaren,diclofenaco de sódio, Scaflan), que interferem noprocesso de coagulação do sangue.
  21. 21. RECOMENDAÇÕES• Dengue é uma doença que pode evoluirrapidamente da forma clássica para quadrosde maior gravidade;• A pessoa só desenvolve imunidade para o tipode vírus que contraiu e pode infectar-se comoutro sorotipo, o que aumenta o risco dedoença hemorrágica;
  22. 22. RECOMENDAÇÕES• A identificação precoce dos casos de dengue é deimportância fundamental para o controle dasepidemias;• Combater os focos do mosquito transmissor é aúnica maneira de prevenir a transmissão da doença.
  23. 23. Prevenções• Como forma de prevenção da dengue recomenda-seo uso de repelentes diários durante todo o verão,que é a época de maiores casos de dengue;• evitar deixar locais com água limpa ou suja parada,que é onde o mosquito pode reproduzir-se;• Deve-se ter especial atenção nas épocas de epidemiada dengue;• Para prevenir a dengue em bebês e criançasrecomenda-se vestí-los com calça comprida e blusasde manga comprida, de tecido fino e cores claras.
  24. 24. HABILIDADES1 - Mantenha bem tampados: caixas, tonéis e barris de água.2 - Coloque o lixo em sacos plásticos e mantenha a lixeira sempre bem fechada.3 - Não jogue lixo em terrenos baldios.4 - Se for guardar garrafas de vidro ou plástico, mantenha sempre a boca para baixo.5 - Não deixe a água da chuva acumulada sobre a laje.6 - Encha os pratinhos ou vasos de planta com areia até a borda.8 - Se for guardar pneus velhos em casa, retire toda a água e mantenha-os em locais cobertos,protegidos da chuva.9 - Limpe as calhas com freqüência, evitando que galhos e folhas possam impedir a passagem daágua.10 - Lave com freqüência, com água e sabão, os recipientes utilizados para guardar água, pelomenos uma vez por semana.11 - Os vasos de plantas aquáticas devem ser lavados com água e sabão, toda semana. Éimportante trocar a água desses vasos com freqüência.
  25. 25. • Tampar reservatórios de água, comocisternas, tanques e fossas;• Armazenar garrafas com bico pra baixo;• Remover o lixo e entulhos, armazenando–osem recipientes adequados e depois osdestinados à coleta;• Colocar larvicidas em recipientes, comopratinhos de plantas
  26. 26. • A borra de café (duas colheres para cada copode água) é bastante eficaz, sendo necessáriarepô-la a cada uma semana, após lavá-los combucha;• Abrir portas e janelas quando a nebulizaçãoestiver sendo feita em sua rua;• Nunca deixar de atender em sua casa o agentede saúde, lembrando que o mesmo tem quese identificar com crachás, documentos, etc...
  27. 27. MUDANÇA DE HÁBITOSDenúncia de Focos•Combater a dengue é dever de todos !Se você souber de um local que não estejaobservando as orientações de prevenção contraa Dengue, propiciando o acúmulo de águaparada, denuncie à Secretaria de Saúde de seumunicípio.
  28. 28. ELIMINE OS CRIADOUROS
  29. 29. MUDANÇAS DE HÁBITOS
  30. 30. INFORMAÇÃOJornal Metro02/04/2013www.readmetro.com
  31. 31. Plano de Ação
  32. 32. BIBLIOGRAFIA• http://drauziovarella.com.br/corpo-humano/dengue/• http://www.minhavida.com.br/• http://aqua-domus.blogspot.com.br/p/o-que-e-dengue-e-uma-doenca-infecciosa.html• http://www.tuasaude.com/sintomas-da-dengue/• http://www.readmetro.com
  33. 33. FinalObrigado!

×