Peter O’Sagae 1º Encontro para Formação do Professor Leitor   Picada Café RS, 3 de abril de 2009 Como e por que  (é difíci...
O que é um livro de imagem? <ul><li>Estatuto triplamente incerto: </li></ul><ul><li>É literatura?   (Coelho 1981) </li></u...
livro sem texto (FNLIJ 1981, APCA 1984-1994) narrativas imagéticas (Mokarzel 1998) literatura visual  (UBE 1994) livro-de-...
imagiários
imagiários
imagiários
<ul><li>Eva Furnari:  Todo dia  (Coleção Peixe Vivo, 1980) </li></ul>
<ul><li>Alcy e Bel Linares:  Pára com isso, pirralho!  (Coleção Crescer, 2007) </li></ul>
Diferentes livros de imagem? <ul><li>livro de imagem informativo  de caráter referencial e descritivo, apresenta cenas e o...
apresenta um  encadeamento descontínuo  e tem rememorado velhos contos populares eternizados por escritores de todas as ép...
<ul><li>Rui de Oliveira:  Chapeuzinho Vermelho e outros contos por imagem  (2002) </li></ul>
quanto à composição sucessão de quadros e planos diversos organizados de forma concatenada, possuindo marcas mais ou menos...
Todos os meios de criação visual  confluem aos livros para crianças.  (Sagae 2008: 131) Século XV:   perspectiva renascent...
<ul><li>Juarez Machado:  Ida e volta  (1976) </li></ul>
Eva Furnari:  Amendoim  (1983)
<ul><li>Marilda Castanha:  Fio  (1992) </li></ul>
Angela Lago:  Outra vez  (1982)
Angela Lago:  Outra vez  (1982)
<ul><li>Regina Coeli Rennó:  Que planeta é esse?  (Col. Roda Pião, 1989) </li></ul>
Avelino Guedes:  Corre-corre  (1990)
<ul><li>Caco Galhardo:  Bilo  (2008) </li></ul>
Roger Mello:  A flor do lado de lá  (1990)
Roger Mello:  A flor do lado de lá  (1990)
Roger Mello:  A flor do lado de lá  (1990)
Suzy Lee:  Onda  (2008)
Istvan Banyai:  Zoom  (1995)
Elma:  Vento  (2008)
 
Rosinha Campos:  Branca  (Col. Que história é essa? 2004)
Cronofotografia de 2004)
Cronofotografia de Etienne-Jules Marey (d.1882)
Graça Lima:  Noite de cão  (1991)
Angela Lago & Gisela Lotufo:  A raça perfeita  (2004)
Imágicas: histórias do arco-da-velha  Ana Raquel (2005)
André Neves:  Casulos  (2008)
Angela Lago:  Cântico dos cânticos  (1992)
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Como e por que (é difícil) ler livros de imagem

8.375 visualizações

Publicada em

Palestra apresentada no I Encontro para Formação do Professor-Leitor, em Picada Café RS, 3 de abril de 2009.

Publicada em: Educação
0 comentários
17 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
8.375
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
33
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
17
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • Como e por que (é difícil) ler livros de imagem

    1. 1. Peter O’Sagae 1º Encontro para Formação do Professor Leitor Picada Café RS, 3 de abril de 2009 Como e por que (é difícil) ler livros de imagem
    2. 2. O que é um livro de imagem? <ul><li>Estatuto triplamente incerto: </li></ul><ul><li>É literatura? (Coelho 1981) </li></ul><ul><li>Subgênero da literatura infantil (Ceccantini 2004) </li></ul><ul><li>Subproduto do livro para crianças (Necyk 2007) </li></ul>
    3. 3. livro sem texto (FNLIJ 1981, APCA 1984-1994) narrativas imagéticas (Mokarzel 1998) literatura visual (UBE 1994) livro-de-imagem (Bonfim 1996) livro só-imagem (Góes 1996) livro de imagens (Lima 1999 Ferraro 2001) estorietas-sem-palavra literatura-sem-palavras álbum ilustrado livro mudo história muda história sem palavras texto visual (Camargo 1995) livro com imagens livro de gravuras livro-de-gravuras livro-de-figuras livro de estampas álbum colorido álbum de imagem álbum de figuras (Coelho 1981) livro de imagem com legenda (Edital PNLD 2010)
    4. 4. imagiários
    5. 5. imagiários
    6. 6. imagiários
    7. 7. <ul><li>Eva Furnari: Todo dia (Coleção Peixe Vivo, 1980) </li></ul>
    8. 8. <ul><li>Alcy e Bel Linares: Pára com isso, pirralho! (Coleção Crescer, 2007) </li></ul>
    9. 9. Diferentes livros de imagem? <ul><li>livro de imagem informativo de caráter referencial e descritivo, apresenta cenas e objetos do chamado mundo real (informação unívoca) </li></ul><ul><li>livro de imagem ilustrativo (rememorativo?) que traz cenas de uma narrativa conhecida pelo leitor e não possui solução de continuidade visual </li></ul><ul><li>livro de imagem narrativo é um gênero próprio da literatura infantil brasileira que usa (e abusa) da informação estética, ambígua e ficcional. </li></ul>Tem mais? Tem.
    10. 10. apresenta um encadeamento descontínuo e tem rememorado velhos contos populares eternizados por escritores de todas as épocas; em suas páginas, surge uma sucessão de quadros, um após o outro, de modo bastante arbitrário, separados por elipses temporais. livro de imagem ilustrativo 1994 2002 2006 e 2007 2005
    11. 11. <ul><li>Rui de Oliveira: Chapeuzinho Vermelho e outros contos por imagem (2002) </li></ul>
    12. 12. quanto à composição sucessão de quadros e planos diversos organizados de forma concatenada, possuindo marcas mais ou menos precisas/presentes de progressão no tempo e através do espaço; encadeamento contínuo; quanto às estratégias existe uma solução de continuidade qualquer a estabelecer relações de causalidade entre diferentes partes da seqüência imagética; quanto ao conteúdo deve ocorrer uma ação transformadora sobre o modo de pensar, sentir e agir do personagem (situação inicial x final, conflito, avaliação, clímax). livro de imagem narrativo
    13. 13. Todos os meios de criação visual confluem aos livros para crianças. (Sagae 2008: 131) Século XV: perspectiva renascentista monocular, com predomínio de um ponto de vista central e frontal; do teatro à pintura, a ilusão das três paredes; vulgarização da tecnologia do livro. XIX: primeiros meios de reprodução técnica em escala: jornal (caricatura, charge e cartoon), publicidade, fotografia e cinema ; artes gráficas; litografia, impressão em cores e livros ilustrados; XX: histórias em quadrinhos; televisão e vídeo; computação gráfica, arte digital e internet. Deslizamento e multiplicação do ponto de vista: descentralização, percursos não-lineares, etc.
    14. 14. <ul><li>Juarez Machado: Ida e volta (1976) </li></ul>
    15. 15. Eva Furnari: Amendoim (1983)
    16. 16. <ul><li>Marilda Castanha: Fio (1992) </li></ul>
    17. 17. Angela Lago: Outra vez (1982)
    18. 18. Angela Lago: Outra vez (1982)
    19. 19. <ul><li>Regina Coeli Rennó: Que planeta é esse? (Col. Roda Pião, 1989) </li></ul>
    20. 20. Avelino Guedes: Corre-corre (1990)
    21. 21. <ul><li>Caco Galhardo: Bilo (2008) </li></ul>
    22. 22. Roger Mello: A flor do lado de lá (1990)
    23. 23. Roger Mello: A flor do lado de lá (1990)
    24. 24. Roger Mello: A flor do lado de lá (1990)
    25. 25. Suzy Lee: Onda (2008)
    26. 26. Istvan Banyai: Zoom (1995)
    27. 27. Elma: Vento (2008)
    28. 29. Rosinha Campos: Branca (Col. Que história é essa? 2004)
    29. 30. Cronofotografia de 2004)
    30. 31. Cronofotografia de Etienne-Jules Marey (d.1882)
    31. 32. Graça Lima: Noite de cão (1991)
    32. 33. Angela Lago & Gisela Lotufo: A raça perfeita (2004)
    33. 34. Imágicas: histórias do arco-da-velha Ana Raquel (2005)
    34. 35. André Neves: Casulos (2008)
    35. 36. Angela Lago: Cântico dos cânticos (1992)

    ×