Nove dons espirituais es detalhados

2.558 visualizações

Publicada em

dons espirituais, cura, interpretação, línguas, conhecimento, sabedoria, palavra, discernimento, operações, espírito santo

Publicada em: Espiritual
  • Seja o primeiro a comentar

Nove dons espirituais es detalhados

  1. 1. NOVE DONSNOVE DONS ESPIRITUAISESPIRITUAIS ““Ora, há diversidade deOra, há diversidade de dons,dons, ((ΧαρισμαΧαρισμα - charisma)- charisma) mas omas o EspíritoEspírito é o mesmo. “é o mesmo. “ I Cor 12:4I Cor 12:4
  2. 2. Acerca dos donsAcerca dos dons espirituais, não quero,espirituais, não quero, irmãos, que sejaisirmãos, que sejais ignorantes.ignorantes. 1 Coríntios 12:11 Coríntios 12:1
  3. 3. Paulo queria que a igreja de CorintoPaulo queria que a igreja de Corinto aprendesseaprendesse como os dons deveriamcomo os dons deveriam funcionarfuncionar porque sobre a existência dosporque sobre a existência dos dons, eles já sabiam:dons, eles já sabiam: ...nenhum dom vos falta......nenhum dom vos falta... 1 Coríntios 1:71 Coríntios 1:7
  4. 4. O que você é?O que você é? ignorante,ignorante, cessacionista,cessacionista, medroso oumedroso ou crente nos dons hoje?crente nos dons hoje?
  5. 5. I Coríntios 12:7I Coríntios 12:7 ... é... é dada adada a cada umcada um...... I Coríntios 12:11I Coríntios 12:11...distribuindo-as... a...distribuindo-as... a cada umcada um...... Romanos 12:3,6Romanos 12:3,6 ...que Deus repartiu a...que Deus repartiu a cada umcada um...... Efésios 4:7Efésios 4:7 ......cada umcada um de nós segundo ade nós segundo a proporção do dom de Cristo...proporção do dom de Cristo... 1 Ped. 4:101 Ped. 4:10 ......cada umcada um conforme o domconforme o dom queque recebeurecebeu ...... Para quem são os dons?Para quem são os dons?
  6. 6. Pelo menos, umPelo menos, um dom você recebeu.dom você recebeu. Veja as 5 listas de Paulo:Veja as 5 listas de Paulo: Romanos 12:6-8Romanos 12:6-8 I Coríntios 12:8-10I Coríntios 12:8-10 I Coríntios 12:28I Coríntios 12:28 I Coríntios 14I Coríntios 14 Efésios 4:11-13Efésios 4:11-13
  7. 7. Para quê servem os dons?Para quê servem os dons? I Cor 12:7I Cor 12:7...para...para o que for útilo que for útil.. Ef 4:12Ef 4:12 ...o...o aperfeiçoamentoaperfeiçoamento dos santos,dos santos, para a obra dopara a obra do ministérioministério,, parapara edificaçãoedificação do corpo de Cristo;do corpo de Cristo; Ef 4:13Ef 4:13 Até queAté que todostodos cheguemoscheguemos àà unidadeunidade da féda fé,, aoao conhecimentoconhecimento do Filho de Deusdo Filho de Deus,, aa homem perfeitohomem perfeito,, à medida daà medida da estatura completa de Cristoestatura completa de Cristo,,
  8. 8. ... de forma que em... de forma que em todas as coisastodas as coisas DeusDeus seja glorificadoseja glorificado mediante Jesus Cristo!mediante Jesus Cristo! 1 Pedro 4:10-111 Pedro 4:10-11
  9. 9. ConceitosConceitos diferenciaisdiferenciais
  10. 10. Dom x TalentoDom x Talento Dom:Dom: capacitação espiritual, ferramenta decapacitação espiritual, ferramenta de trabalho para execução das boas obras.trabalho para execução das boas obras. Talento:Talento: habilidade natural em todas áreas.habilidade natural em todas áreas. Talento pode ser potencializado pelo ES eTalento pode ser potencializado pelo ES e freqüentemente faz parte do equipamentofreqüentemente faz parte do equipamento para exercício de um Dom espiritual.para exercício de um Dom espiritual. CrentesCrentes xx TodosTodos
  11. 11. Dom x FrutoDom x Fruto Realização doRealização do trabalho detrabalho de Deus atravésDeus através de nós.de nós. FAZERFAZER SERSER Formação doFormação do caráter decaráter de Jesus emJesus em nós.nós.
  12. 12. Dom x ResponsabilidadeDom x Responsabilidade O exercício dos donsO exercício dos dons não dispensanão dispensa o cumprimento das responsabilidadeso cumprimento das responsabilidades comuns a todos os crentes.comuns a todos os crentes.
  13. 13. Parábola dos talentos –Parábola dos talentos – Mt 25:14-30Mt 25:14-30 "E também será como um"E também será como um homem que, ao sair dehomem que, ao sair de viagem, chamou seusviagem, chamou seus servos e confiou-lhes osservos e confiou-lhes os seus bens.seus bens. A um deu cinco talentos, aA um deu cinco talentos, a outro dois, e a outro um; aoutro dois, e a outro um; a cada um de acordo com acada um de acordo com a sua capacidade. Emsua capacidade. Em seguida partiu de viagem...seguida partiu de viagem... "O senhor respondeu: ‘Servo"O senhor respondeu: ‘Servo mau e negligente! Vocêmau e negligente! Você sabia que eu colho ondesabia que eu colho onde não plantei e junto onde nãonão plantei e junto onde não semeei?semeei? Deu dons – Efésios 4:8 Por isso diz: Subindo ao alto, levou cativo o cativeiro,e deu dons aos homens. Romanos 14:12 Assim, cada um de nós prestará contas de si mesmo a Deus.
  14. 14. ““Porque os dons ePorque os dons e o chamado deo chamado de Deus sãoDeus são irrevogáveis”.irrevogáveis”. Romanos 11:29Romanos 11:29
  15. 15. ClassificaçãoClassificação dos Donsdos Dons ( 1 Cor 12)( 1 Cor 12) Diversidade de: dons do Espírito ministérios do Senhor realizações de Deus
  16. 16. Classificação dos donsClassificação dos dons Ora, há diversidade deOra, há diversidade de donsdons -- ΧαρισμαΧαρισμα,, mas omas o EspíritoEspírito é o mesmo.é o mesmo. E há diversidade deE há diversidade de ministériosministérios -- διακονιδιακονιaa,, mas omas o SenhorSenhor é o mesmo.é o mesmo. E há diversidade deE há diversidade de operaçõesoperações -- ενεργημαενεργημα,, mas é o mesmomas é o mesmo DeusDeus que opera tudo emque opera tudo em todos.todos. 1 Coríntios 12:4-61 Coríntios 12:4-6
  17. 17. Objetivo deste estudo éObjetivo deste estudo é investigar os noveinvestigar os nove dons do Espírito.dons do Espírito. 1 Coríntios 12:41 Coríntios 12:4
  18. 18. Dons do Espírito (charisma):Dons do Espírito (charisma): RevelarRevelar,, FazerFazer ee DizerDizer algoalgo Porque a um pelo Espírito é dada aPorque a um pelo Espírito é dada a palavra dapalavra da sabedoriasabedoria;; e a outro, pelo mesmo Espírito, ae a outro, pelo mesmo Espírito, a palavra da ciênciapalavra da ciência;; E a outro, pelo mesmo Espírito, aE a outro, pelo mesmo Espírito, a féfé; e a outro,; e a outro, pelo mesmo Espírito, ospelo mesmo Espírito, os dons de curardons de curar;; E a outro aE a outro a operação de maravilhasoperação de maravilhas; e a outro; e a outro aa profeciaprofecia; e a outro o; e a outro o dom de discernir osdom de discernir os espíritosespíritos; e a outro a; e a outro a variedade de línguasvariedade de línguas; e a; e a outro aoutro a interpretação das línguasinterpretação das línguas.. 1 Coríntios 12:8-101 Coríntios 12:8-10
  19. 19. Palavra de ConhecimentoPalavra de Conhecimento É uma revelação sobrenatural pelo Espírito deÉ uma revelação sobrenatural pelo Espírito de Deus a respeito de certos fatos na mente deDeus a respeito de certos fatos na mente de Deus que se relacionam com pessoas, lugaresDeus que se relacionam com pessoas, lugares ou objetos.ou objetos. Traz iluminação sobrenatural do Evangelho,Traz iluminação sobrenatural do Evangelho, especialmente no ministério do ensino e daespecialmente no ministério do ensino e da pregação.pregação. Localiza o problema ou necessidadeLocaliza o problema ou necessidade Tem mais relação com passado e presenteTem mais relação com passado e presente Opera por meio de visão, sonhos e testemunhoOpera por meio de visão, sonhos e testemunho interior.interior.
  20. 20. Palavra de ConhecimentoPalavra de Conhecimento O dom não é de conhecimento, pois este éO dom não é de conhecimento, pois este é adquirido com estudo.adquirido com estudo. O nome correto do dom é “palavra deO nome correto do dom é “palavra de conhecimento”.conhecimento”.
  21. 21. Palavra de ConhecimentoPalavra de Conhecimento ANTIGO TESTAMENTOANTIGO TESTAMENTO I Reis 19:2-4, 14, 18I Reis 19:2-4, 14, 18 II Reis 5:25-26II Reis 5:25-26 NOVO TESTAMENTONOVO TESTAMENTO Atos 5Atos 5 Atos 9:10-12Atos 9:10-12
  22. 22. Palavra de SabedoriaPalavra de Sabedoria É uma revelação pelo Espírito de Deus, noÉ uma revelação pelo Espírito de Deus, no tocante ao plano e propósito divino na mente etocante ao plano e propósito divino na mente e na vontade de Deus e o que fazer com essena vontade de Deus e o que fazer com esse conhecimento.conhecimento. É uma orientação e direção para que a igrejaÉ uma orientação e direção para que a igreja possa saber o que fazer, sobre como resolverpossa saber o que fazer, sobre como resolver um problema prático.um problema prático. É para o aconselhamento a irmãos e para umaÉ para o aconselhamento a irmãos e para uma palavra prudente em questões difíceispalavra prudente em questões difíceis (contendas(contendas e divisões na Igreja).e divisões na Igreja). É uma revelação seguida de conselho.É uma revelação seguida de conselho. Tem mais característica de predição (futuro).Tem mais característica de predição (futuro).
  23. 23. Palavra de SabedoriaPalavra de Sabedoria Se aquilo que é falado contém um elemento deSe aquilo que é falado contém um elemento de revelação é, na realidade, palavra de sabedoria.revelação é, na realidade, palavra de sabedoria. Não há revelação no simples dom da profecia.Não há revelação no simples dom da profecia. I Coríntios 14:3 – o dom da profecia “...fala aosI Coríntios 14:3 – o dom da profecia “...fala aos homens, edificando, exortando e consolando.”homens, edificando, exortando e consolando.” Opera por meio de voz audível, visão, sonho,Opera por meio de voz audível, visão, sonho, línguas e interpretação.línguas e interpretação. No AT, à medida que os profetas profetizavam,No AT, à medida que os profetas profetizavam, a palavra de sabedoria e a palavra dea palavra de sabedoria e a palavra de conhecimento fluíam juntas.conhecimento fluíam juntas.
  24. 24. Palavra de SabedoriaPalavra de Sabedoria O nome correto do dom é palavra de sabedoriaO nome correto do dom é palavra de sabedoria e não dom de sabedoria.e não dom de sabedoria. Sem dúvida, há uma sabedoria que se podeSem dúvida, há uma sabedoria que se pode alcançar mediante o conhecimento da Palavraalcançar mediante o conhecimento da Palavra de Deus, mas essa não é a manifestaçãode Deus, mas essa não é a manifestação sobrenatural do dom da palavra de sabedoria.sobrenatural do dom da palavra de sabedoria. Tiago 1:5 – sabedoria (geral) para tratarTiago 1:5 – sabedoria (geral) para tratar assuntos da vida, está à disposição de quemassuntos da vida, está à disposição de quem pedir.pedir.
  25. 25. Palavra de SabedoriaPalavra de Sabedoria ANTIGO TESTAMENTOANTIGO TESTAMENTO I Samuel 9:3,4,6,19,20I Samuel 9:3,4,6,19,20 II Reis 20:1II Reis 20:1 NOVO TESTAMENTONOVO TESTAMENTO Atos 11:28-30Atos 11:28-30 Atos 9:10-16 (15)Atos 9:10-16 (15) Atos 27:10Atos 27:10
  26. 26. Discernimento de EspíritosDiscernimento de Espíritos É uma introspecção no mundo espiritual, tantoÉ uma introspecção no mundo espiritual, tanto bom quanto mau.bom quanto mau. Não é simples dom de discernimento, o nomeNão é simples dom de discernimento, o nome correto é dom de discernimento de espíritos.correto é dom de discernimento de espíritos. Serve para discernir:Serve para discernir:  o Espírito Santo, se é Ele agindo;o Espírito Santo, se é Ele agindo;  os anjos de Deus - Hb 1:14, Sl 34:7, Mt 18:10os anjos de Deus - Hb 1:14, Sl 34:7, Mt 18:10  os anjos decaídos de Satanás - Dn 10:12-14, 21os anjos decaídos de Satanás - Dn 10:12-14, 21  os demônios – Atos 16:16-18os demônios – Atos 16:16-18
  27. 27. Discernimento de EspíritosDiscernimento de Espíritos As pessoas sabem coisas através do Espírito deAs pessoas sabem coisas através do Espírito de Deus e chamam errado o dom deDeus e chamam errado o dom de “discernimento”;“discernimento”; Dom de discernimento de espíritosDom de discernimento de espíritos NÃO ÉNÃO É::  ““ler pensamentos”,ler pensamentos”,  ““introspecção psicológica”,introspecção psicológica”,  ““poder de discernir as falhas e caráter dopoder de discernir as falhas e caráter do próximo”,próximo”,  ““dom de critica”.dom de critica”.  ““expelir demônios”.expelir demônios”. O nome do dom éO nome do dom é discernimento de espíritosdiscernimento de espíritos!!
  28. 28. Discernimento de EspíritosDiscernimento de Espíritos É um Dom ligado a proteção do rebanho,É um Dom ligado a proteção do rebanho, pois o Espírito Santo capacita o crentepois o Espírito Santo capacita o crente para perceber falsos mestres (I Jo 4:1-3)para perceber falsos mestres (I Jo 4:1-3) e detectar espíritos enganadores (Mte detectar espíritos enganadores (Mt 7:15).7:15). Pelo discernimento de espíritos vemosPelo discernimento de espíritos vemos além da esfera para a qual fomos criados,além da esfera para a qual fomos criados, pela revelação do ES podemos perceberpela revelação do ES podemos perceber os seres que habitam no âmbito espiritual.os seres que habitam no âmbito espiritual. Expulsar demônios não é dom, é umaExpulsar demônios não é dom, é uma
  29. 29. Discernimento de EspíritosDiscernimento de Espíritos A operação do Dom do discernimento deA operação do Dom do discernimento de espíritos ocorre somente pela vontade de Deusespíritos ocorre somente pela vontade de Deus e nunca pela vontade do homem.e nunca pela vontade do homem. Quando alguém diz que vê ou ouve espíritos aQuando alguém diz que vê ou ouve espíritos a toda hora é bem provável que essa pessoatoda hora é bem provável que essa pessoa precise passar por um processo de libertaçãoprecise passar por um processo de libertação na alma que está cativa e oprimida por espíritosna alma que está cativa e oprimida por espíritos familiares.familiares. Deus permite que nossos sentidos espirituaisDeus permite que nossos sentidos espirituais sejam abertos tornando possível cheirar, ouvir esejam abertos tornando possível cheirar, ouvir e sentir no mundo espiritual.sentir no mundo espiritual.
  30. 30. Discernimento de EspíritosDiscernimento de Espíritos ANTIGO TESTAMENTOANTIGO TESTAMENTO Exodo 33:20-23Exodo 33:20-23 Isaías 6:1Isaías 6:1 NOVO TESTAMENTONOVO TESTAMENTO Atos 16:16-18Atos 16:16-18
  31. 31. Dom da FéDom da Fé É um dos dons de poder, não é o queÉ um dos dons de poder, não é o que chamamos fé para “salvação”.chamamos fé para “salvação”. É a capacidade do crente de ter a certezaÉ a capacidade do crente de ter a certeza que suas orações estão sendoque suas orações estão sendo respondidas.respondidas. Uma pessoa com esse Dom anima todasUma pessoa com esse Dom anima todas as outras em situações difíceis, levando-asas outras em situações difíceis, levando-as a perseverar.a perseverar. Não produz apenas milagres, mas mártires.Não produz apenas milagres, mas mártires.
  32. 32. Dom da FéDom da Fé Com a fé geral, qualquer crente pode imporCom a fé geral, qualquer crente pode impor as mãos nas pessoas, apropriar-se dasas mãos nas pessoas, apropriar-se das promessas de Deus e crer.promessas de Deus e crer. Há diferença entre crer em Deus com féHá diferença entre crer em Deus com fé geral e apropriar-se das Suas promessas, egeral e apropriar-se das Suas promessas, e aquela manifestação sobrenatural queaquela manifestação sobrenatural que passa de um indivíduo para outro mediantepassa de um indivíduo para outro mediante o dom da fé especial.o dom da fé especial.
  33. 33. Dom da FéDom da Fé Há duas maneiras de o Espírito SantoHá duas maneiras de o Espírito Santo manifestar esse Dom:manifestar esse Dom: AtivamenteAtivamente: Quando a pessoa é usada: Quando a pessoa é usada para realizar o milagre. Ex: Josué quandopara realizar o milagre. Ex: Josué quando ordenou ao sol que parasse.ordenou ao sol que parasse. PassivamentePassivamente: Quando a pessoa é usada: Quando a pessoa é usada para receber o milagre. Ex: Daniel na covapara receber o milagre. Ex: Daniel na cova dos leões.dos leões.
  34. 34. Dom da FéDom da Fé ANTIGO TESTAMENTOANTIGO TESTAMENTO Daniel 6:16,17.19-23Daniel 6:16,17.19-23 1 Reis 17:2-61 Reis 17:2-6 NOVO TESTAMENTONOVO TESTAMENTO Gl 3:5Gl 3:5
  35. 35. Dons de CurasDons de Curas Está no plural porque existe umaEstá no plural porque existe uma diversidade de dons para curar;diversidade de dons para curar; Tem como propósito libertar doentes eTem como propósito libertar doentes e aflitos e destruir as obras de satanás,aflitos e destruir as obras de satanás, confirmar a palavra pregada, darconfirmar a palavra pregada, dar testemunho de Jesus Cristo e glorificar aotestemunho de Jesus Cristo e glorificar ao Pai.Pai.
  36. 36. Dons de CurasDons de Curas Para ser usado na Igreja e está muitoPara ser usado na Igreja e está muito ligado a fé.ligado a fé. Todos são chamados a orar pelosTodos são chamados a orar pelos doentes Tg 5:14, mas nem todos temdoentes Tg 5:14, mas nem todos tem dons de cura 1 Cor 12:30.dons de cura 1 Cor 12:30. Por causa da diversidade das operaçõesPor causa da diversidade das operações desses dons, muitos são usados por Deusdesses dons, muitos são usados por Deus de maneira diferente e alguns casos dede maneira diferente e alguns casos de maneira estranha que não estamosmaneira estranha que não estamos acostumados a ver.acostumados a ver.
  37. 37. Dons de CurasDons de Curas ANTIGO TESTAMENTOANTIGO TESTAMENTO Gn 20:17Gn 20:17 Is 38:20-21Is 38:20-21 II Rs 20:7 NOVO TESTAMENTONOVO TESTAMENTO Mt 10:8Mt 10:8 At 10:38At 10:38
  38. 38. Operação de MilagresOperação de Milagres Visa ressaltar e confirmar para a Igreja oVisa ressaltar e confirmar para a Igreja o poder de Deus e Seu senhorio sobre tudo,poder de Deus e Seu senhorio sobre tudo, incluindo as forças da natureza e aincluindo as forças da natureza e a matéria.matéria. Milagres são a concretização de tarefasMilagres são a concretização de tarefas impossíveis, realizações espirituais.impossíveis, realizações espirituais. Exemplos: água em vinho, Mar VermelhoExemplos: água em vinho, Mar Vermelho se abrindo, Jesus andando sobre asse abrindo, Jesus andando sobre as águas, acalmando a tempestade,águas, acalmando a tempestade,
  39. 39. Operação de MilagresOperação de Milagres O Dom da operação de maravilhas não éO Dom da operação de maravilhas não é necessariamente um dom para curar, masnecessariamente um dom para curar, mas para demonstrar a grandeza de Deuspara demonstrar a grandeza de Deus através de sinais e prodígios que ocorrematravés de sinais e prodígios que ocorrem na natureza, ou em nosso mundo físico ena natureza, ou em nosso mundo físico e material.material. Geralmente dom da fé recebe milagres e aGeralmente dom da fé recebe milagres e a operação de milagres opera um milagre.operação de milagres opera um milagre.
  40. 40. Operação de MilagresOperação de Milagres ANTIGO TESTAMENTOANTIGO TESTAMENTO 2 Reis 29-142 Reis 29-14 II Reis 17:12-16 NOVO TESTAMENTONOVO TESTAMENTO At 5:1-5At 5:1-5 At 13:4-12At 13:4-12
  41. 41. Dom de ProfeciaDom de Profecia É uma manifestação momentânea eÉ uma manifestação momentânea e sobrenatural do Espírito Santo, e não umsobrenatural do Espírito Santo, e não um ministério.ministério. É para falar à igreja ou à outra pessoa:É para falar à igreja ou à outra pessoa: exortar, edificar e consolarexortar, edificar e consolar (1 Cor 14:3)(1 Cor 14:3) A palavra profetizar no grego significa:A palavra profetizar no grego significa: Falar em prol de outrem, ou seja, falar emFalar em prol de outrem, ou seja, falar em nome de Deus ou ser o seu porta voznome de Deus ou ser o seu porta voz ““... Não desprezeis as profecias”... Não desprezeis as profecias”. (I Ts. 5.19-20). (I Ts. 5.19-20)
  42. 42. Dom de ProfeciaDom de Profecia São 3 os principais propósitos daSão 3 os principais propósitos da verdadeira profecia:verdadeira profecia:  Edificação -Edificação - Fortalecer a fé, dar novoFortalecer a fé, dar novo ânimo, etc.ânimo, etc.  Exortação -Exortação - Chamar a atenção, dar umChamar a atenção, dar um aviso para algum perigo iminente,aviso para algum perigo iminente, repreender, etc.repreender, etc.  Consolação -Consolação - Confortar, aliviar a dor, darConfortar, aliviar a dor, dar esperança, mostrar compaixão.esperança, mostrar compaixão.
  43. 43. Dom de ProfeciaDom de Profecia O simples Dom da profecia não traz revelaçõesO simples Dom da profecia não traz revelações ou predições futuras, pois não é esse seuou predições futuras, pois não é esse seu propósito.propósito. Quando em uma profecia há predições então háQuando em uma profecia há predições então há a manifestação também do dom da Palavra daa manifestação também do dom da Palavra da Sabedoria, ou seja, a simples profecia queSabedoria, ou seja, a simples profecia que deveria somente edificar, exortar e consolardeveria somente edificar, exortar e consolar trouxe pela vontade de Deus uma revelaçãotrouxe pela vontade de Deus uma revelação futura por meio de uma Palavra da Sabedoriafutura por meio de uma Palavra da Sabedoria de Deus.de Deus.
  44. 44. Dom de ProfeciaDom de Profecia Um profeta profetiza, mas nem sempre umaUm profeta profetiza, mas nem sempre uma pessoa que profetiza é profeta.pessoa que profetiza é profeta. O profeta (cargo/ministério) terá mais dons doO profeta (cargo/ministério) terá mais dons do ES em operação do que apenas o dom deES em operação do que apenas o dom de profecia, geralmente, são dons de revelação.profecia, geralmente, são dons de revelação. Toda expressão vocal inspirada é profecia, deToda expressão vocal inspirada é profecia, de alguma ou de outra forma, mas profecia não éalguma ou de outra forma, mas profecia não é pregação. Somos salvos pela loucura dapregação. Somos salvos pela loucura da pregação.pregação.
  45. 45. Dom de ProfeciaDom de Profecia ANTIGO TESTAMENTOANTIGO TESTAMENTO A profecia é essencialmente predizerA profecia é essencialmente predizer eventos futuros. (Isaías, Jeremias, etc)eventos futuros. (Isaías, Jeremias, etc) NOVO TESTAMENTONOVO TESTAMENTO At 21:8-9 profecias sem serem profetasAt 21:8-9 profecias sem serem profetas At 21:10-11 profecias + revelação, comAt 21:10-11 profecias + revelação, com operação da palavra de sabedoria,operação da palavra de sabedoria, ministério de profetaministério de profeta
  46. 46. Dom de Variedade de LínguasDom de Variedade de Línguas O Dom da variedade de línguas é uma inspiração dadaO Dom da variedade de línguas é uma inspiração dada pelo Espírito Santo e somente opera através da fala.pelo Espírito Santo e somente opera através da fala. O Dom de variedade de línguas é a capacidade dadaO Dom de variedade de línguas é a capacidade dada pelo Espírito Santo para falar em línguaspelo Espírito Santo para falar em línguas desconhecidas, não necessariamente na língua dosdesconhecidas, não necessariamente na língua dos anjos, mas também em línguas e dialetos falados pelosanjos, mas também em línguas e dialetos falados pelos homens no mundo inteiro.homens no mundo inteiro. Existem, segundo a Bíblia, “língua dos homens” (At 2) eExistem, segundo a Bíblia, “língua dos homens” (At 2) e “língua dos anjos” (I Co 13 e 14).“língua dos anjos” (I Co 13 e 14). Pode operar tanto em quem fala quanto em quem ouve.Pode operar tanto em quem fala quanto em quem ouve. Causa muita polêmica dentro da Igreja, principalmente,Causa muita polêmica dentro da Igreja, principalmente, ppela falta de compreensão de como esse dom operaela falta de compreensão de como esse dom opera..
  47. 47. Interpretação de LínguasInterpretação de Línguas É o entendimento das línguas para comunicá-las aÉ o entendimento das línguas para comunicá-las a Igreja, visando a edificação do Corpo de Cristo.Igreja, visando a edificação do Corpo de Cristo. É um Dom complementar aos que possuem o Dom deÉ um Dom complementar aos que possuem o Dom de variedade de línguas.variedade de línguas. Interpretar não é traduzir, é dar significado ao que foiInterpretar não é traduzir, é dar significado ao que foi dito. Adito. As palavras interpretadas não precisam sers palavras interpretadas não precisam ser necessariamente iguais as que foram faladas.necessariamente iguais as que foram faladas. É quando um fala e outro interpreta ou a própria pessoaÉ quando um fala e outro interpreta ou a própria pessoa que fala, interpreta.que fala, interpreta.
  48. 48. Dom de Línguas eDom de Línguas e InterpretaçãoInterpretação ANTIGO TESTAMENTOANTIGO TESTAMENTO Não existiu.Não existiu. NOVO TESTAMENTONOVO TESTAMENTO Atos 2: 4Atos 2: 4 Atos 2: 11
  49. 49. Conceitos diferenciais emConceitos diferenciais em relação aos tipos de línguasrelação aos tipos de línguas
  50. 50. Dom de LínguasDom de Línguas Muitos cristãos aprenderam que orar "em espírito", éMuitos cristãos aprenderam que orar "em espírito", é orar silenciosamente, consigo mesmo.orar silenciosamente, consigo mesmo. Mas isto não é oração no espírito, é oração mental! OrarMas isto não é oração no espírito, é oração mental! Orar em espírito é orar em línguas, como está escrito: "se euem espírito é orar em línguas, como está escrito: "se eu orar em línguas, meu espírito ora" (I Co.14:14).orar em línguas, meu espírito ora" (I Co.14:14). Judas 20Judas 20 A inspiração vem do Espírito Santo; é Ele quemA inspiração vem do Espírito Santo; é Ele quem concede a fala, a linguagem. Não é Ele quem fala,concede a fala, a linguagem. Não é Ele quem fala, somos nós. Observe o sujeito da frase "começaram asomos nós. Observe o sujeito da frase "começaram a falar"; o sujeito oculto é "eles", ou seja, os irmãos. Nofalar"; o sujeito oculto é "eles", ou seja, os irmãos. No entanto não falavam algo de si mesmos, mas pelaentanto não falavam algo de si mesmos, mas pela inspiração do Espírito.inspiração do Espírito. Oração em línguas Dom de variedade de línguas Línguas como sinal aos incrédulos Tipos Línguas sem interpretação – linguagem de oração Línguas com interpretação – dom espiritual Não é nem um tipo nem outro – sinal Textos 1 Coríntios 14:5 e 14 Marcos 16:17 1 Cor 12:10 1 Cor 12:28-30 1 Cor 14:21-22. Atos 2: 43 Quem fala Homem fala a Deus (o espírito do homem e não sua mente) Deus fala ao homem Homem fala de Deus a outro homem Edificação Pessoal (benefício) De todos (igreja) De terceiros Compreensão Ninguém entende Todos entendem Só quem recebe a mensagem entende Para quem Disponível para todos Posso orar e esperar pleno cumprimento. Nem todos. É o Espírito Santo quem distribui. Nem todos. Valor É oração no Espírito. Jd 20 e 1 Cor 14:14 Tem valor de profecia. 1 Cor 14:5 Ouvir as maravilhas de Deus na própria língua. At 2:11 Diferencial É o tipo de língua que se está falando que gerará uma manifestação de interpretação ou não.
  51. 51. Sigam o caminho doSigam o caminho do amoramor e busqueme busquem com dedicação oscom dedicação os dons espirituais,dons espirituais, principalmente oprincipalmente o dom de profeciadom de profecia.. 1 Coríntios 14:11 Coríntios 14:1
  52. 52. E como “crente” devo...E como “crente” devo... ser um cristão de verdadeser um cristão de verdade crer nos dons espirituaiscrer nos dons espirituais orar e estudar os dons na Bíbliaorar e estudar os dons na Bíblia trabalhar, experimentar, estar disponíveltrabalhar, experimentar, estar disponível examinar meus desejos e sentimentos,examinar meus desejos e sentimentos, evidências, oportunidades e resultadosevidências, oportunidades e resultados esperar confirmação por parte do Corpo de Cristo.esperar confirmação por parte do Corpo de Cristo. não enterrar o talento para não ser infielnão enterrar o talento para não ser infiel
  53. 53. Para a manifestação dosPara a manifestação dos dons, eu preciso ter:dons, eu preciso ter: SabedoriaSabedoria HumildadeHumildade Sensibilidade ao ESSensibilidade ao ES Comunhão com o SenhorComunhão com o Senhor DesejoDesejo FéFé PráticaPrática Ambiente e vida de adoraçãoAmbiente e vida de adoração
  54. 54. Para a manifestação dos dons,Para a manifestação dos dons, eu preciso:eu preciso: Progredir - I Cor 14:12Progredir - I Cor 14:12 Interagir com o ES - Pois em parteInteragir com o ES - Pois em parte conhecemos e em parte profetizamos;conhecemos e em parte profetizamos; I Cor 13:9I Cor 13:9 Não negligenciar - 1 Tim 4:14Não negligenciar - 1 Tim 4:14 Reavivar o dom - 2 Tim 1:6Reavivar o dom - 2 Tim 1:6 Aprender a me mover nos dons,Aprender a me mover nos dons, movendo.movendo.
  55. 55. Para a manifestação dos dons:Para a manifestação dos dons: Eu tenho que interagir com o ESEu tenho que interagir com o ES Exemplo: em momentos de oração possoExemplo: em momentos de oração posso olhar para alguém, vou ter uma impressãoolhar para alguém, vou ter uma impressão que Deus quer falar alguma coisa que euque Deus quer falar alguma coisa que eu não sei bem o que é.não sei bem o que é. “Suspeita profética”.“Suspeita profética”. Vou ter a sensação de que parece, talvez,Vou ter a sensação de que parece, talvez, pode até ser, que Deus quer falar algumapode até ser, que Deus quer falar alguma coisa que eu não sei bem o que é. Precisocoisa que eu não sei bem o que é. Preciso aprender a mover nos dons, movendo.aprender a mover nos dons, movendo.
  56. 56. ““Busquem comBusquem com dedicação osdedicação os melhores dons!”melhores dons!” 1 Coríntios 12:311 Coríntios 12:31

×