SlideShare uma empresa Scribd logo

Lição 5 - A importância dos dons Espírituais

CPAD - lição 5 2º trimestre 2011

1 de 19
Baixar para ler offline
 
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],INTRODUÇÃO Igreja Evangélica Assembléia de Deus  Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado Campo de Presidente Prudente - SP
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],INTRODUÇÃO Igreja Evangélica Assembléia de Deus  Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado Campo de Presidente Prudente - SP
I – OS DONS ESPIRITUAIS ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Igreja Evangélica Assembléia de Deus  Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado Campo de Presidente Prudente - SP
I – OS DONS ESPIRITUAIS ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Igreja Evangélica Assembléia de Deus  Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado Campo de Presidente Prudente - SP
I – OS DONS ESPIRITUAIS ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Igreja Evangélica Assembléia de Deus  Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado Campo de Presidente Prudente - SP
I – OS DONS ESPIRITUAIS ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Igreja Evangélica Assembléia de Deus  Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado Campo de Presidente Prudente - SP
I – OS DONS ESPIRITUAIS ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Igreja Evangélica Assembléia de Deus  Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado Campo de Presidente Prudente - SP
I – OS DONS ESPIRITUAIS ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Igreja Evangélica Assembléia de Deus  Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado Campo de Presidente Prudente - SP
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Romanos  12:6-8 Efésios 4:11 I Coríntios 12:6-10 ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Outros dons 1 Coríntios 12:28-30
I – OS DONS ESPIRITUAIS ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Igreja Evangélica Assembléia de Deus  Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado Campo de Presidente Prudente - SP
I – OS DONS ESPIRITUAIS ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Igreja Evangélica Assembléia de Deus  Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado Campo de Presidente Prudente - SP
II – OS DONS DO ESPÍRITO  SANTO E A ESPIRITUALIDADE ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Igreja Evangélica Assembléia de Deus  Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado Campo de Presidente Prudente - SP
Por não cultivarem o fruto do Espírito, os coríntios eram egoístas (1 Co 11.21) A igreja de Corinto priorizava os dons e ignorava o fruto IMPORTÂNCIA A falta de amadurecimento do fruto na igreja de Corinto, criou divisões (1 Co 11.18; 1.10-13) Os dons são manifestações para edificação da igreja FINALIDADE O fruto precisa amadurecer gradativamente (2 Tm 3.16,17) Os  dons espirituais são perfeitos QUALIDADE O fruto manifesta-se no crente após a conversão (Ef 1”13-14 Os dons espirituais manifestam-se a partir do Batismo com o Espírito Santo MOMENTO DO RECEBIMENTO O fruto permanece na vida do crente, mas precisa amadurecer Os dons são momentâneos DURAÇÃO O fruto manifesta-se de dentro para fora, através das virtudes O dons conferem unção poderosa, capacitação. De fora para dentro MANIFESTAÇÃO O fruto tem origem no interior de cada crente espiritual Os dons vem do alto sobre a igreja ORIGEM O fruto é produzido na vida de todos que dão lugar Os dons são repartidos para a igreja, coletivamente FORMA DE RECEBIMENTO o fruto do Espírito também não pode ter as suas virtudes quantificadas (Ef 5.9; Cl 3; 1;) Os dons espirituais são muitos (1 Co 12.6-11,28; etc QUANTIDADE FRUTO DONS CARACTERÍSTICAS
II – OS DONS DO ESPÍRITO  SANTO E A ESPIRITUALIDADE ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Igreja Evangélica Assembléia de Deus  Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado Campo de Presidente Prudente - SP
III – OS PROPÓSITOS  DOS DONS ESPIRITUAIS  ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Igreja Evangélica Assembléia de Deus  Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado Campo de Presidente Prudente - SP
III – OS PROPÓSITOS  DOS DONS ESPIRITUAIS ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Igreja Evangélica Assembléia de Deus  Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado Campo de Presidente Prudente - SP
CONCLUSÃO - OBJETIVOS ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Igreja Evangélica Assembléia de Deus  Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado Campo de Presidente Prudente - SP
 

Recomendados

03 - Joel, o derramamento do Espírito Santo
03 - Joel, o derramamento do Espírito Santo03 - Joel, o derramamento do Espírito Santo
03 - Joel, o derramamento do Espírito SantoAilton da Silva
 
10 - Uma igreja verdadeiramente próspera
10 - Uma igreja verdadeiramente próspera10 - Uma igreja verdadeiramente próspera
10 - Uma igreja verdadeiramente prósperaAilton da Silva
 
Lição 12 - A integridade da doutrina cristã
Lição 12 - A integridade da doutrina cristãLição 12 - A integridade da doutrina cristã
Lição 12 - A integridade da doutrina cristãAilton da Silva
 
Lição 5 - As aflições da viuvez
Lição 5 - As aflições da viuvezLição 5 - As aflições da viuvez
Lição 5 - As aflições da viuvezAilton da Silva
 
O ministério de profeta
O ministério de profetaO ministério de profeta
O ministério de profetaAilton da Silva
 
Lição 8 - Filadélfia, a igreja do amor perfeito
Lição 8 - Filadélfia, a igreja do amor perfeitoLição 8 - Filadélfia, a igreja do amor perfeito
Lição 8 - Filadélfia, a igreja do amor perfeitoAilton da Silva
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Lição 2 - Nomes e símbolos do Espírito Santo
Lição 2 - Nomes e símbolos do Espírito SantoLição 2 - Nomes e símbolos do Espírito Santo
Lição 2 - Nomes e símbolos do Espírito SantoAilton da Silva
 
Lição 7 - A beleza do serviço cristão
Lição 7 - A beleza do serviço cristãoLição 7 - A beleza do serviço cristão
Lição 7 - A beleza do serviço cristãoAilton da Silva
 
Lição 10 - Sofonias, o juízo vindouro
Lição 10 - Sofonias, o juízo vindouroLição 10 - Sofonias, o juízo vindouro
Lição 10 - Sofonias, o juízo vindouroAilton da Silva
 
Lição 9 - Preservando a identidade da igreja
Lição 9 - Preservando a identidade da igrejaLição 9 - Preservando a identidade da igreja
Lição 9 - Preservando a identidade da igrejaAilton da Silva
 
Lição 3 - O que é o batismo com o Espírito Santo?
Lição 3 - O que é o batismo com o Espírito Santo?Lição 3 - O que é o batismo com o Espírito Santo?
Lição 3 - O que é o batismo com o Espírito Santo?Ailton da Silva
 
8 - Compromisso com a Palavra de Deus
8 - Compromisso com a Palavra de Deus8 - Compromisso com a Palavra de Deus
8 - Compromisso com a Palavra de DeusAilton da Silva
 
o ministério de apóstolo
o ministério de apóstoloo ministério de apóstolo
o ministério de apóstoloAilton da Silva
 
Tiago - fé que se mostra pelas obras
Tiago - fé que se mostra pelas obrasTiago - fé que se mostra pelas obras
Tiago - fé que se mostra pelas obrasAilton da Silva
 
Lição 11 - O Evangelho do Reino no Império do Mal
Lição 11 - O Evangelho do Reino no Império do MalLição 11 - O Evangelho do Reino no Império do Mal
Lição 11 - O Evangelho do Reino no Império do MalAilton da Silva
 
O ministério de mestre e doutor
O ministério de mestre e doutorO ministério de mestre e doutor
O ministério de mestre e doutorAilton da Silva
 
Lição 10 - O governo do Anticristo - última
Lição 10 - O governo do Anticristo - últimaLição 10 - O governo do Anticristo - última
Lição 10 - O governo do Anticristo - últimaAilton da Silva
 
Lição 4 - Espírito Santo. O agente capacitador da obra de Deus
Lição 4 - Espírito Santo. O agente capacitador da obra de DeusLição 4 - Espírito Santo. O agente capacitador da obra de Deus
Lição 4 - Espírito Santo. O agente capacitador da obra de DeusAilton da Silva
 

Mais procurados (20)

Lição 2 - Nomes e símbolos do Espírito Santo
Lição 2 - Nomes e símbolos do Espírito SantoLição 2 - Nomes e símbolos do Espírito Santo
Lição 2 - Nomes e símbolos do Espírito Santo
 
Os dons de elocução
Os dons de elocuçãoOs dons de elocução
Os dons de elocução
 
Lição 7 - A beleza do serviço cristão
Lição 7 - A beleza do serviço cristãoLição 7 - A beleza do serviço cristão
Lição 7 - A beleza do serviço cristão
 
Lição 10 - Sofonias, o juízo vindouro
Lição 10 - Sofonias, o juízo vindouroLição 10 - Sofonias, o juízo vindouro
Lição 10 - Sofonias, o juízo vindouro
 
Lição 9 - Preservando a identidade da igreja
Lição 9 - Preservando a identidade da igrejaLição 9 - Preservando a identidade da igreja
Lição 9 - Preservando a identidade da igreja
 
Lição 3 - O que é o batismo com o Espírito Santo?
Lição 3 - O que é o batismo com o Espírito Santo?Lição 3 - O que é o batismo com o Espírito Santo?
Lição 3 - O que é o batismo com o Espírito Santo?
 
8 - Compromisso com a Palavra de Deus
8 - Compromisso com a Palavra de Deus8 - Compromisso com a Palavra de Deus
8 - Compromisso com a Palavra de Deus
 
o ministério de apóstolo
o ministério de apóstoloo ministério de apóstolo
o ministério de apóstolo
 
O ministério de pastor
O ministério de pastorO ministério de pastor
O ministério de pastor
 
09
0909
09
 
Lição 09
Lição 09Lição 09
Lição 09
 
13
1313
13
 
Tiago - fé que se mostra pelas obras
Tiago - fé que se mostra pelas obrasTiago - fé que se mostra pelas obras
Tiago - fé que se mostra pelas obras
 
Lição 11 - O Evangelho do Reino no Império do Mal
Lição 11 - O Evangelho do Reino no Império do MalLição 11 - O Evangelho do Reino no Império do Mal
Lição 11 - O Evangelho do Reino no Império do Mal
 
Lição 06
Lição 06Lição 06
Lição 06
 
O ministério de mestre e doutor
O ministério de mestre e doutorO ministério de mestre e doutor
O ministério de mestre e doutor
 
Lição 11
Lição 11Lição 11
Lição 11
 
Lição 10 - O governo do Anticristo - última
Lição 10 - O governo do Anticristo - últimaLição 10 - O governo do Anticristo - última
Lição 10 - O governo do Anticristo - última
 
Lição 4 - Espírito Santo. O agente capacitador da obra de Deus
Lição 4 - Espírito Santo. O agente capacitador da obra de DeusLição 4 - Espírito Santo. O agente capacitador da obra de Deus
Lição 4 - Espírito Santo. O agente capacitador da obra de Deus
 
07
0707
07
 

Destaque

Lição 13 - Aviva, ó, Senhor tua obra
Lição 13 - Aviva, ó, Senhor tua obraLição 13 - Aviva, ó, Senhor tua obra
Lição 13 - Aviva, ó, Senhor tua obraAilton da Silva
 
Quem é o Espírito Santo
Quem é o Espírito SantoQuem é o Espírito Santo
Quem é o Espírito SantoAilton da Silva
 
Lição 07 - "Tudo posso naquele que me fortalece"
Lição 07 - "Tudo posso naquele que me fortalece"Lição 07 - "Tudo posso naquele que me fortalece"
Lição 07 - "Tudo posso naquele que me fortalece"Ailton da Silva
 
lição 12 - as consequências do jugo desigual
lição 12 - as consequências do jugo desiguallição 12 - as consequências do jugo desigual
lição 12 - as consequências do jugo desigualAilton da Silva
 
Lição 02 - A visão do Cristo glorificado
Lição 02 - A visão do Cristo glorificadoLição 02 - A visão do Cristo glorificado
Lição 02 - A visão do Cristo glorificadoAilton da Silva
 
Lição 3 - Os frutos da obediência na vida de Israel
Lição 3 - Os frutos da obediência na vida de IsraelLição 3 - Os frutos da obediência na vida de Israel
Lição 3 - Os frutos da obediência na vida de IsraelAilton da Silva
 
Lição 12 - O propósito da verdadeira prosperidade
Lição 12 - O propósito da verdadeira prosperidadeLição 12 - O propósito da verdadeira prosperidade
Lição 12 - O propósito da verdadeira prosperidadeAilton da Silva
 
Lição 5 - As bênçãos de Israel e o que cabe à Igreja
Lição 5 - As bênçãos de Israel e o que cabe à IgrejaLição 5 - As bênçãos de Israel e o que cabe à Igreja
Lição 5 - As bênçãos de Israel e o que cabe à IgrejaAilton da Silva
 
Lição 02 - A prosperidade no Antigo Testamento
Lição 02 - A prosperidade no Antigo TestamentoLição 02 - A prosperidade no Antigo Testamento
Lição 02 - A prosperidade no Antigo TestamentoAilton da Silva
 
Lição 1 - O projeto original do reino de Deus
Lição 1 - O projeto original do reino de DeusLição 1 - O projeto original do reino de Deus
Lição 1 - O projeto original do reino de DeusAilton da Silva
 
2 - Liderança em tempos de crise
2 - Liderança em tempos de crise2 - Liderança em tempos de crise
2 - Liderança em tempos de criseAilton da Silva
 
07 - Sardes, a igreja morta
07 - Sardes, a igreja morta07 - Sardes, a igreja morta
07 - Sardes, a igreja mortaAilton da Silva
 
Lição 4 - a comissão cultural e a grande comissão
Lição 4 - a comissão cultural e a grande comissãoLição 4 - a comissão cultural e a grande comissão
Lição 4 - a comissão cultural e a grande comissãoAilton da Silva
 
Lição 8 - O genuíno culto pentecostal
Lição 8 - O genuíno culto pentecostalLição 8 - O genuíno culto pentecostal
Lição 8 - O genuíno culto pentecostalAilton da Silva
 
Lição 6 - Dons que manifestam a sabedoria de Deus
Lição 6 - Dons que manifestam a sabedoria de DeusLição 6 - Dons que manifestam a sabedoria de Deus
Lição 6 - Dons que manifestam a sabedoria de DeusAilton da Silva
 
Lição 4 - Esmirna, a igreja confessante e mártir
Lição 4 - Esmirna, a igreja confessante e mártirLição 4 - Esmirna, a igreja confessante e mártir
Lição 4 - Esmirna, a igreja confessante e mártirAilton da Silva
 
Lição 2 - A mensagem do reino de Deus
Lição 2 - A mensagem do reino de DeusLição 2 - A mensagem do reino de Deus
Lição 2 - A mensagem do reino de DeusAilton da Silva
 
Lição 3 - A vida do novo convertido
Lição 3 - A vida do novo convertidoLição 3 - A vida do novo convertido
Lição 3 - A vida do novo convertidoAilton da Silva
 
Lição 08 - O Perigo de querer barganhar com Deus
Lição 08 - O Perigo de querer barganhar com DeusLição 08 - O Perigo de querer barganhar com Deus
Lição 08 - O Perigo de querer barganhar com DeusAilton da Silva
 
Lição 10 - o exercício ministerial na casa do Senhor
Lição 10 - o exercício ministerial na casa do SenhorLição 10 - o exercício ministerial na casa do Senhor
Lição 10 - o exercício ministerial na casa do SenhorAilton da Silva
 

Destaque (20)

Lição 13 - Aviva, ó, Senhor tua obra
Lição 13 - Aviva, ó, Senhor tua obraLição 13 - Aviva, ó, Senhor tua obra
Lição 13 - Aviva, ó, Senhor tua obra
 
Quem é o Espírito Santo
Quem é o Espírito SantoQuem é o Espírito Santo
Quem é o Espírito Santo
 
Lição 07 - "Tudo posso naquele que me fortalece"
Lição 07 - "Tudo posso naquele que me fortalece"Lição 07 - "Tudo posso naquele que me fortalece"
Lição 07 - "Tudo posso naquele que me fortalece"
 
lição 12 - as consequências do jugo desigual
lição 12 - as consequências do jugo desiguallição 12 - as consequências do jugo desigual
lição 12 - as consequências do jugo desigual
 
Lição 02 - A visão do Cristo glorificado
Lição 02 - A visão do Cristo glorificadoLição 02 - A visão do Cristo glorificado
Lição 02 - A visão do Cristo glorificado
 
Lição 3 - Os frutos da obediência na vida de Israel
Lição 3 - Os frutos da obediência na vida de IsraelLição 3 - Os frutos da obediência na vida de Israel
Lição 3 - Os frutos da obediência na vida de Israel
 
Lição 12 - O propósito da verdadeira prosperidade
Lição 12 - O propósito da verdadeira prosperidadeLição 12 - O propósito da verdadeira prosperidade
Lição 12 - O propósito da verdadeira prosperidade
 
Lição 5 - As bênçãos de Israel e o que cabe à Igreja
Lição 5 - As bênçãos de Israel e o que cabe à IgrejaLição 5 - As bênçãos de Israel e o que cabe à Igreja
Lição 5 - As bênçãos de Israel e o que cabe à Igreja
 
Lição 02 - A prosperidade no Antigo Testamento
Lição 02 - A prosperidade no Antigo TestamentoLição 02 - A prosperidade no Antigo Testamento
Lição 02 - A prosperidade no Antigo Testamento
 
Lição 1 - O projeto original do reino de Deus
Lição 1 - O projeto original do reino de DeusLição 1 - O projeto original do reino de Deus
Lição 1 - O projeto original do reino de Deus
 
2 - Liderança em tempos de crise
2 - Liderança em tempos de crise2 - Liderança em tempos de crise
2 - Liderança em tempos de crise
 
07 - Sardes, a igreja morta
07 - Sardes, a igreja morta07 - Sardes, a igreja morta
07 - Sardes, a igreja morta
 
Lição 4 - a comissão cultural e a grande comissão
Lição 4 - a comissão cultural e a grande comissãoLição 4 - a comissão cultural e a grande comissão
Lição 4 - a comissão cultural e a grande comissão
 
Lição 8 - O genuíno culto pentecostal
Lição 8 - O genuíno culto pentecostalLição 8 - O genuíno culto pentecostal
Lição 8 - O genuíno culto pentecostal
 
Lição 6 - Dons que manifestam a sabedoria de Deus
Lição 6 - Dons que manifestam a sabedoria de DeusLição 6 - Dons que manifestam a sabedoria de Deus
Lição 6 - Dons que manifestam a sabedoria de Deus
 
Lição 4 - Esmirna, a igreja confessante e mártir
Lição 4 - Esmirna, a igreja confessante e mártirLição 4 - Esmirna, a igreja confessante e mártir
Lição 4 - Esmirna, a igreja confessante e mártir
 
Lição 2 - A mensagem do reino de Deus
Lição 2 - A mensagem do reino de DeusLição 2 - A mensagem do reino de Deus
Lição 2 - A mensagem do reino de Deus
 
Lição 3 - A vida do novo convertido
Lição 3 - A vida do novo convertidoLição 3 - A vida do novo convertido
Lição 3 - A vida do novo convertido
 
Lição 08 - O Perigo de querer barganhar com Deus
Lição 08 - O Perigo de querer barganhar com DeusLição 08 - O Perigo de querer barganhar com Deus
Lição 08 - O Perigo de querer barganhar com Deus
 
Lição 10 - o exercício ministerial na casa do Senhor
Lição 10 - o exercício ministerial na casa do SenhorLição 10 - o exercício ministerial na casa do Senhor
Lição 10 - o exercício ministerial na casa do Senhor
 

Semelhante a Lição 5 - A importância dos dons Espírituais

missionária help e pastor Ayjalon silva os dons espirituais
missionária help e pastor Ayjalon silva os dons espirituaismissionária help e pastor Ayjalon silva os dons espirituais
missionária help e pastor Ayjalon silva os dons espirituaisAyjalon
 
Lição 08- A Igreja e Os Dons Espirituais
Lição 08- A Igreja e Os Dons EspirituaisLição 08- A Igreja e Os Dons Espirituais
Lição 08- A Igreja e Os Dons EspirituaisMaxsuel Aquino
 
Lição 5 - O reino de Deus através da Igreja
Lição 5 - O reino de Deus através da IgrejaLição 5 - O reino de Deus através da Igreja
Lição 5 - O reino de Deus através da IgrejaAilton da Silva
 
Lição 13 - A atualidade dos dons espirituaisl
Lição 13 - A atualidade dos dons espirituaislLição 13 - A atualidade dos dons espirituaisl
Lição 13 - A atualidade dos dons espirituaislÉder Tomé
 
Licao 1 - 2T - 2021 - CPAD.pptx
Licao 1 - 2T - 2021 - CPAD.pptxLicao 1 - 2T - 2021 - CPAD.pptx
Licao 1 - 2T - 2021 - CPAD.pptxDassayevSilva
 
ESPÍRITO SANTO Diferença entre Sinis e Dons
ESPÍRITO SANTO  Diferença entre Sinis e Dons ESPÍRITO SANTO  Diferença entre Sinis e Dons
ESPÍRITO SANTO Diferença entre Sinis e Dons MINISTERIO IPCA.
 
Dons-Espirituais-Ministeriais-Assistenciais.pdf
Dons-Espirituais-Ministeriais-Assistenciais.pdfDons-Espirituais-Ministeriais-Assistenciais.pdf
Dons-Espirituais-Ministeriais-Assistenciais.pdfPecador Confesso
 
Lição 2 o proposito dos dons espirituais
Lição 2 o proposito dos dons espirituaisLição 2 o proposito dos dons espirituais
Lição 2 o proposito dos dons espirituaispralucianaevangelista
 
Lição 7 - Os dons de poder
Lição 7 - Os dons de poderLição 7 - Os dons de poder
Lição 7 - Os dons de poderAilton da Silva
 
Dons do espírito santo 2
Dons do espírito santo 2Dons do espírito santo 2
Dons do espírito santo 2UEPB
 
Lição 11 - Um Igreja autenticamente pentecostal
Lição 11 - Um Igreja autenticamente pentecostalLição 11 - Um Igreja autenticamente pentecostal
Lição 11 - Um Igreja autenticamente pentecostalAilton da Silva
 
Lição 2 os propósitos dos dons espirituais
Lição 2 os propósitos dos dons espirituaisLição 2 os propósitos dos dons espirituais
Lição 2 os propósitos dos dons espirituaisPr. Andre Luiz
 
Escola de profetas - A Autoridade dos Dons do Espírito
Escola de profetas - A Autoridade dos Dons do EspíritoEscola de profetas - A Autoridade dos Dons do Espírito
Escola de profetas - A Autoridade dos Dons do EspíritoEvangelista Oliveira
 
Lição 29 Os dons espirituais
Lição 29   Os dons espirituaisLição 29   Os dons espirituais
Lição 29 Os dons espirituaisWander Sousa
 
Dons do Espírito Santo
Dons do Espírito SantoDons do Espírito Santo
Dons do Espírito SantoRogério Nunes
 

Semelhante a Lição 5 - A importância dos dons Espírituais (20)

missionária help e pastor Ayjalon silva os dons espirituais
missionária help e pastor Ayjalon silva os dons espirituaismissionária help e pastor Ayjalon silva os dons espirituais
missionária help e pastor Ayjalon silva os dons espirituais
 
Dons espirituais
Dons espirituaisDons espirituais
Dons espirituais
 
Lição 08- A Igreja e Os Dons Espirituais
Lição 08- A Igreja e Os Dons EspirituaisLição 08- A Igreja e Os Dons Espirituais
Lição 08- A Igreja e Os Dons Espirituais
 
Lição 5 - O reino de Deus através da Igreja
Lição 5 - O reino de Deus através da IgrejaLição 5 - O reino de Deus através da Igreja
Lição 5 - O reino de Deus através da Igreja
 
Lição 13 - A atualidade dos dons espirituaisl
Lição 13 - A atualidade dos dons espirituaislLição 13 - A atualidade dos dons espirituaisl
Lição 13 - A atualidade dos dons espirituaisl
 
Licao 1 - 2T - 2021 - CPAD.pptx
Licao 1 - 2T - 2021 - CPAD.pptxLicao 1 - 2T - 2021 - CPAD.pptx
Licao 1 - 2T - 2021 - CPAD.pptx
 
ESPÍRITO SANTO Diferença entre Sinis e Dons
ESPÍRITO SANTO  Diferença entre Sinis e Dons ESPÍRITO SANTO  Diferença entre Sinis e Dons
ESPÍRITO SANTO Diferença entre Sinis e Dons
 
Dons-Espirituais-Ministeriais-Assistenciais.pdf
Dons-Espirituais-Ministeriais-Assistenciais.pdfDons-Espirituais-Ministeriais-Assistenciais.pdf
Dons-Espirituais-Ministeriais-Assistenciais.pdf
 
Lição 2 o proposito dos dons espirituais
Lição 2 o proposito dos dons espirituaisLição 2 o proposito dos dons espirituais
Lição 2 o proposito dos dons espirituais
 
Lição 7 - Os dons de poder
Lição 7 - Os dons de poderLição 7 - Os dons de poder
Lição 7 - Os dons de poder
 
Dons do espírito santo 2
Dons do espírito santo 2Dons do espírito santo 2
Dons do espírito santo 2
 
Lição 11 - Um Igreja autenticamente pentecostal
Lição 11 - Um Igreja autenticamente pentecostalLição 11 - Um Igreja autenticamente pentecostal
Lição 11 - Um Igreja autenticamente pentecostal
 
Lição 2 os propósitos dos dons espirituais
Lição 2 os propósitos dos dons espirituaisLição 2 os propósitos dos dons espirituais
Lição 2 os propósitos dos dons espirituais
 
Escola de profetas - A Autoridade dos Dons do Espírito
Escola de profetas - A Autoridade dos Dons do EspíritoEscola de profetas - A Autoridade dos Dons do Espírito
Escola de profetas - A Autoridade dos Dons do Espírito
 
Lição 29 Os dons espirituais
Lição 29   Os dons espirituaisLição 29   Os dons espirituais
Lição 29 Os dons espirituais
 
Dons e ministerios
Dons e ministeriosDons e ministerios
Dons e ministerios
 
Dons do Espírito Santo
Dons do Espírito SantoDons do Espírito Santo
Dons do Espírito Santo
 
Estudo biblico 24 dons espirituais - part2
Estudo biblico 24  dons espirituais - part2Estudo biblico 24  dons espirituais - part2
Estudo biblico 24 dons espirituais - part2
 
Lição 8 slide
Lição 8  slideLição 8  slide
Lição 8 slide
 
Lição 10ª Dons espirituais
Lição 10ª Dons espirituaisLição 10ª Dons espirituais
Lição 10ª Dons espirituais
 

Mais de Ailton da Silva

Lição 3 - Os primeiros passos de Abraão
Lição 3 - Os primeiros passos de AbraãoLição 3 - Os primeiros passos de Abraão
Lição 3 - Os primeiros passos de AbraãoAilton da Silva
 
Lição 2 - O primeiro dia depois do sim
Lição 2 - O primeiro dia depois do simLição 2 - O primeiro dia depois do sim
Lição 2 - O primeiro dia depois do simAilton da Silva
 
Lição 1 - Abraão, chamada e revelação
Lição 1 - Abraão, chamada e revelaçãoLição 1 - Abraão, chamada e revelação
Lição 1 - Abraão, chamada e revelaçãoAilton da Silva
 
Lição 5 - Cristo é superior a Arão e à ordem Levítica
Lição 5 - Cristo é superior a Arão e à ordem LevíticaLição 5 - Cristo é superior a Arão e à ordem Levítica
Lição 5 - Cristo é superior a Arão e à ordem LevíticaAilton da Silva
 
Lição 4 - Jesus é superior a Josué. O meio de entrar no repouso de Deus
Lição 4 - Jesus é superior a Josué. O meio de entrar no repouso de DeusLição 4 - Jesus é superior a Josué. O meio de entrar no repouso de Deus
Lição 4 - Jesus é superior a Josué. O meio de entrar no repouso de DeusAilton da Silva
 
Lição 3 - A superioridade de Jesus em relação a Moisés
Lição 3 - A superioridade de Jesus em relação a MoisésLição 3 - A superioridade de Jesus em relação a Moisés
Lição 3 - A superioridade de Jesus em relação a MoisésAilton da Silva
 
Lição 2 - Uma salvação grandiosa
Lição 2 - Uma salvação grandiosaLição 2 - Uma salvação grandiosa
Lição 2 - Uma salvação grandiosaAilton da Silva
 
01 - A Carta aos hebreus e a excelência de Cristo
01 - A Carta aos hebreus e a excelência de Cristo01 - A Carta aos hebreus e a excelência de Cristo
01 - A Carta aos hebreus e a excelência de CristoAilton da Silva
 
Lição 13 - Glorificados em Cristo
Lição 13 - Glorificados em CristoLição 13 - Glorificados em Cristo
Lição 13 - Glorificados em CristoAilton da Silva
 
Lição 12 - Perseverando na fé
Lição 12 - Perseverando na féLição 12 - Perseverando na fé
Lição 12 - Perseverando na féAilton da Silva
 
Lição 11 - Adotados por Deus
Lição 11 - Adotados por DeusLição 11 - Adotados por Deus
Lição 11 - Adotados por DeusAilton da Silva
 
Lição 10 - O processo da salvação
Lição 10 - O processo da salvaçãoLição 10 - O processo da salvação
Lição 10 - O processo da salvaçãoAilton da Silva
 
Lição 9 - Arrependimento e fé para salvação
Lição 9 - Arrependimento e fé para salvaçãoLição 9 - Arrependimento e fé para salvação
Lição 9 - Arrependimento e fé para salvaçãoAilton da Silva
 
Lição 8 - A salvação e o livre-arbítrio
Lição 8 - A salvação e o livre-arbítrioLição 8 - A salvação e o livre-arbítrio
Lição 8 - A salvação e o livre-arbítrioAilton da Silva
 
Lição 7 - A Salvação pela Graça
Lição 7 - A Salvação pela GraçaLição 7 - A Salvação pela Graça
Lição 7 - A Salvação pela GraçaAilton da Silva
 
Lição 6 - A abrangência universal da salvação
Lição 6 - A abrangência universal da salvaçãoLição 6 - A abrangência universal da salvação
Lição 6 - A abrangência universal da salvaçãoAilton da Silva
 
Lição 5 - A obra salvífica de Jesus Cristo
Lição 5 - A obra salvífica de Jesus CristoLição 5 - A obra salvífica de Jesus Cristo
Lição 5 - A obra salvífica de Jesus CristoAilton da Silva
 
Lição 8 - A Igreja de Cristo
Lição 8 - A Igreja de CristoLição 8 - A Igreja de Cristo
Lição 8 - A Igreja de CristoAilton da Silva
 
Lição 7 - A necessidade do novo nascimento
Lição 7 - A necessidade do novo nascimentoLição 7 - A necessidade do novo nascimento
Lição 7 - A necessidade do novo nascimentoAilton da Silva
 
Lição 6 - A pecaminosidade humana e a sua restauração a Deus
Lição 6 - A pecaminosidade humana e a sua restauração a DeusLição 6 - A pecaminosidade humana e a sua restauração a Deus
Lição 6 - A pecaminosidade humana e a sua restauração a DeusAilton da Silva
 

Mais de Ailton da Silva (20)

Lição 3 - Os primeiros passos de Abraão
Lição 3 - Os primeiros passos de AbraãoLição 3 - Os primeiros passos de Abraão
Lição 3 - Os primeiros passos de Abraão
 
Lição 2 - O primeiro dia depois do sim
Lição 2 - O primeiro dia depois do simLição 2 - O primeiro dia depois do sim
Lição 2 - O primeiro dia depois do sim
 
Lição 1 - Abraão, chamada e revelação
Lição 1 - Abraão, chamada e revelaçãoLição 1 - Abraão, chamada e revelação
Lição 1 - Abraão, chamada e revelação
 
Lição 5 - Cristo é superior a Arão e à ordem Levítica
Lição 5 - Cristo é superior a Arão e à ordem LevíticaLição 5 - Cristo é superior a Arão e à ordem Levítica
Lição 5 - Cristo é superior a Arão e à ordem Levítica
 
Lição 4 - Jesus é superior a Josué. O meio de entrar no repouso de Deus
Lição 4 - Jesus é superior a Josué. O meio de entrar no repouso de DeusLição 4 - Jesus é superior a Josué. O meio de entrar no repouso de Deus
Lição 4 - Jesus é superior a Josué. O meio de entrar no repouso de Deus
 
Lição 3 - A superioridade de Jesus em relação a Moisés
Lição 3 - A superioridade de Jesus em relação a MoisésLição 3 - A superioridade de Jesus em relação a Moisés
Lição 3 - A superioridade de Jesus em relação a Moisés
 
Lição 2 - Uma salvação grandiosa
Lição 2 - Uma salvação grandiosaLição 2 - Uma salvação grandiosa
Lição 2 - Uma salvação grandiosa
 
01 - A Carta aos hebreus e a excelência de Cristo
01 - A Carta aos hebreus e a excelência de Cristo01 - A Carta aos hebreus e a excelência de Cristo
01 - A Carta aos hebreus e a excelência de Cristo
 
Lição 13 - Glorificados em Cristo
Lição 13 - Glorificados em CristoLição 13 - Glorificados em Cristo
Lição 13 - Glorificados em Cristo
 
Lição 12 - Perseverando na fé
Lição 12 - Perseverando na féLição 12 - Perseverando na fé
Lição 12 - Perseverando na fé
 
Lição 11 - Adotados por Deus
Lição 11 - Adotados por DeusLição 11 - Adotados por Deus
Lição 11 - Adotados por Deus
 
Lição 10 - O processo da salvação
Lição 10 - O processo da salvaçãoLição 10 - O processo da salvação
Lição 10 - O processo da salvação
 
Lição 9 - Arrependimento e fé para salvação
Lição 9 - Arrependimento e fé para salvaçãoLição 9 - Arrependimento e fé para salvação
Lição 9 - Arrependimento e fé para salvação
 
Lição 8 - A salvação e o livre-arbítrio
Lição 8 - A salvação e o livre-arbítrioLição 8 - A salvação e o livre-arbítrio
Lição 8 - A salvação e o livre-arbítrio
 
Lição 7 - A Salvação pela Graça
Lição 7 - A Salvação pela GraçaLição 7 - A Salvação pela Graça
Lição 7 - A Salvação pela Graça
 
Lição 6 - A abrangência universal da salvação
Lição 6 - A abrangência universal da salvaçãoLição 6 - A abrangência universal da salvação
Lição 6 - A abrangência universal da salvação
 
Lição 5 - A obra salvífica de Jesus Cristo
Lição 5 - A obra salvífica de Jesus CristoLição 5 - A obra salvífica de Jesus Cristo
Lição 5 - A obra salvífica de Jesus Cristo
 
Lição 8 - A Igreja de Cristo
Lição 8 - A Igreja de CristoLição 8 - A Igreja de Cristo
Lição 8 - A Igreja de Cristo
 
Lição 7 - A necessidade do novo nascimento
Lição 7 - A necessidade do novo nascimentoLição 7 - A necessidade do novo nascimento
Lição 7 - A necessidade do novo nascimento
 
Lição 6 - A pecaminosidade humana e a sua restauração a Deus
Lição 6 - A pecaminosidade humana e a sua restauração a DeusLição 6 - A pecaminosidade humana e a sua restauração a Deus
Lição 6 - A pecaminosidade humana e a sua restauração a Deus
 

Último

DeClara n.º 73 fevereiro 2024 edição especial Aniversário
DeClara n.º 73 fevereiro 2024 edição especial AniversárioDeClara n.º 73 fevereiro 2024 edição especial Aniversário
DeClara n.º 73 fevereiro 2024 edição especial AniversárioIsabelPereira2010
 
Planejamento Anual Matemática para o ENEM - 1º ano 1, 2 e 3 anos-.pdf
Planejamento Anual Matemática para o ENEM -  1º ano 1, 2 e 3  anos-.pdfPlanejamento Anual Matemática para o ENEM -  1º ano 1, 2 e 3  anos-.pdf
Planejamento Anual Matemática para o ENEM - 1º ano 1, 2 e 3 anos-.pdfCludiaFrancklim
 
Slides Lição 10, CPAD, A Ceia do Senhor – A Segunda Ordenança da Igreja, 1Tr2...
Slides Lição 10, CPAD, A Ceia do Senhor – A Segunda Ordenança da Igreja, 1Tr2...Slides Lição 10, CPAD, A Ceia do Senhor – A Segunda Ordenança da Igreja, 1Tr2...
Slides Lição 10, CPAD, A Ceia do Senhor – A Segunda Ordenança da Igreja, 1Tr2...LuizHenriquedeAlmeid6
 
A) DESCREVA no mínimo três pontos-base do princípio da cromatografia gasosa.
A) DESCREVA no mínimo três pontos-base do princípio da cromatografia gasosa.A) DESCREVA no mínimo três pontos-base do princípio da cromatografia gasosa.
A) DESCREVA no mínimo três pontos-base do princípio da cromatografia gasosa.Prime Assessoria
 
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...azulassessoriaacadem3
 
Elementos da Formação Social: sociologia no ensino médio
Elementos da Formação Social: sociologia no ensino médioElementos da Formação Social: sociologia no ensino médio
Elementos da Formação Social: sociologia no ensino médioProfessor Belinaso
 
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...excellenceeducaciona
 
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...apoioacademicoead
 
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...azulassessoriaacadem3
 
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...azulassessoriaacadem3
 
Agora observe a imagem a seguir, onde foi realizada uma lâmina histológica co...
Agora observe a imagem a seguir, onde foi realizada uma lâmina histológica co...Agora observe a imagem a seguir, onde foi realizada uma lâmina histológica co...
Agora observe a imagem a seguir, onde foi realizada uma lâmina histológica co...Prime Assessoria
 
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...azulassessoriaacadem3
 
Um círculo de Leitura Fada Oriana. Colmeias.pptx
Um círculo de Leitura Fada Oriana. Colmeias.pptxUm círculo de Leitura Fada Oriana. Colmeias.pptx
Um círculo de Leitura Fada Oriana. Colmeias.pptxColmeias
 
01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx
01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx
01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptxAndreia Silva
 
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...excellenceeducaciona
 
CONCEITOS BÁSICOS DA GEOGRAFIAGEOGRAFIAGEOGRAFIA
CONCEITOS BÁSICOS DA GEOGRAFIAGEOGRAFIAGEOGRAFIACONCEITOS BÁSICOS DA GEOGRAFIAGEOGRAFIAGEOGRAFIA
CONCEITOS BÁSICOS DA GEOGRAFIAGEOGRAFIAGEOGRAFIAHenrique Pontes
 
a) Como você pode utilizar plataformas digitais, como o Canva e o Book Creato...
a) Como você pode utilizar plataformas digitais, como o Canva e o Book Creato...a) Como você pode utilizar plataformas digitais, como o Canva e o Book Creato...
a) Como você pode utilizar plataformas digitais, como o Canva e o Book Creato...azulassessoriaacadem3
 
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...excellenceeducaciona
 
4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...
4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...
4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...apoioacademicoead
 

Último (20)

DeClara n.º 73 fevereiro 2024 edição especial Aniversário
DeClara n.º 73 fevereiro 2024 edição especial AniversárioDeClara n.º 73 fevereiro 2024 edição especial Aniversário
DeClara n.º 73 fevereiro 2024 edição especial Aniversário
 
Planejamento Anual Matemática para o ENEM - 1º ano 1, 2 e 3 anos-.pdf
Planejamento Anual Matemática para o ENEM -  1º ano 1, 2 e 3  anos-.pdfPlanejamento Anual Matemática para o ENEM -  1º ano 1, 2 e 3  anos-.pdf
Planejamento Anual Matemática para o ENEM - 1º ano 1, 2 e 3 anos-.pdf
 
Slides Lição 10, CPAD, A Ceia do Senhor – A Segunda Ordenança da Igreja, 1Tr2...
Slides Lição 10, CPAD, A Ceia do Senhor – A Segunda Ordenança da Igreja, 1Tr2...Slides Lição 10, CPAD, A Ceia do Senhor – A Segunda Ordenança da Igreja, 1Tr2...
Slides Lição 10, CPAD, A Ceia do Senhor – A Segunda Ordenança da Igreja, 1Tr2...
 
A) DESCREVA no mínimo três pontos-base do princípio da cromatografia gasosa.
A) DESCREVA no mínimo três pontos-base do princípio da cromatografia gasosa.A) DESCREVA no mínimo três pontos-base do princípio da cromatografia gasosa.
A) DESCREVA no mínimo três pontos-base do princípio da cromatografia gasosa.
 
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
 
Namorar não és ser don .
Namorar não és ser don                  .Namorar não és ser don                  .
Namorar não és ser don .
 
Elementos da Formação Social: sociologia no ensino médio
Elementos da Formação Social: sociologia no ensino médioElementos da Formação Social: sociologia no ensino médio
Elementos da Formação Social: sociologia no ensino médio
 
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
 
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
 
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...
 
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
 
Agora observe a imagem a seguir, onde foi realizada uma lâmina histológica co...
Agora observe a imagem a seguir, onde foi realizada uma lâmina histológica co...Agora observe a imagem a seguir, onde foi realizada uma lâmina histológica co...
Agora observe a imagem a seguir, onde foi realizada uma lâmina histológica co...
 
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...
 
Um círculo de Leitura Fada Oriana. Colmeias.pptx
Um círculo de Leitura Fada Oriana. Colmeias.pptxUm círculo de Leitura Fada Oriana. Colmeias.pptx
Um círculo de Leitura Fada Oriana. Colmeias.pptx
 
01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx
01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx
01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx
 
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
 
CONCEITOS BÁSICOS DA GEOGRAFIAGEOGRAFIAGEOGRAFIA
CONCEITOS BÁSICOS DA GEOGRAFIAGEOGRAFIAGEOGRAFIACONCEITOS BÁSICOS DA GEOGRAFIAGEOGRAFIAGEOGRAFIA
CONCEITOS BÁSICOS DA GEOGRAFIAGEOGRAFIAGEOGRAFIA
 
a) Como você pode utilizar plataformas digitais, como o Canva e o Book Creato...
a) Como você pode utilizar plataformas digitais, como o Canva e o Book Creato...a) Como você pode utilizar plataformas digitais, como o Canva e o Book Creato...
a) Como você pode utilizar plataformas digitais, como o Canva e o Book Creato...
 
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
 
4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...
4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...
4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...
 

Lição 5 - A importância dos dons Espírituais

  • 1.  
  • 2.
  • 3.
  • 4.
  • 5.
  • 6.
  • 7.
  • 8.
  • 9.
  • 10.
  • 11.
  • 12.
  • 13.
  • 14. Por não cultivarem o fruto do Espírito, os coríntios eram egoístas (1 Co 11.21) A igreja de Corinto priorizava os dons e ignorava o fruto IMPORTÂNCIA A falta de amadurecimento do fruto na igreja de Corinto, criou divisões (1 Co 11.18; 1.10-13) Os dons são manifestações para edificação da igreja FINALIDADE O fruto precisa amadurecer gradativamente (2 Tm 3.16,17) Os dons espirituais são perfeitos QUALIDADE O fruto manifesta-se no crente após a conversão (Ef 1”13-14 Os dons espirituais manifestam-se a partir do Batismo com o Espírito Santo MOMENTO DO RECEBIMENTO O fruto permanece na vida do crente, mas precisa amadurecer Os dons são momentâneos DURAÇÃO O fruto manifesta-se de dentro para fora, através das virtudes O dons conferem unção poderosa, capacitação. De fora para dentro MANIFESTAÇÃO O fruto tem origem no interior de cada crente espiritual Os dons vem do alto sobre a igreja ORIGEM O fruto é produzido na vida de todos que dão lugar Os dons são repartidos para a igreja, coletivamente FORMA DE RECEBIMENTO o fruto do Espírito também não pode ter as suas virtudes quantificadas (Ef 5.9; Cl 3; 1;) Os dons espirituais são muitos (1 Co 12.6-11,28; etc QUANTIDADE FRUTO DONS CARACTERÍSTICAS
  • 15.
  • 16.
  • 17.
  • 18.
  • 19.